Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Buenos Aires; GCBA. Gerencia Operativa de Epidemiología; 16 dic. 2016. a) f: 34 l:37 p. graf, mapas.(Boletín Epidemiológico Semanal: Ciudad Autónoma de Buenos Aires, 1, 17).
Monografia em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1104454

RESUMO

La ley de Aire en la Ciudad Autónoma de Buenos Aires N° 1356/2004 regula en materia de preservación del recurso aire y la prevención y control de la contaminación atmosférica, así como fija los estándares de calidad atmosférica para los contaminantes criterios que se han identificado como perjudiciales para la salud y el bienestar de los seres humanos: Monóxido de carbono (CO), Dióxido de nitrógeno (NO2), Dióxido de azufre (SO2), Material particulado (PM10 y PM2,5), Ozono (O3), y Plomo.Actualmente se realiza el monitoreo continuo del monóxido de carbono, dióxido de nitrógeno y material particulado PM10, en tres estaciones de monitoreo de la Ciudad, y está en etapa de implementación la incorporación de nuevos equipos para cubrir la totalidad de los contaminantes criterios. En el presente informe se incluyen los gráficos correspondientes a los datos históricos del 2010 al 2015 de cada uno de los contaminantes registrado en las tres estaciones.


Assuntos
Monóxido de Carbono , Critérios de Qualidade do Ar , Estações de Monitoramento/métodos , Estações de Monitoramento/estatística & dados numéricos , Monitoramento do Ar , Saúde Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Poluição do Ar/legislação & jurisprudência , Poluição do Ar/prevenção & controle , Poluição do Ar/estatística & dados numéricos , Dióxido de Nitrogênio
2.
São Paulo; s.n; 2009. 125 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-558084

RESUMO

A abordagem sobre a elaboração de índices representativos da qualidade constitui recurso cada vez mais utilizado para o monitoramento ou comparação de uma ou mais situações, permitindo expressar de forma simplificada as condições avaliadas. Na área de meio ambiente, os resultados fornecidos pelos laboratórios de controle ambiental assumem um importante papel, proporcionando situações de julgamento e decisão por parte de quem utiliza esses resultados, pois o mérito dessas decisões pode ser influenciado pela qualidade desses resultados. Para tanto, objetivou-se propor um índice de qualidade aplicável a laboratórios de controle ambiental, avaliando a sua representatividade, a realidade do laboratório com base no seu histórico de qualidade e aplicabilidade do índice no acompanhamento de condições gerais de desempenho. A pesquisa, de caráter exploratório, foi constituída a partir da seleção de dez especialistas em laboratórios de controle ambiental, representantes dos setores público, privado e academia, entrevistados nas sucessivas etapas de proposição do índice. A primeira etapa constituiu entrevista aos especialistas com uso da técnica de Brainstorming que culminou com a seleção de vinte parâmetros de consulta. Nas etapas seguintes, seguiram-se os preceitos da técnica DELPHI para extrair e refinar os julgamentos do grupo, bem como, selecionar os parâmetros finais de avaliação do IQL, critérios de pontuação e as três faixas de enquadramento dos laboratórios (inadequada, em fase de adequação ou adequada). Foram realizados experimentos de aplicação do IQL em seis laboratórios de controle ambiental, também representantes dos setores público, privado e da academia, a razão de duas unidades por setor, dentre os quais se encontravam laboratórios acreditados pelo INMETRO, conforme a norma ISO IEC 17.025. A experiência na prática laboratorial revelou que o IQL poderá ser utilizado como ferramenta de apoio a pré-qualificação de laboratórios ambientais prestadores de serv...


Assuntos
Meio Ambiente , Indicadores Ambientais , Qualidade Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Laboratórios/classificação , Laboratórios/organização & administração , Monitoramento Ambiental/instrumentação
3.
Rev. cuba. hig. epidemiol ; 46(3)sept.-dic. 2008.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-531432

RESUMO

En el marco del sistema de gestión ambiental del Instituto Nacional de Higiene, Epidemiología y Microbiología, se formuló un Programa de Gestión Ambiental para dar solución a los problemas detectados en el diagnóstico inicial, teniendo como principio fundamental la planificación de todas las acciones de forma gradual y con un grado de prioridad determinado por las posibilidades reales de cumplimiento a corto, mediano y largo plazo. Fueron definidos 11 objetivos, 14 metas y 40 acciones, los cuales forman parte del Programa de Gestión Ambiental desarrollado. La experiencia adquirida en la elaboración del programa puede ser transferida a otras unidades de ciencia y técnica del sector de la salud.


In the framework of the Environmental Management System of the National Institute of Hygiene, Epidemiology and Microbiology, an Environmental Management Program was formulated to solve the problems detected in the initial diagnosis, considering as the fundamental principle the planning of all actions in a gradual way and with a priority level determined by the real possibilities of fulfillment on a short, medium, and long term. 11 objectives, 14 goals, and 40 actions, which are part of the Environmental Management Program, were defined. The experience acquired in the development of this program may be transferred to other science and technique units of the health sector.


Assuntos
Gestão Ambiental/métodos , Conservação dos Recursos Naturais , Normas de Qualidade Ambiental , Programa de Prevenção de Riscos no Ambiente de Trabalho
4.
Rev. Fac. Nac. Salud Pública ; 24(1): 98-107, ene.-jun. 2006. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-441729

RESUMO

La relación entre el hombre y la naturaleza es cada vez más desigual y poco armoniosa, lo cual ha originado el establecimiento de instrumentos que reglamenten unos mínimos de protección, recuperación y conservación ambiental, a causa de los desaciertos de las intervenciones del hombre en sus territorios, los recursos naturales y el ambiente que los rodea. Por esta razón se requiere analizar los efectos que ha tenido el instrumento político de las licencias ambientales en Medellín, Colombia, con el fin de aportar elementos de discusión aceraca de su contribución o no al mejoramiento ambiental. Para ello se realizó una amplia revisión bibliográfica del instrumento político de las licencias ambientales en los ambitos internacional, nacional y regional. Se hizo una exhahustiva revisión de resoluciones, acuerdos y textos pertinentes a las licencias ambientales para los rellenos sanitarios de la Curva de Rodas y de Pradera. Con esta revisión se identificaron los cambios, aciertos, desaciertos y falencias de este instrumento político ambiental que tiene una relación directa con el estado de salud de las comunidades, dado que, dependiendo de su correcta o incorrecta aplicación, se potencia o desvirtúa el fin para el cual fueron propuestas ya que su injerencia en el ambiente, en los servicios públicos domiciliarios y en la salud de las personas llega a ser directa.


Assuntos
Política Ambiental , Meio Ambiente , Normas de Qualidade Ambiental , Legislação Ambiental
6.
São Paulo; s.n; 2004. [152] p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-383363

RESUMO

Objetivo: identificação de pontos a serem focalizados pelos organismos certificadores, e também profissionais e entidades que possuem relacionamento com o assunto durante os procedimentos de implementação, certificação e manutenção dos sistemas de gestão ambiental no que diz respeito à comunicação, a fim de atender as ansiedades das partes interessadas, colaborando para a confiança e credibilidade da Certificação ISO 14001.Métodos:pesquisa feita entre as organizações certificadas conforme a ISO 14001 apontadas no cadastro mantido pelo INMETRO. O questionário utilizado abordava assuntos relativos aos aspectos ambientais, objetivos e metas, indicadores de desempenho e a comunicação com as partes interessadas das organizações. A necessidade da existência de comunicação com as partes interessadas internas e externas é um dos requisitos da NBR ISO 14001que as organizações devem atender para a certificação. Analisadas as respostas e a quantidade de questionários respondidos pelas organizações, foi possível verificar que as organizações certificadas conforme a NBR ISO 14001 não estão sendo capazes de estabelecer com sucesso a comunicação com suas partes interessadas. O que pôde ser demonstrado com a pesquisa foi a dificuldade em identificar e estabelecer o contato com as organizações. As organizações estariam obtendo o sucesso na comunicação se houvesse o processo de troca de mensagens com as partes interessadas e, como resultado, o estabelecimento da confiança na determinação da organização em preservar o meio ambiente. Quando é adicionado à comunicação ambiental a riscos ambientais, ela tende a tornar-se menos consistente, pois este tema somente é tratado na comunicação de poucas organizações. As organizações apresentam suas informações com maior facilidade quando se trata de suas realizações, abordando assuntos em que houve o sucesso de uma iniciativa, tais como: coleta seletiva, programa de conscientização, programa d educação ambiental e sistemas de controle de poluentes. As propostas apresentadas dizem respeito à necessidade de verificar dentro dos Sistemas de Gestão Ambiental: as dificuldades encontradas pelas partes interessadas para estabelecer contato, a perda do contato com a parte interessada devido a ela estar utilizando um canal de comunicação não previsto e a consistência das informações transmitidas. Por fim foi proposto o estabelecimento de uma metodologia ou sistemática para catálogo e divulgação das certificações conforme a NBR ISO 14001


Assuntos
Comunicação , Gestão Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Gestão da Qualidade
7.
São Paulo; s.n; 2004. [216] p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-398225

RESUMO

Objetivo. Este trabalho tem como objetivo geral avaliar benefícios da implantação de sistemas de gestão ambiental ISO 14001 e Atuação Responsável®, em amostras de empresas do setor químico no Brasil, até o ano de 2002. A pesquisa buscou avaliar tanto resultados de sustentabilidade com base em indicadores, quanto práticas gerenciais das empresas, em especial práticas relacionadas a gerenciamento de produtos, conscientização de funcionários, exigências a fornecedores, entre outras. Resultados. Quando comparado o desempenho ambiental de empresas com e sem ISO 14001, dentre aquelas que subscrevem o Ação Responsável®, a geração de resíduos perigosos resultou cerca de 55 por cento menor no grupo com ISO 14001, e o consumo de gás natural cerca de 50 vezes menor nesse mesmo grupo. Quando comparado o desempenho ambiental de empresas que subscrevem o programa Atuação Responsável®, classificadas por grupos de produtos, foram identificadas poucas diferenças estatisticamente significantes. Não foi possível incluir na comparação a eco-eficiência de empresas não signatárias do programa Atuação Responsável®, com ou sem ISO 14001, por insuficiência de dados, bem como dados estatísticos para 1999. As entrevistas mostraram que entre os principais benefícios obtidos pela implantação dos sistemas de gestão, quando as práticas são comparadas empresas com e sem sistemas de gestão, estão a maior freqüência e variedade de atividades de conscientização ambiental para funcionários, e maiores exigências feitas a certos tipos de fornecedores, entre outras. Conclusões. Em poucos casos foi possível identificar diferenças de desempenho ambiental. As informações para estudos comparativos de eco-eficiência são pouco disponíveis, e o uso de indicadores de eco-eficiência ainda é restrito na maioria das indústrias químicas, mesmo em empresas com sistema de gestão ambiental consolidado. Os compromissos das empresas de comunicação com partes interessadas nem sempre são mantidos. Poucas diferenças de resultados de eco-eficiência puderam ser comprovadas, para implementação de ISO 14001 nas empresas que são signatárias do Atuação Responsável®.


Assuntos
Indústria Química , Gestão Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Desenvolvimento Sustentável
8.
La Paz; VICI; dic. 2002. 144 p.
Monografia em Espanhol | LILACS | ID: lil-342524

RESUMO

El RASIM, como un aporte de inversión en medio ambiente e industria, abre el camino hacia visiones nuevas, que buscan con todo derecho no sólo lograr una producción competitiva ahora, sino garantizar que las generaciones que nos sigan tengan las mismas o mayores posibilidades de acceso a recursos e insumos naturales y tecnologías de alternativa sostenible.


Assuntos
Normas de Qualidade Ambiental , Indústrias , Legislação Ambiental , Bolívia , Manufaturas
9.
VozAndes ; 14(1): 68-71, feb. 2002. graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-311106

RESUMO

En Ecuador, las instituciones de salud han empezado a tomar en cuenta el uso de medidas universales y el manejo de desechos. Sin embargo hoy en día en los subcentros de salud toda la basura que es producida se coloca en recipientes sin ninguna discriminación. También se reutilizan guantes esterilizados principalmente por motivos económicos. Existen varios artículos que mencionan el correcto uso de las medidas universales. En este artículo enseñamos cuantos subcentros de salud conocían las precauciones universales y cuantos manejan la basura correctamente. Nosotros hicimos una encuesta entrevistando el personal de once subcentros de salud de la Porvincia de Sucumbíos. El 64 por ciento conocía de las medidas y el manejo...


Assuntos
Normas de Qualidade Ambiental , Resíduos de Serviços de Saúde
11.
La Paz; IBNORCA; mayo 2001. 19 p. tab.(Norma Boliviana, 14001). (NB-ISO 14001).
Monografia em Espanhol | LILACS | ID: lil-323072

RESUMO

Esta norma internacionale especifica los requisitos para un sistema de gestión ambiental, para permitir que una organización formule una política y unos objetivos, teniendo en cuenta los requisitos legales y la información relativa a los impactos ambientales significativos. Es aplicable a aquelllos aspectos ambientales que la organización puede controlar y sobre los que puede esperarse que tenga influencia. No establece, por si misma, criterios de desempeño ambiental específicos.


Assuntos
Gestão Ambiental , Qualidade Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Bolívia , Guias como Assunto
13.
Rio de Janeiro; s.n; 2001. 118 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-300718

RESUMO

Existe a necessidade de se deixar no passado à mentalidade empresarial de desenvolver programas para simplesmente apropriar recursos naturais, sem levar em consideraçäo os subprodutos gerados, de forma evitarmos o acúmulo em uma quantidade crescente de resíduos em cada fase do processo de produçäo. A preocupaçäo hoje está na certeza de que esses recursos naturais, que antes eram simplesmente transformados, estäo cada vez mais escassos ou degradados e, desta forma, há uma necessidade urgente de retificaçäo das falhas que provocaram ou estäo provocando od desequilíbrios ambientais e prejuízos para a saúde da populaçäo. Este trabalho está, com base na série de normas ISO 14000, na avaliaçäo da forma de conduta quanto a gestäo ambiental das indústrias química e petroquímica ao redor da Baía de Guanabara, no que diz respeito aos seus passivos ambientais,a incluindo também o papel do poder público no trato desta questäo. Para isso, a metodologia utilizada foi o envio de um questionário para as indústrias selecionadas, objetivando abordar questöes sobre licença de funcionamento, tratamento dos resíduos de processo, legislaçäo ambiental, passivos ambientais, treinamento de pessoal e riscos ambientais. De posse dessas informaçöes, procurou-se traçar um perfil desses dois segmentos industriais e, para confrontar as informaçöes recebidas, foram realizadas entrevistas técnicas com profissionais desta área de interesse e uma busca nos arquivos da FEEMA. A análise do questionário, das entrevistas e do material obtido na FEEMA, mostrou que nesses dois segmentos da indústria säo produzidos uma série de materiais sólidos e resíduos oleosos, muitas vezes contaminados e de difícil reaproveitamento imediato, surgindo assim uma enorme dificuldade em dar um destino apropriado a esse passivo ambiental. Apesar da existência de métodos para tratamento, dos resíduos industriais gerados, e recursos financeiros, em funçäo do crescimento da indústria no Estado. Em alguns casos, por razöes diversas, um descumprimento das legislaçöes ambientais vigentes. Restando a população recorrer, quase que permanentemente ao poder público na forma de denúncia, a fim de fazer valer seus direitos e preservar sua saúde. Verificou-se ainda que um número relativamente pequeno de indústrias apresenta algumas soluçöes para seus passivos ambientais, mas assim mesmo o destino final é omitido.


Assuntos
Indústria Química , Gestão Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Gestão dos Recursos Naturais , Indústria de Petróleo e Gás
14.
Säo Paulo; s.n; 2000. 211 p. ilus, tab, mapas.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-265270

RESUMO

Objetivo: Em Cubatäo, a degradaçäo ambiental decorrente de uma fraca política ambiental gerando a necessidade de se entender o atual estado da arte do Gerenciamento Ambiental destas empresas, bem como, propor um modelo de gerenciamento ambiental baseado em ferramentas da qualidade. Método: Estuda 8 empresas que representam 81,63 por cento do total de geraçäo de resíduos do pólo, que foram analisadas à luz da ISO 14.000. Com auxílio de ferramentas da qualidade (Histograma, Ishikawa, Diagrama em Arvore, Fluxogramas, Ciclo Deming), após aplicaçäo de duas pesquisas e a partir do diagrama em árvore, montou-se a Matriz de Qualidade Ambiental, tendo como base o QFD (Desdobramento da Funçäo Qualidade). Desta matriz, extraiu-se o modelo de Gerenciamento Ambiental proposto no trabalho. Resultados: Criou-se uma ONG (Organizaçäo Näo-Governamental), o NPABS - Núcleo de Pesquisas Ambientais da Baixada Santista, para facilitar a troca de informaçöes científicas entre pesquisadores e futura aplicaçäo do trabalho em um banco de dados. Aplicou-se a Tabela de Desdobramento da Qualidade Exigida. Seus itens situados na horizontal säo a base do modelo de gerenciamento ambiental proposto para evitar os impactos ambientais de produçäo e proporcionar qualidade de vida à populaçäo da Baixada Santista, já que a incidência de câncer aumenta à medida que a populaçäo se aproxima do pólo industrial, estando relacionados às substâncias oncogênicas listadas pela IARC (Agência Internacional de Pesuisa em Câncer) e manufaturadas pelas indústrias de Cubatäo. Conclusöes: Conclui que, de maneira geral, há despreparo do pólo industrial de Cubatäo na gestäo ambiental e a Matriz de Qualidade Ambiental fornece os requisitos de qualidade que a sociedade, como cliente, exige de um produto virtual sustentável oriundo das empresas do pólo. Recomenda a mudança de matriz energética da siderurgia de coque para hidrogênio, para evitar a contaminaçäo pelo benzo(a)pireno, tóxico e mutagênico, além da inclusäo desta matriz como política ambiental para o município de Cubatäo, através da Lei Municipal


Assuntos
Gestão Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Resíduos Industriais , Poluição Ambiental/prevenção & controle , Qualidade Ambiental , Indústria Siderúrgica , Indústria de Petróleo e Gás
15.
Säo Paulo; s.n; 2000. 118 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-265961

RESUMO

Objetivo: Incentivar e fornecer subsídios às indústrias químicas com riscos de acidentes maiores para o desenvolvimento dos processos de comunicaçäo, em particular para aquelas que estäo implantando ou implantaram sistemas de gestäo ambiental. Métodos: A partir de uma amostra aleatória e estratificada, entrevistou-se 140 pessoas que moram ou trabalham próximas à indústria, localizada no bairro de Säo Miguel Paulista, zona leste da cidade de Säo Paulo. Resultados: Verificou-se que perigos à saúde e incômodo pela presença da indústria na regiäo, foram percepçöes importantes relatadas nas entrevistas, principalmente pelo público feminino. Em geral, os entrevistados mostraram conhecer muito pouco ou nada a respeito dos riscos de acidentes maiores que a indústria apresenta. Conclusöes: A carência de informaçöes da comunidade sobre problemas ambientais, riscos à saúde e ambientais é um fator negativo tanto para a empresa como para os vizinhos que moram ou trabalham na regiäo, podendo esta situaçäo ser melhorada a partir de um processo estruturado de comunicaçäo entre a indústria e comunidade


Assuntos
Riscos Ambientais , Educação em Saúde , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Indústria Química/normas , Comunicação , Gestão Ambiental , Normas de Qualidade Ambiental , Poluentes Industriais
17.
Rev. bras. saúde ocup ; 25(93/94): 21-8, dez. 1998.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-251748

RESUMO

As atividades de varios paises ao redor do mundo, destinadas a fazer frente aos riscos devidos aos produtos quimicos mediante a legislacao e outras medidas preventivas, vem-se complementando cada vez mais nos ultimos 50 anos, com atividades e realizacoes internacionais...


Assuntos
Vazamento de Resíduos Químicos , Contaminação Química , Segurança , Normas de Qualidade Ambiental , Saúde do Trabalhador , Estratégias , Nações Unidas
18.
Panamá; Panamá. Ministerio de Salud; 1998. 148 p. tab.
Monografia em Espanhol | LILACS | ID: lil-383178

RESUMO

Define las normas integrales de salud responsables de los miembros del equipo del primer nivel de atención en los diferentes escenarios, tanto en los servicios de salud como en los de la comunidad, expresandolos lineamientos y estrategias del Ministrerio de Salud, referente al logro de la salud integral en función de los nuevos modelos de atención familiar, comunitaria y incluye además los aspectos de promoción de la salud, prevención atención y rehabilitación con sus componentes psicosocial, biológico y ambiental para los grupos de menos de 5 años, de 5 a 9 años, de 10 a 19 años, de 20 a 59 años y de más de 60 años


Assuntos
Assistência Integral à Saúde , Meio Ambiente , Saúde , Normas de Qualidade Ambiental
19.
La Paz; DIFEM; 1997. 40 p. ilus.
Monografia em Espanhol | LILACS | ID: lil-233388

RESUMO

Esta cartilla educativa pretende mostrar, de la manera más didáctica y accesible posible, los aspectos sobresalientes sobre la Ley del Medio Ambiente y sus reglamentos, para consulta pública, microempresas e incluso a los estudiantes de colegio


Assuntos
Conservação dos Recursos Naturais , Meio Ambiente , Gestão Ambiental , Ecologia Humana , Legislação Ambiental , Bolívia , Normas de Qualidade Ambiental
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA