Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 149
Filtrar
1.
Rev. enferm. UERJ ; 26: e19376, jan.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-969670

RESUMO

Objetivo: avaliar as etapas de gerenciamento dos resíduos químicos perigosos - formaldeído e ortoftaldeído, manuseados pela enfermagem. Método: pesquisa descritiva e coleta de dados realizada de setembro a dezembro de 2012, no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo, por meio da aplicação da Ficha de Informação de Gerenciamento de Resíduo Químico Perigoso dos resíduos formaldeído e ortoftaldeído gerados, respectivamente, no centro obstétrico e endoscopia. Projeto aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: a análise estatística dos dados evidenciou que foram atendidas 3 (13%) especificações do total de 23 (100%) necessárias, com prevalência da identificação, seguida da segregação e nenhuma do transporte interno dos resíduos. Há necessidade de a instituição cumprir as especificações de identificações gerais em relação ao número total de avaliações nos recipientes de resíduos de formaldeído e ortoftaldeído. Conclusão: esta pesquisa proporcionou importantes diretrizes para a elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Químicos Perigosos da atenção hospitalar.


Objective: to evaluate the stages in management of hazardous chemical waste handled by nursing staff. Method: in this descriptive study, data was collected from September to December 2012 at São Paulo University Hospital, by applying the Hazardous Chemical Waste Management Information Sheet for formaldehyde and ortho-phthalaldehyde waste in the obstetric center and endoscopy, respectively. The study was approved by the research ethics committee. Results: data analysis showed that 3 (13%) of the 23 (100%) required specifications were met, predominantly identification, followed by segregation, and that none on internal waste transportation were met. The institution needs to comply with general identification specifications regarding the total number of evaluations of formaldehyde and orthophthaldehyde waste containers. Conclusion: this study also yielded important guidelines for preparation of the hospital care Hazardous Chemical Waste Management Plan.


Objetivo: evaluar las etapas de la gestión de los residuos químicos peligrosos - formaldehído y ortoftaldehído, manejados por la enfermería. Métodos: investigación descriptiva y recolección de datos realizada, de septiembre a diciembre de 2012, en el Hospital Universitario de la Universidad de São Paulo, por medio de la aplicación de la Ficha de Información de Gestión de Residuo Químico Peligroso de los residuos de formaldehído y ortoftaldehído generados, respectivamente, en el Centro de Obstetricia y Endoscopía. Proyecto aprobado por el Comité de Ética en Investigación. Resultados: el análisis estadístico de los datos mostró que fueron atendidas 3 (13%) especificaciones del total de 23 (100%) requeridas, con prevalencia de la identificación, seguida por la segregación y ninguna relacionada al transporte interno de los residuos. Es necesario que la institución cumpla con las especificaciones de identificaciones generales en relación al número total de evaluaciones en los recipientes de residuos de formaldehído y ortoftaldehído. Conclusión: la investigación proporcionó importantes directrices para la elaboración del Plan de Gestión de Residuos Químicos Peligrosos de la atención hospitalaria.


Assuntos
Resíduos Perigosos , Saúde do Trabalhador , Gerenciamento de Resíduos , Resíduos Químicos , Enfermagem do Trabalho , Brasil , Saúde Ambiental , Epidemiologia Descritiva , Formaldeído
2.
Rev. Fac. Cienc. Méd. Univ. Cuenca ; 35(2): 55-59, Diciembre 2017.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-998921

RESUMO

El desarrollo industrial de las últimas décadas, ha traído como consecuencia la acumulación de sustancias que provocan daño en el medio ambiente y la salud. Actualmente, se han detectado sustancias que siempre han estado presentes, pero que han pasado desapercibidas por falta de técnicas adecuadas para su identificación, a las cuales se les llama "contaminantes emergentes", entre ellas se encuentran productos como:fármacos, plaguicidas, cosméticos, artículos de limpieza y aseo personal entre otros. Este artículo presenta una revisión de la evidencia disponible y la importancia del estudio de los contaminante emergentes y su impacto en el medio ambiente y en la salud. Los contaminantes emergentes, son sustancias que a pesar de que pueden ser biodegradables, son muy peligrosas para el ambiente y el organismo humano debido a su bioacumulación y persistencia. Otro grave problema radica en el hecho de que actualmente, las plantas de tratamiento de aguas residuales, no los eliminan, por lo que es importante el desarrollo de nuevas tecnologías de depuración.


The industrial development of the last decades has caused the accumulationof substances that damage the environment and health.Recently, somesubstances have been detected, they have always been present, but theyhave gone unnoticed due to a lack of adequate techniques for their iden-tification, which are called "emerging contaminants", including productssuch as drugs, pesticides, cosmetics, cleaning and personal hygiene items,among others.This article presents a review of the available evidence and the importanceof the study of emerging contaminants and their impact on the environ-ment and health. The emerging contaminants are substances that although they can be biodegradable, are very dangerous forthe environment and the human organism due totheir bioaccumulation and persistence.Another seriousproblem lies in the fact that the current water treat-ment plants do not eliminate them, so the develop-ment of new purification technologies is important.


Assuntos
Resíduos Perigosos , Substâncias Tóxicas , Poluentes Ambientais , Bioacumulação , Meio Ambiente , Inter-Relação por Efeitos Negativos
3.
Rio de Janeiro; s.n; 2016. 183 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-870360

RESUMO

Introdução: Os resíduos farmacêuticos são aqueles contendo produtos farmacêuticos como,por exemplo: medicamentos vencidos ou que não necessitam mais serem utilizados,englobando também os itens contaminados ou contendo medicamentos, como ampolas,seringas, frascos etc., sendo caracterizados como resíduos perigosos dos serviços de saúde. As práticas de descarte dos resíduos farmacêuticos, combinadas com a excreção fisiológica dos fármacos e seus metabólitos, podem favorecer a incorporação de substâncias com atividade farmacológica em especial na cadeia trófica aquática. O desconhecimento ou a falta de informações sobre o correto gerenciamento dos resíduos farmacêuticos em serviços de saúde faz com que em muitos casos estes resíduos sejam ignorados, com consequências ainda incertas na saúde pública e no meio ambiente, ou recebam um tratamento com excesso de zelo, onerando os recursos das instituições de saúde. Objetivos: Analisar os conhecimentos,atitudes e práticas, bem como a percepção de risco ambiental, em profissionais de saúde de uma realidade hospitalar pública na cidade do Rio de Janeiro frente ao gerenciamento dos resíduos farmacêuticos. Metodologia: Trata-se de estudo exploratório, com aplicação de questionário auto preenchido em profissionais das classes médica, enfermagem e farmácia, de níveis superior e técnico, e visita observacional às áreas de atenção da instituição com aplicação de lista de verificação. A amostra foi composta por 313 profissionais de saúde e a visita foi realizada em cinco locais de diferentes áreas de atenção. Foram calculados indicadores compostos relacionados aos aspectos avaliados com o questionário. Resultados: Observou-se baixo nível de conhecimento relacionado ao gerenciamento dos resíduos farmacêuticos, além de atitudes e práticas inadequadas de gerenciamento destes resíduos nos locais geradores, principalmente devido às deficiências na etapa de segregação dos resíduos farmacêuticos e dúvidas quanto à adequação dos métodos de descarte disponíveis nos locais de trabalho. Apesar da percepção de risco ambiental relacionada aos resíduos farmacêuticos mostrar-se alta entre os profissionais participantes, observaram-se diferenças nas opiniões acerca do risco ambiental entre diferentes classes terapêuticas de medicamentos. A falta de procedimentos e instruções para o descarte ou devolução de resíduos farmacêuticos foi evidenciada durante as visitas observacionais. Foram sugeridos pelos profissionais entrevistados material educativo, treinamento e elaboração de rotinas para o descarte dos resíduos farmacêuticos, para minimizar o possível risco ambiental. Conclusões: Há necessidade de capacitação e educação sobre o tema, além de melhorias na infraestrutura nos locais geradores de resíduos farmacêuticos, com definição de procedimentos para o gerenciamento mais adequado destes resíduos, contribuindo assim para o cumprimento efetivo do plano de gerenciamento de resíduos da instituição e diminuição dos riscos ao meio ambiente.


Introduction: Pharmaceutical waste are expired or no longer needed medications, also including items contaminated by or containing pharmaceuticals such as ampoules, syringesand vials. This type of waste is regarded as a hazardous medical waste and may pose a varietyof environmental and health risks. Disposal practices for pharmaceutical products, combinedwith the physiological excretion of drugs and their metabolites, may favour the incorporationof substances with pharmacological activity especially in the aquatic food chain. Lack of information on the correct and safe management of pharmaceutical waste in health care services may cause adverse consequences on public health and the environment, also burdening the resources of health institutions by overzealous treatment. Objectives: The main objective of this investigation is to evaluate the knowledge, attitudes, practices and perception of environmental risk of the disposal of pharmaceutical waste, in health care professionals of apublic tertiary hospital in Rio de Janeiro. Methodology: This is an exploratory study using aself-administered questionnaire to doctors, nurses, pharmacists and their technical staff, and observational visits with checklist. Indicators for the questionnaire aspects (knowledge, attitudes and practices, risk perception) were calculated. Results: Three hundred and thirteen healthcare professionals answered the questionnaire. There were low scores of knowled gerelated to the management of pharmaceutical waste, as well as in attitudes and practicesscores, mainly due to deficiencies in waste separation, and doubts about the suitability of disposal methods available in the workplace. Despite the high scores on perception of environmental risk indicator, there were differences in opinions about the environmental risk between different therapeutic classes of drugs. In the open-ended question, the respondents suggested actions concerning increasing information, training, educating and policies towards disposing pharmaceutical wastes to minimise the risk. Observational visits were conducted atfive different areas of attention and have shown that there is a lack of procedures and instructions for disposal or return of pharmaceutical waste. Conclusions: These findings suggest that there is need for training and education on the topic, as well as improvements in infrastructure of waste generators locations and defining procedures for the appropriate management of pharmaceutical waste, thus contributing to the effective implementation of the institutional hospital waste management plan and reducing risks to the environment.


Assuntos
Humanos , Riscos Ambientais , Resíduos Perigosos , Resíduos de Serviços de Saúde , Gerenciamento de Resíduos , Indústria Farmacêutica , Legislação como Assunto , Eliminação de Resíduos , Resíduos Sólidos
4.
Rev. argent. salud publica ; 6(24): 7-14, sept. 2015. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-869543

RESUMO

INTRODUCCIÓN: la gestión de los residuos de establecimientos de atención de la salud plantea variados problemas técnicos y es influida por las circunstancias culturales, sociales yeconómicas. En Argentina, la operación está inmersa en un complejo escenario legal donde coexisten 18 marcos legislativos diferentes para residuos biopatogénicos. OBJETIVOS: Proveer las herramientas para la construcción colectiva y federal de presupuestos mínimos en la materia. MÉTODOS: Se realizó una revisión comparativa de las leyes provinciales y sus decretos reglamentarios, cotejándolas con la ley nacional para cada aspecto y siguiendo las sucesivas etapas de la gestión interna de los residuos generados en establecimientos de atención de la salud. RESULTADOS: Se relevaron 67 normas: 5 nacionales, 40 leyes provinciales y 22 decretos provinciales. En la mayoría de los ítems comparados se observó una gran diversidad de criterios y diferente nivel de profundización. CONCLUSIONES: Argentina necesita poner en agenda la actualización de las normativas de residuos de establecimientos de atención de la salud con un enfoque inclusivo de la salud ambiental y laboral, para construir presupuestos mínimos en la temática de manera colectiva y federal.


INTRODUCTION: health care waste management poses various technical problems and is influenced by cultural,social and economic contexts. In Argentina, this takes place in a complex legal scenario with the coexistence of 18 different legalframeworks for bio-pathogenic waste. OBJECTIVES: To provide the tools for the collective federal construction of mínimum agreements in this field. METHODS: A comparative review wasperformed on provincial laws and their regulatory decrees. It involved a comparison with the national law for every aspect, following the successive stages of internal health care wastemanagement. RESULTS: The review included 67 legal dispositions: 5 at national level, 40 provincial laws and 22 provincial decrees. Most of the items showed a great diversity of criteria and different depth level. CONCLUSIONS: Argentina needs toupdate the regulations on health care waste management with an inclusive approach to environmental and occupational health, in order to develop the collective federal construction of minimum agreements.


Assuntos
Humanos , Resíduos Perigosos , Resíduos de Serviços de Saúde
5.
São Paulo; SES-SP; 2015. 194 p. tab.(Coletânea Técnica CVS, 1).
Monografia em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-773044

RESUMO

Eis aqui apresentado em coletânea um conjunto de normas e orientações técnicas que evidencia o rico universo temático relativo às questões ambientais a cargo da Vigilância Sanitária no Estado de São Paulo.Além de servir à consulta rápida dos profissionais das instâncias regionais e municipais do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária (Sevisa), a coletânea tem o propósito de permitir uma visão em perspectiva dos modos de se regular os fatores ambientais de risco à saúde que se manifestaram de diferentes formas no território paulista nessas últimas duas décadas.Esta visão panorâmica remete à necessária reflexão a respeito do ofício voltado ao controle do risco sanitário e à proteção da saúde da população paulista. Pois assim, a coletânea expressa algum tanto dos desafios que o Estado de São Paulo enfrenta para o pleno desenvolvimento e bem-estar de sua gente.Ao agregar as normas e orientações mais representativas de temática ambiental elaboradas pelo CVS num período de 23 anos (1991 a 2014), a publicação retrata modos de se abordar problemas sanitários que coincidem com o processo de estruturação da Vigilância Sanitária em São Paulo, em consonância com as diretrizes constitucionais de descentralização hierarquizada das ações do Sistema Único de Saúde (SUS)...


Assuntos
Humanos , Meio Ambiente , Normas Técnicas , Saúde Ambiental , Vigilância Sanitária Ambiental , Monitoramento da Água , Normas de Qualidade da Água , Resíduos Perigosos/prevenção & controle , Saneamento de Hospitais
7.
Rio de Janeiro; s.n; nov. 2013. 146 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-719645

RESUMO

A geração de resíduos tem aumentado nas últimas décadas, seguindo tendência mundial, devido a fatores culturais, sociais e econômicos. A partir da década de 90, observou-se uma mudança de foco da gestão dos resíduos na União Europeia e Estados Unidos da América, passando-se do controle da destinação final dos resíduos para a minimização e prevenção de sua geração. Grandes geradores e empresas de gerenciamento de resíduos passaram a manter registros sobre a quantidade, classificação e destino dado aos seus resíduos, ao passo que o desenvolvimento de sistemas de informação possibilitou a verificação do cumprimento de metas de prevenção e o acompanhamento de indicadores ambientais relacionados aos resíduos sólidos. No Brasil, a Política Nacional de Resíduos Sólidos trouxe novos instrumentos e diretrizes à gestão de resíduos sólidos, que poderão proporcionar uma mudança significativa na forma como a questão dos resíduos é tratada no país. Com isto, a pesquisa tem como objetivo estudar a gestão integrada de resíduos sólidos com base no marco legal da Política Nacional de Resíduos Sólidos, analisando seus princípios, objetivos e instrumentos e, especialmente, o Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos - CNORP. A estrutura de prestação de informação ao CNORP pelos geradores e operadores de resíduos perigosos é identificada e comparada com diretrizes e instrumentos de políticas de resíduos internacionais relacionados à informação sobre resíduos com aquelas previstas na Política Nacional de Resíduos Sólidos. Por fim, é feita uma relação entre o CNORP e os outros instrumentos previstos na política nacional.


The generation of waste has increased in past decades, following global trend due to cultural, social and economic factors. From the 90s, there was a shift in focus of waste management in the European Union and the United States of America, from the controlling of waste disposal to waste prevention and minimization of its generation. Large generators and waste management companies started to keep records on the amount, classification and destination of their waste, while the development of information systems has enabled the verification of compliance with targets prevention and monitoring of environmental indicators related to solid waste. In Brazil, the National Policy on Solid Waste brought new tools and guidelines for the management of solid waste, which may provide a significant change in how the issue of waste is treated in the country. This research aims to study the integrated solid waste management based on the legal framework of the National Policy on Solid Waste, analyzing its principles, objectives and instruments and especially the National Register of Operators of Hazardous Waste - CNORP. The structure of provision of information to CNORP by generators and operators of hazardous waste is identified and compared with international guidelines and policy instruments related to waste information with those set out in National Policy on Solid Waste. This research also relates CNORP with other instruments in national politics.


Assuntos
Humanos , Censos , Meio Ambiente , Resíduos Perigosos , Política Pública , Resíduos Sólidos
8.
NOVA publ. cient ; 11(19): 73-92, Jan.-June 2013. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: lil-729498

RESUMO

El presente artículo realiza una comparación de las normas relevantes a nivel internacional para la definición, clasificación, exclusión, desclasificación e identificación de residuos peligrosos. Dentro de los principales sistemas de clasificación de residuos peligrosos se encuentran: La Convención de Basilea sobre el control de los movimientos transfronterizos de los desechos peligrosos y su eliminación, El Listado Europeo de Residuos (LER) y el Código de Regulación Federal de los Estados Unidos 40 CFR 261. Las tres normas, presentan grandes diferencias en relación a los criterios de clasificación e identificación de un residuo peligroso y, por tanto, frente a sus propios listados de clasificación. Por esta razón, el presente trabajo pretende realizar un análisis crítico comparativo entre las tres regulaciones con el objeto de analizar las ventajas e inconvenientes en relación a la definición, identificación, clasificación, exclusión y desclasificación de residuos peligrosos.


In this article the international important standards of hazardous wastes are compared including definition, exclusion, declassification and identification. Some of the main hazardous wastes classification systems are: Basel convention about the control of cross-border movement of hazardous waste and its elimination, the European list of wastes (LER) and the U.S code of federal regulations 40 CFR 261. The three standards have big differences regarding the classification criteria and identification of hazardous waste therefore about their own classification lists. For this reason, this article aims to make a critical and comparative analysis between the three regulations to analyze the advantages and disadvantages in regard to different aspects related to this problematic (definition, exclusion, declassification and identification of hazardous wastes).


Assuntos
Humanos , Conservação dos Recursos Naturais , Resíduos Perigosos , Gestão Ambiental , Convenção de Basileia
9.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 46(6): 1453-1461, dez. 2012.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-664097

RESUMO

Este estudo objetivou identificar a percepção dos trabalhadores de enfermagem sobre o manejo dos resíduos químicos perigosos no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo e elaborar uma proposta para o manejo desses resíduos. Trata-se de pesquisa de abordagem qualitativa, cuja amostra foi intencional, composta por dezoito trabalhadores de enfermagem. A coleta de dados foi realizada por meio da técnica de grupo focal. Com a análise temática foram identificadas quatro categorias que evidenciaram a deficiência de treinamento nas etapas do manejo, como a primeira dificuldade expressa, tendo aparecido ainda o desconhecimento da exposição e impactos, assim como o uso dos equipamentos de proteção individual em detrimento da proteção coletiva, seguidos das sugestões quanto às medidas de competência institucional e dos trabalhadores para o manejo seguro dos resíduos químicos perigosos. Esses dados permitiram recomendar propostas para o manejo adequado dos resíduos químicos perigosos pela enfermagem.


The objectives of this study were to identify the perceptions of nursing workers regarding the handling of hazardous chemical waste at the University of São Paulo University Hospital (HU-USP), and develop a proposal to improve safety measures. This study used a qualitative approach and a convenience sample consisting of eighteen nursing workers. Data collection was performed through focal groups. Thematic analysis revealed four categories that gave evidence of training deficiencies in terms of the stages of handling waste. Difficulties that emerged included a lack of knowledge regarding exposure and its impact, the utilization of personal protective equipment versus collective protection, and suggestions regarding measures to be taken by the institution and workers for the safe handling of hazardous chemical waste. The present data allowed for recommending proposals regarding the safe management of hazardous chemical waste by the nursing staff.


Se objetivó identificar la percepción de trabajadores de enfermería sobre el manejo de residuos químicos peligrosos en el Hospital Universitario de la Universidad de São Paulo y elaborar una propuesta para manejar dichos residuos. Investigación cualitativa, muestra intencional, constituida por 18 trabajadores de enfermería. Datos fueran recolectados por técnica de grupo focal. En el análisis temático se identificaron cuatro categorías que evidenciaron la deficiencia de capacitación en las etapas del manejo, como la primera dificultad expresada, habiendo aparecido incluso el desconocimiento sobre la exposición y sus impactos, así como el uso de equipamientos de protección individual en detrimento de la protección colectiva, seguidos de sugerencias respecto de las medidas de competencia institucional y de los trabajadores para el manejo seguro de residuos químicos peligrosos. Dichos datos permitirán recomendar propuestas para el manejo adecuado de residuos químicos peligrosos para la enfermería.


Assuntos
Humanos , Atitude do Pessoal de Saúde , Resíduos Perigosos , Eliminação de Resíduos de Serviços de Saúde , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital
10.
São Paulo; s.n; 2012. 228 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-643264

RESUMO

Introdução: O crescente consumo de equipamentos elétricos e eletrônicos (EEE) e o processo acelerado de geração de resíduos é um fenômeno global, que vêm despertando interesse científico e político. Os resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos (REEE) contêm substâncias perigosas como metais pesados e retardantes de chama e quando manejados ou dispostos inadequadamente, causam impactos ao ambiente e à saúde. Diretrizes para a gestão têm sido propostas em diversas partes do mundo, especialmente na União Europeia. No Brasil ainda não há uma política pública específica para a gestão dos REEE. A gestão requer diagnóstico que considere as características dos dois fluxos existentes: o institucional e o domiciliar. O fluxo domiciliar é complexo e problemático por apresentar geração difusa e estar associado a comportamentos e práticas adotadas pelos proprietários dos produtos. Objetivo: Estudar o fluxo domiciliar de geração e destinação de REEE no município de São Paulo/SP, caracterizando as etapas de aquisição dos produtos, armazenagem no domicílio e descarte ao final da vida útil. Método: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa dos domicílios do município de São Paulo/SP (n=395). Foi utilizado questionário estruturado pré-elaborado para levantar informações sobre: características, quantidade e comportamentos relativos a 26 tipos de EEE. Foi realizada análise descritiva dos dados, estimando-se o total de equipamentos existentes (em uso e fora de uso) e descartados nos domicílios. Além disso, realizou-se estudo de caso sobre a gestão dos REEE em Portugal à luz da política pública existente para os países da UE, por meio de entrevistas com uso de roteiros semi-estruturados, realizadas com os principais agentes envolvidos. Resultados: No município de São Paulo havia 71,8 milhões de EEE (IC95 por cento : 68,4-75,3), dos quais 8,8 milhões (IC95 por cento : 7,8-9,9) encontravam-se guardados (fora de uso). A média de equipamentos existente nos domicílios foi de 21 EEE/domicílio (IC95 por cento : 19,7-21,7). Embora a maioria dos relatos indicasse tentativa de prolongar o tempo de uso por meio do conserto (50,6 por cento ;IC95 por cento :45,9-55,9) havia limitações econômicas e técnicas; para 65 por cento o custo do conserto é o maior fator impeditivo.


Assuntos
Resíduos Domésticos , Política Ambiental , Eliminação de Resíduos , Gerenciamento de Resíduos/legislação & jurisprudência , Utensílios Domésticos , Brasil , Estudos Transversais , Resíduos Perigosos , Portugal
11.
São Paulo; s.n; 2012. 155 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-666601

RESUMO

O estudo avaliou o desempenho do gerenciamento dos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município de São Paulo, Brasil. Foi desenvolvida ferramenta para caracterizar as unidades quanto ao sistema gerencial, identificar e quantificar os resíduos gerados e levantar o grau de atendimento ao marco legalregulatório vigente. Com apoio desta ferramenta, foram realizadas duas avaliações da situação do gerenciamento dos RSS, em cada UBS: uma prévia (fev./2011) e outra, pós-intervenção (fev./2012). A avaliação prévia permitiu elaboração de um Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS) específico para cada UBS, cuja implantação foi acompanhada com intervenção, durante um ano. Na situação prévia, apenas 26 a 30 por cento das regulamentações/normas vigentes eram atendidas pelas UBS, devido à ausência de processos gerenciais sustentáveis e déficit de cuidados básicos quanto à segurança do trabalhador e usuários. Após a intervenção houve pequena melhora, ficando entre 30 e 38 por cento . Uma UBS teve melhora de 11 por cento , enquanto as demais avançaram entre 4 e 5 por cento . A taxa de geração de resíduos comuns/atendimento nas quatro UBS variou de 0,02 a 0,17kg e de resíduos infectantes/atendimento de 0,02 a 0,06kg. Novo indicador de geração foi proposto: taxa de geração de resíduos infectantes por procedimento em áreas críticas, que variou de 0,05 a 0,12kg. A ferramenta de avaliação proposta mostrou-se de fácil aplicação, gerou resultados consistentes e comparáveis e facilitou a elaboração e monitoramento do PGRSS. O marco legal-regulatório, a ferramenta, o PGRSS e o apoio técnico não foram suficientes para aprimorar o gerenciamento dos RSS nas UBS estudadas. Foram identificados como determinantes essenciais para alavancar o desempenho da gestão dos RSS em unidades de atenção básica à saúde: vontade politica e tomada de decisão, recursos humanos e econômicos, informação, capacitação e maior integração ent...


Assuntos
Eliminação de Resíduos de Serviços de Saúde/métodos , Gerenciamento de Resíduos/métodos , Indicadores de Serviços , Resíduos de Serviços de Saúde/prevenção & controle , Centros de Saúde , Indicadores e Reagentes , Resíduos Perigosos/prevenção & controle
12.
NOVA publ. cient ; 9(16)jul.-dic. 2011. graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-638318

RESUMO

El presente artículo responde a la necesidad de cubrir espacios de intervención en el manejo de los residuos en PYMES productoras de residuos peligrosos, mediante la aplicación de estrategias de prevención, centradas en la aplicación de un modelo educativo que genere beneficios económicos, sociales y al medio ambiente. La intervención para la solución de esta debilidad se presenta desde la integración y trabajo mancomunado universidad empresa, con el aporte significativo de cada uno de los escenarios, representados en el conocimiento y capacidad de investigación que caracteriza a la universidad como constructora del conocimiento y la empresa como agente relevante en el ciclo económico y productivo.


Assuntos
Ecologia , Gestão Ambiental , Resíduos Perigosos , Planejamento Socioeconômico , Desenvolvimento Sustentável , Gerenciamento de Resíduos
13.
Ciênc. saúde coletiva ; 16(8): 3553-3560, ago. 2011. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-595944

RESUMO

Observa-se na academia a discussão sobre os resíduos sólidos urbanos (RSU), sendo os oriundos de serviços de saúde (RSS) parte integrante dos RSU, não necessariamente pela quantidade gerada, mas pelo potencial de risco que afeta à saúde coletiva e ambiental. Objetivou-se verificar a vulnerabilidade do manejo dos RSS, nos estabelecimentos de atenção primária, secundária e terciária de João Pessoa - PB. Foi uma pesquisa quantitativa, exploratória e descritiva do manejo dos RSS, tendo como instrumentos de coleta de dados checklist e avaliação analítica da vulnerabilidade do manejo dos RSS. Percebeu-se que 21,05 por cento dos estabelecimentos não realizam segregação, 26,34 por cento não padronizam os sacos plásticos e 47,37 por cento dos trabalhadores responsáveis pela coleta não possuem treinamento para o manuseio dos RSS. Conclui-se que a vulnerabilidade do manejo dos RSS de João Pessoa - PB foi significativo 48,02 por cento, podendo contribuir para a deterioração da saúde ambiental e coletiva, acarretando problema de saúde pública.


The discussion in the academy on solid urban waste residues (UWR) is analyzed, with health service waste (HSW) being an integral part of UWR, not necessarily in terms of the amount generated, but due to the risk potential to collective and environmental health. The scope of the study was to verify the vulnerability of UWR handling in primary, secondary and tertiary healthcare units in João Pessoa in the state of Paraíba. This involved a quantitative, exploratory and descriptive investigation of the handling of UWR, using a checklist and analytical evaluation of the vulnerability of HSW handling for data collection. It was detected that 21.05 percent of the establishments failed to separate hazardous waste, 26.34 percent did not standardize plastic disposal bags, and 47.37 percent of the workers responsible for collection were not trained to handle HSW. It was concluded that the vulnerability of HSW handling in João Pessoa in the order of 48.02 percent, was significant, potentially contributing to the deterioration of environmental and collective health and leading to a public health problem.


Assuntos
Humanos , Eliminação de Resíduos de Serviços de Saúde/normas , Brasil , Resíduos Perigosos
14.
J. bras. patol. med. lab ; 47(3): 249-255, jun. 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-600865

RESUMO

INTRODUÇÃO: Um dos principais desafios da sociedade tem sido implantar e aperfeiçoar sistemas que realizem a destinação adequada dos resíduos gerados pelas diversas atividades humanas em função da necessidade da preservação ambiental. No Brasil, há obrigatoriedade dos responsáveis de elaborar e implantar seu Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS). OBJETIVO: Este artigo descreve a implantação do PGRSS na Divisão de Laboratório Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (DLC/HC-FMUSP), abrangendo a elaboração de planejamento relacionado com os recursos materiais, humanos e da área física. MÉTODO: O processo iniciou com a incorporação do conceito de sustentabilidade ao Sistema Integrado de Gestão (SIG), despertando o interesse em relação a não geração, minimização e reaproveitamento dos RSS, preservação dos recursos naturais e redução do impacto ambiental. CONCLUSÃO: O PGRSS facilitou a comunicação, a disseminação da informação, a conscientização, a formação da competência e o treinamento de todos os envolvidos. Várias atividades foram desenvolvidas simultaneamente, resultando em mudanças comportamentais.


INTRODUCTION: As far as environmental awareness is concerned, one of the main challenges in society has been to implement and optimize systems that perform the appropriate disposal of waste generated by several human activities. In Brazil, both the development and implementation of a Health Services Waste Management Program - HSWMP (Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde [PGRSS]) are legally required. OBJECTIVE: This article describes the implementation of HSWMP in the Central Laboratory Division of University of São Paulo Medical School Hospital - CLD/USP-MSH (Divisão de Laboratório Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo [DLC/HC-FMUSP]) comprising material, human and physical area resources. METHOD: The process started with the incorporation of the concept of sustainability into the Integrated Management System - IMS (Sistema Integrado de Gestão [SIG]), which focuses on the non-generation, minimization and recycling of health services waste in order to preserve natural resources and reduce environmental impact. CONCLUSION: The HSWMP facilitated communication, information dissemination, awareness, competence and training of all parties involved. Several activities were conducted simultaneously, which resulted in behavioral changes.


Assuntos
Eliminação de Resíduos de Serviços de Saúde/métodos , Gerenciamento de Resíduos/métodos , Resíduos Perigosos , Resíduos Laboratoriais , Pessoal de Laboratório/educação , Poluição Ambiental/prevenção & controle
15.
São Paulo; s.n; 2011. [113] p. tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-609499

RESUMO

A ampliação dos sistemas de tratamento de esgoto sanitário implica diretamente no aumento da geração de lodos de esgoto, que precisam ser adequadamente dispostos. Devido aos benefícios agronômicos, a incorporação de lodo de esgoto em solo agrícola tem sido, em diversos países, a forma mais sustentável para aproveitamento deste resíduo. A Resolução Conama 375 de 2006 normatiza essa prática no Brasil, e os critérios para a tomada de decisão quanto a ocorrência de poluentes químicos no lodo de esgoto se restringe a determinação de onze compostos inorgânicos, o que gera preocupação em relação a outros compostos presentes na matriz e que podem proporcionar riscos ao ecossistema e à saúde humana. Para complementar a avaliação de matrizes complexas como lodo de esgoto, efluentes, sedimentos, solos contaminados, se tem preconizado o uso de testes de toxicidade, os quais fornecem evidências do perigo da mistura como um todo. O objetivo da tese foi desenvolver um índice para avaliar a periculosidade de lodo de esgoto, utilizando ensaios ecotoxicológicos de curta duração e baixo custo, com objetivo de subsidiar decisões mais rápidas quanto a sua aplicação em solo agrícola. O Índice de Perigo de Lodo de Esgoto (IPLE) integrou os resultados de teste de ecotoxicidade com Vibrio fischeri, Daphnia similis e teste de inibição do alongamento de raiz e da germinação de sementes. A fórmula do IPLE desenvolvido foi: log natural de um somado ao número de testes positivos, multiplicado pela ecotoxicidade média obtida nos testes, convertidos em unidade tóxica. O IPLE foi calculado utilizando os dados publicados pela CETESB de caracterização química e ecotoxicológica de 28 amostras de lodo de esgoto coletadas em 7 Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) do Estado de São Paulo. O IPLE foi testado pela avaliação do percentual de amostras não conformes por faixa de índice, considerando para tanto os limites de substância química estabelecidos em diferentes normas de uso agrícola de...


The expansion of urban wastewater treatment plants increases the generation of sewage sludge, that must be properly disposed. Due to the agronomic benefits, the incorporation of sewage sludge on agricultural land has been in several countries, the most sustainable use of this waste. CONAMA Resolution 375 of 2006 regulates the practice in Brazil, and the criteria for chemical pollutants in the sewage sludge are based on the concentration of eleven inorganic compounds, which raises concern in relation to other compounds present in matrix that could provide risk to the ecosystem and human health. Ecotoxicology evaluation of complex samples as sewage sludge, wastewater, sediments, contaminated soils, has been often recommended to provide evidence of the whole mixture. The aim of this thesis was to develop a Sewage Sludge Hazard Index (SSHI) based on short term and low cost bioassays, to be a complementary tool for the decisionmaking process of sewage sludge application to agricultural land. SSHI integrated results from Vibrio fischeri, Daphnia similis and seed elongation/germination test. Sewage Sludge Hazard Index (SSHI) was calculated as the natural logarithm of one plus the number of positive toxic responses multiplied by the average of the toxic units obtained in each bioassay. The index was calculated using data generated by CETESB from chemical and ecotoxicological characterization of 28 samples collected in 7 different wastewater treatment plants (WWTP) of Sao Paulo State. SSHI was tested by assessing the percentage of samples non-compliances for indexranks, considering chemical thresholds of pollutants in sewage sludge from differents norms for agricultural use of sludge. All samples with SSHI above 2 (n = 15) had higher incidence of non-compliance then samples below 2 (n = 13). SSHI seems to be a good primary indicator of the hazard of sewage sludge samples, suggesting early approval or disapproval to agricultural use, also as a tool for monitoring...


Assuntos
Lodos Domésticos , Eliminação de Resíduos , Resíduos Perigosos
18.
Rev. Fac. Nac. Salud Pública ; 28(1): 56-63, ene-abr. 2010.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-561682

RESUMO

Las instituciones de salud deben brindar las condiciones necesarias para que tanto de usuarios como empleados mantengan, mejoren o recuperen su estado de salud; el manejo inadecuado de los residuos sólidos hospitalarios (RSH) constituye uno de los factores que pueden limitar el logro de este propósito. Objetivo: estimar la cantidad y composición de los residuos hospitalarios en diez hospitales locales de carácter público, ubicados en igual número de municipios del norte del departamento del Valle del Cauca, Colombia. Metodología: se estimó la cantidad y composición de los RSH a través de dos jornadas de muestreo de 24 horas cada una. Resultados: las proporciones de residuos sólidos hospitalarios de tipo peligroso (RSHP) fueron mayores o iguales a 25% y superaron los valores medios reportados por entidades como la Organización Mundial de la Salud; los residuos biosanitarios fueron la categoría con mayor aporte a la fracción de RSHP. Discusión: los valores obtenidos al determinar los indicadores kg/paciente-día estuvieron en menor o igual rango que los reportados por distintas fuentes, se considera que por el tipo de servicio prestado en las instituciones estudiadas, es más representativo para estudios de RSH el indicador kg/paciente-día.


Health-care institutions must offer adequate conditions for both employers and users in order to maintain, improve or recover their health status; inadequate health-care solid waste (HSW) management is an obstacle to achieve this global. Objective: to estimate the quantity and composition of HSW in the health-care public institutions located in ten municipalities in northern Valle del Cauca region (Colombia). Methodology: quantity and composition of HSW was estimated through two 24 hours sampling rounds. Results: the proportion of hazardous health-care solid wasted (HHSW) was usually equal to or higher than 25% and it also surpassed the mean average values reported by organization like World Health Organization, bio-sanitary waste was the category with major proportion in the HHSW fraction. Discussion: the values obtained in order to determine indicators as kg/patient-day were in a lower or equal range of those values reported by different institutional or scientific sources. Considering the health-care services offered in the evaluated institutions, the kg/patient-day indicator is considered more representative than the kg/bed day.


Assuntos
Resíduos Perigosos , Resíduos Sólidos
19.
Rev. salud pública ; 12(1): 135-143, feb. 2010. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-552326

RESUMO

Objetivo Determinar condiciones de vida, prácticas de trabajo, efectos a la salud y factores de riesgo asociados en un grupo de menores trabajadores de un mercado público en Valencia, Venezuela. Metodología Se aplicó una encuesta con variables demográficas y de exposición y se realizó análisis descriptivo de los datos, seleccionándose 44 menores. Resultados La jornada de trabajo promedio fue de 9,2 ± 3,2 horas/día. La actividad más desempeñada fue la venta de víveres/frutos (43,2 por ciento). El 22,7 por ciento de los menores presentaba retraso escolar evidente. Los síntomas más reportados fueron cefalea (84 por ciento), estrés (59,1 por ciento) y fatiga (58,2 por ciento). El 11,4 por ciento reportaron haber sufrido accidentes y 2,3 por ciento enfermedad relacionados con la actividad presente. Los factores de riesgo más reportados fueron calor (93,2 por ciento), ruido (88,6 por ciento) y repetitividad en la labor (84,1 por ciento). Se encontró una correlación significativa, inversamente proporcional, entre la edad y el estrés (p=0,04) lo cual es consistente con estudios que indican que el impacto negativo del estrés es más profundo en niños que tienen menos de 10 años de edad. Se determinó significativamente que a menor edad hay una mayor exposición a desechos tóxicos orgánicos (p=0,017) y al trabajo bajo presión (p=0,04). Conclusiones No existen procesos de recolección sistemáticos para evaluar el trabajo infantil en nuestro país aún cuando se identificaron una amplia variedad de factores de riesgo percibidas por los niños trabajadores. Para una evaluación más profunda del problema, se requieren indicadores más sensibles que permitan detectar daños tempranos y la forma de controlar la exposición a los mencionados riesgos.


Objectives This study was aimed at determining the living conditions, work practices, health effects and associated occupational risk factors in children working in a public market in Valencia, Venezuela. MethodologyA questionnaire was administered which included demographic and exposure variables; a descriptive analysis was then made of the data. Forty-four children were selected. Results The average workday lasted 9.2 ± 3.2 hours/day. Children were most frequently employed in selling provisions and fruit (43.2 percent); 22.7 percent of them were evidently backward at school. The symptoms most reported were headache (84 percent), stress (59.1 percent) and fatigue (58.2 percent). Occupational accidents were reported by 11.4 percent of the children and 2.3 percent had suffered an occupational disease related to their present activity. The most frequently occurring occupational risks were discomfort caused by heat (93.2 percent), noise (88.6 percent) and repetitive work (84.1 percent). A significant, indirect correlation was found between age and stress (p=0.04), as in publications showing that the negative impact of stress is more severe in children aged less than 10. It was determined that being a minor had greater significant association with the occupational risk of having greater exposure to organic toxic waste (p=0.017) and working under pressure (p=0.04). Conclusions There is no systematic data collection programme for assessing child labour in Venezuela even though a variety of risk factors have been identified and perceived for children. More sensitive indicators are required for the early identification of effects and how to control exposure to the risks mentioned above so that the problem can be studied in greater depth.


Assuntos
Adolescente , Criança , Feminino , Humanos , Masculino , Comércio , Bem-Estar da Criança/estatística & dados numéricos , Emprego/estatística & dados numéricos , Doenças Profissionais/epidemiologia , Acidentes de Trabalho/estatística & dados numéricos , Estudos Transversais , Escolaridade , Família , Resíduos Perigosos , Noxas , Exposição Ocupacional , Estresse Fisiológico , Inquéritos e Questionários , Estresse Psicológico/epidemiologia , População Urbana , Venezuela/epidemiologia , Local de Trabalho/psicologia , Local de Trabalho/estatística & dados numéricos
20.
La Paz; s.n; 2010. 200 p. ilus, graf.
Monografia em Espanhol | LILACS | ID: lil-652901

RESUMO

Son diversos los problemas ocasionados por el ser humano al medio ambiente, de hecho se asiste a una profunda crisis ambiental, originada por la especie biológica más poderosa que a crecido en la población.


Assuntos
Mudança Climática , Meio Ambiente , Resíduos Sólidos , Resíduos Perigosos , Incineração , Resíduos de Serviços de Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA