Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 42
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Biosci. j. (Online) ; 34(3): 727-743, mai/jun. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-966987

RESUMO

Spices are natural plant products, have been used not only as flavoring and coloring agents, but also as food preservatives and folk medicines throughout the world for thousands of years. Many spices also have been recognized by having both digestive stimulant and carminative actions and also antimicrobial, anti-inflammatory, antimutagenic and anti-carcinogenic potential. Antioxidant and genotoxic potential of species commonly used in Brazil was evaluated. The antioxidant activity was evaluated using different methods, including DPPH radical scavenging activity, ferric reducing power (FRAP), iron ion chelating power, inhibition of lipid peroxidation (TBARS), NO radical scavenging, and oxidative hemolysis inhibition. Furthermore, the antigenotoxic activity was evaluated through mitotic index and chromosome aberration in Allium cepa roots. Quantification of total phenols and flavonoids carried out. The results with the Ocimum basilicum spices in the DPPH test showed activity (82.01%), FRAP (321.12 uM ET and iron chelating activity (94.18) and for the Cinnamomum zeylanicum spice in the TBARS test (18.52%) evaluated by different methods and mechanisms of inactivation of free radicals and according to the evaluation of genotoxicity by the Allium cepa test the spices do not present genotoxic effects.


As especiarias são produtos vegetais naturais, que foram utilizados não só como agentes aromatizantes e colorantes, mas também como conservantes de alimentos e medicamentos populares em todo o mundo há milhares de anos. Muitas especiarias também foram reconhecidas por ter estimulantes digestivos e ações carminativas e também potencial antimicrobiano, anti-inflamatório, antimutagênico e anticarcinogênico. O potencial antioxidante e genotóxico das espécies comumente utilizadas no Brasil foi avaliado. A atividade antioxidante foi avaliada utilizando diferentes métodos, incluindo a atividade de eliminação de radicais DPPH, poder de redução férrica (FRAP), poder quelante de íons de ferro, inibição da peroxidação lipídica (TBARS), eliminação de radicais NO e inibição da hemólise oxidativa. Além disso, a atividade antigenotóxica foi avaliada através do índice mitótico e aberração cromossômica nas raízes do Allium cepa. Quantificação de fenóis totais e flavonoides realizados. Os resultados mostraram que as especiarias (Cinnamomum zeylanicum, Origanum vulgare, Piper nigrum, Zingiber officinale e Ocimum basilicum) apresentaram atividade antioxidante avaliada por diferentes métodos e mecanismos de inativação de radicais livres e de acordo com a avaliação de genotoxicidade pelo teste Allium cepa as especiarias não apresentam efeitos genotóxicos.


Assuntos
Especiarias , Culinária , Genotoxicidade , Antioxidantes , Cinnamomum zeylanicum , Ocimum basilicum , Gengibre , Piper nigrum , Origanum
2.
Hig. aliment ; 31(266/267): 113-117, 30/04/2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-833405

RESUMO

Os registros das eficientes propriedades de conservação das especiarias constam desde a Antiguidade, porém acredita-se que o uso dessas ervas tenha ocorrido antes mesmo do domínio da cocção com fogo. No cenário atual, o crescente interesse do consumidor pela qualidade e composição dos produtos disponíveis no mercado junto com os questionamentos sobre a segurança do uso de aditivos químicos e a preocupação com suas implicações na saúde pública, motivam a busca e valorização de compostos antimicrobianos naturais. Diante disso, o presente trabalho objetivou verificar a ação antimicrobiana dos extratos aquosos de açafrão (Curcuma longa), cominho (Cuminum cyminum), estragão (Artemisia dracunculus), endro (Anethum graveolens) e tomilho (Thymus vulgaris) de forma individual e combinada sobre Samonella Tiphymurium, Samonella Enteritidis, Staphylococcus aureus, Bacillus cereus e Bacillus subtilis utilizando semeadura em superfície com Ágar Nutriente, após incubação a 35ºC de 24 e 48 horas. Por meio dos resultados obtidos, foi possível observar os fenômenos de sinergismo e antagonismo entre os extratos, destacando-se a combinação sinérgica entre cominho e tomilho, capaz de inibir três das cinco bactérias empregadas. Salmonella Enteritidis apresentou maior sensibilidade entre os micro-organismos testados e o maior halo de inibição registrado resultou da ação do extrato de endro adicionado ao extrato de tomilho sobre Salmonella Typhimurium.


Assuntos
Humanos , Antibacterianos , Contaminação de Alimentos/prevenção & controle , Microbiologia de Alimentos , Conservação de Alimentos/métodos , Especiarias/análise , Especiarias/microbiologia , Amostras de Alimentos , Salmonella/isolamento & purificação
3.
Hig. aliment ; 31(264/265): 122-126, 27/02/2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-833121

RESUMO

Conhecidas pelo seu uso na culinária, na medicina, festividades, óleos e ceras aromáticas, perfumes e atualmente como antissépticos, as especiarias são produtos naturais. Produtos aromáticos, poderosos, prazerosos e sensuais. Esses produtos estão marcados na história, como um dos primeiros que percorreram o globo terrestre de um lado ao outro como moeda comercial. Considerando o mencionado, esta pesquisa teve como objetivo verificar a possível ação antibacteriana das especiarias: hibiscus (Hibiscus sabdariffa), kummel (alcaravia)(Carum carvi), gergelim preto (Sesamum indicum), funcho (Foeniculum vulgare) e feno grego (Trigonella foenum-graecum). Os testes foram realizados com as especiarias individualmente e também combinadas. Extratos aquosos das especiarias foram impregnados em discos de papel filtro de 6 mm de diâmetro, próprios para antibiograma, colocados em placas de Petri com meio de cultura apropriado, semeado previamente com os seguintes micro-organismos: Bacillus cereus, Bacillus subtilis, Salmonella Typhimurium, Salmonella Enteritidis e Staphylococcus aureus, posteriormente incubadas a 35°C/24 ­ 48 horas. Após este período, foram considerados de ação antimicrobiana significativa aqueles que apresentaram halos iguais ou superiores a 10mm. Com relação ao micro-organismo B. cereus, foi constatada a ação significativa do extrato de gergelim preto combinado com funcho (halo de 10mm). No que se refere a B. subtilis, os resultados mais significativos foram verificados para o extrato de hibiscus individualmente (halo de 17mm) e também para a combinação entre gergelim preto e feno grego (halo de 10mm). Para a ação sobre S. aureus, destacou-se a combinação entre gergelim preto e feno grego (halo de 13mm). S. Typhimurium foi inibida significativamente pelo extrato de hibiscus individual (halo de 14mm) e pela combinação de hibiscus e feno grego (halo de 12mm). A bactéria inibida significativamente pelo maior número de extratos (6) foi S. Enteritidis, destacando-se a ação do extrato combinado de hibiscus e gergelim preto (halo de 21mm), hibiscus individual (halo de 18mm) e do extrato combinado de hibiscus e feno grego (halo de 14mm). Os melhores resultados foram observados para o extrato de hibiscus individualmente e as suas combinações.


Assuntos
Humanos , Antibacterianos/análise , Condimentos , Especiarias/análise , Contaminação de Alimentos/prevenção & controle , Conservação de Alimentos
4.
Hig. aliment ; 30(260/261): 105-108, 30/10/2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-2786

RESUMO

As especiarias são conhecidas por exercerem uma estabilidade frente à ação de micro-organismos, estando inseridas no grupo dos alimentos estáveis. Considerando os aspectos mencionados, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana de anis estrelado (Illicium verum Hook.), canela-em-pau (Cinnamomum zeylanicum), cardamono (Elettaria cardamomum L.), cravo-da-índia (Syzygium aromaticum), erva-doce (Pimpinella anisum L), mostarda amarela (Brassica hirta Moench.), noz-moscada (Myristica fragrans Houtt), pimenta-da-jamaica (Pimenta officinalis Lindl.) e pimenta rosa (Schinus terebinthifolius Raddi). Para tanto foram utilizados extratos aquosos das diferentes especiarias, impregnados em discos de papel filtro de 6 mm de diâmetro, próprios para antibiograma, colocados em placas de Petri com meio de cultura apropriado, semeado previamente com os seguintes micro-organismos: Bacillus cereus, Bacillus subtilis (ATCC 6633), Salmonella Typhimurium (ATCC 14028), Salmonella Enteritidis e Staphylococcus aureus (ATCC 22923), posteriormente incubados a 35°C por 24 - 48 horas. Os extratos aquosos do anis estrelado (halo de 10 mm), canela em pau (15 mm), cardamono (12 mm), cravo-da-índia (10 mm) e pimenta rosa (10 mm) apresentaram atividade antimicrobiana significativa sobre S. Enteritidis. Sobre S. Typhimurium a inibição significativa ocorreu pela ação dos extratos de cardamono (halo de 10 mm), cravo-da-índia (15 mm) e erva-doce (10 mm). O extrato aquoso de cravo-da-índia forneceu o melhor resultado, uma vez que inibiu significativamente três das cinco bactérias testadas (S. aureus, Salmonella Enteritidis e S. Typhimurium).


Spices are known to fulfill a stability to the action of micro-organisms, being inserted in the group of stable foods. Considering the aspects mentioned, the aim of this study was to evaluate the antibacterial activity of star anise (Illicium verum Hook.), cinnamon (Cinnamomum zeylanicum), cardamom (Elettaria cardamomum L.), clove (Syzygium aromaticum), anise (Pimpinella anisum L.), yellow mustard (Brassica hirta Moench.), nutmeg (Myristica fragrans Houtt), allspice (Pimenta officinalis Lindl.) and pink pepper (Schinus terebinthifolius Raddi). For this purpose the various spices aqueous extracts impregnated in filter paper discs of 6 mm diameter, suitable for antibiogram placed in Petri dishes with the appropriate culture medium previously seeded with the following micro-organisms Bacillus cereus, Bacillus subtilis (ATCC 6633), Salmonella Typhimurium (ATCC 14028), Salmonella Enteritidis and Staphylococcus aureus (ATCC 22923), then incubated at 35° C for 24 - 48 hours. The aqueous extracts of star anise (inhibition zone 10 mm), cinnamon sticks (15 mm), cardamom (12 mm), clove India (10 mm) and pink pepper (10 mm) showed significant antimicrobial activity against S. Enteritidis. About S. Typhimurium significant inhibition occurred by the action of cardamom (inhibition zone 10 mm), clove India (15 mm) and fennel (10 mm). India clove aqueous extract provided the best outcome, since it significantly inhibited three of the five bacteria tested (S. aureus, Salmonella Enteritidis e S. Typhimurium).


Assuntos
Bactérias , Técnicas Microbiológicas , Especiarias/análise , Especiarias/microbiologia , Anti-Infecciosos , Pimenta , Cinnamomum zeylanicum , Alimentos Integrais , Illicium , Óleo de Cravo
5.
Hig. aliment ; 30(256/257): 163-167, maio/junho 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1743

RESUMO

Micro-organismos patogênicos são responsáveis por inúmeras doenças veiculadas por alimentos, causando constante preocupação à indústria alimentícia e consumidores. Além disso, há também a preocupação com os possíveis efeitos adversos causados pelos aditivos químicos usados na conservação dos alimentos. Outro problema relacionado aos micro-organismos patogênicos é sua resistência adquirida frente aos antibióticos comuns. A procura por antimicrobianos naturais, presentes em extratos vegetais, tende a ser uma alternativa bastante interessante para todas estas questões. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana de especiarias, de forma individual e combinada, sobre algumas bactérias. Foram utilizados extratos aquosos de cinco diferentes especiarias, empregados em disco de papel filtro de 6 mm de diâmetro próprios para antibiograma, colocado em placas de Petri com meios de cultura apropriados, semeados previamente com os seguintes micro-organismos: Bacillus cereus, Bacillus subtilis, Salmonella Typhimurium, Samonella Enteritidis e Staphylococcus aureus, posteriormente incubadas à 35ºC/ 24 ­ 48 horas. Através dos resultados obtidos, concluiu-se que o extrato aquoso de sálvia apresentou atividade antimicrobiana significativa sobre S. Typhimurium (halo de 12 mm), o extrato combinado de sálvia e alho apresentou resultado significativo sobre B. cereus e S. aureus (halos de 10mm), este ainda foi inibido significativamente pelos extratos combinados de sálvia e urucum, sálvia e louro, sálvia e gengibre (halos de 10mm).


Pathogenic micro-organisms are responsible for numerous diseases transmitted by foods, causing constant concern to the provision industry and consumers. Besides, there is also the concern with the possible adverse effects caused by the chemical addictive used in the conservation of foods. Another problem related to the pathogenic micro-organisms is about their resistance acquired to the common antibiotics. The search for natural antimicrobials, presents in vegetable extracts, tends to be a quite interesting alternative for all these subjects. In that way, the objective of the present work was to evaluate the antimicrobial activity of spices, in an individual and combined way, on some bacteria. Were used aqueous extracts of five different spices, inserted in paper filter disks of 6 mm diameter own for antibiogram, placed in Petri dishes with appropriate culture means, previously seeded with the following personal micro-organisms: Bacillus cereus, Bacillus subtilis, Salmonella Typhimurium, Samonella Enteritidis and Staphylococcus aureus, subsequently incubated at 35º C/ 24-48 hours. Through the results obtained, it was concluded that the aqueous extract of sage presented significant antimicrobial activity on S. Typhimurium (inhibition zone 12 mm), the combined extract of sage and garlic presented significant result on B. cereus and S. aureus (inhibition zones 10 mm), this still was inhibited significantly by combined extracts of sage and urucum, sage and blond, sage and ginger (inhibition zones 10 mm).


Assuntos
Contaminação de Alimentos/prevenção & controle , Especiarias/análise , Conservação de Alimentos/métodos , Antibacterianos , Plantas , Salmonella/isolamento & purificação , Bacillus/isolamento & purificação , Extratos Vegetais , Alimentos Integrais
6.
Hig. aliment ; 30(254/255): 12-20, 30/04/2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1745

RESUMO

O potencial antioxidante e antimicrobiano dos óleos essenciais de especiarias tem sido estudado com grande interesse como alternativas naturais na conservação de alimentos. Sua aplicação na indústria alimentícia permite a produção de alimentos seguros, livres ou com baixos teores de aditivos químicos e de longa vida útil, atendendo à nova exigência dos consumidores. Seu poder de conservação está relacionado, principalmente, a compostos majoritários presentes em sua composição química, que se diversifica conforme o tipo de especiaria, espécie, técnica de extração e fatores ambientais. Os estudos que avaliaram a atividade antioxidante de vários óleos essenciais revelaram resultados animadores na manutenção da estabilidade oxidativa de alimentos e no sequestro de radicais livres em testes in vitro. A comprovada eficácia dos óleos essenciais em inibir o crescimento microbiano in vitro e a deterioração oxidativa carece de novas pesquisas que envolvam os mesmos na formulação de produtos, a fim de avaliar a sua aplicabilidade como conservantes naturais de alimentos. O presente trabalho trata-se de uma revisão bibliográfica reunindo os mais diversos estudos quanto ao potencial antioxidante e antimicrobiano dos óleos essenciais de especiarias e sua importância na conservação de alimentos.


Assuntos
Antioxidantes , Conservação de Alimentos/métodos , Óleos Voláteis/química , Composição de Alimentos , Literatura de Revisão como Assunto , Especiarias
7.
Hig. aliment ; 30(252/253): 118-121, 29/02/2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-846830

RESUMO

Foram avaliados os efeitos da adição in situ e in vitro, de extrato aquoso de botões de cravo-da-índa (Syzygium aromaticum) sobre Escherichia coli (ATCC 8739) e Staphylococcus aureus (ATCC 25923). Para o estudo in vitro foram empregadas concentrações de 100%, 75%, 50% e 25% (v/v) de extrato de cravo, diluídas em água destilada estéril, utilizando a técnica de difusão em ágar por disco. O estudo in situ foi conduzido inoculando amostras de doce de abóbora em pasta, adicionadas ou não de extrato aquoso de cravo puro, com as cepas bacterianas (108 UFC/g), separadamente. Os resultados revelaram que o extrato aquoso de cravo propiciou um aumento na contagem in vitro de E. coli e S. aureus. De modo análogo, no estudo in situ, a contagem de S. aureus foi favorecida pela adição do extrato puro de cravo em doce de abóbora em pasta. Sugere-se, portanto, estudos mais detalhados sobre o emprego de extratos aquosos de especiarias em alimentos a fim de elucidar o efeito sobre o desenvolvimento microbiano e possíveis interações com a composição dos alimentos em que são empregados.


Assuntos
Humanos , Doces/microbiologia , Cucurbita , Aditivos Alimentares , Especiarias/análise , Syzygium , Escherichia coli , Amostras de Alimentos , Staphylococcus aureus
9.
Ciênc. saúde coletiva ; 20(1): 105-114, 01/2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-733147

RESUMO

O trabalho analisa a dimensão do cuidado parental e suas relações com as decisões de (não) vacinar os filhos no contexto de famílias de alta renda e escolaridade de São Paulo, SP. A pesquisa se orienta pela abordagem qualitativa, com uso de entrevista em profundidade, realizada com 15 casais alocados em três grupos: vacinadores, vacinadores seletivos e não vacinadores. O percurso analítico-interpretativo dos dados foi realizado por meio da análise de conteúdo e segundo os referenciais de cuidado em saúde e família. Para todos os casais do estudo, a escolha da (não) vacinação dos filhos é concebida como um cuidado parental e proteção ao filho, porém, para os vacinadores, proteger é vacinar os filhos; para os vacinadores seletivos, proteger é singularizar cada caso; e para os não vacinadores, proteger é não vacinar os filhos, é proteger contra os riscos da vacinação. O estudo revelou, também, que as justificativas da não vacinação e da seleção e/ou postergação do calendário vacinal foram semelhantes às encontradas na literatura internacional. O estudo aponta a importância da compreensão sociocultural da (não) aceitabilidade da vacinação no contexto do cuidado parental.


This paper analyzes the parental care dimension and the relationship with the decisions on (non)-vaccination of their children in the context of high-income and well-schooled families in São Paulo city/state. The research adopts the qualitative approach, using in-depth interviews conducted with 15 couples that were divided into three groups: vaccinators, selective vaccinators and non-vaccinators. The analytic-interpretative study of the data was performed by means of content analysis and in line with the benchmarks of care of health and family. For all the couples analyzed, the option of (non)-vaccination of their children is perceived as parental care and protection of the child. However, for the vaccinators, protection is to vaccinate their children; for the selective vaccinators, protection is to study case by case; and for the non-vaccinators, protection is not to vaccinate their children, but to protect them against the risks of vaccination. The study also revealed that the reasons for non-vaccination, selection and/or postponement of the vaccination schedule were similar to those found in the international literature. The study highlights the importance of socio-cultural comprehension of (non)-acceptance of vaccination in the context of parental care.


Assuntos
Corantes de Alimentos/análise , Contaminação de Alimentos/legislação & jurisprudência , Contaminação de Alimentos/prevenção & controle , Legislação sobre Alimentos , Naftóis/análise , Especiarias/análise , Capsicum/química , Capsicum/toxicidade , União Europeia , Inspeção de Alimentos , Contaminação de Alimentos/análise , Alimentos/normas , Aplicação da Lei , Óleos Vegetais/análise
10.
Ciênc. saúde coletiva ; 20(1): 145-153, 01/2015.
Artigo em Inglês | BDS, LILACS | ID: lil-733130

RESUMO

In this paper, the question of Brazil's insertion today as a country with the characteristics of modern consumer societies is discussed, focusing on the commercialization of the health sector, the segmentation of the health system and the contradictions of the rights to health care in the social context in question. Some research data on these issues broadcast in the National News Bulletins of Globo TV during the year of 2012 are presented, in which the high technology private hospital as a consumer icon, the underfunding of the public health system and the rejection of a poor and deprived Unified Health System are analyzed.


Discute-se aqui a nossa inserção como país, hoje, nas sociedades de consumo características da modernidade, enfocando a mercantilização na área da saúde, a segmentação do sistema de saúde e as contradições do direito à saúde no contexto social em questão. São apresentados dados de pesquisa sobre o tema no Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão, durante o ano de 2012, na qual se analisa o hospital privado de alto padrão tecnológico como ícone de consumo, o subfinanciamento do sistema público de saúde e a rejeição de um Sistema Único de Saúde pobre e carente.


Assuntos
Compostos Azo/análise , Cromatografia em Gel/métodos , Cromatografia Líquida de Alta Pressão/métodos , Espectrometria de Massas por Ionização por Electrospray/métodos , Especiarias/análise , Espectrometria de Massas em Tandem/métodos , Compostos Azo/química , Capsicum/química , Análise de Alimentos/métodos , Corantes de Alimentos/análise , Corantes de Alimentos/química , Estrutura Molecular , Naftóis/análise , Naftóis/química , Reprodutibilidade dos Testes
11.
Biol. Res ; 47: 1-6, 2014. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-710928

RESUMO

BACKGROUND: Effect of aqueous extracts of Allium sativum (garlic), Zingiber officinale (ginger), Capsicum fructensces (cayenne pepper) and their mixture on oxidative stress in rats fed high Cholesterol/high fat diet was investigated. Rats were randomly distributed into six groups (n = 6) and given different dietary/spice treatments. Group 1 standard rat chow (control), group 2, hypercholesterolemic diet plus water, and groups 3, 4, 5, 6, hypercholesterolemic diet with 0.5 ml 200 mg · kg-1 aqueous extracts of garlic, ginger, cayenne pepper or their mixture respectively daily for 4 weeks. RESULTS: Pronounced oxidative stress in the hypercholesterolemic rats evidenced by significant (p < 0.05) increase in MDA levels, and suppression of the antioxidant enzymes system in rat's liver, kidney, heart and brain tissues was observed. Extracts of spices singly or combined administered at 200 mg.kg-1 body weight significantly (p < 0.05) reduced MDA levels and restored activities of antioxidant enzymes. CONCLUSIONS: It is concluded that consumption of garlic, ginger, pepper, or their mixture may help to modulate oxidative stress caused by hypercholesterolemia in rats.


Assuntos
Animais , Masculino , Dieta Hiperlipídica , Hipercolesterolemia/tratamento farmacológico , Estresse Oxidativo/fisiologia , Fitoterapia , Extratos Vegetais/uso terapêutico , Especiarias , Encéfalo/enzimologia , Capsicum/metabolismo , Combinação de Medicamentos , Alho/metabolismo , Gengibre/metabolismo , Glutationa Peroxidase/metabolismo , Glutationa Redutase/metabolismo , Hipercolesterolemia/etiologia , Hipercolesterolemia/metabolismo , Rim/enzimologia , Peroxidação de Lipídeos/efeitos dos fármacos , Fígado/enzimologia , Malondialdeído/análise , Miocárdio/enzimologia , Distribuição Aleatória , Ratos Wistar , Superóxido Dismutase/metabolismo
12.
Rev. bras. plantas med ; 14(4): 686-691, 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-664022

RESUMO

O presente trabalho teve como objetivos avaliar o potencial antioxidante dos extratos de manjericão (Ocimum basilicum L.) e orégano (Origanum vulgare L.), e medir a estabilidade oxidativa do óleo de soja adicionado de ambos os extratos. Foram obtidos extratos de manjericão e orégano nas formas in natura e seco, a partir das folhas das especiarias submetidas às extrações aquosas, etanólicas e sequenciais por 30 min, na proporção de 1:3 (m/m, especiaria:solvente), sob agitação contínua e temperatura ambiente. Nos extratos foram determinados o valor de concentração eficiente (CE50), a atividade antioxidante máxima (AA) e a quantidade de compostos fenólicos totais (CFT). Os extratos de orégano e manjericão com maior atividade antioxidante foram aplicados no óleo de soja em concentrações que variaram de 250 a 2.000 mg kg-1, para avaliação da estabilidade oxidativa. Os resultados indicaram que os extratos etanólicos de manjericão in natura com CE50 = 863,97 µg mL-1, AA = 35,63% e CFT = 56,55 mg g-1 e orégano seco com CE50 = 415,82 µg mL-1, AA = 48,42% e CFT = 147,96 mg g-1 foram os mais eficientes para serem aplicados ao óleo de soja na concentração de 2.000 mg kg-1, na qual apresentaram a maior estabilidade oxidativa, 21,8 e 15,1 horas, respectivamente. Com base na metodologia empregada e dentro das condições estudadas, concluiu-se que os extratos etanólicos de manjericão in natura e orégano seco revelaram potencial antioxidante quando aplicados em óleo de soja.


This study aimed to evaluate the antioxidant potential of basil (Ocimum basilicum L.) and oregano (Origanum vulgare L.) extracts and to measure the oxidative stability of soybean oil added to both extracts. Basil and oregano extracts were obtained in fresh and dry forms from the leaves of spices subjected to aqueous, ethanol and sequential extraction for 30 min at a ratio of 1:3 (m/m, spice:solvent) and continuously shaken at room temperature. For the extracts, the value of effective concentration (EC50), the maximum antioxidant activity (AA) and the amount of total phenolic compounds (TFC) were obtained. The oregano and basil extracts that had higher antioxidant activity were applied to soybean oil at concentrations ranging from 250 to 2,000 mg kg-1, to evaluate the oxidative stability. The results indicated that the ethanol extracts of fresh basil with EC50 = 863.97 mg mL-1, AA = 35.63% and TFC = 56.55 mg g-1 and dry oregano with EC50 = 415.82 mg mL-1, AA = 48.42% and TFC = 147.96 mg g-1 were more efficient for application in soybean oil at a concentration of 2,000 mg kg-1, which showed the highest oxidative stability, 21.8 and 15.1 hours, respectively. Based on the employed methodology and under the studied conditions, it was concluded that the ethanol extracts of fresh basil and dry oregano showed antioxidant potential when applied in soybean oil.


Assuntos
Extratos Vegetais/análise , Óleo de Soja , Especiarias/estatística & dados numéricos , Antioxidantes , Ocimum basilicum , Origanum
13.
Rev. bras. plantas med ; 14(2): 389-399, 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-650683

RESUMO

O crescente interesse na substituição de antioxidantes sintéticos por naturais em alimentos tem fomentado a pesquisa sobre fontes vegetais, caracterização de matérias-primas e identificação de novos compostos antioxidantes. As reações de oxidação não são uma preocupação exclusiva das indústrias alimentícias, seu estudo é também amplamente necessário para evitar implicações indesejáveis na saúde humana. O objetivo desta revisão, depois de apresentar aspectos gerais sobre a oxidação, é concentrar-se nos benefícios da utilização das especiarias como antioxidantes naturais, em especial as da família Labiatae, amplamente utilizadas na culinária brasileira.


The growing interest in replacing synthetic antioxidants by natural antioxidants in food has stimulated research on vegetable sources, raw material characterization and identification of new antioxidant compounds. Oxidation reactions are not an exclusive preoccupation of the food industry; studies regarding this issue are widely necessary in order to prevent undesired implications for human health. The aim of this review, after presenting overall aspects about oxidation, is to concentrate on the benefits of using spices as natural antioxidants, especially those from the Labiatae family, which are widely used in the Brazilian cuisine.


Assuntos
Antioxidantes/efeitos adversos , Especiarias/análise , Lamiaceae/metabolismo , Oxidação , Plantas Medicinais
14.
Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr ; 36(3)dec. 2011. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-614401

RESUMO

Eating in restaurants is becoming a habit, especially in bigger cities. Buffet restaurants which sell food by weight offer beans every day, as the consumption of beans and rice is a cultural habit in Brazil. Researches report that 80% of the sodium consumed by individuals comes from eatingin restaurants and ready-to-eat food and that the high consumption of sodium is the main cause of hypertension. In this context, the objective of this study was to carry out a sensory analysis on the beans served in five buffet restaurants, located downtown Chapecó - SC. Three different preparations of beans for each restaurant were considered: a sample prepared with 100% of the salt indicated in the technical datasheet of the restaurant; another sample using 50% of salt indicated; and a third sample with 25%of salt indicated in the datasheet. In these two latter cases, the seasoning has been replaced with herbs and spices. During five days, tests on these three preparations of beans were performed with a total of 185 untrained tasters using the nine-point structured scale, anchored with verbal terms. The data regarding acceptance were subjected to analysis of variance (ANOVA) and to Tukey's test, with a significance level (p < 0,05). The results show that the tasters preferred the samples which contained 100% and rejected the samples which contained 50% and 25% of seasoning. With the exception of restaurant A, which showed an average acceptance rate between 6.47 and 6.03 for all kinds of preparations. Public health actions should be prioritized in order to promote healthy food in restaurants for the maintenance of health and prevention of diseases.


La alimentación fuera de casa es un hábito cada vez más arraigado, principalmente en los grandes centros urbanos. Los restaurantes que comercializan comida al kilo ofrecen frijoles diariamente, pues su consumo junto con arroz hace parte de la cultura del brasileño. Los estudios relatan por un lado que 80% del consumo de sodio de una persona proviene de la alimentación fuera de casa y de alimentos prontos para consumo y por otro, que el consumo elevado de sodio es la principal causa de la hipertensión. En este contexto, el objetivo del trabajo fue realizar análisis sensorial de losfrijoles servidos en cinco restaurantes al kilo, localizados en el centro de Chapecó (Santa Catarina, Brasil). Fueron consideradas tres preparaciones de frijoles para cada restaurante: una preparada con 100% de la sal indicada en la ficha técnica del restaurante; otra con utilización de 50% de la indicación; y una tercera con 25%. En los dos últimos casos, la sal fue sustituida por hierbas aromáticas y especias. Durante cinco días, fueron realizados ensayos con las tres preparaciones de frijoles con un total de 185 probadores no entrenados, utilizándose una escala estructurada de nueve puntos, anclada en expresiones literales. Los datos referentes a la aceptación fueron sometidos a un análisis de varianza (ANOVA) y a la prueba de Tukey, con nivel de significancia (p < 0,05). El resultado muestra que los probadores se inclinaron por las muestras que contenían 100% de sal y rechazaron las que contenían 50 y 25% del condimento. La excepción fue el Restaurante A que presentó medias de aceptación entre 6,47 y 6,03 para todas las preparaciones. Acciones de salud pública deben ser priorizadas con el objetivo de promover una alimentación saludable en establecimientos comerciales, para mantención de la salud y prevención de enfermedades.


A alimentação realizada fora de casa está se tornando um hábito, principalmente nos grandes centros. Os restaurantes comerciais com bufê por peso oferecem feijão diariamente, pois o consumo de feijão e arroz é um hábito cultural no Brasil. Estudos relatam que 80% do consumo de sódio pelos indivíduos provêm de alimentação fora de casa e de alimentos prontos e que o consumo elevado de sódio é causa principal da hipertensão. Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi realizar análise sensorial dos feijões servidos em cinco restaurantes por peso, localizados no centro de Chapecó (SC). Foram consideradas três preparações de feijão para cada restaurante: uma amostra preparada com 100% do sal indicado na ficha técnica do restaurante; outra com a utilização de 50% do sal indicado; e uma terceira com 25% do sal. Nesses dois últimos casos, o tempero foi substituído por ervas aromáticas e especiarias. Durante cinco dias, foram realizados testes desses três tipos de feijão com um total de 185 provadores não treinados, utilizando-se a escala estruturada de nove pontos, ancorada com termos verbais. Os dados referentes à aceitação foram submetidos à análise de variância (ANOVA) e ao teste de Tukey, com nível de significância (p < 0,05).O resultado mostra que houve preferência dos provadores pelas amostras que continham 100% e rejeição pelas amostras que continham 50 e 25% do tempero. Com exceção do Restaurante A que apresentou médias de aceitação entre 6,47 e 6,03 para todas as preparações. Ações de saúde pública devem ser priorizadas no intuito de promover alimentação saudável em estabelecimentos comerciais, para manutenção da saúde e prevenção de doenças.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Brasil , Especiarias/estatística & dados numéricos , Fabaceae , Alimentos Preparados , Restaurantes , Cloreto de Sódio na Dieta , Análise de Variância , Dieta Hipossódica , Inquéritos e Questionários , Sódio na Dieta
15.
Rev. bras. plantas med ; 13(3): 342-348, 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-601042

RESUMO

A partir da atividade antibacteriana in vitro, predeterminada em doze plantas com indicativo etnográfico condimentar, testou-se este atributo in loco no modelo caldo com frango cozido. Primeiramente, procedeu-se ao treinamento de 10 avaliadores, segundo a legislação vigente quanto ao Consentimento Livre e Esclarecido, oportunizando conhecimentos prévios sobre as plantas salsa (Petroselinum sativum), manjerona branca (Origanum X aplii), manjerona preta (Origanum majorana), manjericão (Ocimum basilicum), sálvia (Salvia officinalis), tomilho (Thymus vulgaris), anis verde (Ocimum selloi), alfavaca (Ocimum gratissimum), alho nirá (Allium tuberosum), alho poró (Allium porrum), cúrcuma (Curcuma longa) e pimenta dedo-de-moça (Capsicum baccatum). Realizou-se, através da adição individualizada desses condimentos ao caldo com frango cozido, um Teste de Aceitação tipo escala hedônica, selecionando, dentre os doze condimentos, quatro deles que se destacaram sensorialmente, a pimenta dedo-de-moça, o alho nirá, o alho poró e o tomilho. Foi feito, então, um Teste de Aceitação de concentrações denominadas pequena, média e grande destes quatro condimentos, para determinação da intensidade sensorialmente melhor aceita. As quantidades eleitas (0,5 g de pimenta dedo-de-moça, 15 g de alho nirá, 15 g de alho poró e 5 g de tomilho) foram acrescidas ao caldo com frango cozido, sendo estes desafiados frente a Escherichia coli (ATCC 11229) em concentração final de 10 UFC mL-1, limite tolerado pela legislação, tendo como grupo-controle o caldo com frango cozido sem condimentos. O crescimento bacteriano foi aferido a cada duas horas após a inoculação, até completar 24 horas de confronto, utilizando-se meio seletivo para coliformes termo-resistentes e incubação constante a 25ºC em DBO, sendo atribuídos valores arbitrários às variações logarítmicas de crescimento. Comparados ao controle, todos os tratamentos condimentados apresentaram, individualmente, atividade antibacteriana significativa, mesmo que sem significância quando comparados entre si. Contudo, em relação ao tempo de início da atividade antibacteriana, destacou-se a pimenta dedo-de-moça, enquanto que, em relação ao prolongamento dessa ação no tempo, destacou-se o alho nirá. As 12 plantas condimentares em estudo tiveram atestada a sensorialidade, sendo que as quatro plantas com destaque tiveram a atividade anti-coliforme termo-resistente comprovada in loco. Diferentes condimentos vegetais foram capazes de fornecer qualificação sensorial e sanitária em caldo com frango cozido, em condições domésticas de manuseio.


Based on the in vitro antibacterial activity predetermined for 12 spice plants with ethnographic indicator, this feature was tested in loco in the model cooked chicken broth. First, ten evaluators were trained, according to the current legislation for Free and Informed Consent, providing previous knowledge about the plants parsley (Petroselinum sativum), marjoram (Origanum X aplii and Origanum majorana), basil (Ocimum basilicum), common sage (Salvia officinalis), thyme (Thymus vulgaris), anis-like spice (Ocimum selloi), african basilicum (Ocimum gratissimum), nirá garlic (Allium tuberosum), leek (Allium porrum), turmeric (Curcuma longa) and "dedo-de-moça" chili (Capsicum baccatum). Those spices were individually added to the chicken broth to perform a Hedonic Scale-like Acceptance Test, selecting four of the twelve spices that had higher sensory acceptance, "dedo-de-moça" chili, nirá garlic, leek and thyme. A new Acceptance Test was then performed using low, medium and high concentrations of those four spices to establish the most acceptable sensory intensities. The elected quantities (0.5 g "dedo-de-moça" chili, 15 g nirá garlic, 15 g leek and 5 g thyme) were added to the chicken broth, then challenged with Escherichia coli (ATCC 11229) at a final 10 concentration of CFU/mL, the tolerated limit according to legislation. The control group was chicken broth without spices. The bacterial growth was measured at every two hours after the inoculation until 24 hours of confront were completed, using a selective medium for thermo-resistant coliforms, under constant incubation at 25ºC in DBO. Arbitrary values were assigned to the logarithmic growth variations. Compared to the control group, all the spiced treatments individually presented significant antibacterial activity, although the latter was not significant when treatments were compared with each other. However, as regards the antibacterial activity starting time, "dedo-de-moça" chili had the best results, whereas nirá garlic had the best results as regard the extension of this activity time. The 12 studied spice plants had their sensorial characteristics attested, and the four plants that had the best results had proved in loco anti-thermo-resistant coliform activity. Different spice plants were capable of providing sensory and sanitary qualification in chicken broth, under domestic conditions of manipulation.


Assuntos
Antibacterianos/administração & dosagem , Especiarias/análise , Especiarias/estatística & dados numéricos , Especiarias/microbiologia , Especiarias/parasitologia , Manipulação de Alimentos , Aves Domésticas , Coliformes , Escherichia coli/crescimento & desenvolvimento , Parasitologia de Alimentos
16.
Rev. Inst. Adolfo Lutz ; 68(2): 192-200, maio-ago. 2009. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-IALPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IALACERVO | ID: lil-544603

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi estabelecer as melhores condições para efetuar extração de compostos fenólicos totais de diferentes classes comerciais de cebola (Allium cepa L.). Por meio de Planejamento Experimental Fatorial foram determinadas as variáveis que influenciam significativamente nas etapas de extração. As variáveis estudadas foram: natureza do solvente, procedimento de agitação, tempo de extração e tempo de agitação com e sem interrupções. A melhor combinação resultou em um modelo preditivo, empregando semetanol como solvente, agitação de 120 minutos a 200 rpm. O maior conteúdo fenólico em diferentes classes de cebola foi 2275 μg/g, 88% de recuperação e o limite de quantificação foi de 31 μg fenóis/g.


Assuntos
Cebolas , Compostos Fenólicos , Especiarias
17.
São Paulo; s.n; 2 abr. 2009. 152 p. graf, tab, ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-515414

RESUMO

Este estudo foi estruturado em cinco capítulos. No capítulo I temos um breve referencial teórico sobre a importância da carne de frango, os mecanismos da oxidação lipídica e a utilização de antioxidantes naturais. O capítulo II traz os ensaios da avaliação da atividade antioxidante in vitro do mel e das especiarias orégano (Origanum vulgare L.) e sálvia (Salvia officinalis L.) durante a vida de prateleira. Os resultados de fenólicos totais do orégano indicaram um aumento de 1154,09 a 1611,28 mgEAG/mL (O a 12 meses) e na sálvia os valores variaram entre 1309,8 a 2032,4 mgEAG/mL no decorrer do tempo (O a 12 meses). Os resultados da porcentagem da inibição da oxidação lipídica (% IOL), pelo sistemas β-caroteno/ácido linoléico mostrou que a sálvia inibiu a oxidação em 74,6, 81,3 e 81,3%, nos tempos (0,6 e 12 meses) e o orégano apresentou valores de inibição de (43,2, 63,3 e 50,7%). Quando se avaliou o índice de atividade antioxidante (IAA) utilizando o aparelho Rancimat, a sálvia apresentou um índice de atividade antioxidante (3,35) superior aos demais, que apresentaram 1,69, 1,25 e 1,08 para o BHT, orégano e mel, respectivamente. Os resultados do ensaio da capacidade de absorbância do radical oxigênio (ORAC) revelou que o orégano apresentou valores de 544,6, 430,7 e 1019,6 ET µmol/g, nos tempos O, 6 e 12 meses, respectivamente...


This study has been structured into five chapters. Chapter I provides a brief historical theoretical reference point regarding the importance of chicken meat, the mechanisms of lipid oxidation and the use of natural antioxidants. Chapter II presents trials evaluating the in vitro antioxidant activity, of honey and the spices oregano (Origanum vulgare L.) and sage (Salvia officinalis L.) over their shelf life. The results for oregano indicated an increase in total phenols from 1154.09 to 1611.28 mg of gallic acid equivalent (GAE)/100 g (0 to 12 months). For sage, the values changed from 1309.8 to 2032.4 mg GAE/100 g over the period (0 to 12 months) and for honey, the values measured were 1007.1, 1830.4 and 2129.9 mg GAE/100 g at the times of 0,6 and 12 months, respectively. The results relating to the percentage inhibition of lipid oxidation(% ILO) by the ß-carotene/linoleic acid system showed that sage inhibited oxidation by 74.6, 81.3 and 81.3% at the times of 0,6 and 12 months, while oregano presented inhibition values of 43.2, 63.3 and 50.7%. Evaluation of the antioxidant activity index (AAI) using the Rancimat apparatus showed that the AAI for sage (3.35) was greater than the indices for the other agents, which were 1.69, 1.25 and 1.08 for BHT, oregano and honey, respectively. The results from testing the oxygen radical absorbance capacity (ORAC) showed that oregano presented values of 544.6, 430.7 and 1019.6 TE µmol/g at the times of 0,6 and 12 months, respectively. Sage presented ORAC values of 610.45, 467.44 and 822.21 at the times of 0,6 and 12 months and honey presented 47.3, 22.4 and 26.1 ET µmol/g, at the times of 0,6 and 12 months. Comparing these results with those described in the literature, it can be concluded that these herbs and honey have high potential as antioxidants. Chapter III shows the influence of the bioactive compounds in sage and oregano for protection against lipid oxidation, in a microsomal substrate of chicken meat. The mean concentrations of TBARS (µmol of MDA/mg of protein) observed in the breast meat samples were, for the control, 7.45; for BHT, 1.91; and for oregano+sage, 3.45. In the thigh meat samples, the following results were observed: control (9.83); BHT (4.27); oregano+sage (3.15). The treatments (BHT and oregano+sage) reached their peak inhibition after three hours (82.42% and 82.25%, respectively). However, analysis of the inhibition of lipid oxidation in the microsomal fraction of the thigh meat showed that the BHT treatment reached its peak inhibition (66.50%) after one hour of induction and the oregano+sage treatment reached its peak inhibition after three hours (82.25%). The results relating to inhibition of lipid oxidation during the induction period showed that, in relation to the control, the treatments implemented had a positive influence regarding protection against lipid oxidation in a microsomal substrate of chicken breast meat. Chapter IV evaluates the effect of spices and honey with regard to protecting against lipid oxidation in a system consisting of a homogenate model of chilled chicken meat. The results from water action on the breast and thigh meat homogenates (either, raw or cooked) showed that the treatment (oregano+sage+10%honey) reduced the quantity of free water over the period of refrigeration. With regard to the pH values in the breast meat homogenates, it was seen that they rose over the period of refrigeration, in all the treatments evaluated. In the thigh meat, the pH values were higher than those observed in the breast meat. In the homogenates of raw breast meat, a marked loss of moisture was observed in all of the treatments and, particularly, at all durations of refrigeration. In the samples of cooked breast meat, no significant differences in moisture were seen between the control and the treatment with oreganó+sage+5%honey. In the homogenates of raw thigh meat, the moisture values ranged from 60.82 to 66.96 g/100 g. The myoglobin content in the homogenates of raw breast meat ranged from 1.95% to 2.01% at time zero. After 96 hours of refrigeration, the percentage myoglobin ranged from 1.85 to 1.96, with lower concentrations in the samples treated with spices and honey...


Assuntos
Animais , Antioxidantes/classificação , Especiarias/análise , Técnicas In Vitro , Peroxidação de Lipídeos , Mel/análise , Origanum/metabolismo , Oxidação Biológica/prevenção & controle , Produtos da Carne , Salvia/metabolismo , Análise de Alimentos/métodos , Amostras de Alimentos , Aves Domésticas
18.
São Paulo; s.n; 08 abri. 2009. 117 p. graf, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-525232

RESUMO

As exigências pela qualidade da carne estão cada vez maiores tanto no mercado internacional como no nacional, pois o consumidor está cada vez mais ciente dos atributos da qualidade da carne. Essas exigências provocaram mudanças e envolvem toda a cadeia produtiva, desde a formulação das dietas dos animais, criação até a transformação em carne. A oxidação dos lipídios da carne ou de um produto cárneo é o principal processo pelo qual ocorre perda de qualidade, depois da deterioração microbiana, e pode ser acelerada por fatores internos ou externos ao organismo animal diminuindo a proteção natural dos tecidos. A vitamina E (α-tocoferol) se distribui nas membranas celulares, protegendo os tecidos da oxidação iniciada pelos radicais livres, e pode ter sua concentração incrementada pela suplementação na dieta das aves. Estudos recentes apontam que compostos fenólicos presentes em óleos essenciais de especiarias como orégano, alecrim e sálvia são efetivos em preservar a estabilidade oxidativa da carne, mesmo quando fornecidos por meio da alimentação e são desejáveis por serem naturais. Este estudo teve como objetivo principal estudar os efeitos da adição de extratos de antioxidantes naturais na dieta de frangos de corte e também da suplementação com vitamina E, na qualidade e estabilidade oxidativa de sobrecoxas desses animais e de almôndegas preparadas a partir destes cortes...


Assuntos
Animais , Antioxidantes , Colesterol/toxicidade , Especiarias/análise , Especiarias , Lipídeos/análise , Oxidação Biológica/análise , Produtos Avícolas/análise , Vitamina E , Métodos Analíticos de Preparação de Amostras , Criação de Animais Domésticos/métodos , Amostras de Alimentos
20.
Hig. aliment ; 19(132): 40-45, jun. 2005.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-412906

RESUMO

A atual tendência adotada pelos órgãos legisladores da produção de alimentos e pelos consumidores, tem exigido uma progressiva retirada de aditivos químicos na produção de alimentos. Esta tendência tem conduzido a indústria de alimentos a buscar compostos alternativos para alcançar suas metas, relacionadas à estabilidade microbiana dos seus produtos finais à ação de microrganismos causadores de deterioração e/ou causadores de doenças veiculadas por alimentos. Dentre os vários novos compostos estudados, o orégano e seus produtos derivados como extratos de diferentes naturezas, óleo essencial e seus constituintes químicos, têm mostrado eficiência no combate do crescimento e sobrevivência de bactérias e fungos contaminantes de alimentos, bem como inibindo a produção de toxinas microbianas. Frente a esta proeminente propriedade antimicrobiana o orégano pode vir a representar potencial e importante fonte de compostos antimicrobianos viáveis de utilização em sistemas de conservação de alimentos.


Assuntos
Aditivos Alimentares , Indústria Alimentícia , Conservação de Alimentos , Origanum , Especiarias
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA