Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 434
Filtrar
1.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 54: e20180435, 2020. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1091977

RESUMO

Abstract Objective: Identify the associations between perineal outcome in primiparas and interventions during labor and delivery, newborn weight and APGAR score. Method: Document-based, correlational, retrospective, quantitative study conducted in a tertiary maternity hospital in the state of Ceará, between July 2017 and January 2018. The independent variables were labor induction, amniotomy, non-pharmaceutical methods for relieving pain, forceps, episiotomy, Kristeller maneuver, position in the expulsion stage, shoulder dystocia, and newborn weight and APGAR score, and the dependent variable was perineal outcome. Pearson's chi-square test and Fisher's exact test were used. Results: A total of 226 normal-risk primiparas who had a vaginal delivery. An association was found between horizontal position in the expulsion stage and episiotomy, and between not performing an episiotomy and perineal tearing. The other variables (labor, delivery and neonatal) did not have any effect on perineal tearing. Conclusion: Interventions, with the exception of episiotomies, did not have an influence on the occurrence of perineal trauma, but they do need to be carefully assessed. Deliveries in a horizontal position were associated with a higher likelihood of performing an episiotomy.


Resumen Objetivo: Identificar las asociaciones entre el resultado perineal en primíparas y las intervenciones ocurridas durante el trabajo de parto, parto, peso y APGAR del recién nacido. Método: Estudio documental, correlacional, retrospectivo, cuantitativo, llevado a cabo en una maternidad terciaria en el estado de Ceará, entre julio de 2017 y enero de 2018. Las variables independientes fueron inducción del parto, amniotomía, métodos no farmacológicos de alivio del dolor, fórceps, episiotomía, maniobra de Kristeller, posición en el período expulsivo, distocia de hombro, peso y APGAR del recién nacido, y la variable dependiente fue el resultado perineal. Se emplearon las pruebas de Chi cuadrado de Pearson y la exacta de Fisher. Resultados: Participaron 226 primíparas de riesgo habitual que parieron por vía vaginal. Se verificó asociación entre la posición horizontal en el período expulsivo del parto y episiotomía, y entre la no realización de episiotomía y laceración perineal. La otras variables de trabajo de parto, parto y neonatal no interfirieron en la ocurrencia de laceración perineal. Conclusión: Acciones intervencionistas, salvo la episiotomía, no influenciaron la ocurrencia de trauma perineal, sin embargo requieren evaluación juiciosa. El parto en la posición horizontal se relacionó con la mayor posibilidad de realización de episiotomía.


Resumo Objetivo: Identificar as associações entre o desfecho perineal em primíparas e as intervenções ocorridas durante o trabalho de parto, parto, peso e APGAR do recém-nascido. Método: Estudo documental, correlacional, retrospectivo, quantitativo, realizado em uma maternidade terciária no estado do Ceará, entre julho de 2017 e janeiro de 2018. As variáveis independentes foram indução do parto, amniotomia, métodos não farmacológicos de alívio da dor, fórceps, episiotomia, manobra de Kristeller, posição no período expulsivo, distocia de ombro, peso e APGAR do recém-nascido, e a variável dependente foi o desfecho perineal. Foram utilizados o teste de Qui-quadrado de Pearson e o teste exato de Fisher. Resultados: Participaram 226 primíparas de risco habitual que pariram por via vaginal. Verificou-se associação entre posição horizontal no período expulsivo do parto e episiotomia, e entre a não realização de episiotomia e laceração perineal. As outras variáveis de trabalho de parto, parto e neonatal não interferiram na ocorrência de laceração perineal. Conclusão: Ações intervencionistas, com exceção da episiotomia, não influenciaram a ocorrência de trauma perineal, porém requerem avaliação criteriosa. O parto na posição horizontal relacionou-se a maior probabilidade de realização de episiotomia.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Períneo , Lacerações , Episiotomia , Parto Normal , Estudos Transversais , Estudos Retrospectivos , Enfermagem Obstétrica
2.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047845

RESUMO

Objetivo: este estudo objetivou conhecer as tecnologias de cuidado no alívio da dor no processo de parturição em um hospital de ensino. Método: pesquisa qualitativa e descritiva com 10 puérperas internadas em uma unidade materno-infantil no período de maio a junho de 2017. Os dados foram coletados por meio de entrevistas individuais e analisados conforme a Proposta Operativa de Minayo. Resultados: as puérperas que usaram as tecnologias de alívio da dor no processo de parturição julgaram como excelente e de grande valia os métodos para o alívio da dor. Conclusão: conclui-se que estas tecnologias são importantes para a autonomia e protagonismo da mulher e a vivência positiva do seu processo de parturição, sendo fundamental o investimento em outros métodos de alívio da dor, de modo a qualificar e tornar o parto mais prazeroso e menos traumatizante


Objective: this study aimed to identify the care technologies in pain relief in the birthing process in a teaching hospital. Method: qualitative and descriptive research, in which ten women in labor were hospitalized in a hospital maternal unit, from May to June 2017. Data were collected through individual interviews and analyzed according to Minayo's Operative Proposal. Results: postpartum women who used pain relief technologies in the birthing process considered the methods of pain relief as excellent and of great value. Conclusion: we concluded that these technologies are important for the autonomy and protagonism of women and the positive experience of their process of birthing, recognizing the importance of investing in other methods of pain relief, in order to qualify and make birthing process more pleasurable and less traumatic


Objetivo: este estudio objetivó conocer las tecnologías de cuidado en el alivio del dolor en el proceso de parturición en un hospital de enseñanza. Método: investigación cualitativa y descriptiva, en la que participaron diez puérperas internadas en una unidad materna hospitalaria, en el período de mayo a junio de 2017. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas individuales, y analizados conforme a la Propuesta Operativa de Minayo. Resultados: las puérperas que usaron las tecnologías de alivio del dolor en el proceso de parturiado juzgaron como excelente y de gran valor los métodos para el alivio del dolor. Conclusión: se concluye que estas tecnologías son importantes para la autonomía y protagonismo de la mujer y la vivencia positiva de su proceso de parturión, siendo importantes inversiones en otros métodos de alivio del dolor, para calificar y hacer el parto más placentero y menos traumatizante


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Dor do Parto/enfermagem , Manejo da Dor , Parto Normal/enfermagem , Trabalho de Parto , Parto Humanizado , Serviços de Saúde Materna , Enfermagem Obstétrica
3.
Rev. Ciênc. Plur ; 6(1): 87-101, 2020. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1052632

RESUMO

Introdução:As mulheresestão rodeadas por expectativas dos medos que permeiam o trabalho de parto, por isso atribuem significados a partir da experiência vivida, formando diversas percepções sobre a dor, minimizando os efeitos negativos após obter a satisfação de ser mãe.Objetivo:Conhecer a percepção da mulher frente à dor do parto. Método:Estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado numa maternidade referência secundária para gestação de alto risco em Caruaru-PE no período de julho a agosto de 2016. Participaram desta pesquisa 13 mulheres que se encontravam no pós-parto mediato e imediato, após a experiência do parto normal de baixo risco. A entrevista foi realizada após leitura e assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido e as falas das participantes foram submetidas à técnica de análise de conteúdo de Bardin. O estudo só foi iniciado após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa.Resultados:As mulheres atribuíram a dor do parto normal com o significado negativo no sentido de ser uma experiência inexplicável, horrível, uma dor insuportável. Entretanto, atribuíram também positivamente a experiência como prazerosa diante de uma dor tolerávele passageira, com uma recuperação rápida e regada de emoções. Conclusões:As mulheres possuem uma percepção variada da dor do parto, perpassando a compreensão de que é algo predeterminado por Deus, é algo natural e, por mais que essa dor seja insuportável, é algo passageiro, pois logo que a criança nasce todo esse processo doloroso é esquecido, gerando prazer e satisfação em ser mãe, por isso é importante uma atenção humanizada ao parto para que esse momento seja uma experiência prazerosa na vida da mulher.(AU).


Introduction:Women are surrounded by expectations of fears that permeate labor, so they attribute meanings from their experience, forming various perceptions about pain, minimizing the negative effects after obtaining the satisfaction of being a mother.Objective:Know the perception ofwomen facing the pain of childbirth.Methods:This is a descriptive, qualitative study conducted in a secondary reference maternity hospital for high-risk pregnancy in Caruaru-PE from July to August 2016. Thirteen women who were in the immediate and immediate postpartum, after the experience of the study, participated in this research. low-risk normal delivery. The interview was conducted after reading and signing the free and informed consent form and the participants' statements were submitted to Bardin's content analysis technique. The study was only started after approval by the Research Ethics Committee. Results:Women attributed the pain of normal childbirth to the negative meaning that it was an inexplicable, horrible, unbearable pain. However, they also positively attributed he experience as pleasurable in the face of a tolerable and fleeting pain, with a quick and watery recovery of emotions.Conclusions:Women have a varied perception of the pain of childbirth, passing through the understanding that it is predetermined by God, it is natural and, as much as this pain is unbearable, it is transient, because as soon as the child is born all this painful process is forgotten, generating pleasure and satisfaction in being a mother, so a humanized attention to childbirth is important for this moment to be a pleasurable experience in the woman's life.(AU).


Introducción: Las mujeres están rodeadas de expectativas de los temores que permean el parto, por lo que atribuyen significados a partir de su experiencia, formando diversas percepciones sobre el dolor, minimizando los efectos negativos después de obtener la satisfacción de ser madre. Objetivo: Conozca la percepción de las mujeres que enfrentan el dolor del parto. Método:Este es un estudio descriptivo y cualitativo realizado en un hospital de maternidad de referencia secundario para embarazos de alto riesgo en Caruaru-PE de julio a agosto de 2016. Trece mujeres que estaban en el posparto inmediato e inmediato, después de la experiencia del estudio, participaron en esta investigación. parto normal de bajo riesgo. La entrevista se realizó después de leer y firmar el formulario de consentimiento libre e informado y las declaraciones de los participantes se enviaron a la técnica de análisis de contenido de Bardin. El estudio solo comenzó después de la aprobación del Comité de Ética en Investigación. Resultados:Como múltiplesatribuyen a un dor do parto normal con un significado negativo sin sentido de ser una experiencia inexplicable, horvelvel, uma dor insuportável. Entretanto, atribuíram también positivamente una experiencia como prazerosa diante de uma dor tolerável y Passira, com uma recuperação rápida e regada de emoções. Conclusiones:Las mujeres tienen una percepción variada del dolor del parto, pasando por el entendimiento de que es algo predeterminado por Dios, es natural y, por mucho que este dolor sea insoportable, es algo temporal, porque tan pronto como nace el niño, este proceso doloroso es olvidado, generando placer y satisfacción en ser madre, por lo que una atención humanizada al parto es importante para que este momento sea una experiencia placentera en la vida de la mujer.(AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Mulheres , Dor do Parto , Parto Normal , Brasil , Epidemiologia Descritiva , Entrevistas como Assunto , Pesquisa Qualitativa
4.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e43354, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1052551

RESUMO

Objetivo: analisar, a partir da experiência de primíparas, a relação entre a assistência recebida durante o parto normal e o pósparto imediato e seus reflexos na amamentação. Método: qualitativo, descritivo, aprovado pelo Comitê de Ética, realizado em um Centro de Parto Normal, do polo Petrolina-Juazeiro, em 2018. Participaram 17 primíparas, através de entrevista semiestruturada, sendo os dados submetidos a análise temática de conteúdo. Resultados: a amamentação ocorreu positivamente, pois esse lócus é apropriado para essa prática, favorecendo-a de maneira natural. O apoio e a compreensão são primordiais e devem superar uma assistência focada apenas em informações rápidas, técnicas e generalizadas. Conclusão: os anseios e particularidades de cada puérpera precisam ser respeitados e atendidos, valorizando o investimento em políticas de saúde que enfatizem o cuidado humanizado para cada mulher. Logo, a educação em saúde precisa estabelecer reflexão, discussão e aprendizado nesse processo que transcende o biológico.


Objective: to analyze the relationship between the care received during normal delivery and the immediate postpartum and its effects on breastfeeding, from the experience of primiparous women. Method: qualitative and descriptive study, approved by the Ethics Committee, held in a Normal Birth Center in Petrolina-Juazeiro Center, Brazil, in 2018. Seventeen primiparous women participated through semi-structured interviews, treated by thematic content analysis. Results: breastfeeding occurred positively, as this locus is appropriate for this practice, favoring it naturally. Supporting and understanding are primordial and should go beyond assistance focused only on quick, technical and generalized information. Conclusion: the wishes and particularities of each postpartum woman need to be respected and met, valuing the increment in health policies that emphasize humanized care for each woman. Therefore, health education needs to establish reflection, discussion and learning in this process that transcends the biological.


Objetivo: analizar la relación entre la atención recibida durante el parto normal y el posparto inmediato y sus efectos sobre la lactancia materna, a partir de la experiencia de las mujeres primíparas. Método: estudio cualitativo y descriptivo, aprobado por el Comité de Ética, realizado en un Centro de Parto Normal en el Centro Petrolina-Juazeiro, Brasil, en 2018. Diecisiete mujeres primíparas participaron a través de entrevistas semiestructuradas, tratadas por análisis de contenido temático. Resultados: la lactancia materna ocurrió positivamente, ya que este lugar es apropiado para esta práctica, favoreciéndolo naturalmente. El apoyo y la comprensión son primordiales y deben ir más allá de la asistencia centrada solo en información rápida, técnica y generalizada. Conclusión: los deseos y particularidades de cada mujer posparto deben ser respetados y cumplidos, valorando el incremento en las políticas de salud que enfatizan la atención humanizada para cada mujer. Por lo tanto, la educación sanitaria necesita establecer reflexión, discusión y aprendizaje en este proceso que trasciende lo biológico.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Aleitamento Materno , Parto , Período Pós-Parto/psicologia , Parto Normal/enfermagem , Parto Normal/psicologia , Cuidados de Enfermagem , Aleitamento Materno/psicologia , Parto Humanizado
5.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e43933, jan.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1052568

RESUMO

Objetivo: descrever as condutas utilizadas pela enfermeira obstétrica na assistência ao trabalho de parto e parto. Método: estudo observacional, descritivo e retrospectivo, realizado em duas maternidades de Maceió-Alagoas com 138 prontuários. A coleta de dados se deu por meio do partograma e da declaração de nascidos vivos que ficam anexadas ao prontuário. As variáveis foram agrupadas em categorias e descritas em percentuais e variáveis categóricas. Resultados: foi possível observar que não houve diferença, estatisticamente significante entre as instituições (p<0,05) nem em relação à idade, nem escolaridade. Já em relação às variáveis obstétricas, notou-se que houve diferença estatisticamente significante entre as instituições (p<0,05) em relação à paridade, idade gestacional, posição materna, uso de ocitocina e complicações. Conclusão: as ações realizadas pelas enfermeiras na assistência ao trabalho de parto e parto neste estudo estão dentro de um contexto de mudança real de paradigma e de postura frente às evidências científicas.


Objective: to describe the managements used by the obstetric nurse in assisting labor and parturition. Methods: an observational, descriptive and retrospective study conducted in two maternity hospitals in Maceió-Alagoas with 138 medical records. Data were collected through the partograph and the declaration of live births attached to the medical record. Variables were categorized and described as percentages and categorical variables. Results: it was possible to observe that there was no statistically significant difference between institutions (p <0.05), regarding age and education. Considering maternal variables, it was observed that there was a statistically significant difference between institutions (p <0.05) regarding parity, gestational age, maternal position, oxytocin use and complications. Conclusion: actions performed by nurses in the care of labor and delivery in this study are within a context of real change of paradigm and attitude towards scientific evidence.


Objetivo: describir las acciones utilizadas por la enfermera obstétrica para ayudar en el parto y el parto. Métodos: estudio observacional, descriptivo y retrospectivo realizado en dos maternidades de Maceió-Alagoas con 138 historias clínicas. Los datos se recopilaron a través del partograma y la declaración de nacimientos vivos adjunta a la historia clínica. Las variables se clasificaron y describieron como porcentajes y variables categóricas. Resultados: fue posible observar que no hubo diferencias estadísticamente significativas entre las instituciones (p <0.05), con respecto a la edad y la educación. Considerando las variables maternas, se observó que había una diferencia estadísticamente significativa entre las instituciones (p <0.05) con respecto a la paridad, edad gestacional, posición materna, uso de ocitocina y complicaciones. Conclusión: las acciones realizadas por las enfermeras en el cuidado del trabajo de parto y el parto en este estudio están dentro de un contexto de cambio real de paradigma y actitud hacia la evidencia científica.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Trabalho de Parto , Parto Humanizado , Parto , Parto Normal , Enfermeiras Obstétricas , Enfermagem Obstétrica , Epidemiologia Descritiva , Estudo Observacional , Tocologia
6.
RECIIS (Online) ; 13(4): 843-853, out.-dez. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1047584

RESUMO

Os indicadores de morbidade e de mortalidade materno-infantis são essenciais no contexto da organização da Rede Cegonha, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Esta rede organiza-se para assegurar o acesso, o acolhimento e a resolutividade, por meio de um modelo de atenção voltado para o pré-natal, parto e nascimento, puerpério e sistema logístico. Este artigo apresenta um estudo ecológico desta rede em uma Regional de Saúde, realizado com uso de dados dos Sistemas de Informação de Saúde do Departamento de Informática do SUS. Verificou-se um percentual crescente de gestantes que realizaram sete ou mais consultas pré-natais. No entanto, poucas concluíram a assistência pré-natal, porque não realizaram a consulta de puerpério. Observou-se uma taxa de mortalidade infantil próxima à da meta estipulada pela ONU. Identificou-se um aumento das cesáreas e uma redução de partos normais, além de uma alta mortalidade materna. Esses indicadores apontam para a necessidade de melhoria da qualidade da atenção pré-natal e da assistência ao parto.


Indicators of maternal-child morbidity and mortality are essential in the context of the organization of the Rede Cegonha (Stork Network), within the scope of the Unified Health System (SUS ­ Sistema Único de Saúde). This network is organized to ensure access, protection and successful resolution, through a model of attention focused on prenatal, delivery and childbirth, puerperium (or postpartum period) and logistic system. This article presents an ecological study of this network in a Regional de Saúde (Regional Health Department) that was carried out using data from the SUS Department of Informatics of the Health Information Systems. An increasing percentage of pregnant women who had seven or more prenatal visitscould be observed. However, few pregnant women completed prenatal care because they have not sought for the puerperium consultation. A child mortality rate close to the target set out in the United Nations Sustainable Development Goals was observed. An increase in caesarean sections and a reduction in normal deliveries and at the same time a high maternal mortality were identified. These indicators point to the need to improve the quality of prenatal and delivery care.


Los indicadores de morbilidad y de mortalidad materno-infantil son esenciales en el contexto de la organización de la Rede Cegonha (Red Cigüeña), en el ámbito del Sistema Único de Salud (SUS ­ Sistema Único de Saúde). Esa red se organiza para asegurar el acceso, el acogimiento y la capacidad resolutiva, por medio de un modelo de atención dirigido al prenatal, parto, nacimiento, puerperio y sistema logístico. Este artículo presenta un estudio ecológico de la red en una Regional de Saúde (Dirección Regional de Salud) realizado utilizando datos de los Sistemas de Información de Salud del Departamento de Informática del SUS. Se ha verificado un porcentaje creciente de gestantes que realizaron siete o más consultas de prenatal. Sin embargo, pocas gestantes concluyeron la asistencia prenatal, porque no realizaron la consulta de puerperio. Se observó una tasa de mortalidad infantil próxima a la meta estipulada por la ONU. Se identificó un aumento de las cesáreas y una reducción de partos normales, además de una alta mortalidad materna. Esos indicadores apuntan la necesidad de mejorar la calidad de la atención prenatal y de la asistencia al parto.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Recém-Nascido , Lactente , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Indicadores Básicos de Saúde , Assistência à Saúde , Serviços de Saúde Materno-Infantil , Cuidado Pré-Natal , Sistema Único de Saúde , Brasil , Cesárea , Mortalidade Infantil , Mortalidade Materna , Estudos Ecológicos , Acesso aos Serviços de Saúde , Parto Normal
7.
Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online) ; 19(4): 777-786, Sept.-Dec. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1057118

RESUMO

Abstract Objectives: to describe the perineal outcomes of women who had delivered in water and out of water. Methods: a cross-sectional and quantitative study developed in a public hospital in Setúbal, Portugal. The population was of women who participated in the "Water Birth Project" in the period from 2011 to 2014, which gave birth in water and out of water. 104 women were selected according to established inclusion criteria. The groups were compared according to the following variables: demographics, obstetric information, delivery care and perineal outcomes. The data were analyzed in the Stata(r) software, with descriptive and bivariate statistics (chi-square and Fisher's test). Results: the medical records of 73 women who gave birth in water and 31 women who gave birth out of water were studied. Water deliveries were significantly associated with fewer perineal lacerations, lower rates of episiotomy, and shorter delivery time. Conclusions: the results of the study suggest that childbirth in water has a protective effect against severe third or fourth degree perineal tears, during fetal expulsion in water.


Resumo Objetivos: descrever os resultados perineais de mulheres que tiveram parto na água e fora da água. Métodos: estudo transversal e quantitativo desenvolvido em um hospital público de Setúbal, Portugal. A população foi de mulheres que participaram do "Projeto Parto na Água", no período de 2011 a 2014, que deram à luz na água e fora da água. Foram selecionadas para o estudo 104 mulheres de acordo com os critérios de inclusão estabelecidos. Os grupos foram comparados de acordo com as seguintes variáveis: demografia, informação obstétrica, assistência ao parto e resultados perineais. Os dados foram analisados no software Stata(r), com estatísitica descritiva e bivariada (qui-quadrado e teste de Fisher). Resultados: foram estudados os prontuários de 73 mulheres que deram à luz na água e 31 mulheres que deram à luz fora da água. Os partos na água foram significativamente associados a menos lacerações perineais, menores taxas de episiotomia e menor tempo de parto. Conclusão: os resultados do estudo sugerem que o parto na água tem um efeito protetor contra lacerações perineais severas de terceiro ou de quarto grau durante a expulsão fetal na água.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Períneo/cirurgia , Períneo/lesões , Período Pós-Parto , Episiotomia/métodos , Parto Normal , Portugal , Estudos Transversais , Tocologia
8.
Saude e pesqui. (Impr.) ; 12(3): 545-554, set/dez 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1050275

RESUMO

O objetivo deste estudo foi analisar a expectativa da gestante em relação ao parto no final da gestação e a vivência parturitiva. A amostra foi composta por 16 mulheres que se encontravam no terceiro trimestre de gestação, primíparas e que realizaram o pré-natal em Unidade Básica de Saúde. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas no terceiro trimestre de gestação e após o parto. Utilizou-se a análise de conteúdo para o tratamento e discussão dos dados. O estudo identificou que o parto vaginal foi a via preferida pelas gestantes, entretanto a cesárea eletiva foi a principal via de parto realizada pelos obstetras, mesmo em mulheres cuja preferência era a via de parto vaginal. Concluiu-se que é preciso investir no esclarecimento da população médica, das gestantes e dos seus familiares de que a cesárea eletiva expõe desnecessariamente os recém-nascidos a riscos e complicações neonatais, por meio de programas e de ações de promoção à saúde do grupo materno-infantil.


Expectations of pregnant females with regard to birth at the end of pregnancy and parturition living are evaluation. Sample was composed of 16 primipara females at the third pregnancy trimester, with prenatal exams undertake in NHS units. Half-structured interviews were undertaken in the third semester of pregnancy and after birth. Content analysis was employed for data treatment and discussion. The study identified that vaginal birth was preferred by pregnant females, although elective caesarian section was the main method by obstetricians, even in females with the first preference. Investment in education of the medical professionals, pregnant females and their relatives on elective caesarean section is necessary to denounce the risks and complication for newly born children, through programs and health promotion activities for the mother-child health.


Assuntos
Feminino , Gravidez , Cuidado Pré-Natal , Gravidez , Parto Normal , Promoção da Saúde
9.
Rev. Ciênc. Plur ; 5(1): 34-51, jun. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1007338

RESUMO

Introdução:A assistência desumanizada no parto pode originar informações negativas que são transmitidas entre as gerações, acarretandoem representações sociais. Dessa forma,representações sociais do parto normal por parte do profissional enfermeiro, um dos protagonistas da assistência à saúde da mulher na atenção básica, são importante objeto de estudo, a partir do entendimento que estes profissionais constroem nas realidades em que vivem.Objetivo:Identificar as representações sociais de enfermeiras da atenção básica sobre parto normal.Método:Estudo descritivo, exploratório, qualitativo, realizado com 12 enfermeiras, responsáveis por Equipes de Saúde da Família e que tinham mais de 01 ano de experiência na atenção básica no município de Caruaru/PE, nordeste do Brasil. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas, guiadaspela questão norteadora: Fale-me sobre parto normal. As falas foram submetidas à análise de conteúdo temática proposta por Bardin e interpretadas à luz dos constructos da Teoria das Representações Sociais.Resultados:A partir da análise das falas, emergiram quatro categorias temáticas: Lei da vida, Desejo e negação do parto normal, Insegurança, Imposição para mulheres de baixa renda.Conclusões:As representações que emergiram das falas das enfermeiras apresentam o parto normal como um evento natural, permeado pelo auxílio divino, trazendo o desejo em vivenciá-lo. Entretanto, este fato não é suficiente para que haja uma escolha por este tipo de parto, devido a outros fatores,como a insegurança presente em diferentes momentos e aspectos, bem como a compreensão de que o parto normal é imposto nos serviços públicos de saúde. Dessa forma, compreender as representações sociais do parto normal, pela perspectiva da enfermagem atuante na atenção básica, propicia um olhar sob a educação em saúde no pré-natal, onde são reelaborados os conhecimentos que envolvem este evento (AU).


Introduction:Dehumanized careat birth may give rise to negative information that is transmitted between generations, giving rise to social representations. Thus, these social representations of normal childbirth by the nurse practitioner, one of the protagonists of the assistance to women's health in basic care, are an important object of study, based on the understanding that these professionals construct in the realities in which they live.Objective:To identify the social representations of primary care nurses on normal delivery.Methods:A descriptive, exploratory, qualitative study was carried out with 12 nurses, who were responsible for Family Health Teams and who had more than 01 years of experience in basic care in the city of Caruaru / PE, northeastern Brazil. Semi-structuredinterviews were conducted, guided by the guiding question: Tell me about normal delivery. The speeches were submitted to the analysis of thematic content proposed by Bardin and interpreted in the light of the constructs of Theory of Social Representations. Results:Based on the analysis of the speeches, four thematic categories emerged: Law of life, Desire and denial of normal birth, Insecurity, Imposition for low income women. Conclusions:The representations that emerged from the nurses' statements present normal childbirth as a natural event, permeated by divine help, bringing the desire to experience it. However, this fact is not enough to make a choice for this type of delivery, due to other factors such as the insecurity present at different times andaspects, as well as the understanding that normal delivery is imposed in public health services. In this way, understanding the social representations of normal childbirth, from the perspective of nursing acting in basic care, provides a perspective on prenatal health education, where the knowledge that involves this event is re-elaborated (AU).


Assuntos
Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Atenção Primária à Saúde , Estratégia Saúde da Família , Parto Normal , Enfermeiros , Brasil , Entrevistas como Assunto/métodos , Pesquisa Qualitativa
10.
J. nurs. health ; 9(2): 199204, abr.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047273

RESUMO

Objetivo: conhecer a utilização e realização da episiotomia de rotina, relacionando-a com a violência obstétrica, através de revisão de literatura. Método: revisão integrativa de literatura. A busca foi realizada em bases de dados entre agosto e outubro de 2017, com 31 seleções da amostra geral de 760 artigos encontrados. Resultados: amostra composta por 31 artigos, dos quais 22 (71%) foram escritos em português e 9 (29%) em inglês. A violência obstétrica é definida como atos e procedimentos que prejudicam a mulher nos aspectos físicos, verbais e psicológicos em todo o ciclo gravídico-puerperal. A episiotomia quando realizada de forma rotineira e sem autorização da mulher configura-se violência obstétrica. Considerações finais: os estudos analisados nesta revisão procuram transformar o modelo intervencionista em humanizado e que mantenham a autonomia da mulher no trabalho de parto, com uma assistência fundamentada cientificamente.(AU)


Objective: to know the use and performance of routine episiotomy, relating it to obstetric violence, through literature review. Method: integrative literature review. The search was performed in databases between August and October 2017, with 31 selections from the general sample of 760 articles found. Results: sample consisting of 31 articles, of which 22 (71%) were written in Portuguese and 9 (29%) in English. Obstetric violence is defined as acts and procedures that harm women in physical, verbal and psychological aspects throughout the pregnancy-puerperal cycle. The episiotomy when performed routinely and without the woman's consent constitutes obstetric violence. Final considerations: the studies analyzed in this review seek to transform the interventionist model into humanized and that maintain the autonomy of women in labor, with a scientifically based assistance.(AU)


Assuntos
Revisão , Episiotomia , Violência contra a Mulher , Parto Normal , Enfermagem Obstétrica
11.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(251): 2856-2861, abr.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-998703

RESUMO

Objetivou-se identificar os fatores obstétricos associados ao uso das técnicas de proteção perineal hands on e hands off pelas enfermeiras obstétricas na assistência ao parto normal. Trata-se de estudo transversal de 560 registros concernentes a essa assistência e ocorridos numa maternidade pública do Rio de Janeiro em 2015. A análise estatística utilizou o Teste X2 de Pearson e Razão de Prevalência. A proteção perineal hands off ocorreu em 92,3% das parturientes. A frequência das lesões perineais de terceiro grau e episiotomia foram 0,3% e 0,2%, respectivamente. Administração de ocitocina no parto (RP=5,54; IC 95% 2,91-10,53) e recém-nato com peso acima de quatro quilogramas (RP=4,28; IC 95% 1,47-12,39) aumentam a probabilidade do uso da técnica hands on. Conclui-se que as enfermeiras usam a técnica hands off para proteção perineal no parto normal e optam pela técnica hands on quando há risco associado à ocorrência de lesões traumáticas no períneo.(AU)


Se objetivó identificar los factores obstétricos asociados al uso de las técnicas de protección perineal hands on y manos off por las enfermeras obstétricas en la asistencia al parto normal. Se trata de un estudio transversal de 560 registros concernientes a esa asistencia y ocurridos en una maternidad pública de Rio de Janeiro en 2015. El análisis estadístico utilizó el Test X2 de Pearson y Razón de Prevalencia. La protección perineal hands off ocurrió en el 92,3% de las parturientas. La frecuencia de las lesiones perineales de tercer grado y episiotomía fueron 0,3% y 0,2%, respectivamente. En la mayoría de los casos, se observó un aumento en la concentración de la enzima, ) aumentan la probabilidad del uso de la técnica hands on. Se concluye que las enfermeras usan la técnica manos off para protección perineal en el parto normal y optan por la técnica hands on cuando hay riesgo asociado a la ocurrencia de lesiones traumáticas en el periné. Factores obstétricos asociados a la protección perineal en la asistencia de las enfermeras obstétricas al parto normal.(AU)


The aim of this study was to identify the obstetric factors associated with the use of perineal protection techniques, hands on and hands off, by obstetrical nurses in normal childbirth care. This is a cross-sectional study of 560 records concerning this care and occurred in a public maternity hospital in Rio de Janeiro in 2015. The statistical analysis used Pearson's X2 Test and Prevalence Ratio. Perineal hands-off protection occurred in 92.3% of parturients. The frequency of third-degree perineal lesions and episiotomy were 0.3% and 0.2%, respectively. Oxytocin administration at delivery (PR = 5.54, 95% CI 2.91-10.53) and newborns weighing more than four kilograms (RP = 4.28, 95% CI 1.47-12.39) increase the likelihood of using the hands-on technique. It is concluded that nurses use the hands-off technique for perineal protection in normal delivery and opt for the hands-on technique when there is a risk associated with the occurrence of traumatic lesions in the perineum. Obstetric factors associated with perineal protection in obstetric nurses' attendance to normal birth.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Serviços de Saúde Materna , Parto Normal , Enfermagem Obstétrica , Ferimentos e Lesões , Fatores de Risco
12.
Rev. bras. ciênc. saúde ; 23(3): 393-398, 2019. ilus., tab.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1046674

RESUMO

Objetivo: Analisar as características dos neonatos com Síndro-me do Desconforto Respiratório (SDR), considerando a via de parto, admitidos em uma Unidade de Terapia Intensiva de um hospital universitário da região central do Rio Grande do Sul. Materiais e métodos: Estudo retrospectivo, realizado no período de abril a maio de 2017, através da análise de prontuários de neonatos com idade gestacional acima de 37 semanas, ambos os sexos, internados no ano de 2016 na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) do Hospital Universitário de Santa Maria com CID 10 P22 ­ Desconforto (angústia) respiratório(a) do recém-nascido. Resultados: A amostra foi constituída por 40 registros de nascimentos (25 do sexo masculino), divididos em parto vaginal (n=11) e cesárea (n=29), representando 27,5% e 72,5%, respectivamente, das internações totais. A média de idade materna foi de 27±7 anos, com uma média de 7±5 con-sultas pré-natais. Durante o período de internação 65%(n=26) dos 40 neonatos necessitaram de oxigenoterapia. Conclusão:A partir dos resultados obtidos no presente estudo, observamos que a SDR representa 11% das internações ocorridas na UTIN, no ano de 2016. A prevalência, quanto ao tipo de parto, foi de neonatos nascidos de cesariana, sem a presença do trabalho de parto e com idade gestacional de 38 semanas. (AU)


Objective: To analyze the characteristics of newborns with Respiratory Distress Syndrome (RDS), considering the route of delivery, admitted to an Intensive Care Unit of a university hospital in the central region of Rio Grande do Sul, Brazil. Materials and methods: A retrospective study, conducted from April to May 2017, through the analysis of records of neonates with gestational age above 37 weeks, both sexes, hospitalized in 2016 at the Neonatal Intensive Care Unit (NICU) of the Uni-versity Hospital of Santa Maria, with ICD 10 P22 - Respiratory distress syndrome of newborn. Results: The sample consisted of 40 birth records (25 males), divided into vaginal (n = 11) and caesarean (n = 29), representing 27.5% and 72.5%, respective-ly, of total hospitalization. The mean maternal age was 27 ± 7 years, with a mean of 7 ± 5 prenatal consultations. During the hospitalization period, 65% (n = 26) of the 40 neonates required oxygen therapy. Conclusion: Based on the results obtained in the present study, we observed that the RDS represents 11% of the hospitalizations that occurred in the NICU in 2016. The prevalence, in terms of route delivery, was of neonates born caesarean, without the presence of labor and gestational age of 38 weeks. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Gravidez , Recém-Nascido , Adulto , Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido/epidemiologia , Cesárea , Parto Normal , Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido/terapia , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Estudos Retrospectivos , Fatores de Risco , Idade Gestacional
13.
Enferm. foco (Brasília) ; 10(4): 54-60, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1052473

RESUMO

Objetivo: analisar as contribuições da enfermagem obstétrica para as boas práticas no trabalho de parto e parto vaginal. Metodologia: estudo transversal, quantitativo, retrospectivo, envolvendo 475 prontuários de mulheres com gestação de risco habitual, do estado de Goiás, no período de janeiro a dezembro de 2016. Análise com testes de qui-quadrado de Yates e Exato de Fisher. Resultados: houve associação entre os partos sem os enfermeiros residentes em obstétrica e a não utilização dos métodos não farmacológicos para alívio da dor (p<0.0000001), não utilização do partograma (p<0.0000001), ausência de acompanhante no parto (p<0.0000001), clampeamento precoce do cordão umbilical (p=0.00004323), e a privação da amamentação na primeira hora (p=0.0001509). Já os partos assistidos por enfermeiros residentes em obstetrícia associaram-se à não realização da episiotomia (p<0.0000001). Conclusão: enfatiza-se a importância da atuação da Enfermagem Obstétrica no parto para garantir assistência humanizada e boas práticas. (AU)


Objective: To analyze the contributions of the obstetrical nursing for the good practices in labor and vaginal delivery. Methodology: A cross-sectional, quantitative and retrospective study involving 475 medical records of women with normal risk pregnancies, in Goias State, during the period from January to December of 2016. Analysis using Yates chi square test and Fisher's Exact test. Results: There was an association between the labors without the obstetric nursing residents and the non-se of non-pharmacological methods for providing pain relief (p<0.0000001), non-use of partograph (p<0.0000001), absence of companionship during labour (p<0.0000001), early clamping of the umbilical cord (p=0.00004323), and to the deprivation of breastfeeding in the first hour (p=0.0001509). The deliveries assisted by obstetric nursing residents were associated to the non-performance of the episiotomy (p<0.0000001). Conclusion: Emphasis is placed on the importance of obstetric nursing work in childbirth to ensure humanized care and good practices. (AU)


Objetivo: Analizar las contribuciones de la enfermería obstétrica para las buenas prácticas en el trabajo de parto y parto vaginal. Metodología: Estudio transversal, cuantitativo, retrospectivo, involucrando 475 prontuarios de mujeres con gestación de riesgo habitual, del Estado de Goiás, en el período de enero a diciembre de 2016. Análisis con pruebas de chi-cuadrado de Yates y Exacto de Fisher. Resultados: Se observó asociación entre los partos sin los enfermeros residentes en obstétrica y la no utilización de los métodos no farmacológicos para alivio del dolor (p<0.0000001), no utilización del partograma (p<0.0000001), ausencia de acompañante en el parto (p<0.0000001), pinzamiento precoz del cordón umbilical (p=0.00004323), y la privación de la lactancia en la primera hora (p=0.0001509). Los partos asistidos por enfermeros residentes en obstetricia se asociaron a la no realización de la episiotomía (p<0.0000001). Conclusión: Se enfatiza la importancia de la actuación de la enfermería obstétrica en el parto para garantizar asistencia humanizada y buenas prácticas. (AU)


Assuntos
Enfermagem Obstétrica , Política Pública , Assistência Perinatal , Parto Humanizado , Parto Normal
14.
Cogitare enferm ; 24: e54164, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1019747

RESUMO

RESUMO Objetivo identificar as tecnologias do cuidado utilizadas por enfermeiras obstétricas em um Centro de Parto Normal. Método estudo descritivo, realizado no Centro de Parto Normal de uma maternidade do município do Rio de Janeiro, com dezoito enfermeiras obstétricas, mediante entrevistas semiestruturada entre junho e setembro de 2016. Os dados coletados foram submetidos à análise de conteúdo na modalidade temática. Resultado a enfermeira obstétrica utiliza métodos não farmacológicos como banho de aspersão, massagem, bola suíça, cavalinho, aromaterapia, musicoterapia, livre movimentação, ambiente acolhedor e presença do acompanhante, como práticas do seu cuidado junto às mulheres. Conclusão a utilização das tecnologias do cuidado permite que as enfermeiras obstétricas valorizem as práticas humanizadas no contexto do parto e nascimento.


RESUMEN Objetivo identificar las tecnologías del cuidado utilizadas por enfermeras obstétricas en un Centro de Parto Normal. Método estudio descriptivo, realizado en el Centro de Parto Normal de una maternidad del municipio de Río de Janeiro, con dieciocho enfermeras obstétricas, mediante entrevistas semiestructuradas entre junio y septiembre de 2016. Los datos recogidos fueron sometidos al análisis de contenido en la modalidad temática. Resultado la enfermera obstétrica utiliza métodos no farmacológicos como baño de aspersión, masaje, bola Suiza, caballito, aromaterapia, musicoterapia, movimientos libres, ambiente acogedor y presencia de acompañante, como prácticas de cuidado a mujeres embarazadas. Conclusión la utilización de las tecnologías del cuidado permite que las enfermeras obstétricas valoricen las prácticas humanizadas en el contexto del parto y nacimiento


ABSTRACT Objective to identify the care technologies used by obstetric nurses in a Normal Birth Center. Method a descriptive study, performed at the Normal Birth Center of a maternity hospital in the city of Rio de Janeiro, with eighteen obstetric nurses, using semi-structured interviews between June and September 2016. The data collected were submitted to thematic type content analysis. Result the obstetric nurse uses non-pharmacological methods such as a spray bath, massage, Swiss ball, horse, aromatherapy, music therapy, free movement, warm environment and presence of the companion, as care practices together with the women. Conclusion the use of care technologies allows obstetric nurses to valorize humanized practices in the context of the delivery and birth.


Assuntos
Humanos , Saúde da Mulher , Parto Humanizado , Parto Normal , Enfermagem Obstétrica , Obstetrícia
15.
Rev. ciênc. méd., (Campinas) ; 27(3): http://dx.doi.org/10.24220/2318-0897v27n3a4283, set.-dez. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-981293

RESUMO

No pós-parto, pode haver dor durante a relação sexual e disfunções do assoalho pélvico, que são associadas ao parto vaginal pela possibilidade de lesões perineais ou episiotomia, levando a indicações de cesariana eletiva como fator de proteção da função sexual. Assim, este estudo propõe analisar a relação entre parto por vaginal ou cesárea e a presença de dispareunia no período pós-parto. Foi realizada uma revisão integrativa nas bases de dados Lilacs e PubMed utilizando os descritores "Sexual Dysfunction, Physiological" e "Postpartum Period". Foram encontrados 28 artigos, sendo incluídos 13 por se encaixarem nos critérios de elegibilidade. Os resultados mostraram que a dispareunia pode ocorrer em 24,0 a 85,7% das puérperas. Após o primeiro parto vaginal, 21,0% apresentam avulsão dos levantadores do ânus, mas 62,0% não são evidentes após um ano. A alteração do corpo perineal não está relacionada a laceração ou a função sexual, mas 32,5% das mulheres que relataram dor perineal no primeiro mês relataram dispareunia aos 6 meses. 85,7% relatam dor na primeira relação pós-parto e as que tiveram cesariana foram mais propensas a dispareunia seis meses após o parto. 31,5% das lactantes aos 6 meses e 24,1 a 28,3% das que apresentaram queixas psicossocias relataram dispareunia. Concluiu-se que a disfunção sexual pode ocorrer nos primeiros meses tanto no pós-parto por via vaginal quanto cesariana, mas após o primeiro ano do parto, a função sexual parece se restabelecer independente da via de parto, com exceção dos traumas perineais severos.


In the postpartum period there may be pain during sexual intercourse and pelvic floor dysfunctions related to vaginal delivery due to the possibility of perineal tears or episiotomy and suggesting a protective effect of elective cesarean section on sexual function. Thus, this study proposes to examine the relationship between vaginal delivery or elective cesarean section and the presence of dyspareunia in the postpartum period. A integrative review was carried out in the Lilacs and PubMed databases using the descriptors "Sexual Dysfunction, Physiological" and "Postpartum Period". Twenty-eight articles were found, with 13 being included because they fit the eligibility criteria. The results showed that the dyspareunia can occur in 24.0 to 85.7% of puerperal women. After the first vaginal delivery, 21.0% had levator ani avulsion injury, but 62.0% are not evident after one year. Alteration of the perineal body is not related to laceration or sexual function, but 32.5% of women reporting perineal pain in the first month reported dyspareunia at 6 months. Another 85.7% reported pain in the first postpartum sexual intercourse and those who had cesarean section had more risk for dyspareunia up to six months after delivery. A total of 31.5% of women who breastfeed at 6 months and between 24.1 and 28.3% of those who presented psychosocial complaints reported cases of dyspareunia. It was concluded that the sexual dysfunction may occur in the first few months after delivery, either both vaginal or cesarean, but after the first year of delivery, sexual function seems to be restored regardless of the mode of delivery, with the exception of severe perineal traumas.


Assuntos
Humanos , Feminino , Disfunções Sexuais Fisiológicas , Período Pós-Parto , Dispareunia , Cesárea , Parto Normal
16.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(4): 1118-1122, out.-dez. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-915695

RESUMO

Objetivo: Analisar com base no referencial teórico de Dorothy Smith, a opção de mulheres pelo parto domiciliar planejado com fator de segurança e conforto para a mulher. Métodos: Estudo etnográfico institucional, com 17 mulheres que pariram no domicílio no período de 2008 a 2010 no município do Rio de Janeiro, aplicando entrevista semiestruturada na coleta dos dados, analisados conforme a análise temática articuladas com a teoria de Dorothy Smith. Resultados: A expressão do parto natural faz-se presente nas concepções das mulheres, expressando, em maior conforto e liberdade, uma relação de confiança com o profissional de saúde, transmitindo uma segurança para a opção do parto domiciliar. Conclusão: Concluiu-se que o encontro com o referencial ratifica a conscientização e o fortalecimento da mulher, que se empodera em defesa ao acesso da informação, e uma relação saudável com o profissional de saúde


Objective: The study's purpose has been to analyze, based on Dorothy Smith's theoretical framework, the women's choice for the home planned childbirth as a safety factor, as well as a women's comfort issue. Methods: It is an institutional ethnographic study with 17 women who gave birth at home over the period from 2008 to 2010 in Rio de Janeiro city by applying a semi-structured interview in the data collection, and then analyzed according to the thematic analysis articulated with Dorothy Smith's Theory. Results: The expression of natural childbirth is present in the women's conceptions, expressing through greater comfort and freedom a relationship of trust with the health professional, thus conveying security towards the home childbirth option. Conclusion: It was concluded that the encounter with the referential ratifies both awareness and empowerment of the women, who in turn get empowered toward the defense of access to information, and also toward a healthy relationship with the health professional


Objetivo: Analizar basa en el marco teórico de Dorothy Smith, la elección de las mujeres para el factor de parto en casa planeado de seguridad y comodidad para la mujer. Métodos: Estudio etnográfico Institucional com 17 mujeres que dieron a luz en el hogar en el período de 2008 a 2010 em la ciudad de Río de Janeiro la aplicación de entrevistas semiestructuradas para recopilar datos, y analizados de acuerdo con el análisis temático articulado con la teoría de Dorothy Smith. Resultados: La expresión de parto natural está presente en las concepciones de la mujer, que expresa uma mayor comodidad y libertad, una relación de confianza con el profesional de la salud, transmitiendo una seguridad para la opción de parto en casa. Conclusión: Se concluye que la reunión con el punto de referencia confirma la sensibilización y capacitación de las mujeres, que faculta, en defensa de acceso a la información, y una relación sana con el profesional de la salud


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Parto Domiciliar/enfermagem , Parto Domiciliar/estatística & dados numéricos , Parto Domiciliar/estatística & dados numéricos , Parto Humanizado , Parto Normal , Enfermagem Obstétrica , Brasil
17.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(4): 1077-1084, out.-dez. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-915845

RESUMO

Objetivos: Conhecer as representações sociais do processo de parturição de mulheres que vivenciaram partos recorrentes na adolescência. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa, fundamentado na Teoria das Representações Sociais proposta por Serge Moscovici. Fizeram parte desta pesquisa 30 mulheres que vivenciaram o parto recorrente na adolescência. Os dados foram coletados no período de maio a agosto de 2015, por meio de entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados por meio da análise textual discursiva e do referencial teórico da Teoria das Representações Sociais. Resultados: Foi constatada a presença de representações sociais positivas e negativas de ambas as vias de parto. É possível perceber que as mulheres compreendem os benefícios do parto normal, bem como as indicações do parto cesariano. Conclusão: O conhecimento das mulheres está atrelado ao universo consensual; desta forma, constroem representações sociais negativas do processo de parturição que vão perpassando as gerações


Objectives: To know the social representations of women in parturition process that experienced recurring deliveries in adolescence. Methods: This is a descriptive study with a qualitative approach based on the theory of Social Representations proposed by Serge Moscovici. They were part of this study 30 women who experienced recurrent birth in adolescence. Data were collected from May to August 2015 through semi-structured interview. Data were analyzed using the Text Analysis Discourse and the theoretical framework of the Theory of Social Representations. Results: it was found the presence of positive and negative social representations of both delivery routes. You can see that women understand the benefits of normal birth, and the indications of cesarean section. Conclusion: Knowledge of women is linked to the consensual universe, thus build negative social representations of the parturition process that will permeating generations


Objetivos: Conocer lãs representaciones sociales de las mujeres em proceso de parto que experimentaron las entregas recurrentes em la adolescencia. Métodos: Se realizo um estúdio descriptivo com enfoque cualitativo basado en la teoría de las representaciones sociales propuesto por Serge Moscovici. Eran parte de este estudio 30 mujeres que experimentaron el nacimiento recurrente em la adolescencia. Los datos fueron recolectados entre mayo y agosto 2015 mediante entrevista semiestructurada. Los datos fueron analizados mediante e la nálisis del discurso de texto y el marco teórico de la Teoría de las Representaciones Sociales. Resultados: Se encontro la presencia de las representaciones sociales positivos y negativos de las entrega. Se puede ver que las mujeres entiendan los beneficios de un parto normal, y indicaciones de cesárea. Conclusion: El conocimiento de las mujeres está vinculada al universo consensual, así, construir representaciones sociales negativas del proceso de parto que impregna generaciones


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Cesárea , Parto Normal , Gravidez na Adolescência/psicologia , Brasil , Gestantes/psicologia
18.
Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online) ; 18(2): 289-294, Apr.-June 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1013090

RESUMO

Abstract Objectives: (i) to evaluate female sexual function in remote postpartum period within Brazilian women and (ii) to compare female sexual dysfunction in relation to the mode of delivery. Methods: in this cross-sectional study, two groups of remote postpartum women, who underwent vaginal delivery (n=30) and cesarean (n=48), were studied. The sexual function of participants was assessed through an online Brazilian version of FSFI between 45 and 180 days after delivery. Data were analyzed by descriptive and inferential statistics using Fisher exact test, and Student t test. Results: based on the data of 78 women who completed the online questionnaire, 78% (n=61) showed sexual dysfunction on remote postpartum period being that the FSFI mean score for vaginal postpartum was 22.17 and for cesarean postpartum, 21.12 (p=0.443). Conclusions: the majority of remote postpartum women showed sexual dysfunction. There was no significant difference found on female sexual function between modes of delivery.


Resumo Objetivos: (i) avaliar a função sexual feminina no puerpério remoto em mulheres brasileiras e (ii) comparar a disfunção sexual feminina em relação a via de parto. Métodos: neste estudo transversal, dois grupos de mulheres no puerpério remoto, que passaram por parto vaginal (n=30) e cesárea (n=48), foram estudados. A função sexual das participantes foi avaliada via online através da versão brasileira do FSFI entre 45 e 180 dias após o parto. Os dados foram analisados pela estatística descritiva e inferencial, utilizando o teste exato de Fisher e o teste t de Student. Resultados: com base nos dados de 78 mulheres que completaram o questionário online, 78% (n=61) apresentaram disfunção sexual no pós-parto remoto, sendo que o escore médio do FSFI foi de 22,17 para o pós-parto vaginal e 21,12 para o puerpério de cesárea, (p=0,443). Conclusões: a maior parte das mulheres no puerpério remoto apresentou disfunção sexual. Não foi encontrada diferença significativa na função sexual feminina entre os tipos de parto.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Comportamento Sexual , Disfunções Sexuais Fisiológicas , Período Pós-Parto , Saúde Sexual , Cesárea , Saúde da Mulher , Parto Normal
19.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(65): 399-410, abr.-jun. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-893496

RESUMO

During the past 15 years Brazil has increased efforts to humanize maternal care within the Brazilian National Health System (SUS). Humanization efforts come along with de-medicalization of birth even if quality care and reduction of inequalities are still pressing matters in the country. For this qualitative study we interviewed ten women regarding their experiences of pregnancy and childbirth. The study took place in Brasília (DF) and women narrated their birth experiences at local hospitals or a birth center. Women were mostly satisfied with their attention during childbirth, specifically those giving birth at the birth center, in contrast to women giving birth at local hospitals. However, the humanization movement, essentializing women's bodies can also reproduce normative discourses that shape a sense of self-blame and disappointment if the 'ideal birth is not achieved.(AU)


Nos últimos 15 anos o Brasil redobrou os esforços para humanizar a atenção ao parto no Sistema Único de Saúde (SUS). Os esforços de humanização focaram na não medicalização do parto, nas desigualdades e na atenção de qualidade, que ainda são desafios reais no país. Neste estudo qualitativo entrevistamos dez mulheres sobre suas experiências de gravidez e parto. O estudo foi feito em Brasília e as mulheres narraram suas experiências de parto em hospitais e centro de parto normal, todos serviços do SUS. As mulheres demostraram satisfação com a atenção ao parto, mas com diferenças entre as mulheres atendidas no centro de parto normal e nos hospitais. Foi, também, identificado que o movimento de humanização pode essencializar os corpos das mulheres e reproduzir discursos normativos que influenciam sentimentos de culpa e decepção quando o parto 'ideal' não é alcançado.(AU)


Durante los últimos 15 años Brasil redobló los esfuerzos para humanizar la atención al parto en el Sistema Brasileño de Salud(SUS). Los esfuerzos de humanización se enfocaron en la no medicalización del parto, en las desigualdades y en la atención de calidad, que todavía constituyen desafíos reales en el país. En este estudio cualitativo entrevistamos a diez mujeres sobre sus experiencias de embarazo y parto. El estudio se realizó en Brasilia (DF) y las mujeres narraron sus experiencias de parto en hospitales y en centros de parto normal, todos ellos servicios del SUS. Las mujeres demostraron satisfacción con la atención al parto, pero con diferencias entre las mujeres atendidas en el centro de parto normal y en los hospitales. También se identificó que el movimiento de humanización puede hacer esenciales los cuerpos de las mujeres y reproducir discursos normativos que influyen sobre sentimientos de culpa y decepción cuando no se consigue el parto 'ideal'.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Centros de Assistência à Gravidez e ao Parto , Parto Humanizado , Parto Normal , Pesquisa Qualitativa , Direitos da Mulher
20.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(1): 233-241, jan.-mar. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-908408

RESUMO

Objective: this study aimed to comprehend the experience of vaginal delivery and caesarean section in women from Riachão Jacuípe-Ba. Method: A descriptive exploratory qualitative research study was conducted. Ten residents women between 20 years or greater in the immediate postpartum period were interviewed. Data were collected through semi-structured interview and analyzed by Fiorin speech analysis technique. Results: The analysis revealed that the technocratic model of childbirth care, dominant today, has been influencing the experience of women, both in relation to vaginal birth and caesarean section. It was further proved the lack of guidance from professionals that accompanied the prenatal of the interviewees. Conclusion: A woman to be an active part in childbirth, she needs to be clarified about this since pregnancy.


Objetivo: compreender a vivência do parto normal e cesáreo por mulheres de Riachão do Jacuípe-Ba. Método: Pesquisa exploratória de caráter qualitativo. Foram entrevistadas dez puérperas com idade maior ou igual a 20 anos. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada e analisados por meio da técnica de análise de discurso segundo Fiorin. Resultados: A análise indicou que o modelo tecnocrático de atenção ao parto vem influenciando a vivência das mulheres, tanto com relação ao parto normal quanto em relação à cesariana. Faltaram também orientações por parte dos profissionais que acompanharam o pré-natal das entrevistadas. Conclusão: Para que a mulher seja protagonista no parto, é preciso que ela esteja esclarecida sobre isso desde a gestação.


Meta: comprender la experiencia del parto normal y cesáreo por mujeres de Riachão do Jacuípe-Ba. Método: estudio exploratorio de carácter cualitativo. Diez mujeres de edad mayor o igual a 20 años fueron entrevistados en el período inmediatamente después del parto. Los datos fueron colectados a través de entrevista semi estructurada y analizados mediante técnica de análisis de discurso según Fiorin. Resultados: El análisis reveló que el modelo tecnocrático de atención al parto viene influyendo en la experiencia de las mujeres, tanto con respecto al parto normal cuanto al cesáreo. Conclusión: Para que la mujer sea un sujeto activo en el parto, es necesario aclarar con esto desde el embarazo.


Assuntos
Feminino , Humanos , Gravidez , Recém-Nascido , Adulto Jovem , Adulto , Cesárea/psicologia , Cesárea/tendências , Cesárea , Parto Obstétrico/métodos , Parto Obstétrico/tendências , Parto Normal , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA