Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 108
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. med. trab ; 16(2): 185-191, abr.-jun-2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-909228

RESUMO

Introdução: Os benefícios previdenciários refletem o impacto socioeconômico gerado pela incapacidade ao trabalho por motivo de doença. As doenças cardiovasculares (DCV) são as principais causas de mortalidade e morbidade no mundo. Objetivo: Avaliar, clínica e economicamente, os benefícios previdenciários concedidos por DCVs no Recife, Pernambuco, no quinquênio 2011­2015. Métodos: Estudo descritivo, de corte transversal, com coleta de informações e análise dos benefícios por incapacidade pelas DCVs na gerência executiva do Instituto Nacional do Seguro Social no Recife, por intermédio do Sistema Único de Informações de Benefícios. Resultados: No quinquênio 2011­2015 foram concedidos 186.058 benefícios. Destes, 8.968 (4,8%) foram por DCVs, entre os quais 6.049 (67,5%) foram selecionados por serem as doenças mais frequentes. Dos beneficiários, 78% são masculinos e 63,8% estavam na faixa etária entre 45 e 59 anos. O acidente vascular encefálico (AVE) e a insuficiência cardíaca (IC) foram responsáveis pela maior duração de afastamento ao trabalho (entre 135 e 138 dias) e pelo maior valor do benefício (próximo de R$ 3.900 mensais). Conclusão: Embora a hipertensão arterial sistêmica não acarrete um afastamento tão longo e não seja tão dispendiosa, ela deveria ser prevenida, por ser causa importante de AVE e IC, duas das principais DCVs responsáveis por maior custo e número de dias de absenteísmo. A melhoria da qualidade de vida da população visa à atenuação do impacto na Previdência Social, no mundo do trabalho e na sociedade como um todo.


Background: Social security benefits reflect the socioeconomic impact of work incapacity by disease. Cardiovascular diseases (CVD) are the main cause of mortality and mortality worldwide. Objective: To evaluate benefits granted due to CVD in Recife, Pernambuco, Brazil, from 2011 to 2015, from the clinical and economic perspective. Methods: Cross-sectional and descriptive study which collected and analyzed data on benefits granted for disability caused by CVD by the executive management of the National Social Security Institute in Recife, via the Unified System of Information on Benefits. Results: 186,058 benefits were granted from 2011 to 2015, 8,968 (4.8%) corresponded to CVD, of which 6,049 (67.5%) were selected for analysis because they corresponded to the most frequent diseases. About 78% of the beneficiaries were male and 63.8% were within age range 45 to 59 years old. Stroke and heart failure (HF) accounted for the longest sick leaves (133 to 138 days) and highest benefit amounts (about BRL 3,900.00 per month). Conclusion: While hypertension does not result in as long leaves and costs, it should be prevented for being a significant cause of stroke and HF, both of which account for longer sick leaves and higher social security costs. Improving the quality of life of the population seeks to reduce their impacts on the social security system, the world of work and society at large


Assuntos
Humanos , Previdência Social , Doenças Cardiovasculares/epidemiologia , Seguro por Invalidez , Benefícios do Seguro , Serviços de Saúde do Trabalhador , Brasil , Epidemiologia Descritiva , Estudos de Coortes
2.
Physis (Rio J.) ; 27(3): 453-474, Jul.-Set. 2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-895602

RESUMO

Resumo Este estudo de abordagem qualitativa teve como objetivo compreender as relações e conflitos entre operadoras odontológicas, beneficiários e prestadores, além da interface com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e com o Sistema Único de Saúde (SUS). A coleta de dados foi realizada mediante a aplicação de questionários aos representantes das operadoras, seguida de análise documental e de entrevistas semiestruturadas. A análise por meio da triangulação dos dados permitiu observar como principais resultados: que a lógica de redução de custos orienta as ações das operadoras e se reflete nas relações com beneficiários, prestadores e ANS; que é frágil a interface com o SUS; que há resistência à ampliação de coberturas; e que o crescimento do mercado é acompanhado de grande concentração. Não se pode ignorar a pujança da saúde suplementar na odontologia, mas é preciso discutir criticamente o papel do Estado, tanto como regulador deste mercado, quanto como indutor de um modelo de atenção à saúde bucal com maior qualidade e resolutividade.


Abstract This study of a qualitative approach aimed to understand the relationships and conflicts between dental insurance companies, beneficiaries, and providers, as well as the interface with the National Supplementary Health Agency (ANS) and the Unified Health System (SUS). Data was collected through questionnaires applied to representatives of selected companies, documentary analysis and semi-structured interviews. The analysis through data triangulation enabled to observe as main results: cost control mechanisms guides the companies' activities and also perpetrate the relations with beneficiaries, providers and the ANS; there is a poor relation with the SUS; the companies tend to avoid the extending of dental insurance coverage; and the dental insurance market comes with huge concentration. We cannot ignore the strength of the dental health insurance sector in Brazil, but it is necessary to critically discuss the role of the State, both as regulating the private insurance sector as encouraging a dental care approach with improved quality and resolutivity.


Assuntos
Humanos , Sistema Único de Saúde , Sistemas de Saúde , Saúde Bucal , Assistência Odontológica , Planos de Pré-Pagamento em Saúde , Setor Privado , Convênios , Estado , Serviços de Saúde Bucal , Pesquisa Qualitativa , Saúde Suplementar , Benefícios do Seguro , Seguro Odontológico , Brasil
3.
Rev. Kairós ; 19(2): 227-242, jun. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-914774

RESUMO

O objetivo do estudo foi caracterizar os tipos de benefícios acidentários concedidos aos idosos no Brasil, a partir dos registros de dados contidos no Anuário Estatístico da Previdência Social/Ministério da Previdência Social dos anos de 2011 a 2015. É um estudo retrospectivo com abordagem quantitativa de caráter descritivo. A busca priorizou os registros de benefícios acidentários concedidos aos idosos, ou seja, com 60 anos ou mais de idade registrados. Puderam-se verificar, após a realização desta pesquisa, dados importantes sobre acidentes de trabalho, no Brasil, na faixa etária de 60 anos ou mais de idade. Outro fator relevante a ser considerado é que as informações desta pesquisa pretendem constituir instrumento que se considera relevante para a reflexão do processo de trabalho de pessoas idosas no que diz respeito aos indicadores que a pesquisa aborda, visto que estas taxas estimam o risco de o idoso sofrer acidente do trabalho e consequentemente demandar concessões de benefícios acidentários.


The objective of the study was to characterize the types of accident benefits granted to the elderly in Brazil, based on the data records contained in the Statistical Yearbook of Social Security/Ministry of Social Security, for the years 2011 to 2015. This is a retrospective study, with a quantitative and descriptive approach. The search prioritized the records of accident benefits granted to the elderly, that is, at the age of 60 years or more. This survey allowed observing important data on occupational accidents in Brazil in the age group of 60 years or more. Another important factor to consider is that the information in this research intends to be an important instrument for the reflection of the working process of elderly people in relation to the indicators addressed by the research, since those rates estimate the risk of the elderly to suffer an occupational accident and consequent to the granting of accident benefits.


El objetivo de este estudio fue caracterizar los tipos de beneficios otorgados a personas mayores en Brasil, a partir de los registros de datos contenidos en el Anuario Estadístico de la Seguridad Social / Ministerio de la Seguridad Social, para los años 2011 a 2015. Se trata de un estudio retrospectivo con el enfoque cuantitativo y descriptivo. La búsqueda dio prioridad a los registros de beneficios por accidentes otorgados a las personas mayores, es decir, a la edad de 60 años o más. Otro factor importante a considerar es que la información contenida en esta investigación pretende ser una herramienta que se considere relevante a la reflexión del proceso de trabajo de edad avanzada con respecto a los indicadores que investigan direcciones ya que las tasas estas estiman el riesgo de los mayores sufren accidentes de trabajo y, en consecuencia, la demanda de concesiones de beneficios por accidentes.


Assuntos
Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Previdência Social , Idoso , Acidentes de Trabalho , Benefícios do Seguro
4.
Einstein (Säo Paulo) ; 13(4): 600-603, Oct.-Dec. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-770503

RESUMO

ABSTRACT Objective To identify the financial resources and investments provided for preventive medicine programs by health insurance companies of all kinds. Methods Data were collected from 30 large health insurance companies, with over 100 thousand individuals recorded, and registered at the Agência Nacional de Saúde Suplementar. Results It was possible to identify the percentage of participants of the programs in relation to the total number of beneficiaries of the health insurance companies, the prevention and promotion actions held in preventive medicine programs, the inclusion criteria for the programs, as well as the evaluation of human resources and organizational structure of the preventive medicine programs. Conclusion Most of the respondents (46.7%) invested more than US$ 50,000.00 in preventive medicine program, while 26.7% invested more than US$ 500,000.00. The remaining, about 20%, invested less than US$ 50,000.00, and 3.3% did not report the value applied.


RESUMO Objetivo Identificar os recursos financeiros e os investimentos disponibilizados para os programas de medicina preventiva em operadoras de saúde suplementar de todos os tipos. Métodos Foram levantados dados referentes a 30 operadoras de saúde registradas na Agência Nacional de Saúde Suplementar, de grande porte, com registro acima de 100 mil vidas. Resultados Foi possível identificar o porcentual de participantes dos programas em relação ao número total de beneficiários da operadora, as ações de prevenção e promoção realizadas nos programas de medicina preventiva, os critérios de inclusão nos programas, bem como a avaliação dos recursos humanos e da estrutura organizacional dos programas de medicina preventiva pesquisadas. Conclusão A maior parte dos pesquisados (46,7%) investiu mais de US$ 50,000.00 no programa de medicina preventiva, enquanto 26,7% investiram mais de US$ 500,000.00. Os restantes, cerca de 20%, investiram menos de US$ 50,000.00 e 3,3% não informaram o valor aplicado.


Assuntos
Adolescente , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Criança , Pré-Escolar , Humanos , Lactente , Recém-Nascido , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Custos de Cuidados de Saúde/estatística & dados numéricos , Promoção da Saúde/organização & administração , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/organização & administração , Medicina Preventiva/organização & administração , Setor Privado/organização & administração , Brasil , Análise Custo-Benefício/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/economia , Seguro Saúde/classificação , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde/economia , Inquéritos e Questionários
5.
Trends psychiatry psychother. (Impr.) ; 37(2): 82-86, Apr. Jun. 2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-753217

RESUMO

Objective: To describe the profile of insured individuals that filed claims for sickness benefits and compare the results of the administrative and legal investigations. Method: This case series included 114 insured persons that filed lawsuits against the Brazilian National Institute of Social Security (Instituto Nacional de Seguridade Social, INSS). They underwent psychiatric examinations required by the Brazilian Federal Social Security Special Court in Florianópolis from August to December 2010. Results: Mean age was 47 years, and participant age ranged from 24 to 64 years. Most insured individuals were women (79%), and most were employed (67.5%) and self-employed (26.5%) workers. Mean contribution time was 99.9 months, ranging from 8 to 352 months. Mean benefit duration was 20.4 months, ranging from 2 to 97 months. The most prevalent category of workers was service workers, store and supermarket salespeople (54.4%), followed by administrative workers (19.3%). Conclusions: Only 17 participants were found to be unable to work after benefit cessation, a 14.9% mismatch between administrative and legal investigations. The most frequent diagnoses were mood disorders (59.6%) and anxiety disorders (17.5%). .


Objetivo: Descrever o perfil dos segurados que requerem benefícios por incapacidade e comparar os resultados das perícias administrativas e judiciais. Método: Esta série de casos incluiu 114 segurados que buscaram a justiça contra o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Os participantes foram submetidos a perícia psiquiátrica exigida pelo Juizado Especial Federal em Florianópolis, entre agosto e dezembro de 2010. Resultados: A idade média dos participantes foi de 47 anos, variando de 24 a 64 anos. A maioria dos segurados era do sexo feminino (79%) e era empregada (67,5%) ou autônoma (26,5%). O tempo médio de contribuição foi de 99,9 meses, variando de 8 até 352 meses. A duração média dos benefícios foi de 20,4 meses, com mínimo de 2 e máximo de 97 meses. A categoria mais prevalente foi de trabalhadores no setor de serviços e vendedores de lojas e supermercados (54,4%), seguida por trabalhadores em atividades administrativas (19,3%). Conclusão: Apenas 17 participantes foram considerados incapazes de trabalhar após o término do benefício, uma diferença de 14,9% entre as perícias administrativa e judicial. Os diagnósticos mais frequentes foram transtornos de humor (59,6%) e transtornos de ansiedade (17,5%). .


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Adulto Jovem , Previdência Social/legislação & jurisprudência , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Pessoas com Deficiência/legislação & jurisprudência , Pessoas com Deficiência/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/legislação & jurisprudência , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Brasil , Avaliação da Deficiência , Transtornos Mentais/diagnóstico , Transtornos Mentais/epidemiologia , Pessoa de Meia-Idade , Ocupações/economia , Ocupações/legislação & jurisprudência , Ocupações/estatística & dados numéricos
6.
Cad. saúde pública ; 28(2): 324-334, fev. 2012.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-613462

RESUMO

Neste estudo, estima-se o efeito da posição socioeconômica sobre a duração dos benefícios por incapacidade devido a doenças musculoesqueléticas. Dados de um inquérito conduzido pela Auditoria Regional do Instituto Nacional do Seguro Social, com todos os segurados que receberam benefício por incapacidade temporária por doenças musculoesqueléticas da região cervical e membros superiores, em 2008, juntamente com os registros administrativos, foram utilizados para formar uma coorte de 563 trabalhadores. Todos eram residentes em Salvador, Bahia. Entre os trabalhadores sindicalizados e com alta demanda psicossocial no trabalho, a posição socioeconômica se associava positivamente com a duração do benefício (RR = 1,89; IC95 por cento: 1,25-2,87). Esses resultados correspondem ou a uma situação de iniquidade ou ao uso desnecessário do seguro pelos trabalhadores com posição socioeconômica alta. Investigações futuras que visem a elucidar as diferenças na utilização dos benefícios são necessárias para subsidiar a abordagem apropriada dessa questão pelos gestores do seguro social.


This study estimated the effect of socioeconomic position on the duration of disability benefits due to musculoskeletal disorders affecting the neck and/or upper limbs. A cohort study including 563 insured workers from the city of Salvador, Bahia, Brazil, registered inthe General Social Security System and who received temporary disability benefits due to musculoskeletal disorders affecting the neck and/or upper limbs, , was performedin 2008 using data from the National Social Security Institute. The results show that among union member workers with high psychosocial demands at work, those with low socioeconomic status are almost twice as likely to receive benefit for a shorter period of time compared to those with a higher socioeconomic position (RR = 1.89; 95 percentCI: 1.25-2.87). These results reveal aninequitable situation or unnecessary use of insurance for workers with a higher socioeconomic position. Future research aimed at elucidating the differences in the use of benefits are needed so that social insurance system managers may take the appropriate steps to resolve this issue.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Transtornos Traumáticos Cumulativos/economia , Seguro por Invalidez/estatística & dados numéricos , Doenças Musculoesqueléticas/economia , Classe Social , Distribuição por Idade , Brasil/epidemiologia , Estudos de Coortes , Transtornos Traumáticos Cumulativos/epidemiologia , Benefícios do Seguro , Doenças Musculoesqueléticas/epidemiologia , Pescoço , Doenças Profissionais , Modelos de Riscos Proporcionais , Distribuição por Sexo , Extremidade Superior
7.
Ciênc. saúde coletiva ; 16(4): 2189-2198, abr. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-586567

RESUMO

O objetivo deste artigo é estudar preliminarmente possíveis influências da instituição da Cobertura Previdenciária Estimada (Copes) e do Pedido de Prorrogação (PP) sobre as concessões de auxílio-doença pela perícia médica em exames iniciais (Ax1) de segurados atendidos em Juiz de Fora (Gex/JF), Minas Gerais, com diagnóstico de transtorno mental (TM). Foi feita análise retrospectiva dos Ax1 concluídos entre julho/ 2004 e dezembro/2006 através de banco de dados fornecido pela Dataprev. Subdivisão do período: (1º) julho/2004 a julho/2005, antes da Copes; (2º) agosto/2005 a novembro/2005, após a Copes, com peritos credenciados; (3º) dezembro/2005 a abril/ 2006, sem credenciados; (4º) maio/2006 a dezembro/2006, após o PP. Como resultados, houve redução na frequência de deferimento de ax1 de 81,9 por cento no 1º para 49,5 por cento no 4º período; aumento da reconsideração de conclusões periciais (de 52,0 por cento no 1º período para 75,3 por cento após a Copes), com posterior redução no 4º período (36,5 por cento); redução no número médio de renovações, de 3,5 no 1º para 1,7 vez no 4º período. O tempo médio de afastamento foi maior no 1º período e menor no 4º (respectivamente, 397,4 e 247,6 dias). Observaram-se alterações no perfil de concessão do auxílio-doença a segurados da Gex/JF com diagnóstico de TM em Ax1 no período que compreende as alterações normativas em questão.


This article is a preliminary study on possible influences of legal regulation changes (Copes and PP) on the result of initial expertise examination in Juiz de Fora (State of Minas Gerais, Brazil), following a request for social benefits due to a mental disorder. Method: retrospective analysis of data drawn from an official data bank (Dataprev) related to examinations concluded between July/2004 and December/2006. Four periods were considered: (1º) July/2004 to July/ 2005 before the legal regulation Copes took effect; (2º) August/2005 to November/2005, with Copes in effect and examinations by third part experts; (3º) December/2005 to April/2006, without third part experts; (4º) May/2006 to December/2006, with PP in effect. Results: reduction on the frequency of benefit granting from 81.9 percent to 49.5 percent from 1º to 4º period. Increase of favorable conclusions on requests for re-evaluations (from 52.0 percent in 1º period to 75.3 percent after Copes) and reduction in 4º period (36.5 percent). Reduction on average number of benefit renewal (from 3.5 to 1.7, respectively in 1º and 4º periods). The mean period of work dismissal was longer in 1º period and shorter in 4º period (respectively 397.4 and 247.6 days). The results highlighted changes on the profile of benefits granted during the period of time in which the new regulations came into force.


Assuntos
Humanos , Benefícios do Seguro/legislação & jurisprudência , Seguro por Invalidez/legislação & jurisprudência , Transtornos Mentais , Previdência Social/legislação & jurisprudência , Brasil , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro por Invalidez/estatística & dados numéricos , Estudos Retrospectivos
8.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s96-s109, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597130

RESUMO

En este artículo se describe el sistema de salud de Argentina, que está compuesto por tres sectores: público, de seguridad social y privado. El sector público está integrado por los ministerios nacional y provincial, y la red de hospitales y centros de salud públicos que prestan atención gratuita a toda persona que lo demande, fundamentalmente a personas sin seguridad social y sin capacidad de pago. Se financia con recursos fiscales y recibe pagos ocasionales de parte del sistema de seguridad social cuando atiende a sus afiliados. El sector del seguro social obligatorio está organizado en torno a las Obras Sociales (OS), que aseguran y prestan servicios a los trabajadores y sus familias. La mayoría de las OS operan a través de contratos con prestadores privados y se financian con contribuciones de los trabajadores y patronales. El sector privado está conformado por profesionales de la salud y establecimientos que atienden a demandantes individuales, a los beneficiarios de las OS y de los seguros privados. Este sector también incluye entidades de seguro voluntario llamadas Empresas de Medicina Prepaga que se financian sobre todo con primas que pagan las familias y/o las empresas. En este trabajo también se describen las innovaciones recientes en el sistema de salud, incluyendo el Programa Remediar.


This paper describes the health system of Argentina.This system has three sectors: public, social security and private.The public sector includes the national and provincial ministries as well as the network of public hospitals and primary health care units which provide care to the poor and uninsured population. This sector is financed with taxes and payments made by social security beneficiaries that use public health care facilities. The social security sector or Obras Sociales (OS) covers all workers of the formal economy and their families. Most OS operate through contracts with private providers and are financed with payroll contributions of employers and employees. Finally, the private sector includes all those private providers offering services to individuals, OS beneficiaries and all those with private health insurance.This sector also includes private insurance agencies called Prepaid Medicine Enterprises, financed mostly through premiums paid by families and/or employers.This paper also discusses some of the recent innovations implemented in Argentina, including the program Remediar.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Argentina , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
9.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s109-s119, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597131

RESUMO

En este trabajo se describen las características generales del sistema de salud de Bolivia: su organización y cobertura; sus fuentes de financiamiento y gasto en salud; los recursos físicos, materiales y humanos de los que dispone; las actividades de rectoría que desarrolla, y el nivel que ha alcanzado la investigación en salud. También se discuten las innovaciones más recientes que se han llevado a cabo en los últimos años, incluyendo el Seguro Universal Materno Infantil, el Programa de Extensión de Cobertura a Áreas Rurales, el Modelo de Salud Familiar, Comunitaria e Intercultural y el programa de subsidios monetarios Juana Azurduy, dirigido a fortalecer la atención prenatal y del parto.


This paper describes the Bolivian health system, including its structure and organization, its financing sources, its health expenditure, its physical, material and humans resources, its stewardship activities and the its health research institutions. It also discusses the most recent policy innovations developed in Bolivia: the Maternal and Child Universal Insurance, the Program for the Extension of Coverage to Rural Areas, the Family, Community and Inter-Cultural Health Model and the cash-transfer program Juana Azurduy intended to strengthen maternal and child care.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Bolívia , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
10.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s120-s131, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597132

RESUMO

En este trabajo se describe el sistema de salud de Brasil, que está compuesto por un sector público que cubre alrededor de 75 por ciento de la población y un creciente sector privado que ofrece atención a la salud al restante 25 por ciento de los brasileños. El sector público está constituido por el Sistema Único de Salud (SUS) y su financiamiento proviene de impuestos generales y contribuciones sociales recaudadas por los tres niveles de gobierno (federal, estatal y municipal). El SUS presta servicios de manera descentralizada a través de sus redes de clínicas, hospitales y otro tipo de instalaciones, y a través de contratos con establecimientos privados. El SUS es además responsable de la coordinación del sector público. El sector privado está conformado por un sistema de esquemas de aseguramiento conocido como Salud Suplementaria financiado con recursos de las empresas y/o las familias: la medicina de grupo (empresas y familias), las cooperativas médicas, los llamados Planes Autoadministrados (empresas) y los planes de seguros de salud individuales. También existen consultorios, hospitales, clínicas y laboratorios privados que funcionan sobre la base de pagos de bolsillo, que utilizan sobre todo la población de mayores ingresos. En este trabajo se analizan los recursos con los que cuenta el sistema, las actividades de rectoría que se desarrollan y las innovaciones más recientemente implantadas, incluyendo el Programa de Salud de la Familia y el Programa Más Salud.


This paper describes the Brazilian health system, which includes a public sector covering almost 75 percent of the population and an expanding private sector offering health services to the rest of the population. The public sector is organized around the Sistema Único de Saúde (SUS) and it is financed with general taxes and social contributions collected by the three levels of government (federal, state and municipal). SUS provides health care through a decentralized network of clinics, hospitals and other establishments, as well as through contracts with private providers. SUS is also responsible for the coordination of the public sector. The private sector includes a system of insurance schemes known as Supplementary Health which is financed by employers and/or households: group medicine (companies and households), medical cooperatives, the so called Self-Administered Plans (companies) and individual insurance plans.The private sector also includes clinics, hospitals and laboratories offering services on out-of-pocket basis mostly used by the high-income population. This paper also describes the resources of the system, the stewardship activities developed by the Ministry of Health and other actors, and the most recent policy innovations implemented in Brazil, including the programs saúde da Familia and Mais Saúde.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Brasil , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
11.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s132-s142, 2011. graf, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597133

RESUMO

En este trabajo se describe el sistema de salud de Chile, incluyendo su estructura, financiamiento, beneficiarios y recursos físicos, materiales y humanos de los que dispone. Este sistema está compuesto por dos sectores, público y privado. El sector público está formado por todos los organismos que constituyen el Sistema Nacional de Servicios de Salud y cubre aproximadamente a 70 por ciento de la población, incluyendo a los pobres del campo y las ciudades, la clase media baja y los jubilados, así como los profesionales y técnicos. El sector privado cubre aproximadamente a 17.5 por ciento de la población perteneciente a los grupos sociales de mayores ingresos. Un pequeño sector de la población, perteneciente a la clase alta, realiza pagos directos de bolsillo a proveedores privados de servicios de atención a la salud. Alrededor de 10 por ciento de la población está cubierta por otras agencias públicas, fundamentalmente los Servicios de Salud de las Fuerzas Armadas. Recientemente el sistema se reformó creando el Régimen General de Garantías en Salud, que establece un Sistema Universal con Garantías Explícitas que se tradujo, en 2005, en el Plan de Acceso Universal con Garantías Explícitas (AUGE), que garantiza el acceso oportuno a servicios de calidad para 56 problemas de salud, incluyendo cáncer en niños, cáncer de mama, trastornos isquémicos del corazón, VIH/SIDA y diabetes.


This paper describes the Chilean health system, including its structure, financing, beneficiaries, and its physical, material and human resources. This system has two sectors, public and private. The public sector comprises all the organisms that constitute the National System of Health Services, which covers 70 percent of the population, including the rural and urban poor, the low middle-class, the retired, and the self-employed professionals and technicians.The private sector covers 17.5 percent of the population, mostly the upper middle-class and the high-income population. A small proportion of the population uses private health services and pays for them out-of-pocket. Around l0 percent of the population is covered by other public agencies, basically the Health Services for the Armed Forces. The system was recently reformed with the establishment of a Universal System of Explicit Entitlements, which operates through a Universal Plan of Explicit Entitlements (AUGE), which guarantees timely access to treatment for 56 health problems, including cancer in children, breast cancer, ischaemic heart disease, HIV/AIDS and diabetes.


Assuntos
Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Chile , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
12.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s144-s155, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597134

RESUMO

En este trabajo se presenta una breve descripción de las condiciones de salud de Colombia y una descripción detallada del sistema colombiano de salud. Esta última incluye una descripción de su estructura y cobertura, sus fuentes de financiamiento, el gasto en salud, los recursos con los que cuenta, quién vigila y evalúa al sector salud y qué herramientas de participación tienen los usuarios. Dentro de las innovaciones más recientes del sistema se incluyen las modificaciones al Plan Obligatorio de Salud y a los montos de la unidad de pago por capitación, la integración vertical entre empresas promotoras de salud y las instituciones prestadoras de servicios, así como el establecimiento de nuevas fuentes de recursos para lograr la universalidad e igualar los planes de beneficios entre los distintos regímenes.


This document briefly describes the health conditions of the Colombian population and, in more detail, the characteristics of the Colombian health system. The description of the system includes its structure and coverage; financing sources; expenditure in health; physical material and human resources available; monitoring and evaluation procedures; and mechanisms through which the population participates in the evaluation of the system. Salient among the most recent innovations implemented in the Colombian health system are the modification of the Compulsory Health Plan and the capitation payment unit, the vertical integration of the health promotion enterprises and the institutions in charge of the provision of services and the mobilization of additional resources to meet the objectives of universal coverage and the homologation of health benefits among health regimes.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Colômbia , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
13.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s156-s167, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597135

RESUMO

En este trabajo se describe el sistema de salud de Costa Rica, que presta servicios de salud, agua y saneamiento. El componente de servicios de salud incluye un sector público y uno privado. El sector público está dominado por la Caja Costarricense de Seguro Social (CCSS), institución autónoma encargada del financiamiento, compra y prestación de la mayoría de los servicios personales. La CCSS se financia con contribuciones de los afiliados, los empleadores y el Estado, y administra tres regímenes: el seguro de enfermedad y maternidad, el seguro de invalidez, vejez y muerte, y el régimen no contributivo. La CCSS presta servicios en sus propias instalaciones o contrata prestadores del sector privado con los que establece contratos denominados "compromisos de gestión". El sector privado comprende una amplia red de prestadores que ofrecen servicios ambulatorios y de especialidad con fines lucrativos. Estos servicios se financian sobre todo con pagos de bolsillo, pero también con primas de seguros privados. El Ministerio de Salud es el rector del sistema y como tal cumple con funciones de dirección política, regulación sanitaria, direccionamiento de la investigación y desarrollo tecnológico. Dentro de las innovaciones relativamente recientes que se han implantado en Costa Rica destacan la implantación de los equipos básicos de atención integral de salud (EBAIS), la desconcentración de los hospitales y clínicas públicos, la introducción de los acuerdos de gestión y la creación de las Juntas de Salud.


This paper describes the Costa Rican health system which provides health, water and sanitation services. The health component of the system includes a public and a private sector. The public sector is dominated by the Caja Costarricense de Seguro Social (CCSS), an autonomous institution in charge of financing, purchasing and delivering most of the personal health services in Costa Rica. CCSS is financed with contributions of the affiliates, employers and the state, and manages three regimes: maternity and illness insurance, disability, old age and death insurance, and a non-contributive regime. CCSS provides services in its own facilities but also contracts with private providers. The private sector includes a broad set of services offering ambulatory and hospital care. These services are financed mostly out-of-pocket, but also with private insurance premiums. The Ministry of Health is the steward of the system, in charge of strategic planning, sanitary regulation, and research and technology development. Among the recent policy innovations we can mention the establishment of the basic teams for comprehensive health care (EBAIS), the de-concentration of hospitals and public clinics, the introduction of management agreements and the creation of the Health Boards.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Costa Rica , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Saneamento/economia , Saneamento/estatística & dados numéricos , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
14.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s168-s176, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597136

RESUMO

En este trabajo se describen las condiciones de salud de Cuba y el sistema cubano de salud, incluyendo su estructura y cobertura, sus fuentes de financiamiento, su gasto en salud, los recursos físicos, materiales y humanos de los que dispone, y las actividades de rectoría e investigación que desarrolla. También se discute la importancia de sus instituciones de investigación y se describe el papel de los usuarios de los servicios en la operación y evaluación del sistema, así como las actividades que en este sentido desarrollan la Federación de Mujeres Cubanas y los Comités de Defensa de la Revolución. La parte final de este trabajo se dedica a discutir las innovaciones más recientes dentro de las que destacan las redes de cardiología, la Misión Milagro y la Batalla de Ideas.


This paper describes the health conditions in Cuba and the general characteristics of the Cuban health system, including its structure and coverage, its financial sources, its health expenditure, its physical, material and human resources, and its stewardship functions. It also discusses the increasing importance of its research institutions and the role played by its users in the operation and evaluation of the system. Salient among the social actors involved in the health sector are the Cuban Women Federation and the Committees for the Defense of the Revolution. The paper concludes with the discussion of the most recent innovations implemented in the Cuban health system, including the cardiology networks, the Miracle Mission (Misión Milagro) and the Battle of Ideas (Batalla de Ideas).


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Cuba , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Financiamento Governamental/economia , Financiamento Governamental/organização & administração , Financiamento Governamental/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Medicina Estatal/economia , Medicina Estatal/organização & administração , Medicina Estatal/estatística & dados numéricos , Cobertura Universal do Seguro de Saúde/economia , Cobertura Universal do Seguro de Saúde/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
15.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s188-s196, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, Repositório RHS | ID: lil-597138

RESUMO

En este artículo se describen las condiciones de salud de la población salvadoreña y, con mayor detalle, el sistema de salud de El Salvador, incluyendo su estructura y cobertura, sus fuentes de financiamiento, los recursos físicos, materiales y humanos con los que cuenta, las actividades de rectoría que desarrolla el Ministerio de Salud Pública y Asistencia Social, y la participación de los usuarios de los servicios de salud en la evaluación del sistema. Asimismo se discuten las más recientes innovaciones implantadas por el sistema salvadoreño de salud, dentro de las que destacan la aprobación de la Ley de Creación del Sistema Nacional de Salud que busca ampliar la cobertura, disminuir las desigualdades y mejorar la coordinación de las instituciones públicas de salud.


This paper describes the health conditions in El Salvador and the main característics of the Salvadoran health system, including its structure and coverage, its financial sources, the physical, material and human resources available, the stewardship functions developed by the Ministry of Public Health, and the participation of health care users in the evaluation of the system. It also discusses the most recent policy innovations including the approval of the Law for the Creation of the National Health System, which intends to expand coverage, reduce health inequalities and improve the coordination of public health institutions.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , El Salvador , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/legislação & jurisprudência , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
16.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s177-s187, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597137

RESUMO

En este trabajo se describen las condiciones de salud en Ecuador y, con mayor detalle, las características del sistema ecuatoriano de salud, incluyendo su estructura y cobertura, sus fuentes de financiamiento, los recursos físicos, materiales y humanos de los que dispone, las tareas de rectoría que desarrolla el Ministerio de Salud Pública, la generación de información en salud, las tareas de investigación, y la participación de los ciudadanos en la operación y evaluación del sistema. También se discuten las innovaciones más recientes que se han implantado en el sistema ecuatoriano de salud dentro de las que destaca la incorporación de un capítulo específico sobre salud a la nueva Constitución que reconoce a la protección de la salud como un derecho humano y la construcción de la Red Pública Integral de Salud.


This paper describes the health conditions in Ecuador and, in more detail, the characteristics of the Ecuadorian health system, including its structure and coverage, its financial sources, the physical, material and human resources available, and the stewardship activities developed by the Ministry of Public Health. It also describes the structure and content of its health information system, and the participation of citizens in the operation and evaluation of the health system. The paper ends with a discussion of the most recent policy innovations implemented in the Ecuadorian system, including the incorporation of a chapter on health into the new Constitution which recognizes the protection of health as a human right, and the construction of the Comprehensive Public Health Network.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Equador , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Direitos Humanos/legislação & jurisprudência , Serviços de Informação/organização & administração , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
17.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s197-s197, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597139

RESUMO

En este trabajo se describen las condiciones de salud y el sistema de salud de Guatemala, incluyendo su estructura y cobertura, sus fuentes de financiamiento, las actividades de rectoría que en él se desarrollan, así como las tareas de generación de información en salud e investigación. También se discuten los esfuerzos por ampliar la cobertura de servicios básicos, sobre todo a las comunidades rurales pobres. Destacan dentro de las innovaciones recientes del sistema guatemalteco de salud el Programa de Extensión de Cobertura de Servicios Básicos y el Programa de Accesibilidad de Medicamentos, así como los acuerdos del Ministerio de Salud con organizaciones de la sociedad civil para prestar servicios básicos en comunidades rurales.


This paper describes the health conditions in Guatemala and, in more detail, the characteristics of the Guatemalan health system, including its structure en coverage, its financial sources, the stewardship functions developed by the Ministry of Health, as well as the generation of health information and the development of research activities. It also discusses the recent efforts to extend coverage of essential health services, mostly to poor rural areas.The most recent innovations also discussed in this paper include the Program for the Expansion of Coverage of Essential Services, the Program to Expand Access to Essential Drugs and the agreements between the Ministry of Health and several non-governmental organizations to provide essential services in rural settings.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Guatemala , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
18.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s209-s219, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597140

RESUMO

En este trabajo se describe el sistema de salud de Honduras, incluyendo los retos que enfrenta, su estructura y cobertura, su financiamiento, los recursos con los que cuenta y las actividades de rectoría que en él se desarrollan. Este sistema cuenta con un sector público constituido por la Secretaría de Salud (SS) y el Instituto Hondureño de Seguridad Social (IHSS), y un sector privado en el que predomina el uso de servicios con pago de bolsillo. El Plan Nacional de Salud 2010-2014 se plantea una ambiciosa reforma del sistema que contempla la universalización del aseguramiento mediante un sistema de salud integrado y plural, en el que la SS funcionaría como una institución rectora y reguladora, y que contaría con un seguro público nacional de salud para la población pobre y un IHSS que funcionaría exclusivamente como aseguradora al contratar servicios para sus afiliados con proveedores públicos y privados, que operarían bajo un modelo de salud familiar y comunitaria.


This paper describes the health system of Honduras, including its challenges, structure coverage, sources of financing, resources and stewardship activities. This system counts with a public and a private sector. The public sector includes the Ministry of Health (MH) and the Honduran Social Security Institute (HSSI). The private sector is dominated by a set of providers offering services payed mostly out-of-pocket. The National Health Plan 2010-2014 includes a set of reforms oriented towards the creation of an integrated and plural system headed by the MH in its stewardship role. It also anticipates the creation of a public health insurance for the poor population and the transformation of the HSSI into a public insurance agency which contracts services for its affiliates with public and private providers under a family medicine model.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Honduras , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
19.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s220-s232, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597141

RESUMO

En este trabajo se describe el sistema mexicano de salud. En la primera parte se discuten las condiciones de salud de la población mexicana, con énfasis en los padecimientos emergentes que constituyen las principales causas de muerte: diabetes, enfermedades isquémicas del corazón, padecimientos cerebrovasculares y cáncer. En la segunda parte se describe la estructura básica del sistema: las instituciones que lo conforman, la población a la que cubre, los beneficios que reciben los afiliados de las distintas instituciones, las fuentes de financiamiento del sistema, los niveles de protección financiera alcanzados, los recursos físicos, materiales y humanos con los que cuenta y las principales tareas de rectoría que desarrollan la Secretaría de Salud y otros actores. También se describen los mecanismos de participación de los ciudadanos en la vigilancia y evaluación del desempeño del sistema y su nivel de satisfacción con los servicios recibidos. La tercera parte se dedica a discutir las innovaciones más recientes y su impacto en la operación del sistema. Destaca la discusión del recién creado Sistema de Protección Social en Salud y su brazo operativo, el Seguro Popular de Salud. El trabajo concluye con un análisis de los principales retos que enfrenta en el corto y mediano plazo el sistema mexicano de salud.


This paper describes the Mexican health system. In part one, the health conditions of the Mexican population are discussed, with emphasis in those emerging diseases that are now the main causes of death, both in men and women: diabetes, ischaemic heart disease, cerebrovascular diseases and cancer. Part two is devoted to the description of the basic structure of the system: its main institutions, the population coverage, the health benefits of those affiliated to the different heath institutions, its financial sources, the levels of financial protection in health, the availability of physical, material and human resources for health, and the stewardship functions displayed by the Ministry of Health and other actors. This part also discusses the role of citizens in the monitorization and evaluation of the health system, as well as the levels of satisfaction with the rendered health services. In part three the most recent innovations and its impact on the performance of the health system are discussed. Salient among them are the System of Social Protection in Health and the Popular Health Insurance. The paper concludes with a brief analysis of the short- and middle-term challenges faced by the Mexican health system.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , México , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
20.
Salud pública Méx ; 53(supl.2): s233-s242, 2011. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-597142

RESUMO

En este artículo se describen las condiciones de salud de Nicaragua y las características de su sistema de salud, incluyendo su estructura y cobertura, sus fuentes de financiamiento, los recursos físicos, materiales y humanos con los que cuenta, las actividades de rectoría que desarrolla el Ministerio de Salud, los mecanismos de participación ciudadana en la gestión y evaluación de los sistemas de salud, y la satisfacción de los usuarios con los servicios recibidos. También se discuten las innovaciones más recientes, dentro de las que destacan la promulgación de una nueva Ley General de Salud, la descentralización de la regulación de los establecimientos de salud y el diseño de un nuevo modelo de atención a la salud denominado Modelo de Salud Familiar y Comunitario.


This paper describes the health conditions in Nicaragua and discusses the characteristics of its national health system including its structure and coverage, its financial sources its physical, material and human resources the stewardship functions developed by the Ministry of Health the participation of citizens in the operation and evaluation of the system and the level of satisfaction of health care users. It also discusses the most recent policy innovations, including the new General Health Law, the decentralization of the regulation of health facilities and the design and implementation of a new health care model known as Family and Community Health Model.


Assuntos
Humanos , Assistência à Saúde/organização & administração , Administração de Serviços de Saúde , Participação da Comunidade/estatística & dados numéricos , Demografia , Assistência à Saúde/economia , Assistência à Saúde/legislação & jurisprudência , Assistência à Saúde/estatística & dados numéricos , Organização do Financiamento/economia , Organização do Financiamento/organização & administração , Organização do Financiamento/estatística & dados numéricos , Programas Governamentais/economia , Programas Governamentais/organização & administração , Programas Governamentais/estatística & dados numéricos , Indicadores Básicos de Saúde , Gastos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/organização & administração , Recursos em Saúde/estatística & dados numéricos , Recursos em Saúde/provisão & distribução , Administração de Serviços de Saúde/economia , Administração de Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Serviços de Saúde/economia , Serviços de Saúde/estatística & dados numéricos , Benefícios do Seguro/economia , Benefícios do Seguro/estatística & dados numéricos , Cobertura do Seguro/economia , Cobertura do Seguro/estatística & dados numéricos , Seguro Saúde/economia , Seguro Saúde/organização & administração , Seguro Saúde/estatística & dados numéricos , Modelos Teóricos , Nicarágua , Programas Nacionais de Saúde/economia , Programas Nacionais de Saúde/organização & administração , Programas Nacionais de Saúde/estatística & dados numéricos , Inovação Organizacional , Saúde Pública , Setor Privado/economia , Setor Privado/organização & administração , Setor Privado/estatística & dados numéricos , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde/organização & administração , Previdência Social/economia , Previdência Social/organização & administração , Previdência Social/estatística & dados numéricos , Estatísticas Vitais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA