Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 46
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Acta colomb. psicol ; 21(2): 131-155, jul.-dic. 2018. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-949388

RESUMO

Resumen La atención compartida se refiere a episodios en los que el niño y su cuidador están enfocados intencionalmente en algún objeto o actividad, presentando intercambios físicos y emocionales. En este estudio se describió la atención compartida considerando las dimensiones de nivel de compromiso y tono emocional, y se analizó su relación con la sensibilidad materna y la intensidad de la expresión emocional gestual de niños de un año de edad. La muestra estuvo compuesta por 12 díadas madre-hijo, donde se consideró como criterios de inclusión que los niños tuvieran entre 12 y 14 meses de edad, que fueran hijos únicos, que vivieran con ambos padres, y que asistieran a sala cuna. Los instrumentos utilizados fueron la Evaluación de Atención Compartida, la Evaluación de la Expresión Emocional Gestual del Niño y la Escala de Sensibilidad del Adulto. Los resultados evidencian episodios de atención compartida en díadas madre-hijo al año de edad, además de una relación significativa entre atención compartida con el nivel de compromiso y la sensibilidad materna.


Resumo A atenção compartilhada refere-se a episódios nos quais a criança e seu cuidador estão focados intencionalmente em algum objeto ou atividade, apresentando trocas físicas e emocionais. Neste estudo, a atenção compartilhada foi descrita considerando as dimensões de nível de compromisso e tom emocional, e foi analisada sua relação com a sensibilidade materna e com a intensidade da expressão emocional gestual de crianças de um ano de idade. A amostra estava composta por 12 duplas mãe-filho, cujos critérios de inclusão eram que as crianças tivessem entre 12 e 14 meses de idade, que fossem filhos únicos, que vivessem com ambos os pais e que frequentassem o berçário. Os instrumentos utilizados foram a Avaliação de Atenção Compartilhada, a Avaliação da Expressão Emocional Gestual da Criança e a Escala de Sensibilidade do Adulto. Os resultados evidenciam episódios de atenção compartilhada em duplas mãe-filho com um ano de idade, além de uma relação significativa entre atenção compartilhada com o nível de compromisso e a sensibilidade materna.


Abstract Shared attention refers to episodes through which a child and his or her caretaker are intentionally focused on some object or activity while engaging in physical and emotional exchange. This study describes shared attention bearing in mind levels of commitment and emotional tone, and it analyzes associated relationships with maternal sensitivity and the intensity of emotional expression in one-year-old children. The sample includes 12 mother-child dyads with the following inclusion criteria: only children, of ages between 12 and 14 months, living with both parents and attending a nursery. The instruments used were the Shared Attention Assessment, the Children's Emotional Expressions Assessment, and the Adult Sensitivity Scale (ASS). Results show episodes of shared attention between mother-child dyads at one year of age. A significant relationship between shared attention, levels of commitment, and maternal sensitivity was also found.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Adulto , Herança Materna , Gestos , Relações Mãe-Filho
2.
Investig. psicol ; 20(2): 105-130, ago. 2015. tab., graf.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-905147

RESUMO

El presente trabajo introduce un sistema de categorías de observación para el estudio de la comunicación gestual comprensivo de las manifestaciones infantiles aisladas tanto como de las formaciones expresivas de gesto y palabra previas a la aparición de estructuras morfosintácticas. Se analizan las limitaciones de los códigos de observación preexistentes y se describe el procedimiento de confección del código de observación propuesto, mostrando sus ventajas. Finalmente, se discute la importancia de revalorizar al gesto como manifestación semiótica de primera magnitud, tanto por su valor semiótico específico como por su rol cooperativo en el proceso de adquisición de la lengua.


The present work introduces a category system for the research of gestural communication comprehensive of child expression both isolated and integrated in gesture-word constructions before the emergence of morphosyn tactical structures. The defects of other similar and previous category systems are analysed and the proceeding by which the present system was built is described, showing their advantages. Finally, the importance of giving the gesture a higher value as a first rate semiotic expression is discussed,considering its specific semiotic value as much as its cooperative role in the process of language acquisition.


Assuntos
Lactente , Gestos , Lactente , Comunicação , Expressão Facial
3.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 15(2): 652-670, maio-ago. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-797275

RESUMO

Segundo a perspectiva da interação social dos estudiosos da linguagem, esta se desenvolve por meio de interações bidirecionais estabelecidas entre adulto e criança desde as idades iniciais. O objetivo do estudo foi analisar a comunicação entre mãe e bebê na fase pré-verbal da criança. Participaram do estudo seis díades, filmadas em situação de brincadeira livre aos 6, 9 e 12 meses de idade do bebê. Os resultados demonstraram que, especialmente aos 9 meses, ocorrem mudanças, de modo que o gesto dêitico de alcançar deixa de ser única categoria utilizada pela criança e passa a ser substituído pelo gesto de apontar. Foi verificado também que os gestos representativos foram observados apenas a partir desta idade. Os gestos dêiticos mais utilizados no estabelecimento e manutenção de episódios interativos foram o de alcançar, por parte dos bebês, e o de mostrar, por parte das mães. Observou-se que mudanças nos gestos das crianças ao longo do seu desenvolvimento foram acompanhadas por mudanças nos gestos maternos. Tais resultados são relevantes no sentido de que contribuem para um maior conhecimento acerca da comunicação gestual mãe-bebê e do seu papel no desenvolvimento linguístico infantil.


According to the social interaction perspective, the child's language development occurs through interactions established with the adult since the early ages. This study aimed to analyze the nonverbal communication of mother-infant dyads during the first year of life. The participants were six dyads, recorded during free play when babies were 6, 9 and 12 months old. The results showed that changes occur, especially at 9 months. The reaching gesture is no longer the single category used by the child and shall be replaced by the pointing gesture. It was also noticed that the representational gestures were observed only after that age. The deictic gestures most used in the establishment and maintenance of interactive episodes were reaching, by the babies, and showing, by mothers. It was noticed that changes in the child gestures during its development were accompanied by changes in maternal gestures. These results are relevant in the sense that they contribute to a greater knowledge about mother-infant gestural communication and its role in the child's linguistic development.


Según la Perspectiva de la Interacción Social de los Estudiosos del Lenguaje, esta se desarrolla por medio de interacciones bidireccionales establecidas entre adulto y niño desde las edades iniciales. El objetivo del estudio fue analizar la comunicación no verbal de díadas madre-bebé. Participaron del estudio seis díadas, filmadas en situación de juego libre a los 6, 9 y 12 meses de edad del bebé. Los resultados demostraron que, especialmente a los 9 meses, ocurren cambios, de modo que el gesto deíctico de alcanzar deja de ser única categoría utilizada por el niño y pasa a ser sustituido por el gesto de apuntar. Fue verificado también que los gestos representativos fueron observados apenas a partir de esta edad. Los gestos deícticos más utilizados en el establecimiento y mantenimiento de episodios interactivos fueron el de alcanzar, por parte de los bebés, y el de mostrar, por parte de las madres. Se observó que cambios en los gestos del niño a lo largo de su desarrollo fueron acompañados por cambios en los gestos maternos. Tales resultados son relevantes en el sentido de que contribuyen para un mayor conocimiento acerca de la comunicación gestual madre-bebé y de su papel en el desarrollo lingüístico infantil.


Assuntos
Humanos , Feminino , Desenvolvimento Infantil , Gestos , Desenvolvimento da Linguagem , Relações Mãe-Filho/psicologia
4.
CoDAS ; 27(2): 142-147, Mar-Apr/2015. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-748851

RESUMO

Purpose: To compare abilities of imitating generic and sequential motion gesture schemes in family routines among children with Autism Spectrum Disorder (ASD) and Specific Language Impairment (SLI) and to analyze the relation between imitation index and verbal production in the ASD group. Methods: The sample was constituted by 2:1 pairing of 36 children, according to gender and age. All of them were diagnosed by a multidisciplinary team as belonging to the ASD group (n=24) or SLI group (n=12) and were under direct and indirect intervention in a school clinic. We have used the stage of imitation of the Assessment of Symbolic Maturity, which entails the imitation of nine generic and three sequential motion gesture schemes. Results: There was a tendency to a better performance of the SLI group at imitating both generic and sequential gesture schemes. As we have related the ability of imitation to the verbal production in the ASD group, a direct relation between the production of phrases and the imitation of sequential schemes was detected. Conclusion: The ability to imitate gesture and sequential schemes could be compared, and a more prominent impairment was identified in children with autism. Among them, a direct significant relationship between the ability of imitating sequential gesture schemes in family routine and verbal production of words and sentences was verified. .


Objetivo: Comparar as habilidades de imitação de esquemas gestuais simples e de sequências de ações em rotinas familiares de crianças com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e com Transtorno Específico de Linguagem e Fala (TEL) e analisar a relação entre o índice de imitação e a produção verbal das crianças do Grupo TEA. Métodos: A amostra foi constituída pelo pareamento 2:1 de 36 crianças, de acordo com gênero e faixa etária. Todas foram diagnosticadas por equipe multidisciplinar como pertencentes ao Grupo TEA (n=24) ou grupo TEL (n=12) e atendidas em intervenção direta e indireta em clínicaescola. Utilizamos a etapa de imitação da Avaliação da Maturidade Simbólica, que compreende a imitação de nove esquemas gestuais simples e de três esquemas gestuais sequenciais. Resultados: Observamos tendência de melhor desempenho do Grupo TEL na imitação de esquemas gestuais tanto simples como sequenciais. Ao relacionarmos a habilidade de imitação à produção verbal do Grupo TEA, verificamos relação direta entre produção de frases e imitação de esquemas sequenciais. Conclusão: Foi possível comparar a habilidade de imitação gestual e de esquema sequencial e verificar maior comprometimento de desempenho nas crianças com diagnóstico compatível com o Espectro do Autismo. Dentre estas, verificouse relação direta significativa entre a habilidade de imitação de sequências de rotinas familiares e a produção verbal de palavras e frases. .


Assuntos
Criança , Feminino , Humanos , Masculino , Gestos , Comportamento Imitativo , Transtorno Autístico/complicações , Transtorno Autístico/diagnóstico , Estudos de Casos e Controles , Relações Familiares , Desenvolvimento da Linguagem , Transtornos da Linguagem/complicações , Transtornos da Linguagem/diagnóstico
5.
Distúrb. comun ; 26(4)dez. 2014. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-750835

RESUMO

Introdução: AIntrodução: A voz é a principal ferramenta de trabalho do professor e está intimamente relacionada ao seu bom desempenho profissional. Diversos recursos vocais e corporais são empregados pelo professor durante a aula para despertar o interesse do aluno, facilitar a memorização e potencializar seu aprendizado. Objetivo: Estudar o desempenho comunicativo de uma professora universitária, por meio da análise perceptivo-auditiva e acústica de aspectos prosódicos da voz e da fala, e da análise dos gestos, investigando a interação desses recursos como estratégias de expressividade. Material e Método: Foram gravadas em vídeo aulas de uma professora universitária. Posteriormente, foi realizada análise perceptivo-auditiva e acústica dos aspectos prosódicos da voz e da fala, e análise visual do vídeo para classificar os gestos utilizados. Resultados: Observou-se o emprego de seis recursos vocaisexpressivos: variação da frequência, da intensidade e da velocidade de fala; pausa silenciosa; prolongamento de segmentos; e articulação exagerada. Quanto aos gestos, observou-se o uso de quatro tipos: dêitico combinado com representacional de ação, pragmático de modo, representacional de descrição figurativa e dêitico.Conclusões: na fala, a expressividade se manifestou por meio da variação da frequência (variação da curva melódica), da intensidade vocal e da velocidade de fala; da articulação exagerada; do prolongamento de segmentos; e de pausas silenciosas. Observamos o predomínio do uso de gestos dêiticos combinados com representacionais de ação. No episódioanalisado os gestos estavam associados à fala.


Introduction: The voice is the main tool of the teacher?s work and it is closely related to a good professional performance. Several vocal and body resources are used in classroom by teachers in order to arouse the interest of the student, to facilitate memorization and to enhance their learning. Purpose: To study the communication performance of a professor through an auditory perceptual and acoustic analysis of voice and speech, and through the analysis of gestures, to verify the association of theseresources as strategies of expressivity. Material and Method: We video-recorded some classes of a professor well evaluated by her students. After, we performed an auditory perceptual and acoustic analysis of the prosodic aspects of her voice and her speech, and a visual analysis of the video to classify the gestures enacted by her. Results: We noted the employment of six vocal expressive resources: frequency, intensity and speech rate variation, silent pause, extension of segments and exaggerated articulation. Regarding to gestures we observed the use of four gestural resources: a combined deictic and action gesture, modal, depiction and deictic. Furthermore, the association of gestures with speech was observed. Conclusions: In speech, the expressivity manifested through the frequency (variation of melodic curve) and vocal intensity increase, variation of speech rate, exaggerated articulation; extension of segments and silent pauses. In the gestures, the expressivity manifested predominantly by combined deictic and action gestures. In most cases, the gestures were associated with speech.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Docentes , Gestos , Comunicação não Verbal , Acústica da Fala
6.
Audiol., Commun. res ; 19(1): 61-68, 03/2014. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-705729

RESUMO

Objetivo : Caracterizar as inovações nos telejornais brasileiros e analisar os impactos na expressividade dos apresentadores, com ênfase nos recursos não verbais. Métodos : O corpus da pesquisa foi constituído por cinco telejornais nacionais brasileiros: Primeiro Jornal (Rede Bandeirantes), Bom Dia Brasil (Rede Globo), Jornal da EPTV (Rede Globo), GloboNews, Edição das 18h (Globo News), Leitura Dinâmica (Rede TV). Os telejornais foram gravados durante cinco semanas, entre os meses de outubro e novembro de 2011. Foi realizada decupagem e edição do material e as cenas selecionadas foram congeladas e transformadas em imagens (formato .jpg ). A análise foi feita pela pesquisadora e por uma fonoaudióloga com experiência e especialização em voz e buscou identificar aspectos das condições de trabalho (cenários, mobiliário, materiais, recursos e/ou equipamentos) e da expressividade dos apresentadores (postura, deslocamentos e comportamento não verbal: expressões corporais, faciais e gestos). Resultados : Foram observados, no contexto das condições de trabalho: cenários com ambientes integrados; ausência da bancada e mobiliário diversificado; novos recursos, tecnologias e equipamentos, como monitores, telas e telões interativos, cenários virtuais, controle remoto de teleprompter pelo apresentador , notebooks, tablets e serviço de acesso à internet. Observou-se uma nova dinâmica de apresentação do telejornal, envolvendo processos interativos diretos, mediados e/ou virtuais. Tais situações, não previstas no modelo tradicional de telejornal, nem na literatura fonoaudiológica em jornalismo, levam o apresentador a realizar diferentes formas de acomodação, posturas, posições, movimentos e deslocamentos, simultaneamente ao emprego dos recursos ...


Purpose : To present innovation features in Brazilian newscast and to analyze their impact on the expressiveness of the anchors, emphasizing non-verbal resources. Methods : The corpus of the research is five Brazilian TV news shows: Primeiro Jornal (Bandeirantes Television ), Bom Dia Brasil (Globo Television ), Jornal da EPTV (Globo Television ), GloboNews 6PM-edition (Globo News), Leitura Dinâmica (Rede TV). The news shows were recorded for five weeks during October and November, 2011. The shooting script and edition of the material was conducted and the selected scenes were frozen and converted into images (.jpg format). The analysis was carried out by the researcher and by a language and speech specialist with experience in voice studies, and aimed at identifying aspects of the work conditions (scenery, furniture, materials, resources and and/or equipment) and its relation to the anchors’ expressiveness (posture, dislocation, and non-verbal behavior: body and face expressions and gestures). Results : The following technologies were observed: monitors, screens, interactive screens, virtual sceneries, remote control of the teleprompter by the anchor, notebooks, tablets, and internet access. The inclusion of new technologies, equipment and resources in news broadcasting makes the anchor, during the interaction with these devices, perform other and different forms of accommodation, posture, positions and movements, different from those employed in traditional news broadcasting. Results : As to work conditions, integrated-environment settings, lack of counter or other types of furniture, new resources, technologies and equipment, such as monitors, screens and interactive screens, virtual settings, teleprompter remote control used by the presenter, notebooks, tablets and internet access were observed. A new dynamics is created in news casting, involving direct, mediated and/or virtual interactive processes. Such situations, ...


Assuntos
Humanos , Brasil , Jornalismo/tendências , Comunicação não Verbal , Televisão/tendências , Imagem Corporal , Expressão Facial , Gestos , Notícias , Aparência Física , Postura , Fonoaudiologia , Desenvolvimento Tecnológico , Mídia Audiovisual , Local de Trabalho
7.
Medicina (B.Aires) ; 73(6): 539-542, Dec. 2013. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-708575

RESUMO

This paper discusses the challenges and innovations related to the use of telementoring systems in the operating room. Most of the systems presented leverage on three types of interaction channels: audio, visual and physical. The audio channel enables the mentor to verbally instruct the trainee, and allows the trainee to ask questions. The visual channel is used to deliver annotations, alerts and other messages graphically to the trainee during the surgery. These visual representations are often displayed through a telestrator. The physical channel has been used in laparoscopic procedures by partially controlling the laparoscope through force-feedback. While in face to face instruction, the mentor produces gestures to convey certain aspects of the surgical instruction, there is not equivalent of this form of physical interaction between the mentor and trainee in open surgical procedures in telementoring systems. Even that the trend is to perform more minimally invasive surgery (MIS), trauma surgeries are still necessary, where initial resuscitation and stabilization of the patient in a timely manner is crucial. This paper presents a preliminary study conducted at the Indiana University Medical School and Purdue University, where initial lexicons of surgical instructive gestures (SIGs) were determined through systematic observation when mentor and trainee operate together. The paper concludes with potential ways to convey gestural information through surgical robots.


Este artículo discute los desafíos e innovaciones relacionadas al uso de sistemas de tutoría en telecirugía (telementoring). La mayoría de los sistemas presentados se basan en tres tipos de canales de interacción: auditivo, visual y físico. El canal auditivo permite al instructor instruir verbalmente al alumno, y a este último hacer preguntas. El canal visual es usado para transmitir al alumno anotaciones, alertas y otro tipo de mensajes gráficos durante la cirugía. Estas representaciones visuales aparecen en un marcador de vídeo (telestrator). El canal físico ha sido usado en cirugías laparoscópicas por medio de retroalimentador de fuerza (forcefeedback). Mientras que en la instrucción cara a cara, el instructor hace gestos para transmitir ciertos aspectos de la instrucción quirúrgica, esta forma de interacción no tiene un equivalente en la interacción entre instructor y alumno en sistemas de telementoring. Si bien la tendencia es conducir procedimientos mínimamente invasivos (MIS) con estos sistemas, se deben tener en cuenta cirugías de trauma, todavía necesarias, especialmente donde la resucitación inicial y estabilización del paciente es un tema crítico y urgente. Este artículo presenta un estudio preliminar conducido en la Escuela de Medicina de Indiana (EE.UU.) y en la Universidad Purdue, donde el vocabulario de gestos (lexicons) usados en instrucción quirúrgica (SIGs) se determinaron por medio de observaciones sistemáticas mientras el instructor y el alumno operaban juntos. Se concluye discutiendo maneras alternativas de presentar esta información de gestos por medio de robots quirúrgicos.


Assuntos
Humanos , Educação a Distância/métodos , Educação Médica Continuada/métodos , Salas Cirúrgicas , Robótica/métodos , Cirurgia Assistida por Computador/educação , Telemedicina/métodos , Recursos Audiovisuais , Gestos , Invenções , Sistemas Homem-Máquina , Mentores , Robótica/educação , Materiais de Ensino , Telemedicina/instrumentação
8.
Hacia promoc. salud ; 17(2): 110-124, jul.-dic. 2012. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-675148

RESUMO

Objetivo: Interpretar la estructura del lenguaje no verbal desde los niveles sintáctico, semántico y pragmático de la comunicación y los modelos de la misma para determinar la acción del gesto como signo en jóvenes en situación de discapacidad auditiva. Materiales y Métodos: Estudio de corte semiótico que plantea el reconocimiento de las reglas subyacentes al lenguaje codificado, en este caso se profundizó en la naturaleza del fenómeno gestual; se aplicaron protocolos de observación y se realizó un registro fílmico que fue sometido al microanálisis de cada escena y secuencias individuales, lo que llevó a descripciones más detalladas de aquellos gestos que ayudaron a responder la pregunta de investigación. Resultados: La comunidad de no oyentes se comunica de manera tan fluida como lo hacen los oyentes utilizando un sistema diferenciado –lenguaje de señas– que implica así mismo el uso de signos alternos capaces de enriquecer el proceso de transmisión y recepción de mensajes. Conclusiones: El signo en la comunicación del no oyente toma diferentes formas; el lenguaje codificado es una de ellas siendo este la estructura gramatical del lenguaje de señas o manual; los sonidos fónicos, la lectura labio facial y el gesto hacen parte del lenguaje no codificado, elementos que se exponen de manera espontánea durante la comunicación


Objective: To interpret the structure of non-verbal language from syntactic, semantic and pragmatic levels of communication and its models for determining the action of a gesture as a sign in Young persons with hearing disabilities. Material and Methods: The semiotic study presents recognition of underlying rules to encoded languages. In this research the nature of the gestural phenomenon was studied in depth; observation protocols were applied and records on film were carried out and submitted to microanalysis of each scene and individual sequences which resulted in more detailed descriptions of those gestures that helped to answer the research question. Results: The non-hearing community communicates in a way as fluent as hearing people do using a differentiated system –sign language– that also implies the use of alternate signs that are able to enrich the transmission process and message reception. Conclusion: The sign in communication of the deaf people takes different forms; encoded languages is one of them, being this one the grammatical structure of the manual or sign language; phonic sounds, lip-reading and body language make part of the non-encoded language, elements that are exposed in a spontaneous way during communication


Objetivo: Interpretar a estrutura da linguagem no verbal desde os níveis sintáticos, semântico e pragmático da comunicação e os modelos da mesma parte determinar a ação do gesto como signo em jovens em situação de deficiente auditivo. Materiais e Métodos e Materiais: Estudo de corte semiótico que projeta o reconhecimento das regras subjacentes à linguagem codificado, neste caso se afundou na natureza do fenômeno gestual; aplicaram se protocolos de observação e se realizou um registro fílmico que foi submetido ao microanalise de cada cena e sequencias individuais, o que levou a descrições mais detalhado de aqueles gestos que ajudaram a responder a pergunta de pesquisa. Resultados: A comunidade de não ouvintes se comunica de maneira tão fluida como o fazem os ouvintes utilizando um sistema diferenciado – linguagem de senhas- que envolve assim mesmo o uso de signos alternos capazes de enriquecer o processo de transmissão e recepção de mensagens. Conclusões: O signo na comunicação do não ouvinte toma diferentes formas; a linguagem codificada é uma delas sendo este a estrutura gramatical da linguagem de senhas ou manual; os sons fônicos, a leitura lábio facial e o gesto fazem parte da linguagem não codificada, elementos que se expõem de maneira espontânea durante a comunicação


Assuntos
Adolescente , Adolescente , Comunicação , Gestos , Cinésica , Pessoas com Deficiência Auditiva
9.
Psicol. ciênc. prof ; 32(4): 776-791, 2012.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-666080

RESUMO

Nosso objetivo é pensar sobre o corpo em uma perspectiva fenomenológico-existencial, tomando Heidegger e Merleau-Ponty como referência. Nas concepções tradicionais, tem-se compreendido o corpo como mecanismo biológico, contraposto a uma instância suprassensível (razão, psique ou alma), como fonte de prazer erótico e impessoal e, mais contemporaneamente, como cartão de visita submetido aos ditames da moda, da saúde e da boa forma. Seriam essas concepções absolutas ou expressão de determinado modo de ser da sociedade contemporânea? Que implicações têm tais concepções? Haveria algo impensado? A princípio - consideramos -, há muito que se pensar sobre o corpo sob diversos ângulos temáticos e teóricos, e tanto tais concepções tradicionais quanto as atuais são expressões de um modo de pensar de determinada época. Fazendo uma reflexão respaldada no pensamento heideggeriano, procuramos mostrar um dos caminhos possíveis de se repensar o corpo, procedendo a algumas aproximações com o pensamento de Merleau-Ponty. Veremos como a concepção atual de corpo se vincula a determinada concepção de homem e de ser e que temos uma espécie de intimidade original com o mundo que o olhar sobre o corpo aponta. Tal intimidade deve ser recuperada para cultivarmos um modo mais humano e mais próximo com os outros.


This essay presents an existential-phenomenological perspective of the body, having Heidegger and Merleau-Ponty as reference authors. In the traditional conceptions, the body has been understood as a biological mechanism in opposition to a supersensible instance (ration, mind or soul), as source of erotic and impersonal pleasure, and most recently, as a ‘visit card’, submitted to fashion, health and good shape tendencies. Would those conceptions be absolute or expression of a certain way of life of the contemporaneous society? Which implications do those conceptions have? Would there be something still unthought? In the first place - we think - there is a lot to consider about the body under theoretical and thematic obliquities. Reflecting on this based on the heideggerian view, this essay intents to show one of the possible ways to rethink the body, according to some approximations to Merleau-Ponty’s view. We will see how the present body conception is linked to a certain conception of man and being and that we have a kind of “original intimacy” with the world that the body conception defended in this essay points out. We should recover this intimacy in order to raise a more human, close and intimate way of being in the world and with other people.


Nuestro objetivo es pensar sobre el cuerpo desde una perspectiva fenomenológico-existencial, tomando Heidegger y Merleau-Ponty como referencia. En las concepciones tradicionales, se ha comprendido el cuerpo como mecanismo biológico, contrapuesta a una instancia suprasensible (razón, psiquis o alma), como fuente de placer erótico e impersonal y, más contemporáneamente, como tarjeta de visita sometido a los dictámenes de la moda, de la salud y de la buena forma. ¿Serían ésas concepciones absolutas o una expresión de determinado modo de ser de la sociedad contemporánea? ¿Qué implicaciones conllevan dichas concepciones? ¿Habría algo impensado? A principio - consideramos -, hay mucho qué pensar sobre el cuerpo desde diversos ángulos temáticos y teóricos, y tanto dichas concepciones tradicionales como las actuales son expresiones de un modo de pensar de determinada época. Haciendo una reflexión respaldada en el pensamiento heideggeriano, buscamos mostrar uno de los caminos posibles de repensarse el cuerpo, procediendo a algunos acercamientos con el pensamiento de Merleau-Ponty. Veremos cómo la concepción actual de cuerpo se vincula a determinada concepción de hombre y de ser y que tenemos una especie de intimidad original con el mundo que la mirada sobre el cuerpo señala. Dicha intimidad debe ser recuperada para que cultivemos una forma más humana y más cercana con los demás.


Assuntos
Humanos , Existencialismo , Corpo Humano , Humanos , Sexualidade , Gestos , Psicologia
10.
J. Soc. Bras. Fonoaudiol ; 23(3): 277-280, jul.-set. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-602041

RESUMO

O objetivo deste estudo de casos múltiplos é apresentar elementos para a discussão e a análise do desenvolvimento da comunicação desde o período pré-verbal. A apresentação dos casos inicia-se com a descrição do corpus de análise, seguida pela síntese dos dados referentes aos aspectos pragmáticos da comunicação de seis sujeitos, entre o primeiro e o 36º mês de vida. Foram incluídos os dados referentes ao número de atos comunicativos expressos por minuto, a ocupação do espaço comunicativo, a proporção de utilização dos meios comunicativos e a proporção de interatividade da comunicação. A análise individualizada do número de atos comunicativos produzidos em cada uma das amostras evidencia uma tendência crescente quase constante. No entanto, variações individuais também ocorreram. A ocupação do espaço comunicativo mostrou variações maiores e mais constantes que, não obstante, continuam a evidenciar evolução. O acompanhamento longitudinal possibilita a observação da proporção do uso do meio verbal e seu papel fundamental na comunicação de crianças a partir dos 21 meses. A partir dos 30 meses, esse meio é mais usado que o meio gestual, embora os gestos continuem a ser responsáveis por uma parte importante da comunicação iniciada pela criança. No que diz respeito à interatividade de comunicação, os dados evidenciam que os bebês buscam interação desde o nascimento e que, com o avanço da idade, ampliam suas habilidades comunicativas em qualidade e quantidade.


The aim of this multiple case-study is to present issues to the analysis and discussion of communicative development since the pre-verbal period. The case presentation starts with the description of the analyzed sample followed by the synthesis of data regarding the pragmatic aspects of six subjects, from the 1st to the 36th month of life. Data regarding the number of communicative acts expressed per minute, occupation of the communicative space, proportion of use of the communicative means and the communication's interaction proportion are included. The individualized analysis of the number of communicative acts produced per minute in each sample shows an increasing tendency that is almost constant, but also frequent individual variations. The occupation of the communicative space has shown larger and more constant variations that, nevertheless, continue to evidence evolution. The longitudinal follow-up allowed the observation of the proportion of the use of the verbal communicative mean and its essential role in the child's communication from the 21st month on. Since the 30th month the verbal mean is the more frequent but the gestural mean is still responsible for an important part of the communication initiated by the child. In what refer to the communication's interactivity, data show that the infant seek the interactivity since birth and that with age improve the quality and quantity of his/her communication's abilities.


Assuntos
Pré-Escolar , Humanos , Lactente , Linguagem Infantil , Gestos , Estudos Longitudinais , Relações Mãe-Filho , Comportamento Verbal/fisiologia
11.
Paidéia (Ribeiräo Preto) ; 21(49): 257-262, maio-ago. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-599831

RESUMO

O objetivo deste artigo é apresentar e discutir, em uma interlocução com o pensamento winnicottiano, a potencialidade mutativa de uma modalidade de prática psicológica denominada Enquadre Clínico para Desenvolvimento de Capacidades; propõe, ainda, uma elaboração conceitual que distingue capacidades integradas e competências dissociadas. À luz de tal distinção, essa alternativa clínica pode ser compreendida como constituição de um ambiente facilitador que favorece tanto o desenvolvimento de capacidades incipientes como a integração de competências dissociadas, que passam a ser vividas transicionalmente como experiências criativas. Esse enquadre vem sendo utilizado produtivamente na forma de uma oficina voltada ao desenvolvimento da capacidade de escrever.


This work presents and discusses the change potential of a modality of psychological practice named Capacities Development Clinical Setting, in a dialog with the Winnicottian thought; in addition, it proposes a conceptual elaboration which differentiates integrated capacities from dissociated competencies. In the light of such differentiation, this clinical alternative can be understood as the constitution of a facilitating environment that favours both the development of incipient capacities and the integration of dissociated competencies, which then start being transitionally lived as creative experiences. This setting has been applied productively in a workshop aiming at the development of writing skills.


Este trabajo presenta y discute, en interlocución con el pensamiento winnicottiano, la potencialidad mutativa de una modalidad de práctica clínica psicológica denominada Encuadre Clínico para Desenvolvimiento de Capacidades; propone, además, una elaboración conceptual que distingue capacidades integradas y competencias dissociadas. A la luz de tal distinción, esta alternativa clínica puede ser compreendida como constituición de un ambiente facilitador que favorece tanto el desarrollo de capacidades incipientes como la integración de competencias disociadas que passan a ser vividas transicionalmiente como experiencias creativas. Este encuadre se lo viene utilizando productivamente en forma de taller destinado al desenvolvimieno de la capacidad de escribir.


Assuntos
Criatividade , Gestos
12.
Ide (São Paulo) ; 34(52): 193-205, ago. 2011. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-642825

RESUMO

A autora usa como inspiração a obra de José Leonilson, Voilà mon coeur (1989), para falar do gesto amoroso do analista na relação com o analisando. Trata-se da disponibilidade do analista, em sua tarefa diária, para entregar-se à experiência emocional, que se apresenta para ser vivida na sala de análise. O gesto amoroso inclui disposição à profunda intimidade psíquica, à hospitalidade, ao exercício da capacidade negativa, da convivência permanente com fragmentos e escuridão. O gesto amoroso é também a tessitura cuidadosa, humilde e respeitosa do que foi esgarçado pelos traumas do viver humano.


Inspired in the work of José Leonilson, Voilà mon coeur (1989), the author deals about the loving gesture of analyst in your relationship with patient. Loving gesture is the analyst availability, in your daily function, to abandon yourself toward emotional experience presents in the analysis room. The loving gesture comprehends inclination to deep psychic intimacy, to hospitality, to exercise the negative capacity, living together fragments and darkness. The loving gesture is also the careful, modest and respectful tissue of disruptions induces by traumatic human experiences.


Assuntos
Gestos
13.
Motriz rev. educ. fís. (Impr.) ; 16(3): 620-628, jul.-set. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-563285

RESUMO

A partir da observação participante de um grupo de capoeira na cidade do Natal/RN, busca-se evidenciar nuanças de uma racionalidade tatuada no corpo e no gesto, a partir do jogo da capoeira. Para tanto, aplicamos o método da fenomenologia proposta por Merleau-Ponty, a partir da sistematização de notas visuais como ferramenta metodológica para a observação do gesto e do corpo no jogo da capoeira. São apresentados argumentos a partir da intencionalidade da experiência do corpo na capoeira, que dizem do humano, da sociedade e da cultura, na medida em que o sentido da gestualidade e do corpo são tecidos nas ações mútuas, estabelecidas e reconhecidas pelos sujeitos.


From the participant observation of a group of capoeira in the city of Natal/RN, looks to show nuances of rationality tattooed body and gesture, from the game of capoeira. To this end, we apply the method of phenomenology proposed by Merleau-Ponty, based on the systematization of visual score as a methodological tool for the observation of gesture and body in the game of capoeira. It presents arguments from the intentionality of body experience in capoeira, saying the human society and culture, to the extent that the meaning of gestures and body tissues are in the mutual actions, established and recognized by the subjects.


Assuntos
Humanos , Gestos , Cinésica , Percepção de Movimento , Esportes
14.
Temas desenvolv ; 17(99): 146-152, abr.-jun. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-604819

RESUMO

Apresenta-se o conceito de campo sonoro, agregando-o aos campos motor, afetivo e cognitivo descritos na teoria do desenvolvimento de Henry Wallon, e o seu caminho, ora em destaque ora secundariamente, pelos estágios propostos por Wallon, aos quais se acrescenta o Estágio Sensorial (fetal). A partir de um conjunto interligado de elementos do som (vibração, presença-ausência, timbre, intensidade, ressonância, difração, espaço-volume), são discutidos conceitos como imagem e gestos sonoros para demonstrar a participação do campo sonoro no desenvolvimento infantil. As autoras ressaltam a importância deste conhecimento por parte de profissionais da Saúde e da Educação, tanto para servir de instrumento auxiliar em avaliações quanto para abrir possibilidades de criação de estratégias de estimulação.


The concept of sonority aggregated to motor, affective and cognitive fields described in Henry Wallon's theory of development is presented, showing how it moves, sometimes in limelight and sometimes secondarily, through in the stages proposed by Wallon, added to them the Sensitive Stage (fetal). From an interconnected group of sound elements (vibration, sonority, presence-absence, timbre, intensity, diffraction and volume), concepts like sound images and gestures to demonstrate the participation of the sonority field in the infant development are discussed. The authors highlight the importance of this knowledge for Healthy and Education professionals, both to be used as an auxiliary tool in evaluations and for opening possibilities of creating stimulation strategies.


Assuntos
Humanos , Criança , Desenvolvimento Infantil , Gestos , Percepção Sonora , Som
15.
Rev. Soc. Bras. Fonoaudiol ; 15(3): 458-464, 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-566379

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi caracterizar o papel dos gestos nos estágios iniciais do desenvolvimento da linguagem oral de crianças com desenvolvimento típico e crianças com síndrome de Down (SD), a partir de amplo levantamento bibliográfico em bases de dados, abrangendo as duas últimas décadas de estudos na área. A literatura pesquisada sugere que os gestos desempenham papel importante no desenvolvimento da linguagem oral, fornecendo à criança recursos cognitivos extras para a aprendizagem de novas palavras e enunciados. É apontada também a função social dos gestos nesse processo, na medida em que sinalizam ao interlocutor que a criança já está pronta para receber determinado input linguístico, eliciando produções verbais do adulto que fornecem à criança o modelo de como expressar suas ideias inteiramente por meio da fala. Com relação às crianças com SD, os gestos também parecem ser preditivos do desenvolvimento lexical; porém, apenas em relação ao vocabulário receptivo, enquanto as dificuldades específicas relatadas em relação à transição das combinações de gesto e palavra para as combinações de duas ou mais palavras têm sido especuladas como o primeiro indício de futuros déficits no desenvolvimento da sintaxe, frequentemente observados nessa população. Além disso, os estudos na área têm sugerido que características da interação comunicativa entre mãe e criança com SD, tais como a produção de gestos de forma breve e confusa pelas crianças e menor responsividade de suas mães, também podem contribuir para as dificuldades de expressão verbal observadas nessas crianças.


The aim of the present study was to characterize the role of gestures at the initial stages of oral language development in typically developing children and children with Down syndrome (DS), based on a large bibliographic review in scientific databases, covering the past two decades of studies on this subject. The researched literature suggests that the gestures play an important role in oral language development, providing the child with extra cognitive resources for the learning of new words and utterances. It has also been pointed out the social function of gestures in this process, since they sign to the interlocutor that the child is already ready to receive a particular linguistic input, eliciting verbal productions from the adult, who provide the child with the model of how to express his or her ideas completely in speech. Concerning the children with DS, the gestures also seems to be predictive of lexical development, but only regarding receptive vocabulary, while the specific difficulties reported concerning the transition from gesture-word combinations to multi-word utterances have been speculated as an early indicative of later deficits in syntax development, frequently reported in this population. Besides that, the studies in this field have suggested that the characteristics of the parent-child communicative interaction in children with DS, such as the production of brief and unclear gestures by the child, and the lesser responsivity of their mothers, can also contribute to the deficits in expressive language presented by these children.


Assuntos
Humanos , Criança , Síndrome de Down , Gestos , Desenvolvimento da Linguagem
16.
Clinics ; 64(2): 83-90, 2009. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-505368

RESUMO

OBJECTIVE: To developa Brazilian version of the gesture behavior test (GBT) for patients with chronic low back pain. METHODS: Translation of GBT into Portuguese was performed by a rheumatologist fluent in the language of origin (French) and skilled in the validation of questionnaires. This translated version was back-translated into French by a native-speaking teacher of the language. The two translators then created a final consensual version in Portuguese. Cultural adaptation was carried out by two rheumatologists, one educated patient and the native-speaking French teacher. Thirty patients with chronic low back pain and fifteen healthcare professionals involved in the education of patients with low back pain through back schools (gold-standard) were evaluated. Reproducibility was initially tested by two observers (inter-observer); the procedures were also videotaped for later evaluation by one of the observers (intra-observer). For construct validation, we compared patients' scores against the scores of the healthcare professionals. RESULTS: Modifications were made to the GBT for cultural reasons. The Spearman's correlation coefficient and the intra-class coefficient, which was employed to measure reproducibility, ranged between 0.87 and 0.99 and 0.94 to 0.99, respectively (p < 0.01). With regard to validation, the Mann-Whitney test revealed a significant difference (p < 0.01) between the averages for healthcare professionals (26.60; SD 2.79) and patients (16.30; SD 6.39). There was a positive correlation between the GBT score and the score on the Roland Morris Disability Questionnaire (r= 0.47). CONCLUSIONS: The Brazilian version of the GBT proved to be a reproducible and valid instrument. In addition, according to the questionnaire results, more disabled patients exhibited more protective gesture behavior related to low-back.


Assuntos
Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Avaliação da Deficiência , Gestos , Dor Lombar/diagnóstico , Inquéritos e Questionários/normas , Traduções , Doença Crônica , Comparação Transcultural , Dor Lombar/fisiopatologia , Reprodutibilidade dos Testes , Estatísticas não Paramétricas
17.
Pró-fono ; 20(4): 243-248, out.-dez. 2008. graf, tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-502024

RESUMO

TEMA: a comunicação das crianças com síndrome de Down (SD) é muitas vezes prejudicada devido a dificuldades nos aspectos fonológico, sintático e semântico da linguagem. Para compensar essas dificuldades, muitas crianças utilizam os gestos por um tempo mais prolongado do que as crianças com desenvolvimento típico (DT). OBJETIVO: verificar o desempenho de crianças com SD no que diz respeito ao modo comunicativo (verbal, vocal e gestual) utilizado na interação espontânea com um adulto em situação de brincadeira. MÉTODO: 28 crianças com SD foram estudadas em duas situações distintas: brincadeira com o terapeuta e brincadeira com o cuidador. Foram consideradas as teorias pragmáticas para análise dos resultados. Para determinar a significância estatística foram usados os testes Kuskal-Wallis, Mann-Whitney e Wilcoxon e determinado o nível de significância em 5 por cento. RESULTADO: houve maior utilização do meio comunicativo verbal na interação com o cuidador e do meio gestual na interação com o terapeuta. CONCLUSÃO: considerando que o meio comunicativo mais utilizado socialmente é o verbal, podemos considerar que a comunicação, nesse ponto de vista, foi mais efetiva na situação de brincadeira com o cuidador. No entanto, embora tenham sido produzidos menos atos comunicativos verbais na interação com o terapeuta, a criança utilizou o gesto para se comunicar, ou seja, a falta ou pouca comunicação verbal não impediu que a criança se comunicasse com seu interlocutor.


BACKGROUND: the communication of children with Down syndrome (DS) is frequently impaired due to difficulties in the phonological, syntactic and semantic aspects of language. In order to compensate these difficulties, many children use gestures for a longer period of time than children who present typical development (TD). AIM: to verify the performance of children with DS regarding their communicative profile (verbal, oral and gestural) during a play situation and a spontaneous interaction with an adult. METHODS: 28 children with DS were studied in two different play situations: with a speech-language therapist and with the adult caregiver. Pragmatic theories were usede to analyse the data. To determine the statistical significance of the results, the statistical tests of Kruskal-Wallis, Mann-Whitney and Wilcoxon and the confidence interval were used with a significance of 5 percent. RESULTS: the verbal communication mean was used mostly during the interaction with the caregivers and the gestural communication mean was used mostly during the interaction with the therapists. CONCLUSION: considering that the verbal communication mean is the one which is socially more used, the play situation with the caregiver was the most effective. However, although less verbal communicative acts were produced during the interaction with the speech-language therapist, the child used gestures to communicate, that is, the lack or little verbal communication did not stop the child from communicating with the interlocutor.


Assuntos
Adulto , Criança , Pré-Escolar , Humanos , Síndrome de Down/psicologia , Relações Interpessoais , Comunicação não Verbal/fisiologia , Comportamento Verbal/fisiologia , Cuidadores , Intervalos de Confiança , Síndrome de Down/fisiopatologia , Gestos , Jogos e Brinquedos , Estatísticas não Paramétricas
18.
São Paulo; s.n; 2008. [173] p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-587273

RESUMO

Crianças e adolescentes com síndrome de Down (SD) apresentam particularidades de linguagem e fala em função de múltipos fatores: anatômicos, fisiológicos, cognitivos, linguísticos, comprometendo a inteligibilidade de fala e as habilidades conversacionais. Caracterizam-se por atraso no desenvolvimento da linguagem, sobretudo expressiva, com uso prolongado dos gestos. Na condição de expressão verbal, apresentam comprometimentos quanto à sintaxe, morfologia, léxico, inteligibilidade de fala. Justifica-se, assim, o uso de Comunicação Suplementar e/ou Alternativa (CSA) para promover a capacidade de comunicação dos indivíduos com SD, com possibilidade de também promover a linguagem verbal. Objetivou-se neste estudo, verificar, em acompanhamento longitudinal (doze meses), a influência do uso da CSA na aquisição lexical em cinco participantes com SD (5;3 a 11;8 anos), que se encontravam no estágio cognitivo pré-operatório segundo pressupostos da Epistemologia Genética, e que apresentavam dificuldades severas de linguagem quanto à expressão, com uso prioritário do meio verbal e/ou vocal para se comunicarem. Utilizou-se avaliação de linguagem e cognição para identificar o estágio cognitivo; prova de pragmática para identificar o meio de comunicação; prova de vocabulário expressivo para as avaliações e reavaliações, no início e término de intervenção, para identificar o ganho lexical neste intervalo. Os dados foram analisados quanto aos resultados das avaliações e reavaliações de vocabulário expressivo, bem como quanto ao desempenho terapêutico dos participantes. Todos os participantes diminuíram o número de não respostas na prova de vocabulário expressivo, mas não necessariamente aumentaram as respostas corretas, e sim o uso dos processos de substituição. Nestes, incluem respostas pelo meio verbal e não-verbal. Houve aumento discreto do uso do meio verbal. Mas, destacou-se o uso de gestos idiossincráticos nesta população. Nem todos os participantes...


Children and adolescents with Down Syndrome (DS) present particular language and speech features due to multiple factors: anatomical, physiological, cognitive, linguistic, which compromise speech intelligibility and conversation skills. These deficits are characterized by late development in language particularly concerning expressive language, as well as prolonged use of gestures. In verbal expression, Downss patients present impaired syntax, morphology, lexicon and speech intelligibility. The use of Augmentative and Alternative Communication (AAC) is thus warranted to promote communication ability in DS patients, where verbal language can also benefit. The aim of the present study was to verify, through longitudinal follow up (twelve months), the influence of AAC use on lexical acquisition in five participants with DS (5;3 to 11;8 years), who were at the preoperative cognitive stage according to Genetic Epistemology, and presented severe language difficulties in terms of expression, with primary use of gestural and/or vocal means of communication. Language and cognitive assessments were used to identify cognitive stage, while a pragmatic test identified communication means. Also, an expressive vocabulary test was applied for assessments and reassessments at base line and the intervention end point in order to identify lexical gain over the period. Data from assessments and reassessments of both expressive vocabulary and therapeutic performance of patients were analyzed. All patients demonstrated a lower number of non-responses in the expressive vocabulary test, but did not necessarily increase number of correct answers, although substitution processes did increase. These included both verbal and non-verbal responses. A slight increase in verbal means of communication was observed. However, the use of idiosyncratic gestures was noted in this population. Not all participants went to school, an important ally in developing work with AAC. For...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Criança , Auxiliares de Comunicação para Pessoas com Deficiência , Síndrome de Down , Gestos , Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem , Testes de Linguagem , Vocabulário
19.
Pró-fono ; 19(4): 387-392, out.-dez. 2007. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-471311

RESUMO

TEMA: a comunicação expressiva na criança com síndrome de Down (SD). OBJETIVO: este trabalho teve por objetivo o estudo qualitativo e quantitativo das diferentes formas de expressões comunicativas em crianças com SD; a emergência da sua expressão oral e sua relação com os gestos; a evolução dos gestos e a sua qualificação. Também se pesquisou a efetividade da terapia fonoaudiológica na criança com SD segundo o método dialético-didático, fundamentado no método clínico de Piaget. MÉTODO: participaram deste estudo oito crianças com SD (faixa etária entre trinta e três e cinqüenta e dois meses, no início da pesquisa), quatro constituindo o grupo pesquisa (GP) e quatro o grupo controle 1 (GC1); e quatro com desenvolvimento típico (DT) (faixa etárias entre quatorze e dezesseis meses, no início da pesquisa), ou grupo controle 2 (GC2). Todas apresentavam desenvolvimento cognitivo entre o final do período sensório-motor e início do pré-operatório, e foram avaliadas três vezes: inicial, após seis meses e após doze meses. As avaliações foram filmadas e transcritas. Os materiais utilizados foram brinquedos apropriados para a fase de desenvolvimento cognitivo apresentado pelas crianças. O processo terapêutico, apenas para o GP, constou de quarenta sessões terapêuticas, com materiais semelhantes aos das avaliações. RESULTADOS: verificou-se que GP teve melhor evolução que GC1. Os sujeitos que melhor conseguiram se expressar foram os que apresentaram melhor evolução no desenvolvimento cognitivo. CONCLUSÃO: foi possível confirmar a eficácia do método dialético-didático como processo terapêutico, demonstrada na evolução do desenvolvimento da linguagem do GP em relação ao GC1.


BACKGROUND: expressive communication in the child with Down syndrome (DS). AIM: this study had as a purpose the qualitative and quantitative analyses of the different forms of communication in children with DS; the emergence of oral expression and its relationship with the use of gestures; the development of gestures and their qualification; the effectiveness of the dialectic-didactic method, based on the clinical method proposed by Piaget, as a form of speech-language intervention. METHOD: participants of this study were eight children with DS (ages between 33 and 52 months at the beginning of the research) - four composing the research group (RG) and four composing the control group one (CG1); and four children with normal development ND (ages between 14 and 16 months at the beginning of the research) - control group number two (CG2). All children presented cognitive development classified between the final sensory motor stage and the beginning of the pre-operational stage, and were assessed three times during a period of 12 months: initial, after six months and after twelve months. All assessments were recorded and transcribed. Toys, appropriate to the cognitive stage of the children, were used as materials during the assessments. The therapeutic process, exclusively for the RG, consisted of 40 therapy sessions, using similar materials to those used at during the assessments. RESULTS: children in the RG developed better than children in CG1. Children who expressed themselves better were those who presented a better cognitive development. CONCLUSION: it was possible to confirm the effectiveness of the dialectic-didactic method as a therapy method, shown through the language development of the RG when compared to GC1.


Assuntos
Adolescente , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Comunicação , Síndrome de Down/psicologia , Desenvolvimento da Linguagem , Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem/terapia , Terapia da Linguagem/normas , Fonoterapia , Síndrome de Down/fisiopatologia , Gestos , Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem/psicologia , Comportamento Verbal
20.
Rev. Soc. Bras. Fonoaudiol ; 11(2): 116-123, 2006.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-439301

RESUMO

O objetivo deste estudo foi evidenciar a relação entre os gestos e o desenvolvimento da linguagem oral em um par de gêmeos monozigóticos com síndrome de Down, do sexo masculino, com idades iniciais de 18 meses, por meio da comparação dos gestos e emissões orais apresentados entre os sujeitos durante o período sensório-motor. A coleta de dados foi realizada em três etapas: avaliação inicial, intervenção fonoaudiológica durante 12 meses e reavaliação. Todas as sessões foram registradas em protocolo específico e em vídeo. A fundamentação teórica deste trabalho foi dada pela Epistemologia Genética, seguindo o modelo dialético-didático de observação. Os resultados apontaram para o importante papel dos gestos na construção oral. Assim, os gestos dêiticos como "apontar" e "chamar" e os representativos como "dar tchau", fazer "não" com a cabeça, entre outros, acompanhados ou não de vocalizações, deram origem, por volta do quinto estágio do período sensório-motor, às palavras correspondentes como "dá", "té" (quero), "não", "tau" (tchau), entre outros. Por volta do sexto estágio do período sensório-motor, os sujeitos passaram a utilizar vocábulos não acompanhados de gestos na nomeação de pessoas e objetos como "mãe", "nenê", "papá", etc. Com base nos resultados, pudemos observar o importante papel dos gestos no processo de desenvolvimento da linguagem oral em nossos sujeitos. Nesse processo, a terapia fonoaudiológica, fundamentada nos princípios da Epistemologia Genética, mostrou-se um recurso importante e efetivo no trabalho realizado em relação ao desenvolvimento cognitivo e da linguagem dessas crianças.


Assuntos
Criança , Síndrome de Down , Gestos , Desenvolvimento da Linguagem , Comunicação não Verbal , Gêmeos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA