Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 1.314
Filtrar
1.
Lima; Perú. Ministerio de Salud; 20200900. 27 p.
Monografia em Espanhol | LILACS, LIPECS | ID: biblio-1118679

RESUMO

El documento contiene los criterios de calidad, seguridad y eficiencia de vacunas en investigación, destinadas a la prevención de enfermedades infecciosas.


Assuntos
Pesquisa , Segurança , Vacinas , Saúde , Doenças Transmissíveis , Eficiência , Prevenção de Doenças , Normas Técnicas
2.
Av. enferm ; 38(2): 170-181, May-Aug. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1114687

RESUMO

Abstract Objective: To develop and to test the validity of content and layout of a multidimensional tool to evaluate maintenance of the cold chain for immunobiological conservation. Method: A methodological study carried out in three steps: integrative review; development of theoretical and logical model for the development of the tool; implementation of the Delphi Technique to test the validity of content and layout. The Content Validity Index (CVI) and Content Validity Ratio (CVR) were calculated considering appropriate those values greater than or equal to 75% and 0.4, respectively. Results: The instrument consisted of 7 questions about structure and 20 about process, subdivided into three components: Transportation/Reception (n=3); Storage/Handling (n=13); Supervision/Permanent education (n=4). The cvi value was 87.4%, with values equal to 85.7% and 89% in the structure and process dimensions, respectively. The process components obtained cvi values equal to 88.9, 88.9 and 89.2%, respectively. The CVR was 0.8, with values equal to 0.7 and 0.8 in the structure and process dimensions. As for the layout validation, the questionnaire was considered intelligible. Conclusion: The study provides an instrument with validity of content and layout for health professionals in charge of the supervision of activities of immunobiological conservation, ensuring the maintenance of the immunogenic quality of the products offered to the population.


Resumen Objetivo: desarrollar y validar los contenidos e interface de una herramienta multidimensional para evaluar el mantenimiento de la cadena de frío de la conservación inmunobiológica. Método: estudio metodológico realizado en tres pasos: revisión integradora; elaboración de modelo teórico y lógico para el desarrollo de la herramienta; implementación de la técnica Delphi para la validación de contenido y de apariencia de preguntas. Se calcularon el Índice de validez de contenido (IVC) y el Razón de Validez de Contenido (RVC), considerando apropiados aquellos valores mayores o iguales al 75 % y 0,4, respectivamente. Resultados: el cuestionario constaba de siete preguntas de estructura y 20 de proceso, subdivididas en tres componentes: Transporte/Recepción (n=3); Almacenamiento/Manipulación (n=13); Supervisión/Educación continua (n=4). El valor para el cvi fue 87,4 %, con valores iguales al 85,7 y 89 % en las dimensiones estructura y proceso, respectivamente. Los componentes del proceso obtuvieron valores para el IVC iguales a 88,9, 88,9 y 89,2 %, respectivamente. El RVC era una herramienta de 0,8, con valores iguales a 0,7 en la estructura de dimensión y 0,8 en proceso. En cuanto a la validación de la apariencia, el cuestionario se consideró inteligible. Conclusión: el estudio proporciona un instrumento con contenido validado para profesionales de la salud, en la supervisión de actividades de conservación de productos inmunobiológicos, asegurando el mantenimiento de la calidad inmunogénica de los productos ofrecidos a la población.


Resumo Objetivo: desenvolver e validar o conteúdo e interface de um instrumento multidimensional para avaliar a manutenção da cadeia de frio de conservação de imunobiológicos. Método: estudo metodológico realizado em três etapas: revisão integrativa; elaboração do modelo teórico-lógico para o desenvolvimento do instrumento; realização da Técnica Delphi para validar conteúdo e aparência das questões. Foram calculados o Índice de Validade de Conteúdo (IVC) e a Razão de Validade de Conteúdo (RVC), considerando-se valores adequados aqueles maiores ou iguais a 75 % e 0,4, respectivamente. Resultados: o questionário constou de sete questões de estrutura e 20 de processo, subdivididos em três componentes: transporte/recebimento (n=3); armazenamento/manuseio (n=13); supervisão/educação permanente (n=4). O valor para o IVC foi de 87,4 %, com valores iguais a 85,7 % na dimensão estrutura e 89 % no processo. Os componentes do processo obtiveram valores para o IVC iguais a 88,9 %, 88,9 % e 89,2 %, respectivamente. O RVC do instrumento foi de 0,8, com valores iguais a 0,7 na dimensão estrutura e 0,8 no processo. Quanto à validação de aparência, o questionário foi considerado inteligível. Conclusão: o estudo fornece um instrumento de medida com conteúdo validado e que se configura em uma ferramenta de gestão útil na supervisão de salas de imunização.


Assuntos
Humanos , Refrigeração , Vacinas , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Gestão da Qualidade , Estudo de Validação , Equipamentos e Provisões
3.
Alerta (San Salvador) ; 3(2)ago.12, 2020. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BISSAL | ID: biblio-1117095

RESUMO

El desarrollo de vacunas para infecciones virales se ha caracterizado por ser un proceso empírico y prolongado, basado en el uso de virus completos, atenuados o inactivados. La pandemia de COVID-19 ha activado el desarrollo de vacunas contra SARS-CoV-2. Una vez que la secuencia del genoma del virus estuvo disponible a mediados de enero 2020, diferentes laboratorios iniciaron el camino en busca de una vacuna. Las tecnologías que se están utilizando en la investigación de vacunas contra SARS-CoV-2 son: vacunas de ácido nucleico, vacunas proteicas recombinantes, vacunas virales basadas en vectores, vacunas vivas atenuadas y vacunas inactivadas. Doce vacunas están en etapa de ensayo clínico y 128 más en desarrollo preclínico. Aunque la elaboración de una vacuna viral toma un promedio de cinco a diez años, durante la crisis actual múltiples actores de varias naciones se han coordinado para que una vacuna contra SARS-CoV-2 esté lista en el menor tiempo posible, incluso antes de un año. Las vacunas AZD1222 de la Universidad de Oxford/AstraZeneca, Ad5-nCoV de CanSino Biologicals/Instituto de Biotecnología de Beijing y ARNm-1273 de ModernaTX Inc./Instituto Nacional de Alergia y Enfermedades Infecciosas de los Estados Unidos, son las candidatas más prometedoras


The development of vaccines for viral infections has been characterized as an empirical and prolonged process, based on the use of complete, attenuated or inactivated viruses. The COVID-19 pandemic has activated the development of vaccines against SARS-CoV-2. Once the virus genome sequence was available in mid-January 2020, different laboratories began the journey in search of a vaccine. SARS-CoV-2 vaccine research worldwide is testing the following technologies: nucleic acid vaccines, recombinant protein vaccines, viral vector-based vaccines, live attenuated vaccines, and inactivated vaccines. Twelve vaccines are in clinical trials, and 128 more, in preclinical stages. Although the development of a viral vaccine takes an average of five to ten years, during the current crisis, multiple actors from various nations have coordinated so that a SARS-CoV-2 vaccine is ready in the shortest possible time, even before one year has elapsed. AZD1222 vaccine from Oxford University/AstraZeneca, Ad5-nCoV from CanSino Biologicals/Beijing Institute of Biotechnology, and mRNA-1273 from ModernaTX Inc./United States National Institute of Allergy and Infectious Diseases, are the most promising candidates


Assuntos
Vacinas , Vírus da SARS , Infecções por Coronavirus
4.
Brasília; s.n; 7 ago. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117973

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 12 artigos e 4 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Sistema Renina-Angiotensina , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Dexametasona/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Interferons/uso terapêutico , Corticosteroides/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Heparina de Baixo Peso Molecular/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Combinação de Medicamentos , Proteína Antagonista do Receptor de Interleucina 1/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Rituximab/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
5.
Brasília; s.n; 31 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117732

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 12 artigos e 6 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Estudos Transversais , Estudos de Coortes , Azitromicina/uso terapêutico , Combinação de Medicamentos , Bevacizumab/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
6.
Brasília; s.n; 24 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117704

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 21 artigos e 15 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Metilprednisolona/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Heparina/uso terapêutico , Estudos de Coortes , Azitromicina/uso terapêutico , Heparina de Baixo Peso Molecular/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Combinação de Medicamentos , Proteína Antagonista do Receptor de Interleucina 1/uso terapêutico , Células-Tronco Mesenquimais , Darunavir/uso terapêutico , Adalimumab/uso terapêutico , Rituximab/uso terapêutico , Infliximab/uso terapêutico , Clopidogrel/uso terapêutico , Ticagrelor/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Anticoagulantes/uso terapêutico
7.
Brasília; s.n; 10 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117640

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 20 artigos e 16 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Esteroides/toxicidade , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Vitamina D/uso terapêutico , Ivermectina/uso terapêutico , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Cloridrato de Fingolimode/uso terapêutico , Rituximab/uso terapêutico , Infliximab/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Lítio/uso terapêutico
8.
Brasília; s.n; 8 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117634

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referentes ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 16 artigos e 11 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Antivirais/uso terapêutico , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Colchicina/uso terapêutico , Estudos Transversais/instrumentação , Estudos de Coortes , Interferon-alfa/uso terapêutico , Ativador de Plasminogênio Tecidual/uso terapêutico , Corticosteroides/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Fibrinolíticos/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Antibacterianos/uso terapêutico
9.
Brasília; s.n; 6 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117629

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 17 artigos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , gama-Globulinas/uso terapêutico , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Interferon beta/uso terapêutico , Aldeído Redutase/antagonistas & inibidores , Corticosteroides/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Sulfato de Zinco/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Oseltamivir/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
10.
Brasília; s.n; 2 jul. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1117621

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 17 artigos e 9 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Zinco/uso terapêutico , Ivermectina/uso terapêutico , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Corticosteroides/uso terapêutico , Cloridrato de Fingolimode/uso terapêutico , Mesilato de Imatinib/uso terapêutico , Abatacepte/uso terapêutico , Glucocorticoides/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
11.
Brasília; IPEA; jun. 2020. 20 p. ilus.(Nota Técnica / IPEA. Disoc, 77).
Monografia em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1102434

RESUMO

Esta nota técnica tem como objetivo identificar ações da Base Industrial de Defesa (BID) brasileira no combate à Covid-19 ­ doença causada pelo Sars-COV-2 (novo coronavírus). Para tanto, será realizado um levantamento das iniciativas empreendidas, para fins comparativos, em outros países selecionados. Nesta seção são apresentados os critérios utilizados para a seleção dos países. A segunda seção consiste no estudo do caso brasileiro no que se refere à atuação da BID durante a crise. Nas seções seguintes, são apresentados breves estudos de caso referentes aos demais países. A última seção, por sua vez, expõe as considerações finais do texto e possíveis recomendações referentes ao desenvolvimento de políticas públicas nacionais sobre o tema.


Assuntos
Política Pública , Vacinas , Coronavirus , Doenças Endêmicas , Infecções por Coronavirus , Pandemias
12.
Brasília; s.n; 27 jun. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1102294

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 17 artigos e 4 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Metilprednisolona/uso terapêutico , Vacinas/isolamento & purificação , Heparina/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Colchicina/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Oseltamivir/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Interferon alfa-2/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
13.
Brasília; s.n; 23 jun. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1102291

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 7 artigos e 9 protocolos.


Assuntos
Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Antivirais/uso terapêutico , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Vacinas/isolamento & purificação , Cloroquina/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
14.
Brasília; s.n; 20 jun. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1102288

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 13 artigos e 9 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/uso terapêutico , Vacinas/isolamento & purificação , Heparina/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Clozapina/uso terapêutico , Ritonavir/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Fibrinolíticos/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
15.
Brasília; s.n; 16 jun. 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1100418

RESUMO

O Informe Diário de Evidências é uma produção do Ministério da Saúde que tem como objetivo acompanhar diariamente as publicações científicas sobre tratamento farmacológico e vacinas para a COVID-19. Dessa forma, são realizadas buscas estruturadas em bases de dados biomédicas, referente ao dia anterior desse informe. Não são incluídos estudos pré-clínicos (in vitro, in vivo, in silico). A frequência dos estudos é demonstrada de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, coortes, entre outros). Para cada estudo é apresentado um resumo com avaliação da qualidade metodológica. Essa avaliação tem por finalidade identificar o grau de certeza/confiança ou o risco de viés de cada estudo. Para tal, são utilizadas ferramentas já validadas e consagradas na literatura científica, na área de saúde baseada em evidências. Cabe ressaltar que o documento tem caráter informativo e não representa uma recomendação oficial do Ministério da Saúde sobre a temática. Foram encontrados 15 artigos. Foram encontrados 8 artigos e 15 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Imunoglobulinas/uso terapêutico , Dexametasona/uso terapêutico , Vacinas/farmacologia , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Metformina/uso terapêutico , Anticorpos Monoclonais/uso terapêutico
16.
Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004) ; 40(2): 63-75, jun. 2020. graf, ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1102739

RESUMO

El objetivo de este artículo es proporcionar una guía que sirva para la interpretación y seguimiento de los esfuerzos que se están desarrollando en todo el mundo con el objetivo de obtener una vacuna que pueda generar inmunidad contra el nuevo coronavirus SARS-CoV-2 de 2019, el agente causante de la enfermedad por coronavirus denominada COVID-19. Cinco meses después de haber sido detectada la enfermedad, ya hay 102 vacunas en distintos estadios de desarrollo, registradas por la Organización Mundial de la Salud (OMS), correspondientes a 8 plataformas vacunales con diferentes estrategias, y todos los días aparecen nuevas. Esto representará un enorme desafío de organismos internacionales, para la evaluación, comparación y selección de aquellas que cumplan con los criterios regulatorios indispensables de seguridad y eficacia y que, por otro lado, puedan ser producidas en cantidades suficientes para abastecer la demanda mundial. (AU)


The objective of this article is to provide a guide to help the interpretation and monitoring the efforts that are being carried out worldwide to obtain a vaccine that will be able to generate immunity against the new 2019 SARS-CoV-2 coronavirus, the viral agent causes the disease named COVID-19. Five months after the disease was detected, there are already 102 vaccines at different stages of development, registered by World Health Organization (WHO), corresponding to 8 vaccination platforms base on different strategies, and every day new ones appear. This will represent a huge challenge for international organizations, to evaluate, compare and selects those that will meet the essential regulatory criteria of safety and efficacy and that, would be able to be produced in enough quantities to supply the worldwide demand. Key words: SARS-Cov-2 vaccine, vaccine platform, COVID-19 strategy, attenuated virus, viral vector, viral proteins, viral DNA, viral RNA, nucleic acids, viral like particles, WHO. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Infecções por Coronavirus/terapia , Vírus da SARS/imunologia , Pneumonia Viral/terapia , DNA/uso terapêutico , RNA/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Ácidos Nucleicos/uso terapêutico , Proteína S/imunologia , Infecções por Coronavirus/virologia , Vírus da SARS/fisiologia , Vírus da SARS/genética , Vetores de Doenças
17.
ABCS health sci ; 45: [1-6], 02 jun 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1097547

RESUMO

INTRODUCTION: Immunobiologicals are of great importance for the prevention and eradication of diseases. However, the lack of maintenance of the cold chain generates several problems related to losses of these substances, burdening an important amount of public resources. OBJECTIVE: To analyze vaccine losses in a Health Region (Região Ampliada de Saúde Oeste) of Minas Gerais State in Brazil. METHODS: This is a descriptive study, based on secondary data obtained through forms used by the regional health agency (Superintendência Regional de Saúde, SRS), to register losses of immunobiologicals due to temperature changes. Forms from February 2016 through January 2018 were analyzed. The data was organized and validated by double typing. RESULTS: Vaccine losses were caused by lack of electrical energy (40.83%), followed by equipment failure (36.67%), and professional error (10%). As a consequence, 17,229 bottles of vaccines (65.78%) were discarded, corresponding to 111,145 doses. The financial loss was R$ 604,340.31. CONCLUSION: Losses of vaccines due to temperature changes were relevant in the studied region, damaging the budget for the local health network. Therefore, it is suggested that measures to minimize these losses should be adopted.


INTRODUÇÃO: Os imunobiológicos são de grande importância para a prevenção e erradicação de doenças. Entretanto, a falta de manutenção da Rede de Frio gera diversos problemas relacionados a perdas dessas substâncias, onerando uma importante quantia de recursos públicos. OBJETIVO: Analisar as perdas vacinais da Região Ampliada de Saúde Oeste de Minas Gerais. MÉTODOS: Trata-se de um estudo descritivo, com base em dados secundários obtidos através de formulários utilizados pela Superintendência Regional de Saúde (SRS), para avaliação de perdas de imunobiológicos por alteração de temperatura. Foram analisados os formulários de fevereiro de 2016 até janeiro de 2018. Os dados foram organizados e validados por dupla digitação, e a análise foi feita descritivamente. RESULTADOS: Os resultados mostraram que dos motivos das ocorrências 40,83% foram por falta de energia elétrica, seguida de falha no equipamento (36,67%), e erro do profissional (10%). Foram inutilizados 17229 frascos de vacinas (65,78%), sendo 111.145 doses, com uma perda financeira de R$ 604.340,31. CONCLUSÃO: Identificou-se que as perdas físicas por alteração de temperatura de vacinas na região estudada foram relevantes, gerando prejuízos para o orçamento do SUS. Dessa forma sugere-se a adoção de condutas para minimizar estas perdas.


Assuntos
Refrigeração , Temperatura , Vacinas/provisão & distribução
18.
Caracas; Observatorio Nacional de Ciencia, Tecnología e Innovación; 22 may. 2020. 24-29 p. (Observatorio del Conocimiento. Revista Especializada en Gestión Social del Conocimiento, 5, 1).
Monografia em Espanhol | LILACS, LIVECS | ID: biblio-1119076

RESUMO

Este ensayo tiene como objetivo discutir los modelos de propuestas de vacunas contra la SARS-CoV-2 utilizando técnicas de Crio-TEM. Para ello se fundamenta en las ideas de Humberto Fernández-Moran cuando decía, "le llegó su hora a las biomoléculas", su Criomicroscopía Electrónica de Transmisión (Crio-MET) pasó de ser una técnica engorrosa y descriptiva, a ser fácil, estructural y más apropiada para los estudios de las macromoléculas en suspensión a alta resolución cercano al nivel atómico. Después de 50 años las técnicas propuestas y desarrolladas por este ilustre venezolano, son hoy en día vigente y de gran importancia ya que han servido de base a nuevas áreas de estudio como la farmacología molecular basadas en estos principios biofísicos. El Dr. Fernández-Moran logró predecir que "a temperaturas de Helio líquido (-180 °C) y alta velocidad de congelamiento, se podrían analizar estructuras biológicas a alta resolución y en estado dinámico e hidratado libre de cristales de hielo". La Criomicroscopía Electrónica de Transmisión (Crio-MET) es un método biofísico que se emplea para el estudio de biomoléculas y complejos moleculares congelados-hidratados a resoluciones cercanas al nivel atómico. Esta técnica trajo consigo la apertura de nuevas investigaciones en Farmacología Molecular. Su aplicación en el estudio y diseño de anticuerpos moleculares han sido exitosos en la formulación de nuevos fármacos de alta especificad sin la producción de los conocidos efectos secundarios. Hoy en día la Farmacología Molecular ha logrado grandes avances en la posible producción vacunas de enfermedades infecto contagiosas que afectan a la humanidad(AU)


This essay aims to discuss models of SARS-CoV-2 vac-cine proposals using Cryo-TEM techniques. It is based on ideas Humberto Fernández Moran; when he said, "time has come for biomolecules", his Electronic Cryomicroscopy Transmission, (Cryo-TEM), went from being a cumbersome and descriptive technique to being easy, struc-tural and more appropriate for studies of macromolecules in high resolution suspension close to atomic level. After 50 years the techniques proposed and developed by this illustri-ous Venezuelan, are today valid and of great importance since they have served as a basis for new areas of study, such as molecular pharmacology based on these biophysical principles. Dr. Fernandez Moran managed to predict that "at liquid Helium temperatures (-180 ° C) and high freezing speed, biological structures could be analyzed at high resolution and in a dy-namic and hydrated state free of ice crystals." Electronic Cryo-microscopy Transmission, (Cry-oTEM) is a biophysical method that is used to study biomol-ecules and frozen-hydrated molecular complexes at resolu-tions close to the atomic level. This technique brought with it the opening of new research in Molecular Pharmacology. Its application in the study and design of molecular antibodies has been successful in the for-mulation of new high-specific drugs without the production of the known side effects. Today, molecular pharmacology has made great progress in the possible production of vaccines in infectious contagious diseas-es that affect humanity(AU)


Assuntos
Humanos , Vacinas/imunologia , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Microscopia Crioeletrônica/métodos
19.
Brasília; s.n; 8 maio 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1097403

RESUMO

Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 14 artigos e 13 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Ivermectina/uso terapêutico , Metilprednisolona/uso terapêutico , Prednisolona/uso terapêutico , Vacinas/uso terapêutico , Cloroquina/uso terapêutico , Anti-Inflamatórios não Esteroides/uso terapêutico , Corticosteroides/uso terapêutico , Combinação de Medicamentos , Oseltamivir/uso terapêutico , Glucocorticoides/uso terapêutico , Antagonistas dos Receptores Histamínicos/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico , Metformina/uso terapêutico
20.
Brasília; s.n; 12 maio 2020.
Não convencional em Português | LILACS, BRISA/RedTESA, PIE | ID: biblio-1097394

RESUMO

Essa é uma produção do Departamento de Ciência e Tecnologia (Decit) da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS), que tem como missão promover a ciência e tecnologia e o uso de evidências científicas para a tomada de decisão do SUS, tendo como principal atribuição o incentivo ao desenvolvimento de pesquisas em saúde no Brasil, de modo a direcionar os investimentos realizados em pesquisa pelo Governo Federal às necessidades de saúde pública. Informar sobre as principais evidências científicas descritas na literatura internacional sobre tratamento farmacológico para a COVID-19. Além de resumir cada estudo identificado, o informe apresenta também uma avaliação da qualidade metodológica e a quantidade de artigos publicados, de acordo com a sua classificação metodológica (revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados, entre outros). Foram encontrados 12 artigos e 15 protocolos.


Assuntos
Humanos , Pneumonia Viral/tratamento farmacológico , Infecções por Coronavirus/tratamento farmacológico , Betacoronavirus/efeitos dos fármacos , Vacinas/uso terapêutico , Azitromicina/uso terapêutico , Progressão da Doença , Ritonavir/uso terapêutico , Lopinavir/uso terapêutico , Natalizumab/uso terapêutico , Hidroxicloroquina/uso terapêutico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA