Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 9 de 9
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Prensa méd. argent ; 105(5): 164-171, jun 2019. tab, fig
Artigo em Inglês | LILACS, BINACIS | ID: biblio-1024547

RESUMO

Background: Anemia is considered by Worl Health Organization (WHO) as a global health problem. It can be affected by the body mass index of an individual since increasing weight can result in low-grade systemic inflammation and elevation of hepcidin which results in seguestratiion of iron inside a variety of cells including macrophages, hepatocytes and enteroytes and this would lead to the development of what is known as anemia of inflammation. In this study, we aimed to evaluate the effects of BI on complete blood count parameters. Patients and methods: In this crosssectional, retrospective study: the data of 200 overweight and obese male patients aged (18-60 years) were collected. They were grouped according to BMI into everweight and obese: different CBC parameters were noted. Inter group comparison was applied regarding different blood parameters and the relations eith BMI were calculated. Results: The prevalence of anemia was 16%. An extremely significant difference was found in mean white blood cells count in relation to different BMI gropups (p=0.001). A positive linear correlation was found between BMI with RDW, WBS, and platelets. Conclusions: There were effects of increasing BMI on WBC, RDW and platelets (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Alterações do Peso Corporal , Índice de Massa Corporal , Coleta de Dados/estatística & dados numéricos , Anemia/diagnóstico , Anemia/patologia , Anemia/sangue , Contagem de Leucócitos
2.
Rev. bras. cir. plást ; 32(3): 383-390, jul.-set. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-868250

RESUMO

INTRODUÇÃO: O tratamento da região pubiana é parte integrante do reajuste corporal inferior nos pacientes pós-bariátricos, tendo em vista a fisiopatologia e o caráter generalizado das deformidades de contorno após grandes emagrecimentos. O objetivo é apresentar nossa experiência no tratamento de pacientes pós-bariátricos, exclusivamente pela marcação baixa da abdominoplastia com vetores adequados de mobilização tecidual, sem a necessidade de cicatrizes verticais ou oblíquas na região do púbis. MÉTODOS: Foram avaliados retrospectivamente prontuários médicos e registros fotográficos de pacientes submetidos a diferentes abordagens abdominais, com aplicação dos princípios descritos acima no tratamento associado da região pubiana. Incisão cutânea anterior baixa, descolamento cranial angulado em direção ao plano aponeurótico (bisel preservando gordura profunda superior), e manutenção um excedente gorduroso nos bordos superiores para a facilitar a fixação dos retalhos através do Sistema Fascial Superficial. Uma avaliação subjetiva da qualidade dos resultados foi caracterizada por observador único. RESULTADOS: Numa casuística de 126 pacientes consecutivos, a tática empregada possibilitou restabelecer a melhor posição, tônus e formato do púbis em 100% dos casos, cujos resultados foram subjetivamente classificados como bom (40%) ou ótimo (60%). As intercorrências mais frequentemente encontradas na evolução pós-operatória foram pequenas deiscências da sutura (23,8%) e seromas (19%), com boa evolução pelos curativos e punções seriadas. CONCLUSÃO: A tática cirúrgica apresentada, com posicionamento baixo da incisão anterior e aproximação dos retalhos por fixação no sistema fascial superficial e pele, possibilita o tratamento adequado da região pubiana durante as abdominoplastias pós-bariátricas, sem a necessidade de ressecções e cicatrizes adicionais.


INTRODUCTION: The treatment of the pubic region is an integral part of lower body readjustment in post-bariatric patients, considering the pathophysiology and generalized characteristics of contour deformities after a considerable weight loss. The objective is to present our experience in the treatment of post-bariatric patients, exclusively by low marking of abdominoplasty with appropriate tissue mobilization vectors, without the necessity to leave vertical or oblique scars in the pubic region. METHODS: The medical and photographic records of patients subjected to different abdominal approaches were retrospectively evaluated, applying the principles described above in the combined treatment of the pubic region. A low anterior skin incision was created, and angled cranial detachment towards the aponeurotic plane (with the bevel preserving the deep upper fat) and maintenance of excess fat on the upper edges to facilitate the fixation of the flaps through the superficial fascial system were performed. The outcomes' quality was subjectively evaluated by a single observer. RESULTS: In the case series of 126 consecutive patients, the strategy used restored the best position, tone, and shape of the pubis in 100% of the cases; the results were subjectively classified as good (40%) or very good (60%). The complications more frequently found in the post-operative period were small suture dehiscence (23.8%) and seroma formation (19%), with good evolution provided by dressings and serial punctures. CONCLUSION: The surgical strategy presented involving low positioning of the anterior incision and flap alignment in the superficial fascial system and skin by fixation allows the proper treatment of the pubic region during post-bariatric abdominoplasty procedures, without the need for additional resections and scars.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , História do Século XXI , Sínfise Pubiana/anormalidades , Sínfise Pubiana/cirurgia , Peso Corporal , Alterações do Peso Corporal , Obesidade Mórbida , Registros Médicos , Estudos Retrospectivos , Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos , Cirurgia Bariátrica , Sínfise Pubiana , Obesidade Mórbida/cirurgia , Obesidade Mórbida/complicações , Registros Médicos/normas , Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/efeitos adversos , Procedimentos Cirúrgicos Reconstrutivos/métodos , Cirurgia Bariátrica/efeitos adversos , Cirurgia Bariátrica/métodos
3.
Rev. AMRIGS ; 57(4): 273-277, out.-dez. 2013. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-847109

RESUMO

Introdução: A hipertensão arterial sistêmica é um achado frequente entre mulheres que necessitem terapia hormonal (TH). Os objetivos deste estudo foram verificar as modificações do peso corporal, da pressão arterial sistêmica e dos lipídios em mulheres hipertensas usuárias de TH ao longo do tempo. Métodos: Estudo longitudinal prospectivo. Trinta e três mulheres hipertensas com sintomas vasomotores, que consultaram no Ambulatório de Ginecologia Endócrina e Menopausa do Hospital São Vicente de Paulo ­ Passo Fundo/ RS, a partir de janeiro de 1993, participaram do estudo. Receberam TH com estrogênio, ou estrogênio + progestogênio, via oral. Foram examinadas a cada seis meses e durante 10 anos. Verificaram-se a idade, peso corporal (kg), pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) (mmHg), classes de anti-hipertensivos utilizados, glicemia de jejum (mg/dL), colesterol total e frações (mg/ dL) e triglicerídeos (mg/dL). Compararam-se os valores basais, aos 5 e 10 anos de seguimento, através de testes pareados. Resultados: A idade média foi 48,4 ± 4,8 anos. Houve uma tendência de aumento da PAS aos 5 anos, p=0,054, seguida de uma diminuição aos 10 anos, p=0,003. A PAD diminuiu aos 10 anos, p=0.001. Houve um acréscimo de anti-hipertensivos aos 5 anos de seguimento (p<0,001). As variáveis peso corporal, lipídios e glicemia de jejum não se modificaram ao longo do tempo. Conclusões: O uso de TH oral em pacientes hipertensas requer controle e eventual ajuste anti-hipertensivo em 5 anos. Ao longo de 10 anos de uso, a pressão arterial e o peso corporal mantiveram-se estáveis (AU)


Introduction: High blood pressure is a common finding among women who require hormone replacement therapy (HRT). The aims of this study were to assess changes in body weight, blood pressure, and lipid profile over time in hypertensive women using HRT. Methods: Prospective longitudinal study. Thirty-three hypertensive women with vasomotor symptoms, consulting at the Clinic of Endocrine Gynecology and Menopause of Hospital São Vicente de Paulo in Passo Fundo-RS, as of January 1993 were enrolled. They received estrogen or estrogen + progestogen orally and were examined every six months for 10 years. Age, body weight (kg) , systolic (SBP) and diastolic (DBP ) blood pressure (mmHg), classes of antihypertensive drugs used, fasting plasma glucose (mg/dL), total cholesterol and fractions (mg/dL) and triglycerides (mg/dL) were recorded. We compared the baseline values with those at 5- and 10-year follow-up through paired tests. Results: Mean age was 48.4 ± 4.8 years. There was a trend of increase in SBP at 5 years, p = 0.054, followed by a decrease at 10 years, p = 0.003. DBP decreased at 10 years, p = 0.001. There was an increase of antihypertensive drugs at 5 years of follow-up (p < 0.001 ). Body weight, lipid profile and fasting glucose did not change over time. Conclusions: Over 10 years of use, blood pressure and body weight remained stable. The use of oral HRT in hypertensive patients requires control and possible antihypertensive adjustment at 5 years (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Pressão Arterial/efeitos dos fármacos , Alterações do Peso Corporal , Terapia de Reposição Hormonal/efeitos adversos , Hipertensão/induzido quimicamente , Estudos Longitudinais , Pós-Menopausa , Estudos Prospectivos
4.
Rev. bras. cir. plást ; 26(3): 542-545, July-Sept. 2011. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-608219

RESUMO

INTRODUCTION: Kobberling-Dunnigan syndrome is characterized by a series of alterations in metabolism and body fat distribution. Body dysmorphism and the Cushingoid appearance may have negative social and psychological impacts on the patient, including difficulty with social adaptation. In such cases, liposuction is used with the aim of improving body contour, with consequent improvements in self-esteem. The results are long lasting when body weight is maintained. CASE REPORT: Liposuction of the back, abdomen, and cervical regions in a woman with Kobberling-Dunnigan syndrome led to significant improvement in her body shape, and the results were maintained nine months postoperatively.


INTRODUÇÃO: A síndrome de Kobberling-Dunnigan caracteriza-se por um conjunto de alterações metabólicas e de distribuição da gordura corporal. O dismorfismo corporal e o aspecto cushingoide trazem repercussões psicológicas e sociais, com dificuldade de ajuste social. Nesses casos, a lipoaspiração é empregada com o objetivo de melhorar o contorno corporal e, consecutivamente, as alterações de autoestima. Os resultados apresentam-se duradouros quando há manutenção do peso. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, portadora de síndrome de Kobberling-Dunnigan, submetida a lipoaspiração de dorso, abdome e região cervical, com melhora significativa do contorno corporal e manutenção dos resultados nove meses após a operação.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , História do Século XXI , Cirurgia Plástica , Dorso , Alterações do Peso Corporal , Lipectomia , Abdome , Gordura Subcutânea , Lipodistrofia Parcial Familiar , Transtornos Dismórficos Corporais , Contorno Corporal , Lipodistrofia , Cirurgia Plástica/métodos , Dorso/cirurgia , Lipectomia/métodos , Gordura Subcutânea/cirurgia , Distribuição da Gordura Corporal , Distribuição da Gordura Corporal/métodos , Lipodistrofia Parcial Familiar/cirurgia , Transtornos Dismórficos Corporais/cirurgia , Transtornos Dismórficos Corporais/terapia , Contorno Corporal/métodos , Abdome/cirurgia , Lipodistrofia/cirurgia , Lipodistrofia/terapia
5.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-964301

RESUMO

The essential oil of Rosmarinus officinalis L. (EORO) is used in cosmetics, in the food industry and in medicines, presenting antimicrobial and antifungal activity. Aim of the study: to observe maternal toxicity and embryo development after treatment of dams with EORO. Inseminated rats were distributed in four groups (n =15): Control (C) (saline 0.5ml) and treated with 242 (T1), 484 (T2) and 968mg/Kg (T3) of EORO, from the fifth to the seventh dpc and sacrificed on the 15th dpc. Variables analyzed: maternal behavior, body weight gain, food consumption, kidneys, liver and ovaries weight, hemogram, number of corpora lutea, implants, live, dead, malformed fetuses and placenta and fetuses weight. Statistics: Dunnett and Chi-square tests (α=0.05). The EORO higher dose reduced (p<0.05) maternal number of erythrocytes; the haematocrit, hemoglobin concentration and the fetuses body weight. Conclusions: Highest dose of EORO reduce the fetuse´s body weight and induced anemia in the dams.


Assuntos
Animais , Ratos , Rosmarinus/química , Desenvolvimento Embrionário , Tamanho do Órgão , Alterações do Peso Corporal , Consumo de Alimentos , Peso Fetal , Anemia/etiologia , Comportamento Materno/efeitos dos fármacos
6.
HU rev ; 35(1): 5-9, jan.-mar. 2009. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-530941

RESUMO

This study aimed to assess the body weight and food and water intake of alendronate-treated Wistar rats. Thirty rats were divided in 3 groups of 10. Group A (control group) received saline, and Groups B and C received alendronate 4mg and alendronate 0.033mg, respectively through gavage. Body weight and food and water intake were measured daily for 10 days. From the first to the last day, the mean body weight ranged from 188.2g (SD 7.3) to 183.2g (SD 5.7) in Group A, from 183.0g (SD 7.7) to 177.5g (SD 8.2) in Group B, and from 188.9g (SD 17.1) to 184.5 (SD 16.4) in Group C. Mean food intake ranged from 15.0g (SD 1.8) to 17.5g (SD 1.1)in Group A, from 14.0g (SD 2.2) to 15.4g (SD 2.6) in Group B, and from 23.3g (SD 2.0) to 14.9g (SD 2.6) in Group C. Mean water intake ranged from 17.0ml (SD 6.5) to 20.6ml (SD 5.6) in Group A, from 20.8ml (SD1.3) to 22.1ml (SD 3.6) in Group B, and from 16.0ml (SD 5.7) to 19.3ml (SD 2.7) in Group C. Alendronate caused significant differences in body weight (the higher the dose the lower the weight) and water intake (the control group consumed less water). No difference regarding food intake was found.


Assuntos
Animais , Feminino , Ratos , Peso Corporal , Alendronato/efeitos adversos , Alterações do Peso Corporal , Cobaias/metabolismo
7.
Rev. AMRIGS ; 51(3): 190-197, jul.-set. 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-685147

RESUMO

Introdução: A obesidade é um problema de saúde em ascensão. Seu tratamento constitui um desafio ao médico assistente e, principalmente, ao próprio paciente. Poucas pessoas obtêm bons resultados e os mantêm ao longo do tempo. Peso flutuante é um ciclo de perda e ganho (ou ganho e perda) de peso superior a 5% a partir do peso inicial. Objetivo: Determinar a incidência de peso flutuante em pacientes em tratamento de obesidade em um ambulatório de referência, além de descrever as características desses pacientes, na tentativa de estabelecer os fatores associados a este fenômeno. Metodologia: Estudo de coorte retrospectivo, analisando dados das carteiras de atendimento de 145 pacientes atendidos no ambulatório de endocrinologia do Hospital Nossa Senhora da Conceição no período de maio a julho de 2006, os quais haviam consultado pela primeira vez no mesmo ambulatório entre janeiro de 2002 e junho de 2005. Resultados: A incidência de peso flutuante nos pacientes em estudo foi de 13,10%. A história familiar positiva para obesidade foi mais prevalente no grupo dos pacientes sem peso flutuante, quando comparado ao grupo dos pacientes com peso flutuante (p = 0,011). Ainda, pacientes sem peso flutuante apresentaram diabete melito com menor freqüência do que os com peso flutuante (p = 0,038). Conclusão: Foi verificada uma baixa incidência de peso flutuante. Isso, provavelmente, se deveu ao fato de esses pacientes terem sido acompanhados por uma equipe multidisciplinar. Pacientes com história familiar positiva para obesidade e pacientes com diabete melito têm menores riscos de apresentar peso flutuante


Introduction: Obesity is a health problem increasing. The treatment is a challenge to the assistant physician and, mainly, to the own patient. Few people get good results and keep them along the time. Cycling weight is a cycle of loss and gain (or gain and loss) of weight over 5% from the initial weight. Objective: Determining the incidence of cycling weight in patients submitted to obesity treatment in a reference ambulatory, besides describing the characteristics of these patients, in order to establish the factors associated to this phenomenon. Methodology: A retrospective cohort study, analyzing data of attendment cards of 145 patients attended in the endocrinology ambulatory of Nossa Senhora da Conceição Hospital in the period of May to July of 2006, who had consulted for the first time in the same ambulatory between January 2002 and July 2005. Results: The incidence of cycling weight was 13,10%. The positive family history of obesity was more prevalent in the group of patients without cycling weight, when compared to the group of patients with cycling weight (p = 0,011). About the comorbities, only the prevalence ofdiabetes mellitus was different in the two groups in a significant way. No-cycler patients had diabetes mellitus in a minor frequency than cyclers (p = 0,038). Conclusion: It was observed a low incidence of cycling weight. It probably happened because these patients were monitored by a multidisciplinary staff. Patients with a positive family history of obesity and diabetic patients have lower risks of developing cycling weight


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Alterações do Peso Corporal , Obesidade/epidemiologia , Nível de Saúde , Incidência , Obesidade/complicações , Estudos Retrospectivos
8.
Rev. Assoc. Med. Bras. (1992) ; 43(4): 283-9, out.-dez. 1997. tab
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-208748

RESUMO

Escherichia coli enteropatogênica clássica (EPEC) tem sido o agente enteropatogênico mais freqüentemente isolado nas fezes de lactentes, de baixo nível socioeconômico, hospitalizados com diarréia aguda grave, na cidade de Säo Paulo. Objetivos. 1) Analisar as características clínicas de lactentes do sexo masculino, hospitalizados com diarréia aguda grave associada à EPEC; 2) quantificar suas perdas fluidas fecais, ingestäo de fórmulas alimentares e variaçöes de peso corporal durante a evoluçäo intra-hospitalar. Casuística e Métodos. Estudaram-se 38 lactentes do sexo masculino. Foram avaliadas as características clínicas e epidemiológicas dos pacientes e a freqüência dos diferentes sorogrupos de EPEC identificados. As crianças foram mantidas em cama metabólica, e balanços metabólicos diários foram obtidos durante toda a duraçäo do quadro diarréico. Os lactentes permaneceram, em média, 5,8 dias em estudo metabólico. Duzentos e vinte balanços diários foram acumulados e analisados. Resultados. O grupo estudado apresentou como principais características clínicas: idade inferior a 12 meses, peso insuficiente ao nascer; desmame precoce e formas graves de desnutriçäo protéico-calórica. O sorogrupo O111 foi o mais freqüentemente identificado (68,4 por cento), sendo a idade dos pacientes com tal agente significativamente maior que a dos portadores do sorogrupo O55. A média dos volumes fecais diários foi de 66mL/kg/dia, havendo diferentas segundo dias de estudo. A média de ingestäo diária de fórmulas alimentares foi de 85,2mL/kg/dia. Leite de vaca foi a dieta mais precocemente utilizada e as crianças que dela fizeram uso apresentaram volumes fecais maiores que os que receberam caseinato ou nutriçäo parenteral e incremento de peso corporal menor que os que utilizaram hidrolisado protéico ou NPT. Conclusöes. Os sorogrupos de EPEC acarretaram perdas fluidas fecais de moderada e grave intensidade nos lactentes estudados. A duraçäo da diarréia mostrou curso agudo (menor ou igual a 14 dias) na maioria das crianças estudadas reafirmando a evoluçäo potencialmente autolimitada da diarréia aguda. Sete (18,4 por cento) pacientes, entretanto, desenvolveram quadro de diarréia persistente, indicando que tal evoluçäo é esperada em uma parcela razoável de lactentes jovens hospitalizados com tal enfermidade. Os volumes médios de ingestäo das fórmulas alimentares encontrados mostram o impacto da diarréia aguda na diminuiçäo da ingestäo alimentar...


Assuntos
Humanos , Masculino , Lactente , Diarreia Infantil/microbiologia , Escherichia coli/isolamento & purificação , Infecções por Escherichia coli/microbiologia , Hospitalização , Alterações do Peso Corporal , Brasil , Alimentos Formulados , Doença Aguda , Estudos Prospectivos , Estudos Retrospectivos , Análise de Variância , Diarreia Infantil , Infecções por Escherichia coli , Fezes
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA