Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Arq. neuropsiquiatr ; 63(2b)jun. 2005. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-404582

RESUMO

O sistema serotonérgico tem sido implicado na fisiopatologia da esquizofrenia, principalmente por conta dos mecanismos de ação dos antipsicóticos atípicos. Alterações nas vias cerebrais serotonérgicas têm sido relacionadas com a etiologia desse transtorno psiquiátrico. Assim, o objetivo do presente estudo foi investigar uma possível associação entre esquizofrenia e o polimorfismo G861C no gene do auto-receptor serotonérgico 5-HT1Db. Para tanto, conduziu-se estudo do tipo caso-controle em amostra de 196 pacientes com esquizofrenia e 143 indivíduos pareados para sexo, idade e etnia. Não se evidenciaram diferenças estatísticas nas distribuições alélicas e genotípicas entre as populações de pacientes e controles. Desse modo, os resultados dessa investigação não correlacionaram o polimorfismo G861C no gene do auto-receptor serotonérgico 5-HT1Db como fator de susceptibilidade genética para o desenvolvimento de esquizofrenia na amostra estudada.


Assuntos
Feminino , Humanos , Masculino , Autorreceptores/genética , Polimorfismo Genético , /genética , Esquizofrenia/genética , Alelos , Estudos de Casos e Controles , Genótipo , Fatores de Risco
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA