Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 105
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Hig. aliment ; 32(282/283): 50-54, jul.-ago. 2018. graf, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-916597

RESUMO

O Doce de leite é um importante derivado do leite, amplamente consumido em nosso País e possui uma grande importância nutricional. Diante do crescimento do consumo do doce de leite por parte da população, surge a preocupação de garantir que este alimento esteja isento de qualquer sujidade, mantendo-se o padrão de qualidade e identidade do produto. O objetivo do trabalho foi investigar a presença de contaminantes físicos e biológicos em quinze amostras de doce de leite processadas no setor de laticínio de uma instituição pública de ensino superior do Ceará. A pesquisa, de caráter experimental com abordagem qualitativa, foi desenvolvida no Laboratório de Segurança Alimentar e Nutricional (LABSAN) da Universidade Estadual do Ceará, no período de 11 de novembro de 2015 a 12 de fevereiro de 2016. As metodologias empregadas na avaliação das amostras foram: pesquisa macroscópica e microscópica de contaminantes físicos e biológicos. Foi realizada a inspeção das amostras sob uma superfície plana e os materiais estranhos foram removidos fazendo-se o uso de pinça dente de rato e colher de aço inoxidável estéril, onde os contaminantes foram identificados e caracterizados. A contaminação biológica foi avaliada por meio do método de sedimentação espontânea, com modificação. Verificou- se que todas as amostras estavam contaminadas, dentre a amostragem, 29% estavam contaminadas com ácaros, 23% tinham fibras, 18% com pelos, 12% apresentavam fragmentos de insetos e 12% continham larva de inseto. Os achados significativos e sua comparação com os padrões estabelecidos pelas legislações sanitárias vigentes, permitiram sugerir que as amostras do doce de leite estão inapropriadas para o consumo humano, sendo importante adotar medidas que reduzam as chances de contaminação, a fim de favorecer a prevenção de doenças veiculadas por esses produtos.


The Milk caramel is an important derivative of milk, widely consumed in our country and has great nutritional importance. Faced with the growth of the consumption of sweets by the population, a safety concern arises that this food is free of any dirt, maintaining the standard of quality and identity of the product. The objective of this work is to investigate a presence of physical and biological contaminants in fifteen samples of processed milk candy in the education sector of a public institution of higher education in Ceará. An experimental research in a qualitative approach developed at the Laboratory of Food and Nutrition Security (LABSAN) of the State University of Ceará, from November 11, 2015 to February 12, 2016. As methodologies used in the evaluation of samples: research macroscopic and microscopic analysis of physical and biological contaminants. Samples were inspected under a flat surface and the foreign materials were removed using metal and stainless steel tongs where the contaminants were identified and characterized. A biological contamination was evaluated through the spontaneous sedimentation method, with modification. Twenty-nine percent of the samples were contaminated with mites, 23% with fibers, 18% with hairs, 12% with insect remains and 12% with insect larvae. Considering the significant findings and these have been compared with the standards established by law, the current sanitary solutions allowed to suggest that as samples of dulce de leche are inappropriate for human consumption, it is important to adopt measures that reduce the chances of contamination, in order to favor disease prevention through products.


Assuntos
Doces , Inspeção de Alimentos , Saúde Pública , Contaminação Biológica , Indústria de Laticínios , Instituições de Ensino Superior , Consumo de Alimentos , Contaminantes Físicos , Pesquisa Qualitativa , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
2.
Hig. aliment ; 31(272/273): 38-41, 30/10/2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-875597

RESUMO

Os churros são comercializados em carrinhos ou barracas, cujas instalações nem sempre apresentam condições sanitárias adequadas. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade microbiológica dos churros comercializados na cidade de Maceió/AL. Foram encontrados seis locais de comercialização localizados em ambientes fechados e abertos, em cada um dos quais foram adquiridas duas amostras em semanas alternadas, totalizando 12 amostras que foram transportadas em caixa isotérmica até o laboratório para análises microbiológicas. A análise para coliformes termotolerantes e estafilococos coagulase positiva foi realizada pela técnica do Número Mais Provável e Plaqueamento de superfície, respectivamente. Todas as amostras estavam dentro dos valores permitidos pela legislação para estafilococos coagulase positiva. As amostras provenientes do local C (ambiente fechado) apresentaram contaminação por coliformes termotolerantes acima do permitido pela legislação vigente, enquanto as amostras obtidas do local A (ambiente fechado) apresentaram ausência de estafilococos coagulase positiva e contagens para coliformes termotolerantes dentro do permitido pelos dispositivos legais vigentes, sendo este último, portanto, considerado o local que apresentou melhor condição sanitária, dentre os seis locais que participaram da pesquisa. Vale salientar que no mesmo adotavam-se procedimentos adequados de Boas Práticas para manipulação de alimentos. Embora os locais D, E, F sejam localizados em ambiente aberto, estes apresentaram algumas amostras com contagens de micro-organismos adequadas ao preconizado pela legislação, mas observou-se, no momento da coleta, que a fritura do produto é feita na hora e a venda é rápida e que por estes motivos talvez não exista tempo suficiente para que os micro-organismos se multipliquem. Diante do exposto, é possível observar que os locais de comercialização em ambientes fechados ou abertos são passíveis de contaminação, sendo, portanto importante a implantação de Boas Práticas de Manipulação. Vale destacar a necessidade de conscientizar os manipuladores de alimentos dos locais de comercialização de churros avaliados, de que as práticas de higiene são importantes para manter a segurança e a qualidade dos seus produtos.(AU)


Assuntos
Humanos , Doces/microbiologia , Contaminação de Alimentos/prevenção & controle , Microbiologia de Alimentos , Alimentos de Rua , Brasil , Coliformes , Manipulação de Alimentos , Amostras de Alimentos , Staphylococcus aureus/isolamento & purificação
3.
Rev. bras. psiquiatr ; 39(3): 208-215, July-Sept. 2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-899364

RESUMO

Objective: To evaluate the association between dietary patterns and mental disorders among pregnant women in southern Brazil. Methods: Cross-sectional study with 712 pregnant women recruited from the Study of Food Intake and Eating Behaviors in Pregnancy (ECCAGe). Food intake assessment was performed using the Food Frequency Questionnaire. Dietary patterns were identified by cluster analysis. The Primary Care Evaluation of Mental Disorders (PRIME-MD) was used to evaluate participants' mental health. Poisson regression models with robust variance were fitted to estimate prevalence ratios (PR). Results: In the adjusted models, there was a high prevalence of major depressive disorder among women with low fruit intake (43%, PR 1.43, 95%CI 1.04-1.95) and high sweets and sugars intake (91%, PR 1.91, 95%CI 1.19-3.07). Women with a common-Brazilian dietary pattern had higher prevalence of major depressive disorder compared to those with a varied consumption pattern (PR 1.43, 95%CI 1.01-2.02). Low intake of beans was significantly associated with generalized anxiety disorder (PR 1.40, 95%CI 1.01-1.93). Conclusions: Low consumption of fruits and beans and intake of the common-Brazilian dietary pattern during pregnancy were associated with higher prevalence of mental disorders. These results reinforce the importance of an adequate dietary intake to ensure better mental health in pregnancy.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Complicações na Gravidez/epidemiologia , Inquéritos sobre Dietas/estatística & dados numéricos , Comportamento Alimentar , Transtornos Mentais/epidemiologia , Transtornos de Ansiedade/epidemiologia , Fatores Socioeconômicos , Índice de Gravidade de Doença , Brasil/epidemiologia , Doces/estatística & dados numéricos , Prevalência , Estudos Transversais , Phaseolus , Transtorno Depressivo Maior/epidemiologia , Preferências Alimentares , Frutas
4.
Rev. Hosp. Ital. B. Aires (2004) ; 37(2): 57-62, jun. 2017. graf., tab.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1053333

RESUMO

Introducción: el consumo de alimentos en la sala de espera es un hábito que podría estar relacionado con el incremento en la incidencia de obesidad infantil. Objetivo: analizar el consumo de alimentos y su uso como premio en niños que asisten a un consultorio pediátrico explorando y su relación con el estado nutricional. Población, material y método: se realizó un estudio cuantitativo, descriptivo y transversal en 94 niños entre 1 y 15 años, que asisten a un consultorio pediátrico de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires (CABA), República Argentina. Se evaluó el tipo de alimentos/bebidas llevado a la sala de espera, su utilización como premio y la intención de compra luego de la consulta. Se valoró el estado nutricional (IMC/Edad) con Anthro Plus, 2009. El análisis estadístico incluyó t de Student y prueba de Wilcoxon. Resultados: el 46,8% de los padres trajo alimentos a la sala de espera. Alfajores/chocolates (n=10), seguidos de galletitas saladas (n=8) y, entre las bebidas, las gaseosas y jugos (n=6) ocuparon el segundo lugar. El 56,4% de los cuidadores tenía pensado comprar algo de comer al salir de la consulta. Se encontró asociación significativa entre los puntajes z de IMC/Edad y quienes trajeron algún alimento a la sala de espera (p:0,02). El 46,8% de los niños presentó sobrepeso u obesidad. Conclusión: una elevada cantidad de padres utilizó el consumo de alimentos en la consulta, la mayoría de tipo chatarra. Este hábito se asoció significativamente con la presencia de sobrepeso y obesidad en los niños afectados por lo que podría indagarse sistemáticamente en la consulta. (AU)


Introduction: food and drink intake and its use as a reward are common habits in medical waiting rooms in the context of an increase in overweight and obesity prevalence worldwide. Objective: to analyze the habit of food intake, its type and use as a reward and the relation with the nutritional status in children who attend a pediatric outpatient clinic. Population and method: descriptive study, in a sample of 94 children ages 1 to 15 who attended a pediatric outpatient clinic in Buenos Aires, Argentina. We assessed the type of food/ beverage taken to the waiting room and the intention of buying one after the visit. The nutritional status was measured (BMI/AGE) using Anthro Plus software, 2009. Student´s t Test and Wilcoxon test were used for statistical analysis. Results: 46,8% of parents had brought something to eat or drink to the waiting room. Sweets were most frequent, followed by salty snacks and among beverages we found soft drinks and commercial juices. 56,4% of caretakers had the intention of buying something to eat or drink as a reward after the visit. There was a significant correlation between z scores of BMI/AGE and food intake in the waiting room (p= 0,02). 46.8% of the sample was either overweight or obese. Conclusion: many parents use food as a reward, mainly junk food. This habit had a significant correlation with overweight and obesity in affected children and could be assessed systematically in pediatric visits. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Consumo de Alimentos , Obesidade Pediátrica/prevenção & controle , Fatores Socioeconômicos , Consultórios Médicos/tendências , Doces/efeitos adversos , Bebidas Gaseificadas/efeitos adversos , Fatores Biológicos , Índice de Massa Corporal , Estado Nutricional , Análise Estatística , Sobrepeso/prevenção & controle , Nutrição da Criança , Nutrição do Lactente , Nutrição do Adolescente , Obesidade Pediátrica/psicologia , Obesidade Pediátrica/epidemiologia
5.
Mundo saúde (Impr.) ; 41(2): [170-179], abr. 2017. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-973000

RESUMO

O uso de medicamentos antidepressivos tem aumentado alarmantemente na sociedade, vale ressaltar que algunsmedicamentos quando utilizados de forma crônica e/ou associados pode acarretar em alterações no paladar. Opaladar fornece informações indispensáveis sobre os alimentos, evitando, por exemplo, a ingestão de alimentos nãoaptos para o consumo. Nesse contexto, o presente estudo objetivou verificar a sensibilidade gustativa, para os gostosdoce e salgado, em usuários de medicamentos antidepressivos. A pesquisa foi realizada com 80 indivíduos, sendo 40usuários de medicamentos antidepressivos e os outros não usuários de antidepressivos. No grupo teste foi aplicadoum questionário estruturado socidemográficos e estilo de vida, realizado avaliação nutricional e análise do prontuáriosobre o uso de medicamentos. A avaliação da sensibilidade gustativa foi realizada pelo teste de limite de percepção,ou seja, método rápido do tipo 3-Alternative Forced Choice para o grupo teste e controle. Observou-se que o limitede percepção dos gostos doce e salgado estão aumentados nos usuários de medicamentos antidepressivos quandocomparados ao grupo controle, apresentando diferença significante (p>0,05) entre os índices limiares dos grupos. Logo,notou-se que os usuários de medicamentos antidepressivos, pela determinação do índice limiar, possuem uma menorsensibilidade gustativa aos gostos doce e salgado


The use of antidepressant drugs has increased alarmingly in society, it is noteworthy that some drugs when usedchronically and / or associated with other drugs may result in changes in taste. The palate provides essential informationabout the food, avoiding, for example, the intake of food unfit for consumption. In this context, this study aimedto verify the taste sensitivity users of antidepressant medications, measuring the threshold index for sweet and saltytastes. The survey was conducted with 80 individuals, 40 users of antidepressant medications and other nonusers ofantidepressants. In the study group, we applied a structured sociodemographic and lifestyle questionnaire, conducteda nutritional assessment, and analyzed the medical records concerning medication use. The evaluation of sensitivitywas performed by the taste perception threshold test, i.e., the rapid method of type-3 Alternative Forced Choice forthe test and control group. It was observed that the perception of sweet and salty tastes limits are increased in usersof antidepressant drugs compared to the control group, showing significant difference between the threshold levels ofthe groups. Therefore, it was noted that users of antidepressant medications by determining the threshold index, have alower sensitivity to taste sweet and salty tastes


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Paladar , Depressão , Percepção Gustatória , Antidepressivos , Doces , Avaliação Nutricional
6.
Hig. aliment ; 31(264/265): 97-102, 27/02/2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-833113

RESUMO

Doenças de transmissão hídrica e alimentar (DTHA) acarretam importantes problemas econômicos e de saúde pública no mundo atual. Este estudo relata um surto de Doença Transmitida por Alimento - DTA que envolveu 12 pessoas de duas residências localizadas na Região do ABC paulista em dezembro de 2012. Quatro pessoas de uma residência tiveram sintomas de diarreia, cólica abdominal, náusea, vômito, febre e prostração, sendo que apenas duas consumiram o bolo preparado em Ribeirão Pires, SP - Brasil. Outras oito pessoas consumiram o mesmo alimento no município de Mauá e, além dos sintomas citados, houve também registro de insuficiência renal e parada cardiorrespiratória. Dentre os envolvidos, uma menina de oito anos veio a óbito após convulsão e bronco-aspiração. O período variou entre 2 e 22 horas após o consumo do alimento. A amostra de bolo foi analisada segundo a metodologia preconizada pelo BAM-FDA e teve como resultados: Coliformes termotolerantes (NMP = 4,6x104/g); Bacillus cereus (1,5x105 U.F.C./g) e presença de Salmonella Enteritidis em 25 gramas. Clostridium perfringens, Staphylococcus aureus e Listeria monocytogenes não foram isolados. Foram realizadas duas coproculturas que apresentaram resultados positivos para Salmonella Enteritidis. As cepas de Salmonella spp isoladas, tanto no alimento como nas fezes dos pacientes, apresentaram similaridade genética e mesmo perfil de suscetibilidade aos antimicrobianos. Assim, foi constatado o envolvimento do bolo como veiculador de patógenos e ressaltada a importância do trabalho em conjunto das vigilâncias sanitárias e epidemiológicas de ambos os municípios e o laboratório de referência em saúde pública, fundamental na elucidação deste surto.


Assuntos
Humanos , Doces/microbiologia , Contaminação de Alimentos/análise , Microbiologia de Alimentos , Doenças Transmitidas por Alimentos/diagnóstico , Doenças Transmitidas por Alimentos/epidemiologia , Doenças Transmitidas por Alimentos/mortalidade , Bacillus cereus/isolamento & purificação , Brasil/epidemiologia , Relatos de Casos , Coliformes , Amostras de Alimentos , Salmonella enteritidis/isolamento & purificação
7.
Cad. saúde pública ; 33(3): e00023316, 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-839667

RESUMO

Resumo: O presente estudo examina a influência do aumento da disponibilidade intradomiciliar de refrigerantes e biscoitos sobre os efeitos de uma intervenção de promoção do consumo de frutas e hortaliças. Foram analisados os dados de 70 famílias que viviam em comunidades de baixa renda na cidade do Rio de Janeiro, Brasil, que foram selecionadas por meio de uma amostra probabilística estratificada e completaram registro alimentar de 30 dias antes e depois da intervenção. A intervenção contribuiu para um aumento significativo na disponibilidade intradomiciliar de frutas e hortaliças (+2,7 p.p.; IC95%: 1,5; 4,0), superando a tendência de estagnação na população brasileira. Já a aquisição de refrigerantes e biscoitos, que não foi objeto da intervenção, acompanhou a tendência crescente de consumo destes produtos (+5,8 p.p.; IC95%: 3,3; 8,4). As famílias que aumentaram a aquisição de refrigerantes e biscoitos apresentaram menores aumentos, ou decréscimos, na aquisição de frutas e hortaliças (p < 0,05) e tiveram uma chance quase quatro vezes menor de experimentar algum aumento na disponibilidade intradomiciliar de frutas e hortaliças.


Abstract: This study examines the influence of increasing household availability of sodas and cookies on the effects of an intervention to promote the consumption of fruits and vegetables. The study analyzed data from 70 families living in low-income communities in the city of Rio de Janeiro, Brazil, selected in a stratified probabilistic sample, and who completed a 30-day food record before and after the intervention. The intervention contributed to a significant increase in the household availability of fruit and vegetables (+2.7 p.p.; 95%CI: 1.5; 4.0), contrary to the trend towards stagnation of such availability in the general population in Brazil. Meanwhile, the purchase of sodas and cookies, which was not the intervention's target, mirrored the upward trend in the consumption of these products (+5.8 p.p.; 95%CI: 3.3; 8.4). Families that increased their purchase of sodas and cookies showed lower increases, or even decreases, in the purchase of fruits and vegetables (p < 0.05), and had nearly fourfold lower odds of experiencing any increase in the household availability of fruits and vegetables.


Resumen: El presente estudio examina la influencia del aumento de la disponibilidad intradomiciliaria de refrescos y galletas, sobre los efectos de una intervención de promoción del consumo de frutas y hortalizas. Se analizaron los datos de 70 familias que vivían en comunidades de baja renta en la ciudad de Río de Janeiro, Brasil, que fueron seleccionadas mediante una muestra probabilística estratificada, y completaron un registro alimentario de 30 días antes y después de la intervención. La intervención contribuyó a un aumento significativo en la disponibilidad intradomiciliaria de frutas y hortalizas (+2,7 p.p.; IC95%: 1,5; 4,0), superando la tendencia de estancamiento en la población brasileña. Ya la adquisición de refrescos y galletas, que no fue objeto de la intervención, acompañó la tendencia creciente de consumo de estos productos (+5,8 p.p.; IC95%: 3,3; 8,4). Las familias que aumentaron la adquisición de refrescos y galletas presentaron menores aumentos, o decrementos, en la adquisición de frutas y hortalizas (p < 0,05) y tuvieron una probabilidad casi cuatro veces menor de experimentar algún aumento en la disponibilidad intradomiciliaria de frutas y hortalizas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Bebidas/estatística & dados numéricos , Doces/estatística & dados numéricos , Comportamento Alimentar , Frutas , Promoção da Saúde , Verduras , Brasil , Inquéritos sobre Dietas , Fatores Socioeconômicos
8.
São Paulo; s.n; s.n; 2017. 177 p. tab, graf.
Tese em Inglês | LILACS | ID: biblio-878453

RESUMO

The objective of this work was to adapt a synbiotic aerated diet dessert, produced with the addition of a probiotic culture of Lactobacillus acidophilus La-5 and prebiotic ingredients (fructooligosaccharides and inulin), from the previously developed sucrose-containing formulation, and to evaluate the effects of its ingestion on adult volunteers with metabolic syndrome (MetS) during a period of 8 weeks of intervention. In addition, to improve the resistance of the probiotic to simulated gastrointestinal conditions, a microencapsulation process was optimized. For the development of the product, the formulations were produced in triplicates, in which probiotic culture survival, instrumental texture and sensory acceptability were evaluated up to 112 days of storage under freezing (-18 °C). Subsequently, a randomized, double-blind, placebo-controlled trial was carried out in which the product developed was administered to forty-five volunteers with MetS assigned into two groups, each receiving 40 g/day of: synbiotic diet mousse (SDM) (n=23) and placebo diet mousse (PDM) without pro- and prebiotics (n=22). Fasting blood samples were collected at the beginning and after 8 weeks of daily consumption of both mousses to determine the anthropometric, biochemical, haematological, inflammatory, and immunological parameters. Afterward, with the goal of improving the survival of L. acidophilus La-5 to in vitro simulated gastrointestinal conditions, the microencapsulation process conditions of the probiotic strain via spray drying were optimized using inulin as the encapsulating agent. The viability of L. acidophilus La-5 incorporated into SDM was above 7.8 log CFU/g and remained stable throughout storage. PDM showed lower acceptability (5.77-6.50) after storage than SDM (6.67-7.03). The texture was the most appreciated attribute and hardness of the SDM increased during storage, but remained stable for PDM. The clinical trial revealed significant reductions of total cholesterol and HDL-cholesterol, as well as of immunoglobulins (A and M), and interleukin-1ß in both groups during the intervention period. However, regarding intergroup changes, there were not any significant differences for all parameters evaluated (p>0.05). After the optimization of the microencapsulation process of the probiotic culture (80 mL/min, 82% and 10%, respectively for feed flow, aspiration rate, and inulin concentration), the microencapsulated probiotic strain incorporated in the SDM mousse showed the highest in vitro gastrointestinal survival (p<0.05) in the different stages of the assay, as follows: after the gastric phase: 5.68 log CFU/g (83.3%), the enteral phase I: 5.61 log CFU/g (82.3%), the enteral phase II: 5.56 log CFU/g (81.4%). Therefore, these results suggest that the presence of probiotic and prebiotics in SDM did not provide an additional effect on the health of volunteers with MetS. Additionally, the results confirm the appropriateness of the spray drying process to microencapsulate L. acidophilus La-5 using inulin as coating agent, providing increased resistance to the microencapsulated probiotic strain under in vitro gastrointestinal stress


O objetivo deste trabalho foi adaptar uma sobremesa aerada simbiótica diet do tipo musse, processada com a adição de uma cultura probiótica de Lactobacillus acidophilus La-5 e de ingredientes prebióticos (fruto-oligossacarídeos e inulina), a partir da formulação contendo sacarose desenvolvida anteriormente, e avaliar os efeitos de sua ingestão em voluntários adultos com síndrome metabólica (MetS) durante um período de 8 semanas de intervenção. Adicionalmente, para melhorar a resistência do probiótico frente às condições gastrintestinais simuladas, otimizou-se um processo de microencapsulação da cepa probiótica. Para o desenvolvimento do produto, as formulações foram produzidas em triplicata, em que se avaliou a sobrevivência da cultura probiótica, a textura instrumental e a aceitabilidade sensorial até 112 dias de armazenamento sob congelamento (-18 oC). Em seguida, foi realizado um estudo randomizado, duplo-cego e controlado por placebo, no qual o produto desenvolvido foi administrado a quarenta e cinco indivíduos com MetS divididos em dois grupos, cada um recebendo 40 g/dia de: mousse simbiótica diet (SDM) (n=23) e musse placebo diet (PDM) sem componentes pro- e prebióticos (n=22). As amostras sanguíneas foram coletadas em jejum no início e após 8 semanas de consumo diário de ambas as musses para a determinação dos parâmetros antropométricos, bioquímicos, hematológicos, inflamatórios e imunológicos. Posteriormente, com o intuito de melhorar a sobrevivência do L. acidophilus La-5 em condições gastrointestinais simuladas in vitro, as condições de processo de microencapsulação da cepa probiótica via spray drying foram otimizadas, utilizando inulina como agente encapsulante. A viabilidade de L. acidophilus La-5 incorporados na SDM foi superior a 7,8 log UFC/g e se manteve estável ao longo do armazenamento. A PDM mostrou menor aceitabilidade (5.77-6.50) após o armazenamento do que a SDM (6.67-7.03). A textura foi o atributo mais apreciado, sendo que a dureza da SDM apresentou elevação, enquanto a da PDM manteve-se estável. O ensaio clínico revelou reduções significativas de colesterol total, colesterol-HDL, imunoglobulinas (A e M) e interleucina1ß em ambos os grupos durante o período de intervenção. Entretanto, no que se refere às mudanças intergrupos, não se observou diferenças significativas para todos os parâmetros avaliados (p>0,05). Após a otimização do processo de microencapsulação da cultura probiótica (80 mL/min, 82% e 10%, respectivamente para o fluxo de alimentação, taxa de aspiração e concentração de inulina), a cepa probiótica microencapsulada incorporada a amostra SDM apresentou a maior sobrevivência gastrointestinal in vitro (p<0,05) nas diferentes etapas do ensaio, a saber: após a fase gástrica: 5,68 log UFC/g (83,3%); fase entérica I: 5,61 log UFC/g (82,3%); fase entérica II: 5,56 log UFC/g (81,4%). Portanto, esses resultados sugerem que a presença de probiótico e prebiótico na SDM não apresentou efeitos adicionais na saúde dos voluntários com MetS. Adicionalmente, os resultados confirmaram a adequação do processo de spray drying para a microencapsulação de L. acidophilus La-5 utilizando inulina como agente de revestimento, proporcionando uma maior resistência da cepa probiótica microencapsulada às condições gastrintestinais simuladas in vitro.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Doces/análise , Síndrome Metabólica , Ensaio Clínico , Composição de Medicamentos/estatística & dados numéricos , Alimentos/normas , Inulina , Lactobacillus acidophilus/química , Oligossacarídeos , Probióticos/análise
9.
Hig. aliment ; 30(260/261): 94-99, 30/10/2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-2757

RESUMO

Objetivou-se elaborar doce em pasta cremoso de juçara com banana e com abacaxi e determinar suas características físico-químicas, microbiológicas e sensoriais. Os doces de juçara com abacaxi e de juçara com banana apresentaram, respectivamente, pH de 3,94 e 4,33 e acidez titulável de 0,86 e 0,48%. O valor médio encontrado de sólidos solúveis de ambos foi de 61,93 ºBrix. Não foi constatada diferença (p>0,05) nos valores de L*, a* e b* entre os doces. Os produtos apresentaram <0,03 NMP/g de coliformes totais e termotolerantes, <1,0x10² UFC/g estimado de fungos filamentosos e leveduras e ausência de Salmonella sp. Os doces não diferiram entre sim quanto às características físico-químicas (p>0,05) e estão de acordo com os padrões microbiológicos exigidos pela legislação, sendo, assim, um produto seguro, de boa qualidade e com grande potencial para o mercado consumidor. A avaliação sensorial foi realizada por 50 julgadores não treinados. Os provadores detectaram diferença significativa (p<0,05) entre as amostras em relação aos atributos cor, sabor, aroma, textura e impressão global, sendo os escores médios das respostas dos provadores para o doce de juçara com abacaxi maiores (p<0,05). Além disso, os escores médios obtidos quando se utilizou a escala FACT e a de intenção de compra diferiram (p<0,05) e foram maiores neste doce. Portanto, o doce de juçara com abacaxi foi o preferido. Entretanto, o doce de juçara com banana também apresentou boa aceitação sensorial.


The aim of this study was to develop sweet paste of juçara with banana and of juçara with pineapple and determine its physico-chemical, microbiological and sensory characteristics. The sweets of juçara with pineapple and banana with juçara presented, respectively, pH 3.94 and 4.33, and titratable acidity of 0.86 and 0.48%. The mean of soluble solids was 61.93 °Brix for both. It was not found difference (p>0.05) in the L *, a * and b * values between the sweets. Products exhibited <0.03 MPN/g of total and fecal coliforms, <1.0 x 10² CFU/g estimated of filamentous fungi and yeast and absence of Salmonella sp. The sweets did not differ in relation to the physicochemical characteristics (p>0.05) and they are in agreement with the microbiological standards required by law, been safe products, of good quality and with great potential for the consumer market. The sensory evaluation was performed by 50 untrained panelists. The tasters detected a significant difference (p<0.05) between samples in relation to the attributes color, flavor, aroma, texture and overall, with the average scores of the responses of tasters for the juçara and pineapple sweet higher (p<0,05). In addition, the average scores obtained when using the FACT scale and buying intention differed (p<0.05) and were higher for this sweet. So the juçara with pineapple sweet was preferred. However, the juçara with banana sweet also presented good sensory acceptance.


Assuntos
Doces/análise , Musa , Ananas , Euterpe , Frutas , Alimentos Fortificados , Técnicas Microbiológicas , Inovação , Fenômenos Químicos
10.
Hig. aliment ; 30(258/259): 97-102, 30/08/2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-2618

RESUMO

Os produtos de confeitaria são ótimos meios de cultura para o desenvolvimento de micro-organismos patogênicos. Com o objetivo de avaliar a qualidade higienicossanitária desses produtos comercializados na cidade de Maceió, foram coletadas e analisadas 30 amostras, sendo 10 de brigadeiro, 10 de docinho de coco e 10 de surpresa de uva. Para a obtenção dos resultados foram utilizadas a enumeração de coliformes a 35°C e a 45ºC pela Técnica do Número Mais Provável (NMP). Os resultados demostraram que eles estavam de acordo com a RDC nº 12 da ANVISA para coliformes totais e termotolerantes.


The confectionery products are excellent culture means for the development of pathogenic microorganisms. Aiming to evaluate the sanitary quality of these products marketed in the city of Maceió, were collected and analyzed 30 samples, 10 brigadier, 10 sweetie coconut and 10 sugar surprise grape. To obtain the results were used for enumeration of coliforms at 35°C and 45 °C by the Most Probable Number Technique (MPN). The results showed that they were in agreement with the RDC ANVISA No. 12 for total and fecal coliforms.


Assuntos
Doces/microbiologia , Inspeção de Alimentos , Alimentos de Confeitaria , Método de Tubulação Múltiplo/métodos , Brasil , Amostras de Alimentos , Indústria Alimentícia , Padrão de Identidade e Qualidade para Produtos e Serviços
11.
Braz. j. oral sci ; 15(1): 75-78, Jan.-Mar. 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-831007

RESUMO

Aim: To compare the acidity of sugar-free hard candies dissolved in water and artificial saliva.Methods: Sugar-free Flopi Florestal„¥ hard candies (grape, strawberry, cherry, orange, ginger, lemonbalm, fennel) were selected and grouped in 2 groups: G-1 (candies dissolved in distilled water)and G-2 (candies dissolved in artificial saliva). Candies were triturated with a porcelain pestle,yielding two samples of 20 g. Samples were dissolved in 120 mL distilled water (G-1) and 120 mLartificial saliva (20 mM NaHCO3, 3 mM NaH2PO4.H2O and 1 mM CaCl2.2H2O) (G-2), obtaining threesamples of 30 mL for each of the flavors and groups. pH was measured using potentiometer andcombined glass electrode. Titratable acidity was evaluated by adding 100 £gL 1M NaOH aliquotsuntil reaching pH 5.5. For statistical analysis, analysis of variance (ANOVA) was used. Means werecompared by the Tukey test at 5% significance level (p<0.05) Results: All flavors of G-1 showed pHvalues below 5.5. Comparison of groups in the same flavor showed a significant increase in pH inflavors of G-2. Comparison of the titratable acidity between G-1 and G-2, showed that fruit flavorswere significantly different from each other, with reduced acidity in G-2. Conclusions: All evaluatedcandies are acid, and dilution in artificial saliva raised their pH and lowered their titratable acidity,reducing their erosive potential.


Assuntos
Humanos , Acidez , Doces , Saliva Artificial
12.
Hig. aliment ; 30(252/253): 94-98, 29/02/2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-846700

RESUMO

Existem vários produtos no mercado além do doce de leite tradicional, entretanto não há opções do doce de leite sem ou com reduzido teor de lactose. Observando que várias pessoas tem alergia ou intolerância à lactose e há uma certa escassez de produtos para atender tal público, este trabalho teve como objetivo comparar as características sensorias e físico-químicas dos doces de leite tradicionais, produzidos com leite integral (padrão), leite com baixo teor de lactose e leite sem lactose. Foram realizadas análises de composição centesimal, cor instrumental e análise sensorial. Os atributos analisados foram cor, sabor, textura, aparência global por meio de escala hedônica estruturada de 9 pontos e intenção de compra (escala de 3 pontos). Os dados foram avaliados por ANOVA e teste de Tukey (p<0,05). Não foi observada diferença significativa entre as amostras (p<0,05) para todos os atributos estudados. Na avaliação físico-quimica observou-se diferença significativa somente no teor de lipídios. Referente à cor, o doce padrão se apresentou mais claro que os demais. Assim, pode-se afirmar que os doces produzidos apresentaram uma ótima aceitação sensorial, sendo o doce de leite de baixa lactose o que apresentou maior índice de aceitação (87,55%), seguido do doce sem lactose (80,00%) e em último lugar ficou o doce tradicional com 76,89%.


Assuntos
Humanos , Doces/análise , Intolerância à Lactose , Leite/química , Fenômenos Químicos , Composição de Alimentos , Amostras de Alimentos , Lactose/administração & dosagem
13.
Hig. aliment ; 30(252/253): 118-121, 29/02/2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-846830

RESUMO

Foram avaliados os efeitos da adição in situ e in vitro, de extrato aquoso de botões de cravo-da-índa (Syzygium aromaticum) sobre Escherichia coli (ATCC 8739) e Staphylococcus aureus (ATCC 25923). Para o estudo in vitro foram empregadas concentrações de 100%, 75%, 50% e 25% (v/v) de extrato de cravo, diluídas em água destilada estéril, utilizando a técnica de difusão em ágar por disco. O estudo in situ foi conduzido inoculando amostras de doce de abóbora em pasta, adicionadas ou não de extrato aquoso de cravo puro, com as cepas bacterianas (108 UFC/g), separadamente. Os resultados revelaram que o extrato aquoso de cravo propiciou um aumento na contagem in vitro de E. coli e S. aureus. De modo análogo, no estudo in situ, a contagem de S. aureus foi favorecida pela adição do extrato puro de cravo em doce de abóbora em pasta. Sugere-se, portanto, estudos mais detalhados sobre o emprego de extratos aquosos de especiarias em alimentos a fim de elucidar o efeito sobre o desenvolvimento microbiano e possíveis interações com a composição dos alimentos em que são empregados.


Assuntos
Humanos , Doces/microbiologia , Cucurbita , Aditivos Alimentares , Especiarias/análise , Syzygium , Escherichia coli , Amostras de Alimentos , Staphylococcus aureus
14.
Mundo saúde (Impr.) ; 40(4): 490-497, nov. 2016. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-996860

RESUMO

A análise ética torna-se fundamental ao relacionar o papel da família no desenvolvimento dos hábitos alimentares de seus filhos. Neste estudo, efetuou-se uma contextualização bioética sobre a propaganda que influencia os responsáveis quanto à aquisição e seleção dos alimentos oferecidos às crianças da educação infantil. A população de estudo foi composta por 162 responsáveis das crianças, matriculadas em escola municipal de ensino infantil em 2013, e os dados obtidos por meio do retorno dos questionários enviados na agenda das crianças. O fator saudabilidade do gênero alimentício foi destacado pelos entrevistados como determinante para a aquisição do gênero (77,2%), ao passo que a mídia foi relatada como o fator de menor influência na compra (63%). O presente estudo mostrou que existe certa preocupação por parte dos responsáveis nas escolhas dos alimentos a serem comprados e oferecidos às crianças. Os aspectos éticos devem ser sempre considerados frente a interesses econômicos e outros secundários como o status social.


An ethical analysis is crucial for the role of the family in the development of eating habits of their children. This study covers a bioethical contextualization about the influence of advertisement in caretakers as to the purchase and selection of food offered for children of early childhood education. The study population was composed of 162 caretakers of children, enrolled in municipal schools of childhood education in 2013, and the data was collected by means of questionnaires sent in children's agenda. Interviewees highlighted the healthiness of the food as decisive factor for the purchase of food (77.2%), whereas the media was reported as the minor influencing factor in the purchase of food (63%). This study demonstrates that caretakers do have concerns as to the choice of foods to be purchased and offered to children. The ethical aspects must always come ahead of economic and other secondary interests such as social status.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Bioética , Educação Alimentar e Nutricional , Ética , Comportamento Alimentar , Doces , Bebidas Gaseificadas , Família , Educação Infantil , Leite , Frutas
15.
Mundo saúde (Impr.) ; 40(1): [94-105], jan., 20, 2016. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-972974

RESUMO

Evidências mostram que o consumo excessivo de açúcares, pode comprometer a qualidade da alimentação impactandonegativamente na saúde. Assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar o consumo de macronutrientes e adequaçãodo consumo de açúcar por estudantes da área da saúde da Universidade Federal de Viçosa, Brasil. Participaram desteestudo 157 mulheres e 30 homens, com faixa etária de 21,3 ± 3,4 anos, apresentando IMC e CC médios de 22,03 ±4,03 kg.m-2 e 72,95 ± 8,96 cm, respectivamente. Foram aplicados questionários semiestruturados e procedeu-se àsavaliações antropométricas e dietéticas dos indivíduos. Os resultados revelaram alta ingestão média diária de açúcarde adição (69,21 ± 5,25 g) que, consequentemente, aumentou o teor de frutose da alimentação (36,22 ± 29,78 g),além de uma baixa ingestão de fibras (15,51 ± 7,30 g). Verificou-se que a ingestão média de açúcar de adição estevesignificativamente (p<0,05) associada ao peso corporal (0,172; p=0,041), IMC (0,181; p=0,031) e consumo dosmacronutrientes e cálcio (0,247; p=0,003). Deve-se considerar a necessidade de implementação de medidas que visempromover mudanças comportamentais importantes no que diz respeito à alimentação de graduandos dos cursos desaúde.


Evidence shows that excessive sugar consumption may impair the quality of feeding affecting negatively on health. Theobjective of this study was evaluated the intake of macronutrients and adequacy of sugar consumption by healthcarestudents of Federal University of Viçosa, Brazil. The study included 157 women and 30 men, aged 21.3 ± 3.4 years,with mean body mass index (BMI) of 22.03 ± 4.03 kg m-2 and waist circumference (WC) of 72.95 ± 8.96 cm. Semistructuredquestionnaires were administered and proceeded to anthropometric and dietary assessments of individuals.The results revealed high average daily intake of added sugar (69.21 ± 5.25 g) which consequently increased the fructosecontent of feeding (36.22 ± 29.78 g), and a low intake of fiber (15.51 ± 7.30 g). It was found that the average intakeof added sugar was significantly (p <0.05) associated to body weight (0.172, p = 0.041), BMI (0.181, p = 0.031) andconsumption of macronutrients and calcium (0.247; p = 0.003). Should consider the need to implement measures topromote significant behavioral changes with regard to the supply of undergraduate health courses.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Açúcares , Estudantes , Consumo de Alimentos , Comportamento Alimentar , Bebidas Gaseificadas , Sucos , Biscoitos , Doces , Dieta Ocidental , Estudantes de Ciências da Saúde
16.
Cad. saúde pública ; 31(12): 2493-2504, Dez. 2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-772098

RESUMO

Abstract This study aimed to analyze the consumption of high-sugar foods by Brazilian schoolchildren and to identify associated factors, based on data from the National School Health Survey (PeNSE 2012). Consumption of these foods was classified as: do not consume sweets and soft drinks regularly; consume sweets or soft drinks regularly; and consume sweets and soft drinks regularly. Its association with sociodemographic information, eating habits, and family contexts were investigated via multiple ordinal regressions. Regular consumption of sweets and/or soft drinks was reported by 19.2% and 36.1% of adolescents, respectively, and higher prevalence was associated with female gender, age 14-15 years, higher maternal education, not living with the mother and father, not eating meals with the parents, eating while watching TV, and longer TV time. Nearly one-fifth of adolescents regularly consumed sweets and soft drinks, which was associated with socio-demographic and behavioral factors that should be targeted in order to improve their food consumption.


Resumo Objetivou-se analisar o consumo de alimentos ricos em açúcar entre estudantes brasileiros e identificar seus fatores associados. Utilizaram-se dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE 2012). O consumo desses alimentos foi classificado como: não consomem guloseimas/refrigerantes regularmente; consomem guloseimas ou refrigerantes regularmente; consomem guloseimas e refrigerantes regularmente. Fatores sociodemográficos, alimentares e familiares associados foram avaliados por regressão ordinal múltipla. O consumo regular de guloseimas e/ou refrigerantes foi relatado por 19,2% e 36,1% dos adolescentes, respectivamente, sendo mais prevalente entre estudantes do sexo feminino, com 14-15 anos de idade, com maior escolaridade materna, que não viviam com a mãe e o pai, que não realizam as refeições com os pais, que comiam assistindo TV e que passavam mais tempo diante da TV. Quase 1/5 dos adolescentes consumia guloseimas e refrigerantes regularmente, condição associada a fatores sociodemográficos e comportamentais, os quais devem ser priorizados visando a melhorar seu consumo alimentar.


Resumen Se tuvo como objetivo analizar el consumo de alimentos ricos en azúcar entre estudiantes brasileños e identificar sus factores asociados. Se utilizaron datos de la Encuesta Nacional de Salud Escolar (PeNSE 2012). El consumo de estos alimentos fue clasificado como: no consumen golosinas/refrescos regularmente; consumen golosinas o refrescos regularmente; consumen golosinas y refrescos regularmente. Factores sociodemográficos, alimentarios y familiares asociados fueron evaluados por regresión ordinal múltiple. El consumo regular de golosinas y/o refrescos fue relatado por 19,2% y 36,1% de los adolescentes, respectivamente, siendo más prevalente entre estudiantes del sexo femenino, con 14-15 años de edad, con mayor escolaridad materna, que no vivían con la madre y el padre, que no realizan las comidas con los padres, que comían viendo TV y que pasaban más tiempo viendo TV. Casi 1/5 de los adolescentes consumía golosinas y refrescos regularmente, condición asociada a factores sociodemográficos y de comportamiento, que deben ser observados como prioridad para mejorar el consumo alimenticio.


Assuntos
Adolescente , Criança , Feminino , Humanos , Masculino , Doces/estatística & dados numéricos , Bebidas Gaseificadas/estatística & dados numéricos , Sacarose na Dieta/administração & dosagem , Comportamento Alimentar , Estudantes/estatística & dados numéricos , Brasil , Inquéritos Epidemiológicos , Serviços de Saúde Escolar , Fatores Socioeconômicos
17.
Ciênc. cogn ; 20(2): 277-292, set. 2015.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1017275

RESUMO

Neste artigo, partimos da seguinte questão: se a técnica é passível de objetivação, como pode a habilidade ser tão dificilmente transmissível,mesmo em organizações artesanais? Para respondê-la, realizamos pesquisa etnográfica em uma fábrica de doces artesanais em Pelotas, RS, com o objetivo de compreender os modos de transmissão de um saber-fazer incorporado. A análise dos dados empíricos, à luz do paradigma do embodiment, demonstra que muito embora o produto artesanal em questão oriente um sistema produtivo relativamente simples, nem todos os envolvidos na produção alcançam o mesmo domínio técnico. Disso decorre que a manutenção e propagação de dado saber-fazer depende deinteresses que contribuem para restringi-lo por força de fatores sociais, econômicos e simbólicos.Constatamos que a habilidade incorporada através da prática apresenta uma dimensão política, que se manifesta à medida que determinado saber-fazer postula a distinção de uma pessoa ou grupo de pessoas em relação às demais


In this paper, we address the following question: if it is possible to objectify a technique, how can ability be so hard to transmit even in artisanal organizations? To answer it, we made anethnographical research in an artisanal candy shop in Pelotas, RS, in order to understand the ways of transmission of an embodied know-how. In the light of the embodiment paradigm empirical data shows that even though this handmade good may guide a relatively simple production system, it was not taken for granted that everyone involved in this production could reach the same technical domain. It follows that the maintenance and propagation of know-how is conditional to interests that can restrict it according to social,economic and symbolic factors. We found that embodied ability acquired through practice has a political dimension that manifests it self as certain know-how sett les the distinction of a personor a group over another


Assuntos
Humanos , Aptidão , Doces , Cultura , Família , Antropologia Cultural
18.
Mundo saúde (Impr.) ; 39(3): [345-353], set., 23, 2015. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-972947

RESUMO

A criança atua como consumidora influenciadora, direcionando as escolhas dos pais na compra de alimentos em benefíciopróprio. Entre os alimentos influenciados estão os ultraprocessados, os quais apresentam alta densidade energética, teoreselevados de gordura, açúcar ou sal e escassez de fibras. O aumento no consumo desses alimentos, aliado ao declínio donível de atividade física, explicam, em partes, as crescentes prevalências de sobrepeso e obesidade infantil, observadas nasúltimas décadas. O objetivo deste estudo foi então, investigar a influência de crianças nas compras familiares de alimentosultraprocessados relacionando com o estado nutricional infantil. Estudo transversal, de abordagem quanti-qualitativa, foirealizado com 187 pais de escolares de sete a dez anos matriculados na rede pública de ensino de Florianópolis/SC, noano de 2011. Foi enviado questionário autoaplicável aos pais e realizada antropometria com os escolares para avaliação doestado nutricional. Praticamente um terço (32,6%) dos escolares apresentou excesso de peso. Dos 187 pais entrevistados,181 relataram comprar alimentos a pedido dos filhos, sendo que pais de escolares com excesso de peso o faziam commaior frequência (diferença não significante). Os pais citaram 446 alimentos como sendo os mais pedidos pelos filhos,84,3% dos quais foram classificados como ultraprocessados. Os pais de escolares com excesso de peso relataram queseus filhos pediam 23% mais alimentos ultraprocessados do que os pais daqueles sem excesso de peso. O resultado nãofoi significante, indicando apenas uma tendência, mas sugerindo que os pais têm dificuldade em resistir aos pedidos dosfilhos. Ações que informem e orientem os pais quanto à influência dos filhos nas compras de alimentos seriam importantespara instrumentalizá-los no enfrentamento da situação.


The difference was not statistically significant, but indicates a tendency, suggesting that parents are finding it difficult to refuse their children’s requests. Actions to inform and guide parents on the influence of children on their food shopping would be valuable to instrument them on how to deal with the situation. Children act as a person who influences consumers directing their parents’ choices towards the purchase of foods for their own intake. Among the most requested foods are the ultra processed ones, with high energy density, high fat, sugar and fat content, and low fiber content. Increased ingestion of such foods, together with low levels of physical activity, explains, in part the growing of the prevalences of child overweight and obesity observed in the last decades. The study’s objective was to investigate de influence of children overtheir parents’ food shopping, and relate this to their nutritional status. The transversal quali-quantitative study was carriedout among 187 parents conducted from 7 to 10 year old students enrolled in public schools of Florianópolis / SC, in 2001.Surveys were sent to parents and anthropometric measures were obtained from children to evaluate nutritional status. Results showed that nearly one third (32.6%) of the students were overweight. From the 187 parents, 181 referred buying foods ate most requested by their children. 84.3% of which were classified as ultra processed...


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Criança , Criança , Comportamento Alimentar , Sobrepeso , Obesidade , Alimentos Industrializados , Doces , Biscoitos , Sorvetes , Comportamento Alimentar
20.
Actual. nutr ; 16(1): 23-30, mar. 2015.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-771525

RESUMO

El consumo elevado de bebidas azucaradas se ha relacionado con mayor prevalencia de obesidad y hábitos de vida no saludables. Sus calorías, vacías de nutrientes, son elegidas por muchos consumidores, entre ellos adolescentes, constituyendo la mayor fuente de azúcares añadidos en sus dietas. La ingesta calórica resultante del consumo de estas bebidas es un factor que podría contribuir al aumento de peso entre los jóvenes. Objetivos: evaluar la prevalencia y asociación de factores nutricionales, socio-demográficos y hábitos de vida con consumo frecuente de bebidas azucaradas en adolescentes escolarizados de Salta (2008-2009). Metodología: estudio transversal. Muestreo probabilístico de escuelas de nivel medio. Valoración antropométrica, cuestionario de frecuencia de consumo de alimentos y hábitos de vida a adolescentes del último curso (16-20 años). Análisis estadístico: distribución de frecuencias, chi2. Regresión logística multivariada (OR, p< 0,05). SPSS19, EPI-INFO.Resultados: se evaluaron 659 adolescentes; 73,7% consumía bebidas azucaradas en forma frecuente (>3 veces/semana), 42,8% no realizaba actividad física. La prevalencia de sobrepeso/obesidad fue de 13,8 y 3,9 %. El consumo de bebidas azucaradas se asoció a familias de bajos ingresos (OR 1.63), al consumo frecuente de golosinas (OR 2.26) y la falta de actividad física (OR 2.24). No se asoció con el estado nutricional. Conclusiones: se observa consumo elevado de bebidas azucaradas, asociado a hábitos de vida no saludables y familias de bajos ingresos. Es imperativo aplicar estrategias de salud pública, como la educación sobre la ingesta de bebidas y su reemplazo por líquidos más saludables.


The high consumption of sweetened beverages has beenlinked to increased prevalence of obesity and unhealthy living habits. Their calories, nutrient de cient, are chosen by many consumers, including adolescents, constituting the largest source of added sugars in their diets. The resulting caloric intake from consumption of these drinks is a factor that may contribute to weight gain among young adults.Objective: to evaluate the prevalence and association of nutritional, socio- demographic and lifestyle factors with frequent consumption of sugar-sweetened beverages among adolescent students of the last course (2008-2009). Methods: cross-sectional study. Probability sampling of high schools. Anthropometric evaluation, frequency questionnaire and food consumption habits of last year teenagers (16-20 years). Statistical analysis: frequency distribution, chi2. Multivariate logistic regression (OR, p < 0,05).SPSS 19. EPIINFO. Results: 659 adolescents were evaluated, 73,7% consumed sugary drinks frequently (> 3times/week), 42,8% did not perform physical activity. The prevalence of overweight / obesity was 13,8% and 3,9%. Consumption of sweetened beverages was associated with low-income families (OR 1.63), frequent consumption of sweets (OR 2.26) and lack of physical activity (OR 2.24). It was not associated with the nutritional status. Conclusion: High consumption of sugar-sweetened beveragesis associated with unhealthy life habits and low-income families. It is imperative to implement public health strategies, such as education about beverage intake and replacing them with healthier liquids.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Adolescente , Bebidas/estatística & dados numéricos , Doces/efeitos adversos , Escolaridade , Política Nutricional , Obesidade/epidemiologia , Açúcares , Argentina , Ensino Fundamental e Médio , Estudos Transversais/normas , Comportamentos Relacionados com a Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA