Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 457
Filtrar
1.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [20], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024456

RESUMO

Objetivos: caracterizar os profissionais dos programas de Residência multiprofissional quanto aos dados sociodemográficos, educacionais e rotinas de vida diária como sono e hábitos alimentares e avaliar sua qualidade de vida (QV). Método: estudo descritivo, transversal, quantitativo realizado em uma universidade pública no início de 2014. O instrumento utilizado para avaliação da qualidade de vida foi o World Health Organization Quality Of Life-bref (WHOQOL-bref), aplicado por meio de plataforma eletrônica. Resultados: a confiabilidade do instrumento variou de 0,63-0,79. Participaram 49% do total de residentes matriculados, a maioria mulheres, com 25 anos, solteiras e procedentes de São Paulo. Os profissionais residentes dormem em média seis horas por noite e referem alimentação mais ou menos saudável. A pontuação da QV no domínio Físico foi de 55,96; Psicológico 56,96; Relações Sociais alcançou 62,76 e Meio Ambiente de 49,65. Conclusão: a avalição do WHOQOL-bref revelou que, na maioria dos domínios, a QV dos residentes é comprometida.


Aim: to characterize the professionals enrolled in the Multidisciplinary Residency programs according to socio-demographic, educational, and daily living routines data, such as sleep and eating habits, and to assess their quality of life (QoL). Method: descriptive, cross-sectional, quantitative study performed at a public university in the beginning of 2014. The tool used to assess the quality of life was the World Health Organization Quality Of Life-bref (WHOQOL-bref), applied through an electronic platform. Results: the tool's reliability ranged from 0,63-0,79. Forty-nine percent of residents participated, mostly women, 25 years old, single, from São Paulo. The residents sleep an average of 6 hours per night and refer to eating relatively healthily. The QoL score in the Physical health domain was 55.96; Psychological 56.96; Social Relationships 62.76, and Environment 49.65. Conclusion: The WHOQOL-bref's assessment revealed that, in most domains, the QoL of the residents is compromised.


Objetivo: caracterizar los profesionales de programas de Residencia Multiprofesional a partir de dados sociodemográficos, educacionales y rutinas de vida como sueño y hábitos alimentares y evaluar su calidad de vida (CV). Método: estudio descriptivo, transversal, cuantitativo realizado en una universidad pública en el inicio del 2014. El instrumento utilizado para evaluación de calidad de vida fue el Word Health Organization Quality of Life-bref (WHOQOL-bref), aplicado por la plataforma electrónica. Resultados: la confiabilidad del instrumento varió de 0,63-0,79. Participaron 49% del total de residentes matriculados, la mayoría mujeres, con 25 años, solteras, procedentes de São Paulo. Los profesionales residentes duermen en media seis horas por noche y refieren alimentación más o menos saludable. La puntuación de CV en el dominio Físico fue 55,96; Psicológico 56,96; Relaciones Sociales 62,76 y Medio Ambiente 49,65. Conclusión: la evaluación del WHOQOL-bref reveló que, en la mayoría de los dominios, la CV de los residentes es comprometida.


Assuntos
Humanos , Qualidade de Vida , Estudantes de Ciências da Saúde , Capacitação Profissional , Ocupações em Saúde
2.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 27(1): 44-51, Ene-Mar. 2019. graf
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-996135

RESUMO

Introducción: la dinámica del mercado laboral involucra las formas de producir y ofertar servicios, así como la selección de la fuerza de trabajo. El seguimiento de la inserción y trayectoria laboral de los egresados aporta información esencial para las instituciones educativas. Objetivo: describir la ubicación, trayectoria laboral y satisfacción de los egresados de la Licenciatura de Enfermería en la Facultad de Estudios Superiores Zaragoza de la Universidad Nacional Autónoma de México. Métodos: estudio descriptivo transversal con una muestra no probabilística de 140 egresados de la Licenciatura de Enfermería. Se aplicó un cuestionario con 30 ítems, sobre la ubicación y trayectoria de los egresados en el mercado laboral y un apartado sobre la satisfacción con su actividad laboral valorado con escala de Likert. Resultados: el 66.4% de los egresados de la Licenciatura en Enfermería tiene empleo en el sector salud. El 49% se encuentra en instituciones públicas y 51% en instituciones privadas. Los egresados valoran sentirse satisfechos con su actividad laboral, el 60% de ellos tiene la posibilidad de responder a problemas de relevancia social y el 57.1% aplica los conocimientos aprendidos. Conclusiones: la inserción de los egresados al mercado laboral está determinada no solo por factores académicos, sino también por factores sociales, laborales y sindicales. Entre los factores académicos están la buena aceptación de la carrera en el mercado laboral, las competencias adquiridas y el prestigio de la institución.


Introduction: The dynamics of the labor market involves the ways of producing and offering services and the selection of the work force. The monitoring of the insertion and trajectory of the graduates provides essential information for educational institutions. Objective: To describe the location, career path and satisfaction of graduates of nursing degree in the Faculty of Higher Studies Zaragoza of the Universidad Nacional Autónoma de México. Methods: Cross-sectional descriptive study with a non-probabilistic sample of 140 graduate students in nursing. A questionnaire with 30 items was applied, on the location and trajectory of graduates in the labor market and a section on satisfaction with their work activity assessed with a Likert scale. Results: 66.4% of the graduates of bachelor's degree in nursing have jobs in the health sector. 49% are in public institutions and 51% in private institutions. The graduate's value feeling satisfied with their work activity, 60% of them have the possibility of responding to problems of social relevance and 57.1% applies the knowledge learned. Conclusions: The insertion of graduates to the labor market is determined not only by academic factors but also by social, labor and union factors. Among the academic factors are the good acceptance f the career in the labor market, the skills acquired and the prestige of the institution.


Assuntos
Humanos , Estudantes de Ciências da Saúde , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais , Coleta de Dados , Ocupações Relacionadas com Saúde , Enfermagem , Mercado de Trabalho , Ocupações em Saúde , Candidatura a Emprego , México
3.
Rev. gaúch. enferm ; 40(spe): e20180133, 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-978508

RESUMO

Resumo OBJETIVO Comparar a cultura de segurança do paciente entre as categorias profissionais atuantes na Atenção Primária a Saúde. MÉTODO Estudo transversal realizado entre abril e maio de 2017 em um município do sul do Brasil com 144 trabalhadores que responderam ao instrumento "Pesquisa sobre Cultura de Segurança do Paciente para Atenção Primária". Além da análise descritiva, para comparar a cultura de segurança do paciente entre as categorias profissionais, aplicou-se o teste Kruskal-Wallis, seguido do teste post hoc de comparações múltiplas de Dunn. RESULTADOS A maior e menor pontuação geral de respostas positivas à cultura de segurança do paciente foi respectivamente para enfermeiros (67,70%) e agentes comunitários de saúde (46,73%). Nas análises comparativas, os médicos, agentes comunitários de saúde e dentistas apresentaram diferenças significativas em comparação às demais categorias, tendendo à cultura menos positiva. CONCLUSÃO Houve diferença na cultura de segurança do paciente entre as categorias profissionais investigadas.


Resumen OBJETIVO Comparar la cultura de seguridad del paciente entre las categorías profesionales actuantes en la Atención Primaria a la Salud. MÉTODO Estudio transversal realizado entre abril y mayo de 2017 en un municipio del sur de Brasil con 144 trabajadores que respondieron al instrumento "Investigación sobre Cultura de Seguridad del Paciente para Atención Primaria". Además del análisis descriptivo, para comparar la cultura de seguridad del paciente entre las categorías profesionales, se aplicó la prueba Kruskal-Wallis, seguida de la prueba post hoc de comparaciones múltiples de Dunn. RESULTADOS La mayor y menor puntuación general de respuestas positivas a la cultura de seguridad del paciente fue respectivamente para enfermeros (67,70%) y de agentes comunitarios de salud (46,73%). En los análisis comparativos, los médicos, agentes comunitarios de salud y dentistas presentaron diferencias significativas en comparación a las demás categorías, tendiendo a la cultura menos positiva. CONCLUSIÓN Hubo diferencias en la cultura de seguridad del paciente entre las categorías profesionales investigadas.


Abstract OBJECTIVE To compare the patient safety culture among the professional categories working in Primary Health Care. METHOD A cross-sectional study carried out between April and May 2017 in a municipality in south Brazil, with 144 workers who answered the instrument "Research on Patient Safety Culture for Primary Care". In addition to the descriptive analysis, the Kruskal-Wallis test was used to compare the patient safety culture among the professional categories followed by the post hoc Dunn multiple comparisons test. RESULTS The highest and lowest overall scores of positive responses to the patient's safety culture were respectively for nurses (67.70%) and community health agents (46.73%). In the comparative analyses, the physicians, community health agents, and dentists had significant differences in comparison to the other categories, tending toward a less positive culture. CONCLUSION Differences were observed in the patient safety culture among professional categories investigated.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde/normas , Atitude do Pessoal de Saúde , Gestão da Segurança , Segurança do Paciente , Ocupações em Saúde , Brasil , Estudos Transversais , Autorrelato
5.
Rev. direito sanit ; 19(3): 124-204, 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1021935

RESUMO

Este artigo explora o modelo de regulação das profissões de saúde em Ontário, Canadá, um modelo de autorregulação construído em torno de um regime estatutário específico. O foco central do trabalho é a discussão sobre a Lei de Regulação das Profissões de Saúde de Ontário e os principais componentes de 26 leis que foram promulgadas sob sua égide para regular profissões de saúde específicas. O artigo explora a função dos colegiados regulatórios, o papel do Ministério da Saúde na determinação de escopos de prática e de outros elementos da atividade médica, e os procedimentos disciplinares e de recurso. Outras questões específicas também são brevemente abordadas, como a adequação profissional de médicos treinados no exterior e a atribuição do governo de garantir o acesso a especialistas em toda a província. A seção final analisa os desafios e as limitações do modelo, levantando uma série de controvérsias relacionadas às profissões de saúde que revelam lacunas na autorregulação, incluindo: incapacidade de estabelecer e aplicar padrões educacionais e práticos adequados em áreas específicas; falha na condução de investigações em tempo hábil sobre possíveis desvios de conduta por parte dos profissionais; e falha em questionar profissionais em posições de poder. O artigo também discute brevemente as implicações de reconhecer, por meio de regulação legal, algumas profissões alternativas e complementares de saúde; e o desafio de regular os profissionais de saúde indígenas. Conclui-se que as principais limitações do modelo regulatório surgem em razão de interesses profissionais individualistas e de relações de poder que afetam questões processuais, bem como da complexidade do próprio modelo, que pode potencialmente prejudicar o controle de qualidade.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Controle Social Formal , Responsabilidade Social , Constituição e Estatutos , Ocupações em Saúde
7.
Interface (Botucatu, Online) ; 23: e170957, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1002347

RESUMO

O artigo tem como objetivo discutir sentidos, êxitos e limites educacionais de narrativas produzidas em curso de capacitação de tutores e facilitadores em Educação Permanente em Saúde. Marcos conceituais Temporalidade, Experiência, Hermenêutica-dialética e Metodologias Ativas. O estudo - de abordagem qualitativa - pautou-se no método da narrativa, com vinte textos reflexivos, buscando o significado atribuído a fatos, relações e práticas. Resultados O grupo dos cursistas afigurou-se como personagem central. Em termos de cenários, as ideias foram mais exploradas como espaços de construção de experiências subjetivas. Os enredos tanto seguiram a ordem cronológica dos encontros do curso, como se constituíram de agrupamento das experiências por núcleos de sentido. Conclusão As narrativas, enquanto ferramentas educacionais inovadoras em educação na saúde, aprofundaram a autonomia e autodeterminação, levando os sujeitos a serem "autores" de sua própria vida, tão intensa e transformadora que foi a "experiência do eu".(AU)


El objetivo del artículo es discutir sentidos, éxitos y límites educativos de narrativas producidas en un curso de capacitación de tutores y facilitadores en Educación Permanente en Salud. Marcos conceptuales temporalidad, experiencia, hermenéutica-dialéctica y metodologías activas. El estudio, de abordaje cualitativo, tuvo como base el método de la narrativa, con veinte textos reflexivos, buscando el significado atribuido a hechos, relaciones y prácticas. Resultado el grupo de los cursillistas se presentó como personaje central. En términos de escenarios, las ideas fueron más exploradas como espacios de construcción de experiencias subjetivas. Las tramas siguieron tanto el orden cronológico de los encuentros del curso, como se constituyeron en agrupación de las experiencias por núcleos de sentido. Conclusión Las narrativas, como herramientas educativas innovadoras en educación en la salud, profundizaron la autonomía y la autodeterminación, llevando a los sujetos a ser "autores" de su propia vida, tan intensa y transformadora fue la "experiencia del yo".(A)


The aim of this article was to discuss the educational directions, successes and limits of narratives produced in a training course for tutors and facilitators within continuing health education. Conceptual landmarks temporality, experience, hermeneutics-dialectics and active methodologies. This study took a qualitative approach and was based on the narrative method. It used 20 reflective texts and sought the meanings attributed to events, relationships and practices. Results The course participant group was the central character. In terms of scenarios, the ideas were explored more as spaces for construction of subjective experiences. The plots not only followed the chronological order of the course meetings but also formed groupings of experiences according to core meanings. Conclusion The narratives, as innovative educational tools within health education, deepened autonomy and self-determination. They led the subjects to be "authors" of their own lives and were as intense and transformative as "experiences of the self".(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Narração , Educação Continuada/métodos , Ocupações em Saúde/educação
8.
Trab. educ. saúde ; 16(3): 1321-1335, Sept.-Dec. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-963022

RESUMO

Resumo A pesquisa analisou o processo de socialização e transformação de técnicos de enfermagem em enfermeiros por meio de um estudo do tipo exploratório descritivo, de abordagem qualitativa, com a participação de 24 técnicos de enfermagem cursando graduação em uma universidade do Ceará, Brasil. Foi realizada de setembro a outubro de 2016, por intermédio de entrevistas semiestruturadas individuais, com análise temática para organização das informações, discutidas segundo os pressupostos da sociologia das profissões. Com base nos resultados, originaram-se três categorias: motivações para ascensão profissional; dessemelhanças entre o trabalho do técnico de enfermagem e o do enfermeiro; e amadurecimento profissional no processo formativo. Percebeu-se o processo de socialização profissional na trajetória formativa de um técnico em enfermeiro, motivada pelo desejo de ascensão profissional. A transição gradativa é importante para a adaptação do técnico de enfermagem a uma nova identidade em construção, o que pode facilitar a migração entre os indivíduos com distintos níveis de complexidade na atuação da enfermagem.


Abstract The research analyzed the process of socialization and transformation of nursing technicians into nurses through a descriptive and exploratory study, with a qualitative approach, conducted with 24 nursing technicians enrolled in an undergraduate course at a university in the state of Ceará, Brazil. The study was conducted between September and October 2016, through individual semi-structured interviews, with a thematic analysis in order to organize the data, which were discussed according to the presuppositions of the sociology of professions. Based on the results, three categories emerged: motivations for career progression; the dissimilarities between the work of the nurse technician and the nurse; and professional growth in the course of their studies. We noticed a process of professional socialization in the educational path of a nurse technician, which was motivated by a desire for career progression. The gradual transition is important so the technician can adapt to a new identity in the making, which can facilitate the migration among individuals with different levels of complexity in the nursing practice.


Resumen La investigación analizó el proceso de socialización y transformación de técnicos de enfermería en enfermeros por medio de un estudio de tipo exploratorio descriptivo, de abordaje cualitativo, con la participación de 24 técnicos de enfermería cursando la licenciatura en una universidad del Estado de Ceará, Brasil. Se realizó entre setiembre y octubre del 2016, por intermedio de entrevistas semiestructuradas individuales, con un análisis temático para la organización de la información y discusiones de acuerdo con los postulados de la sociología de las profesiones. Con base en los resultados, se derivaron tres categorías: motivaciones para ascenso profesional; divergencias entre el trabajo del técnico de enfermería y el de enfermero; y maduración profesional en el proceso de formación. Se observó el proceso de socialización profesional durante la trayectoria de formación de un técnico en enfermero, motivado por el deseo de ascenso profesional. La transición gradual es importante para la adaptación del técnico de enfermería a la una nueva identidad en construcción, lo que puede facilitar la migración entre los individuos con distintos niveles de complejidad en la práctica de enfermería.


Assuntos
Humanos , Socialização , Papel Profissional , Capacitação Profissional , Técnicos de Enfermagem , Ocupações em Saúde
10.
Saúde Soc ; 27(3): 704-714, jul.-set. 2018.
Artigo em Francês | LILACS | ID: biblio-979201

RESUMO

Résumé La sociologie de la médecine s'est constituée à partir du modèle de la sociologie américaine des professions qui a émergé au cours des années 1930 (modèle qui a aussi marqué les historiens de la médecine). Cet article retrace le contexte dans lequel a émergé puis s'est institutionnalisé la sociologie des professions aux États-Unis à partir notamment des travaux des Talcott Parsons, Everett Hughes et Eliot Freidson. Aujourd'hui encore les questionnements portés sur les pratiques médicales en subissent fortement l'empreinte alors même que la sociologie des professions comporte des postulats discutés et discutables et des points aveugles importants, tel le lien entre l'État et la médecine.


Abstract The sociology of medicine is constituted from the model of the American sociology of professions, which has emerged in the 1930s (a model that has also marked the historians of medicine). This article traces the context in which the sociology of professions emerged and later became institutionalized in the United States, notably from the works by Talcott Parsons, Everett Hughes and Eliot Freidson. Even now, questionings about medical practices are strongly influenced by these authors, while the sociology of professions include debated and debatable postulates and important blind spots, such as the link between State and medicine.


Resumo A sociologia da medicina é feita a partir do modelo da sociologia americana das profissões que surgiu no decorrer da década de 1930 (modelo que também marcou os historiadores da medicina). O artigo traz de volta o contexto em que a sociologia das profissões surgiu e, em seguida, quando foi institucionalizada nos Estados Unidos, sobretudo a partir dos trabalhos de Talcott Parsons, Everett Hughes e Eliot Freidson. Ainda hoje os questionamentos realizados em práticas médicas são fortemente influenciados por essa empreitada, enquanto a sociologia das profissões comporta suposições discutidas e discutíveis e pontos cegos importantes, tais como a ligação entre o Estado e a medicina.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Sociologia Médica , Autonomia Profissional , Ética Profissional , Medicina Geral , Ocupações em Saúde
11.
Rev. chil. nutr ; 45(3): 252-257, set. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-959487

RESUMO

ABSTRACT Our objective was to compare the predisposition to orthorexic eating behavior and other eating behaviors between female nutrition and biology undergraduate students in either their first or final year. Ninety-five students participated in this cross-sectional study: 48 nutrition students (1st year - N1 - n= 24; 5th year - N5 - n= 24) and 47 biology students: (1st year - B1 - n= 25; 5th year - B5 - n= 22). The predisposition to orthorexic eating behavior (OEB) was assessed by ORTO- 15. The Three-Factor Eating Questionnaire - R21 was used to assess cognitive restriction (CR), emotional eating (EE), and uncontrolled eating (UE). Nutrition students presented a higher predisposition to OEB (85.4% vs 55.3%; p= 0.001) and higher scores for CR than biology students (50.3 ± 20.4 vs 38.4 ± 18.8; p= 0.003), especially first-year students. There was no difference between groups N1 and N5 in any behavior assessed, except for EE (N1: 57.2 ± 32.5 > N5: 39.8 ± 19.4; p= 0.03). Our results point to the need for technical training of these students, who will influence the eating habits of other people. In addition, it is necessary to prevent the factors that predispose individuals to extreme eating behaviors, which can eventually harm their physical and emotional health.


RESUMEN Nuestro objetivo fue comparar la predisposición a la conducta ortoréxica y otros comportamientos alimentarios entre estudiantes del sexo femenino de primer y último año de pregrado en nutrición y biología. Se incluyeron 95 estudiantes en este estudio transversal: 48 de nutrición (1° año-N1- n= 24; 5° año-N5-n= 24) y 47 de biología: (1° año-B1-n= 25; 5° año-B5-n= 22). La predisposición a la conducta ortoréxica (CO) fue evaluada por ORTO-15. El Three Factor Eating Questionnaire - R21 fue utilizado para evaluar la restricción cognitiva (RC), el comer emocional (CE) y el comer sin control (CSC). Los estudiantes de nutrición presentaron mayor predisposición a la CO (85,4% vs 55,3%, p= 0,001) y mayor puntuación en RC que los de biología (50,3 ± 20,4 vs 38,4 ± 18,8; p= 0,003), especialmente en el primer año. No hubo diferencias entre los grupos N1 y N5 en ninguno de los comportamientos evaluados, excepto para CE (N1: 57,2 ± 32,5> N5: 39,8 ± 19,4; p= 0,03). Nuestros resultados apuntan a la necesidad de capacitación técnica a estos estudiantes, que influirán en los hábitos alimentarios de otras personas. Además, es necesario prevenir los factores que predisponen a los individuos a comportamientos alimentarios extremos, que pueden dañar su salud física y emocional.


Assuntos
Humanos , Estudantes , Universidades , Mulheres , Transtornos da Alimentação e da Ingestão de Alimentos , Comportamento Alimentar , Dieta , Ocupações em Saúde
12.
Rev. Fac. Cienc. Méd. Univ. Cuenca ; 36(1): 100-106, Junio 2018. tab, ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-998835

RESUMO

Los barberos a través del tiempo, han dejado una estela para muchos, poco apreciada. El presente relato intenta dar un poco más de lustre a su nombre, observándolo sucintamente desde varias facetas: tocador de guitarra y cantador, navegante, artesano; intentando romper la creencia de que fueron personas incultas y sin conocimientos. También se realizará un acercamiento hacia los barberos que laboraron en nuestra Cuenca de los Andes desde el siglo XVI hasta su extinción en el siglo XX.


Barbers over time, have left a trail which is little appreciated. The present account tries to enhance its name, observing it briefly from several aspects: guitar player and singer, navigator and craftsman; trying to break the belief that they were uncultured and uneducated people. There will also be an approach to the barbers who worked in our city "Cuenca de los Andes" from the sixteenth century until its extinction in the twentieth century.


Assuntos
Humanos , Masculino , Barbearia , Cirurgiões Barbeiros , História da Medicina , Procedimentos Cirúrgicos Menores , Ocupações em Saúde , Medicina Tradicional
13.
Rev. panam. salud pública ; 42: e33, 2018. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-961807

RESUMO

RESUMEN Se caracterizan los rasgos distintivos del sistema de formación de los profesionales y los técnicos de la salud en Cuba, y se describen las adecuaciones de los modelos educativos para satisfacer las necesidades de los servicios de salud y su adaptación al entorno socioeconómico y científico-técnico. La educación para la salud es universal, gratuita y está vinculada estrechamente al Sistema Nacional de Salud. Los currículos se enfocan en la interrelación entre la formación académica con la clínica y la actividad comunitaria, cuya forma fundamental de enseñanza-aprendizaje es la educación en el trabajo. El principio fundamental de la educación médica es la integración docente, asistencial e investigativa en el sistema de salud, lo que garantiza que los estudiantes se incorporen a los escenarios docente-asistenciales mediante la interacción de la universidad con la sociedad. Los diseños curriculares están basados en los principales problemas de salud de la población y el medioambiente, con hincapié en la atención primaria de salud. Desde 1959 se han graduado cerca de 350 000 profesionales; de ellos, 41 000 extranjeros. Además, en 12 países se forman más de 30 000 estudiantes con las brigadas médicas internacionalistas cubanas. En la actualidad, existen elevadas matrículas que incrementan la carga docente-asistencial de los profesores. Se necesita fomentar el empleo de docentes y tutores jóvenes y la formación de profesores de ciencias básicas.


ABSTRACT The distinctive features of the training system of health professionals and technicians in Cuba are characterized, and the adaptations of the educational models to meet the needs of health services and their adaptation to the socio-economic and scientific-technical environment are described. Education for health is universal, free and is closely linked to the National Health System. The curricula focus on the interrelation between academic training and clinical practice and community activity, whose fundamental form of teaching-learning is based on education at work. The fundamental principle of medical education is the integration of teaching, health care, and research within the health system, which ensures that students are embedded into the teaching-care scenarios through the interaction of the university with society. The curricular plans are based on the main health problems of the population and the environment, with emphasis on primary health care. Since 1959, nearly 350 000 professionals have graduated, including 41 000 foreign students. In addition, more than 30 000 students are trained in 12 countries with the Cuban international medical brigades. Currently, high enrollments increase the teaching-care burden of faculty staff and faculty is subject to frequent changes, representing a challenge to maintaining high-quality training. The scarcity of basic science teachers also affects training. The recruitment of teachers and young tutors needs to be encouraged.


RESUMO As características distintivas do sistema de treinamento de profissionais e técnicos de saúde em Cuba são caracterizadas e as adaptações dos modelos educacionais para atender às necessidades dos serviços de saúde e sua adaptação ao ambiente sócio-econômico e científico-técnico são descritas. A educação para a saúde é universal, gratuita e está intimamente ligada ao Sistema Nacional de Saúde. Os currículos centram-se na inter-relação entre o treinamento acadêmico com a prática clínica e a atividade comunitária, cuja forma fundamental de ensino-aprendizagem é a educação no trabalho. O princípio fundamental da educação médica é a integração do ensino, do cuidado de saúde e da pesquisa no sistema de saúde, o que garante que os alunos sejam incorporados nos cenários de ensino-cuidado através da interação da universidade com a sociedade. Os projetos curriculares são baseados nos principais problemas de saúde da população e do meio ambiente, com ênfase na atenção primária à saúde. Desde 1959, cerca de 350 000 profissionais se formaram, incluindo 41 000 profissionais estrangeiros. Além disso, mais de 30 000 alunos são treinados em 12 países com as brigadas médicas internacionalistas cubanas. Atualmente, há altas matrículas que aumentam a carga de ensino-cuidado dos professores e mudanças freqüentes são feitas na faculdade, o que complicou os desafios para manter um treinamento de alta qualidade. A escassez de professores de ciências básicas também afeta o treinamento. O emprego de professores e jovens tutores deve ser encorajado.


Assuntos
Humanos , Serviços de Integração Docente-Assistencial , Educação Médica , Recursos Humanos , Ocupações em Saúde , Cuba
14.
Rev. eletrônica enferm ; 20: 1-11, 2018. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-964282

RESUMO

Objetivou-se caracterizar as empresas de enfermagem e outras profissões da saúde, comparando indicadores relacionados ao empreendedorismo entre essas categorias profissionais. Estudo de abordagem quantitativa, caráter exploratório e descritivo. A coleta de dados foi realizada em junho e julho de 2017 nos sites da Junta Comercial do Estado de São Paulo, conselhos de classe e Ministério da Educação e Cultura. Os dados foram submetidos à análise estatística descritiva. Com baixo capital social e concentrada em grandes centros, a maioria das empresas foi aberta a partir de 2000, como sociedade limitada, microempresa ou empresa de pequeno porte. O número de empresas de enfermagem é muito inferior ao das relacionadas à fisioterapia, psicologia, nutrição e fonoaudiologia. A área de enfermagem revela as menores relações empresas/profissionais, empresas/cursos e empresas/vagas anuais. Os indicadores reforçam a necessidade da inserção de conteúdos de empreendedorismo nos cursos de graduação em enfermagem, visando preparo para novos mercados de trabalho.


This paper consists of a descriptive, exploratory study with a quantitative approach with the aim of comparing nursing companies and companies in other health professions, using indicators related to entrepreneurship. Data was collected in June and July 2017 from the Commercial Registry of Sao Paulo website, the board of professionals of each health category studied, and the Ministry of Education and Culture, then submitted to a descriptive statistical analysis. Most of the studied companies were founded from 2000 onwards, and constituted as limited liability companies, micro enterprises or small enterprises, with low capital. There are fewer nursing companies than there are physical therapy, psychology, nutrition and speech therapy companies. The nursing profession shows the less significant relationships between companies and professionals, courses, and annual job openings. The indicators reinforce the need for inserting entrepreneurship content in nursing undergraduate courses to better prepare students for new job markets.


Assuntos
Humanos , Contrato de Risco/estatística & dados numéricos , Educação em Enfermagem , Mercado de Trabalho , Ocupações em Saúde
15.
Rev. direito sanit ; 19(2): 87-130, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1010368

RESUMO

A regulação das profissões de saúde é crucial para atingir os objetivos nessa área, garantindo atendimento de alto padrão e segurança. As regulamentações sobre as profissões de saúde precisam assegurar a qualidade da educação, infraestrutura e a manutenção continua dos padrões profissionais em todas as profissões de saúde. Estas medidas também asseguram ao público, outras partes envolvidas, e profissionais de que todas as preocupações sobre os padrões dos profissionais serão tratadas de forma transparente e consistente. Em termos amplos as regulamentações consistem na criação de políticas, regras de admissão para os diferentes cursos para profissionais de saúde, definição e regulação dos padrões educativos através do controle das qualificações e expertise dos docentes, a infraestrutura exigida das instituições de estudo, a manutenção de registros, melhoramento contínuo e avaliação das habilidades profissionais, bem como o monitoramento das práticas integrativas e complementares de saúde por pessoas sem qualificação, investigando e resolvendo problemas relacionados à conduta, saúde ou desempenho dos profissionais registrados. Na Índia o atendimento médico é fornecido por uma variedade de quadros com variados níveis de conhecimento, em variados sistemas médicos, tanto no setor público quanto no privado e existem organismos normativos para médicos, odontologistas, enfermeiros e farmacêuticos. Este artigo apresenta o Modelo Normativo das Profissões de Saúde na Índia, identificando suas principais instituições e mecanismos normativos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Cobertura Universal de Saúde , Controle Social Formal , Sistemas de Saúde , Ocupações em Saúde
16.
Rev. direito sanit ; 19(2): 131-155, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1010371

RESUMO

A regulação das profissões da área de saúde nos Estados Unidos é uma responsabilidade primária dos estados. A estrutura e o conteúdo das regulações específicas de cada estado impactam a prestação de serviços de saúde, afetando os custos, a qualidade e o acesso. Existe a preocupação de que as atuais estruturas regulatórias estaduais e específicas para cada profissão não poderão servir de base para as inovações na mão de obra necessárias à reforma do sistema de saúde. Este artigo revisa tanto os aspectos da regulação em nível estadual de profissões da área de saúde que limitam o uso efetivo dos profissionais de saúde como uma de suas principais vantagens: sua capacidade de providenciar soluções locais para enfrentar problemas de acesso. Descrevem-se elementos geradores de mudanças na demanda por serviços de saúde e prestadores de saúde. Por último, recomendam-se estratégias para melhorar as decisões em relação às práticas, incluindo: padronização de escopos da prática entre diferentes estados; atualização permanente de leis de prática profissional específicas em cada estado, de acordo com a evolução das competências profissionais; uso das melhores evidências para autorizar novas especialidades profissionais ou expandir o escopo das práticas já existentes e, quando não houver tais evidências, promover programas para testar novas modalidades de trabalho. Levando em conta o ritmo das transformações do sistema de saúde nos Estados Unidos, existe uma urgência crescente por reformas que assegurem uma força de trabalho adequadamente dimensionada e treinada para o futuro.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Controle Social Formal , Pessoal de Saúde , Acesso Universal aos Serviços de Saúde , Ocupações em Saúde , Ocupações em Saúde/normas
17.
Rev. direito sanit ; 19(2): 156-197, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1010373

RESUMO

A regulação jurídica das profissões de saúde faz parte de uma política de saúde pública e contribui para o estabelecimento de um sistema de saúde de qualidade e acessível a todos. No entanto, há muito tempo, as questões regulatórias são monopolizadas por entidades profissionais, principalmente pelos conselhos médicos, que defendem um sistema liberal e a autonomia jurídica das profissões. A regulação das profissões de saúde na França ainda é precária, porém, tende a se tornar cada vez mais um assunto de interesse de todos os cidadãos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Competência Profissional , Prática Profissional , Sistemas de Saúde , Órgãos Regionais , Ética Profissional , Ocupações em Saúde/normas
18.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 34(3): e00199116, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-889892

RESUMO

O objetivo deste artigo é analisar as alterações ocorridas durante os anos 2000 na base social das profissões da Medicina e Enfermagem no Brasil, como resultado da expansão do Ensino Superior iniciada na segunda metade dos anos 1990. De um lado, analisa descritivamente a base social de recrutamento valendo-se dos dados do questionário socioeconômico do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes de 2004 e 2010, referentes aos ingressantes e concluintes dos cursos de Medicina e Enfermagem. De outro, analisa a base social dos habilitados nas profissões valendo-se dos dados do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de 2000 e 2010. Os resultados mostram que ocorreu ampliação da base social de recrutamento das duas profissões, sobretudo pelo crescimento do alunado proveniente de famílias de baixa renda e que se declararam negros/as, pardos/as e mulato/as. Já a base social dos habilitados passou por uma reconfiguração, caracterizada pelo rejuvenescimento da população e pela diminuição das recompensas no mercado de trabalho. Ambos os processos foram vivenciados de forma distinta entre e dentro das profissões, destacando a existência de diferenças na capacidade de cada grupo profissional em mobilizar recursos que são próprios do mundo profissional e que lhes podem garantir posições especiais no mercado de trabalho e na estrutura social.


The aim of this study was to analyze the changes in the 2000s in the social base of the medical and nursing professions in Brazil, as a result of the expansion of higher education in the country beginning in the late 1990s. The article begins with a descriptive analysis of the social base of recruitment, drawing on data from the socioeconomic questionnaire of the National Student Performance Exam in 2004 and 2010, for incoming and graduating students in medicine and nursing. Next, it analyzes the social base of certified physicians and nurses, using data from the 2000 and 2010 Population Censuses. The results show that there was an expansion in the social base of recruitment in both professions, especially an increase in students from low-income families and those self-identified as black or brown. The social base of certified physicians and nurses underwent a reconfiguration, characterized by rejuvenation and a decrease in work market remuneration. The two processes were experienced differently within and between the professions, highlighting the existence of differences in the respective professional groups' capacity to mobilize resources proper to the professional world and that can guarantee special positions in the work market and in social structure.


El objetivo de este artículo es analizar las alteraciones ocurridas durante la primera década del año 2000, en lo que se refiere a la base social en las profesiones de medicina y enfermería en Brasil, como resultado de la expansión de la enseñanza superior, iniciada en la segunda mitad de la década de 1990. Por un lado, se analiza descriptivamente la base social en la selección de personal, valiéndose de los datos de la encuesta socioeconómica del Examen Nacional de Desempeño de los Estudiantes, desde 2004 hasta 2010, en cuanto a quienes accedían y concluían los cursos de medicina y enfermería. Por otro, se analiza la base social de los habilitados en esas profesiones, usando los datos del Censo Demográfico de 2000 y 2010. Los resultados muestran que se produjo una ampliación de la base social en el acceso a estas dos profesiones, sobre todo por el crecimiento del alumnado proveniente de familias de baja renta, y que se declararon negros/as, mestizo/as y mulato/as. Ya la base social de quienes fueron habilitados sufrió una reconfiguración, caracterizada por el rejuvenecimiento de la población, y por la disminución de los subsidios en el mercado de trabajo. Ambos procesos fueron vividos de forma distinta entre y dentro de las propias profesiones, destacando la existencia de diferencias en la capacidad de cada grupo profesional al movilizar recursos, que son propios del mundo profesional, y que les pueden garantizar posiciones especiales en el mercado de trabajo y en la estructura social.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Enfermagem/estatística & dados numéricos , Ocupações em Saúde/estatística & dados numéricos , Medicina/estatística & dados numéricos , Fatores Socioeconômicos , Brasil , Educação Médica , Educação em Enfermagem , Ocupações em Saúde/tendências
19.
Cad. Saúde Pública (Online) ; 34(8): e00123617, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-952437

RESUMO

A pesquisa analisou a utilização do Método Paideia na formação de profissionais que utilizam Apoio Matricial em Curitiba (Paraná), Uberlândia (Minas Gerais) e Campinas (São Paulo), Brasil. Para isso, foi desenvolvido um processo de formação (Curso de Especialização), segundo a estratégia Paideia, com 18 meses de duração, para profissionais do Apoio Matricial. Trata-se de pesquisa qualitativa, que se inspira na pesquisa-ação, na pesquisa-intervenção e na avaliação por triangulação de métodos. Na produção dos dados, foram utilizados as estratégias de observação em campo com registro em diário de campo, a entrevista semiestruturada por meio de questionário e o grupo focal. Para os dados obtidos com os questionários, foi feita uma análise descritiva. Já os dados qualitativos obtidos por meio da observação participante e dos grupos focais foram analisados por meio da construção de narrativas. O estudo apontou que a Formação Paideia favoreceu mudanças no processo de trabalho e na prática clínica das equipes investigadas. Observou-se, contudo, que a plena utilização da metodologia de Apoio Matricial é fortemente influenciada pelo contexto institucional, pelos modelos de gestão e de atenção, sendo constatada diferença importante entre os campos conforme o grau de democratização e de apoio da gestão a mudanças organizacionais.


The study analyzed the use of the Paideia Method for training professionals that use matrix support in Curitiba (Paraná State), Uberlândia (Minas Gerais State), and Campinas (São Paulo State), Brazil. An 18-month training process (Specialization Course) was developed for this purpose with matrix support professionals. This was a qualitative study inspired by action-based research, research-intervention, and evaluation by triangulation of methods. Data production used field observation strategies with records kept in a field diary, semi-structured interviews with a questionnaire, and focus group. Data from the questionnaires were submitted to descriptive analysis. The qualitative data collected with participant observation and focus groups were analyzed with the construction of narratives. The study showed that Paideia Training fostered changes in the work process and in clinical practice among the teams. However, the full utilization of the matrix support methodology is heavily influenced by the institutional setting and management and healthcare models. An important difference was observed between the fields according to the degree of democratization and management's support for organizational changes.


La investigación analizó la utilización del Método Paideia en la formación de profesionales que utilizan apoyo matricial en Curitiba (Paraná), Uberlândia (Minas Gerais) y Campinas (São Paulo). Con este fin, se desarrolló un proceso de formativo (curso de especialización), según la estrategia Paideia, con 18 meses de duración, para profesionales de apoyo matricial. Se trata de una investigación cualitativa, que se inspira en la investigación-acción, en la investigación-intervención y en la evaluación por triangulación de métodos. En la producción de datos, se utilizaron estrategias de observación de campo, con registro en un diario de campo, entrevistas semiestructuradas -mediante cuestionarios- y un grupo focal. Para los datos obtenidos con los cuestionarios, se realizó un análisis descriptivo. Respecto a los datos cualitativos, obtenidos mediante la observación participante y de los grupos focales se analizaron mediante una construcción de narraciones. El estudio señaló que la Formación Paideia favoreció cambios en el proceso de trabajo y en la práctica clínica de los equipos investigados. Se observó, no obstante, que la plena utilización de la metodología de apoyo matricial está fuertemente influenciada por el contexto institucional, por los modelos de gestión y de atención, constatándose una diferencia importante entre los campos, según el grado de democratización y apoyo a la gestión de cambios organizativos.


Assuntos
Humanos , Administração de Serviços de Saúde , Educação Médica/métodos , Ocupações em Saúde/educação , Brasil , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Saúde da Família , Grupos Focais , Pesquisa Qualitativa
20.
Rev. direito sanit ; 19(2): 198-218, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1010379

RESUMO

A regulação jurídica das profissões de saúde no Brasil é composta por um conjunto normativo amplo, complexo e fragmentado, que encontra sua base na Constituição Federal de 1988 e se complementa por uma extensa quantidade de leis, decretos, portarias e, principalmente, resoluções editadas pelos conselhos profissionais. O presente artigo tem como objetivo identificar os principais marcos legais que estruturam a regulação do exercício profissional no setor da saúde brasileiro, delineando, a partir dos resultados obtidos, o modelo de regulação do exercício de profissões de saúde no Brasil. o método utilizado foi de pesquisa normativa e jurisprudencial, com análise qualitativa dos dados selecionados. A partir das leis atualmente vigentes, foram identificadas as diferentes instituições estatais com competência legal para regular as profissões de saúde no Brasil e as principais normas editadas para a regulação das profissões de saúde. Em seguida, buscaram-se conflitos regulatórios judicializados por essas instituições e levados até os tribunais superiores. A análise das leis e decisões selecionadas permitiu a caracterização do que denominamos Modelo de Regulação de Profissões de Saúde Brasileiro, com a identificação e análise das diferentes instituições estatais reguladoras e das principais normas vigentes que regulam as 14 profissões de saúde reconhecidas pelo Conselho Nacional de Saúde. Os resultados apresentados neste artigo delineiam o atual modelo de regulação de profissões de saúde vigente no Brasil e contribuem para o aprofundamento dos conhecimentos sobre o tema, possibilitando reflexões para o aperfeiçoamento do atual modelo jurídico-institucional brasileiro.


The legal regulation of health professions in Brazil is composed by a set of broad, complex and fragmented norms, based on the Federal Constitution of 1988 (CF 88) and complemented by an extensive amount of laws, decrees, ordinances, and mainly resolutions issued by the professional councils. This article aims to identify the main legal frameworks that structure the regulation of professional practice in the Brazilian health sector, using the results to outline a model of regulation of the Health Professions in Brazil. The method used was normative and jurisprudential research followed by a qualitative analysis of the selected data. Based on the current laws, we first identified the different state institutions with legal competence to regulate the health professions in Brazil and the main edited norms for that purpose. Next, we searched for the regulatory conflicts brought by these institutions before the higher courts. The analysis of the selected laws and decisions allowed the characterization of what we call the Brazilian Health Professions Regulation Model, with the identification and analysis of the different state regulatory institutions and the main current norms that regulate the 14 health professions recognized by the National Health Council. The results presented in this article outline the current Model of Regulation of Health Professions in force in Brazil and contribute to the deepening of knowledge on the subject, allowing reflections for the improvement of the current Brazilian legal-institutional model.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Competência Profissional , Prática Profissional , Controle Social Formal , Constituição e Estatutos , Conselhos de Saúde , Ocupações em Saúde , Ocupações em Saúde/legislação & jurisprudência , Ocupações em Saúde/normas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA