Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 33
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
São Paulo; s.n; s.n; 2019. 93 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português, Francês | LILACS | ID: biblio-1025676

RESUMO

Os aldeídos são espécies reativas que podem ser produzidos endogenamente por processos como a lipoperoxidação, podendo reagir com lipídios, proteínas e DNA. Diversas evidências apontam para o envolvimento de aldeídos reativos na progressão de patologias como doenças cardiovasculares, arteriosclerose e doenças neurodegenerativas. Uma meta central do CEPIDRedoxoma é estudar a reatividade química de intermediários redox em ambientes biológicos e consequentes mudanças na estrutura e função de biomoléculas, entender como cada intermediário redox reage com biomoléculas específicas e os efeitos resultantes, essenciais para a concepção de biomarcadores e antioxidantes. O nosso grupo estuda os mecanismos de formação, detoxificação e reação com biomoléculas de aldeídos reativos endógenos e exógenos e seu papel em patologias como a esclerose lateral amiotrófica (ALS). Um dos mecanismos de detoxificação desses aldeídos é através da conjugação com a carnosina. Recentemente, foi observado que a suplementação de animais transgênicos ALS SOD G93A com carnosina via oral resultou em retardo da perda de peso e tendência de aumento da sobrevida dos animais. O presente projeto buscou investigar o possível papel da carnosina em animais modelo para ALS. Para isso as modificações em DNA induzidas por aldeídos reativos e a formação de adutos de carnosina-aldeídos foram analisadas através de metodologia HPLC-MS/MS. Assim observamos que ratos suplementados com carnosina apresentaram níveis significativamente menores de proteína carbonilada em músculo e fígado. Em fígadoforam vistos níveis menores de dois adutos de DNA, 8-oxodGuo e1,N2-HO-propanodGuo, em animais suplementados. Em cérebro foram detectados níveis menores de 1, N2-εdGuo. Com relação aos adutos carnosina-aldeídos, foi observado níveis significativamente maiores do aduto CAR-HHE na medula. Com embasamento nos resultados aqui apresentados, sugere-se a utilização de sequestradores de aldeídos como uma estratégia terapêutica em condições fisiopatológicas nas quais ao acúmulo dessas espécies está comprovado


Aldehydes are reactive species that can be produced endogenously by processes such as lipid peroxidation, which can react with lipids, proteins and DNA. Several evidences point to the involvement of reactive aldehydes in the progression of pathologies such as cardiovascular diseases, atherosclerosis and neurodegenerative diseases. A central goal of CEPID-Redoxoma is to study the chemical reactivity of redox intermediates in biological environments and consequent changes in the structure and function of biomolecules, to understand how each redox intermediate reacts with specific biomolecules and the resulting effects, essential for the design of biomarkers and antioxidants. Our group studies the mechanisms of formation, detoxification and reaction with biomolecules of endogenous and exogenous reactive aldehydes and their role in pathologies such as amyotrophic lateral sclerosis (ALS). One of the detoxification mechanisms of these aldehydes is through carnosine conjugation. Recently, we observed that oral carnosine supplementation in transgenic ALS SODG93A animals resulted in delayed weight loss and a tendency to increase the survival of the animals. The present project investigated the potential role of carnosine in animal models for ALS. Thus, reactive aldehydes induced DNA modifications and carnosine aldehyde adducts were analyzed by HPLC-MS/MS. We observed that rats supplemented with carnosine presented significantly lower levels of protein carbonylation in muscle and liver. Lower levels of two DNA adducts, 8-oxodGuo and 1, N2-HO-propanodGuo, were observed in liver of the supplemented animals. Lower levels of 1, N2-εdGuo were detected in the brain. Regarding the carnosine-aldehydeadducts, significantly higher levels of the CAR-HHE adduct were observed in spinal cord. The results presented here suggest the use of aldehyde scavengers as a therapeutic strategy under pathological conditions in which is proven the accumulation of these species


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Ratos , Fenômenos Biológicos , Carnosina/efeitos adversos , Aldeídos/análise , Esclerose Amiotrófica Lateral/patologia , Espectrometria de Massas/métodos , Cromatografia Líquida/métodos , Adutos de DNA
2.
São Paulo; s.n; s.n; 2018. 162 p. tab, graf.
Tese em Inglês | LILACS | ID: biblio-911601

RESUMO

Aldeídos de colesterol (Secosterol A e Secosterol B) têm sido detectados em amostras de cérebro humano e investigados em modelos de doenças neurodegenerativas como possíveis marcadores e intermediários do processo patológico. Estes oxisteróis constituem uma classe de eletrófilos derivados de lipídeos que podem modificar e induzir agregação de proteínas. A esclerose lateral amiotrófica (ELA) é um distúrbio neurodegenerativo associado ao acúmulo de agregados imunorreativos de superóxido dismutase (Cu, Zn-SOD, SOD1). O objetivo deste trabalho foi avaliar a presença de aldeídos de colesterol em ratos modelo ELA e sua capacidade de induzir a formação de agregados de SOD1 in vitro. Aldeídos de colesterol foram analisados no plasma, medula espinhal e córtex motor de ratos ELA. Uma quantidade elevada de Secosterol B foi detectada no córtex motor desses ratos em comparação com animais controle. Adicionalmente, os experimentos in vitro mostraram que Secosterol B e Secosterol A induziram a agregação da SOD1 em uma forma amiloidogênica que se liga à tioflavina T. Esta agregação não foi observada com o colesterol e os seus hidroperóxidos. Usando aldeídos de colesterol marcados com grupo alquinil e um ensaio de click chemistry, foi observado que os agregados de SOD1 estão ligados covalentemente aos aldeídos. A modificação covalente da proteína foi confirmada por análise de MALDI-TOF, que mostrou a adição de até cinco moléculas de aldeídos de colesterol à proteína por base de Schiff. Curiosamente, a análise comparativa com outros eletrófilos derivados de lipídeos (e.g. HHE e HNE) demonstrou que a agregação de SOD1 aumentou proporcionalmente à hidrofobicidade dos aldeídos, observando-se a maioragregação com aldeídos de colesterol. Os sítios de modificação da SOD1 foram caracterizados por nanoLC-MS/MS após digestão da proteína com tripsina, onde foram identificadas lisinas como o principal aminoácido modificado. Em geral, nossos dados mostram que a oxidação do colesterol que leva à produção de aldeídos de colesterol é aumentada no cérebro de ratos ELA e que os aldeídos altamente hidrofóbicos derivados de colesterol podem promover eficientemente modificação e agregação de SOD1


Secosterol aldehydes (Secosterol B and Secosterol A) have been detected in human brain samples and investigated in models of neurodegenerative diseases as possible markers and intermediates of the pathological process. These oxysterols constitute a class of lipid-derived electrophiles that can modify and induce aggregation of proteins. Amyotrophic lateral sclerosis (ALS) is a neurodegenerative disorder associated with the accumulation of immunoreactive aggregates of superoxide dismutase (Cu, Zn-SOD, SOD1). The objective of this work is to evaluate the presence of secosterol aldehydes in ALS rats and their ability to induce formation of SOD1 aggregates in vitro. Secosterol aldehydes were analyzed in plasma, spinal cord and motor cortex of ALS rats. A higher amount of Secosterol B was detected in the motor cortex of these rats compared to control animals. In addition, in vitro experiments have shown that Secosterol B and Secosterol A induce aggregation of SOD1 into an amyloidogenic form that binds to thioflavin T. This aggregation was not apparent in incubations with cholesterol and its hydroperoxides. Using alkynyl-labeled secosterol aldehydes and a click chemistry assay, it was found that the SOD1 aggregates are covalently linked to the aldehydes. Covalent modification of the protein was confirmed by MALDI-TOF analysis, which showed the addition of up to five molecules of secosterol aldehydes to the protein by Schiff base formation. Interestingly, the comparative analysis with other lipid-derived electrophiles (e.g. HHE and HNE) demonstrated that the aggregation of SOD1 increased according to the hydrophobicity of the aldehydes. Compared to the other electrophiles, a higher SOD1 aggregation was observed with secosterol aldehydes. SOD1 modification sites were characterized by nanoLC-MS/MS afterprotein digestion with trypsin, revealing lysine as the major amino acid modified in these experiments. Collectively, our data show that cholesterol oxidation leads to the production of secosterol aldehydes, which are increased in the brain of ALS rats, and that these highly hydrophobic aldehydes can efficiently promote the modification and aggregation of SOD1


Assuntos
Aldeídos/análise , Esclerose Amiotrófica Lateral/patologia , Colesterol/análise , Doenças Neurodegenerativas/classificação , Superóxido Dismutase-1/farmacologia
3.
São Paulo; s.n; s.n; 2017. 121 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-884207

RESUMO

Danos em biomoléculas podem ocorrer a partir de uma interação direta entre as biomoléculas e espécies reativas de oxigênio e nitrogênio como também, pela reação de produtos secundários dessas espécies como eletrófilos gerados na peroxidação lipídica. Alguns desses produtos secundários possuem estabilidade química maior que as espécies reativas das quais foram derivadas e podem se ligar covalentemente as biomoléculas comprometendo o funcionamento normal das mesmas. Portanto, modificações em proteínas por aldeídos gerados na lipoperoxidação têm sido investigadas por suas implicações com desordens patológicas relacionadas à agregação proteica, e modificações em diversas vias de sinalização amplificando os efeitos deletérios em sistemas biológicos. Os objetivos desse trabalho foi contribuir na elucidação dos mecanismos moleculares associados ao desenvolvimento da esclerose lateral amiotrófica (ELA) através da identificação, caracterização e quantificação de modificações póstraducionais em proteínas pelos aldeídos 4-hidroxi-2-hexenal (HHE) e trans-4-hidroxi-2-nonenal (HNE) in vitro (citocromo c) e in vivo (modelo ELA) a partir de técnicas de Western blot, imunoprecipitação e espectrometria de massa com abordagem proteômica de "shotgun" em ratosSOD1G93A modelo de esclerose lateral amiotrófica (ELA). Estudos com citocromo c mostraram a ligação dos aldeídos ao citocromo c e mecanismos de reação foram propostos. Foram encontrados seis peptídeos modificados por HHE e um para o HNE, e o peptídeo TGPNLHGLFGR se mostrou modificado pelos dois aldeídos paralelamente. Foi demonstrado que a histidina 33 é um "hot spot" frente as adições pelos aldeídos. Nas análises por western blot das proteínas ligadas a aldeídos foi possível observar uma tendência de aumento na concentração de proteínas ligadas ao HNE nos animais ELA, mais acentuada nas amostras de 70 dias comparadas ao controle. Com relação aos resultados obtidos com HHE tanto os animais pré-sintomáticos quanto os sintomáticos não apresentaram diferenças de HHE-proteína, tantonos controles quanto nos animais ELA. Nas amostras dos animais sintomáticos não detectamos diferença significativa na concentração de aldeído-proteína entre os grupos. Já as análises proteômicas revelaram 24 proteínas diferencialmente expressas, com destaque para proteínas com os maiores valores de significância (p-value), como a ubiquitina no grupo dos pré- sintomáticos e a neurogranina, no grupo dos animais sintomáticos e várias proteínas de metabolismo energético, de neurofilamentos, proteínas de processos redox e proteínas ligadas o metabolismo de cálcio (fundamentais na fisiopatologia em ELA). Algumas proteínas importantes foram encontradas com exclusividades nos grupos pré-sintomáticos e sintomáticos pelo diagrama de Venn. Com relação a proteínas modificadas pelos aldeídos, foram encontradas algumas relevantes como a proteína 2 de interação com a polimerase delta que foi modificada por HNE via adição de Michael encontrada nos animais ELA pré-sintomáticos e sintomáticos, a catalase que foi encontrada modificada por HNE via base de Schiff apenas nos ELA pré- sintomáticos, e a tiol redutase induzível por interferon gama no grupo dos animais ELA sintomáticos. Com relação a proteínas modificadas por HHE, foram encontradas a Janus quinase e proteína 3 de interação com microtúbulo, modificadas tanto por adição de Michael quanto via base de Schiff nos animais ELA sintomáticos. É interessante ressaltar que algumas modificações encontradas em proteínas não caracterizadas podem indicar proteínas novas ainda não descritas como modificadas por esses aldeídos. Os resultados mostram que algumas das proteínas modificadas por HNE e HHE encontradas neste trabalho, estão relacionadas ao estresse redox, vias metabólicas energéticas, proteínas envolvidas na resposta a danos oxidativos, e processos inflamatórios. Tais modificações ocorrem não só no modelo de neurodegeneração, mas foram previamente descritas em outros processos patológicos, como doença cardiovascular, lesão hepática por uso crônico de álcool


Damage to biomolecules can occur from a direct interaction between biomolecules and reactive of oxygen and nitrogen species as well as from the reaction of secondary products of these species as electrophiles generated in lipid peroxidation. Some of these by-products have greater chemical stability than the derived reactive species and can bind to biomolecules compromising their normal function. Therefore, protein modifications by aldehydes generated during lipoperoxidation have been investigated for their implications with pathological disorders related to protein aggregation and modifications in signaling pathways amplifying the deleterious effects in biological systems. The aim of this work was to contribute to the elucidation of the molecular mechanisms associated with the development of amyotrophic lateral sclerosis (ALS) through the identification, characterization and quantification of posttranslational modifications in proteins by 4-hydroxy-2-hexenal (HHE) and trans-4-hydroxy-2- nonenal (HNE) in vitro, cytochrome c, and in vivo, rat model (SOD1G93A) of amyotrophic lateral sclerosis (ALS), throught Western blot techniques, and mass spectrometry with shotgun proteomics approach. The results showed the binding of aldehydes to cytochrome c. Six peptides were modified by HHE and one by HNE. The peptide TGPNLHGLFGR was modified by the two aldehydes. Histidine 33 has been shown to be a hot spot against aldehydes additions. By western blot analysis of the aldehyde-bound proteins, it was possible to observe a tendency of increase in the concentration of HNE-bound proteins in the ALS animals, more pronounced in the samples of 70 days compared to control samples. Regarding the results obtained with HHE, both pre-symptomatic and symptomatic animals did not show HHE-protein differences, both in controls and in ALS animals. We did not detect a significant difference in the aldehyde-protein concentration between the groups in the samples of the symptomatic animals. Proteomic analysis revealed 24 differentially expressed proteins, with emphasis on proteins with thehighest values of significance (p-value), such as the ubiquitin in the pre-symptomatic group and neurogranin in the group of the symptomatic animals and several proteins of the energetic metabolism pathways, neurofilaments, proteins of redox processes and proteins linked to calcium metabolism (fundamental in the pathophysiology of ALS). Some important proteins were found exclusivity in the pre-symptomatic and symptomatic groups by the Venn diagram. With regard to aldehyde-modified proteins, some relevant ones such as Delta-2 polymerase interaction protein, that was modified by HNE via the addition of Michael found in presymptomatic and symptomatic ELA animals, catalase that was found to be modified by HNE via Schiff's base only in pre-symptomatic ALS, and gamma interferon-inducible thiol reductase in the group of symptomatic ALS animals. Janus kinase and microtubule interaction protein 3, were found to be modified by Michael addition and Schiff base pathway respectively in symptomatic ALS animals. It is interesting to note that some modifications found in uncharacterized proteins may indicate new proteins not yet described as modified by these aldehydes. The results show that some of the proteins modified by HNE and HHE found in this work are related to redox stress, energetic metabolic pathways, proteins involved in the response to oxidative damage, and inflammatory processes. Such modifications occur not only in the neurodegeneration model, but were previously described in other pathological processes, such as cardiovascular disease, liver injury due to chronic alcohol use


Assuntos
Animais , Feminino , Ratos , Esclerose Amiotrófica Lateral/fisiopatologia , Proteínas/análise , Aldeídos/análise , Biomarcadores/metabolismo , Western Blotting/métodos , Cromatografia de Fase Reversa/métodos , Citocromos c , Técnicas de Genotipagem/instrumentação , Espectrometria de Massas/métodos , Modificação Traducional de Proteínas , Proteômica/instrumentação , Proteínas Modificadoras Pequenas Relacionadas à Ubiquitina
4.
Ciênc. saúde coletiva ; 20(1): 75-84, 01/2015. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-733155

RESUMO

This study sought to verify the records on file and the number of cases of attempted suicide among children and adolescents who were attended by Emergency Care health professionals in the municipality of Matozinhos, Minas Gerais, Brazil. Documentary and descriptive research was conducted, the data for which was collected by means of an investigation of Outpatient Records from 2008 to 2010. Of the 73,000 files evaluated, those dealing with cases of attempted suicide among children and adolescents between the age of 3 and 18 years were selected. It was revealed that the health professionals, particularly physicians and nurses, fail to register the cases appropriately, invalidating information about the problem and potential prevention measures. The conclusion reached was that underreporting and the discrepancy of the diagnoses which were not duly referred to the competent agencies require rethinking and reviewing medical practices, and taking a systematic and careful look to address the individual as a complex whole.


Neste estudo procurou-se verificar o registro e o número de casos de tentativa de suicídio entre crianças e adolescentes do município de Matozinhos, Minas Gerais, Brasil, que foram atendidos pelos profissionais de saúde do Pronto-Atendimento. Trata-se de uma pesquisa documental e descritiva, cuja coleta dos dados ocorreu por meio de investigação nas Fichas Ambulatoriais, no período de 2008 a 2010. Das 73.000 fichas levantadas, selecionaram-se aquelas que tratavam de casos de tentativa de suicídio entre crianças e adolescentes do município, com idades entre três e 18 anos. Percebeu-se que os profissionais de saúde, mais especificamente os médicos e enfermeiros, não registram os casos de forma adequada, inviabilizando a informação sobre o problema e as medidas de prevenção. Concluiu-se que a subnotificação, a discrepância dos diagnósticos e o não encaminhamento aos órgãos competentes exigem repensar e rever a prática médica e dirigir um olhar sistematizado e cuidadoso para perceber o sujeito como um todo complexo.


Assuntos
Aldeídos/química , Citocromos c/química , Membranas Mitocondriais/metabolismo , Estresse Oxidativo/efeitos dos fármacos , Sequência de Aminoácidos , Cardiolipinas/química , Cardiolipinas/metabolismo , Citocromos c/metabolismo , Complexo IV da Cadeia de Transporte de Elétrons/metabolismo , Concentração de Íons de Hidrogênio , Histidina/química , Histidina/metabolismo , Lisina/química , Lisina/metabolismo , Dados de Sequência Molecular , Peso Molecular , Estresse Oxidativo/fisiologia , Espectrometria de Massas por Ionização e Dessorção a Laser Assistida por Matriz , Fatores de Tempo
5.
Rev. bras. parasitol. vet ; 23(4): 449-455, Oct-Dec/2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-731251

RESUMO

An investigation was made into the occurrence of antibodies to Toxoplasma gondii, Leishmania infantum and Neospora caninum in 151 domestic cats, based on the indirect fluorescent antibody test (IFAT). Serum samples were collected from 151 domestic cats (65 free-roaming and 86 domiciled cats; 55 males and 96 females) in Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil between January and April 2013. IgG antibodies to T. gondii, L. infantum and N. caninum were found, respectively, in 49 (32.5%), 34 (22.5%) and 10 (6.6%) sampled cats. A positive correlation was found between T. gondii and N. caninum, T. gondii and L. infantum, and N. caninum and L. infantum (p <0.05) infections. Also, a significant interaction was identified between gender and area of activity on the probability of T. gondii (p = 0.0324) infection. However, no significant interaction was observed between gender and area of activity on infections by either N. caninum or L. infantum. This study showed that cats from an area endemic for visceral leishmaniasis in Brazil are exposed to three different protozoans, two of which are causal agents of important zoonosis.


O presente estudo teve como objetivo investigar a ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii, Leishmania infantum e Neospora caninum, em 151 gatos, por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI). Entre os meses de janeiro e abril de 2013, amostras de soro foram coletadas de 151 gatos domésticos (65 gatos errantes e 86 gatos domiciliados; 55 machos e 96 fêmeas), de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil. Anticorpos IgG anti-T. gondii, anti-L. infantum e anti-N. caninum foram encontrados em 49 (32,5%), 34 (22,5%) e 10 (6,6%) gatos amostrados, respectivamente. Verificou-se uma associação estatisticamente significativa entre as infecções por T. gondii e N. caninum, T. gondii e L. infantum e N. caninum e Leishmania infantum (p <0,05). Além disso, foi observada uma interação significativa entre sexo, área de atividade na probabilidade de infecção por T. gondii (p = 0,0324). No entanto, não foi observada interação significativa entre sexo e área de atividade nas infecções por N. caninum e L. infantum. Este estudo mostrou que os gatos de uma área endêmica brasileira para leishmaniose visceral são expostos a três diferentes protozoários, sendo dois deles importantes agentes zoonóticos.


Assuntos
Aldeídos/química , Fatores Biológicos/síntese química , Oxazóis/química , Estereoisomerismo , Esparteína/química , Tionas/química , Titânio/química
6.
São Paulo; s.n; s.n; 2014. 272 p. tab, graf, ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-847100

RESUMO

As espécies reativas são associadas a processos toxicológicos e fisiopatológicos, agindo como importantes mediadores, por exemplo, na sinalização celular. Diversas classes de compostos têm sido utilizadas como possíveis biomarcadores de estresse redox, destacando-se os aldeídos α,ß-insaturados, capazes de alquilar biomoléculas como o DNA. Para evitar efeitos deletérios, estes aldeídos são detoxificados por glutationilação e posterior metabolização a derivados mercaptúricos. Contudo, avaliar o estado redox em sistemas biológicos ainda é tarefa bastante complexa, sendo a dificuldade em quantificar de forma prática e acurada os efeitos de sinalização e/ou dano molecular o maior problema dos estudos redox. Assim, o objetivo deste trabalho foi desenvolver métodos acurados e sensíveis de análise de potenciais biomarcadores de estresse redox, isto é: nucleosídeos modificados, aldeídos endógenos e exógenos, glutationa e produtos de glutationilação, e avaliá-los em sistemas modelos, celular e animal, e em humanos. A avaliação dos níveis urinários de três nucleosídeos modificados por metodologia de HPLC-MS/MS desenvolvida pelo grupo em moradores da cidade de São Paulo - região com poluição atmosférica - demonstrou aumento significativo de 1,N2-propanodGuo comparado aos moradores de região não poluída. Ademais, comprova-se pela primeira vez que células deficientes em reparo de ligações cruzadas apresentam níveis basais elevados de 1,N2-propanodGuo, em duas linhagens independentes, colocando este aduto como potencial mediador de carcinogênese em pacientes portadores de Anemia de Fanconi. Utilizando cérebro de ratos SOD1G93A (modelo de Esclerose Lateral Amiotrófica - ELA), verificou-se aumento de 50% nos níveis de 1,N2-propanodGuo e de 100% nos de 1,N6-εdAdo em fase sintomática, sugerindo influência do conteúdo lipídico cerebral, levando a comprometimento do metabolismo neuronal e morte celular. O perfil de aldeídos determinado em cérebro de ratos SOD1G93A demonstrou aumento de trans-hexa-2-enal e trans,trans-hexa-2,4-dienal em fase assintomática e de trans,trans-deca-2,4-dienal em fase sintomática, não sendo observada nenhuma alteração na medula. Conhecer estas variações permite direcionar estudos de modificações em biomoléculas, além de a metodologia per se corroborar com as áreas de análises lipidômicas. Técnicas distintas e o preparo de amostras refletiram nos níveis de glutationa reduzida (GSH) e oxidada (GSSG) relatados. A técnica de espectrometria de massas mostrou-se mais precisa que a detecção eletroquímica; e a alquilação do grupo tiol minimizou interferências de matriz. Por análise de HPLC-UV/Vis-ESI-MS/MS, a quantificação de trans-4-hidroxi-2-nonenal (HNE) e crotonaldeido conjugados com GSH demonstrou não haver alterações em cérebro e medula de ratos SOD1G93A. Contudo, há formação esteroespecífica dos adutos de HNE in vivo. Ressalta-se que a metodologia desenvolvida é extremamente sensível e específica e permite análise simultânea de GSH, GSSG, cisteína, cistina e dos adutos supracitados, servindo para análise de outros adutos de glutationilação de aldeídos que possam ser importantes em doenças associadas a estresse redox


Free radicais and oxidant species are associated with toxicological and pathophysiological processes. It has been demonstrated that production of reactive oxygen species may be involved in cell signaling and regulation. Several biomarkers of redox processes have been used, including adducts formed through the reaction of α,ß-unsaturated aldehydes with biomolecules such as DNA. In order to avoid these deleterious effects, aldehydes are detoxified through glutathionylation and further metabolized to mercapturic derivatives. However, assessing the redox status in biological systems is still a very complex task, and the difficulty in practical and accurate quantification of signaling effects and/or molecular damage is a major problem in redox studies. The objective of this work was to develop accurate and sensitive methods for analysis of potential biomarkers of redox stress, i.e., modified nucleosides, endogenous and exogenous aldehydes, glutathione and glutathionylation products, and their evaluation in cell, animal model and humans. Evaluation of urinary levels of 1,N2-propano-2'-deoxyguanosine (1,N2-propanodGuo), 1,N2-etheno-2'-deoxyguanosine and 8-oxo-7,8-dihydro-2'-deoxyguanosine in residents of São Paulo City - polluted region - showed a significant increase (p<0.05) in 1,N2-propanodGuo levels compared to residents of an unpolluted region by a HPLC-MS/MS methodology developed by the group. Moreover, it was proven, for the first time, that repair deficient cells have basal levels of 1,N2-propanodGuo higher than proficient cells in two independent strains, placing 1,N2-propanodGuo as a potential mediator of carcinogenesis in Fanconi Anemia patients. In an Amyotrophic Lateral Sclerosis (ALS) animal model (SOD1G93A rat) , a 50% increase in the levels of 1,N2-propanodGuo and 100% in the 1,N6-etheno-2'-deoxyadenosine in brain tissue in the symptomatic phase was observed, suggesting that the high brain lipid content may play a role, leading to impairment of cell metabolism and neuronal cell death. There is an increase of trans-hex-2-enal and trans,trans-hexa-2,4-dienal in asymptomatic SOD1G93A rats brain and of trans,trans-deca-2,4-dienal in symptomatic ones. However, no alteration was observed in spinal cord. Our approach contributes to a better understanding of the aldehyde status in vivo and allows us to predict biomolecule modifications. The developed methodology can contribute to lipidomic studies. The use of different techniques and sample preparation reflected in the reported levels of reduced (GSH) and oxidized glutathione (GSSG). The mass spectrometry technique proved to be more accurate than the electrochemical one, and the use of thiol alkylating agent minimizes matrix interference. No changes were observed in the levels of the GSH conjugates of trans-4-hydroxy-2-nonenal (HNE) and crotonaldehyde in brain and spinal cord of SOD1G93A rats quantified by HPLC-UV/Vis-ESI-MS/MS compared to controls. However, it was observed stereospecific HNE adducts formation in vivo. Note that this methodology is extremely sensitive and specific and allows simultaneous analysis of GSH, GSSG, Cys, cystine and the aforementioned adducts, serving for analysis of other aldehyde-glutathionylation adducts that may be important in pathologies associated with stress redox


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Ratos , Aldeídos , Biomarcadores/análise , Oxirredução/efeitos dos fármacos , Esclerose Amiotrófica Lateral/complicações , Cromatografia Líquida de Alta Pressão/instrumentação , Adutos de DNA/química , Espectrometria de Massas/métodos , Estresse Oxidativo/genética
7.
São Paulo; s.n; s.n; 2014. 132 p. tab, graf, ilus.
Tese em Inglês | LILACS | ID: biblio-847139

RESUMO

O colesterol é um importante componente das membranas celulares em eucariotos superiores, desempenhando papéis estruturais e funcionais. O colesterol possui uma insaturação em sua estrutura sendo, portanto, alvo de oxidação mediada por espécies reativas de oxigênio e/ou nitrogênio. A oxidação não enzimática do colesterol gera, como produtos primários, os hidroperóxidos de colesterol. Tais moléculas, por sua vez, são altamente reativas e podem reagir com metais livres e/ou metaloproteínas, trazendo consequências à celula. Neste sentido, o primeiro capítulo deste trabalho tem como objetivo estudar a reação dos hidroperóxidos de colesterol (ChOOH) com o citocromo c (citc), uma heme proteína envolvida no transporte de elétrons na mitocôndria. Análises de espectroscopia no UV-Vis mostraram que o ChOOH promove o bleaching da banda Soret do citc de uma maneira dose-dependente. Mais ainda, esta reação leva à formação de radicais centrados em carbono tanto na proteína como no lipídeo, sugerindo uma redução homolítica do ChOOH. Como consequências, pode-se observar a oligomerização do citc, um processo que pode influenciar no transporte de elétrons bem como na sinalização para a apoptose. A partir da reação do citc com ChOOH podem surgir, direta ou indiretamente, outras espécies reativas, como aldeídos, cetonas e epóxidos. Dentre estas, destacam-se os aldeídos de colesterol, em particular o colesterol secoaldeído (CSec) e o carboxialdeído (ChAld), uma vez que foram encontrados elevados em placas ateroscleróticas e em tecidos cerebrais de pacientes com doenças neurodegenerativas. Tais espécies podem reagir com resíduos de aminoácidos provocando alterações estruturais e funcionais em proteínas. Neste sentido, o segundo capítulo deste trabalho tem como objetivo estudar a reação do ChAld com citc. Usando modelos mimétivos de membrana e espectrometria de massas, foi mostrado que o ChAld modifica covalentemente o citc por um mecanismo consistente com a formação de bases de Schiff. Tal modificação ocorre preferencialmente em resíduos de lisina que interagem com a membrana. Estas modificações influenciam na afinidade do citc pela membrana, aumentando sua aderência, o que pode ter influência no transporte de elétrons e sinalização para a apoptose. No terceiro e último capítulo deste trabalho nós buscamos uma ferramente analítica que permitisse analisar modificação de proteínas promovidas por produtos de oxidação de colesterol e outros esteróis. Em um estudo realizado em colaboração com o grupo do professor Porter na Universidade de Vanderbilt, utilizamos ensaios baseados em click chemistry para buscar proteínas modificadas. Para isso, foram sintetizados derivados de colesterol e 7-deidrocolesterol (7-DHC, precursor imediato do colesterol) contendo um grupo alquinil na sua cadeia lateral. Este grupo pode ser ligado a um grupo azida por meio de uma reação de cicloadição, em um processo conhecido como click chemistry. Após a síntese e caracterização dos derivados lipídicos contendo o grupo alquinil na cadeia lateral, células Neuro2a foram tratadas com o alquinil-7-DHC e o alquinil-colesterol para averiguar seu metabolismo. Análises por HPLC-MS/MS mostraram que ambos derivados contendo o grupo alquinil foram metabolisados e convertdos nos respectivos ésteres. Usando um modelo celular para a doença conhecida como Sindrome de Smith-Lemli-Opitz (SLOS), doença caracterizada pela deficiência na enzima 7-deidrocolesterol redutase, foi mostrado que o acúmulo característico de 7-DHC nos pacientes pode levar a uma maior modificação de proteínas promovidas por seus derivados, o que pode contribuir para o desenvolvimento da doença


Cholesterol is an important component of eukaryotic cellular membranes, where it has an influence in the fluidity and stability. Due to the presence of a double bond in its structure, cholesterol can be oxidized by reactive oxygen and nitrogen species. This non-enzymatic oxidation generates, as primary products, cholesterol hydroperoxides. Such molecules, in turn, are highly reactive and can react with free metal ions and/or metalloproteins, affecting cell metabolism. Therefore, the first chapter of the present study aims to investigate the reaction of cholesterol hydroperoxides (ChOOH) with cytochrome c (cytc), a heme protein involved in the mitochondrial electron transport. Spectroscopic analyses in the UV-Vis region showed that ChOOH induces a dose-dependent bleaching of cytc's Soret band. In addition, this reaction leads to the formation of carbon-centered radicals on both protein and lipid, suggesting a homolytic reduction of ChOOH. As consequences, cytc undergoes oligomerization, a process that can influence electron transport and apoptosis signaling. The reaction of cytc and ChOOH can produce, directly or indirectly, reactive species such as epoxides, aldehydes and ketones. Among them, cholesterol aldehydes, such as cholesterol secoaldehyde (CSec) and cholesterol carboxyaldehyde (ChAld), are of particular interest, since they were previously found elevated in atherosclerotic plaques and brain tissue of patients bearing neurodegenerative diseases. These species can also react with amino acid residues leading to protein denaturation and malfunction. With that in mind, the second chapter of this study aims to investigate the reaction of ChAld and cytc. Using mimetic membrane models and mass spectrometry analyses, we showed that ChAld covalently modifies cytc through a mechanism consistent with the formation of Schiff base adducts. Such modification occurs mostly at lysine residues that are known to interact with the membrane. The modifications have an influence in the affinity of cytc to the membrane, where they increase its binding to the membrane, a process that could affect the electron transport and apoptosis signaling. In the last and third chapter of this study we wanted an analytical tool that allowed the investigation of protein adduction promoted by cholesterol and other sterols-derived oxidation products. In a study performed in collaboration with the Porter group from Vanderbilt University, we used analyses based on click chemistry to search for protein adduction. To address that, we first synthesized derivatives of cholesterol and 7-dehydrocholesterol (7-DHC, the immediate precursor of cholesterol) containing an alkynyl group in the side chain. The alkynyl group can be ligated to an azide group through a cycloaddition reaction, in a process known as click chemistry. After the synthesis and characterization of alkynyl derivatives, Neuro2a cells were treated with alkynyl-7-DHC and alkynyl-cholesterol to check their metabolism. HPLC-MS/MS analyses showed that both alkynyl derivatives are metabolized and converted into their respective esters. In addition, using a cell model for Smith-Lemli-Optiz Syndrome (SLOS), a disease characterized by the deficiency in the dehydrocholesterol reductase 7, we showed that the characteristic accumulation of 7-DHC in SLOS patients might be associated with protein adduction promoted by its oxidation products, which might contribute to the development of the disease


Assuntos
Oxidação Química/análise , Colesterol Oxidase/sangue , Aldeídos/química , Cromatografia Líquida de Alta Pressão/instrumentação , Citocromos c/análise , Eucariotos , Radicais Livres , Peroxidação de Lipídeos , Espectrometria de Massas/métodos , Metaloproteínas , Ácido Peracético/análise , Síndrome de Smith-Lemli-Opitz
8.
São Paulo; s.n; s.n; 2013. 161 p. tab, graf, ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-837095

RESUMO

O presente trabalho descreve o uso de carboidratos como materiais de partida para a preparação de catalisadores quirais e também de substratos quirais. Primeiramente estudos envolvendo a aplicação de amino álcoois derivados de carboidratos na arilação assimétrica de aldeídos, usando ácidos arilborônicos como fontes de grupos arila transferíveis, revelaram que um ligante preparado a partir da D-xilose mostrou-se bastante eficiente e conduziu aos produtos em excelentes rendimentos e altos excessos enantioméricos. Posteriormente a arilação de aldeídos derivados de carboidratos é descrita. Em alguns casos diastereosseletividades maiores que 20:1 foram observadas e a metodologia foi aplicada a síntese total da 7-epi-goniofufurona e análogos


The work described herein is centered on the use of carbohydrates as starting materials for the synthesis of chiral ligands and chiral sugar-derivatives. Initially, chiral amino alcohols were studied as ligands for the asymmetric arylation of aldehydes using aryl boronic acids as the source of transferable aryl groups. We found that a chiral ligand derived from D-xylose was very efficient and the desired products were obtained in excellent yields and enantiomeric excesses. In addition, the arylation of sugar-based aldehydes was also studied. In many cases, excellent diastereoselectivities of >20:1 were achieved and the methodology was employed in the total synthesis of 7-epi-goniofufurone and analogues


Assuntos
Carboidratos/efeitos adversos , Substratos/efeitos adversos , Aldeídos , Catálise , Química Farmacêutica , Síntese de Produtos
9.
J. appl. oral sci ; 20(4): 472-477, July-Aug. 2012. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-650626

RESUMO

OBJECTIVES: To evaluate the effect of additives on the water sorption characteristics of Bis-GMA based copolymers and composites containing TEGDMA, CH3Bis-GMA or CF3Bis-GMA. MATERIAL AND METHODS: Fifteen experimental copolymers and corresponding composites were prepared combining Bis-GMA and TEGDMA, CH3Bis-GMA or CF3Bis-GMA, with aldehyde or diketone (24 and 32 mol%) totaling 30 groups. For composites, barium aluminosilicate glass and pyrogenic silica was added to comonomer mixtures. Photopolymerization was effected by 0.2 wt% each of camphorquinone and N,N-dimethyl-p-toluidine. Specimen densities in dry and water saturated conditions were obtained by Archimedes' method. Water sorption and desorption were evaluated in a desorption-sorption-desorption cycle. Water uptake (%WU), water desorption (%WD), equilibrium solubility (ES; µg/mm³), swelling (f) and volume increase (%V) were calculated using appropriate equations. RESULTS: All resins with additives had increased %WU and ES. TEGDMA-containing systems presented higher %WU, %WD, ES, f and %V values, followed by resins based on CH3Bis-GMA and CF3Bis-GMA. CONCLUSIONS: Aldehyde and diketone led to increases in the water sorption characteristics of experimental resins.


Assuntos
Humanos , Bis-Fenol A-Glicidil Metacrilato/química , Resinas Compostas/química , Água/química , Aldeídos/química , Diacetil/química , Teste de Materiais , Polimerização , Solubilidade , Fatores de Tempo
10.
Electron. j. biotechnol ; 14(3): 10-10, May 2011. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-602987

RESUMO

The preparation of cross-linked enzyme aggregates (CLEAs) of lipase has been a challenge due the low amount of lysine residues that lipases have on their surface. The results show that CLEAs prepared using dextran aldehyde (100-200KDa) have a higher hydrolysis activity and particle size (activities between 3186 +/- 21 U/g of CLEA and 4800 +/- 30 U/g of CLEA and particle sizes between 52.6 +/- 18.7 um and 126.2 +/- 53.5 um) than CLEAs prepared with glutaraldehyde (0.1 KDa) (activities between 894 +/- 16 U/g of CLEA and 2874 +/- 20 U/g of CLEA and particle sizes between 21.2 +/- 5.1 um and 83.4 +/- 24.9 um); Thermal stability assays of bioctalysts at 60 ºC at pH 7.0 using phosphate buffer 25 mM showed that CLEAs prepared with dextran aldehyde have lower residual activity after 50 hrs (maximum residual activity of 46.8 percent in the CLEA) than CLEAs prepared with glutaraldehyde (maximum residual activity of 70.2 percent in CLEA). When considering hydrolysis activity, thermal stability and residual activity of CLEAs as a criteria for selecting the best preparation conditions, it has been found that the best condition for CLEAs preparation are to use glutaraldehyde as cross-linking reagent at pH 9.5, at a concentration of 3.5 g/l, and an enzyme/albumin ratio of 15.


Assuntos
Burkholderia cepacia/enzimologia , Reagentes para Ligações Cruzadas , Dextranos , Glutaral , Lipase , Aldeídos , Biocatálise , Estabilidade Enzimática , Enzimas Imobilizadas , Concentração de Íons de Hidrogênio , Hidrólise , Tamanho da Partícula , Temperatura
11.
Biol. Res ; 44(4): 363-368, 2011. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-626736

RESUMO

The anti-inflammatory and redox protective effects of the citronellal (CT) were evaluated using in vivo and in vitro tests. Intraperitoneal (i.p.) administration of CT (50, 100, and 200 mg/kg) inhibited (p < 0.05) the carrageenan-induced leukocyte migration to the peritoneal cavity. Additionally, the carrageenan- and arachidonic acid-induced rat hind paw edema was significantly inhibited (p < 0.05) by i.p. administration of 100 and 200 mg/kg of the compound. When the redox activity was evaluated, CT (200 mg/kg) significantly reduced hepatic lipoperoxidation (p < 0.001), as well as oxidation of plasmatic (p < 0.05) and hepatic (p < 0.01) proteins. The results of the present study support the hypothesis that CT possesses anti-inflammatory and redox protective activities. It is suggested that its effects are associated with the inhibition of the enzymes in the arachidonic acid pathway, which prevent cell migration by inhibiting leukotriene production, edema formation and the increase of reactive oxygen species in tissues. Therefore, CT is of potential benefit to manage inflammatory disorders and correlated damages caused by oxidant agents.


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Aldeídos/uso terapêutico , Anti-Inflamatórios/uso terapêutico , Edema/tratamento farmacológico , Monoterpenos/uso terapêutico , Estresse Oxidativo/efeitos dos fármacos , Ácido Araquidônico , Carragenina , Edema/induzido quimicamente , Membro Posterior , Oxirredução , Ratos Wistar
12.
Acta cir. bras ; 25(5): 455-459, Sept.-Oct. 2010. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-558734

RESUMO

PURPOSE: To evaluate the minimum inhibitory concentration (MIC) of GTA against these microorganisms and alternative disinfectants for high-level disinfection (HLD). METHODS: Reference mycobacteria and clinical M. massiliense strains were included in this study. Active cultures were submitted to susceptibility qualitative tests with GTA dilutions (ranging from 1.5 percent to 8 percent), and commercial orthophthaldehyde (OPA) and peracetic acid (PA) - based solutions, during the period of exposure as recommended by National Agency of Sanitary Surveillance for HLD. RESULTS: All reference and M. massiliense non-BRA100 strains, recovered from sputum, were susceptible to any GTA concentration, OPA and PA solutions. M. massiliense BRA100 strains presented MIC of 8 percent GTA and were susceptible to OPA and PA. CONCLUSION: M. massiliense BRA100 strain is resistant to high GTA concentrations (up to 7 percent), which proves that this product is non-effective against specific rapidly growing mycobacteria and should be substituted by OPA or PA - based solutions for HLD.


OBJETIVO: Avaliar a concentração mínima inibitória (CMI) de GTA frente a M. massiliense e a susceptibilidade a produtos alternativos para desinfecção de alto nível (DAN). MÉTODOS: Cepas de M. massiliense de origem clínica e de referência foram incluídas no estudo. As culturas ativadas foram submetidas a testes qualitativos com diluições de GTA (de 1,5 por cento a 8 por cento) e com soluções comerciais de ortoftaldeído (OPA) ou ácido peracético (PA), utilizando os tempos de exposição recomendados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária para DAN. RESULTADOS: Todas as cepas de referência e M. massiliense não-BRA100, obtida de escarro, foram susceptíveis às concentrações de GTA, e soluções de OPA e PA. As cepas de M. massiliense BRA100 apresentaram CMI de 8 por cento para GTA e foram susceptíveis a OPA e PA. CONCLUSÃO: M. massiliense BRA100 é resistente a altas concentrações de GTA (até 7 por cento), o que demonstra que esse composto não é eficaz, e deve ser substituído por OPA ou PA nos processos de DAN.


Assuntos
Humanos , Aldeídos/farmacologia , Desinfetantes/farmacologia , Farmacorresistência Bacteriana/efeitos dos fármacos , Glutaral/farmacologia , Mycobacterium/efeitos dos fármacos , Ácido Peracético/farmacologia , Glutaral/administração & dosagem , Testes de Sensibilidade Microbiana , Mycobacterium/classificação , Mycobacterium/isolamento & purificação , Complicações Pós-Operatórias/microbiologia
13.
Braz. j. med. biol. res ; 42(10): 918-920, Oct. 2009. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-526191

RESUMO

Human infection with fish parasites can result from the ingestion of incompletely cooked or raw fish, giving origin to parasitic diseases such as anisakiasis, caused by parasites of the Anisakidae family. The present study assessed the in vitro larvicidal effect of two monoterpene compounds, geraniol and citronellal, against Contracaecum sp (Nematoda: Anisakidae). Four hundred live larvae of Contracaecum sp obtained from "traíra" fish (Hoplias malabaricus, Bloch, 1974) were analyzed on 40 Petri dishes (10 larvae each) with the compounds to be tested. The final concentrations tested for each compound were 250, 125, 62.5, and 31.2 µg/mL and the evaluation was carried out at five different times (2, 4, 8, 24, and 48 h). The larvicidal action of geraniol and citronellal was statistically superior (P < 0.005) to the control (1 percent ethanol) at concentrations of 250 and 31.2 µg/mL (geraniol) and 250, 125, and 62.5 μg/mL (citronellal). However, no larvicidal activity was observed at concentrations of 125 and 62.5 µg/mL for geraniol and 31.2 µg/mL for citronellal. When the larvicidal action of geraniol was compared to that of citronellal, the former was found to be statistically superior (P < 0.05) to the latter at concentrations of 250 and 31.2 μg/mL. On the other hand, citronellal was statistically superior (P < 0.005) to geraniol at concentrations of 125 and 62.5 μg/mL. The larval mortality rate in terms of time (hours) was higher for geraniol with the passing of time at the 250 μg/mL concentration. At this concentration (in 48 h) the best larvicidal effect was observed with 90 percent lethality. The larvae were considered to be dead using no motility and loss of structural integrity as parameters. The data indicate that natural terpene compounds should be more explored for antihelminthic activity and can be useful for other studies about anisakiasis treatment.


Assuntos
Animais , Aldeídos/farmacologia , Antinematódeos/farmacologia , Monoterpenos/farmacologia , Nematoides/efeitos dos fármacos , Terpenos/farmacologia , Avaliação Pré-Clínica de Medicamentos , Larva/efeitos dos fármacos , Nematoides/crescimento & desenvolvimento , Testes de Sensibilidade Parasitária
14.
Electron. j. biotechnol ; 12(2): 13-14, Apr. 2009. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-551374

RESUMO

A significant effort worldwide is being directed toward development of novel biocides against drug-resistant bacterial and viruses because of the significant potential human infection risks in the general population. We report here the discovery of a strong antiviral biocide, dialdheyde starch (DAS). Antiviral tests were carried out against three non-envelop viruses, including two bacterial viruses MS2 and PRD1, and one human virus Poliovirus. Dialdehyde starch aqueous suspensions were effective biocides against these three test viruses in a 1 hr exposure test. The antiviral activity was significantly enhanced in a four-hour exposure test, with maximum seven orders of magnitude reductions against MS2 and PRD1, and four-order reduction against Poliovirus. The antiviral activity of dialdehyde starch was found to be pH dependent, being more active in alkaline and acidic conditions than in neutral conditions.


Assuntos
Aldeídos/análise , Aldeídos/uso terapêutico , Amido/análise , Amido/uso terapêutico , Praguicidas/síntese química , Antivirais/síntese química , Antivirais/uso terapêutico , Farmacorresistência Bacteriana , Farmacorresistência Viral
15.
Rev. saúde pública ; 39(3): 479-485, jun. 2005. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-405328

RESUMO

OBJETIVO: Caracterizar as emissões de acetaldeído e formaldeído, substâncias nocivas para a saúde das pessoas e cujas emissões dos veículos a diesel ainda não estão regulamentadas. MÉTODOS: Testes padronizados foram realizados em quatro veículos leves comerciais do ciclo diesel, testados num dinamômetro de chassis, usando o procedimento de teste FTP-75. Os poluentes foram analisados por cromatografia líquida de alta eficiência. RESULTADOS: Os resultados mostraram que a emissão de acetaldeído variou de 5,9 a 45,4 mg/km e a de formaldeído variou de 16,5 a 115,2 mg/km. A emissão média para a soma dos aldeídos foi de 58,7 mg/km, variando de 22,5 mg/km a 160 mg/km. A proporção entre os dois se manteve constante, próximo de 74 por cento de formaldeído e 26 por cento de acetaldeído. CONCLUSÕES: A emissão de aldeídos provenientes de veículos movidos a diesel foi significativa quando comparada com as emissões reais dos veículos de ignição por centelha ou com o limite previsto para os veículos do ciclo Otto na legislação brasileira. O estabelecimento de limites de emissão para essas substâncias para veículos a diesel mostra-se importante, considerando o crescimento da frota de veículos a diesel, a toxicidade desses compostos e sua participação como precursores nas reações de formação de gás ozônio na baixa troposfera.


Assuntos
Acetaldeído , Poluição do Ar , Aldeídos , Formaldeído , Substâncias Perigosas , Emissões de Veículos
16.
Rev. cuba. farm ; 39(1)ene.-abr. 2005. graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-425327

RESUMO

Los eritrocitos portadores de hemoglobina S ( b 6 glu ® val ), son menos flexibles que los eritrocitos normales, lo que los hace más frágiles y se hemolizan con mayor facilidad. La ortovainillina y la isovainillina, isómeros químicos de la vainillina, pueden inhibir la polimerización de la desoxihemoglobina S (actividad antipolimerizante) y evitar la falciformación de los eritrocitos. Se determinó la actividad citotóxica de estos compuestos sobre eritrocitos normales y SS, a razones molares 1:1, 1:4, 1:8 y 1:10, por espectrofotometría midiendo la absorbancia a una longitud de onda l =545 nm de la hemoglobina libre en el sobrenadante, después de incubar la solución de eritrocitos con los compuestos, y se determinó el porcentaje de hemólisis. Los resultados muestran que el porcentaje de hemólisis promedio calculado fue inferior al 1 por ciento. No se detectaron diferencias estadísticamente significativas entre las medias por razón molar en una misma clase de eritrocitos (p=0,05) ni una dependencia entre la concentración y la actividad hemolítica. Se compararon las medias entre ambos tipos de eritrocitos, para todas las relaciones molares, y no se observaron diferencias estadísticamente significativas. Se compararon, además, los resultados de trabajos anteriores sobre la actividad hemolítica de la vainillina con la de sus isómeros estructurales, y se obtuvo que la isovainillina y la ortovainillina provocaron porcentajes de hemólisis inferiores a los provocados por la vainillina. La baja actividad hemolítica de estos aldehídos aromáticos potencia su actividad antipolimerizante


Assuntos
Aldeídos/química , Eritrócitos , Hemoglobina Falciforme
17.
Braz. j. microbiol ; 36(1): 70-74, jan.-mar. 2005. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-413930

RESUMO

presente trabalho visou estabelecer uma comparação entre composição de cachaças produzidas por Saccharomyces cerevisiae (Sc) e estirpes de leveduras selvagens [Pichia silvicola (Ps), Pichia anomala 1 (Pa1), Pichia anomala 2 (Pa2) e Dekkera bruxelensis (Db)], isoladas em destilarias da região de Jaboticabal-SP. Os componentes secundários da fração denominada coração foram determinados por cromatografia gasosa. Os níveis dos componentes secundários foram influenciados pelo pH dos respectivos vinhos, os quais dependem da estirpe de levedura empregada no processo fermentativo. A Saccharomyces cerevisiae apresentou valores ligeiramente superiores de componentes secundários, enquanto as estirpes selvagens produziram maiores teores de álcoois superiores. As estirpes selvagens de leveduras mostraram-se adequadas para obtenção de uma cachaça de boa qualidade.


Assuntos
Bebidas Alcoólicas , Álcoois , Aldeídos , Destilação , Estruturas Fúngicas , Técnicas In Vitro , Saccharomyces cerevisiae , Leveduras , Cromatografia Gasosa , Métodos
18.
Asunción; s.e; 20041000. 41 p. ilus.
Monografia em Espanhol | LILACS, BDNPAR | ID: biblio-1018774

RESUMO

Lo agentes antimicrobianos son ampliamente usados en el consultorio odontológico. Estos antimicrobianos se desarrollan cada día más, para elegir el que realmente será de utilidad, sin dañar al equipo, instrumentales pero sobre todo para no lastimar al paciente, se los deben conocer y manejarlos correctamente. La intención de este trabajo es describir agentes antimicrobianos de acción no selectiva específicamente para ser usados como agentes de desinfección, especialmente los objetos inanimados y mencionando el posible uso como agentes antisépticos. Se describirán los agentes desinfectantes de conocida efectividad, por ellos se limitarán a escribir las familias de los halógenos, fenólicis y aldehídos, sustancias que en la actualidad, son de mayor reconocimiento como agentes antimicrobianos.


Assuntos
Humanos , Aldeídos/administração & dosagem , Desinfecção/métodos , Farmacologia , Fenóis/administração & dosagem , Halogênios/administração & dosagem , Odontologia
19.
Rev. cuba. invest. bioméd ; 23(1)ene.-mar. 2004. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-390223

RESUMO

Se realizó un estudio cualitativo de relación estructura-actividad (SAR) con 27 aldehídos aromáticos de interés como potenciales agentes antisickling. Los datos de actividad: modificación de la HbA intracelular (A1) y efectos sobre la afinidad por el oxígeno (A2), se tomaron de estudios publicados en la literatura. Se emplearon descriptores mecanocuánticos determinados mediante cálculos semiempíricos (MNDO/PM3 y CNDO). Los resultados obtenidos sugieren nuevas consideraciones sobre el papel de diversos parámetros moleculares en la actividad de estos compuestos. La baja polaridad del grupo carbonilo favorece la actividad A1, así como la presencia de sustituyentes electroaceptores, disminuidores de esta polaridad. El papel de los sustituyentes y el anillo no se reduce al de moduladores de la polaridad del carbonilo. Las evidencias encontradas podrían ser útiles en trabajos de síntesis orientados a obtener compuestos con mejores perfiles de actividad antisickling


Assuntos
Aldeídos/farmacologia , Aldeídos/química , Anemia Falciforme/tratamento farmacológico , Relação Estrutura-Atividade
20.
Braz. j. morphol. sci ; 21(1): 31-33, Jan.-Mar. 2004. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-658763

RESUMO

Whole-mounted Malpighian tubules of larvae from two meliponid bee species fixed in acetic acid-ethanol showed apositive cytoplasmic staining with Schiff reagent when submitted to the Feulgen reaction in which acid hydrolysiswas done in 4 M HCl at room temperature. The ability of various treatments applied before the Feulgen acid hydrolysisto abolish this cytoplasmic staining was examined. The aldehyde groups of phospholipids present in the cytoplasm ofthe Malpighian tubules were blocked or removed by sequential treatment with 5% sodium borohydride and acetonechloroform(1:1, v/v) for 15 min each prior to HCl hydrolysis. This treatment is recommended in order to abolish thecytoplasmic (plasmal) reaction and to allow the reliable quantification of DNA by the Feulgen reaction and thediscrimination of nuclear phenotypes in the Malpighian tubules of meliponid bees.


Assuntos
Animais , Aldeídos/isolamento & purificação , DNA , Fosfolipídeos/isolamento & purificação , Lipídeos de Membrana , Ploidias , Túbulos de Malpighi/anatomia & histologia , Túbulos de Malpighi/fisiologia , Abelhas/anatomia & histologia , Abelhas/ultraestrutura , Hidrólise , Microscopia Eletrônica
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA