Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 11 de 11
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Neotrop. ichthyol ; 16(1): e170140, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-895118

RESUMO

The objective of this study was to evaluate stress responses in dog snapper (Lutjanus jocu) during transport by evaluating their hematological and biochemical responses. Twenty-five wild dog snapper specimens were used in the experiment (220 ± 68 g and 24.5 ± 2.5 cm total length). Blood samples were collected prior to transport (control), and fish were placed in two transport boxes, one with anesthetic and one without anesthetic. Immediately after transport and after 24 h, blood was collected from the fish that underwent each treatment (with anesthetic and without anesthetic). Biochemical and hematological results demonstrated the inefficiency of benzocaine as a stress reliever during handling and transport. Biochemical parameters revealed the effects of stress during transport, and after 24 h, glucose levels and hematological parameters (hemoglobin, erythrocytes, leukocytes, neutrophils and MCH) showed a tendency to return to control levels. This study is the first to report stress response measurements of hematological and biochemical indicators in dog snapper, representing an important basis for the planning of future experiments involving the transport and handling of this fish species.(AU)


O objetivo desde estudo foi avaliar as repostas de estresse em dentão (Lutjanus jocu) durante o procedimento de transporte, através de respostas hematológicas e bioquímicas. Vinte e cinco exemplares selvagens de dentão foram utilizados no experimento (220 ± 68 g e 24.5 ± 2.5 cm de comprimento total). Foram realizadas coletas de sangue previamente ao transporte (controle), e os demais peixes foram acondicionados em duas caixas de transporte, uma com anestésico e outra sem anestésico. Imediatamente após o transporte e após 24 h, houve coleta de sangue para cada tratamento (com anestésico e sem anestésico). Os resultados bioquímicos e hematológicos apontam a ineficiência da benzocaína como mitigador do estresse durante o manuseio e transporte. Os parâmetros bioquímicos foram capazes de detectar o efeito do estresse durante o transporte, e após 24 h os níveis de glicose e alguns parâmetros hematológicos (hemoglobina, eritrócitos, leucócitos, neutrófilos e MCH) demonstraram uma tendência de retorno aos níveis do controle. Este trabalho é o primeiro a informar os níveis de resposta basal e de estresse para indicadores hematológicos e bioquímicos em dentão, representando uma base importante para o planejamento de futuras experiências com transporte e manejo dessa espécie.(AU)


Assuntos
Reações Bioquímicas/análise , Perciformes/sangue , Perciformes/crescimento & desenvolvimento , Benzocaína
2.
Braz. dent. j ; 26(1): 26-32, Jan-Feb/2015. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-735845

RESUMO

Although the use of injectable anesthesia prior to subgingival scaling and root planing (SRP) reduces pain, many patients report fear and prolonged numbness of adjacent tissues. The aim of the present study was to compare the effects of a eutectic mixture containing 25 mg/g of lidocaine and 25 mg/g of prilocaine, injectable 2% lidocaine, topical 2% benzocaine and a placebo substance on reducing pain during SRP. In this randomized, split-mouth, masked clinical trial, thirty-two patients presenting more than two teeth with probing depth and clinical attachment level ≥5 mm in at least 4 sextants were randomly allocated to four groups: EMLA(r); injectable 2% lidocaine; topical 2% benzocaine and placebo. Pain and discomfort were measured using a visual analogue scale (VAS) and verbal scale (VS). Repeated-measures analysis of variance and Poisson regression were used for analysis. Patient satisfaction with the anesthesia was determined at the end of each treatment session. VAS and VS scores did not differ between injectable 2% lidocaine and EMLA (p>0.05) and both substances showed significantly better pain control compared to 2% benzocaine and placebo (p<0.05). 93.7% and 81.2% of the individuals were satisfied with the injectable anesthetic and EMLA, respectively (p=0.158). Dissatisfaction with benzocaine and placebo was approximately 10 times greater than injectable anesthesia (p=0.001). In conclusion, EMLA showed an equivalent effect on pain control when compared to the injectable anesthesia and performed better than 2% benzocaine in SRP. Thus, EMLA is a viable anesthetic option during scaling and root planning, despite the frequent need for second application.


Embora a anestesia injetável previamente a raspagem e alisamento subgengival (RASUB) reduza a dor, muitos pacientes relatam medo e amortecimento prolongado dos tecidos adjacentes. O objetivo deste estudo foi comparar o efeito de uma mistura eutética contendo 25mg/g de lidocaína e 25 mg/g de prilocaína, lidocaína 2% injetável, benzocaína 2% tópica e um placebo na redução da dor durante a RASUB. Neste ensaio clínico randomizado, cego de boca dividida, trinta e dois pacientes que apresentavam mais que dois dentes com profundidade de sondagem e nível de inserção clínica ≥ 5 mm, em no mínimo 4 sextantes, foram randomicamente alocados em 4 grupos: EMLA(r), lidocaína 2% injetável, benzocaína 2% tópica ou placebo. Dor e desconforto foram mensurados usando uma Escala Visual Analógica (EVA) e Escala Verbal (EV). A satisfação dos pacientes com a anestesia foi determinada ao final de cada consulta. Análise de variância de medidas repetidas e regressão de Poisson foram usadas para análise. Os escores da EVA e EV não demonstraram diferenças estatisticamente significantes entre lidocaína injetável e EMLA(r) (p > 0,05) e ambas as substâncias demonstraram significativamente melhor controle da dor comparadas a benzocaína 2% e placebo (p<0,05). 93,7% e 81,2% dos indivíduos ficaram satisfeitos com o anestésico injetável e EMLA(r), respectivamente (p=0,158). A insatisfação com a benzocaína e placebo foi aproximadamente 10 vezes maior do que com a anestesia injetável (p=0,001). Em conclusão, o EMLA(r) demonstrou um efeito equivalente no controle da dor quando comparado com a anestesia injetável e melhor do que a benzocaína 2% em RASUB. Assim, o EMLA(r) é uma opção anestésica viável durante a raspagem e alisamento radicular, apesar da necessidade frequente de segunda aplicação.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Anestesia Dentária/métodos , Anestesia Local/métodos , Anestésicos Locais/uso terapêutico , Raspagem Dentária , Gengivite/terapia , Benzocaína/uso terapêutico , Combinação de Medicamentos , Lidocaína/uso terapêutico , Manejo da Dor , Medição da Dor , Satisfação do Paciente , Prilocaína/uso terapêutico , Reprodutibilidade dos Testes , Aplainamento Radicular , Resultado do Tratamento
3.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 65(5): 1441-1446, out. 2013. graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-689763

RESUMO

Pejerrey (Odontesthes bonariensis) is a native species from Rio Grande do Sul, Uruguay and Argentina where it is of great economic importance for artisanal fishing. One difficulty in laboratory research with pejerrey is related to its sensitivity, as it presents higher basal cortisol levels than other freshwater species. For this reason, the aim of this work was to evaluate the efficiency of benzocaine and clove oil as anesthetics for pejerrey fingerlings. Two experiments were done where fingerlings (57±7.8mm and 1.1±0.44g) were exposed to benzocaine with concentrations between 40mgL-1 and 120mgL-1 and to clove oil with concentrations between 12mgL-1 and 75mgL-1. Survival, anesthesia induction time and recovery time for each pharmaceutics were evaluated. Both benzocaine and clove oil pharmaceutics showed efficiency as anesthetics for pejerrey fingerlings, with negative correlation between the dose of anesthetics and the anesthesia induction time. For benzocaine, the concentrations between 80mgL-1 and 100mgL-1 showed better results, as for clove oil the optimal concentrations were between 25mgL-1 and 50mgL-1. On the other hand, the anesthesia recovery time did not present significant variation on the different concentrations of the tested products. The tested products are highly metabolizable by pejerrey.


O peixe-rei (Odontesthes bonariensis) é uma espécie nativa do Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina, onde tem grande importância econômica para a pesca artesanal. Uma dificuldade da pesquisa em laboratório com peixe-rei está relacionada à sua sensibilidade, pois apresenta níveis basais de cortisol mais elevados que outras espécies de água doce. Este trabalho avaliou a eficiência da benzocaína e do óleo de cravo como anestésicos para alevinos de peixe-rei. Foram realizados dois experimentos em que alevinos (57±7,08mm e 1,1±0,44g) foram expostos à concentração entre 40mg-1 e 120mgL-1 de benzocaína e entre 12mgL-1 e 75mgL-1 de óleo de cravo. Avaliaram-se a sobrevivência, o tempo de anestesia e o tempo de recuperação para cada um dos fármacos. Ambos os fármacos, benzocaína e óleo de cravo, mostraram eficiência para anestesiar peixe-rei, com correlação negativa entre a dose e o tempo de indução de anestesia. Para benzocaína, concentrações entre 80mgL-1 e 100mgL-1 mostraram melhor resultado, enquanto para óleo de cravo as melhores concentrações ficaram entre 25mgL-1 e 50mgL-1. Por outro lado, o tempo de recuperação do estado de anestesia não apresentou variação significativa nas diferentes concentrações testadas. O peixe-rei tem elevada capacidade de metabolização dos produtos testados.


Assuntos
Animais , Benzocaína/análise , Benzocaína/efeitos adversos , Óleo de Cravo/administração & dosagem , Óleo de Cravo/análise , Óleo de Cravo/química , Peixes/anormalidades , Anestesia/efeitos adversos , Anestesia , Anestesia/veterinária
4.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 64(6): 1597-1602, Dec. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-660230

RESUMO

Avaliaram-se os tempos de indução e recuperação de quinguios (Carassius auratus) expostos a dois anestésicos, eugenol e benzocaína. Foram utilizados 128 juvenis com peso médio de 2,07±0,53g e comprimento total médio de 5,51±0,56cm. A benzocaína mostrou ser mais eficiente do que o eugenol em relação ao tempo, tanto para indução ao coma quanto para a recuperação à fuga e também no que diz respeito à sobrevivência. As doses de benzocaína com melhores resultados foram de 87,5 e 100mg.L-1. O eugenol proporcionou demora na indução e na recuperação dos animais, além de ter apresentado mortalidades quando as doses anestésicas foram elevadas.


The aim of this work was to evaluate the induction and recuperation time of quinguio (Carassius auratus) exposed to two anesthetics, eugenol and benzocaine. 128 juveniles with 2.07±0.53g of average weight and 5.51±0.56cm of total length were used. The benzocaine proved to be more efficient than the eugenol regarding the time in inducing a coma and recovering flight, as well as survival. The better results of benzocaine doses were 87.5 and 100mg.L-1. The eugenol resulted in a delay of animal induction and recovery, and also presented mortalities when the anesthetics doses were increased.


Assuntos
Animais , Benzocaína/análise , Eugenol , Carpa Dourada , Peixes/anatomia & histologia , Peixes/microbiologia
5.
Braz. j. biol ; 66(2a): 493-502, May 2006. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-431537

RESUMO

O objetivo deste estudo foi investigar o efeito da densidade, duração e do uso de aditivos na água durante o transporte de juvenis de tambaqui (Colossoma macropomum) e usar estes resultados para estabelecer um protocolo seguro de transporte para esta espécie. Os produtos testados e suas doses foram: sal de mesa (1000, 2000 e 3000 mg/L), gesso (100, 300 e 500 mg/L) e benzocaína (10, 20 e 30 mg/L). Os peixes foram transportados em sistema fechado (saco plástico) em diferentes densidades e por diferentes tempos por até 24 h de transporte. A sobrevivência e os parâmetros de qualidade da água foram monitorados imediatamente após o transporte. Os peixes que sobreviveram ao transporte foram colocados em tanques-rede para avaliar a mortalidade após 96 h. A melhor densidade, tempo de transporte e aditivo foram estimados por modelo linear geral. O efeito do fator de condição na sobrevivência após o transporte e na sobrevivência de 96 h também foi avaliado. Como esperado, a sobrevivência após o transporte e a sobrevivência de 96 h foram significativamente correlacionados com o tempo e a densidade. A sobrevivência após o transporte, mas não a sobrevivência de 96 h, também tem correlação com os aditivos testados. A sobrevivência após o transporte é significativamente igual para o tratamento controle e para os tratamentos que receberam gesso e significativamente menor para os tratamentos que receberam sal e benzocaína. O fator de condição não tem correlação com a sobrevivência após o transporte e a sobrevivência de 96 h. É conclusivo que os aditivos testados não melhoram a sobrevivência de juvenis de tambaqui após o transporte. Modelos lineares foram desenvolvidos para predizer a melhor densidade de transporte em função do tempo.


Assuntos
Animais , Aquicultura/métodos , Peixes , Transportes/normas , Água/normas , Benzocaína/administração & dosagem , Sulfato de Cálcio/administração & dosagem , Cloreto de Sódio/administração & dosagem , Fatores de Tempo , Transportes/métodos , Água/química
6.
Rev. ciênc. farm. básica apl ; 27(1): 27-35, 2006. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-458665

RESUMO

Neste trabalho foram investigados os efeitos de dois anestésicos locais, lidocaína e benzocaína, sobre as propriedades estruturais e dinâmicas de vesículas unilamelares de fosfatidilcolina de ovo em pH 7,4 e 10,5 para determinar a localização preferencial destes anestésicos no interior da bicamada.Mudanças na organização de vesículas unilamelares pequenas foram determinadas através de espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier.Os experimentos de infravermelho mostraram que os anestésicos locais alteram as ligações de hidrogênio das moléculas de água monitoradas através das regiões da cadeia acila, grupamento fosfato e carbonilas da região do glicerol dos fosfolipídios.Os efeitos do aumento da concentração dos anestésicos locais nestas regiões mostraram que a lidocaína ionizada torna maior o acesso de moléculas de água nas regiões do grupamento de fosfato e carbonilas da região do glicerol.Para a lidocaína neutra (pH 10,5) o principal efeito observado foi na região do glicerol.Já para o anestésico local benzocaína foi observada uma diminuição do acesso de moléculas de água na região das carbonilas do glicerol.Um modelo proposto indica que a lidocaína ionizada e a neutra ligam-se aos lipídios próximos ao grupamento fosfato e região do glicerol.Para a benzocaína a localização preferencial proposta foi a região do glicerol e os primeiros carbonos da cadeia acila.A posição preferencial dos anestésicos nas membranas fosfolipídicas modelo pode modular o acesso destas moléculas em seus sítios de ligação na proteína canal de sódio voltagem-dependente.


Assuntos
Anestésicos Locais/administração & dosagem , Anestésicos Locais/farmacologia , Anestésicos Locais , Benzocaína/administração & dosagem , Benzocaína/farmacologia , Benzocaína , Lidocaína/administração & dosagem , Lidocaína/farmacologia , Lidocaína , Lipossomos , Espectroscopia de Infravermelho com Transformada de Fourier
7.
Lecta-USF ; 21(1/2): 15-20, jan.-dez. 2003. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-418974

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana de anestésicos tópicos comerciais sobre cepas de estreptococos. Concentrações inibitória(CIM) e bactericida (CBM) mínimas destes produtos contendo lidocaína 5 por cento, lidocaína 6 por cento, lidocaína 10 por cento, benzocaína 10 por cento e benzocaína 20 por cento foram obtidas, sendo utilizados caldo Mueller Hinton e ágar Mitis salivarius para CIM e CBM, respectivamente, e Strepococcus mutans Ingbritt 1600, Streptococcus sanguis ATCC 10556, Streptococcus salivarius AE 112, S. oralis e S. mutans (cepas de campo). Os testes foram realizados a 37ºC, 10 por cento CO2, durante 48 horas. Todos os anestésicos mostraram atividade antimicrobiana dose-dependente contra os estreptococos, sendo a CIM geralmente similar à CBM, com exceção do anestésico Xylestesin 5 por cento.


Assuntos
Anestésicos/farmacologia , Anestésicos/uso terapêutico , Técnicas In Vitro , Streptococcus , Anti-Infecciosos , Benzocaína , Lidocaína , Resistência Microbiana a Medicamentos , Streptococcus mutans , Streptococcus oralis , Streptococcus sanguis
8.
RBCF, Rev. bras. ciênc. farm. (Impr.) ; 39(1): 105-113, jan.-mar. 2003. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-341475

RESUMO

Neste trabalho, demonstrou-se a aplicação do método da espectrofotometria de derivadas no doseamento simultâneo de alguns fármacos em produtos farmacêuticos comerciais. Os métodos desenvolvidos apresentaram-se precisos, sensíveis, seletivos, reprodutivos e de baixo custo


Assuntos
Benzocaína , Lidocaína , Mebendazol , Preparações Farmacêuticas/análise , Espectrofotometria
9.
Rev. cuba. farm ; 35(3): 171-180, sept.-dic. 2001. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-324939

RESUMO

Se desarrolló un método por espectrofotometría UV, que incluyó la extracción previa del producto de degradación de la benzocaína presente en un nuevo ungüento rectal, destinado al tratamiento del brote hemorroidal agudo. El método analítico se validó para el estudio de estabilidad química de este principio activo. Según los criterios estadísticos vigentes, el método resultó lineal, exacto, preciso, sensible y específico para el objetivo con el cual fue diseñado


Assuntos
Benzocaína/química , Composição de Medicamentos , Estabilidade de Medicamentos , Pomadas , Espectrofotometria Ultravioleta , Tecnologia Farmacêutica
10.
Rev. ADM ; 57(3): 97-101, mar.-abr. 2000. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-278265

RESUMO

La odontología, como disciplina del campo de la salud, debe enfrentar el hecho de que posee como ambiente y como experiencia diversos estímulos que promueven una respuesta natural de ansiedad. Todo lo que se pueda hacer para evitar el dolor o la ansiedad al paciente durante o después del tratamiento dental, además de un control adecuado de los fármacos que se utilizan, principalmente los anestésicos locales, va a traer como resultado un paciente tranquilo y más cooperador, y por lo tanto se le puede brindar una mejor atención y tratamiento. Por medio de la técnica de anestesia local a los nervios dentarios que se les aplicó a 79 pacientes, 75 por ciento del sexo femenino y 25 por ciento del sexo masculino que acudieron al Servicio de Cirugía Bucal de la Facultad de Odontología de la UANL para la remoción quirúrgica de uno de sus terceros molares superiores, al 90 por ciento de esos pacientes se les evitó la punción palatina y por lo tanto menos riesgo de que se presentara una respuesta farmacológica adversa (RFA), además de menos molestias posoperatorias por la infiltración del anestésico local


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Anestesia Dentária , Anestesia Local , Extração Dentária/métodos , Nervo Mandibular/efeitos dos fármacos , Dor Pós-Operatória/prevenção & controle , Ansiedade ao Tratamento Odontológico/prevenção & controle , Benzocaína/farmacologia , Hipersensibilidade a Drogas/prevenção & controle , Lidocaína/farmacologia , Bloqueio Nervoso , Complicações Pós-Operatórias/epidemiologia
11.
Rev. cuba. farm ; 21(3): 261-73, sept.-dic. 1987. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-118860

RESUMO

Se desarrolla un método analítico donde se describen las especificaciones de calidad para el ungüento analgésico dental. Se identifica la benzocaína por espectrofotometría en la zona UV en concentración de 10 y 100 *g/mL, y se determina el valor de la extinción específica en ambos máximos característicos para la benzocaína, utilizándose para la valoración. Se identificó y valoró el grupo amino aromático. Se demostró que los excipientes no interfieren en la valoración , y se obtuvo un recuperado de 100 ñ 2 % por los 3 métodos. Se propone un método para la valoración del eugenol, mediante la reacción de los grupos fenólicos presentes en la molécula, por fotometría con p-fenilendiamina sulfato en medio de bicarbonato de sodio y posterior oxidación con ferricianuro de potasio, locual forma un compuesto azul violáceo medible espectrofotométricamente a 596 nm; se comprobó en este máximo de absorción la conformidad con la ley de Beer. Se obtuvieron resultados reproducibles para la cuantificación del eugenol en el ungüento y se observó que ni la benzocaína, ni los excipientes de la formulación interfieren en este método


Assuntos
Analgésicos/análise , Benzocaína/análise , Eugenol/análise , Bases para Pomadas/análise , Alvéolo Seco/tratamento farmacológico , Bases para Pomadas/uso terapêutico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA