Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 2.128
Filtrar
1.
Fractal rev. psicol ; 32(1): 64-71, abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1098255

RESUMO

O artigo propõe desdobrar questões acerca da pesquisa-intervenção cartográfica visando contribuir para a construção de dispositivos de intervenção no trabalho da psicologia social. Considerando os desafios contemporâneos à psicologia, apresenta a cartografia como metodologia que engendra processos dialógicos, envolvendo pesquisadores e pesquisados na negociação de sentidos e ações que apreendam a complexidade do cotidiano. Desenvolve a possibilidade de que a cartografia contribua para a criação de dispositivos de intervenção singulares, potencializando uma ética dos encontros. Deste modo, afirmamos que os dispositivos cartográficos oferecem vias consistentes à elaboração de experiências relacionais que sustentam, caso a caso, um plano compartilhado de afecções, com o objetivo de dar vazão a movimentos de subjetivação criadores, problematizadores e transformadores da realidade, ao investir na potência do coletivo. As sínteses aqui produzidas reafirmam a indelével relação entre pesquisar e intervir, explorando conexões entre o método cartográfico, seus dispositivos e o compromisso social da psicologia, em uma perspectiva crítica. (AU)


The paper proposes to unfold questions about cartographic intervention-research toward contributing to the construction of intervention devices in Social Psychology's work. Considering the contemporary challenges to Psychology, it presents cartography as a methodology that produces dialogical encounter, involving researchers and subjects in the negotiation of meanings and actions that grasp the complexity of everyday life. It develops the possibility of cartography to concur unique interventional devices, enhancing an ethic of encounters. Thus, we affirm that cartographic devices offer consistent ways to develop relational experiences that support, on a case-by-case basis, a shared plan of affections, with the objective of giving rise to creative movements of subjectivation, which problematize and transform that of reality, by invest in the collective power. Their syntheses reaffirm the lasting connection between researching and intervening, exploring connections between the method and the social commitment of Psychology, from a critical perspective. (AU)


Assuntos
Psicologia Social
2.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(1): 1-14, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1098425

RESUMO

Esta pesquisa buscou compreender a qualidade das relações intersubjetivas que balizam os encontros entre os sujeitos que compõem o campo micropolítico da produção de cuidado à saúde mental em território marcado pela violência, miséria e exclusão. A escolha metodológica a partir da hermenêutica de profundidade possibilitou a reinterpretação das formas simbólicas a partir de três perspectivas: o reflexo da sociedade de mercado na organização dos processos de trabalho em saúde, o sofrimento psíquico à luz do sofrimento ético-político e dos bons encontros e a potência de ação, orientando as práticas em saúde mental. Dessa forma, a amizade e a solidariedade destacaram-se como afetos importantes no processo de politização da dor, do sofrimento psíquico e ético-político experimentado pelos sujeitos em territórios de vulnerabilidade social.


This research sought to understand the quality of interpersonal relations that guide the meetings among the subjects that make up the micro-political field of care production to mental health in the territory marked by violence, poverty, and exclusion. The methodological choice from the depth of hermeneutics enabled the reinterpretation of symbolic forms from three perspectives: the reflection of the market society in the organization of health work processes, mental suffering in the light of the ethical-political suffering and the good meetings and the power of action guiding the mental health practices. In this way, the friendship and solidarity stood out as important affections in pain politicization process, the psychological and ethical-political suffering experienced by the subjects in socially vulnerable territories.


Esta investigación trató de entender la calidad de las relaciones interpersonales que guían las reuniones entre los sujetos que conforman el campo de micropolítica de la producción de la atención a la salud mental en un territorio marcado por la violencia, la pobreza y la exclusión. La elección metodológica de la hermenéutica profunda permitió la reinterpretación de las formas simbólicas desde tres perspectivas: el reflejo de la sociedad de mercado en la organización de los procesos de trabajo de salud, sufrimiento mental a la luz del sufrimiento ético-política y las buenas reuniones y el poder de acción, guiando las prácticas de salud mental. De esta manera, la amistad y la solidaridad se destacaron como efectos importantes en el proceso de politización del dolor, el sufrimiento psicológico y ético-político experimentado por los sujetos en territorios socialmente vulnerables.


Assuntos
Afeto , Vulnerabilidade Social , Empatia , Psicologia Social , Apoio Social , Estresse Psicológico , Saúde Mental , Assistência à Saúde Mental , Marginalização Social , Relações Interpessoais
3.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(1): 1-17, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1098424

RESUMO

Catástrofes naturais produzem impactos na vida da população, em especial daquela parcela que se encontra em situação de vulnerabilidade. O presente estudo teve por objetivo problematizar as contribuições da Psicologia em relação à vulnerabilidade socioambiental gerada por desastres naturais. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com utilização de casos extraídos de publicações em mídias digitais. Primeiramente, foram investigados os tipos de catástrofes naturais, bem como a noção de vulnerabilidade socioambiental. Em seguida, foi analisado o caso que ficou conhecido como "Megadesastre da Região Serrana do Rio de Janeiro", ocorrido em 2011. As análises dos documentos de domínio público demonstraram que os processos de desterritorialização e criação de novos territórios acontecem mediante sofrimento e angústia, mas também geram processos de cooperação e conexão. Como conclusão, constata-se que o profissional da Psicologia é chamado frequentemente a intervir nesse tipo de situação, cabendo-lhe realizar um exercício de acolhimento analítico e político das populações atingidas.


Natural disasters produce impacts on the lives of the population, in particular that portion which lies in situation of vulnerability. The present study aimed to discuss the contributions of psychology in relation to social and environmental vulnerability generated by natural disasters. This is a qualitative research using cases drawn from publications in digital media. First were investigated the types of natural disasters as well as the notion of social and environmental vulnerability. Then, was analyzed the case that became known as "Mega disaster of the mountainous region of Rio de Janeiro", held in 2011. The analysis of public domain documents demonstrated that the processes of deterritorialization and creation of new territories happen through suffering and anguish, but also generate cooperation and connection processes. As a conclusion, noted that the professional of psychology is often called to intervene in this kind of situation, and carry out an exercise of analytical and political acceptance of the stricken populations.


Desastres naturales producen impactos en la vida de la población, en particular la parte que se encuentra en situación de vulnerabilidad. El presente estudio pretende analizar las aportaciones de la psicología en relación con la vulnerabilidad social y ambiental generada por los desastres naturales. Es una investigación cualitativa con casos extraídos de publicaciones en medios digitales. En primer lugar, se investigaron los tipos de desastres naturales, así como la noción de vulnerabilidad social y ambiental. Luego, se analizó el caso de que se conocía como "Mega desastres de la región montañosa de Río de Janeiro", que ocurrió en 2011. El análisis de documentos de dominio público demostró que los procesos de desterritorialización y creación de nuevos territorios pasan por sufrimiento y angustia, pero también generan procesos de cooperación y conexión. Como conclusión, se observa que el profesional de la psicología a menudo está llamado a intervenir en este tipo de situación y llevar a cabo un ejercicio de aceptación de análisis y política de las poblaciones afectadas.


Assuntos
Vulnerabilidade Social , Vulnerabilidade a Desastres , Desastres Naturais , Psicologia Social , Estresse Psicológico , Territorialidade , Desastres , Emoções , Acolhimento , Angústia Psicológica
4.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(1): 1-17, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1098423

RESUMO

Este estudo objetiva destacar as principais abordagens em torno da categoria vulnerabilidade e problematizar a maneira como vêm sendo utilizadas no campo da saúde e assistência social. Realizou-se revisão não sistemática da literatura e posterior análise discursiva das publicações selecionadas. O conceito de vulnerabilidade na saúde coletiva é usado no intuito de superar os limites da categoria risco, evidenciando a determinação social do processo saúde-doença-cuidado. No campo das ciências humanas e sociais, é associado a grupos privados de recursos materiais e simbólicos e/ou em situação de marginalização, exclusão e insegurança social. Tanto no âmbito da saúde quanto da assistência social, observou-se que há uma tendência ao reducionismo, naturalização e individualização dos processos de vulnerabilização das populações.


This study aims to highlight the main approaches around the vulnerability category and to problematize the way they have been used in the field of health and social assistance. A non-systematic review of the literature and subsequent discursive analysis of the selected publications were carried out. The concept of vulnerability in collective health is used in order to overcome the limits of the risk category, evidencing the social determination of the health-disease-care process. In the field of human and social sciences it is associated with private groups of material and symbolic resources and/or in situations of marginalization, exclusion and social insecurity. In terms of both health and social assistance, it has been observed that there is a tendency towards reductionism, naturalization and individualization of the processes of vulnerability of populations.


Este estudio tiene como objetivo destacar los principales abordajes en torno a la categoría vulnerabilidad y problematizar la manera en que vienen siendo utilizadas en el campo de la salud y asistencia social. Se realizó una revisión no sistemática de la literatura y posterior análisis discursivo de las publicaciones seleccionadas. El concepto de vulnerabilidad en la salud colectiva es usado con el fin de superar los límites de la categoría de riesgo, evidenciando la determinación social del proceso salud-enfermedad-cuidado. En el campo de las ciencias humanas y sociales se asocia a grupos privados de recursos materiales y simbólicos y/o en situación de marginación, exclusión e inseguridad social. Tanto en el ámbito de la salud y de la asistencia social, se observó que existe una tendencia al reduccionismo, naturalización e individualización de los procesos de vulnerabilidad de las poblaciones.


Assuntos
Serviço Social , Vulnerabilidade Social , Psicologia Social , Política Pública , Processo Saúde-Doença , Organização Social , Assistência à Saúde , Empatia , Vulnerabilidade em Saúde , Sistemas de Apoio Psicossocial
5.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(1): 1-12, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1098435

RESUMO

Considerando a experiência da maternidade como um processo psicossocial, este estudo buscou analisar a experiência de mulheres separadas que viviam com seus filhos. Baseou-se em estudos interdisciplinares sobre família, assim como no conceito de provisão ambiental desenvolvido por Winnicott. Seis mães, com filhos com idades entre 1 e 13 anos participaram do estudo. A pesquisa tem caráter qualitativo e focou no relato das mães por meio da realização de entrevistas semiestruturadas, as quais foram submetidas à análise de conteúdo. Constatou-se que o principal impacto da separação na vida das mães é a sobrecarga de atribuições. Como contraponto, observou-se que a rede relacional composta por familiares, amigos e vizinhos representa um importante apoio às mães, auxiliando-as no exercício da função parental. O estudo sugere a ampliação da provisão ambiental de suporte a essas famílias por intermédio do fortalecimento de políticas públicas e programas de assistência.


Considering the experience of motherhood as a psychosocial process, this study sought to analyze the experience of separated women living with their children. It was based on interdisciplinary studies on family, as well as on the concept of the environmental provision developed by Winnicott. Six mothers with children between 1 and 13 years old participated in the study. The research has qualitative character and focused on the mothers' reports through semi-structured interviews, where they were submitted to content analysis. It was found that the main impact of separation on the life of mothers is the overload of assignments. In contrast, it was observed that the relational network composed of relatives, friends, and neighbors represents an important support to the mothers, assisting them in the exercise of the parental function. The study suggests expanding the environmental provision to support these families through the fortification of public policies and assistance programs.


Considerando la experiencia de la maternidad como un proceso psicosocial, este estudio buscó analizar la experiencia de mujeres separadas que vivían con sus hijos. Se basó en estudios interdisciplinarios sobre la familia, así como en el concepto de provisión ambiental desarrollado por Winnicott. Seis madres con hijos entre 1 y 13 años de edad participaron en el estudio. La investigación tiene carácter cualitativo y se centró en el relato de las madres a través de la realización de entrevistas semiestructuradas, las cuales fueron sometidas al análisis de contenido. Se constató que el principal impacto de la separación en la vida de las madres es la sobrecarga de atribuciones. Como contrapunto, se observó que la red relacional compuesta por familiares, amigos y vecinos representa un importante apoyo a las madres, auxiliándolas en el ejercicio de la función parental. El estudio sugiere la ampliación de la provisión ambiental de apoyo a esas familias a través del fortalecimiento de políticas públicas y programas de asistencia.


Assuntos
Divórcio , Mães , Ansiedade de Separação , Psicologia Social , Apoio Social , Carga de Trabalho , Poder Familiar , Conflito Familiar , Relações Familiares , Sistemas de Apoio Psicossocial , Relações Mãe-Filho
6.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(1): 1-17, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1098429

RESUMO

Investigação de significado e sentidos acerca do corpo transgênero em animações e quadrinhos infantojuvenis., utilizando pressupostos téorico-metodológicos da Psicologia Social e dos Estudos de Gênero. Realiza uma análise qualitativa, descritivo-interpretativa, das personagens ficcionais Verônica de Nasu, Trio Amazonas, Sailors Starlights, SheZow, Princesa Biscoito e Unicórnio Donny. Os resultados evidenciam que "Verônica e Trio Amazonas" reconfiguram suas transexualidades como acesso à maldade; "Sailor Starlights" se utilizam da estratégia de disfarce transgênero; "SheZow" se torna heroína, em um contexto de significações pautadas nos binarismos masculino e feminino; e a "Princesa Biscoito e Unicórnio Donny" se apresentam como personagens questionadores aos padrões cisnormativos de comportamento e de imagem corporal. Conclui-se que a pluralidade identitária, as significações históricas e culturais dessas obras permitem diversos sentidos ao corpo transexual.


This research is about meanings and senses of transgender body in animations and comics for children and young. Theoretical and methodological assumptions of Social Psychology and Gender Studies are used on it. Performs a qualitative analysis, descriptive and interpretative, on fictional characters Veronica Nasu, Amazon Trio, Sailors Starlights, SheZow, Cookie Princess and Donny Unicorn (Powerpuff Girls). The results show "Veronica and Trio Amazonas" reconfigure their transexualities as access to wickedness; "Sailor Starlights" use the strategy of transgender; "SheZow" becomes heroine in a context of meanings based on masculine and feminine binarisms and "Princess Cookie and Unicorn Donny" present themselves as questioning to the cisnormative patterns of behavior and body image. It is concluded that a plurality of identities, historical and cultural significance allowing different senses to the transexual body.


La investigación del significado y sentido sobre el cuerpo transgénero en las animaciones y historietas para niños y jóvenes. Utiliza los supuestos teóricos/ metodológicos de la Psicología Social y Estudios de Género. Lleva a cabo un análisis cualitativo, descriptivo-interpretativo, de caracteres Verónica Nasu, Amazon Trio, Sailors Star Lights, SheZow, Princesa Galleta y Unicornio Donny. Los resultados muestran "Verónica y Amazon Trio" reconfiguran sus transexualidades como el acceso al mundo del mal; "Sailor Starlights", para usar la estrategia disfraz transgénero; "SheZow" se convierte en la heroína, en un contexto de significados guiadas en binarismos masculinos y femeninos y "Princesa Galleta y del Unicornio Donny" aparecer como interrogadores de los cisnormativos patrones de comportamiento y cuerpo. Concluye pluralidad de identidad; significado histórico y cultural de las obras que permiten diversos sentidos al cuerpo transexual.


Assuntos
Pessoas Transgênero , Identidade de Gênero , Psicologia Social , Imagem Corporal , Criaturas Lendárias , História em Quadrinhos
7.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(1): 1-16, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1098428

RESUMO

Este trabalho é oriundo de uma pesquisa-intervenção de inspiração etnográfica realizada com população em situação de rua de uma cidade do Nordeste brasileiro. Desde a perspectiva da análise institucional, a realização de entrevistas, além de oficinas, rodas de conversa temáticas e eventos, permitiu a produção de narrativas de vida. Com base nos registros das narrativas, observações e experiências em diários de campo, analisamos as categorias "Gênero, Sexualidade e Diversidade Sexual", relativas às experiências de pessoas que se identificam como LGBT ou que se desviam do referencial cis-heteronormativo. Essas experiências são analisadoras das vidas LGBTs que habitam as ruas, explicitando graves violações de direitos, vulnerabilidades e exclusão em diferentes contextos sociais. Ressaltamos a necessidade de refletir sobre as categorias identitárias criadas e suas implicações nesse cenário, além da necessidade de luta por direitos, políticas públicas, entre outras lutas voltadas para a população em situação de rua que priorizem essas vidas precarizadas.


This work comes from an ethnographic-inspired intervention research carried out with the street-dwelling population of a Brazilian Northeastern city. From the perspective of institutional analysis, the interviews allowed the production of life narratives, workshops, thematic talk wheels and events. Based on the records of narratives, observations and experiences in field diaries, we analyzed the category "Gender, Sexuality and Sexual Diversity", concerning the experiences of people who identify themselves as LGBT or who deviate from the cis-heteronormative referential. These experiences are analytical of the LGBT lives that inhabit the streets, explaining serious violations of rights, vulnerabilities and exclusion in different social contexts. We emphasize the need to reflect on the identity categories created and their implications in this scenario, as well as the need for a struggle for rights and public policies, and another battles, aimed at the street population that prioritize these precarious lives.


Este trabajo surge de una investigación-intervención de inspiración etnográfica realizada junto a personas sin hogar de una ciudad del noreste de Brasil. Desde la perspectiva del análisis institucional, las entrevistas permitieron la producción de narrativas de vida, así como talleres, círculos de conversación temáticas y eventos. Con base en los registros en diarios de campo de las narrativas, observaciones y experiencias, analizamos las categorías "Género, Sexualidad y Diversidad Sexual" en las experiencias de personas que se identifican como LGBT o que se desvían del referencial cis-heteronormativo. Estas experiencias son analizadoras de vidas LGBTs en las calles, expresando violaciones graves de los derechos, vulnerabilidades y exclusión en diferentes contextos sociales. Hacemos hincapié en la necesidad de reflexionar sobre las categorías de identidad creados y sus implicaciones en este escenario y la necesidad de luchar por derechos, políticas públicas y otras luchas para personas sin hogar que dan prioridad a estas vidas precarias.


Assuntos
Pessoas em Situação de Rua , Minorias Sexuais e de Gênero , Psicologia Social , Violência , Vulnerabilidade Social , Diversidade de Gênero , Identidade de Gênero
8.
Medicentro (Villa Clara) ; 24(1): 129-148, ene.-mar. 2020.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1091079

RESUMO

RESUMEN Introducción: la psicología social comunitaria toma a la comunidad como su objeto de estudio particular. En esta revisión teórica de la psicología social comunitaria, se mostraron las consideraciones desde una visión marxista, las cuales facilitaron investigaciones de problemáticas sociales en la atención primaria de salud. Objetivo: implementar programas para promover estilos de vida saludables y la prevención de enfermedades en las comunidades, mediante los aportes del marxismo. Métodos: se realizó una revisión bibliográfica sistemática sobre el tema. Para la recolección de los datos se elaboró una ficha instructiva y para el tratamiento de estos se aplicó un análisis de contenido de tipo directo. Conclusiones: las consideraciones sobre la psicología social comunitaria permitieron, desde lo teórico, realizar aportes en el trabajo interventivo en la comunidad, para que la atención primaria de salud pueda dar respuesta a problemas sociales y sanitarios, y contribuyeron a la promoción de conductas saludables y la prevención de enfermedades.


ABSTRACT Introduction: community social psychology takes the community as its particular object of study. The considerations were shown from a Marxist perspective in this theoretical review of community social psychology, which will facilitate investigations of social problems in primary health care. Objective: to implement programs for promoting healthy lifestyles and disease prevention in communities through the contributions of Marxism. Methods: a systematic bibliographic review on the subject was carried out. An instructive card was elaborated for data collection and a direct content analysis was applied for their processing. Conclusions: the considerations on the social community psychology allowed, from the theoretical point of view, to make contributions in the intervention work in the community; that primary health care can respond to social and health problems; and contributed to the promotion of healthy behaviors and disease prevention.


Assuntos
Psicologia Social , Atenção Primária à Saúde
9.
Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) ; 13(1): 1-10, jan.-abr. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1090453

RESUMO

O processo de individualização em gêmeos se mostra mais complexo se comparado com filhos singulares, envolvendo maiores questões em relação à separação entre o bebê e a mãe, também entre os próprios cogêmeos. Devido ao aumento de nascimentos de gêmeos, o assunto é atual, porém ainda são poucos os estudos na área. O trabalho teve por objetivo investigar a produção científica brasileira sobre o processo de individualização em gêmeos na atualidade. Para isso, realizou-se uma revisão bibliográfica integrativa em bases de dados online, de artigos e teses referentes à temática. Foram selecionados e analisados 14 trabalhos científicos que atenderam aos critérios de inclusão. Verificou-se dificuldade em estudar o processo de individualização em gêmeos devido a algumas de suas particularidades, como a genética e ambiente de criação compartilhados, intensificando, consequentemente, as ideações e práticas culturais sobre o desenvolvimento gemelar. Assim, entende-se a necessidade de estudos mais aprofundados.


The process of individualization of twins appears to be more complex when compared with individual children, involving major issues regarding the separation between the baby and the mother and also among the twins themselves. Because of the increase in births of twins, this is a current subject, although there are still few studies in the area. This study aimed to investigate the Brazilian scientific production about the individualization process in twins today. For this, an integrative literature review of online databases was conducted, including papers and theses concerning the subject. A total of 14 scientific studies that met the inclusion criteria were selected and analyzed. While studying the process of individualization of twins, some challenges appeared, mainly due to particularities like shared genetics and raising environment, which consequently intensify the ideation and cultural practices related to the growth of twins. Thus, further studies are considered necessary.


Assuntos
Gêmeos , Individualidade , Psicologia Social , Relações entre Irmãos , Relações Familiares
10.
Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) ; 13(1): 1-18, jan.-abr. 2020. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1090461

RESUMO

A violência entre parceiros íntimos é considerada pelos órgãos governamentais como uma das maiores causas de alterações do estado de saúde das mulheres. O presente trabalho investigou por meio de uma revisão sistemática da literatura as consequências da violência doméstica entre parceiros íntimos para a saúde da mulher. Foram selecionados artigos das seguintes bases de dados: PubMed, PsycInfo, Redalyc, SciELO, Pepsic e Bireme. Os trabalhos foram divididos em duas planilhas, uma para Violência Doméstica e outra para Violência entre Parceiros Íntimos. Após, aplicados os critérios de inclusão e exclusão foram incluídos 13 produtos da tabela de VD e sete da tabela de VPI, totalizando uma amostra de 20 artigos para análise. Os resultados sugerem que existe uma significativa relação entre violência entre parceiros íntimos e agravos à saúde da mulher, especialmente à saúde mental. A partir deste estudo, considera-se imprescindível que intervenções que visem minimizar os agravos sejam desenvolvidas.


Violence among intimate partners is considered by government agencies as one of the major causes of changes in the health status of women. Through a systematic review of the literature, the present work investigated the consequences of domestic violence among intimate partners for women's health. Articles from the following databases were selected: PubMed, PsycInfo, Redalyc, SciELO, Pepsic and Bireme. The papers were divided into two spreadsheets, one for Domestic Violence and another for Violence between Intimate Partners. After applying the inclusion and exclusion criteria, 13 products of the DV table and 7 of the IPV table were included, totaling a sample of 20 articles for analysis. The results suggest that there is a significant relationship between intimate partner violence and women's health, especially mental health. From this study, it is considered essential that interventions aimed at minimizing these diseases be carried out.


Assuntos
Saúde da Mulher , Violência por Parceiro Íntimo , Psicologia Social , Saúde Mental , Violência Doméstica
11.
Gerais (Univ. Fed. Juiz Fora) ; 13(1): 1-15, jan.-abr. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1090463

RESUMO

Este estudo tem por objetivo investigar as percepções de sujeitos casados acerca da ausência de filhos na atualidade. Participaram da pesquisa dez sujeitos, cinco homens e cinco mulheres do segmento socioeconômico médio, com idades entre 33 e 37 anos, sem filhos. Os resultados foram analisados de acordo com o método de análise de conteúdo. Da análise do material, emergiram seis categorias de análise. Tendo em vista os objetivos do presente trabalho, serão apresentadas e discutidas as categorias: satisfação conjugal de casais sem filhos e sociedade e o projeto de ter filhos. Os resultados apontaram que casais sem filhos têm um nível mais elevado de satisfação no relacionamento conjugal. Apesar de a sociedade atual aceitar com mais naturalidade a opção dos casais de não ter filho, ainda há uma cobrança muito grande acerca desse projeto, visto que a escolha pela não parentalidade interrompe a continuidade geracional.


This study aims to investigate the perceptions of married individuals about the absence of children today. Ten subjects, five men and five women from the middle-class segment, aged 33 to 37, who do not have children, participated in the study. The results were analyzed according to the content analysis method. From the analysis of the material, six categories of analysis emerged. Considering the objective of this paper, the following categories will be presented and discussed: marital satisfaction of couples without children and society and the project of having children. The results have shown that couples without children have a higher level of satisfaction with their marital relationship. Although today's society accepts a couple's choice of not having children more naturally, there is still a lot of pressure regarding this project, since the choice for non-parenting interrupts generational continuity.


Assuntos
Satisfação Pessoal , Casamento , Psicologia Social , Autonomia Pessoal , Absenteísmo
12.
Rev. polis psique ; 10(1): 30-46, 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1102496

RESUMO

Este estudo analisa o surgimento da pintura abstrata que se consolida no século XX como um acontecimento que demarca uma ruptura com o projeto comunicacional da arte. Como referencial teórico, será utilizada a interface entre Arte, Psicologia e Filosofia da Diferença que caracteriza a pintura figurativa como um tipo de representação. As referências aos seres do mundo, que dominaram a pintura por milênios, são gradativamente abandonadas e emergem registros das intensidades vividas. A pintura abstrata incide sobre a subjetividade de um modo radicalmente diferente, relacionado com a variação de potência do sujeito que vê a obra. O estudo foi dividido em dois momentos: Primeiramente, será realizada uma explanação sobre a passagem da arte figurativa à arte abstrata. Em seguida, serão consideradas as rupturas que esta passagem implicou. Como conclusão, pode-se dizer que a produção artística contemporânea já absorveu, ao menos em parte, as rupturas subjetivas provocadas pela emergência do abstrato.


Este estudio examina la aparición de la pintura abstracta que se consolida en el siglo XX como un acontecimiento que marca una ruptura con el proyecto comunicacional. Como marco teórico, se utilizará el Arte, la Psicología y la Filosofía de la Diferencia que caracterizan a la pintura figurativa como un tipo de representación. La referencia a los seres del mundo que dominó la pintura durante milenios, poco a poco son abandonados y, en su lugar, emerge el registro de la intensidad. La pintura abstracta se centra en la subjetividad de un modo diferente, relacionado con la variación de la potencia de la persona que ve la obra. El estudio se dividió en dos fases: Primer, se realizará una explicación sobre el pasaje del arte figurativo al arte abstracto. Luego, se considerarán los descansos que este pasaje significa. Como conclusión, la producción artística contemporánea ya ha absorbido las rupturas causadas por la aparición del arte abstracto.


This study examine the emergence of abstract painting that is consolidated in the 20th century as an event marking a break with the communicational art project. As theoretical framework will be used the Art, Psychology and Philosophy of Difference, that characterizes the figurative painting as a kind of representation. References to the world which dominated the paint during millennia are gradually abandoned and, in your place, emerge records intensity experienced. Abstract painting focuses on the subjectivity of a radically different mode that can be related with the power variation of the subject who sees the work. The study was divided into two phases: First, an explanation will be held on the passage from figurative art to abstract art. Then, will be considered breaks that this passage meant. As a conclusion, it can be said that contemporary artistic production already absorbed, at least in part, the subjectivities ruptures caused by the emergence of abstract.


Assuntos
Arte/história , Psicologia Social , Individualidade , Percepção Social
13.
Psicol. soc. (Online) ; 32: e172531, 2020. graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1101335

RESUMO

Resumo O presente estudo tem como objetivo analisar o papel da mídia impressa jornalística na produção de discursos e sentidos sobre o acontecimento histórico que foi o afastamento da presidente Dilma Rousseff de suas funções. A análise compreende e enfoca o posicionamento político adotado por um jornal e sua disponibilidade para veicular posições diferentes daquelas adotadas por esse órgão de comunicação. Para fins de análise, foi selecionado o jornal Folha de S. Paulo, de grande circulação e com presença significativa no cenário nacional. O conteúdo do jornal, bem como suas manchetes e capas, foram examinados tanto sob o enfoque quantitativo quanto qualitativo. Resultou que o jornal mantém um posicionamento uniforme e contrário ao governo eleito e destituído, o que é compartilhado com outros órgãos de comunicação. Como resultado, pode-se dizer que esse fato faz parte de um processo político de dominação realizado no âmbito da comunicação, contrariando os princípios democráticos.


Resumen Este estudio pretende analizar el papel de los medios periodísticos impresos en la producción de discursos y sentidos sobre el evento histórico que fue la alejamiento de la Presidenta Dilma Rousseff de sus funciones. El análisis comprende y enfoca el posicionamiento político adoptado por un diario y su disponibilidad para difundir posiciones diferentes de las adoptadas por ese órgano de comunicación. Para efectos del análisis, se seleccionó el diario Folha de S. Paulo, de circulación masiva y significativa presencia en la escena nacional. El contenido del periódico, así como sus titulares y portadas, se examinaron tanto bajo el enfoque cuantitativo y cualitativo. Se reveló que el diario mantiene un posicionamiento uniforme y contrario al gobierno electo y destituído, compartillado por otros medios. Como resultado, puede decirse que este hecho forma parte de un proceso político de dominación realizado en el ámbito de la comunicación, contrariando a los principios democráticos.


Abstract This study aims to analyze the role of journalistic print media in the production of discourse and meanings about the historic event that was the removal of President Dilma Rousseff from her duties. The analysis consisted of and focused on the political position adopted by a newspaper and its availability to serve positions different from those adopted by this organ of communication. For analysis purposes, the Folha de S. Paulo newspaper, which is widely circulated and has a significant presence on the national scene, was selected. The content of the newspaper, as well as its headlines and magazine covers, were examined under the quantitative and qualitative focuses. The analysis resulted in the newspaper maintaining a uniform contrary position to the elected and removed government, a result that is shared with other media. As a result, it can be said that this fact is part of a political process of domination carried out within the scope communication, which goes against democratic principles.


Assuntos
Política , Psicologia Social , Meios de Comunicação de Massa , Jornais como Assunto , Publicações Periódicas como Assunto , Comunicação Persuasiva , Disseminação de Informação/ética
14.
Psicol. soc. (Online) ; 32: e187198, 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1101341

RESUMO

Resumo O objetivo do texto é discutir produções científicas sobre temas políticos publicadas no campo da psicologia social brasileira após o fim do regime civil-militar no Brasil, a partir do contexto histórico desta produção. Os artigos foram publicados por pesquisadores/as vinculados/as a programas de pós-graduação brasileiros em Psicologia Social ou em Psicologia e que identificavam a psicologia social como área de atuação no currículo Lattes. Foi possível articular os debates propostos nestes artigos a aspectos relevantes do contexto de produção como a "crise da psicologia social", a democratização da política de saúde no Brasil, a política científica desenvolvida nos governos do PSDB e do PT. Ressalta-se o crescimento do debate sobre políticas públicas na produção selecionada e a importância de se problematizar a inibição da produção científica não apenas em regimes totalitários, mas também em regimes democráticos.


Resumen El objetivo del texto es discutir producciones científicas sobre temas políticos publicadas en el campo de la psicología social brasileña tras el fin del régimen civil-militar en Brasil a partir del contexto histórico de esta producción. Los artículos fueron publicados por investigadores/as vinculados/as a programas de postgrado brasileños en psicología social o en psicología y que identificaban la psicología social como área de actuación en el currículo Lattes. Se pudo articular los debates propuestos en estos artículos a aspectos relevantes del contexto de producción como la "crisis de la psicología social", la democratización de la política de salud en Brasil, la política científica desarrollada en los gobiernos del PSDB y del PT. Se resalta el crecimiento del debate sobre políticas públicas en la producción seleccionada y la importancia de problematizarse la inhibición de la producción científica no sólo en regímenes totalitarios, sino también en regímenes democráticos.


Abstract The purpose of the article is to discuss scientific productions on political topics published in the field of Brazilian social psychology after the end of the civil-military dictatorship in Brazil, from the historical context of this production. The articles were published by researchers associated to Brazilian Social Psychology or Psychology post-graduate programs who identified social psychology as their field of study in the Lattes curriculum. It was possible to articulate the debates proposed in these articles to relevant aspects of the production context such as the "social psychology's crisis", the democratization of health policies in Brazil, the scientific policies developed during the governments of the PSDB and PT parties. The growth of the debate on public policies in the selected production is highlighted, as well as the importance of problematizing the inhibition of scientific production not only in totalitarian regimes, but also in democratic regimes.


Assuntos
Política , Psicologia Social , Política Pública , Sistemas Políticos , Democracia , Atividades Científicas e Tecnológicas , Governo
15.
Saúde Soc ; 29(1): e190299, 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1059003

RESUMO

Resumo Apresentamos a contribuição da psicologia social da saúde por meio da abordagem sociorrepresentacional para refletir acerca da educação terapêutica do(a) adolescente com diabetes mellitus tipo 1. O adoecimento crônico na adolescência coloca desafios específicos para o cuidado, o olhar psicossocial permite compreender a prática de avaliação e o fortalecimento das habilidades do paciente contextualizando a educação terapêutica enquanto conjunto de relações sociossimbólicas entre os atores da situação. Essa abordagem pode servir como uma ferramenta teórico-metodológica e prática para alcançar um diagnóstico psicossocial e um planejamento de intervenção. Um programa de três pesquisas realizadas na França com adolescentes diabéticos, suas famílias e profissionais ilustra questões e desafios contemporâneos no campo da educação terapêutica, centrando sua análise nos significados que os atores mobilizam para, assim, determinar estratégias de intervenção adaptadas às tensões psicossociais que possam surgir no cuidado. Ressaltamos a importância das dinâmicas socioidentitária e ideológica advindas do contexto social e cultural de referência dos atores engajados na educação terapêutica.


Abstract We introduce the contribution of social psychology of health to the reflection on the therapeutic education of adolescents with type 1 diabetes mellitus via a socio-representational approach. Chronic illnesses during adolescence pose specific challenges for health care, and the psychosocial perspective allows one to understand the practice of evaluating and consolidating patient's abilities, contextualizing therapeutic education as a set of socio-symbolic relations between the social actors involved in such scenario. This approach can be used both as a theoreticalmethodological and practical instrument to achieve a psychosocial diagnosis and intervention planning. A program of three studies conducted in France with diabetic adolescents, their families and professionals, illustrates contemporary issues and challenges in the field of therapeutic education. This study is focused on the meanings mobilized by the social actors to determine intervention strategies adapted to the psychosocial tensions that may arise in health care. We emphasize the importance of the socio-identity and ideological dynamics arising from the social and cultural context of the social actors engaged in therapeutic education.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Relações Profissional-Paciente , Psicologia Social , Terapêutica , Adolescente , Diabetes Mellitus
17.
Rev. polis psique ; 10(1): 206-226, 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1102619

RESUMO

Este artigo retoma questões que estão pautando a relação entre políticas de ação afirmativa e educação superior no Brasil. O objetivo é traçar um paralelo entre as iniciativas macro e micropolítica colocando em destaque seus desdobramentos para o contexto educacional brasileiro. A análise da política de reserva de vagas no ensino superior brasileiro tem como ponto de partida dois aspectos em destaque: a) as relações estabelecidas entre Políticas de Estado e Ações da Sociedade Civil; e b) a polêmica gerada em torno dos conceitos de identidade, raça e etnia na definição dos critérios para a reserva de vagas. Como conclusão, o artigo apresenta uma breve análise das contribuições da psicologia sócio-histórico-cultural para este debate.


This article reviews the issues that function as guidelines for the relationship between affirmative action policies and higher education in Brazil. The goal is to draw a parallel between macro and micro policies initiatives, highlighting their developments in the Brazilian educational context. The analysis of the reservation policy in Brazilian higher education has two aspects that stand out: A) the relations established between State Policies and Civil Society Actions; B) the controversy around the concepts of identity, race and ethnicity regarding the definition of the criteria for the reservation of student places. As a conclusion, this article presents a brief analysis of the contributions of socio-historical-cultural psychology to this debate.


Este artículo retoma cuestiones que están pautando la relación entre políticas de acción afirmativa y educación superior en Brasil. El objetivo es trazar un paralelo entre las iniciativas macro y micro políticas, destacando sus desdoblamientos en el contexto educativo brasileño. El análisis de la política de reserva de cupos en la enseñanza superior brasileña tiene como punto de partida dos aspectos en especial: a) las relaciones establecidas entre Políticas de Estado y Acciones de la Sociedad Civil; y b) la polémica generada en torno a los conceptos de identidad, raza y etnia en la definición de los criterios para la reserva de vacantes. Como conclusión, el artículo presenta un breve análisis de las contribuciones de la psicología sociohistórico-cultural para este debate.


Assuntos
Política Pública , Educação Superior , Grupo com Ancestrais do Continente Africano , Equidade/políticas , Direitos Socioeconômicos , Psicologia Social , Brasil , Marginalização Social
18.
Rev. polis psique ; 10(1): 107-122, 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1102614

RESUMO

O objetivo deste trabalho é enfocar a trama dos processos subjetivos desencadeada pela dominação colonial na relação que ela estabelece entre dominador e dominado: como se imbricam e se interpolam as forças vitais de cada parte, um para subjugar o outro e fazê-lo ceder, vergando-o sob o peso da astúcia, da sedução, do medo; o outro para se opor à tirania e ao controle, resistindo, lutando ou até preferindo morrer. O artigo traz o ponto de vista de diferentes autores vinculados as reflexões sobre pós- e descolonialidade e seus encaminhamentos quanto as possibilidades de resistência à violência da opressão. O foco na economia psíquica põe em relevo as conexões inexoráveis entre história pessoal e coletiva, valorizando posicionamentos ontológicos, epistemológicos e psicológicos que escapam às frequentes dicotomias e reducionismos ao buscar visibilizar as relações paradoxais entre dominador e dominado.


The aim of the present paper is to focus on the patchwork of subjective processes engendered by colonial domination within the scope of relations between the oppressor and the oppressed: how the vital forces of each side imbricate and interpolate each other, the former to subjugate the other and make him/her acquiesce either by astuteness, seduction or terror; the latter, to oppose tyranny and control by struggling, resisting or even, preferring death. The article discusses post- and decolonial scholarship in view of articulating how possibilities of resisting to violence are envisaged within this tradition. The focus on the psychic economy brings forth the inexorable connections between personal and collective history. These are analysed in their ontological, epistemological and psychological underpinnings in order to escape the frequent dichotomies and reductionisms whenever the paradoxical relations between the oppressor and the oppressed are at stake.


El objetivo de ese trabajo es discutir la trama de los procesos subjetivos engendrados por la dominación colonial en el ámbito de la relación que se establece entre opresor y oprimido: como se mezclan las fuerzas vitales de cada parte, una para someter la otra haciendo con que ceda bajo el peso de la astucia, la seducción o el miedo; la otra para se oponer a la tiranía, al control, resistiendo, luchando hasta casi escoger la muerte. El artigo presenta el punto de vista de diferentes autores asociados a la discusión pos- o decolonial y sus contribuciones a la temática de la resistencia a la violencia de la opresión. El foco sobre la economía psíquica pone en relievo el enlace inexorable entre la historia personal y la colectiva teniendo en cuenta posiciones ontológicas, epistemológicas y psicológicas que escapan dicotomías y reduccionismos comunes cuando se intenta volver visible las relaciones paradojales entre el señor y el sujeto dominado.


Assuntos
Psicologia Social , Colonialismo , Dominação-Subordinação , Emoções Manifestas , Cultura , Controle
19.
Rev. polis psique ; 10(1): 63-84, 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1102612

RESUMO

Este artigo, de natureza teórica, tem como objetivo abordar contribuições de Donna Haraway, Vincianne Despret e Gilles Deleuze em aliança com Félix Guattari para pensar Etologias, que adotamos no plural, Etologias, a fim de destacar as singularidades dos modos pelos quais animais são pensados e inseridos em narrativas sobre suas práticas no mundo e sobre as paisagens nas quais humanos e animais se encontram e constituem subjetivações. Percorremos, portanto, dois campos de estudos. De um lado, a Filosofia da Diferença com a proposição de uma Etologia dos afetos e das potências e, de outro, as Epistemologias Feministas em Ciência e Tecnologia que enfatizam as práticas cotidianas dos animais enredadas em entramados de naturezas culturas. As relações entre humanos e animais são o fio transversal que adotamos para argumentar sobre as contribuições dos autores (as) para pensar Etologias.


This article, of a theoretical nature, aims to address contributions by Donna Haraway, Vincianne Despret and Gilles Deleuze in alliance with Félix Guattari to think of etologies, which adopt in the plural, Etologies, an end-of-life as singularities of the same values by which they are. Animals are thought and inserted into narratives about their practices in the world and about how the landscapes in which humans and animals are exposed and subjectivated. We therefore went through two fields of study. On the one hand, the Philosophy of Difference with a proposal of ethology of affects and powers and others, such as Feminist Epistemologies in Science and Technology that emphasize as daily practices of animals entangled in understandings of nature. The relationships between humans and animals are transversal that contribute authors to think about Etologies.


Este artículo, de carácter teórico, tiene como objetivo discutir las contribuciones de Donna Haraway, Vincianne Despret y Gilles Deleuze en alianza con Félix Guattari para pensar en las etologías, que adoptan en plural, las etologías, un fin de la vida como singularidades de los mismos valores por los cuales los autores. Los animales son pensados e insertados en narraciones sobre sus prácticas en el mundo y sobre cómo los paisajes en los que los humanos y los animales están expuestos y subjetivados. Por lo tanto, pasamos por dos campos de estudio. Por un lado, la Filosofía de la Diferencia con una propuesta de etología de afectos y poderes y otros, como las Epistemologías Feministas en Ciencia y Tecnología que enfatizan como prácticas cotidianas de los animales enredados en la comprensión de la naturaleza. Las relaciones entre humanos y animales son transversales que contribuyen a los autores a pensar en etologías.


Assuntos
Psicologia Social , Etologia
20.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 54: e03504, 2020. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1091971

RESUMO

Abstract Objective: To describe the contents and structure of the social representation of cancer. Method: A qualitative study based on the Theory of Social Representations, carried out in a High Complexity Care Unit in Oncology. Data collection included a socio-occupational and clinical characterization questionnaire and free evocations form from 100 cancer patients in chemotherapy treatment and in-depth interviews with 29 of them. The analysis was performed using EVOC software. Results: One hundred (100) patients participated in the study. The social representation of cancer has the words normal, difficult disease, death and fear in its central nucleus. The apparent ambivalence between the continuity of life and its finitude as structuring meanings of this representation enables establishing an inferential hypothesis that relates normal disease to the possibility of treatment, control and cure of cancer, while the fear of death remains in the representational field linked to the disease, which has a difficult treatment to cope with. Conclusion: The social representations of cancer based on the presented interrelationships provide reflections which may contribute to increasing the individual and social care of patients with malignant neoplasm and their family in health services.


Resumen Objetivo: Describir los contenidos y la estructura de la representación social del cáncer. Método: Estudio cualitativo, fundado en la Teoría de las Representaciones Sociales, llevado a cabo en una Unidad de Asistencia de Alta Complejidad en Oncología. Para la recolección de los datos, se emplearon cuestionario de caracterización socio-ocupacional y clínica y formulario con libre evocación de palabras en 100 pacientes con cáncer en tratamiento quimioterápico y entrevistas en profundidad con 29 de ellos. Se realizó el análisis con la ayuda del software EVOC. Resultados: Participaron en el estudio 100 pacientes. La representación social del cáncer tiene en su núcleo central las palabras enfermedad normal, difícil, muerte y miedo. La aparente ambivalencia entre la continuidad de la vida y su finitud como significados estructuradores de dicha representación permite establecer una hipótesis inferencial que relaciona la enfermedad normal con la posibilidad de tratamiento, control y curación del cáncer, mientras que el miedo a la muerte permanece en el campo representativo vinculado a la enfermedad, que tiene un tratamiento difícil de enfrentarse. Conclusión: Las representaciones sociales del cáncer, mediante las interrelaciones presentadas, proporcionan reflexiones que pueden contribuir al incremento del cuidado individual y social del paciente con neoplasia maligna y su familia, en los servicios sanitarios.


Resumo Objetivo: Descrever os conteúdos e a estrutura da representação social do câncer. Método: Estudo qualitativo, embasado na Teoria das Representações Sociais, realizado em uma Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia. Para a coleta de dados, empregaram-se questionário de caracterização sócio-ocupacional e clínica e formulário de evocações livres em 100 pacientes com câncer em tratamento quimioterápico e entrevistas em profundidade com 29 deles. A análise foi realizada com auxílio do software EVOC. Resultados: Participaram do estudo 100 pacientes. A representação social do câncer possui em seu núcleo central as palavras doença normal, difícil, morte e medo. A aparente ambivalência entre a continuidade da vida e sua finitude como significados estruturadores dessa representação permite estabelecer uma hipótese inferencial que relaciona a doença normal à possibilidade de tratamento, controle e cura do câncer, enquanto o medo da morte permanece no campo representacional atrelado à doença, que possui um tratamento difícil de ser enfrentado. Conclusão: As representações sociais do câncer, a partir das inter-relações apresentadas, propiciam reflexões que podem contribuir para o incremento do cuidado individual e social do paciente com neoplasia maligna e sua família, nos serviços de saúde.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Psicologia Social , Neoplasias/psicologia , Enfermagem Oncológica , Pesquisa Qualitativa
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA