Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 317
Filtrar
1.
Lima; Perú. Congreso de la República; 20200500. 5 p.
Não convencional em Espanhol | LILACS, LIPECS | ID: biblio-1116501

RESUMO

El documento contiene las medidas extraordinarias y urgentes dirigidas a brindar atención a pueblos indígenas u originarios atendiendo a la situación de vulnerabilidad en la que se encuentran, a efectos de prevenir el contagio del COVID-19.


Assuntos
Infecções por Coronavirus , Vulnerabilidade a Desastres , Proteção , Decreto Legislativo , Povos Indígenas
2.
Pesqui. prát. psicossociais ; 15(1): 1-17, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1098424

RESUMO

Catástrofes naturais produzem impactos na vida da população, em especial daquela parcela que se encontra em situação de vulnerabilidade. O presente estudo teve por objetivo problematizar as contribuições da Psicologia em relação à vulnerabilidade socioambiental gerada por desastres naturais. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com utilização de casos extraídos de publicações em mídias digitais. Primeiramente, foram investigados os tipos de catástrofes naturais, bem como a noção de vulnerabilidade socioambiental. Em seguida, foi analisado o caso que ficou conhecido como "Megadesastre da Região Serrana do Rio de Janeiro", ocorrido em 2011. As análises dos documentos de domínio público demonstraram que os processos de desterritorialização e criação de novos territórios acontecem mediante sofrimento e angústia, mas também geram processos de cooperação e conexão. Como conclusão, constata-se que o profissional da Psicologia é chamado frequentemente a intervir nesse tipo de situação, cabendo-lhe realizar um exercício de acolhimento analítico e político das populações atingidas.


Natural disasters produce impacts on the lives of the population, in particular that portion which lies in situation of vulnerability. The present study aimed to discuss the contributions of psychology in relation to social and environmental vulnerability generated by natural disasters. This is a qualitative research using cases drawn from publications in digital media. First were investigated the types of natural disasters as well as the notion of social and environmental vulnerability. Then, was analyzed the case that became known as "Mega disaster of the mountainous region of Rio de Janeiro", held in 2011. The analysis of public domain documents demonstrated that the processes of deterritorialization and creation of new territories happen through suffering and anguish, but also generate cooperation and connection processes. As a conclusion, noted that the professional of psychology is often called to intervene in this kind of situation, and carry out an exercise of analytical and political acceptance of the stricken populations.


Desastres naturales producen impactos en la vida de la población, en particular la parte que se encuentra en situación de vulnerabilidad. El presente estudio pretende analizar las aportaciones de la psicología en relación con la vulnerabilidad social y ambiental generada por los desastres naturales. Es una investigación cualitativa con casos extraídos de publicaciones en medios digitales. En primer lugar, se investigaron los tipos de desastres naturales, así como la noción de vulnerabilidad social y ambiental. Luego, se analizó el caso de que se conocía como "Mega desastres de la región montañosa de Río de Janeiro", que ocurrió en 2011. El análisis de documentos de dominio público demostró que los procesos de desterritorialización y creación de nuevos territorios pasan por sufrimiento y angustia, pero también generan procesos de cooperación y conexión. Como conclusión, se observa que el profesional de la psicología a menudo está llamado a intervenir en este tipo de situación y llevar a cabo un ejercicio de aceptación de análisis y política de las poblaciones afectadas.


Assuntos
Vulnerabilidade Social , Vulnerabilidade a Desastres , Desastres Naturais , Psicologia Social , Estresse Psicológico , Territorialidade , Desastres , Emoções , Acolhimento , Angústia Psicológica
3.
Saúde Soc ; 29(2): e180866, 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1099343

RESUMO

Abstract O objetivo deste estudo é analisar a evolução da produção científica internacional sobre a interface entre saúde, mudanças climáticas e uso do solo nas últimas décadas, enfatizando a compreensão da saúde em seu sentido amplo, com destaque às dimensões ambientais, sociais e climáticas, a partir das publicações indexadas na base de dados Scopus. Para alcançar esse objetivo, aplicamos duas metodologias: (1) revisão sistemática da literatura internacional, do tipo descritivo-analítica, incorporando métodos qualitativos e quantitativos; e (2) análise de redes, partindo da categorização da dinâmica de palavras-chave com o uso do software VOSviewer. Aplicando filtros de busca na base de dados, resultaram 283 artigos, dos quais 162 representam a interface entre saúde e mudanças climáticas; 86, entre saúde e uso do solo; 13, entre uso do solo e mudanças climáticas; e, por fim, 22 representaram a intersecção dos três temas. Verifica-se aumento crescente no número de publicações na última década, com destaque aos anos de 2008, 2014 e 2018. Prevalece o uso de metodologias multivariadas, como modelagem de nicho ecológico, modelagem de nicho de entropia máxima, avaliação de ciclo de vida, análise de áreas sentinelas, análise de múltiplos resíduos, sensoriamento remoto e análise de regressão linear, dentre outras, que evidenciam a existência de múltiplos drivers e vulnerabilidades socioambientais ao tratar da relação entre mudanças climáticas, saúde e uso do solo. O maior desafio ao agregar variáveis climáticas, socioambientais e epidemiológicas é a disponibilidade de dados primários e secundários em escala municipal com abrangência nacional e série temporal mínima de 20 anos.


Resumo This bibliographic study analyzes the evolution of international scientific production concerning the interface between health, climate change and land use in the last decades, emphasizing the understanding of health in its broad sense, highlighting the environmental, social and climate dimensions by assessing publications indexed in the Scopus database. To achieve this objective, two methodologies were applied: (1) a descriptive-analytical systematic review of the international literature, incorporating qualitative and quantitative methods; (2) and network analysis based on the categorization of keyword dynamics using the application software VOSviewer. Applying search filters to the database resulted in 283 articles, where 162 articles represent the health and climate change interface, 86 represent the health and land use interface, 13 the land use and climate change interface, and the last 22 included all three. There has been a growing increase in the number of publications in the last decade, especially 2008, 2014 and 2018. The use of multivariate methodologies is prevalent, namely (i) ecological niche modeling; (ii) maximum entropy niche modeling; (iii) life cycle assessment; (iv) analysis of sentinel areas; (v) multiple residue analysis; (vi) remote sensing; (vii) linear regression analysis, among others, which show the existence of multiple drivers and vulnerabilities when dealing with the relation between climate change, health and land use. The biggest challenge in aggregating socioenvironmental, climatic and epidemiological variables is the availability of primary and secondary data on a municipal scale with national coverage and a time series of at least 20 years.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Mudança Climática , Usos do Solo , Saúde , Meio Ambiente , Vulnerabilidade a Desastres
4.
Psicol. ciênc. prof ; 39(2,n.esp): 6-18, ago.-nov. 2019.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1025767

RESUMO

O artigo tem como objetivo discutir o desmantelamento das políticas públicas, em específico, das políticas de saúde e da assistência social. A discussão situa-se no campo da Psicologia Social e inspira-se no pós-estruturalismo para análise desta problemática, tendo como questionamento norteador como se constitui o desmonte, considerando-o como processo dinâmico e inerente à produção das políticas. Por meio do método cartográfico, foi possível percorrer materialidades que emergem como pistas para compreender tal processo. Entende-se que há uma tensão na própria construção dessas políticas, com o intuito de substituir modelos anteriores que não se extinguem pela incorporação do SUS e do SUAS à Constituição. Esta se caracteriza pelo esvaziamento de conceitos norteadores das políticas, como as noções de território e vulnerabilidade. Esse esvaziamento potencializa a emersão de uma nova lógica de governo dentro das políticas públicas, não somente por via da regulação, normatização das condutas e criminalização de certa categoria da população, mas também por uma necropolítica, que visa a colocar no jogo democrático uma política de morte....(AU)


This paper aims to discuss the dismantling of public policies, particularly those related to health and social assistance. With a post-structuralist inspiration, and situated in the field of Social Psychology, this discussion questions how that dismantling has occurred, considering it as a dynamic process that is inherent to the production of policies. By means of the cartographic method, it has been possible to address materials that have emerged as hints to understand that process. There is a tension in the very formulation of those policies aiming at replacing previous models that have not been extinguished with the incorporation of SUS and SUAS to the Constitution. The latter is characterized by the emptying of guiding concepts of those policies, such as the notions of territory and vulnerability. This emptying potentiates the emergence of a new governmental logic within the public policies, by means of not only regulation, conduct normalization, and criminalization of a certain population category, but also through necropolitics, aiming at introducing a death policy in the democratic game....(AU)


El artículo tiene como objetivo discutir el desmantelamiento de las políticas públicas, específicamente las políticas de salud y de asistencia social. La discusión se ubica en el campo de la Psicología Social y se inspira en el postestructuralismo para el análisis de este problema, teniendo como cuestionamiento orientador cómo se constituye el desmantelamiento, considerándolo como un proceso dinámico e inherente a la producción de políticas. A través del método cartográfico, fue posible transitar por materialidades que emergen como pistas para comprender este proceso. Se entiende que existe una tensión en la propia construcción de estas políticas, para sustituir modelos anteriores que no se extinguen por la incorporación del SUS y del SUAS a la Constitución. Esto se caracteriza por el vaciado de los conceptos que orientan las políticas, como las nociones de territorio y vulnerabilidad. Ese vacío potencializa la emergencia de una nueva lógica de gobierno dentro de las políticas públicas, no sólo mediante la regulación, normalización de conductas y criminalización de una determinada categoría de la población, sino también a través de una necropolítica, que busca colocar una política de muerte en el juego democrático....(AU)


Assuntos
Humanos , Psicologia , Psicologia Social , Política Pública , Serviço Social , Sistema Único de Saúde , Vulnerabilidade Social , Política de Saúde , Vulnerabilidade a Desastres , Democracia
5.
Psico USF ; 24(3): 541-553, jul.-set. 2019. tab, il
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1040775

RESUMO

Este estudo mapeou perfis de idosos praticantes de atividades prazerosas e relacionou tais perfis com variáveis sociodemográficas e estado funcional. Idosos (n=330) sem comprometimento cognitivo, residentes da comunidade e com diferentes níveis de vulnerabilidade social (acessado pelo Índice Paulista de Vulnerabilidade Social) responderam um questionário sociodemográfico, a escala de Pfeffer (funcionalidade) e o OPPES-BR (prática de atividades prazerosas). Por meio da análise de cluster combinando-se o método hierárquico e não-hierárquico foram identificados cinco perfis de idosos: muito ativos; muito ativos sociáveis; minimalistas; pouco ativos contemplativos; e pouco ativos intelectuais. Manter alta frequência em diversos tipos de atividades prazerosas associou-se à maior escolaridade, menor vulnerabilidade social e menor dependência funcional. O perfil dos pouco ativos contemplativos foi o mais vulnerável, com maior declínio funcional, vulnerabilidade social e taxa de analfabetismo. Diante da diversidade de perfis de idosos, são necessárias políticas públicas favorecedoras ao acesso a atividades prazerosas, principalmente aos mais vulneráveis. (AU)


This study mapped profiles of older adults who participated in pleasant events, and related these profiles with sociodemographic and functional state. Older adults (n=330) without cognitive impairments, community residents and with different social vulnerability levels (accessed by the Paulista Index of Social Vulnerability) answered a sociodemographic questionnaire, the Pfeffer Scale (functionality) and the OPPES-BR (involvement in pleasant activities). By applying a cluster analysis, which combined the hierarchical and non-hierarchical method, five profiles of older adults were identified: highly active; highly socially active; minimalists; little active contemplative; and little active intellectual. Maintaining high frequency in pleasant activities was associated with a higher education, lower social vulnerability, and less functional dependence. The little active contemplative was the most vulnerable profile, with higher scores on functional decline, social vulnerability, and illiteracy rates. Considering the diversity of the older adult's profiles, public policies favoring the access to pleasant events are needed, especially for the most vulnerable ones. (AU)


Este estudio diseñó perfiles de ancianos que practican actividades placenteras y relacionó estos perfiles con variables sociodemográficas y estado funcional. Los ancianos (n = 330) sin comprometimiento cognitivo, residentes de la comunidad y con diferentes niveles de vulnerabilidad social (accesado por el Índice Paulista de Vulnerabilidad Social) respondieron un cuestionario sociodemográfico, Escala de Pfeffer (funcionalidad) y el OPPES-BR (práctica de actividades placenteras). Por medio de análisis de Cluster, combinando el método jerárquico y no-jerárquico, fueron identificados cinco perfiles de ancianos: muy activos; muy activos sociables; minimalistas; poco activos contemplativos; y poco activos intelectuales. Mantener alta frecuencia en diversas actividades placenteras presentó una asociación con mayor escolaridad, menor vulnerabilidad social y menor dependencia funcional. El perfil de los poco activos contemplativos fue el más vulnerable, con mayor declive funcional, vulnerabilidad social y tasa de analfabetismo. Ante la diversidad de perfiles de ancianos, son necesarias políticas públicas que favorezcan el acceso a actividades placenteras, principalmente a los más vulnerables. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Qualidade de Vida/psicologia , Fatores Socioeconômicos , Atividades de Lazer/psicologia , Política Pública , Estudos Transversais , Vulnerabilidade a Desastres , Prazer
6.
Saúde Soc ; 27(2): 588-604, abr.-jun. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-962604

RESUMO

Resumo A análise da vulnerabilidade socioambiental é realizada por meio de distintas abordagens, que utilizam uma gama de dados e técnicas. Nesse contexto, este trabalho aborda um índice sintético de vulnerabilidade em face dos condicionantes socioambientais da leptospirose humana no aglomerado urbano metropolitano de Curitiba. Para isso, aplicou-se a técnica da cartografia de síntese para avaliar a vulnerabilidade social e, de modo integrado, demarcou-se as áreas de inundações. Os resultados indicam, dentro das possibilidades e limites do mapeamento, que a metodologia é eficaz para representar a vulnerabilidade socioambiental à leptospirose humana, fato comprovado pelos trabalhos de campo. As condições de alta e muito alta vulnerabilidade social são identificadas, em maiores proporções espaciais, nas cidades da periferia geográfica do aglomerado e nas periferias sociológicas, enquanto as condições de baixa e muito baixa vulnerabilidade estão associadas às regiões centrais e mais valorizadas, concentrando-se na cidade de Curitiba. Ressalta-se que esse indicador de vulnerabilidade possibilita monitorar a distribuição espacial das fragilidades da sociedade e do ambiente em relação a uma problemática e, assim, se constitui em uma ferramenta de auxílio para a implantação de políticas públicas que visam o controle e a erradicação da leptospirose humana.


Abstract The analysis of socio-environmental vulnerability is carried out through different approaches, using a broad range of data and techniques. In this context, this work deals with a synthetic index of vulnerability face the environmental conditionings of human leptospirosis in urban agglomeration of the Metropolitan Area of Curitiba. To do so, the technique of synthesis mapping was applied to assess social vulnerability and, in an integrated manner, mark the flooding areas. The results allowed to identify, within the possibilities and limits of the mapping, that the methodology is effective to represent the environmental vulnerability to human leptospirosis, a fact proven by field work. Conditions of high and very-high social vulnerability are identified, in larger proportions, in the cities of the geographical peripheries of the agglomeration and in sociological peripheries, whereas the conditions of low and very-low vulnerability are associated with the central and most valued regions, concentrating on the city of Curitiba. It is noteworthy that this vulnerability indicator allows monitoring the spatial distribution of the social and environmental frailty conditions regarding a problem, and thus constitutes a proper assistance tool for the implementation of public policies aimed at the control and eradication of human leptospirosis.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Epidemiologia , Cidades , Vulnerabilidade a Desastres , Sistemas de Informação Geográfica , Leptospirose/prevenção & controle , População Urbana , Saúde Ambiental
7.
Estud. psicol. (Natal) ; 23(2): 179-188, abr.-jun. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1002001

RESUMO

As notícias sobre a ocorrência de desastres têm-se tornado parte do cotidiano das brasileiras e brasileiros nos últimos anos, dada a elevada quantidade de eventos climáticos extremos agravados pela degradação ambiental e problemas sociais severos. Este estudo apresenta uma revisão sistemática da literatura científica produzida no Brasil sobre a Psicologia dos Desastres, a fim de se conhecer como o evento e os fenômenos sociais inerentes a ele estão sendo tomados como objeto de estudo pela Psicologia, dando enfoque aos desastres socioambientais. A revisão recuperou 11 artigos nas bases de dados Bireme e SciELO, considerando como critérios de inclusão: artigos produzidos no Brasil, temporalidade entre 2005 a 2015 e que discutissem apenas desastres socioambientais. Os resultados mostram que o desastre ainda é um desafio para o estudo da psicologia, existindo poucos estudos que são em sua maioria teóricos. Observa-se que existe um campo profícuo para a construção do conhecimento na temática.


The news about the occurrence of disasters has become part of the daily life of Brazilians in recent years, given the high amount of extreme climatic events aggravated by environmental degradation and severe social problems. This study presents a systematic review of the scientific literature produced in Brazil on Disaster Psychology, in order to know how the event and all the social phenomena inherent to it are being taken as an object of study by Psychology, focusing on socio-environmental disasters. The review retrieved 11 articles in the databases Bireme and SciELO, considering as inclusion criteria: articles produced in Brazil, temporality between 2005 and 2015 and that only discussed socioenvironmental disasters. The results show that the disaster is still a challenge for the study of psychology, with few studies that are mostly theoretical. It is observed that there is a profitable field for the construction of knowledge in the theme.


Las noticias sobre la ocurrencia de desastres se han convertido en parte del cotidiano de brasileñas y brasileños en los últimos años, dada la elevada cantidad de eventos climáticos extremos agravados por la degradación ambiental y problemas sociales severos. Este estudio presenta una revisión sistemática de la literatura científica producida en Brasil sobre la psicología de desastres, con el fin de saber cómo están tomando el caso de desastres y todos los fenómenos sociales inherentes a ella como estudiado por la psicología, centrándose en los desastres sociales y medioambientales. La revisión se recuperó 11 artículos en las bases de datos de BIREME y SciElo, teniendo en cuenta los siguientes criterios de inclusión: los artículos producidos en Brasil, la temporalidad entre 2005-2015 y discutir sólo los desastres ambientales. Los resultados muestran que el desastre sigue siendo un reto para el estudio de la psicología, hay pocos estudios que son en su mayor parte teórica. Se observa que existe un campo fértil para la construcción del conocimiento en la materia.


Assuntos
Psicologia , Vulnerabilidade a Desastres , Atividades Científicas e Tecnológicas , Desastres , Brasil
8.
Cogitare enferm ; 22(4): 1-11, Out-Dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-876451

RESUMO

Objetivou-se avaliar o perfil sociodemográfico e clínico dos cuidadores e sua relação com a sobrecarga proveniente do cuidado ao idoso com demência. Estudo descritivo transversal, amostra não probabilística com 94 cuidadores de idosos com demência, realizado num Centro de Atenção à Saúde do Idoso no estado do Rio de Janeiro. A coleta de dados ocorreu de fevereiro a junho de 2016, por meio de questionário sociodemográfico e escala de Zarit. Quarenta e seis (50%) cuidadores apresentaram sobrecarga moderada, 35 (38%) pouca sobrecarga e 11 (12%) sobrecarga moderada/severa; 71 (77%) cuidadores usavam de 1 a 5 medicamentos e 20 (22%) 6 a 11 medicamentos. Observou-se as tendências: indivíduos com rendas mais baixas evidenciaram maiores níveis de sobrecarga; cuidadores com menor tempo de experiência possuíam sobrecarga moderada; quanto maior a sobrecarga, menor a média da idade. Verificou-se que a sobrecarga do cuidado coloca o cuidador em condições de vulnerabilidade biológica e psicológica (AU).


The present study aimed to evaluate the sociodemographic and clinical profile of caregivers and their relationship with overburden of care of elderly people with dementia. Descriptive cross-sectional study, non-probability sample with 94 elderly people suffering with dementia, conducted at a Care Center for Elderly in the state of Rio de Janeiro. Data was collected from February to June 2016, through a questionnaire on sociodemographic aspects and Zarit Inventory. Forty-six (50%) caregivers had moderate overburden, 35 (38%) had little overburden and 11 (12%) moderate/severe overburden; 71 (77%) caregivers took 1 to 5 drugs and 20 (22%) took 6 to 11 drugs. The following trends were observed: individuals with lower income experienced higher levels of overburden; less experienced caregivers had moderate overburden; the greater the overburden of caregivers, the lower the average age of these individuals. Also, overburdened caregivers were in conditions of biological and psychological vulnerability (AU).


Fue objetivo del estudio evaluar el perfil sociodemográfico y clínico de los cuidadores y su relación con la sobrecarga del cuidado al anciano con demencia. Estudio descriptivo transversal, con muestra probabilística con 94 cuidadores de ancianos con demencia, realizado en un Centro de Atención a la Salud del Anciano en estado de Rio de Janeiro. Los datos fueron obtenidos de febrero a junio de 2016, por medio de cuestionario sociodemográfico y escala de Zarit. Cuarenta y seis (50%) cuidadores presentaron sobrecarga moderada, 35 (38%) poca sobrecarga y 11 (12%) sobrecarga moderada/severa; 71 (77%) cuidadores usaban de 1 a 5 medicamentos e 20 (22%) 6 a 11 medicamentos. Se observaron las siguientes tendencias: individuos con rentas más bajas evidenciaron mayores niveles de sobrecarga; cuidadores con menos tiempo de experiencia tenían sobrecarga moderada; cuanto mayor la sobrecarga, menor la media de edad. Se verificó que la sobrecarga del cuidado pone el cuidador en condiciones de vulnerabilidad biológica y psicológica (AU).


Assuntos
Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Idoso , Vulnerabilidade a Desastres , Demência , Cuidados de Enfermagem
9.
Univ. salud ; 19(2): 226-236, mayo-ago. 2017. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-904658

RESUMO

Resumen Introducción: El abuso sexual afecta a millones de niños, niñas y adolescentes e impacta en su salud física y mental. Objetivo: Caracterizar los casos de abuso sexual valorados en los servicios de urgencias y consulta externa de una institución hospitalaria de primer nivel del Departamento del Cauca entre 2007 al 2015. Materiales y métodos: Estudio descriptivo, retrospectivo de víctimas de abuso sexual atendidas en consulta externa/urgencias. Se seleccionaron variables temporales, sociodemográficas de la víctima/agresor y del contexto donde ocurrió el hecho. El análisis se realizó en Epi Info. Se calcularon medidas de tendencia central, dispersión, proporciones y razones. Con el test de Fischer se evaluó la relación entre variables. Resultados: El 77% de las víctimas fueron mujeres, 23% hombres, en edades entre los 2-16 años, el 100% eran estudiantes. El acto fue cometido por un solo agresor; en el 93,0% fue perpetrado por conocidos, de los cuales 42,9% eran familiares. Conclusiones: A pesar de las medidas de control y regulación, los resultados sugieren que el abuso sexual tiene lugar a edades muy tempranas, el agresor es casi siempre un conocido frecuentemente con vínculo consanguíneo, lo cual le facilita la perpetuación del hecho hacia el interior del núcleo familiar a través del engaño, el chantaje o la amenaza.


Abstract Introduction: Sexual abuse affects millions of children and adolescents and it impacts on their physical and mental health. Objective: To characterize the cases of sexual abuse valued in the emergency services and external consultation of a hospital institution of first level in the department of Cauca between 2007 and 2015. Materials and methods: A descriptive, retrospective study of victims of sexual abuse attended in external consultation/emergencies was made. Temporal and sociodemographic variables of the victim/aggressor and the context where the event occurred were selected. The analysis was done in Epi Info. Measures of central tendency, dispersion, proportions and reasons were calculated. The relationship between variables was assessed by using the Fischer test. Results: 77% of the victims were women, 23% men, at ages between 2 to 16 years and 100% were students. The act was committed by a single aggressor. Besides, in 93.0% of the cases, the act was perpetrated by acquaintances, of whom 42.9% were family members. Conclusions: Despite the control and regulation measures, the results suggest that sexual abuse takes place at very early ages. The aggressor is almost always a commonly known person with consanguineous bond, which facilitates the perpetuation of the act towards the family nucleus through deceit, blackmail or threat.


Assuntos
Criança , Delitos Sexuais , Vulnerabilidade a Desastres
10.
An. venez. nutr ; 30(2): 112-119, 2017. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS, LIVECS | ID: biblio-1023558

RESUMO

Las mujeres en edad fértil presentan una serie de características que definen no solo su salud y bienestar, sino que también se convierten en factores positivos o negativos predictores de la salud de las futuras generaciones. De ahí la relevancia del estudio de las condiciones en las cuales transcurre la vida de las mujeres durante la etapa biológica de fertilidad en la cual, potencialmente podrían convertirse en madres. Para su estudio, el análisis de la adolescencia femenina y sus retos es imprescindible dada la cantidad de embarazos no planificados que ocurren durante esta etapa con consecuencias para la vida futura de las mujeres y sus hijos. Esta revisión tiene como objetivo explorar los diferentes aspectos de la etapa de fertilidad femenina dentro del marco de la prevención de enfermedades de la mujer y del futuro hijo que pueda concebir. Dichos aspectos son: 1- Entornos de vulnerabilidad 2- Enfermedades de transmisión sexual 3- Estado nutricional y 4- Embarazo no planificado Conclusión: Los avances en la comprensión de la vulnerabilidad en la cual transcurre la vida de una gran proporción de mujeres en edad fértil ha sido importante, sin embargo todavía los retos en el mejoramiento del bienestar de estas mujeres y sus hijos son importantes. Existe una ventana de oportunidad para realizar esfuerzos mancomunados para trabajar en pro del desarrollo de las mujeres con visión de logro de los objetivos de desarrollo sostenible al 2030(AU)


Women of childbearing age show characteristics that define not only their health and well-being, but are also potential positive or negative predictors of the health of future generations. Hence the relevance of the study of the conditions in which life of women takes place through the biological stage of fertility during which they could possibly become mothers. For the study of this phase, the understanding of female adolescence and its challenges is essential, given the number of unplanned pregnancies that occur during this stage with consequences for the future life of women and their children. The objective of this review is to explore the different aspects of the period of female fertility within the framework of the prevention of diseases of women and of the future child that can conceive. These aspects are: 1- Vulnerability environments 2- Sexually transmitted diseases 3- Nutritional status and 4- Unplanned pregnancy Conclusion: Progress in understanding the vulnerability in which the life of a large proportion of women of childbearing age It has been important, but still the challenges in improving the well-being of these women and their children are important. There is a window of opportunity for joint efforts to work towards the development of women with a vision of achieving sustainable development goals by 2030(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Adolescente , Saúde da Mulher , Adolescente , Período Fértil , Gravidez não Planejada , Fertilidade , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Vulnerabilidade a Desastres , Nutrição Pré-Natal
12.
Subj. procesos cogn ; 21(2): 217-233, 2017.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-909869

RESUMO

Dentro de las vicisitudes subjetivas frente a la adversidad la noción de resiliencia ha generado distintos instrumentos para su evaluación. En la medida que se trata de un constructo complejo que no constituye un rasgo o estructura de personalidad, sino un proceso o desarrollo particular frente a distintos tipos de eventos o ambientes disruptivos, muchos de los instrumentos han evaluado casi exclusivamente modalidades de afrontamiento, en mayor medida que los potenciales de transformación, que son los que le dan especificidad al constructo. Desde una perspectiva psicoanalítica se plantea que frente a determinada adversidad traumatogénica o estresante, el sujeto deviene vulnerable y desde allí puede suceder el desarrollo resiliente como una posibilidad diferenciada de otras vicisitudes. Se presenta un modelo en tres dimensiones: recursos yoicos, funcionamiento psíquico global y vincularidad, que pueden ser evaluadas con distintos instrumentos de modo cuantitativo y cualitativo, para determinar las vicisitudes subjetivas frente a la adversidad. (AU)


As regards subjective vicissitudes when confronted with adversity, the notion of resilience has generated various instruments for its evaluation. Insofar as this is a complex construct that is not a trait nor personality structure, but a process or specific development to face different types of events or disruptive environments, many of the instruments have assessed almost exclusively ways of coping, to a greater extent than transformation potentials which give specificity to the construct. From a psychoanalytic perspective it can be said that faced with a given traumatogenic or stressful adversity, the individual becomes vulnerable and can thereafter develop resiliency as a possibility distinct from other vicissitudes. A model is presented considering three dimensions: egoic resources, global psychic functioning and interconnectedness, which can be evaluated with different quantitative and qualitative instruments, to determine subjective vicissitudes in face of adversity. (AU)


Assuntos
Humanos , Vulnerabilidade a Desastres , Resiliência Psicológica , Psicanálise
13.
Rev. bras. orientac. prof ; 17(2): 163-174, dez. 2016.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-959110

RESUMO

Apresenta-se um estudo de investigação-ação com técnicos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa-Portugal, que desenvolvem a sua atividade no âmbito da construção de projetos de vida com pessoas em situação de vulnerabilidade social. Descrevem-se as três etapas do estudo: 1. identificação de necessidades, expectativas e problemas dos formandos no exercício das suas funções, 2. desenvolvimento e implementação de uma ação formativa fundamentada, e 3. avaliação de fatores de (in)satisfação associados à sua implementação. Os resultados prévios indicam necessidades de atualização de conhecimentos, e os resultados finais indicam elevada satisfação com a formação recebida. Este estudo traz importantes contributos para o desenvolvimento de diretivas para formação destes técnicos face à especificidade dos destinatários da sua intervenção social e educativa.


A research-action study is presented with technicians from Santa Casa da Misericórdia in Lisbon-Portugal, who develop their activity in the construction of life projects with people in situations of social vulnerability. The three stages of the process are described: 1. identification of participants' needs, expectations and problems in the exercise of their functions, 2. development and implementation of reasoned formative action, and 3. evaluation factors of (in)satisfaction associated with its application. Previous results indicate knowledge updating needs and final results indicate high satisfaction with training. This study provides important contributions to the development of policies for the training of these technicians, given the specificity of the recipients of their social and educational intervention.


Se presenta un estudio de investigación-acción con técnicos de la Santa Casa da Misericórdia de Lisboa-Portugal, que desarrollan su actividad en el campo de la construcción de proyectos de vida con personas en situación de vulnerabilidad social. Se describen las tres etapas del estudio: 1. identificación de las necesidades, expectativas y problemas de los participantes en el ejercicio de sus funciones, 2. el desarrollo e implementación de una acción formativa fundamentada, y 3. evaluación de factores de (in)satisfacción asociada a su implementación. Los resultados previos indican necesidades de actualización de conocimientos y los resultados finales indican una alta satisfacción con la formación. Este estudio proporciona importantes contribuciones al desarrollo de políticas para la formación de estos técnicos, ante la especificidad de los destinatarios y de su intervención social y educativa.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Competência Profissional , Condições Sociais , Modelos Educacionais , Vulnerabilidade a Desastres
14.
Hacia promoc. salud ; 21(1): 63-76, Jun. 2016. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-953763

RESUMO

OBJETIVO: Estimar la prevalencia poblacional de sintomáticos respiratorios y los factores relacionados en los residentes de dos territorios vulnerables de la ciudad Santiago de Cali en el año 2012. MATERIALES Y MÉTODOS: Estudio descriptivo de corte transversal con componente analítico que simula la metodología tipo casos y controles. Utilizó un muestreo estratificado por conglomerados, con efecto de diseño de 2. Se realizó un análisis univariado, bivariado y múltiple a partir de regresión logística con análisis de muestras complejas para estimación de las asociaciones, se utilizó la razón odds ratio con sus respectivos intervalos de confianza y el valor de p de la prueba Chi2. Para evaluar el ajuste del modelo final, se aplicó la prueba de bondad de ajuste de Hosmer y Lemeshow. RESULTADOS: La prevalencia de sintomáticos respiratorio global fue de 2,8% (IC95%: 2,2-3,6). Se evidenció como factor de riesgo ser hombre (OR 1,51, IC95%: 1,06-2,17), residir en una vivienda con ventilación no adecuada (OR 1,97, IC95%: 1,27-3,06) y hogares con inseguridad alimentaria con hambre moderada (OR 1,63, IC95%: 1,15-2,31). Como factores protectores se identificaron aseguramiento (OR 0,41, IC95%: 0,19-0,89), ser lactante (OR 0,60, IC95%: 0,37-0,98), preescolar (OR 0,46, IC95%: 0,23-0,93), adulto maduro (OR 0,34, IC95%: 0,17-0,68) y mayor (OR 0,45, IC95%: 0,27- 0,77), respecto a los adolescentes. CONCLUSIONES: La prevalencia poblacional de sintomáticos respiratorios es diferencial de acuerdo con las condiciones de vulnerabilidad de la población, lo que implica generar indicadores programáticos en coherencia con este resultado


OBJECTIVE: To estimate the population prevalence of symptomatic respiratory disease and related factors in residents of two vulnerable areas in the city of Santiago de Cali in 2012. METHODS: Descriptive cross-sectional study with an analytical component that simulates the case-control methodology. A stratified sampling by conglomerates was used, with design effect 2. Univariate bivariate and multiple analyses were performed from logistic regression with analysis of complex samples. The odds ratio with their respective intervals of confidence and p-value of the Chi2 test were used to estimate the associations. To evaluate the fit of the final model, Hosmer and Lemeshow goodness of fit testing was applied. RESULTS: The overall population prevalence of symptomatic respiratory disease was 2.8% (CI 95% 2.2 to 3.6). Being a male (OR 1.51, CI 95%: 1.06 to 2.17), living in a house without proper ventilation (OR 1.97, CI 95%: 1.27 to 3.06) and food-insecure households with moderate hunger (OR 1.63, CI 95%: 1.15 to 2.31) were shown as a risk factors. Assurance (OR 0.41, CI 95%: 0.19 to 0.89), being a breastfed baby (OR 0.60, CI 95%: 0.37 to 0.98), being a preschooler (OR 0.46, CI 95%: 0.23 to 0.93), being a mature adult (OR 0.34, CI 95%: 0.17 to 0.68) and being elder (OR 0.45, CI 95%: 0.27 to 0.77) compared to adolescents were identified as protective factors. CONCLUSIONS: population prevalence of symptomatic respiratory disease is differential according to the vulnerability conditions of the population, which implies generating programmatical indicators consistent with this result


OBJETIVO: Avaliar a prevalência na povoação os sintomáticos respiratórios e os fatores relacionados nos residentes de dois territórios vulneráveis da cidade Santiago de Cali em o ano 2012. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo Descritivo de corte transversal com componente analítico que simula a metodologia tipo de casos e controles. Utilizou uma amostragem estratifico por conglomerados, com efeito de desenho de 2. Realizou se uma analise univariado, bivariado e múltiplo a partir de regressão logística com analise de amostras complexas para estimação das associações, utilizou se a razão odds ratio com seus respectivos intervalos de confiança e o valor de p da prova Chi2. Para avaliar o ajuste do modelo final, se aplicou o teste de bondade de ajuste de Hosmer e Lemeshow. RESULTADOS: a prevalência de sintomas respiratórios global foi de 2,8% (IC95%: 2,2-3,6). Evidenciou se como fator de risco for home (OR 1,51, IC95%: 1,06-2,17), (OR 1,51, IC95%: 1,06-2,17), residir em uma morada com ventilação não adequada (OR 1,97, IC95%: 1,27-3,06) e lares com insegurança alimentaria com fome moderada residir em uma morada com ventilação não adequada (OR 1,97, IC95%: 1,27-3,06) e lares com insegurança alimentaria com fome moderada (OR 1,63, IC95%: 1,15-2,31). Como fatores protetores se identificaram a salvaguarda (OR 0,41, IC95%: 0,19-0,89), ser lactante (OR 0,60, IC95%: 0,37-0,98), pré-escolar (OR 0,46, IC95%: 0,23-0,93), adulto maduro (OR 0,34, IC95%: 0,17-0,68) e maior (OR 0,45, IC95%: 0,27-0,77), respeito aos adolescentes. CONCLUSÕES: A prevalência na povoação de sintomáticos respiratórios é diferencial de acordo com as condições de vulnerabilidade da povoação, o que implica gerar indicadores programáticos em coerência com este resultado


Assuntos
Humanos , Tuberculose , Testes Respiratórios , Saúde , Fatores de Risco , Vulnerabilidade a Desastres
15.
Rev. cienc. cuidad ; 13(1): 103-120, 2016.
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-906691

RESUMO

Objetivo: describir la salud mental de los estudiantes de una institución de educación superior de Norte de Santander, a través del modelo de creencias con miras a la construcción y aporte de una universidad saludable. Materiales y Métodos: la metodología es descriptiva, de tipo trasversal, en una muestra de 836 estudiantes quienes respondieron un cuestionario de 125 preguntas que evaluó seis dimensiones: severidad, susceptibilidad, beneficios, barreras, motivación y claves para la acción frente a la salud mental percibida. Resultados: los estudiantes en relación a su vulnerabilidad frente a la salud mental no se perciben susceptibles, razón por la cual se involucran en conductas de riesgo; sin embargo, cuentan con factores protectores enmarcados en la motivación y las claves para la acción que les facilitan la búsqueda de apoyo social y familiar desde el nivel de prevención; una barrera percibida tiene que ver con la ausencia de políticas en el contexto en que se desenvuelven Conclusiones: el modelo de creencias se constituye en una alternativa investigativa para explicar la salud mental y la intervención en la misma que permita visualizar entornos universitarios saludables. La salud mental se convierte en un factor protector del adecuado desarrollo y rendimiento académico


Objective: to describe the mental health of students of an institution of higher education Norte de Santander, through belief model with a view to the construction and delivery of a healthy university. Materials and Methods: the methodology is of a descriptive traversal type in a sample of 836 students who answered a questionnaire of 125 questions that evaluated six dimensions: severity, susceptibility, benefits, barriers, motivation and key elements for action against perceived mental health. Results: students in terms of vulnerability to mental health are not perceived susceptible, reason for which they engage in risky behaviors; however, they have protective factors framed in motivation and the key elements for the action that facilitate the search for social and family support from a preventative level; a perceived barrier is found in the absence of policies that the context in which they operate provides. Conclusions: the belief model constitutes a research alternative explanation for the mental health and intervention in it that allows visualizing healthy university environments. Mental health becomes a protective factor for proper development and academic achievement.


Objetivo: descrever a saúde mental dos estudantes de uma instituição de ensino superior Norte de Santander, através de modelo de crença, com vista à construção e entrega de uma universidade saudável. Materiais e Métodos: a metodologia é descritiva tipo transversal em uma amostra de 836 estudantes que responderam a um questionário de 125 perguntas que avaliou seis dimensões: gravidade, susceptibilidade, benefícios, barreiras, motivação e chaves para a ação contra a saúde mental percebida. Resultados: os alunos em termos de vulnerabilidade à saúde mental não são percebidos suscetíveis, porque eles se envolvem em comportamentos de risco; no entanto, eles têm enquadrado fatores de proteção em motivação e as chaves para a ação que facilitar a busca de apoio social e familiar a partir do nível de prevenção; uma barreira percebida é, na ausência de políticas que o contexto em que operam fornece. Conclusões: o modelo de crença constitui uma explicação alternativa de pesquisa para a saúde mental e intervenção em que permite visualizar ambientes universitários saudáveis. A saúde mental torna-se um fator de proteção para o desenvolvimento adequado e desempenho acadêmico.


Assuntos
Saúde Mental , Saúde Pública , Vulnerabilidade a Desastres , Psicologia , Estudantes
16.
São Paulo; s.n; 2016. 209 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-871033

RESUMO

A capacidade adaptativa às enchentes diz respeito à capacidade inerente de indivíduos ou de um sistema de se ajustar aos efeitos desse evento e lidar com ele, de modo a moderar seus danos potenciais. A cidade de São Paulo é particularmente vulnerável às enchentes devido ao seu histórico de uso e ocupação do solo. O objetivo deste trabalho é analisar a capacidade adaptativa a partir da realidade local de moradores do Jardim Pantanal, localizado na zona leste do município de São Paulo às várzeas do rio Tietê, a fim de propor ações que possam contribuir na construção dessa capacidade. A pesquisa foi desenvolvida por meio de levantamento documental e bibliográfico, entrevistas semiestruturadas, análise das transcrições, codificação, e categorização dos dados. As capacidades adaptativas genérica e específica nos níveis organizacionais individual e de sistema são baixas, e entre os determinantes da capacidade adaptativa às enchentes os recursos financeiros, a vulnerabilidade urbana e as estratégias de enfrentamento foram considerados os mais importantes, em nível individual. A falta de recursos, a irregularidade de rendimentos e a ausência de diversificação na fonte de renda limitam as opções disponíveis de moradia em áreas regulares e dificultam a mobilização de recursos para a adoção de medidas preventivas e de recuperação pós-evento


Adaptive capacity to floods means the inherent capacity of individuals or systems to adjust and cope with its effects, in order to moderate potential damages. The city of São Paulo is particularly vulnerable to floods due to its history of occupation and land use. The goal of this research was to analyze the adaptive capacity in the local reality of the Jardim Pantanal residents, located in the east zone of the municipality of São Paulo, at the bed of Tietê River, in order to propose actions that can contribute in building this capacity. The research was developed through bibliographical and documental research, semi-structured interviews, transcript analysis, coding and categorization of data. Generic and specific adaptative capacities in the individual and system organizational levels are low, and among the determinants of adaptive capacity to floods, financial resources, urban vulnerability and coping strategies are considered the most important at the individual level. The lack of resources and the instability and lack of diversification of income sources limit the options available in regular housing areas and make it difficult to mobilize resources for the adoption of preventive and post-event recovery measures. Urban vulnerability is due to illegal land occupation, where investments in infrastructure, which could reduce the exposure to the impacts of floods, are not made by residents, because they dont know for how long they will be able to stay in the area


Assuntos
Adaptação , Vulnerabilidade a Desastres , Alerta em Desastres , Estado de Alerta em Emergências , Inundações , Comportamento de Ajuda , Poder Público , Participação Social , Adaptação Psicológica , Doações , Processo Saúde-Doença , Pessoas em Situação de Rua , Área Urbana
17.
São Paulo; s.n; 2016. 177 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-871083

RESUMO

Introdução: Os impactos das alterações climáticas são e serão sentidos localmente, e irão variar de lugar para lugar. Nas regiões mais sensíveis à variabilidade climática, onde outros fatores e restrições afetam o desenvolvimento, a mudança climática terá um impacto significativamente maior. Uma da preocupações mais recentes da comunidade científica é que esses impactos negativos das alterações climáticas sobre a sociedade, saúde e o meio ambiente possa vir a restringir quaisquer ganhos realizados até o momento na melhora da qualidade de vida das populações, e em especial na região nordeste do Brasil. Neste contexto, as mudanças climáticas, bem como a variabilidade climática natural com seus extremos, podem vir a acentuar uma vulnerabilidade social já existente, fazendo com que a qualidade de vida das populações mais vulneráveis seja especialmente e desproporcionalmente afetada. Objetivo: Analisar como os impactos das políticas públicas de transferência de renda em especial o Programa Bolsa Família e a Aposentadoria Rural influênciam a qualidade de vida frente à variabilidade e mudanças climáticas de famílias pobres no nordeste brasileiro.


Introduction: Most vulnerable areas and population will suffer different impacts from climate change and this impacts will be felt locally, and will vary from place to place One of the most concerns of scholars is that these negative impacts of climate change on society, health and the environment is likely to offset any gains made until now in improving quality of life in vulnerable areas, especially in Northeastern Brazil. In this context, climate change and natural climate variability could accentuate an existing social vulnerability, causing loss in their quality of life. Objective: Analyze how the impact of anti-poverty program (Bolsa Família Program and the Rural pension) has change through time poor households perception of subjective well-being.


Assuntos
Aridez , Mudança Climática , Renda , Política Pública , Qualidade de Vida , Adaptação , Zona Árida , Vulnerabilidade a Desastres , Pobreza , Pesquisa Qualitativa
18.
Estud. av ; 30(88): 11-23, set.-dez. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-831943

RESUMO

Estudos sobre riscos de desastres naturais têm-se aprimorado de uma abordagem fisicalista para uma perspectiva socioambiental. No entanto, planejamento e gestão ainda seguem o paradigma antropocêntrico da superioridade humana e do poder ilimitado da ciência e tecnologia. Evidencia-se uma incapacidade cognitiva, cultural e de ação por parte de especialistas, científicos e tomadores de decisão (claimmakers) para identificar e atuar sobre as causas sociais da produção de risco. Frente a uma ciência cartesiana e positivista na resolução de problemas, baseada na segurança e controle sobre o mundo natural, propõe-se uma ciência pós-normal que considera os riscos e incertezas do conhecimento científico e das problemáticas ambientais. Essa nova proposta também incide sobre a participação e o diálogo entre stakeholders como referência para ampliar a qualidade do saber científico e o entendimento da complexidade das questões ambientais. Este artigo discute a necessidade de se promover um salto epistemológico sobre a forma de pensar e produzir conhecimentos, bem como implementar a gestão dos riscos de desastres, tendo como objeto de estudo processos de comunicação e educação para prevenção de desastres.


Studies on the risks of natural disasters have improved from a physicalist approach to a social and environmental perspective. However, planning and management still follow the anthropocentric paradigm of human superiority and the unlimited power of science and technology, evincing a cognitive, cultural and action inability on the part of experts, scientists and decision makers (or, rather, claim makers) to identify and act upon the social causes of risk production. In view of the Cartesian and Positivist science used to solve problems, based on security and on control over the natural world, a post-normal science has been proposed that considers the risks and uncertainties of scientific knowledge and environmental issues. This new approach encompasses participation and dialogue among stakeholders as a means to increase the quality of scientific knowledge and acknowledge the complexity of environmental issues. This article discusses the need for an epistemological leap on how we think and produce knowledge, as well as for implementing the management of disaster risk. Its objects of study are communication processes and education for disaster prevention.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Desastres , Educação em Saúde Ambiental , Riscos Ambientais , Redução do Dano , Participação Social , Conservação dos Recursos Naturais , Vulnerabilidade a Desastres , Gestão Ambiental
19.
Physis (Rio J.) ; 25(4): 1361-1382, out.-dez. 2015.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-773453

RESUMO

O artigo discute, à luz dos paradigmas da ecologia política e da justiça ambiental, os impactos socioambientais e à saúde coletiva resultantes do processo de extração mineral no município de Itamarati de Minas-MG. Os objetivos se encerram na compreensão dos riscos e vulnerabilidades socioambientais produzidos, assim como na apreensão dos conflitos e dos cenários de injustiça ambiental, próprios a essa atividade econômica. Na primeira parte são apresentadas, de forma abreviada, algumas características do atual modelo de exploração mineral e de inserção mundial subordinada de territórios como o do município de Itamarati de Minas. Em seguida, tem lugar uma descrição da área estudada e das fontes e métodos utilizados no trabalho; em seguida, são apresentados os resultados das entrevistas. Percebeu-se que o processo de mineração de bauxita é impactante ao meio ambiente e aos modos de vida da coletividade; do mesmo modo, atua de forma negativa no processo de produção de saúde e doença, estorvando uma situação de promoção de saúde.


This paper discusses, in the light of the paradigms of political ecology and environmental justice, social, environmental and public health impacts resulting from the mining process in the city of Itamarati de Minas-MG, Brazil. The objectives are understanding risks and social and environmental vulnerability, as well as the seizure of conflicts and environmental injustice scenarios in this economic activity. The first part briefly presents some features of the current model of mineral exploration and subordinate worldwide integration of territories such as the municipality of Itamarati de Minas. Then there is a description of the study area and the sources and methods used at work; then the results of the interviews are presented. It was noticed that the bauxite mining process is impacting the environment and the community ways of life; likewise, it acts negatively in the health production process and disease, damaging a health promotion situation.


Assuntos
Humanos , Condições de Trabalho , Escassez de Água , Família , Saúde Ambiental , Saúde , Saúde Pública , Vulnerabilidade a Desastres , Pesquisa Qualitativa , Meio Ambiente , Óxido de Alumínio , Fazendeiros , Mineração , Brasil
20.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 25(1): 108-116, 2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-747954

RESUMO

INTRODUÇÃO: o abuso sexual intrafamiliar contra crianças apresenta-se como um problema social e de saúde pública. A investigação de crimes desta natureza acarreta inúmeros e, muitas vezes, irreversíveis danos psicológicos às vítimas. Os danos advêm tanto do ato em si quanto da ausência de cuidados especiais para crianças, cujo desenvolvimento é gradativo e cuja condição de sujeitos de direitos muitas vezes é ignorada. O trabalho interdisciplinar entre Direito, Psicologia e Serviço Social é fundamental na busca da redução de danos. A integração destes saberes com a prática convergem no processo da não revitimização da criança. Este esforço interdisciplinar ganha destaque nas discussões dos direitos da criança, tal a possibilidade de sua efetivação com o projeto "Depoimento sem dano" (DSD)OBJETIVO: analisar o DSD (Depoimento Sem Dano) na perspectiva da proteção integral da criançaMÉTODO: abordagem qualitativa, com revisão de literatura, revisão legislativa e entrevista semiestruturada. Estas técnicas permitem compreender a interseção entre a proteção integral e a aplicação do DSD nos casos de abuso sexual intrafamiliar contra a criançaRESULTADOS: verificou-se a escassez de produção acadêmica nacional acerca do DSD propriamente dito. As entrevistas possibilitaram a construção de quatro categorias temáticas a partir da análise dos pontos de vista acerca do DSD conforme os entrevistados: a atuação dos profissionais do Direito e o cuidado com a infância; necessidade de mudança na dinâmica da escuta da criança vítima; positividade da proposta do projeto "DSD"; eficácia da técnicaCONCLUSÃO: há iminente necessidade de ampla discussão da garantia e da eficácia dos direitos humanos da criança vítima de abuso sexual intrafamiliar, no seu tratamento e na sua escuta em juízo. Imprescindível também a interlocução entre as áreas do conhecimento engajadas na proteção da infância, para o efetivo sucesso de novas possibilidades.


INTRODUCTION: intrafamilial sexual abuse of children is a social and public health problem. The investigation of crimes of this nature shows widespread and often irreversible psychological harm to the victims. The harmful effects arise from the act itself as well as the absence of special care for children, whose development is gradual and whose condition of being subjects with rights is often ignored. Interdisciplinary coordination among the fields of Law, Psychology, and Social Work is essential to reduce the extent of the damage. The coordination of these areas of expertise when put into practice leads to the non-victimization of the child. This interdisciplinary effort has gained prominence in the discussions of children's rights, and the possibility of its implementation in the project "Testimony without harmful effects" (DSD, acronym in Portuguese) OBJECTIVE: to analyze the DSD (Depoimento Sem Dano) from the perspective of the full protection of the child METHODS: a qualitative approach, with a literature review, legislation review and semi-structured interviews RESULTS: there was a shortage of national literature on DSD. The interviews enabled the designation of four categories based on the analysis of the different points of view of DSD according to those interviewed: the actions of the legal professionals and the care for children; the need for change in the dynamic of listening to the child victim; positivity of the "DSD" project proposal; the effectiveness of the technique DISCUSSION: the most characteristic aspects of intrafamilial sexual abuse of children justify the use of the DSD technique and its integrative phases CONCLUSION: there is an imminent need for an extensive discussion of the guarantee of and effectiveness of the human rights of the child victim of intrafamilial sexual abuse, of the child victim's treatment and of listening to the child in a judicial proceeding. Dialogue among the different areas of expertise.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Maus-Tratos Infantis , Abuso Sexual na Infância , Defesa da Criança e do Adolescente , Vulnerabilidade a Desastres , Violência Doméstica , Redução do Dano , Pesquisa Qualitativa
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA