Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Base de dados
Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
J. bras. pneumol ; 44(3): 213-219, May-June 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-954553

RESUMO

ABSTRACT Objective: To assess COPD Assessment Test (CAT) scores in adults with and without COPD, as well as to compare the CAT scores for nonsmokers, former smokers, and smokers without COPD with those for patients with COPD. Methods: This was a cross-sectional population-based study (the Respira Floripa study). The study included adults ≥ 40 years of age residing in the city of Florianópolis, Brazil. A total of 846 households were surveyed. In addition to completing the Respira Floripa questionnaire and the CAT, participants underwent pulmonary function testing. Results: We analyzed data on 1,057 participants (88.1% of the predicted sample size). A functional diagnosis of COPD was made in 92 participants (8.7%). Of those, 72% were unaware that they had COPD. The mean CAT score was higher in the group of COPD patients than in that of individuals without COPD (10.6 [95% CI: 8.8-12.4] vs. 6.6 [95% CI: 6.1-7.0]; p < 0.01). Individual item scores were significantly higher in the patients with COPD than in the individuals without COPD (p < 0.001), the exception being the scores for the items related to sleep (p = 0.13) and energy (p = 0.08). The mean CAT score was higher in the group of COPD patients than in nonsmokers (5.8 [95% CI: 5.3-6.4]) and former smokers (6.4 [95% CI: 5.6-7.2]; p < 0.05). However, there were no significant differences in the mean CAT score between the group of COPD patients and smokers without COPD (9.5 [95% CI: 8.2-10.8]; p > 0.05), the exception being the mean scores for confidence leaving home (p = 0.02). Conclusions: CAT scores were higher in the group of patients with COPD than in nonsmokers and former smokers without COPD. However, there were no significant differences in CAT scores between COPD patients and smokers without COPD. Smokers with an FEV1/FVC ratio > 0.70 have impaired health status and respiratory symptoms similar to those observed in COPD patients.


RESUMO Objetivo: Avaliar a pontuação obtida no COPD Assessment Test (CAT, Teste de Avaliação da DPOC) por adultos com e sem DPOC, bem como comparar a pontuação obtida no CAT por não fumantes, ex-fumantes e fumantes sem DPOC com a obtida por pacientes com DPOC. Métodos: Estudo populacional transversal (Respira Floripa) do qual participaram adultos com idade ≥ 40 anos, residentes em Florianópolis (SC). Foram investigados 846 domicílios. Além de responderem aos questionários do Respira Floripa e CAT, os participantes realizaram prova de função pulmonar. Resultados: Foram analisados dados referentes a 1.057 participantes (88,1% da amostra prevista). Noventa e dois participantes (8,7%) receberam diagnóstico funcional de DPOC. Destes, 72% não estavam cientes de que tinham DPOC. A média da pontuação no CAT foi maior no grupo de pacientes com DPOC que no de indivíduos sem DPOC [10,6 (IC95%: 8,8-12,4) vs. 6,6 (IC95%: 6,1-7,0); p < 0,01]. A pontuação obtida em cada item do CAT foi significativamente maior nos pacientes com DPOC que nos indivíduos sem DPOC (p < 0,001), à exceção da pontuação obtida nos itens referentes a sono (p = 0,13) e energia (p = 0,08). A média da pontuação no CAT foi maior nos pacientes com DPOC que em não fumantes [5,8 (IC95%: 5,3-6,4)] e ex-fumantes [6,4 (IC95%: 5,6-7,2); p < 0,05]. Entretanto, não houve diferenças significativas entre os pacientes com DPOC e fumantes sem DPOC quanto à média da pontuação no CAT [9,5 (IC95%: 8,2-10,8); p > 0,05], à exceção da média da pontuação no item confiança ao sair de casa (p = 0,02). Conclusões: A pontuação no CAT foi maior no grupo de pacientes com DPOC que em não fumantes e ex-fumantes sem DPOC. Entretanto, não houve diferenças significativas entre pacientes com DPOC e fumantes sem DPOC quanto à pontuação no CAT. Fumantes com relação VEF1/CVF > 0,70 apresentam estado de saúde comprometido e sintomas respiratórios semelhantes aos de pacientes com DPOC.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Fumar/fisiopatologia , Inquéritos e Questionários/normas , Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica/diagnóstico , Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica/fisiopatologia , Espirometria , Capacidade Vital , Volume Expiratório Forçado , Estudos Transversais , Análise de Variância , Estatísticas não Paramétricas , não Fumantes , Pulmão/fisiopatologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA