Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 37
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Base de dados
Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. saúde coletiva ; 20(1): 75-84, 01/2015. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-733155

RESUMO

This study sought to verify the records on file and the number of cases of attempted suicide among children and adolescents who were attended by Emergency Care health professionals in the municipality of Matozinhos, Minas Gerais, Brazil. Documentary and descriptive research was conducted, the data for which was collected by means of an investigation of Outpatient Records from 2008 to 2010. Of the 73,000 files evaluated, those dealing with cases of attempted suicide among children and adolescents between the age of 3 and 18 years were selected. It was revealed that the health professionals, particularly physicians and nurses, fail to register the cases appropriately, invalidating information about the problem and potential prevention measures. The conclusion reached was that underreporting and the discrepancy of the diagnoses which were not duly referred to the competent agencies require rethinking and reviewing medical practices, and taking a systematic and careful look to address the individual as a complex whole.


Neste estudo procurou-se verificar o registro e o número de casos de tentativa de suicídio entre crianças e adolescentes do município de Matozinhos, Minas Gerais, Brasil, que foram atendidos pelos profissionais de saúde do Pronto-Atendimento. Trata-se de uma pesquisa documental e descritiva, cuja coleta dos dados ocorreu por meio de investigação nas Fichas Ambulatoriais, no período de 2008 a 2010. Das 73.000 fichas levantadas, selecionaram-se aquelas que tratavam de casos de tentativa de suicídio entre crianças e adolescentes do município, com idades entre três e 18 anos. Percebeu-se que os profissionais de saúde, mais especificamente os médicos e enfermeiros, não registram os casos de forma adequada, inviabilizando a informação sobre o problema e as medidas de prevenção. Concluiu-se que a subnotificação, a discrepância dos diagnósticos e o não encaminhamento aos órgãos competentes exigem repensar e rever a prática médica e dirigir um olhar sistematizado e cuidadoso para perceber o sujeito como um todo complexo.


Assuntos
Aldeídos/química , Citocromos c/química , Membranas Mitocondriais/metabolismo , Estresse Oxidativo/efeitos dos fármacos , Sequência de Aminoácidos , Cardiolipinas/química , Cardiolipinas/metabolismo , Citocromos c/metabolismo , Complexo IV da Cadeia de Transporte de Elétrons/metabolismo , Concentração de Íons de Hidrogênio , Histidina/química , Histidina/metabolismo , Lisina/química , Lisina/metabolismo , Dados de Sequência Molecular , Peso Molecular , Estresse Oxidativo/fisiologia , Espectrometria de Massas por Ionização e Dessorção a Laser Assistida por Matriz , Fatores de Tempo
2.
Rev. bras. reumatol ; 53(5): 400-404, set.-out. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-696063

RESUMO

INTRODUÇÃO: A síndrome antifosfolípide (SAF) é uma condição autoimune que apresenta fenômenos trombóticos arteriais e venosos de repetição além de complicações obstétricas. Sua patogênese está associada à presença de anticorpos antifosfolípides e/ou anti-β2 glicoproteína I (β2GPI) que aparentemente modificam o efeito anticoagulante da β2GPI. A dimerização da β2GPI induzida por anticorpos parece estar relacionada à indução da agregação plaquetária contribuindo para o estado trombofílico na SAF. OBJETIVOS: O presente trabalho objetiva demonstrar a influencia dos anticorpos antifosfolípides em testes de agregação plaquetária com diferentes agonistas (ADP, colágeno e adrenalina). MÉTODOS: Foram analisados testes de agregação de plaquetas normais com diferentes agonistas (ADP, colágeno, adrenalina) na presença de soro contendo anticorpos antifosfolípides em diferentes concentrações. RESULTADOS: As análises obtidas mostraram uma inibição significativa (P < 0,05) nas curvas de agregação plaquetária induzidas por ADP e adrenalina quando comparadas ao controle. O paradoxo entre o estado protrombótico e a presença de autoanticorpos que in vitro apresentam atividade anticoagulante foi demonstrado na literatura, dificultando o entendimento patofisiológico da síndrome antifosfolípide. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos demonstraram que o soro rico em anticorpos anticardiolipina e anti-β2GPI, ambas da classe IgG, interferem em testes de curvas de agregação plaquetária.


INTRODUCTION: The antiphospholipid syndrome (APS) is an autoimmune condition characterized by recurrent arterial and venous thrombosis, besides obstetric complications. The pathogenesis is associated with the presence of antiphospholipid and/or anti-b2-glicoprotein I (anti-b2GPI) antibodies that appear to change the anticoagulant activity of b2GPI. Antibody-induced dimerization of b2GPI seems to be related to the induction of platelet aggregation, contributing to the development of thrombosis in APS. OBJECTIVES: The objective of the present study is to demonstrate the influence of antiphospholipid antibodies in platelet aggregation tests with different agonists (ADP, collagen, and adrenaline). METHODS: We analyzed platelet aggregation tests with different agonists (ADP, collagen, adrenalin) when normal platelets were exposed to serum with different concentrations of antiphospholipid antibodies. RESULTS: Results demonstrated a significant inhibition in adrenalin- and ADP-induced platelet aggregation curves (P < 0.05) in all antibody concentrations tested when compared to the control. The paradox between the prothrombotic state and the presence of autoantibodies that show anticoagulant activity in vitro was demonstrated in the literature, making it difficult to understand the pathophysiologic mechanism of the antiphospholipid syndrome. CONCLUSION: Results showed that anticardiolipin and anti-b2GPI antibodies-rich serum, both of which belonging to the IgG class, can interfere with platelet aggregation curves.


Assuntos
Feminino , Humanos , Adulto Jovem , Anticorpos Antifosfolipídeos/sangue , Síndrome Antifosfolipídica/sangue , Síndrome Antifosfolipídica/imunologia , Cardiolipinas/imunologia , Agregação Plaquetária/imunologia , /imunologia
3.
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 44(4): 451-456, July-Aug. 2011. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-596615

RESUMO

INTRODUCTION: Although control measures of maternal and congenital syphilis are available in Brazil, difficulties exist within the healthcare network in providing a laboratory diagnosis of the infection during the prenatal period. The objective of this study was to confirm the presence of Treponema pallidum by PCR in women with positive VDRL serology and lethal pregnancy outcomes, i.e., abortion, stillbirth and neonatal death. METHODS: A retrospective study was conducted on VDRLseroreactive women with lethal pregnancy outcomes admitted to the Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará (FSCM-PA) between January and July 2004. Serum samples and DNA from whole blood were obtained at the time of screening by the VDRL test. These samples were analyzed by IgG ELISA, IgM FTA-Abs and simple PCR (polA). RESULTS: During the study period, 0.7% (36/4,912) of women with lethal pregnancy outcomes presented a positive VDRL test. The polAgene was amplified in 72.7% (24/33) of these women, with 55.6% (20/36) and 94.4% (34/36) presenting IgM and IgG antibodies against T. pallidum, respectively. Comparison of these results showed a significant difference, with agreement between the PCR and IgM FTA-Abs results, suggesting that maternal syphilis was an active infection. No basic cause of death of the conceptus was reported in 97.2% (35/36) of cases. Among women who were submitted to the VDRL test during the prenatal period, only four of the nine seroreactive patients underwent treatment. CONCLUSIONS: The high frequency of syphilis in the group studied indicates the fragility of the service of infection diagnosis, treatment and monitoring, compromising epidemiological control.


INTRODUÇÃO: Apesar das medidas de controle da sífilis materna e congênita estarem disponíveis no Brasil, existem dificuldades da rede em prover o diagnóstico laboratorial da infecção durante o pré-natal. O objetivo deste estudo foi confirmar a presença do Treponema pallidum pela PCR em mulheres com sorologia positiva ao VDRL e com resultado letal da gravidez, isto é, aborto, natimorto e neomorto. MÉTODOS: Estudo retrospectivo realizado em mulheres VDRL-sororeativas com resultado negativo da gravidez, admitidas na Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará FSCM-PA entre janeiro e julho de 2004. As amostras de soro e DNA de sangue total foram obtidas no mesmo período da triagem pelo VDRL. Estas amostras foram analisadas pelo ELISA IgG, FTA-Abs IgM e PCR simples (polA). RESULTADOS: Durante o período de estudo, 0,7% (36/4.912) das mulheres com resultado letal da gravidez apresentaram VDRL positivo. O genepolA foi amplificado em 72,7% (24/33) destas mulheres,com 55,6% (20/36) e 94,4% (34/36) apresentando anticorpos tipo IgG e IgM contra o T. pallidum, respectivamente. A comparação destes resultados mostrou uma diferença estatística significativa, sendo que os resultados da PCR versus FTA-Abs Ig Mmostraram-se concordantes, sugerindo que a sífilis materna era uma infecção ativa. A causa básica de morte dos conceptos não foi relatada em 97,2% (35/36) dos casos. Entre as mulheres que foram submetidas ao VDRL no pré-natal, somente quatro das nove soropositivas receberam tratamento. CONCLUSÕES: A elevada frequência de sífilis no grupo de estudo indica a fragilidade do serviço no diagnóstico, tratamento e monitoramento da infecção, comprometendo o controle epidemiológico.


Assuntos
Feminino , Humanos , Gravidez , Anticorpos Antibacterianos/sangue , Cardiolipinas/sangue , Colesterol/sangue , Fosfatidilcolinas/sangue , Complicações Infecciosas na Gravidez/diagnóstico , Sífilis/diagnóstico , Treponema pallidum/genética , Imunoglobulina G/sangue , Imunoglobulina M/sangue , Reação em Cadeia da Polimerase , Resultado da Gravidez , Estudos Retrospectivos , Sorodiagnóstico da Sífilis/métodos , Treponema pallidum/imunologia
4.
Rev. bras. anestesiol ; 60(4): 449-454, jul.-ago. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-554329

RESUMO

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os anestésicos locais são amplamente utilizados na prevenção ou na reversão de dor aguda e no tratamento de dor crônica. A reação de cardiotoxicidade induzida pelos anestésicos locais é um evento acidental sem terapia farmacológica, exceto a infusão de intralípides relatados recentemente cujo mecanismo de ação ainda não é bem compreendido. CONTEÚDO: A cardiolipina, um fosfolipídio aniônico, desempenha papel relevante na determinação de reação respiratória mitocondrial, metabolismo de ácidos graxos e apoptose celular. A disfunção do metabolismo energético mitocondrial é sugerida em associação com a cardiotoxicidade dos anestésicos locais, a partir de um estudo in vitro de que ela talvez se deva a fortes ligações eletrostáticas entre os anestésicos locais e a cardiolipina na membrana mitocondrial. Não há, contudo, evidência experimental. Portanto, levantamos a hipótese de que as interações anestésico-cardiolipina sejam o principal determinante associado à reação de cardiotoxicidade, o que pode ser estabelecido com a adoção de métodos teóricos e biológicos estruturais. Esse modelo de interação nos daria uma pista sobre o mecanismo da cardiotoxicidade dos anestésicos locais, visando a futuras pesquisas na área de desenvolvimento de fármacos de prevenção a esse evento na prática clínica. CONCLUSÕES: A interação entre a cardiolipina mitocondrial e os anestésicos locais pode ser a principal fonte de sua cardiotoxicidade, em função de seus efeitos sobre o metabolismo energético e o estado eletrostático.


BACKGROUND AND OBJECTIVES: Local anesthetics are used broadly to prevent or reverse acute pain and treat symptoms of chronic pain. Local anesthetic-induced cardiotoxic reaction has been considered the accidental event without currently effective therapeutic drugs except for recently reported intralipid infusion whose possible mechanism of action is not well known. CONTENTS: Cardiolipin, an anionic phospholipid, plays a key role in determining mitochondrial respiratory reaction, fatty acid metabolism and cellular apoptosis. Mitochondrial energy metabolism dysfunction is suggested as associated with local anesthetic cardiotoxicity, from an in vitro study report that the local anesthetic cardiotoxicity may be due to the strong electrostatic interaction of local anesthetics and cardiolipin in the mitochondria membrane, although there is a lack for experimental evidence. Herein we hypothesized that local anesthetic-cardiolipin interactions were the major determinant of local anesthetic-associated cardiotoxic reaction, established by means of theoretic and structural biological methods. This interacting model would give an insight on the underlying mechanism of local anesthetic cardiotoxicity and provide clues for further in depth research on designing preventive drugs for such inadvertent accidence in routine clinical practice. CONCLUSIONS: The interaction between local anesthetic and mitochondrial cardiolipin may be the underlying mechanism for cardiotoxicity affecting its energy metabolism and electrostatic status.


Assuntos
Humanos , Anestésicos Locais/farmacologia , Cardiolipinas/efeitos dos fármacos , Cardiopatias/induzido quimicamente , Mitocôndrias Cardíacas/efeitos dos fármacos
5.
Med. UIS ; 21(3): 183-191, sept.-dic. 2008. graf, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-613751

RESUMO

Aunque representan menos del 1% de todos los pacientes con síndrome antifosfolipídico, los pacientes con síndrome antifosfolipídico catastrófico generalmente se encuentran en una situación médica urgente que requiere un seguimiento clínico exhaustivo. Sin embargo, la rareza de esta variante dificulta extraordinariamente su estudio sistemático. Con la finalidad de incluir todos los casos publicados con síndrome antifosfolipídico catastrófi co, así como los nuevos casos que se van diagnosticando en todo el mundo, se creó en el año 2000 un registro internacional (“CAPS Registry”), promovido por el European Forum on Antiphospholipid Antibodies. Actualmente, este registro documenta las manifestaciones clínicas y los datos de laboratorio y terapéuticos de más de 300 pacientes. Se puede consultar libremente en Internet (www.med.ub.es/MIMMUN/FORUM/CAPS.HTM) y se espera que el análisis periódico de sus datos permita incrementar los conocimientos sobre el síndrome antifosfolipídico catastrófico. En este artículo se revisan los principales conocimientos obtenidos hasta la fecha sobre este síndrome...


Although less than 1% of patients with the antiphospholipid syndrome (APS) develop the catastrophic variant, its potentially lethal outcome emphasizes its importance in clinical medicine today. However, the rarity of this variant makes it extraordinarily difficult to study in any systematic way. In order to put together all the published case reports as well as the new diagnosed cases from all over the world, an international registry of patients with catastrophic APS (“CAPS Registry”) was created in 2000 by the European Forum on Antiphospholipid Antibodies.Currently, it documents the entire clinical, laboratory and therapeutic data of more than 300 patients whose data has been fully registered. This registry can be freely consulted at the Internet (www.med.ub.es/MIMMUN/FORUM/CAPS.HTM) and it is expected that the periodical analysis of these data will allow us to increase our knowledge of this condition. This review article describes the state of the art on the catastrophic APS...


Assuntos
Anticorpos Antifosfolipídeos , Síndrome Antifosfolipídica , Fosfolipídeos , Anticoagulantes , Cardiolipinas
6.
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 41(4): 428-430, jul.-ago. 2008. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-494505

RESUMO

O objetivo desse estudo foi avaliar a soroprevalência de sífilis em 5.752 doadores de sangue atendidos no Hemonúcleo de Guarapuava-PR, em 2006. As taxas de positividade foram de 2,1 por cento pelo teste de ensaio imunoenzimático e 0,2 por cento pelo Veneral Disease Research Laboratory, mostrando baixa prevalência de sífilis nos indivíduos que procuraram este banco de sangue.


The aim of this study was to evaluate the syphilis seroprevalence among 5,752 blood donors who were attended at the blood center of Guarapuava, State of Paraná, in 2006. The seropositivity rates were 2.1 percent for enzyme Linked Immuno Sorbent Assay and 0.2 percent for Veneral Disease Research Laboratory, thus showing low prevalence of syphilis among the individuals who came to this blood bank.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Doadores de Sangue , Cardiolipinas/sangue , Colesterol/sangue , Fosfatidilcolinas/sangue , Sífilis/diagnóstico , Brasil/epidemiologia , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática , Prevalência , Estudos Soroepidemiológicos , Sorodiagnóstico da Sífilis/métodos , Sífilis/epidemiologia
7.
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 40(3): 282-285, maio-jun. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-456320

RESUMO

Estudo de prevalência da co-infecção HIV-sífilis realizado com 830 pacientes em acompanhamento ambulatorial para HIV/aids entre janeiro e maio de 2005 no Hospital na cidade do Rio de Janeiro. Os participantes realizaram exames de VDRL (veneral disease research laboratory), contagens de células CD4+/CD8+ e de carga viral e responderam perguntas sobre características sócio-demográficas e história prévia de sífilis. A prevalência da sífilis foi de 2,7 por cento (22), a relação entre homens e mulheres co-infectados foi de 4:1, aproximadamente. Homossexuais masculinos foram os mais acometidos e não encontramos associação entre co-infecção e idade, escolaridade e parâmetros laboratoriais testados. Do total de casos com sífilis, 73 por cento (16) relataram tratamento prévio; destes, 14 (88 por cento) pacientes foram re-infectados, enquanto 2 (12 por cento) pacientes realizaram tratamento inapropriado. A presença de co-infecção HIV-sífilis em pacientes em acompanhamento rotineiro alerta-nos para necessidade de aconselhá-los a adotar práticas sexuais seguras durante os seus atendimentos ambulatoriais.


This was a study on the prevalence of HIV-syphilis coinfection among 830 HIV/AIDS patients who were being followed up as outpatients at a hospital in Rio de Janeiro between January and May 2005. The participants underwent laboratory tests at the venereal disease research laboratory (VDRL) consisting of CD4+/CD8+ cell counts and viral load tests. They answered questions about their sociodemographic characteristics and past medical history of syphilis. The prevalence of syphilis was 2.7 percent (22 patients) and the ratio between men and women with coinfection was approximately 4:1. Homosexual men were the category most affected. We did not find any association between coinfection and age, schooling and the laboratory parameters tested. Out of the total number of patients with syphilis, 73 percent (16) reported previous treatment; of these, 14 (88 percent) were reinfected, while two (12 percent) underwent inappropriate treatment. The presence of HIV-syphilis coinfection among patients undergoing routine follow-up signals the need to advise them to adopt safe sex practices, during their outpatient visits.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cardiolipinas/sangue , Colesterol/sangue , Infecções por HIV/epidemiologia , Fosfatidilcolinas/sangue , Sífilis/epidemiologia , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Infecções por HIV/complicações , Hospitais Universitários , Prevalência , Fatores de Risco , Fatores Socioeconômicos , Sífilis/complicações , Sífilis/diagnóstico , Carga Viral
8.
São Paulo; s.n; 2006. [196] p. tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-587565

RESUMO

Objetivos: Muitas questões permanecem sobre as causas da aterosclerose acelerada nos pacientes com doenças inflamatórias sistêmicas como a artrite reumatóide (AR). Estudos na população geral sugeriram que além da inflamação existe uma participação patogênica da auto-imunidade na aterosclerose e discutem a possível associação dos anticorpos contra fosfolípides e proteínas de choque térmico (Hsp). O objetivo deste estudo foi investigar a presença de anticorpos contra fosfolípides, beta2-glicoproteína 1 (beta2-gp1), lipoproteína lipase (LPL) e Hsp em pacientes com AR e avaliar a associação entre estes anticorpos com a presença de aterosclerose subclínica de carótidas. Métodos: Anticorpos contra cardiolipina (aCL) IgG e IgM, beta2-gp1 IgG, IgM e IgA , Hsp 60 e Hsp 65 foram testados por ELISA em um grupo de 71 pacientes com AR comparado com 53 indívíduos controles não portadores de AR, de idade e sexo similar. Foram excluídos os pacientes com HAS, diabetes melitos e os fumantes em ambos os grupos. Níveis de lipoproteínas, parâmetros clínicos da AR, questionário de avaliação de saúde (HAQ), escore de atividade da doença (DAS) 28, velocidade de hemossedimentação (VHS) e proteína C reativa (PCR) foram avaliadas. A associação entre a presença dos anticorpos aCL, beta2-gp1, Hsp 60 e Hsp 65 com os parâmetros clínicos de atividade da doença, com a presença das placas de aterosclerose e com a medida da espessura íntimomedial (IMT) da carótida comum, usando ultra-som (US) modo B de alta resolução foram pesquisadas. Resultados: A idade média no grupo com AR foi 48,93 ± 12,31 vs. 45,37 ± 9,37 no grupo controle saudável (p = 0,20); 90,1% no grupo com AR eram do sexo feminino vs. 86,8% no grupo controle (p = 0,56); índice de massa corporal (IMC) foi 25,72 ± 4,57kg/m² no grupo com AR vs. 26,40 ± 4,52kg/m² no grupo controle (p = 0, 69); Os níveis de colesterol, LDL, triglicerídeos e a relação CT/HDL não foram diferentes quando comparamos os 2 grupos (p > 0,05)...


Purpose: Many questions remain unanswered about the causes of accelerated atherosclerosis in patients with inflammatory systemic diseases such as rheumatoid arthritis (RA). Some studies have suggested the role of autoimmunity besides inflammation in the pathogenesis of atherosclerosis in general population and have also discussed the possible association with antibodies directed to phospholipids and heat shock proteins (Hsp). The aim of this study was to investigate the presence of antibodies against phospholipids, beta2-glycoprotein1 (beta2-gp1), lipoprotein lipase (LPL) and Hsp in RA subjects and evaluate the association between these antibodies with the presence of subclinical carotid atherosclerosis. Methods: Tests to antibodies against cardiolipin (aCL) IgG and IgM, beta2-gp1 IgG, IgM and IgA ,Hsp 60 and Hsp 65 were done by ELISA test in a group of 71 RA subjects compared with 53 age and sex-matched non-RA subjects. Smoking, diabetic and hypertensive patients were excluded in both groups. The lipoprotein levels, clinical parameters of RA, Health Assessment Questionnaire (HAQ), Disease Activity Score (DAS) 28, Erythrocyte Sedimentation Rate (ESR) and C-Reactive Protein (CRP) were evaluated. The association between the presence of antibodies against cardiolipin, beta2-gp1 and Hsp 60 and 65 with the clinical parameters of disease activity in RA, and with the presence of plaques and mean intimo-medial thickness (IMT) of common carotid using high-resolution B-mode ultrasound were assessed. Results: Mean age in RA group was 48.93 ± 12.31 vs. 45.37 ± 9.37 in healthy control group (p = 0.20); 90.1% were women in RA group vs. 86.8% in healthy control (p = 0.56); body mass index (BMI) were 25.72 ± 4.57 in RA group vs. 26.40 ± 4.52 in healthy control (p = 0.69). The levels of cholesterol, LDL, triglycerides, CT/HDL didn t have difference between the two groups (p > 0.05)...


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Anticorpos Anticardiolipina , Síndrome Antifosfolipídica , Arteriosclerose , Artrite Reumatoide , Aterosclerose , Autoimunidade , Cardiolipinas , Proteínas de Choque Térmico , Lipase Lipoproteica
9.
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 38(2): 181-184, mar.-abr. 2005. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-396337

RESUMO

Descrevemos um caso de sífilis maligna em um paciente de 42 anos com infecção pelo HIV e pelo vírus da hepatite B. O paciente, com lesões cutâneas clássicas de lues maligna e VDRL positivo no soro e no líquor, teve uma resposta excelente ao tratamento com penicilina cristalina. O VDRL sérico, que no diagnóstico era de 1:64, aumentou três meses depois para 1:2.048 e diminuiu para 1:8 após 15 meses.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS/diagnóstico , Cardiolipinas/análise , Colesterol/análise , Penicilinas/uso terapêutico , Fosfatidilcolinas/análise , Sífilis Cutânea/diagnóstico , Infecções Oportunistas Relacionadas com a AIDS/tratamento farmacológico , Sífilis Cutânea/tratamento farmacológico
10.
São Paulo; s.n; 2003. 126 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-344573

RESUMO

Os ácidos graxos trans competem com os ácidos graxos essenciais inibindo as enzimas envolvidas na síntese dos ácidos graxos polinsaturados de cadeia longa. Quantidades adequadas de ácidos graxos essenciais na dieta minimizam este efeito. No entanto, pouco se conhece da ação dos isômeros trans, sob condições de restrição ou deficiência dietética dos ácidos graxos essenciais, sobre o percentual de deposição tanto dos próprios isômeros trans, como dos ácidos garxos polinsaturados nos lipídios dos tecidos. Foram avaliadas, em ratos, dietas ricas em ácidos graxos trans e com diferentes concentrações de ácidos graxos essenciais. A incorporação de ambos foi proporcional à concentração na dieta, mas variou entre os tecidos estudados...


Assuntos
Animais , Ratos , Cardiolipinas , Dietética , Ácidos Graxos , Ácidos Graxos Essenciais , Consumo de Alimentos , Lipídeos , Ciências da Nutrição , Fosfatidilcolinas , Fosfatidiletanolaminas , Cromatografia Gasosa , Espectroscopia de Ressonância Magnética/métodos , Análise Estatística
13.
Braz. j. med. biol. res ; 29(4): 489-94, Apr. 1996. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-163891

RESUMO

Anticardiolipin antibodies from sera of patients with systemic lupus erythematosus or syphilis induced leakage of entrapped carboxyfluorescein (CF) from cardiolipin (CL)/phosphatidylcholine(PC) vesicles prepared by sonication of equimolar mixtures of CL:PC. The sera dilution used here was 1:7500. IgG (5-20 mug/ml) from the same sera, not containing beta2GPI, also produced a concentration-dependent leak. Vesicle leakage was inhibited by salt and was not detected with vesicles prepared exclusively with phosphatidylcholine. The demonstration of antibody-induced vesicle leakage offers a convenient system to investigate the mechanism of antibody-lipid binding as well as a potential diagnostic tool.


Assuntos
Humanos , Anticorpos Anticardiolipina/uso terapêutico , Cardiolipinas/imunologia , Sífilis/imunologia , Lúpus Eritematoso Sistêmico/sangue , Sífilis/diagnóstico
14.
Rev. bras. reumatol ; 35(6): 307-14, nov.-dez 1995. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-169163

RESUMO

Objetivos: Estudar a fertilidade numa amostra de populaçao de mulheres com lúpus eritematoso sistêmico (LES) da regiao de Campinas, comparando-as com populaçao de mulheres normais, analisando a ocorrência ou recorrência de abortos nestas populaçoes, a freqüência dos anticorpos anticardiolipina entre a lúpica e a importância dos fatores clínicos, laboratoriais e terapêuticos na história gestacional destas pacientes. Casuística e métodos: Foram estudados retrospectivamente 186 pacientes do sexo feminino com LES diagnosticados e acompanhados no ambulatório da Disciplina de Reumatologia da Unicamp. O grupo-controle foi constituído por 131 mulheres hígidas. Resultado: A taxa de fertilidade das lúpicas estudadas foi semelhante à da literatura, bem como à das mulheres normais do Estado Sao Paulo. Houve menor número de gestaçoes entre as pacientes, bem como o maior número de mulheres que nunca engravidaram, quando comparadas com as do grupo de mulheres hígidas. Houve número significativamente maior de abortos entre as pacientes, nao tendo sido verificado a associaçao com anticorpo anticardiolipina. Nao houve diferenças significativas em relaçao às manifestaçoes clínicas, laboratoriais e esquemas terapêuticos empregados quando comparados as lúpicas que engravidaram das que nunca tiveram gestaçao. Conclusoes: 1) As mulheres com LES no nosso meio nao apresentam taxas de fertilidade diferentes das normais; entretanto, o número de nulíparas foi maior, bem como o de múltiplas gravidezes foi menor nas pacientes, quando comparadas à controles normais; 2) abortos foram mais frequentes entre as pacientes, porém nesta casuística nao relacionou com anticorpos anticardiolipina; 3) nao houve interferência nas manifestaçoes clínicas,alteraçoes laboratoriais e da terapêutica utilizada sobre a história gestacional destas pacientes


Assuntos
Humanos , Feminino , Cardiolipinas , Taxa de Fecundidade , Lúpus Eritematoso Sistêmico , Gravidez
15.
Acta pediátr. Méx ; 16(3): 105-8, mayo-jun. 1995. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-173795

RESUMO

Se determinaron anticuerpos anticardiolipina (aAC) por el método de ELISA en 112 sueros de pacientes en edad pediátrica (un mes a diez y siete años), de ambos sexos, que acudieron a su toma de muestras de los servicios de ortopedia, oftalmología y cirugía del Instituto Nacional de Pediatría, para someterse a una cirugía menor, en quienes se descartó algún problema autoinmune o infeccioso. También se incluyeron 13 sueros de pacientes positivos para aAC que padecían el síndrome antifosfolípido, sueros controles positivos y negativos valorados en el Instituto Nacional de la Nutrición y un pool de sueros preparados con 50 muestras de los 112 sujetos antes mencionados. El valor de corte o negatividad para los sueros normales se obtuvo conforme la indica Loizou y col. aumentando cinco desviaciones estándares (1 DS = 0.1890, 5 DS = 0.9450) al valor promedio de las absorbencias (X = 0.4049) obtenidas de los 112 sujetos sanos, quedando un valor de 1.3499 (0.4049 + 0.9450)


Assuntos
Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Humanos , Masculino , Feminino , Anticorpos Anticardiolipina/análise , Cardiolipinas , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática , Soros Imunes/análise , Biomarcadores/análise , Peroxidase , Síndrome Antifosfolipídica/imunologia
17.
Rev. mex. reumatol ; 10(3): 69-72, mayo-jun. 1995. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-173926

RESUMO

En el suero de pacientes con síndrome antifosfolípido primario se han descrito anticuerpos antimitocondriales (AM), anticorazón (ACOR) y contra perinúcleo (AP); algunos se nagativizan al inhibir los sueros con micelas de cardilipina. Decidimos evaluar si la fecuencia de AM, ACOR y AP tiende a aumentar en proporción directa al título de anticuerpos anticardiolipina (aCL). Se incluyeron sueros de pacientes: 12 con SAFP y 3 con lupus eritematoso sistémico. Se distribuyeron en 3 grupos de 5 sueros cada uno según el título de aCL (ensayo inmunoenzimático, punto de corte densidad óptica 0.21). Grupo bajo (DO de 0.816 a 1.360) y grupo alto (DO de 1.850 a 3.000). Detección de AM, ACOR y AP por inmunofluorescencia indirecta. Los resultados fueron: positivos, grupo bajo (O), grupo medio MA y ACOR en 1/5 y AP en 1/5 respectivamente, grupo alto ACOR y AP en el 20 por ciento (1/5), ACOR en el 20 por ciento (1/5), y AP en el 40 por ciento (2/5) y AM en 0 por ciento. Observamos tendencia a mayor frecuencia de ACOR y AP en relación directa a título de aCL y aunque el tamaño de la muestra no permite ser concluyente, los resultados justifican estudios posteriores para dilucidar este aspecto


Assuntos
Anticorpos Anticardiolipina/fisiologia , Cardiolipinas/imunologia , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática , Lúpus Eritematoso Sistêmico/imunologia , Mitocôndrias/imunologia , Síndrome Antifosfolipídica/imunologia
18.
Rev. Fac. Med. (Caracas) ; 17(2): 143-8, jul.-dic. 1994. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-151542

RESUMO

Los anticuerpos anticardiolipina son autoanticuerpos clínicamente asociados con eventos trombóticos arteriales y venosos, muerte fetal recurrente y trombocitopenia. El presente trabajo describe el desarrollo de un sistema indirecto de ELISA para la detección de anticuerpos anticardiolipina. Las placas fueron fijadas con cardiolipina a una concentración de 25 µg/ml por evaporación al vacio. Las uniones inespecificas fueron eliminadas por bloqueo de las placas con albúmina bovina al 4 por ciento en PBS. El suero a una dilución de 1:50 fue incubado en la placa por 1h. Se utilizó un conjugado anti-IgG humana marcado con peroxidasa y obtenido en conejos a una dilución 1:1000. Se estudiaron 150 sueros de donantes voluntarios para establecer los valores límites que fueron fijados en la X más 3DS. Se estudiaron 17 pacientes con Lupus Eritematoso Sistémico encontrando correlación significativa entre los niveles elevados de anticuerpos anticardiolipinas y la presencia de trombosis venosa y/o arterial, trobocitopenia y muerte fetal y/o abortos espontáneos


Assuntos
Humanos , Anticorpos/imunologia , Cardiolipinas/imunologia , Técnicas Imunoenzimáticas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA