Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 59
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Araçatuba; s.n; 2019. 83 p. graf, tab, ilus.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1051406

RESUMO

Atualmente, está bem estabelecido que o ambiente fetal está ligado à saúde materna, e estímulos ou agressões anormais durante a vida intra-uterina podem resultar em mudanças na fisiologia e metabolismo da prole, aumentando o risco de doenças na vida adulta. Tal fenômeno é conhecido como programação fetal. Alterações na metilação do DNA e expressão gênica são consideradas mecanismos moleculares responsáveis por esta programação. Estudos anteriores demonstraram que a doença periodontal (DP) materna promove resistência insulínica, aumento nas concentrações plasmáticas de citocinas, redução do conteúdo de GLUT4 e do seu índice de translocação para membrana plasmática em sua prole adulta. E citocinas, como por exemplo, o TNF-α, têm sido relacionadas com a redução da expressão de GLUT4 por meio da ativação do fator de transcrição nuclear κappa B (NF-κB). Além disso, esta citocina pode estimular algumas serinas quinases, incluindo IκB quinase (IKK), c-Jun amino-terminal kinase (JNK) e quinases reguladas por sinais extracelulares (ERKs) que estão envolvidas na resistência insulínica. Tais achados evidenciam a necessidade de realizar mais estudos para verificar os mecanismos envolvidos nestas alterações. Portanto, os objetivos do presente estudo foram avaliar em ratos adultos, proles de ratas com DP: 1) massa corpórea ao longo de 75 dias de idade; 2) glicemia e insulinemia; 3) expressão do RNAm da proteína transportadora de glicose GLUT4 e do IRS1 em muscular esquelético gastrocnêmio (MG); 4) o grau de metilação do DNA na região promotora do gene do GLUT4 em MG; 5) fosforilação das proteínas JNK, IKKα/ß, ERK 1/2, NF-κBp65 e NF-κBp50 e seus conteúdos totais em MG; 6) conteúdo total de TNF-α em MG. As ratas foram divididas em dois grupos: 1) com doença periodontal (DP), no qual esta doença foi induzida por meio de ligadura com fio de seda ao redor do 1º molar inferior; 2) ratas controle (CN). Após 7 dias da colocação da ligadura, as ratas de ambos os grupos foram colocadas para acasalamento, verificou-se diariamente, por esfregaço vaginal, o dia da copulação. As ratas prenhas foram separadas em caixas individuais. Quando os filhotes machos destas ratas completaram 75 dias, realizaram-se os experimentos: 1) glicemia e insulinemia; 2) expressão do RNAm do GLUT4 e do IRS1 em MG; 3) o grau de metilação do DNA na região promotora do gene do GLUT4 em MG; 4) fosforilação das proteínas JNK, IKKα/ß, ERK 1/2, NF-κBp65 e NF-κBp50 e seus conteúdos totais em MG; 5) conteúdo total de TNF-α em MG. Os resultados demonstraram que a doença periodontal materna promove na sua prole adulta baixo peso ao nascimento (BPN), resistência insulínica, aumento do conteúdo total de TNF-α em MG, aumento do grau de fosforilação de IKKα/ß, ERK 1/2, NF-κBp65 (grau de fosforilação e conteúdo) e NF-κBp50 em MG, diminuição na expressão gênica da proteína transportadora de glicose GLUT4 e aumento na expressão gênica do IRS1; porém não promove nessa prole alteração no grau de metilação do DNA na região promotora do gene do GLUT4, e no grau de fosforilação da proteína JNK em MG. Portanto, este estudo é de fundamental importância para o entendimento de alguns dos mecanismos envolvidos na relação entre a doença periodontal materna e resistência à insulina na prole adulta. Além disso, mostra que a saúde bucal materna ideal pode ajudar a prevenir doenças futuras na prole adulta(AU)


It is well established that the fetal environment is linked to maternal health, and abnormal stimuli or aggressions during intrauterine life can result in changes in the physiology and metabolism of offspring, increasing the risk of disease in adult life, this phenomenon is known as fetal programming. Changes in DNA methylation and gene expression are considered molecular mechanisms responsible for this programming. Previous studies have demonstrated that maternal periodontal disease (PD) promotes insulin resistance, increased plasma concentrations of cytokines, reduced GLUT4 content and its plasma membrane translocation index in its adult offspring. And cytokines, such as TNF-α, have been linked to reduced GLUT4 expression through the activation of nuclear transcription factor kappa B (NF-κB). In addition, this cytokine can stimulate some serine kinases including IκB kinase (IKK), c-Jun amino-terminal kinase (JNK) and extracellular signal­regulated kinases (ERKs) that are involved in insulin resistance. These findings evidenced the need for further studies to verify the mechanisms involved in these changes. Therefore, the objectives of the present study were to evaluate in adult rats, offspring of rats with PD: 1) birth weight and during the 75 days of age; 2) glycemia and insulinemia; 3) GLUT4 and IRS1 mRNA expression in skeletal muscle gastrocnemius (MG); 4) the degree of DNA methylation in the promoter region of the GLUT4 gene in MG; 5) phosphorylation of JNK, IKKα/ß, ERK 1/2, NF-κBp65 and NF-κBp50 proteins and their total contents in MG; 6) TNF-α content in MG. Female Wistar rats were distributed into a control group and an experimental periodontal disease group, in which the disease is induced by ligation with silk thread around the 1st molar. Seven days after ligature placement, animals from both groups mated and daily vaginal smears were taken to verify the presence of sperm. Pregnant rats were kept in individual cages. The body weights of the offspring were measured once weekly from birth until 75 days of age. When male offspring of these rats completed 75 days, the experiments were performed: 1) glycemia and insulinemia; 2) GLUT4 and IRS1 mRNA expression in skeletal muscle gastrocnemius (MG); 3) the degree of DNA methylation in the promoter region of the GLUT4 gene in MG; 4) phosphorylation of JNK, IKKα/ß, ERK 1/2, NF-κBp65 and NF-κBp50 proteins and their total contents in MG; 5) TNF-α content in MG. The results demonstrated that maternal periodontal disease promotes in its adult offspring low birth weight (LBW), insulin resistance, increased TNF-α content in MG, increased IKKα/ß, ERK 1/2, NF-κBp65 (phosphorylation status and content) and NF-κBp50 phosphorylation status in the MG, decrease in gene expression of GLUT4 and increase in IRS1 gene expression; but does not promote in this progeny change in the degree of DNA methylation in the promoter region of the GLUT4 gene, and JNK phosphorylation status in MG. Therefore, this study is of fundamental importance for the understanding of some of the mechanisms involved in the relationship between maternal periodontal disease and insulin resistance in adult offspring. In addition, it shows that ideal maternal oral health can help prevent future illnesses in adult offspring(AU)


Assuntos
Animais , Ratos , Doenças Periodontais , Proteínas Quinases , Resistência à Insulina , Fator de Necrose Tumoral alfa , Transportador de Glucose Tipo 4 , Saúde Bucal , Ratos Wistar , Epigenômica , Inflamação
2.
Braz. j. med. biol. res ; 49(11): e5226, 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-797885

RESUMO

The aim of this research was to investigate the effects of endurance training on reduction of plasma glucose during high intensity constant and incremental speed tests in Wistar rats. We hypothesized that plasma glucose might be decreased in the exercised group during heavy (more intense) exercise. Twenty-four 10-week-old male Wistar rats were randomly assigned to sedentary and exercised groups. The prescription of endurance exercise training intensity was determined as 60% of the maximum intensity reached at the incremental speed test. The animals were trained by running on a motorized treadmill, five days/week for a total period of 67 weeks. Plasma glucose during the constant speed test in the exercised group at 20 m/min was reduced at the 14th, 21st and 28th min compared to the sedentary group, as well at 25 m/min at the 21st and 28th min. Plasma glucose during the incremental speed test was decreased in the exercised group at the moment of exhaustion (48th min) compared to the sedentary group (27th min). Endurance training positively modulates the mitochondrial activity and capacity of substrate oxidation in muscle and liver. Thus, in contrast to other studies on high load of exercise, the effects of endurance training on the decrease of plasma glucose during constant and incremental speed tests was significantly higher in exercised than in sedentary rats and associated with improved muscle and hepatic oxidative capacity, constituting an important non-pharmacological intervention tool for the prevention of insulin resistance, including type 2 diabetes mellitus.


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Glicemia/metabolismo , Fígado/metabolismo , Músculo Esquelético/metabolismo , Condicionamento Físico Animal , Resistência Física/fisiologia , Acetil-CoA Carboxilase/metabolismo , Citocromos c/metabolismo , Teste de Esforço , Coativador 1-alfa do Receptor gama Ativado por Proliferador de Peroxissomo/metabolismo , Proteínas Quinases/metabolismo , Ratos Wistar
3.
Braz. j. infect. dis ; 19(6): 636-642, Nov.-Dec. 2015.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-769619

RESUMO

ABSTRACT Mycobacterium tuberculosis is the etiologic agent of tuberculosis, one of the world's greatest cause of morbidity and mortality due to infectious disease. Many evolutionary mechanisms have contributed to its high level of adaptation as a host pathogen. Prior to become dormant, a group of about 50 genes related to metabolic changes are transcribed by the DosR regulon, one of the most complex and important systems of host-pathogen interaction. This genetic mechanism allows the mycobacteria to persist during long time periods, establishing the so-called latent infection. Even in the presence of a competent immune response, the host cannot eliminate the pathogen, only managing to keep it surrounded by an unfavorable microenvironment for its growth. However, conditions such as immunosuppression may reestablish optimal conditions for bacterial growth, culminating in the onset of active disease. The interactions between the pathogen and its host are still not completely elucidated. Nonetheless, many studies are being carried out in order to clarify this complex relationship, thus creating new possibilities for patient approach and laboratory screening.


Assuntos
Humanos , Antígenos de Bactérias/imunologia , Proteínas de Bactérias/imunologia , Interações Hospedeiro-Patógeno/imunologia , Tuberculose Latente/microbiologia , Mycobacterium tuberculosis/fisiologia , Proteínas Quinases/imunologia , Antígenos de Bactérias/genética , Proteínas de Bactérias/genética , Evasão da Resposta Imune , Testes Imunológicos , Tuberculose Latente/diagnóstico , Mycobacterium tuberculosis/imunologia , Proteínas Quinases/genética
5.
Clinics ; 70(5): 333-338, 05/2015. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-748272

RESUMO

OBJECTIVE: This study investigated the acute hemodynamic responses to multiple sets of passive stretching exercises performed with and without the Valsalva maneuver. METHODS: Fifteen healthy men aged 21 to 29 years with poor flexibility performed stretching protocols comprising 10 sets of maximal passive unilateral hip flexion, sustained for 30 seconds with equal intervals between sets. Protocols without and with the Valsalva maneuver were applied in a random counterbalanced order, separated by 48-hour intervals. Hemodynamic responses were measured by photoplethysmography pre-exercise, during the stretching sets, and post-exercise. RESULTS: The effects of stretching sets on systolic and diastolic blood pressure were cumulative until the fourth set in protocols performed with and without the Valsalva maneuver. The heart rate and rate pressure product increased in both protocols, but no additive effect was observed due to the number of sets. Hemodynamic responses were always higher when stretching was performed with the Valsalva maneuver, causing an additional elevation in the rate pressure product. CONCLUSIONS: Multiple sets of unilateral hip flexion stretching significantly increased blood pressure, heart rate, and rate pressure product values. A cumulative effect of the number of sets occurred only for systolic and diastolic blood pressure, at least in the initial sets of the stretching protocols. The performance of the Valsalva maneuver intensified all hemodynamic responses, which resulted in significant increases in cardiac work during stretching exercises. .


Assuntos
Humanos , Protocolos de Quimioterapia Combinada Antineoplásica/uso terapêutico , Benzodioxóis/farmacologia , Neoplasias do Colo/tratamento farmacológico , Isoquinolinas/farmacologia , Inibidores de Proteínas Quinases/farmacologia , Tiofenos/farmacologia , Inibidores da Topoisomerase I/farmacologia , Ureia/análogos & derivados , Replicação do DNA/efeitos dos fármacos , Sinergismo Farmacológico , Proteínas Quinases/metabolismo , Proteínas Serina-Treonina Quinases/metabolismo , Ureia/farmacologia
6.
Cad. saúde pública ; 31(4): 722-732, 04/2015.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-744848

RESUMO

We aimed to verify doctor's perception of the qualitative research method, via a qualitative study of interviews with questions on the academic profile of doctors and on the methodology. We interviewed 42 professionals, of which 18 had experience with the qualitative method and 24 with the quantitative method. The results showed that knowledge on the qualitative method was virtually nil among "quantitative researchers", who did not value qualitative research, although some of those realized that it would be important to be more accepting in clinical practice. Others only considered the method as subsidiary to quantitative. The majority considered qualitative methods as lacking academic structure, taking too long to conduct empirical studies, and being difficult to publish. All of them criticized the misuse of the method, and the "quantitatives" pointed out the problem of being unable to reproduce. We concluded that widening the use of the qualitative method by doctors requires investment from the beginning of the academic career and participation in qualitative research projects.


El objetivo es verificar la percepción de médicos sobre el método de investigación cualitativa. Se trata de un estudio cualitativo por medio de entrevistas con preguntas sobre el perfil de los médicos y sobre el método. Entrevistamos a 42 profesionales, 18 con experiencia en el método cualitativo y 24 con el cuantitativo. Los resultados mostraron que el conocimiento sobre lo cualitativo es casi nulo entre los "cuantitativistas", que no valoran la investigación cualitativa, aunque algunos se dan cuenta de que sería importante tener un enfoque más amplio en la práctica clínica. Otros la ven como subsidiaria a lo cuantitativo. Sus dificultades para utilizar ese abordaje son: falta de formación, cantidad de tiempo que exigen y problemas de publicación. Todos han criticado el mal uso del método. Los "cuantitativistas" han destacado como fragilidad, la no reproductibilidad. Llegamos a la conclusión de que para ampliar el uso de los abordajes cualitativos entre los médicos es importante invertir en su formación desde el inicio del curso y la participación en proyectos de investigación cualitativa.


Objetivamos verificar a percepção de médicos sobre o método qualitativo de pesquisa. Estudo qualitativo por meio de entrevistas com questões sobre o perfil acadêmico do médico e perguntas abertas a respeito do método. Entrevistamos 42 profissionais, sendo 18 com experiência no método qualitativo e 24 com o quantitativo. Os resultados evidenciaram que o conhecimento sobre o qualitativo é quase nulo entre os pesquisadores "quantitativistas", os quais não valorizam a pesquisa qualitativa, embora alguns percebam que seria importante ter uma postura mais compreensiva na prática clínica. Outros só a veem como subsidiária ao quantitativo. As principais dificuldades da maioria são: falta de formação, tempo longo despendido nos estudos empíricos e dificuldade de publicação. Todos os entrevistados criticaram o mau uso do método, e os "quantitativistas" ressaltaram, como problema, sua não reprodutibilidade. Concluímos que ampliar o uso do método qualitativo por médicos exige investimento na formação desde o início da graduação e participação em projetos de pesquisa qualitativa.


Assuntos
Animais , Humanos , Camundongos , Anilidas/farmacologia , Benzodiazepinonas/farmacologia , /farmacologia , Inibidores de Proteínas Quinases/farmacologia , Proteínas Serina-Treonina Quinases/antagonistas & inibidores , Pirimidinas/farmacologia , Proteínas Repressoras/antagonistas & inibidores , Células Cultivadas , Movimento Celular/efeitos dos fármacos , Proliferação de Células/efeitos dos fármacos , Avaliação Pré-Clínica de Medicamentos , Ativação Enzimática/efeitos dos fármacos , Neoplasias/patologia , Proteínas Quinases/genética , Proteínas Serina-Treonina Quinases/genética , Proteínas Serina-Treonina Quinases/metabolismo , Proteínas Serina-Treonina Quinases/fisiologia , Proteínas Repressoras/agonistas , Proteínas Repressoras/genética , Especificidade por Substrato , Proteínas Supressoras de Tumor/fisiologia
7.
Rev. bras. ciênc. vet ; 22(2): 107-113, abr.-jun.2015. il.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1008327

RESUMO

O estudo teve como objetivo avaliar a qualidade do queijo minas frescal processado com leite de vacas alimentadas com dietas com níveis crescentes de ureia (0; 33%; 66% e 100%, que corresponderam a 0, 0,92, 1,84 e 2,77% de PB na forma de NNP) em substituição ao farelo de soja. Foram utilizadas oito vacas F1 Holandês x Zebu, primíparas, com aproximadamente 150 dias de lactação ao início do experimento e produção média de 10kg de leite corrigido para 3,5 % de gordura dia -1 , em dois quadrados latinos 4 x 4, 4 animais, 4 dietas e 4 períodos experimentais. As amostras de leite de cada vaca, da ordenha da manhã e da tarde, foram coletadas e analisadas quanto à composição físico-química. No terceiro dia de coleta, o leite obtido de cada tratamento foi processado para fabricação do queijo minas frescal. Os produtos foram analisados quanto às suas características físico-químicas, textura, rendimento, perfil de ácidos graxos, e aceitação sensorial. Não houve efeito da adição dos níveis crescentes de ureia em substituição ao farelo de soja na dieta das vacas para todos os parâmetros que indicam a qualidade dos queijos analisados. Dessa forma, conclui-se que a substituição total da ureia pelo farelo de soja na dieta com o intuito de reduzir custo de alimentação não altera a qualidade na produção do queijo minas frescal.


The study aimed to evaluate the quality of the minas fresh cheese processed with milk cows fed diets with increasing levels of urea (0, 33%, 66% and 100%, corresponding to 0, 0.92, 1.84 and 2.77% crude protein in the form of NPN) replacing soybean meal. Eight cows F1 Holstein x Zebu, gilts, with approximately 150 days of lactation to the beginning of the experiment and average production of 10 kg of milk corrected to 3.5% fat day-1, in two Latin squares 4 x 4, 4 animals, 4 diets and 4 experimental periods. Samples of milk from each cow, the milking morning and afternoon, were collected and analyzed for physical and chemical composition. On the third day of collection, the milk obtained from each treatment was processed for the production of minas fresh cheese. Products were analyzed as to their physical and chemical characteristics, texture, yield, fatty acid profile, and sensory acceptance. There was no effect of the addition of increasing levels of urea in substitution of soybean meal in the diet of cows to all the parameters that indicate the quality of cheeses analyzed. Thus, it is concluded that the total replacement of soybean meal by urea in order to reduce power cost does not change the quality in the production of minas fresh cheese.


Assuntos
Ureia , Queijo , Proteínas Quinases , Soja , Gorduras
8.
Braz. j. med. biol. res ; 46(4): 343-347, 05/abr. 2013. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-671388

RESUMO

The activation of competing intracellular pathways has been proposed to explain the reduced training adaptations after concurrent strength and endurance exercises (CE). The present study investigated the acute effects of CE, strength exercises (SE), and endurance exercises (EE) on phosphorylated/total ratios of selected AMPK and Akt/mTOR/p70S6K1 pathway proteins in rats. Six animals per exercise group were killed immediately (0 h) and 2 h after each exercise mode. In addition, 6 animals in a non-exercised condition (NE) were killed on the same day and under the same conditions. The levels of AMPK, phospho-Thr172AMPK (p-AMPK), Akt, phospho-Ser473Akt (p-Akt), p70S6K1, phospho-Thr389-p70S6K1 (p-p70S6K1), mTOR, phospho-Ser2448mTOR (p-mTOR), and phospho-Thr1462-TSC2 (p-TSC2) expression were evaluated by immunoblotting in total plantaris muscle extracts. The only significant difference detected was an increase (i.e., 87%) in Akt phosphorylated/total ratio in the CE group 2 h after exercise compared to the NE group (P = 0.002). There were no changes in AMPK, TSC2, mTOR, or p70S6K1 ratios when the exercise modes were compared to the NE condition (P ≥ 0.05). In conclusion, our data suggest that low-intensity and low-volume CE might not blunt the training-induced adaptations, since it did not activate competing intracellular pathways in an acute bout of strength and endurance exercises in rat skeletal muscle.


Assuntos
Animais , Masculino , Ratos , Força Muscular/fisiologia , Músculo Esquelético/enzimologia , Condicionamento Físico Animal/fisiologia , Resistência Física/fisiologia , Proteínas Quinases/metabolismo , Proteínas Quinases Ativadas por AMP/metabolismo , Immunoblotting , Músculo Esquelético/fisiologia , Fosforilação , Proteínas Proto-Oncogênicas c-akt/metabolismo , Ratos Wistar , /metabolismo , Serina-Treonina Quinases TOR/metabolismo
9.
Rio de Janeiro; s.n; 2013. 145 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-716900

RESUMO

A doença de Parkinson (DP) é uma das desordens neurodegenerativas mais comuns associada ao envelhecimento, alcançando 2% aos 70 anos. É uma doença caracterizada pela degeneração progressiva de neurônios dopaminérgicos nigrais nos gânglios basais e pela presença de inclusões protéicas citoplasmáticas denominadas corpúsculos e neuritos de Lewy nos neurônios sobreviventes. A etiologia da DP é pouco conhecida, sendo considerada, na maioria dos casos, idiopática. Conhecimentos alcançados nos últimos 15 anos sobre a base genética da DP demonstram, claramente, que os fatores genéticos desempenham um importante papel na etiologia desta desordem. Neste trabalho, rastreamos mutações nos genes que codificam proteínas participantes de vias metabólicas mitocondriais (Parkin, PINK1 e DJ-1) em 136 pacientes brasileiros com manifestação precoce da DP, através do sequenciamento automático e da técnica de MLPA. Avaliamos a presença de variantes de sequência por meio do sequenciamento dos exons 1 a 12 do gene Parkin e dos exons 1 a 8 do gene PINK1. Em Parkin foram identificadas três mutações patogênicas ou potencialmente patogênicas, ambas em heterozigose: p.T240M, p.437L e p.S145N. Em PINK1 não encontramos variantes de ponto patogênicas. Através da técnica de MLPA investigamos alterações de dosagem nos genes Parkin, PINK1 e DJ-1. Identificamos cinco alterações no gene Parkin em quatro pacientes: uma duplicação heterozigota do exon 4 no paciente PAR2256, uma deleção heterozigota do exon 4 no probando PAR2099, uma deleção homozigota do exon 4 na paciente PAR3380 e um probando heterozigoto composto (PAR2396) com duas alterações, uma duplicação do exon 3 e uma deleção dos exons 5 e 6. No gene PINK1 identificamos uma deleção heterozigota do exon 1, que nunca foi descrita na literatura, em um paciente (PAR2083). Não encontramos alteração quantitativa no gene DJ-1. Neste estudo obtivemos uma frequência total de mutações patogênicas (pontuais e de dosagem) nos genes estudados ...


Parkinson's disease (PD) is one of the most common neurodegenerative disorders associated with aging, reaching 2% at age 70. It is a disease characterized by progressive degeneration of nigra dopaminergic neurons in the basal ganglia and the presence of cytoplasmic protein inclusions known as Lewy bodies and neurites in surviving neurons. The etiology of PD is poorly understood, being considered, in most cases, idiopathic. Knowledge achieved in the last 15 years about the genetic basis of PD clearly shows that genetic factors play an important role in the etiology of this disorder. In this study, we screened mutations in genes that encode proteins participating in mitochondrial metabolic pathways (Parkin, PINK1 and DJ-1) in 136 Brazilian patients with early onset PD, through automatic sequencing and MLPA technique. We evaluated the presence of sequence variants by means of sequencing of exons 1 to 12 of Parkin gene and exons 1 to 8 of PINK1 gene. In Parkin gene were identified three pathogenic or potentially pathogenic mutations, both in heterozygous state: p.T240M, p.437L e p.S145N. In PINK1 gene we did not find pathogenic point mutations. Through the MLPA technique we investigated dosage changes in Parkin, PINK1 and DJ-1 genes. We identified five exon rearrangements in Parkin gene in four patients: a heterozygous duplication of exon 4 in patient PAR2256, a heterozygous deletion of exon 4 in proband PAR2099, a homozygous deletion of exon 4 in patient PAR3380 and a compound heterozygote (PAR2396) with two changes, a duplication of exon 3 and a deletion of exons 5 and 6. In PINK1 gene we identified a heterozygous deletion of exon 1, which has never been described in literature, in one patient (PAR2083). We found no quantitative change in DJ-1 gene. In this study, we obtained an overall frequency of pathogenic mutations (sequence and dosage) in the genes studied of 7.3%, being 6.6% in Parkin gene and 0.7% in PINK1 gene


Assuntos
Humanos , Doença de Parkinson/genética , Mutação/genética , Análise Mutacional de DNA , Éxons/genética , Duplicação Gênica , Mitocôndrias/genética , Mutação Puntual , Peptídeos e Proteínas de Sinalização Intracelular/genética , Proteínas Oncogênicas/genética , Proteínas Quinases/genética , Técnicas de Amplificação de Ácido Nucleico/métodos , Ubiquitina-Proteína Ligases/genética
10.
Belo Horizonte; s.n; 2012. 143 p. ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-667431

RESUMO

Apesar do praziquantel ser uma droga eficiente para o tratamento da esquistossomose, a prevalência da doença não mostrou redução significativa nos últimos anos e, até o momento, não existe uma alternativa eficaz para o tratamento dessa doença. Dessa forma, optamos por utilizar as poderosas ferramentas genômicas para identificar potenciais alvos para o desenvolvimento de um medicamento alternativo. Já que proteínas quinase eucarióticas (ePKs) são consideradas alvos para o desenvolvimento de drogas do ponto de vista médico e químico, e um número crescente de inibidores ePKs foram desenvolvidos e aprovados para o tratamento de diferentes doenças humanas, estas se tornaram o foco de estudo desse trabalho. As ePKs de S. mansoni, S. japonicum e S. haematobium foram identificadas nos proteomas preditos e classificadas em seus devidos grupos, famílias e subfamílias a partir de abordagens filogenéticas. Utilizando as informações dos ortólogos identificados, foi possível selecionar um grupo de ePKs com função predita essencial nesse parasito. A anotação funcional mostrou ainda que grande parte das ePKs selecionadas são ativadoras/efetoras da via de sinalização MAPK. Dessa forma, proteínas chave da via MAPK (SmRas, SmERK1, SmERK2, SmJNK e SmCaMK2), foram as escolhidas para validação experimental. Após redução significativa no nível de transcrito dos genes selecionados, nenhuma alteração fenotípica visível foi relatada em cultura de esquistossomulos.


Contudo, o efeito da diminuição transcricional dos genes no desenvolvimento dos vermes diante do sistema imune do hospedeiro foi avaliado. Evidenciamos que proteínas MAPK JNK quando silenciada causa efeitos devastadores no tegumento de vermes adultos de S. mansoni que leva a morte dos mesmos. E, ePKs da subfamília ERK1 estão relacionadas com a produção de ovos, já que fêmeas com baixos níveis de transcritos SmERK1 e SmERK2 apresentam ovários pouco desenvolvidos e produção de ovos significativamente baixa. Além disso, foi comprovado que o fator de transcrição c-fos está diferencialmente expresso em parasitos silenciados para as proteínas MAPK SmJNK, SmCaMK2 e SmERK1/2. Dessa forma concluímos que o dado genômico, acoplado a ferramentas computacionais preditoras e abordagem experimental, compõem uma metodologia poderosa para o estudo dessa espécie. As proteínas MAPK, SmERK e SmJNK, são alvos de interesse para o desenvolvimento de drogas para tratamento da esquistossomose já que um inibidor contra essas proteínas provavelmente irá interromper o ciclo de vida de Schistosoma e impedir o progresso da doença


Assuntos
Animais , Cobaias , Camundongos , Esquistossomose/tratamento farmacológico , Proteínas Quinases/análise , Schistosoma/genética
11.
Belo Horizonte; s.n; 2012. 143 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-938465

RESUMO

Apesar do praziquantel ser uma droga eficiente para o tratamento da esquistossomose, a prevalência da doença não mostrou redução significativa nos últimos anos e, até o momento, não existe uma alternativa eficaz para o tratamento dessa doença. Dessa forma, optamos por utilizar as poderosas ferramentas genômicas para identificar potenciais alvos para o desenvolvimento de um medicamento alternativo. Já que proteínas quinase eucarióticas (ePKs) são consideradas alvos para o desenvolvimento de drogas do ponto de vista médico e químico, e um número crescente de inibidores ePKs foram desenvolvidos e aprovados para o tratamento de diferentes doenças humanas, estas se tornaram o foco de estudo desse trabalho. As ePKs de S. mansoni, S. japonicum e S. haematobium foram identificadas nos proteomas preditos e classificadas em seus devidos grupos, famílias e subfamílias a partir de abordagens filogenéticas. Utilizando as informações dos ortólogos identificados, foi possível selecionar um grupo de ePKs com função predita essencial nesse parasito. A anotação funcional mostrou ainda que grande parte das ePKs selecionadas são ativadoras/efetoras da via de sinalização MAPK. Dessa forma, proteínas chave da via MAPK (SmRas, SmERK1, SmERK2, SmJNK e SmCaMK2), foram as escolhidas para validação experimental. Após redução significativa no nível de transcrito dos genes selecionados, nenhuma alteração fenotípica visível foi relatada em cultura de esquistossomulos.


Contudo, o efeito da diminuição transcricional dos genes no desenvolvimento dos vermes diante do sistema imune do hospedeiro foi avaliado. Evidenciamos que proteínas MAPK JNK quando silenciada causa efeitos devastadores no tegumento de vermes adultos de S. mansoni que leva a morte dos mesmos. E, ePKs da subfamília ERK1 estão relacionadas com a produção de ovos, já que fêmeas com baixos níveis de transcritos SmERK1 e SmERK2 apresentam ovários pouco desenvolvidos e produção de ovos significativamente baixa. Além disso, foi comprovado que o fator de transcrição c-fos está diferencialmente expresso em parasitos silenciados para as proteínas MAPK SmJNK, SmCaMK2 e SmERK1/2. Dessa forma concluímos que o dado genômico, acoplado a ferramentas computacionais preditoras e abordagem experimental, compõem uma metodologia poderosa para o estudo dessa espécie. As proteínas MAPK, SmERK e SmJNK, são alvos de interesse para o desenvolvimento de drogas para tratamento da esquistossomose já que um inibidor contra essas proteínas provavelmente irá interromper o ciclo de vida de Schistosoma e impedir o progresso da doença


Assuntos
Animais , Cobaias , Camundongos , Proteínas Quinases/análise , Schistosoma/genética , Esquistossomose/tratamento farmacológico
12.
Rev. bras. cardiol. (Impr.) ; 24(3): 153-162, maio-jun. 2011. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-599019

RESUMO

Fundamentos: O treinamento físico aeróbio (TF) acarreta adaptações cardiovasculares, dentre as quais se destaca a hipertrofia cardíaca (HC). Marcadores moleculares sãoapontados na distinção da HC fisiológica da patológica. Objetivo: Investigar a magnitude de HC induzida pordiferentes volumes de TF, verificando se estas respostas adaptativas estão associadas a marcadores molecularesde HC patológica. Métodos: Vinte e uma ratas Wistar foram separadas emtrês grupos: sedentárias-controle (SC), treinadas protocolo 1 (P1), treinadas protocolo 2 (P2). P1:treinamento de natação durante 60min, 1x/dia, 5dias/semana/10 semanas, com 5% de sobrecarga. P2: o mesmo de P1 até a 8ª semana; na 9ª semana os animais treinaram 2x/dia, e na 10ª semana 3x/dia. Resultados: O TF promoveu bradicardia de repouso, HC, aumento da tolerância ao esforço e consumo de oxigênio de pico no grupo P1, sendo estas adaptações exacerbadaspara P2. A expressão gênica de α-miosina de cadeia pesada (MHC), β-MHC, α/β-MHC, fator natriuréticoatrial (ANF) e α-actina esquelética não mudou no P1. Em P2 houve melhora neste perfil genético com aumento naexpressão gênica da α-MHC, redução de β-MHC, aumento da α/β- MHC e redução da α-actina esquelética. O aumento de atividade da proteína quinase-B (Akt)ocorreu de forma dependente ao volume de TF. Conclusões: A magnitude da HC foi dependente do aumento do volume de TF e os mecanismos molecularespor ele ativados são diferentes dos encontrados na HC patológica, conferindo-lhes o caráter de HC fisiológica.


Background: Aerobic exercise training (ET) induces cardiovascular adaptations, including cardiac hypertrophy (CH). Molecular markers differentiatebetween physiological and pathological CH. Objective: To investigate the amount of CH induced by different amounts of ET, ascertaining whether these adaptive responses are associated with pathological CH molecular markers.Methods: Twenty-one female Wistar rats were divided into 3 groups: sedentary control (SC), trained protocol 1 (T1) and trained protocol 2 (T2). T1: swimming for60 min, 1xdayx10 weeks, with 5% workload. T2 was the same as T1 until the 8th week, with training 2xday in the 9th week and 3xday in the 10th week.Results: ET promoted resting bradycardia, CH, increased effort tolerance and peak oxygen uptake inthe T1 group, with these responses increased in the P2 group. In T1 the cardiac gene levels of α- myosin heavy chain (MHC), β- MHC, α/β- MHC, atrialnatriuretic factor (ANF) and skeletal α-actin did not change, with an improvement in this genetic profile noted in T2 with increased α- MHC, lower β-MHC, higher α/β- MHC and lower skeletal α-actin. Protein kinase B (Akt) activity increased in parallel to theamount of ET. Conclusions: The magnitude of the CH was dependent on the increase in the amount of ET and the molecular markers that it activates differ from those found in pathological CH, thus indicating physiological CH.


Assuntos
Animais , Cobaias , Exercício Físico , Hipertrofia Ventricular Esquerda/complicações , Biomarcadores/análise , Proteínas Quinases
13.
Arq. bras. cardiol ; 96(4): 332-339, abr. 2011. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-585905

RESUMO

A titina é uma proteína sarcomérica gigante que se estende desde a linha Z até a linha M. Em razão de sua localização, representa um importante sensor biomecânico com um papel fundamental na manutenção da integridade estrutural do sarcômero. A titina funciona como uma "mola bidirecional" que regula o comprimento sarcomérico e realiza ajustes adequados da tensão passiva sempre que o comprimento varia. Dessa forma, não só determina a rigidez ventricular e a função diastólica, como também influencia a função cardíaca sistólica, modulando o mecanismo de Frank-Starling. O miocárdio expressa duas isoformas dessa macromolécula: a N2B, mais rígida, e a isoforma N2BA, mais complacente. As alterações na expressão relativa das duas isoformas da titina ou alterações do seu estado de fosforilação têm sido implicadas na fisiopatologia de várias doenças como a insuficiência cardíaca diastólica, a cardiomiopatia dilatada, a cardiomiopatia isquêmica e a estenose aórtica. Neste artigo pretende-se descrever sumariamente a estrutura e localização da titina, a sua relação com diferentes cardiomiopatias, e compreender de que forma as alterações dessa macromolécula influenciam a fisiopatologia da insuficiência cardíaca diastólica, salientando o potencial terapêutico da manipulação dessa macromolécula.


Titin is a giant sarcomeric protein that extends from the Z-line to the M-line. Due to its location, it represents an important biomechanical sensor, which has a crucial role in the maintenance of the sarcomere structural integrity. Titin works as a "bidireactional spring" that regulates the sarcomeric length and performs adequate adjustments of passive tension whenever the length varies. Therefore, it determines not only ventricular rigidity and diastolic function, but also systolic cardiac function, modulating the Frank-Starling mechanism. The myocardium expresses two isoforms of this macromolecule: the N2B, more rigid and the isoform N2BA, more compliant. The alterations in the relative expression of the two titin isoforms or alterations in their state of phosphorylation have been implicated in the pathophysiology of several diseases, such as diastolic heart failure, dilated cardiomyopathy, ischemic cardiomyopathy and aortic stenosis. The aim of this study is to describe, in brief, the structure and location of titin, its association with different cardiomyopathies and understand how alterations in this macromolecule influence the pathophysiology of diastolic heart failure, emphasizing the therapeutic potential of the manipulation of this macromolecule.


La titina es una proteína sarcomérica gigante que se extiende desde la línea Z hasta la línea M. En razón de su ubicación, representa un importante sensor biomecánico con un papel fundamental en la manutención de la integridad estructural del sarcómero. La titina funciona como un "resorte bidireccional" que regula el largo sarcomérico y realiza ajustes adecuados de la tensión pasiva siempre que ese largo varía. De esa forma, no sólo determina la rigidez ventricular y la función diastólica, sino también influye en la función cardíaca sistólica, modulando el mecanismo de Frank-Starling. El miocardio expresa dos isoformas de esa macromolécula: la N2B, más rígida, y la isoforma N2BA, más complaciente. Las alteraciones en la expresión relativa de las dos isoformas de la titina o alteraciones de su estado de fosforilación han sido implicadas en la fisiopatología de varias enfermedades como la insuficiencia cardíaca diastólica, la cardiomiopatía dilatada, la cardiomiopatía isquémica y la estenosis aórtica. Este artículo pretende describir sumariamente la estructura y ubicación de la titina, su relación con diferentes cardiomiopatías, y comprender de qué forma las alteraciones de esa macromolécula influyen en la fisiopatología de la insuficiencia cardíaca diastólica, destacando el potencial terapéutico de la manipulación de esa macromolécula.


Assuntos
Humanos , Insuficiência Cardíaca/fisiopatologia , Proteínas Musculares/fisiologia , Proteínas Quinases/fisiologia , Sarcômeros/química , Cardiomiopatias/fisiopatologia , Proteínas Musculares/química , Miocárdio/química , Isoformas de Proteínas/química , Isoformas de Proteínas/fisiologia , Proteínas Quinases/química
14.
São Paulo; s.n; 2011. 72 p. ilus, tab, graf. (BR).
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: lil-620663

RESUMO

O carcinoma adenóide cístico e o carcinoma epidermóide são neoplasmas de origem epitelial que afetam a cavidade oral. O carcinoma adenóide cístico pode apresentar-se em glândulas salivares maiores e menores, possue alta propensão de invasão perineural e o padrão de infiltracão: sólido, tubular e cribriforme. O carcinoma epidermóide foi descrito como um processo multifatorial envolvendo agentes físicos, químicos e virais, capazes de afetar o metabolismo celular e induzir a proliferação neoplásica. As proteínas c-jun e junB são membros da familia JUN, capazes de homodimerizar ou heterodimerizar com c-fos ou com outras proteinas bzip. Evidências das funções específicas das subunidades do AP-1 foram mostradas por c-jun e junB, que podem atuar antagonicamente ou não no controle da transformação celular, diferenciação e expressão do AP-1 dependente do gene alvo. Mas a função de ambos é complexa e pode depender do tipo celular. A cJun N Terminal quinase (JNK) é um importante regulador positivo e/ou negativo do AP1. O objetivo deste estudo foi avaliar a expressão das proteínas c-jun, pcjun, junB e JNK em carcinoma adenóide cístico de glândula salivar e no carcinoma epidermóide da cavidade oral, através das técnicas de imunohistoquímica, imunofluorescência e western-blotting, em biopsias de tecido e linhagens celulares provenientes destas lesões. Os resultados evidenciaram a expressão da proteina cjun no carcinoma adenoide cistico e de cjun e junB no carcinoma epidermóide. Nao foi detectada a expressao de JNK nas neoplasias estudadas. A expressão destas proteínas no carcinoma adenóide cístico e no carcinoma epidermoide sugere que estas participam na progressão tumoral e/ou tumorigênese destas neoplasias compartilhando uma via em comum.


Adenoid cystic carcinoma and squamous cell carcinoma are epithelial neoplasms that occur in the oral cavity. Adenoid cystic carcinoma can appear in minor and major salivary glands and it presents a high propensity to invade perineural areas and can show different patterns of growth: solid, tubular and cribiform. Squamous cell carcinoma was described as a multifactorial process involving chemical, physical and viral agents which are able to affect the celular metabolism and induce neoplasic proliferation The proteins cjun and junB are members of the JUN family able to homodimerizes or heterodimerizes with cfos and other bzip proteins. Evidence of specific functions of AP1 subunits was shown for cjun and junB that can act anthagonically or not on the control of celular transformation, differentiation and expression of AP1 depending on the target gene. But the way both of them function is complex and may depend on the cellular type. cJun N terminal quianse (JNK) is an important positive or negative regulator of AP1 The aim of this study is to evaluate the expressions of cjun, pcjun junB and JNK in the adenoid cystic carcinoma of salivary glands and squamous cell carcinoma from the oral cavity through inmunohistotochemistry, inmunofluorescence and western blot techniques in tissue biopsy and cell lines from both tumors. The results will show the expression of cjun protein in the adenoid cyctic carcinoma and cjun and junB expression in the squamous cell carcinoma. JNK expression was not detected in the studied tumors. The expression of these proteins in adenoid cystic and squamous cell carcinoma suggests that they participate on the tumor progression and tumorigenesis of these neoplasms, that can share a common pathway.


Assuntos
Adenocarcinoma/diagnóstico , Carcinoma de Células Escamosas/diagnóstico , Proteínas Quinases/uso terapêutico
15.
J. venom. anim. toxins incl. trop. dis ; 17(4): 430-441, 2011. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-623506

RESUMO

Envenomations caused by different species of Bothrops snakes result in severe local tissue damage, hemorrhage, pain, myonecrosis, and inflammation with a significant leukocyte accumulation at the bite site. However, the activation state of leukocytes is still unclear. According to clinical cases and experimental work, the local effects observed in envenenomation by Bothrops alternatus are mainly the appearance of edema, hemorrhage, and necrosis. In this study we investigated the ability of Bothrops alternatus crude venom to induce macrophage activation. At 6 to 100 »g/mL, BaV is not toxic to thioglycollate-elicited macrophages; at 3 and 6 »g/mL, it did not interfere in macrophage adhesion or detachment. Moreover, at concentrations of 1.5, 3, and 6 »g/mL the venom induced an increase in phagocytosis via complement receptor one hour after incubation. Pharmacological treatment of thioglycollate-elicited macrophages with staurosporine, a protein kinase (PKC) inhibitor, abolished phagocytosis, suggesting that PKC may be involved in the increase of serum-opsonized zymosan phagocytosis induced by BaV. Moreover, BaV also induced the production of anion superoxide (O2-) by thioglycollate-elicited macrophages. This BaV stimulated superoxide production was abolished after treating the cells with staurosporine, indicating that PKC is an important signaling pathway for the production of this radical. Based on these results, we suggest that phagocytosis and reactive oxygen species are involved in the pathogenesis of local tissue damage characteristic of Bothrops spp. envenomations.


Assuntos
Animais , Animais Venenosos , Bothrops , Venenos de Crotalídeos , Macrófagos , Fagocitose , Proteínas Quinases
16.
Genet. mol. biol ; 34(4): 587-591, 2011. graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-605926

RESUMO

Reversible protein phosphorylation by protein kinases and phosphatases is a common event in various cellular processes. The eukaryotic protein kinase superfamily, which is one of the largest superfamilies of eukaryotic proteins, plays several roles in cell signaling and diseases. We identified 482 eukaryotic protein kinases and 39 atypical protein kinases in the bovine genome, by searching publicly accessible genetic-sequence databases. Bovines have 512 putative protein kinases, each orthologous to a human kinase. Whereas orthologous kinase pairs are, on an average, 90.6 percent identical, orthologous kinase catalytic domain pairs are, on an average, 95.9 percent identical at the amino acid level. This bioinformatic study of bovine protein kinases provides a suitable framework for further characterization of their functional and structural properties.


Assuntos
Humanos , Animais , Bovinos/genética , Proteínas Quinases , Variação Genética
17.
Braz. j. med. biol. res ; 43(3): 271-278, Mar. 2010. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-539713

RESUMO

Diallyl disulfide (DADS) inhibits growth and induces cell cycle G2/M arrest in human gastric cancer MGC803 cells. In this study, 15 mg/L DADS exerted similar effects on growth and cell cycle arrest in human gastric cancer BGC823 cells. Due to the importance of cell cycle redistribution in DADS-mediated anti-carcinogenic effects, we investigated the role of checkpoint kinases (Chk1 and Chk2) during DADS-induced cell cycle arrest. We hypothesized that DADS could mediate G2/M phase arrest through either Chk1 or Chk2 signal transduction pathways. We demonstrated that DADS induced the accumulation of phosphorylated Chk1, but not of Chk2, and that DADS down-regulated Cdc25C and cyclin B1. The expression of mRNA and total protein for Chkl and Chk2 was unchanged. Chk1 is specifically phosphorylated by ATR (ATM-RAD3-related gene). Western blot analysis showed that phospho-ATR was activated by DADS. Taken together, these data suggest that cell cycle G2/M arrest, which was associated with accumulation of the phosphorylated forms of Chk1, but not of Chk2, was involved in the growth inhibition induced by DADS in the human gastric cancer cell line BGC823. Furthermore, the DADS-induced G2/M checkpoint response is mediated by Chk1 signaling through ATR/Chk1/Cdc25C/cyclin B1, and is independent of Chk2.


Assuntos
Humanos , Compostos Alílicos/farmacologia , Antineoplásicos/farmacologia , Dissulfetos/farmacologia , /efeitos dos fármacos , Inibidores do Crescimento/farmacologia , Proteínas Quinases/efeitos dos fármacos , Neoplasias Gástricas/enzimologia , Linhagem Celular Tumoral , Divisão Celular/efeitos dos fármacos , Proteínas Quinases/metabolismo , Transdução de Sinais/efeitos dos fármacos , Neoplasias Gástricas/patologia
18.
Rev. bras. mastologia ; 18(2): 73-83, abr.-jun. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-550121

RESUMO

O receptor do fqtor de crescimento epidérmico humano tipo 2 (HER-2) é um receptor trasnsmembranacom atividade tirosina quinase, tal molécula encontra-se hiper-expressa em aproximadamente 20% a 25% dos carcinomas invasivos de mama. Os pacientes que apresentam esta característica molecular apresentam padrão de sensibilidade a agentes antineoplásicos diferente dos outros tumores e também um pior prognóstico. O trastuzumabe (Herceptin, Genentech) é um anticorpo monoclonal humanizado do tipo IgG1, direcionado à porção extracelular do HER-2. A adição do trastuzumabe à quimioterapia resulta aumento na sobrevida das pacientes, seja na doença metastática ou no tratamento adjuvante. Infelizmente, uma importante fração destas pacientes não atinge resposta à terapia inicial com trastuzumabe e a vasta maioria daquelas que responde inicialmente desenvolverão resistência em um perído de um ano. Nesta revisão, iremos discutir os mecanismos moleculares que levam à resistência a este agente, assim como as possibilidades terapêuticas que emergem deste conhecimento.


The human epidermal growth factor receptor 2 (HER-2) is a transmembrane receptor with tyrosine-kinase activity overexpressed in about 20-25% of invasive carcinomas of the breast. Patientes with such tumors have different responses to therapeutic agents and a worse outlook, with reduced progression-free and overall survival, when compared with patients harboring HER-2 negative tumors. Trastuzumab (Herceptin, Genentech) is a humanized IgG1 monoclonal antibody against the extracellular domain of HER-2. The combined use of trastuzumab and chemotherapy has resulted in an increase in overall survival rates in the metastatic setting. Unfortunately, a sizable fraction of patients do not respond to initial therapy with trastuzumab, either as a single agent or in combination with chemotherapy, and the vast majority of patients initially responding eventually develop resistance to treatment within 1 year. This review will discuss several molecular mechanisms that can lead to development of trastuzumab resistance, as well as the possibility of exploring these aberrations as therapeutic targets that could help avoid or overcome resistance to trastuzumab, thus enhancing the therapeutic arsenal and the life expectancy of patients with HER2-positive breast cancer.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Anticorpos Monoclonais/efeitos adversos , Anticorpos Monoclonais/metabolismo , Anticorpos Monoclonais , Anticorpos Monoclonais/uso terapêutico , Neoplasias da Mama/terapia , Receptores ErbB , /análise , Proteínas Quinases , Resistência a Medicamentos
19.
In. Coelho, Francisco Ricardo Gualda; Soares, Fernando Augusto; Foch, José; Fregnani, José Humberto Tavares Guerreiro; Zeferino, Luiz Carlos; Villa, Luisa Lina; Federico, Miriam Honda; Novaes, Paulo Eduardo Ribeiro dos Santos; Costa, Ronaldo Lúcio Rangel. Câncer do colo do útero. São Paulo, Tecmedd, 2008. p.67-78, ilus.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-494634
20.
Belo Horizonte; s.n; 2008. 139 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-938303

RESUMO

Pouco se sabe a respeito dos mecanismos de transdução de sinal no parasito Schistosoma mansoni. A identificação e caracterização dos mecanismos e das moléculas envolvidas em vias de transdução de sinal são essenciais para se entender a biologia do parasito e interações hospedeiro-parasito. As proteínas MAPK (Mitogen-activated protein kinases) desempenham um importante papel na transdução de sinais extracelulares, controlando vários mecanismos celulares essências. As MKPs são o principal grupo de proteína fosfatases que controlam a magnitude e a duração da ativação das proteínas MAPK. Até o presente momento, nenhuma proteína da família das MAPKs ou proteínas MKPs havia sido detalhadamente caracterizada no parasito S. mansoni. Foi realizada uma análise in silico. abragente da versão 3.1 do genoma de S. mansoni utilizando diferentes abordagens de bioinformática, incluindo buscas por similaridade de seqüências realizadas com o algoritmo blast ou com modelos ocultos de Markov (HMM) especificamente elaborados e construídos para identificação de MAPKs e MKPs. Complementarmente foi realizada a anotação manual dos genes que apresentaram hits positivos para proteínas MAPK e MKP utilizando o programa Artemis para integrar as anotações.


Com base nesses resultados quatro proteínas foram selecionadas para posterior validação experimental: uma proteína ERK (SmMAPK1), uma proteína JNK (SmMAPK2) e duas proteínas fosfatase de dupla especificidade (SmMKP1e SmMKP2). Análises in silico revelaram ainda que os aminoácidos importantes para a funcionalidade das proteínas estão conservados. Nas MAPKs os resíduos dos domínios CD e ED, essenciais para o reconhecimento dos ativadores, substratos e desativadores, estão conservados. Nas fosfatases, o sítio de ligação as MAPKs está presente e apresenta os aminoácidos essenciais para a interação entre as proteínas. O cDNA de SmMAPK1, SmMAPK2, SmMKP1 e SmMKP2 está presente em todas as fases de desenvolvimento do parasito. E, em SmMKP1 observamos grande quantidade de transcrito em miracídio e também a presença de ortólogos a SmMKP1 em diversas espécies do gênero Schistosoma. As proteínas foram expressas em fusão a GST utilizando vetor de expressão pGEX. O teste de solubilidade mostrou que SmMAPK1, SmMKP1 e SmMKP2 estão presente na fase insolúvel, provavelmente em corpos de inclusão. Esse trabalho enfatiza a importância de se integrar projetos de sequenciamento do genoma, predição de proteínas, anotação manual dos genes e validação experimental para a identificação de proteínas alvo para o desenvolvimento de novas drogas


Assuntos
Humanos , Biologia Computacional/tendências , Proteínas Quinases/análise , Schistosoma mansoni/genética , Esquistossomose mansoni/genética
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA