Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 95
Filtrar
1.
Biosci. j. (Online) ; 35(5): 1614-1621, sept./oct. 2019. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1049068

RESUMO

To evaluate the influence of mesofacial, brachyfacial and dolichofacial facial patterns on giving an individual the profile of a crime suspect in the eyes of public security agents.This study had a cross-sectional design, conducted with public security agents of both sexes (n=100), where images of facial composites (police sketches) of individuals with different facial patterns (mesofacial, brachyfacial and dolichofacial) were used. With these images in hand, a questionnaire was created, divided into three parts: the first in which all the images were presented together, allowing comparison among them; the second, in which each image was evaluated separately followed by questions and the third that consisted on a visual analog scale that presented a bar with marks going from 0 to 100, where 0 represented the untrustworthy individual, 50 the individual who could be trusted, and 100 a very trustworthy individual. When all the data had been obtained statistical analyses were performed using the Chi-square and Friedman tests. The level of significance adopted was 5% (α=0.05). The dolichofacial individual was associated with security agents as the most prone to commit crimes and became more insecure and distrustful when compared to the mesofacial and brachyfacial individuals (p <0.001). The dolichofacial profile had a negative influence on the judgment of security agents who attributed to it, a character suspected of a crime and a low level of trustworthiness


Avaliar a influência dos padrões faciais mesofacial, braquifacial e dolicofacial em conceder um perfil de suspeito a cometer crimes aos olhos dos agentes de segurança pública. Este estudo teve delineamento transversal, realizado com agentes de segurança pública de ambos os sexos (n = 100), onde imagens de retratos- falados de indivíduos com diferentes padrões faciais (mesofacial, braquifacial e dolicofacial) foram utilizadas. De posse dessas imagens, foi criado um questionário, dividido em três partes: a primeira em que todas as imagens foram apresentadas juntas, permitindo a comparação entre elas; a segunda, em que cada imagem foi avaliada separadamente seguida de perguntas e a terceira consistiu em uma escala analógica visual que apresentava uma barra com marcações de 0 a 100, onde 0 representava o indivíduo não confiável, 50 o indivíduo em quem se podia confiar, e 100 um indivíduo muito confiável. Após a obtenção dos dados, foram realizadas análises estatísticas utilizando os testes Qui-quadrado e Friedman. O nível de significância adotado foi de 5% (α = 0,05). O indivíduo dolicofacial foi associado pelos agentes de segurança como o mais propenso a cometer crimes e passou mais insegurança e desconfiança, quando comparado aos indivíduos mesofacial e braquifacial (p<0,001). O perfil dolicofacial influenciou negativamente no julgamento dos agentes de segurança que atribuíram-lhe caráter suspeito a cometer crimes e baixo grau de confiabilidade.


Assuntos
Percepção Social , Crime , Face , Julgamento
2.
Sex., salud soc. (Rio J.) ; (29): 52-74, mayo-ago. 2018.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-979345

RESUMO

Resumen: Este artículo analiza la producción de sentidos y saberes sobre el sexo entre varones y la sexualidad masculina durante los juicios por delitos contra el honor militar en la Armada Argentina (1960-1980), en un contexto de ascenso del autoritarismo. Sostengo que, en contraste con la escalada represiva del período, el éxito de las Fuerzas Armadas en la construcción de una masculinidad hegemónica distaba mucho de ser una realidad en las décadas de 1960 y 1970. Lejos de un discurso o dispositivo bien articulado, los saberes producidos en los juicios militares no llegaban a constituirse en un conocimiento autoritativo (Jordan, 1991) sobre la sexualidad masculina. En términos metodológicos, me hago eco de Guinzburg (1991) quien sostiene que los "archivos de la represión" pueden servir tanto para realizar una historia de la represión como un estudio de la agencia subjetiva.


Resumo: Este artigo analisa a produção de sentidos e saberes sobre o sexo entre homens e a sexualidade masculina durante julgamentos por crimes contra a honra militar na Marinha argentina (1960-1980) em um contexto de crescente autoritarismo. Argumenta que, em contraste com a escalada repressiva do período, o sucesso das forças armadas na construção de uma masculinidade hegemônica distava de ser uma realidade nas décadas de 1960 e 1970. O conhecimento produzido em julgamentos militares não chegou a constituir um conhecimento autoritativo (Jordan, 1991) sobre a sexualidade masculina. Em termos metodológicos, o artigo retoma a Guinzburg (1991), que argumenta que os "arquivos da repressão" podem servir tanto para fazer uma história de repressão quanto para um estudo da agência subjetiva.


Abstract: This article analyzes the construction of meaning and knowledge about sex between men and male sexuality in crimes against military honor in the Armada Argentina (1960-1980) in a context of increasing authoritarianism. In contrast to the escalating repression of the period, the success of the armed forces in building a hegemonic masculinity was far from being a reality in the decades of 1960s and 1970s. Instead of a well articulated discourse or device, the notions produced during military trials did not constitute an authoritative knowledge (Jordan, 1991) on male sexuality. In methodological terms, the article echoes Guinzburg (1991), who argues that the "archives of repression" can serve both to build a history of repression and a study of subjective agency.


Assuntos
Humanos , Masculino , Argentina , Comportamento Sexual , Autoritarismo , Homossexualidade Masculina , Sexualidade , Masculinidade , Julgamento , Militares
3.
Psico USF ; 23(3): 527-537, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-948252

RESUMO

Julgamentos morais fazem parte do cotidiano das pessoas e processos cognitivos são utilizados como base para a formulação de um julgamento moral. Este trabalho tem como objetivo mensurar o efeito covariante da atitude prévia em relação a um tema moral na relação entre a sobrecarga cognitiva e o julgamento de um cenário moral. O Experimento 1 testou a relação direta entre princípios morais (i.e., deontológico e utilitarista) e sobrecarga cognitiva em uma tarefa de julgamento moral. No Experimento 2, foi testada a interferência da atitude prévia em tarefa de julgamento moral. Em ambos os experimentos, a amostra foi composta por estudantes universitário, em sua maioria homens. Os resultados sugerem que a sobrecarga cognitiva induz um julgamento de origem deontológica e que a atitude prévia em relação a um objeto moral interfere significativamente na tarefa de julgamento moral independente do cenário. (AU)


Moral judgments are part of everyday life and cognitive processes are used as a basis for formulating them. The objective of this study is to measure the covariant effect of prior attitude toward a moral issue in the relationship between cognitive overload and judgment of a moral issue. The first experiment tests the direct relationship between moral principles (i.e. deontological and utilitarian) and cognitive overload in a moral judgment task. The second experiment tests the interference of prior attitude in a moral judgment task. In both experiments the sample was composed by undergraduate students, mostly men. The results suggest that cognitive overload induces a deontological judgment and that prior attitude toward a moral object interferes significantly in the moral judgment task, regardless of the context. (AU)


Juicios morales hacen parte de lo cotidiano de las personas y procesos cognitivos son utilizados como base para la formulación de un juicio moral. Este estudio tiene como objetivo medir el efecto covariable de la actitud previa con relación a un tema moral en la relación entre la sobrecarga cognitiva y el juicio de un escenario moral. El primer experimento pone a prueba la relación directa entre los principios morales (i.e. deontológico y utilitarista) y sobrecarga cognitiva en una tarea de juicio moral. El segundo experimento pone a prueba la interferencia de la actitud previa en la tarea de juicio moral. En ambos experimentos la muestra fue compuesta por estudiantes universitarios, en su mayoría hombres. Los resultados sugieren que la sobrecarga cognitiva induce a un juicio de origen deontológico y que la actitud previa con relación a un objeto moral interfiere significativamente en la tarea de juicio moral independiente del escenario. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Atitude , Cognição , Aborto , Julgamento , Princípios Morais , Estudantes/psicologia , Educação Superior
4.
Rev. panam. salud pública ; 42: e102, 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-961809

RESUMO

ABSTRACT Objective. To analyze the value judgments behind cost-benefit tradeoffs made by health stakeholders in deciding whether or not to incorporate new health technologies and how they should be financed and allocated in limited-resource settings in Brazil. Method. From June 2009 to January 2010, a sample of stakeholders in the public and private health sector was identified and invited to complete an online survey consisting of two questionnaires: one collecting socio-demographic/professional information and one capturing resource allocation preferences in four hypothetical scenarios for the incorporation of new health technologies. Results. A total of 193 respondents completed the survey; more than half were male (53.9%) and the most common age group was 31-40 years (36.8%). Scenario 1 (incorporation of a new drug treatment for chronic disease, by reducing/eliminating resources for existing programs) was rejected by 49.2% of the survey sample, who preferred to maintain the status quo for existing programs. Scenario 2 (incorporation of the same new treatment, but financed by a new tax) was rejected by 58.0%. Scenario 3 (incorporation of a new treatment for a highly lethal disease, by age group—20-75 years versus 75+ years—by reducing/eliminating resources for existing programs), was rejected by 42.0%, while 20.7% supported allocations for both groups, 34.2% supported allocations exclusively for the 20-75-year age group, and 3.1% supported allocations exclusively for the 75+ year age group. For Scenario 4, which consisted of five different resource allocations for prevention and treatment programs for another highly lethal disease, the most preferred option (chosen by 50.8% of respondents) was 75%:25% (prevention versus treatment). Conclusions. When incorporating a new health technology requires reducing/eliminating other health programs, financing it through a tax, or having to choose certain age groups (e.g., younger, working people versus older people), respondents are likely to reject it. When offered the choice of limiting the scope of the program (e.g., prevention versus treatment), respondents are likely to favor prevention. This was the first study in Brazil to capture value judgments that affect stakeholder decision-making on various resource allocations for different scenarios for health technology introduction in limited-resource settings. Future research should investigate the perspective of society as a whole to determine the best approach for decision-making based on common values and consensus within a particular health care system.


resumen está disponible en el texto completo


RESUMO Objetivo. Analisar a apreciação valorativa oculta nos trade-offs de custo-benefício feitas pelos interessados diretos da saúde ao decidirem se serão incorporados novos tratamentos medicamentosos e como eles serão custeados e alocados em cenários com recursos limitados no Brasil. Métodos. De junho de 2009 a janeiro de 2010, uma amostra de interessados diretos do setor público-privado da saúde foi identificada e convidada a responder uma pesquisa online compreendendo dois questionários: o primeiro para coleta de dados sociodemográficos/profissionais e o segundo para conhecer as preferências de alocação de recursos com a incorporação de um novo tratamento medicamentoso em quatro cenários hipotéticos. Resultados. Ao todo, 193 participantes responderam a pesquisa. Mais da metade da amostra era do sexo masculino (53,9%) e pertencia à faixa etária de 31 a 40 anos (36,8%). O cenário 1 (incorporação do novo tratamento medicamentoso com a redução ou a extinção de recursos para programas existentes) foi rejeitado por 49,2% da amostra estudada, que deram preferência a manter a situação corrente dos programas existentes. O cenário 2 (incorporação do novo tratamento custeado por um novo imposto) foi rejeitado por 58,0%. O cenário 3 (incorporação do novo tratamento por faixa etária: 20 a 75 anos ou acima de 75 anos) foi rejeitado por 42,0%, sendo que 34,2% apoiaram a alocação exclusiva para a faixa etária de 20 a 75 anos e 3,1%, para a faixa acima de 75 anos. Quanto ao cenário 4, que compreendia cinco tipos de alocação de recursos para o novo tratamento medicamento, a opção de maior preferência (indicada por 50,8% dos participantes) foi uma razão de 75% a 25% (para prevenção e tratamento, respectivamente). Conclusões. Quando a incorporação de uma nova tecnologia em saúde requeria a redução ou a extinção de outros programas de saúde, o custeio com a arrecadação tributária ou a escolha entre determinadas faixas etárias (por exemplo, população jovem, ativa ou idosa), os participantes tenderam a rejeitá-la. Quando eles tiveram a opção de restringir o alcance do programa (por exemplo, prevenção ou tratamento), verificou-se uma tendência a favor da prevenção. Trata-se do primeiro estudo realizado no Brasil para conhecer a apreciação valorativa que influencia a tomada de decisão dos interessados diretos em alocações variadas de recursos em diferentes situações para a introdução de tecnologia em saúde em cenários com recursos limitados. Outras pesquisas devem ser realizadas para investigar a perspectiva da sociedade como um todo a fim de se determinar a melhor perspectiva para a tomada de decisão fundada nos valores comuns e no consenso em um sistema de atenção de saúde em particular.


Assuntos
Humanos , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Tomada de Decisões , Julgamento/ética , Brasil
5.
Rev. Bras. Odontol. Leg. RBOL ; 4(1): [114-121], jan.-abr. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-911103

RESUMO

Introdução: A perda do patrimônio estético da pessoa é entendida como a alteração da complexa imagem que podemos perceber por qualquer dos sentidos, também definida como qualquer irregularidade física ou alteração corporal externa, visível e permanente que pressuponha fealdade ostensiva ao visualizar o ofendido. O valor dessas indenizações tem sido fixado por arbitramento dos magistrados, com base no laudo pericial e de acordo com as circunstâncias do caso, já que não existe, ainda, dispositivo legal estabelecendo parâmetros objetivos a respeito. Objetivo: O presente trabalho objetiva relatar um caso pericial em que foi aplicada uma metodologia que permite objetivar a impressão e o impacto do prejuízo estético proposta por Plana (2010), mostrando as razões pelas quais não houve dano estético. Relato de Caso: apresentou-se uma perícia civil onde foi solicitada a avaliação de danos estéticos em um periciado masculino de 68 anos, o qual relatou uma queda em um estabelecimento comercial. No trauma, verificou-se um ferimento corto contuso no lábio inferior e, posteriormente, através de imagens radiográficas, a fratura de dentes. Foi mostrada a comparação do avaliado antes e depois do trauma e verificada e ausência de dano estético. Discussão: a utilização de parâmetros objetiváveis pelos peritos e assistentes técnicos na valoração do dano estético são fundamentais para responder, justificar e esclarecer adequadamente a justiça. O cirurgião-dentista, quando investido no papel de avaliador, deve se encontrar atualizado sobre as abordagens existentes, realizar uma descrição pormenorizada e padronizada das lesões, bem como estar atento para indicar uma visão completa da pessoa a autoridade requisitante, uma vez que nem toda sequela decorrente de trauma remeterá a dano estético com possibilidade de valoração e indenização.


Introduction: The loss of the aesthetic worth of the person is understood as the change in the complex image that we can perceive in any of the senses, also defined as any physical irregularity or external body alteration, visible and permanent that presuppose overt ugliness while viewing the offended. The value of these indemnifications has been fixed by arbitration of judges, based on expert opinion and according to the circumstances of the case, since there is no legal dispositive yet establishing objective parameters about it. Objective: This study reports an expert case in which a methodology that allows to objectify the impression of the damage impact proposed by Plana (2010) was applied, showing the reasons why there was no aesthetic damage. Case Report: a male, 68 years old, presented himself in a civilian expertise where we requested the assessment of cosmetic damage, which reported a drop in a shop. Radiographic images showed a cut blunt injury to the lower lip and then the fractured teeth at the trauma. A comparison of the person evaluated before and after trauma was shown, and the absence of aesthetic damage was verified. Discussion: the use of concise parameters by the experts and technical assistants in the valuation of the aesthetic damage is essential to respond, justify and clarify adequately the law. The dentist when acting as an evaluator, must be up to date on current existing approaches, conduct a detailed and standardized description of the lesions and be alert to indicate a complete view of the person to the requesting authority, since not every trauma sequel refers to aesthetic injury with the possibility of valuation and compensation.


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Estética Dentária , Odontologia Legal , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos , Julgamento , Responsabilidade Social
6.
Rev. latinoam. cienc. soc. niñez juv ; 14(2): 1537-1548, July-Dec. 2016.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-836157

RESUMO

El presente artículo da cuenta del proceso metodológico, los hallazgos y los resultados obtenidos en la investigación, de carácter comprensivo, acerca de la responsabilidad política de los actores del conflicto interno colombiano, particularmente en los hechos acontecidos en la masacre de El Salado, en febrero del año 2000. En un diálogo ininterrumpido entre los hechos, los actores y sus testimonios y a partir del aporte significativo de la teoría arendtiana, se indaga por las responsabilidades -sea por acción o por omisión de manera directa o indirecta- de los actores en los sucesos que tuvieron lugar, y sus correspondientes atribuciones. Después de ello se busca llegar a distintas conclusiones que develan y des-ocultan lo ocurrido a través de diversas aristas: destacar que el objeto de la comprensión de la responsabilidad es, en especial, la actuación del victimario; levantar la conciencia desde la esfera privada a la pública; enfrentar la realidad histórica de la masacre apelando a un juicio holgado y abierto; ofrecer un equilibrio entre lo ocurrido, sus determinadores y las repercusiones suscitadas.


This article highlights the methodology, findings and results of a study carried out to understand the responsibility of the actors from the Colombian internal armed conflict in the events that led to the El Salado massacre, which occurred in February 2000. In an ongoing dialogue between the facts, the actors and their testimonies and based on the significant contribution of Arendt’s theory, this study analyzes the responsibilities of actors – through either direct or indirect actions or omissions – in the events that took place in El Salado and the corresponding criminal attributions. As a result, this article seeks to provide different conclusions that reveal and make visible what happened through a variety of areas; that the object of understanding responsibility specifically lies in the actions of the victimizer; raising awareness from the private to the public sphere; facing the historical reality of the massacre through a flexible and open trial; and providing a balance between what happened, its determinants and the repercussions that followed


Assuntos
Conflitos Armados , Julgamento , Conhecimento Psicológico de Resultados , Colômbia
7.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 16(2): 401-413, maio-ago. 2016.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-913575

RESUMO

Em contextos sociais, quando ocorre uma falha, frequentemente usam-se as mais diversas justificativas. A questão que emerge desse contexto é quão desculpável a justificativa se apresenta a depender de sua causa (externa, interna controlável ou interna incontrolável) e da hierarquia social de quem a pede. Esta pesquisa investigou efeitos de pedidos de desculpas, feitos por pessoas de hierarquias diferentes, entre três diferentes alvos de avaliação ­ auto (eu) e hetero (meus amigos e outros). Trezentos participantes responderam a cenários em que alguém (ora um professor, ora um aluno) se atrasa para um compromisso e oferece três tipos de desculpas que deveriam ser respondidas em três alvos de avaliação. Os resultados corroboraram o modelo de Weiner (2006), mostrando que desculpas com causas externas foram mais aceitáveis que as internas incontroláveis, seguidas das internas controláveis. Pedidos de desculpas feitos pelo professor, no entanto, foram menos aceitos. Na comparação entre auto e hetero-avaliação, confirmou-se o viés de falsa-unicidade, já que os respondentes julgaram aceitar mais os pedidos feitos a eles do que as outras pessoas aceitariam. Discutem-se aplicações para o contexto escolar, em especial para o gerenciamento de impressão em situações de hierarquia definida. (AU)


In social contexts, when a fail occurs, people usually use different justifications. This raises a question that concerns how much acceptable is this excuse, depending on its cause (external, internal controllable or internal uncontrollable) and the social status of those who use it. The present research investigated the effects of excuses given by people from different hierarchy levels considering three different targets ­ self and others (friends and other people). Three hundred participants judged how acceptable three excuses were in scenarios in which a person (either a teacher or a student) is coming late to an appointment. Results supported Weiner´s attributional model (2006), by showing that excuses with external causes were regarded as more acceptable than those with uncontrollable internal causes, followed by controllable internal ones. Also, excuses given by professors were less accepted. When comparing different evaluations, a false uniqueness bias was confirmed, as participants judged themselves as more benevolent than others. Applications for educational context are discussed, especially for impression management in clearly defined hierarchical settings. (AU)


En contextos sociales, cuando se comete una falla, las personas empleán diferentes justificaciones. Esto plantea una pregunta que se refiere a quan aceptable es la excusa, dependiendo de su causa (externa, interna incontrolable o interna controlable) y el tipo de situación social. En el presente estudio se investigó los efectos de las excusas dadas por personas de diferentes niveles de jerarquía, considerando tres diferentes actores sociales: la persona, sus amigos y las otras personas en general). Trescientos participantes juzgaron cuanto aceptables tres excusas estaban en escenarios en los que una persona (un profesor o un estudiante) está llegando tarde a una cita. Los resultados apoyaron lo modelo atribucional de Weiner (2006), mostrando que las excusas con causas externas fueron consideradas como más aceptables que las que tienen causas internas incontrolables, seguidas de las internas controlables. Además, excusas dadas por los profesores fueran menos aceptadas. Al comparar las evaluaciones acerca de los diferentes actores sociales, se confirmó el efecto de falsa singularidad, ya que los participantes juzgaban a sí mismos como más benevolentes que los otros. Se discuten los problemas de contexto educativo, especialmente para la gestión de las impresiones en contextos jerárquicos con relaciones claramente definidas. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Relações Interpessoais , Hierarquia Social , Julgamento/ética , Percepção Social
8.
Saúde Soc ; 25(2): 381-391, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-787838

RESUMO

Com o objetivo de investigar as relações entre o julgamento dos serviços de saúde pelos usuários e a sua posição no espaço social, foi realizado um estudo apoiado na sociologia de Bourdieu envolvendo dois grupos. Foram realizadas 22 entrevistas em profundidade com professores universitários e usuários de unidades de saúde. A posição no espaço social desses agentes foi caracterizada por meio da análise dos seus capitais e trajetória social. Identificou-se que a escolha dos médicos entre os agentes de maior capital global vinculava-se a critérios técnicos e simbólicos. Em contrapartida, entre agentes de classes populares, o acesso foi o principal critério. Analisou-se que a tomada de posição em relação ao serviço corresponde a um ajuste inconsciente das necessidades às possibilidades dos usuários. Discutem-se as implicações da distância social existente entre médicos e pacientes na escolha e julgamento dos serviços de saúde.


To investigate the relationship between the judgment of health care services by users and their position in the social space, we performed a study supported by the sociology of Bourdieu involving two groups. Twenty-two in-depth interviews were conducted with university professors and users of the health care system. The social position of these agents was characterized by analyzing their available capital and their social trajectory. We found that the choice of physicians by those users with greater global capital was linked to technical and symbolic criteria. In contrast, among agents of the popular classes, access was the main criterion. We analyzed that the stance taken regarding the service corresponds to an unconscious adjustment between needs and the possibilities available to users. We discussed the implications of a social distance between physicians and their patients in choosing and judging health care services.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Centros de Saúde , Avaliação em Saúde , Satisfação do Paciente , Relações Médico-Paciente , Qualidade da Assistência à Saúde , Serviços de Saúde , Comportamento de Escolha , Julgamento , Cuidados Médicos
10.
Artigo em Espanhol | LILACS, BINACIS | ID: biblio-1046981

RESUMO

Reconocer cuál es el criterio en medicina y cirugía para sus desarrollos apropiados son temas poco debatidos en la actual era de la tecnología de avanzada con una gran necesidad para el adecuado ejercicio profesional.¿Existe una regla acerca de este criterio y si la hay, es observada, enseñada y por ende aprendida?


Assuntos
Especialidades Cirúrgicas , Cirurgia Geral , Educação , Educação Médica , Julgamento , Métodos
11.
Aletheia ; (47/48): 79-90, maio-dez. 2015. ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-949839

RESUMO

O psicodiagnóstico, ferramenta de uso exclusivo do psicólogo, possibilita o acesso a características emocionais e aspectos cognitivos do paciente de forma relativamente breve e consistente. Mostra-se um recurso importante para auxílio diagnóstico e planejamento terapêutico no hospital geral. Diante disso, realizou-se um levantamento de psicodiagnósticos executados pelo Serviço de Psicologia no ano de 2015, solicitados pela equipe da Psiquiatria da Infância e Adolescência de um hospital geral universitário, a fim de descrever a demanda da psicologia frente à equipe multiprofissional e suscitar questões sobre esse processo. Os resultados apontam para heterogeneidade de transtornos específicos e escassez de instrumentos de avaliação de personalidade validados para essa população. Conclui-se sobre a importância do psicodiagnóstico para auxílio na elaboração do Plano de Tratamento Singular e para acompanhamento sistemático de doenças que tendem a ser crônicas.


Through psychological assessment, psychologists are able to evaluate emotional and cognitive features in a relative small amount of time. It is a valuable tool to help multidisciplinary assistant team in formulating a diagnosis and planning treatment. This article reveals the demand of the Psychology Service of a university general hospital considering the needs of the Children and Adolescents Psychiatric Unit. The results show a variety of diagnosis and the shortage of psychological tools and tests for this specific age. The conclusion highlights the importance of the psychological assessment as a tool for writing the Individualized Treatment Plan as well as to keep track of illnesses that tend to be chronic.


Assuntos
Humanos , Criança , Adolescente , Transtornos da Personalidade , Diagnóstico , Tratamento Psiquiátrico Involuntário , Comportamento Infantil , Comportamento do Adolescente , Julgamento , Transtornos Mentais
12.
Psico USF ; 20(1): 87-96, Jan-Apr/2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-744518

RESUMO

Este estudo investigou como informações falsas fornecidas a testemunhas oculares podem afetar a fidedignidade de seus relatos. Os participantes foram divididos em duas condições experimentais. Todos assistiram ao vídeo de um crime e responderam a um questionário sobre informações nele descritas. Em uma condição, os participantes preencheram o questionário individualmente e, em seguida, discutiram suas respostas com um confederado, que fornecia informações falsas ao participante. Após discutirem tais informações, os participantes eram requisitados a fazer um novo relato. Em outra condição, os participantes realizaram todo o procedimento individualmente, sem receberem informações falsas. O número de erros na presença do confederado foi maior quando comparado com a condição sem o confederado. São discutidos possíveis fatores que envolvem a distorção da memória por meio de conformidade, assim como implicações práticas dos resultados encontrados...


The current study investigated how misinformation presented to eyewitnesses can affect the reliability of their reports. An experiment was conducted with 54 participants, divided in two conditions. All participants watched a video of a crime scene, and then answered a questionnaire about the content of the video. In one condition participants filled the questionnaire individually and then discussed their answers with a confederate, instructed to provide misinformation to participants. After the discussion participants were required to provide a new report. In another condition participants made the whole procedure individually, without receiving any misinformation. Mistakes in the presence of the confederate were higher when compared to the condition with no confederate. Potential factors underlying the distortion of memories through conformity, as well as practical implications of the results are discussed...


Este estudio investigó cómo información falsa proporcionada a testigos oculares puede afectar la veracidad de los testimonios. Los participantes fueron divididos en dos condiciones experimentales, y todos asistieron el video de un delito y luego respondieron a un cuestionario sobre la información contenida en el mismo. En un grupo los participantes completaron el cuestionario de forma individual y luego discutieron sus respuestas con un asociado que les proporcionaba informaciones falsas. Después de discutir esas informaciones se les solicitaba hacer un nuevo testimonio. En el otro grupo los participantes realizaron todo el procedimiento individualmente, sin recibir información falsa. El número de errores fue mayor en la presencia del asociado. Se discuten los posibles factores implicados en la distorsión de la memoria mediante la conformidad, así como las implicaciones prácticas de los resultados...


Assuntos
Humanos , Feminino , Julgamento , Rememoração Mental , Reprodutibilidade dos Testes , Sugestão
13.
Rev. latinoam. enferm ; 23(1): 11-19, Jan-Feb/2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-742014

RESUMO

OBJECTIVE: to compare the general and specific health-related quality of life (HRQoL) between the Intervention (IG) and Control (CG) groups of coronary artery disease patients after the implementation of Action Planning and Coping Planning strategies for medication adherence and to verify the relationship between adherence and HRQoL. METHOD: this was a controlled and randomized study. RESULTS: the sample (n=115) was randomized into two groups, IG (n=59) and CG (n=56). Measures of medication adherence and general and specific HRQoL were obtained in the baseline and after two months of monitoring. CONCLUSION: the findings showed that the combination of intervention strategies - Action Planning and Coping Planning for medication adherence did not affect the HRQoL of coronary artery disease patients in outpatient monitoring. .


OBJETIVO: comparar a qualidade de vida relacionada à saúde - geral e específica - de pacientes coronariopatas entre os grupos Intervenção e Controle, após a implementação das estratégias de Planejamento de Ação e de Enfrentamento de Obstáculos para adesão medicamentosa e verificar a relação entre adesão e qualidade de vida, relacionada à saúde. MÉTODO: trata-se de estudo controlado e randomizado. RESULTADOS: a amostra (n=115) foi aleatorizada nos grupos Intervenção (n=59) e Controle (n=56). Foram obtidas medidas de adesão medicamentosa e de qualidade de vida relacionada à saúde geral e específica, na fase inicial do estudo e após dois meses de seguimento. CONCLUSÃO: os achados evidenciaram que a combinação de estratégias de intervenção - Planejamento de Ação e de Enfrentamento de Obstáculos para adesão medicamentosa não influenciou a qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes coronariopatas em seguimento ambulatorial. .


OBJETIVO: comparar la calidad de vida relacionada a la salud (CVRS) - general y específica de pacientes con enfermedad coronaria entre los grupos Intervención y Control después de la implementación de las estrategias de Planificación de Acción y de Enfrentamiento de Obstáculos para adherencia a medicamentos y verificar la relación entre adherencia y CVRS. MÉTODO: se trata de estudio controlado y aleatorio. RESULTADOS: la muestra (n=115) fue del tipo aleatorio en los grupos GI (n=59) y GC (n=56). Fueron obtenidas medidas de adherencia a medicamentos y de CVRS general y específica, en la fase inicial del estudio y después de dos meses de seguimiento. CONCLUSIÓN: los hallazgos evidenciaron que la combinación de estrategias de intervención - Planificación de Acción y de Enfrentamiento de Obstáculos para adherencia a medicamentos no influenció la CVRS de pacientes con enfermedad coronaria en seguimiento en ambulatorio. .


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Transtornos Cognitivos/etiologia , Julgamento/fisiologia , Esquizofrenia/complicações , Percepção do Tempo/fisiologia , Estimulação Acústica , Análise de Variância , Atenção , Discriminação Psicológica , Testes Neuropsicológicos
14.
Rev. gaúch. enferm ; 35(3): 55-60, Sep/2014.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-725736

RESUMO

The objective of this study was to analyze the structural elements of critical thinking (CT) of nurses in the clinical decision-making process. This exploratory, qualitative study was conducted with 20 emergency care nurses in three hospitals in southern Brazil. Data were collected from April to June 2009, and a validated clinical case was applied from which nurses listed health problems, prescribed care and listed the structural elements of CT. Content analysis resulted in categories used to determine priority structural elements of CT, namely theoretical foundations and practical relationship to clinical decision making; technical and scientific knowledge and clinical experience, thought processes and clinical decision making: clinical reasoning and basis for clinical judgments of nurses: patient assessment and ethics. It was concluded that thinking critically is a skill that enables implementation of a secure and effective nursing care process.


El objetivo de este estudio fue analizar los elementos estructurales del pensamiento crítico (PC) de enfermeras en el proceso de toma de decisiones clínicas. Estudio exploratorio, cualitativo, con 20 enfermeras de emergencias en tres hospitales en el sur de Brasil. La recopilación de datos se llevó a cabo de abril a junio de 2009, se aplicó un caso clínico validado, de esto las enfermeras enumeraron los problemas de salud, cuidados prescritos y ordenaron a los elementos estructurales en el PC. En el análisis de contenido están desplegadas las categorías relacionadas con prioridad a los elementos estructurales del PC, a saber: fundamentos teóricos y prácticos en relación con la toma de decisión clínica: conocimiento técnico y científico y la experiencia clínica, proceso y toma de decisión clínica: razonamiento clínico y bases para el juicio clínico de la enfermera: evaluación del paciente y la ética. Se concluyó que pensar críticamente es una habilidad necesaria para implementar el proceso de cuidados seguros de enfermería.


Objetivou-se neste estudo analisar os elementos estruturais do pensamento crítico (PC) do enfermeiro no processo de tomada de decisão clínica. Estudo exploratório, qualitativo, com 20 enfermeiros de emergências em três hospitais do sul do Brasil. A coleta de dados deu-se de abril a junho de 2009; aplicou-se um caso clínico validado, deste os enfermeiros listaram problemas de saúde, cuidados prescritos e ordenaram os elementos estruturais no PC. Na análise de conteúdo, desvelaram-se categorias às quais se relacionaram os elementos estruturais prioritários do PC, a saber: relação de fundamentos teóricos e práticos para tomada de decisão clínica: conhecimento técnico-científico e experiência clínica, processo de pensamento e tomada de decisão clínica: raciocínio clínico e bases para o julgamento clínico do enfermeiro: avaliação do paciente e ética. Concluiu-se que pensar criticamente é uma habilidade necessária para implementar o processo de cuidado de enfermagem seguro.


Assuntos
Enfermagem em Emergência , Julgamento , Enfermeiras e Enfermeiros
15.
Rev. panam. salud pública ; 35(4): 293-304, abr. 2014. graf, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-710588

RESUMO

CONTEXTO: Los estimados cuantitativos de magnitud, dirección e índice de cambio de las desigualdades en salud juegan un papel crucial en la creación y evaluación de las políticas destinadas a eliminar la desproporcionada carga de enfermedad en las poblaciones carenciadas. En general se asume que la medición de las desigualdades en salud es un proceso con un valor neutral que brinda datos objetivos que luego se interpretan usando juicios normativos sobre si una particular distribución de la salud es justa, ecuánime o socialmente aceptable. MÉTODOS: Se discuten cinco ejemplos en los cuales los juicios normativos juegan un papel en la medición del proceso en sí, sea mediante la selección de una estrategia de medición sobre la exclusión de otras como mediante la selección del tipo, importancia o peso asignados a las variables que se están midiendo. HALLAZGOS: En términos generales, encontramos que muchas medidas de desigualdad comúnmente usadas son subjetivas y que los juicios normativos implícitos en estas medidas tienen importantes consecuencias de interpretación y respuesta a las desigualdades en salud. CONCLUSIONES: Debido a que los valores implícitos en la generación de las medidas de desigualdad en salud pueden llevar a interpretaciones radicalmente diferentes de los mismos datos subyacentes, instamos a los investigadores a considerar en forma explícita y discutir con transparencia los juicios normativos subyacentes en sus medidas. También instamos a los responsables de las políticas y a otros consumidores de datos sobre desigualdades en salud a prestar mucha atención a las medidas sobre las cuales basan su evaluación sobre las políticas de salud actuales y futuras.


CONTEXT: Quantitative estimates of the magnitude, direction, and rate of change of health inequalities play a crucial role in creating and assessing policies aimed at eliminating the disproportionate burden of disease in disadvantaged populations. It is generally assumed that the measurement of health inequalities is a value-neutral process, providing objective data that are then interpreted using normative judgments about whether a particular distribution of health is just, fair, or socially acceptable. METHODS: We discuss five examples in which normative judgments play a role in the measurement process itself, through either the selection of one measurement strategy to the exclusion of others or the selection of the type, significance, or weight assigned to the variables being measured. FINDINGS: Overall, we find that many commonly used measures of inequality are value laden and that the normative judgments implicit in these measures have important consequences for interpreting and responding to health inequalities. CONCLUSIONS: Because values implicit in the generation of health inequality measures may lead to radically different interpretations of the same underlying data,we urge researchers to explicitly consider and transparently discuss the normative judgments underlying their measures. We also urge policymakers and other consumers of health inequalities data to pay close attention to the measures on which they base their assessments of current and future health policies.


Assuntos
Humanos , Disparidades nos Níveis de Saúde , Julgamento , Política de Saúde , Valores Sociais
16.
Salud(i)ciencia (Impresa) ; 20(4): 362-367, mar.-2014. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-790864

RESUMO

A pesar de que es bien conocida la importancia que tiene que los médicos posean adecuadas habilidades de comunicación para la práctica clínica, éstas no forman parte de su enseñanza formal. En este trabajo presentamos el diseño y la evaluación de resultados de un curso de formación en habilidades de comunicación y apoyo emocional a siete médicos internos residentes de nefrología. El curso está realizado desde el marco del counselling. En la evaluación empleamos un diseño piloto pretest-postest mediante un cuestionario elaborado ad-hoc para mediar la tasa de respuesta empática espontánea a través de diez viñetas clínicas. Los resultados parecen indicar un aumento en el número de respuestas empáticas espontáneas emitidas por los participantes sin poder establecer la significación de la diferencia debido al escaso tamaño muestral. El 100% de los participantes recomendarían el curso a otros nefrólogos. En próximas investigaciones nos proponemos aumentar la muestra sobre la base de futuras ediciones del curso, con vistas a poder mostrar resultados confirmatorios. El programa de formación en counselling ha quedado establecido como actividad bienal protocolizada dentro del servicio. Este tipo de iniciativas docentes dirigidas a los médicos en formación son una óptima manera de recordarnos que el manejo adecuado de la tecnología médico-biológica, si bien es imprescindible, resulta insuficiente si lo que pretendemos es dar una respuesta eficaz, efectiva y eficiente al paciente y su familia. Si no se empatiza y conecta con el paciente, si no se crea un clima emocional adecuado, la eficacia de la intervención se verá mermada...


Assuntos
Humanos , Aptidão , Comunicação , Aconselhamento , Empatia , Julgamento , Nefrologia , Médicos , Resolução de Problemas
17.
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-915546

RESUMO

El estudio de los fundamentos psicológicos de los juicios morales parece haber abandonado definitivamente el terreno meramente teórico para constituirse, finalmente, en una problemática abordable a través de enfoques empíricos. En efecto, a pesar de que el estudio de los temas morales ha sido materia recurrente de las humanidades y de las ciencias sociales, solo la posterior integración de diferentes disciplinas científicas en la ciencia de la "psicología moral" parece haber sido determinante para el desarrollo de este campo de estudio


Assuntos
Humanos , Moral , Psicologia Educacional/ética , Ética , Julgamento/ética
18.
Psicol. reflex. crit ; 27(3): 531-538, 2014.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: lil-722224

RESUMO

Este artigo apresenta uma revisão teórica sobre três fatores que podem influenciar no julgamento da atratividade facial: cuidado parental, fatores psicológicos e percepção da dominância, todos relacionados às diferenças individuais. Discute-se se eles afetam os resultados de estudos que envolvam percepção facial, de modo a refutar a hipótese dos hormônios como os maiores influenciadores no julgamento da atratividade. Encontrar as possíveis variáveis que influenciam a atratividade facial pode ajudar a explicar os resultados controversos, além de ampliar o conhecimento sobre a escolha do parceiro. (AU)


This paper is about a review on three factors that may affect the judgment of facial attractiveness: parenting care, psychological factors and dominance. They are all related to individual differences. It is discussed whether they may affect the results of studies involving face perception, refuting the hypothesis that hormones have major influence in attractiveness judgments. Finding possible variables that influence facial attractiveness may help to explain the controversial results in this area broadening our understanding about mate choice. (AU)


Assuntos
Parceiros Sexuais/psicologia , Comportamento de Escolha , Face , Individualidade , Relações Interpessoais , Julgamento
20.
Estud. psicol. (Natal) ; 18(3): 411-418, jul.-set. 2013. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-690025

RESUMO

O objetivo deste estudo é contribuir para uma melhor compreensão dos determinantes dos julgamentos acerca da existência de infidelidade marital e sua gravidade, sobre os quais existe pouca investigação, apesar do seu impacto nas relações de casal. Uma amostra de 68 homens e 221 mulheres respondeu online a um questionário, no qual se perguntava se o sucedido num conjunto de cenários constituiria infidelidade e quão grave seria. Uma análise fatorial identificou quatro aspectos que determinam a avaliação de infidelidade: envolvimento afetivo, contato físico/sexual, comportamento inocente e consentimento pelo parceiro. É atribuída maior gravidade quando o envolvimento é deliberado, continuado e sexual. Adultos jovens ou idosos, pessoas mais religiosas e com posicionamento político mais conservador fazem julgamentos mais severos. As mulheres penalizam mais o envolvimento na internet. A paixão e o consentimento do parceiro atenuam a gravidade. Situações ambíguas são julgadas como mais graves pelo parceiro do que pelo autor do comportamento.


The aim of this study was to contribute to the understanding of what determines judgments of whether an infidelity has occurred and how serious it was. Little research has been carried out on this issue, in spite of its impact on marital relationships. A sample of 68 men and 221 women responded to an online questionnaire asking whether events described in a set of scenarios constituted an infidelity and how serious. An exploratory factor analysis identified four aspects determining judgments of infidelity: emotional involvement, physical/sexual contact, innocent behavior and consent by the partner. Greater seriousness was attributed when the involvement was deliberate, continued, and sexual, while passion and partner’s consent reduced severity. Young adults, the elderly, the more religious and right-wing, made harsher judgments. Women chastise involvements over the internet to a greater degree. Ambiguous situations are considered more serious by the partner than by the author of the behavior.


El objetivo de este estudio consiste en contribuir para una mejor comprensión de los determinantes de los juicios acerca de la existencia de infidelidad marital y su gravedad, sobre los cuales existe poca investigación a pesar de su impacto en las relaciones de pareja. Una muestra de 68 hombres y 221 mujeres respondieron online a un cuestionario en el cual se preguntaba si lo sucedido en un conjunto de escenarios constituiría infidelidad y cuál sería su gravedad. Un análisis factorial identificó cuatro aspectos que determinan la evaluación de la infidelidad: envolvimiento afectivo, contacto físico/sexual, comportamiento inocente y consentimiento por parte de la pareja. Se atribuye mayor gravedad cuando el envolvimiento es deliberado, continuado y sexual. Adultos jóvenes y ancianos, personas más religiosas y con posicionamiento político más conservador realizan juicios más severos. Las mujeres penalizan más el envolvimiento a través de internet. La pasión y el consentimiento de la pareja atenúan la gravedad. Situaciones ambiguas son juzgadas como más graves por la pareja que por el propio autor/a del comportamiento.


Assuntos
Julgamento , Relações Extramatrimoniais/psicologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA