Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 264
Filtrar
2.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047849

RESUMO

Objetivo: descrever a mortalidade por causas externas no Estado de Rondônia no período de 1999 e 2015. Método: estudo de série temporal utilizando dados da Declaração de Óbito disponibilizados pela Agência de Vigilância em Saúde do Estado de Rondônia. Para a análise de tendência realizou-se regressão linear utilizando o pacote estatístico Stata®11. Resultados: foram registrados no Estado de Rondônia 111.651 óbitos sendo 22,2% classificados como causas externas. O coeficiente médio de óbitos por esta causa no período foi 89,7 por 100.000 habitantes e desvio padrão de 6,5. A regressão linear apresentou um aumento anual nos óbitos por acidentes de trânsito de 2,1%, os óbitos por agressões tiveram um decréscimo anual de 1,98%, suicídios e outras causas externas permaneceram estacionárias. Conclusão: os resultados evidenciaram a necessidade de fortalecimento das ações preventivas entre homens jovens e políticas públicas para redução de acidentes de trânsito no estado de Rondônia


Objective: the objective was to describe the mortality from external causes in the State of Rondônia in the period of 1999 and 2015. Method: a time series study using data from the Death Certificates provided by the Health Surveillance Agency of the State of Rondônia. Linear regression was used for the trend analysis using the statistical package Stata®11. Results: 111,651 deaths were recorded in the State of Rondônia, 22.2% of which were classified as external causes. The mean number of deaths due to this cause in the period was 89.7 per 100,000 inhabitants and the standard deviation was 6.5. The linear regression showed an annual increase in deaths due to traffic accidents of 2.1%, deaths due to aggressions had an annual decrease of 1.98%, suicides and other external causes remained stationary. Conclusion: the results evidenced the need to strengthen preventive actions among young men and public policies to reduce accidents in the state of Rondônia


Objetivo: el objetive fue describir la mortalidad por causas externas en el Estado de Rondônia en el período de 1999 y 2015. Método: estudio de serie temporal utilizando datos de la Declaración de Óbito disponibilizados por la Agencia de Vigilancia en Salud del Estado de Rondônia. Para el análisis de tendencia se realizó regresión lineal utilizando el paquete estadístico Stata®11. Resultados: se registraron en el Estado de Rondônia 111.651 óbitos siendo 22,2% clasificados como causas externas. El coeficiente medio de muertes por esta causa en el período fue 89,7 por 100.000 habitantes y desviación estándar de 6,5. La regresión lineal presentó un aumento anual en las muertes por accidentes de tránsito del 2,1%, las muertes por agresiones tuvieron un descenso anual del 1,98% y los suicídios y otras causas externas permanecieron estacionarias. Conslusión: los resultados evidenciaron la necesidad de fortalecimiento de las acciones preventivas entre hombres jóvenes y políticas públicas para reducción de accidentes en el estado de Rondônia


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Registros de Mortalidade/estatística & dados numéricos , Estudos de Séries Temporais , Mortalidade , Brasil , Causas Externas
3.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 33: e, 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1088515

RESUMO

Resumo Objetivo Avaliar a qualidade dos dados (concordância e completude) dos óbitos infantis no Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) e no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc), Recife, Pernambuco, Brasil. Métodos Estudo transversal com dados de óbitos infantis capturados no Sinasc e no SIM. Para os óbitos, foi utilizado o período 2013-2016 e para os nascidos vivos, o de 2012-2016. Foi utilizado o linkage determinístico. Calculou-se a porcentagem de incompletude de 10 variáveis comuns a ambas as bases, antes e após a vinculação das bases de dados. A concordância foi avaliada pelo índice Kappa para variáveis qualitativas, e pelo coeficiente de correlação intraclasse (ICC do inglês intraclass correlation coefficient) para variáveis quantitativas. Resultados Foi possível relacionar 96,64% dos óbitos às respectivas declarações de nascidos vivos. Todas as variáveis analisadas foram classificadas como excelentes (menos de 5% de incompletude), antes e após a vinculação das bases de dados. No Sinasc, a maior incompletude ocorreu na variável duração da gestação (1,55%), e no SIM, no número de natimortos (2,89%). A concordância foi classificada como quase perfeita para todas as variáveis qualitativas (Kappa entre 0,8 e 1). Todas as variáveis quantitativas foram classificadas como excelentes (ICC maior que 0,75). Conclusão Apesar dos avanços na qualidade do SIM e do Sinasc, ainda houve problemas de completude das variáveis, principalmente no SIM. A vinculação das bases de dados contribuiu para aprimorar as informações para a análise de óbitos infantis pelos serviços de saúde e para pesquisa. O linkage uma técnica de fácil acesso e baixo custo operacional, que pode ser incluída na rotina de vigilância da mortalidade infantil para a melhoria contínua das informações.


Resumen Objetivo Evaluar la calidad de los datos (concordancia y completitud) de defunciones infantiles en el Sistema de Información de Mortalidad (SIM) y en el Sistema de Información sobre Nacidos Vivos (Sinasc), Recife, estado de Pernambuco, Brasil. Métodos Estudio transversal con datos de defunciones infantiles registrados en el Sinasc y en el SIM. Para las defunciones, se utilizó el período 2013-2016 y para los nacidos vivos, 2012-2016. Fue utilizada la vinculación determinística. Se calculó el porcentaje de incompletitud de 10 variables comunes de ambas bases, antes y después de su vinculación. La concordancia fue evaluada por el índice Kappa en las variables cualitativas y por el coeficiente de correlación intraclase (ICC, por sus siglas en inglés intraclass correlation coefficient) en las variables cuantitativas. Resultados Fue posible relacionar 96,64% de las defunciones con las respectivas declaraciones de nacidos vivos. Todas las variables analizadas fueron clasificadas como excelentes (menos de 5% de incompletitud), antes y después de la vinculación de las bases de datos. En el Sinasc, la mayor incompletitud ocurrió en la variable duración de la gestación (1,55%) y, en el SIM, en el número de mortinatos (2,89%). La concordancia fue clasificada como casi perfecta en todas las variables cualitativas (Kappa entre 0,8 y 1). Todas las variables cuantitativas fueron clasificadas como excelentes (ICC mayor a 0,75). Conclusión A pesar de los avances en la calidad del SIM y del Sinasc, aún hay problemas de completitud de las variables, principalmente en el SIM. La vinculación de las bases de datos contribuyó en la mejora de la información para el análisis de defunciones infantiles por parte de los servicios de salud y para estudios. La vinculación es una técnica de fácil acceso y bajo costo operativo, que puede incluirse en la rutina de la vigilancia de la mortalidad infantil para la mejora continua de la información.


Abstract Objective To assess the quality of data (agreement and completeness) on infant deaths in the Mortality Information System (SIM) and in the Information System on Live Births (Sinasc), Recife, Pernambuco, Brazil. Methods Cross-sectional study with data on infant deaths captured in Sinasc and SIM. For the deaths, the period 2013-2016 and the live births of 2012-2016 were used. The deterministic linkage was used. The percentage of incompleteness of 10 variables common to both bases pre- and post-linkage was calculated. The agreement was assessed by the Kappa index for qualitative variables and by the intraclass correlation coefficient (ICC) for the quantitative variables. Results It was possible to relate 96.64% of the deaths to their respective declaration of live birth. All analyzed variables were classified as excellent (less than 5% incompleteness), pre- and post-linkage. In Sinasc, the greatest incompleteness was in the variable length of pregnancy (1.55%) and in the SIM, the number of stillbirths (2.89%). The agreement was classified as almost perfect for all qualitative variables (Kappa between 0.8 and 1). All quantitative variables were excellent (ICC greater than 0.75). Conclusion Despite advances in the quality of SIM and Sinasc, there were still problems of completeness of variables, especially in SIM. The linkage contributed to the improvement of information for the analysis of infant deaths by health services and for research. It is a technique that is easy to access and low operational cost, which can be included in the routine of infant mortality surveillance for the continuous improvement of information.


Assuntos
Humanos , Mortalidade Infantil , Registros de Mortalidade , Estatísticas Vitais , Registro de Nascimento , Sistemas de Informação em Saúde , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais , Armazenamento e Recuperação da Informação
4.
Acta otorrinolaringol. cir. cabeza cuello ; 48(1): 93-102, 20200000. graf, tab, ilus
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1097460

RESUMO

En diciembre de 2019 se reportó a la oficina de la Organización Mundial de la Salud (OMS) los primeros casos de neumonía de etiología desconocida en Wuhan, Provincia Hubei, China. Posteriormente, se identificó como agente causal un nuevo virus de la familia coronavirus (CoV). La enfermedad fue nombrada por la OMS como enfermedad coronavirus 2019 (COVID-19, por su sigla en inglés). Por su rápida expansión global y alta infectividad, se declaró la enfermedad como una emergencia sanitaria mundial. La mortalidad se ha visto que varía dependiendo de la región. Múltiples países, incluyendo Colombia, han logrado desarrollar medidas de contención fundamentadas en el aislamiento social con un gran impacto socioeconómico secundario. El siguiente artículo describe el cuadro clínico del virus, su comportamiento epidemiológico en Colombia y qué medidas públicas se han adoptado en Colombia y otros países latinoamericanos frente a la pandemia.


In December 2019, the first cases of pneumonia of unknown etiology were reported to the World Health Organization (WHO) office in Wuhan, Hubei Province, China. Subsequently, a new coronavirus family virus (CoV) was identified as the causal agent. The disease was named by the WHO as Coronavirus Disease 2019 (COVID-19). Due to its rapid global expansión and high infectivity, the disease was declared a global health emergency. Mortality has been seen to vary depending on the region. Multiple countries, including Colombia, have managed to develop containment strategies based on social isolation with an important secondary socioeconomic impact. The following article describes the virus clinical features, its epidemiology in Colombia and public health measures taken in Colombia and other countries in latin america in response to the pandemic.


Assuntos
Humanos , Vírus da SARS , Registros de Mortalidade , Saúde Pública , Colômbia , Infecções por Coronavirus
6.
Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. (Online) ; 19(2): 391-400, Apr.-June 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1013143

RESUMO

Abstract Objectives: to evaluate the relation between the corrected mortality rates on breast cancer and the indicators of elderly women's living conditions in the Northeast micro-regions of Brazil . Methods: an ecological study was adopted in 2010 and 2015 for 188 micro-regions in the Northeast using structural equation modeling. The data on the population, deaths and indicators on living conditions were extracted from the IBGE, SIM/MS, and SISAP-Idoso (elderly), respectively. The under-registration of death data on breast cancer, badly defined death causes and garbage codes were corrected. The standardized mortality rates were calculated to permit time-space comparison. Results: the recovery of a considerable number of deaths was made possible to obtain a greater accuracy in the mortality rates estimation in micro-regions level. An increase in the mortality rates was observed at the time. The structural equation modeling presented a robust model with significance for some indicators on living conditions. The rates were higher in the micro-regions with lower percentage of illiterate elderly women, lower percentage of elderly women living in poverty, lower dependency ratio, and higher percentage of elderly women living at home with running water. Conclusions: the results showed an increased trend of elderly women dying of breast cancer in the region and with higher levels in the micro-regions with better indicators on living conditions.


Resumo Objetivos: avaliar a relação entre as taxas corrigidas de mortalidade por câncer de mama e indicadores de condições de vida das idosas das microrregiões do Nordeste brasileiro. Métodos: adotou-se um estudo ecológico nos anos de 2010 e 2015 para as 188 microrregiões do Nordeste utilizando a modelagem de equações estruturais. Os dados de população, óbitos e indicadores de condições de vida foram extraídos do IBGE, SIM/MS e SISAP-Idoso, respectivamente. Os dados de óbitos por câncer de mama foram corrigidos para subregistro, óbitos mal definidos e códigos garbage. Calcularam-se taxas padronizadas de mortalidade para permitir a comparação tempo-espacial. Resultados: a recuperação de um número considerável de óbitos possibilitou obter uma maior acurácia na estimação das taxas de mortalidade em nível de microrregiões. Um aumento nas taxas de mortalidade foi observado no período. A modelagem de equações estruturais apresentou um modelo robusto com significância para alguns indicadores de condições de vida. As taxas foram mais elevadas em microrregiões com menor percentual de idosas analfabetas, menor percentual de idosas em situação de pobreza, menor razão de dependência e maior percentual de idosas residentes em domicílios com água encanada. Conclusões: os resultados apontaram uma tendência de aumento das mortes de idosas por câncer de mama na região, com níveis maiores nas microrregiões com melhores indicadores de condições de vida.


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Condições Sociais , Sub-Registro , Neoplasias da Mama/epidemiologia , Mortalidade , Fatores Socioeconômicos , Brasil , Atestado de Óbito , Registros de Mortalidade , Indicadores Básicos de Saúde
7.
Danlí, El Paraíso, Honduras; s.n; abr. 08, 2019. 92 p. ilus, tab, graf, mapas.
Tese em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1015435

RESUMO

OBJETIVO: Determinar la mortalidad y los años de vida potencialmente perdidos por muerte prematura en menores de cinco años del municipio de Danlí, El Paraíso, Honduras durante el año 2018. METODOLOGÍA: Estudio ecológico, descriptivo retrospectivo. Área de estudio: Muertes de menores a cinco años de edad en el municipio de Danlí. Universo: 100%(42) de las muertes menores de cinco años durante el año 2018. Unidad de análisis: muertes de menores a cinco años de edad del IVM-5 año 2018. Técnica: revisión documental RESULTADOS: El 52%(22) de las madres tenían edades entre 20 a 29 años, del 100% (42) de las muertes menores a 5 años, el 45%(19) tenían edades de 0-7 días de nacidos, 52% (22) fueron masculinos, el 91%(38) de las zona rural, Danlí presentó 8 casos, el 76% (32) murieron en el Hospital, 83%(35) tuvieron contacto con servicios de salud, la mayoría de los datos de las semanas gestacionales no estaban consignados, seguidas de la 38 con 6 casos, el 91%(38) nacieron institucionalmente, 45.2%(19) tuvieron peso normal, las principales causas directas de muerte fueron malformaciones y sepsis con 24% (10) respectivamente, los AVPMP las femeninas perdieron 1540 años de vida, menores a 1 años de edad presentaron un tasa de AVPMP 632.52873 por 1 mil habitantes, las enfermedades que más AVPMP generaron, fueron las malformaciones congénitas con el 757.5 AVPMP. CONCLUSIONES: La zona rural tuvo mayor número de casos de muertes de menores a 5 años de edad, además Danlí obtuvo la mayor proporción de casos. La mayoría tuvo contacto con el servicio de salud, con semana gestacional de 38, y peso normal. Las malformaciones y sepsis fueron las principales causas directas de muerte, con mayor esperanza de vida las femeninas. Los que más AVPMP perdieron fueron los menores a 1 años de edad, las enfermedades que más AVPMP fueron las malformaciones congénitas


Assuntos
Humanos , Criança , Mortalidade Infantil , Registros de Mortalidade , Mortalidade , Anos Potenciais de Vida Perdidos , Epidemiologia , Epidemiologia Descritiva , Estudos Retrospectivos , Estudos Ecológicos
8.
RECIIS (Online) ; 13(1): 158-171, jan.-mar. 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-987723

RESUMO

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que teve como objetivo analisar a qualidade da declaração da idade nos registros de óbito no Brasil, de 1996 a 2015. Foi realizada uma análise por 'idade simples' dos microdados de óbitos no Brasil no período mencionado. A preferência por dígitos terminais 0 e 5 foi avaliada usando o índice de Whipple (IW). Já a preferência pelos dígitos terminais de 0 a 9 foi expressa usando o método de Myers (IM). A qualidade dos dados de idade foi alta no período [IWtot = 0,55 ­ 0,83 (masculino) e 0,71 ­ 0,93 (feminino); IM = 0,388 ­ 1,004 (masculino) e 0,430 ­ 1,589 (feminino)]. A qualidade da informação foi mais satisfatória entre homens e não houve tendência significativa a uma melhora, sugerindo sua estabilidade durante os 20 anos analisados. Foi encontrada preferência pelo dígito terminal 0 (zero) principalmente entre mulheres. Concluiu-se que os dados de óbito no Brasil, com relação à idade, são satisfatórios, podendo ser utilizados em análises demográficas e epidemiológicas.


This article presents the results of a research aimed at analyzing the quality of the information about the age on the death registers in Brazil, from 1996 to 2015. An analysis was performed by simple age of the deaths microdata in Brazil for that period. The preference for the last digits 0 and 5 was evaluated using the Whipple index (IW), while the preference for the last digits from 0 to 9 was expressed using the Myers (IM) method. The quality of the age data was high in the period [IWTtot = 0.55 - 0.83 (male) and 0.71 - 0.93 (female); IM = 0.388 - 1.004 (male) and 0.430 ­ 1.589 (female)]. The quality of the information was more satisfactory among men, and there was not a significant trend in the improvement suggesting stable quality during the 20 years analyzed. The preference was given to the last digit 0, mainly among women. It was concluded that data from death registers in Brazil regarding the age are satisfactory and can be used in demographic and epidemiological analyses.


Este artículo presenta los resultados de una investigación que tuvo como objetivo analizar la calidad de la declaración de la edad en los registros de óbito en Brasil, desde 1996 hasta 2015. Se realizó el análisis por edad simple de los microdatos de óbitos en Brasil en el periodo mencionado. La preferencia por dígitos finales 0 y 5 fue evaluada usando el índice de Whipple (IW). La preferencia por los dígitos finales desde 0 hasta 9 fue expresada usando el método de Myers (IM). La calidad de los datos de edad fue alta en el período [(IWtot = 0,55 - 0,83 (masculino) y 0,71 - 0,93 (femenino), IM = 0,388 - 1,004 (masculino) y 0,430 - 1,589 (femenino)]. La calidad de la información fue más satisfactoria entre hombres y no hubo tendencia significativa en la mejora, sugiriendo estabilidad en la calidad en los 20 años analizados. Se encontró una preferencia por el dígito terminal 0 principalmente entre mujeres. Se concluye que los datos de óbito en Brasil con relación a la edad son satisfactorios y pueden ser utilizados en análisis demográficos y epidemiológicos.


Assuntos
Humanos , Demografia , Registros de Mortalidade , Indicadores Básicos de Saúde , Estudos Ecológicos , Brasil , Sistemas de Informação , Mortalidade , Informação
9.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(251): 2932-2936, abr.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-998888

RESUMO

O objetivo do estudo foi identificar a ocorrência de suicídios na Ilha de São Luís/MA, entre os anos de 2012 a 2016, de acordo com as variáveis sociodemográficas, as principais formas de concretização do ato suicida e caracterização do tipo do suicídio de acordo com a faixa etária. Tratou-se de uma pesquisa retrospectiva, descritiva e quantitativa, realizada no período de julho a agosto de 2016, através do levantamento de dados secundários da Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão. Observou-se um crescimento significante nas taxas de suicídios, com maior prevalência do sexo masculino (81,8%) e entre indivíduos de 12 a 35 anos (55,2%). O meio mais utilizado foi o enforcamento (41,2%), com maior predomínio no município de São Luís (83,0%). O suicídio é um problema de saúde pública que requer a implementação de medidas de prevenção diária com o objetivo de reconhecer os sinais e favorecer intervenções imediatas.(AU)


The aim of the study was to identify the occurrence of suicides in the Island of São Luís/MA, from 2012 to 2016, according to sociodemographic variables, the main forms of suicide act and characterization of the suicide type according to the age group. This was a retrospective, descriptive and quantitative study, carried out from July to August of 2016, through the collection of secondary data from the Health Department of the State of Maranhão. There was a significant increase in suicide rates, with a higher prevalence among males (81.8%) and among individuals aged 12-35 (55.2%). The most commonly used method was hanging (41.2%), with a higher prevalence in the municipality of São Luís (83.0%). Suicide is a public health problem that requires the implementation of daily prevention measures in order to recognize the signs and favor immediate interventions.(AU)


El objetivo del estudio fue identificar la ocurrencia de suicidios en la Isla de São Luís/MA, entre los años de 2012 a 2016, de acuerdo con las variables sociodemográficas, las principales formas de concreción del acto suicida y caracterización del tipo del suicidio de acuerdo con las variables sociodemográficas, el grupo de edad. Se trató de una investigación retrospectiva, descriptiva y cuantitativa, realizada en el período de julio a agosto de 2016, a través del levantamiento de datos secundarios de la Secretaría de Salud del Estado de Maranhão. Se observó un crecimiento significativo en las tasas de suicidios, con mayor prevalencia del sexo masculino (81,8%) y entre individuos de 12 a 35 años (55,2%). El medio más utilizado fue el ahorcamiento (41,2%), con mayor predominio en el municipio de São Luís (83,0%). El suicidio es un problema de salud pública que requiere la aplicación de medidas de prevención diaria con el objetivo de reconocer los signos y favorecer intervenciones inmediatas.(AU)


Assuntos
Humanos , Suicídio , Registros de Mortalidade , Epidemiologia , Fatores de Risco
10.
Rio de Janeiro; IPEA,; 2019. 160 p. graf.
Monografia em Português | LILACS, ECOS | ID: biblio-1054564

RESUMO

Este trabalho explora e analisa a base de dados do SIH/SUS ­ para tanto, foi desenvolvido em seis capítulos. O primeiro trata da base de dados do SIH e a sua utilização na literatura científica. O segundo versa acerca da análise longitudinal da disponibilidade dos dados do SIH. O terceiro apresenta os dicionários dinâmicos de dados elaborados ano a ano, incluindo o histórico, a evolução, a conceituação das variáveis existentes e também as mudanças estruturais ocorridas no período entre 2001 e 2018. O quarto capítulo, por sua vez, exibe as questões metodológicas envolvidas na utilização desta base de dados, bem como o cálculo de alguns indicadores que serão construídos e analisados. O quinto apresenta os resultados para os indicadores obtidos ­ nele também são feitas comparações de resultados a partir dos microdados da base do SIH, com as informações divulgadas via Tabnet, e do SIM, para efeito de avaliar a qualidade da informação disponibilizada nos microdados da base do SIH/SUS. Por fim, no último capítulo, são expostas as conclusões obtidas a respeito da base de dados do SIH.


Assuntos
Administração Hospitalar , Base de Dados , Registros de Mortalidade , Sistema Único de Saúde , Sistemas de Informação Hospitalar
11.
Rev. bras. estud. popul ; 36: e0074, 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1013572

RESUMO

A preocupação com a mortalidade por acidentes de trânsito tem crescido em todo o mundo, sendo um importante problema de saúde pública e a principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos de idade (WHO, 2015). No Brasil, em 2016, aproximadamente 37 mil pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito, das quais 6.400 (17%) vieram a óbito após ocorrências em rodovias federais. Tendo em vista a relevância dessas mortes, o objetivo do presente artigo é identificar os fatores associados à letalidade dos acidentes de trânsito nas rodovias federais brasileiras em 2016, considerando, além das características das vítimas, informações sobre o contexto de ocorrência desses eventos. Para tal finalidade, foi utilizado um modelo binomial de regressão logística. Os resultados indicam que, em média, as chances de um acidente de trânsito ser letal aumentam para indivíduos do sexo masculino, pedestres, com ocorrências na região Nordeste, aos domingos, durante a madrugada, nas curvas, nas áreas rurais e para vítimas com idades mais elevadas.


Traffic accident mortality is a growing concern worldwide, recognized as a major public health problem and the leading cause of death among 15- to 29-year-olds (WHO, 2015).. In Brazil, in 2016, approximately 37 thousand people died as result of traffic accidents, 6,400 (17%) of which took place in federal highways. Given the importance of these deaths, the aim of this article is to identify factors associated with the lethality of traffic accidents on Brazilian federal highways in 2016, considering not only the characteristics of the victims, but also the context of the occurrence of such accidents. To that end, a binomial logistic regression model was used. Results obtained from the statistical model showed that, on average, the chances of a traffic accident being fatal are higher for males, pedestrians, occurrences in the Northeast region, during Sundays, at dawn, in curves and rural areas, and become even higher for older victims.


La preocupación por la mortalidad por accidentes de tránsito ha aumentado en el mundo, en tanto es un importante problema de salud pública y la principal causa de muerte entre jóvenes de entre 15 y 29 años de edad (WHO, 2015). En Brasil, en 2016, aproximadamente 37.000 personas murieron a consecuencia de accidentes de tránsito, de las cuales 6400 (17%) fallecieron después de accidentes en carreteras federales. Teniendo en cuenta la importancia de esas muertes, el objetivo de este artículo es identificar factores asociados a la letalidad de los accidentes de tránsito en las carreteras federales brasileñas en 2016 considerando, además de las características de las víctimas, información acerca del contexto en que se produjeron estos eventos. Para ello se utilizó un modelo binomial de regresión logística. Los resultados indican que, en la media, las posibilidades de que un accidente de tránsito sea letal aumentan para hombres, peatones, ocurrencias en la región Noreste, en los domingos, por la madrugada, en las curvas, en áreas rurales y para víctimas de edades más avanzadas.


Assuntos
Estradas , Brasil , Acidentes de Trânsito/estatística & dados numéricos , Análise de Regressão , Mortalidade , Demografia , Registros de Mortalidade , Distribuição por Idade e Sexo
12.
Rev. APS ; 21(4): 590-607, 20181001.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1102599

RESUMO

Introdução: As doenças do aparelho circulatório (DAC) são responsáveis por 30% das mortes no Brasil, além de gerar incapacidades e altos custos. Apesar disso, pouco se sabe sobre a relação entre a mortalidade por DAC e as condições de vida e assistência à saúde nos municípios brasileiros, especialmente em contextos regionais. Objetivo: Investigar a associação de variáveis de saúde e sociodemográficas com a mortalidade por DAC, em Minas Gerais (MG). Método: Estudo ecológico, a partir de dados secundários, tendo como unidade de análise 418 municípios de MG. A variável dependente foi a taxa de mortalidade por DAC e as variáveis de desfecho foram 32 indicadores de serviços de saúde e 22 indicadores demográficos e socioeconômicos. Realizou-se a análise bivariada dos dados, através do coeficiente de correlação de Pearson, seguida da análise fatorial e, por fim, da regressão linear múltipla. Resultados: As DAC ocasionaram 30,9% da mortalidade total nos municípios analisados, observando-se associação positiva com número de consultórios de clínica básica, população urbana e internações por DAC no SUS; e negativa com valor médio por internação e despesa total com profissionais da saúde. Conclusão: Frente ao elevado número de municípios com pequena estrutura assistencial em MG, as ações de promoção à saúde e prevenção parecem ser as mais adequadas visando à redução das taxas de mortalidade por DAC. Também com este objetivo, os casos mais graves e as complicações devem ser manejados em centros de referência, contando com recursos materiais e profissionais adequados.


Introduction: Circulatory system diseases (CSD) are responsible for 30% of deaths in Brazil, as well as causing disabilities and high costs. Despite that, little is known about the relation between the mortality from CSD and the conditions of life and health care in Brazilian municipalities, especially in regional contexts. Objective: To investigate the association of health and sociodemographic variables with CSD mortality in Minas Gerais (MG). Methodology: Ecological study in which secondary data of 418 municipalities of MG were analyzed. The dependent variable was the mortality rate from CSD and the outcome variables consisted of 32 health services indicators and 22 demographic and socioeconomic indicators. A bivariate analysis of the data was performed by means of the Pearson's correlation coefficient, followed by factorial analysis, and finally, multiple linear regression. Results: CSD caused 30.9% of total mortality among the municipalities analyzed and were found to be positively associated with the number of general medicine clinics, urban population, and hospitalizations due to CSD. A negative association was observed with the average cost of hospitalizations and the total expenses with health professionals. Conclusion: In view of the high number of municipalities in MG having a scarce health care structure, actions aimed at promoting health and preventing disease appear to meet the most appropriate conditions for the reduction of CSD mortality rates. With this same purpose, the more severe cases and complications of CSD must be managed in reference centers, which dispose of adequate material and professional resources.


Assuntos
Doenças Cardiovasculares , Registros de Mortalidade , Política Pública , Doenças Cardiovasculares/prevenção & controle , Assistência à Saúde , Disparidades nos Níveis de Saúde
13.
Tegucigalpa; s.n; abr. 10, 2018. 53 p. ilus, tab, graf.
Tese em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1048257

RESUMO

Investigación descriptiva retrospectiva con 99 casos registrados como evento suicida del Distrito Central (Tegucigalpa y Comayagüela), siendo todas aquellas personas que fueron registrados por el Instituto de Ciencias Forenses y que ocurrieron en el periodo de enero del 2015 a junio 2017. La edad media fue de 43 años, la moda de la edad de suicidio fue de 18 años, la edad mínima de 12 años y la máxima de 80 años, 26 de sexo femenino y 73 del sexo masculino para un total de 99 muertes registradas, el sexo masculino represento el 74%, los solteros el 64%; el 42% con educación primaria y predominantemente estudiantes. El lazo fue el instrumento de mayor uso en ambos sexos y Comayagüela fue la ciudad con mayor número de casos. El mayor número de eventos se presentó en el grupo de edad 12- 22 años, seguidamente de 23 -32 años, el sexo masculino, los solteros, y los de una escolaridad primaria completa, estudiantes. El instrumento utilizado para cometer el acto suicida fue el lazo, el lugar de mayor frecuencia fue Comayagüela. El comportamiento estadístico del periodo estudiado demostró que existió un patrón de descenso en relación a periodos anteriores


Assuntos
Humanos , Suicídio , Registros de Mortalidade , Saúde Mental , Saúde Pública , Epidemiologia Descritiva , Estudos Retrospectivos
14.
La Habana; Organización Panamericana de la Salud;Fondo de Población de las Naciones Unidas;El Fondo de las Naciones Unidas para la infancia; 2018. 191 p. ilus.
Monografia em Espanhol | LILACS | ID: biblio-972198

RESUMO

Presenta el Anuario Estadístico de Salud, en su 46 edición, con información actualizada hasta el año 2017. En este recurso de información podrá encontrar 167 cuadros numerados, rotulados según orden de aparición, agrupados por capítulos y contenidos, para su identificación y uso referencial; estos contienen indicadores según las variables edad, sexo y provincia de residencia, causas de enfermedad y muerte, tipología de recursos, de servicios y categorías establecidas en la actividad de la formación de recursos humanos en el sector, fundamentalmente...


Assuntos
Humanos , Estatísticas de Saúde , Anuários Estatísticos , Indicadores Básicos de Saúde , Morbidade , Registros de Mortalidade
15.
Epidemiol. serv. saúde ; 27(4): e2018058, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-975193

RESUMO

Objetivo: descrever a melhoria da qualidade do registro da causa básica de morte por causas externas após realização do relacionamento de dados dos setores Saúde, Segurança Pública e imprensa no estado do Rio de Janeiro, Brasil, em 2014. Métodos: relacionamento determinístico de dados de óbitos por causas externas de intenção indeterminada e naturais por causa indeterminada do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), Instituto Médico Legal, Polícia Civil, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e imprensa. Resultados: dos 13.916 óbitos por causas externas, os óbitos por causas de intenção indeterminada foram reduzida de 5.836 (41,9%) para 958 (6,9%); das 2.069 causas naturais indeterminadas, 222 (10,7%) foram reclassificadas para causas externas; houve aumento na mortalidade por acidentes de transporte (93,0%), agressões (71,6%), intervenção legal (744,7%), lesões autoinfligidas (112%) e outros acidentes (29,9%). Conclusão: houve melhoria da qualidade da informação por tipo de causa básica por causas externas, mediante estratégia que pode ser reproduzida por outros serviços.


Objetivo: describir la mejora de la calidad de la causa básica de muerte por causas externas luego del registro de la relación de datos de los sectores Salud, Seguridad Pública y Prensa en el estado de Rio de Janeiro, Brasil, en 2014. Métodos: relación determinista de datos de muertes por causas externas de intención indeterminada y naturales por causas indeterminadas del Sistema de Informaciones sobre Mortalidad (SIM), Instituto Médico Legal, Policía Civil, Servicio Móvil de Urgencia (SAMU) y prensa. Resultados: de las 13.916 muertes por causas externas de intención indeterminada disminuyeron de 5.836 (41,9%) a 958 (6,9%); de las 2.069 causas naturales indeterminadas, 222 (10,7%) se reclasificaron para causas externas; hubo aumento en la mortalidad por accidentes de transporte (93,0%), agresiones (71,6%), intervención legal (744,7%), lesiones auto infligidas (112%) y otros accidentes (29,9%). Conclusión: se ha mejorado la calidad de la información por tipo de causa básica por causas externas, con estrategia utilizable por otros servicios.


Objective: to describe improvement of the quality of data on the underlying cause of death from external causes, after performing Health, Public Security and Press sector database linkage in the State of Rio de Janeiro, Brazil, 2014. Methods: deterministic data linkage on deaths from external causes of undetermined intent and deaths from undetermined natural causes held on the Mortality Information System (SIM), Forensic Institute, Civil Police, Urgent Mobile Care Service (SAMU) and press databases. Results: of the 13,916 deaths from external causes, deaths from causes of undetermined intent were reduced from 5,836 (41.9%) to 958 (6.9%); while 222 (10.7%) of the 2,069 deaths from undetermined natural causes were reclassified to external causes; there was an increase in mortality due to traffic accidents (93.0%), assault (71.6%), legal intervention (744.7%), intentional self-harm (112%) and other accidents (29.9%). Conclusion: there was an improvement in the quality of the information by type of underlying cause of death from external causes, using a strategy that can be reproduced by other services.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Controle de Qualidade , Sistemas de Informação , Causa Básica de Morte , Registros de Mortalidade , Causas Externas , Epidemiologia Descritiva
16.
Epidemiol. serv. saúde ; 27(2): e2017160, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-953392

RESUMO

Objetivo: descrever o processo de gestão de integração de múltiplas bases de dados de acidentes de trânsito aplicado em cinco capitais piloto do Projeto Vida no Trânsito (PVT). Métodos: estudo descritivo que apresenta o processo de integração de dados de acidentes de trânsito, do ano de 2012, de múltiplas instituições, pareados com o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e o Sistema de Informações Hospitalares (SIH). Resultados: integração de dados de múltiplas instituições, criação de uma lista única de vítimas de trânsito e reclassificação de acidentes como graves ou fatais. Houve um incremento médio de 87,0% em relação ao total de vítimas contabilizadas antes da utilização do processo. Conclusão: os resultados sugerem que o Processo de Integração de Dados (PID) fornece bons resultados e pode ser adotado por outras cidades que necessitam de informações confiáveis sobre acidentes de trânsito para subsidiar o planejamento, monitoramento e avaliação das ações de segurança viária.


Objetivo: describir el proceso de gestión de integración de múltiples bases de datos de accidentes de tránsito aplicado en cinco capitales piloto del Proyecto Vida en el Tráfico. Metodología: estudio descriptivo utilizando datos de las capitales, referentes al ano de 2012, y pareadas con datos del Sistema de Información de Mortalidad y Sistema de Información Hospitalaria. Resultados: integración de datos de múltiples instituciones, creación de una lista única de víctimas de tránsito y reclasificación de accidentes como graves o fatales. También hubo un incremento medio del 87% en relación al número total de víctimas contabilizadas antes de la utilización del proceso. Conclusión: los resultados sugieren que el Proceso de Integración de Datos proporciona buenos resultados y puede ser adoptado por otras ciudades que necesitan información confiable sobre accidentes de tránsito para subsidiar la planificación, monitoreo y evaluación de las acciones de seguridad vial.


Objective: to describe the management process for multiple traffic accident database integration applied in five state capital cities piloting the Life in the Traffic. Methods: This is a descriptive study presenting the integration of traffic accident data for the year 2012 provided by multiple institutions and linked with data from the Mortality Information System Information and the Hospital Information System. Results: integration of data from multiple institutions, creation of a single list of traffic accident victims and reclassification of accidents as serious or fatal. There was also an average increase of 87% in relation to the total number of victims counted before the use of the integration process. Conclusion: the results suggest that the Data Integration Process provides good results and can be adopted by other cities that need reliable information about traffic accidents to inform the planning, monitoring and evaluation of road safety actions.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Sistemas de Informação , Acidentes de Trânsito , Armazenamento e Recuperação da Informação , Gestão da Informação , Registros de Mortalidade
17.
Epidemiol. serv. saúde ; 27(3): e2017139, 2018. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-953402

RESUMO

Objetivo: analisar o efeito da idade, período e coorte de nascimento (APC) na mortalidade por doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) nos municípios de Porto Alegre, RS, e Rio de Janeiro, RJ, Brasil, entre 1980 e 2014. Métodos: estudo de séries temporais com dados corrigidos do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM); o efeito APC foi estimado por regressão de Poisson, em relação à coorte de 1935. Resultados: o risco relativo (RR) de morte por DPOC para os homens foi decrescente na coorte de nascimento mais recente (1970-1974), em Porto Alegre (RR=0,39; IC95% 0,32;0,48) e no Rio de Janeiro (RR=0,42; IC95% 0,38;0,48); para mulheres, no Rio de Janeiro observou-se aumento do risco relativo para as coortes mais recentes (RR=1,41; IC95% 1,20;1,67). Conclusão: entre os homens, houve a diminuição do risco por morte por DPOC, enquanto para as mulheres houve aumento do risco no Rio de Janeiro.


Objetivo: analizar el efecto de la edad período y cohorte de nacimiento (EPOC) en las ciudades de Porto Alegre, RS, y Río de Janeiro, RJ, Brasil, entre 1980 y 2014. Métodos: estudio de series temporales con datos corregidos del Sistema de Informaciones sobre Mortalidad (SIM); el efecto APC fue estimado por regresión de Poisson, en relación a la cohorte de 1935. Resultados: el riesgo relativo (RR) de muerte para los hombres por EPOC fue disminuyendo en la cohorte de nacimiento más reciente (1970-1974), en Porto Alegre (RR=0,39; IC95% 0,32;0,48) y Rio de Janeiro (RR=0,42; IC95% 0,38;0,48); para las mujeres, en Río de Janeiro hubo un aumento del riesgo de muerte por EPOC para las cohortes más recientes (RR=1,41; IC95% 1,20;1,67). Conclusión: entre los hombres, hubo reducción del riesgo de muerte por EPOC, mientras que entre las mujeres de Rio de Janeiro hubo un aumento del riesgo.


Objective: to analyze age-period-cohort (APC) effects on mortality from chronic obstructive pulmonary disease (COPD) in the municipalities of Porto Alegre, RS, and Rio de Janeiro, RJ, Brazil, between 1980 and 2014. Methods: this was a time series study using corrected Mortality Information System (SIM) data; APC effects were estimated by Poisson regression, in relation to the 1935 cohort. Results: relative risk (RR) of death due to COPD for males decreased in the most recent birth cohort (1970-1974) in Porto Alegre (RR=0.39; 95%CI 0.32;0.48) and Rio de Janeiro (RR=0.42; 95%CI 0.38;0.48); while among women an increase in risk of death due to COPD was observed in Rio de Janeiro in more recent cohorts (RR=1.41; 95%CI 1.20;1.67). Conclusion: risk of death due to COPD decreased among men, while risk among women in Rio de Janeiro increased.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Registros de Mortalidade , Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica/mortalidade , Estudos de Séries Temporais
18.
Rio de Janeiro; s.n; ilus; 2018. xi, 82 p. ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1052795

RESUMO

A esporotricose é uma micose subcutânea de distribuição global e, em geral, os pacientes são tratados ambulatorialmente. Fora do Brasil, o maior surto relatado na literatura ocorreu na África do Sul, acometendo mais de 3.000 indivíduos, com 5 casos graves. No Brasil, os relatos e séries de casos concentram-se nas regiões sul e sudeste. Desde o final da década de 1990, é observado um aumento nos casos dessa doença no estado do Rio de Janeiro, principalmente por transmissão zoonótica envolvendo gatos infectados, além de incremento constante da coinfecção com o HIV, com aumento das hospitalizações e dos óbitos. O Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), centro de referência no diagnóstico, tratamento e pesquisa desta micose, tem funcionado como unidade sentinela no acompanhamento e combate à progressão da hiperendemia. Este estudo avaliou dados de 25 anos, de bancos de dados do Sistema Único de Saúde (SUS) e prontuários do INI. Foram estudadas 782 hospitalizações do Brasil, entre 1992 e 2015, e 65 óbitos, entre 1991 e 2015. Em 6,0% das hospitalizações e 40,0% dos óbitos, o HIV estava associado. No estado do Rio de Janeiro, ocorreram 250 hospitalizações e 36 óbitos


Observou-se um aumento progressivo no número de hospitalizações e óbitos em todo o país, de forma mais expressiva no estado do Rio de Janeiro. Destacaram-se pelo número de hospitalizações, além do Rio de Janeiro, os estados de São Paulo e Goiás, este último sem relatos na literatura de surtos ou áreas hiperendêmicas de esporotricose humana. O INI foi responsável pelo diagnóstico de 4.517 pacientes nesse período, 75 foram hospitalizados 118 vezes e 11 evoluíram a óbito. Eram coinfectados pelo HIV, 38,7% dos hospitalizados e 54,5% dos que evoluíram a óbito. A razão de chances de um paciente coinfectado em relação a um não coinfectado no INI ser hospitalizado foi igual a 66 e de morrer foi 81,9. Além disso, observou-se aumento no número de casos notificados no estado do Rio de Janeiro, chegando a 7.897. Ocorreu expansão da doença ao longo dos anos estudados além do "cinturão" previamente descrito, principalmente para a zona oeste da capital, Baixada Fluminense e espalhamento da micose para o restante do estado. Os homens, não brancos, com baixa renda familiar e baixa escolaridade foram os mais frequentes entre os hospitalizados e óbitos. Conclui-se que a esporotricose é causa de hospitalizações e óbitos em todo o território nacional e, no Rio de Janeiro, permanece em expansão, sendo observada uma população mais vulnerável que vem sendo exposta ao fungo, levando ao aumento da morbimortalidade. (AU)


Assuntos
Humanos , Esporotricose , Demografia , Registros de Mortalidade , HIV , Hospitalização
19.
Rev. Ciênc. Plur ; 4(2): 115-127, 2018. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-980222

RESUMO

Introdução:Considerada um indicador da condição de vida e saúde da população, a mortalidade neonatal, responsável por 60% a 70% dos óbitos infantis nas últimas décadas ocorrem principalmente até o 6º dia de vida.Objetivo:Analisar o perfil epidemiológico da mortalidade neonatal no estado do Rio Grande do Norte numa série histórica de 2005 a 2014.Métodos:Estudo de série temporal e descritiva, com abordagem quantitativa baseado em dados secundários extraídos dos arquivos da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte na 5ª Unidade Regional de Saúde Pública, sendo alguns dados complementares obtidos através do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) e Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC) do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS).Resultados:Os resultados demonstraram queda de 168 óbitos neonatais quando se compara o primeiro e o último ano avaliados. A média do coeficiente de mortalidade neonatal precoce e tardia diminuiu de 8,85 para 8,22, porém, ainda observa-se que neonatos do sexo masculino e de baixo peso tiveram aumento considerado chegando a 74,30% no último ano. Foram analisadas variáveis maternas e obstétricas onde se constatou que o número de óbitos neonatais de nascidos via cesariana veio crescendo principalmente entre mulheres mais jovens e de baixa instrução.Conclusão:Faz-se necessário um melhor acompanhamento e atenção dos gestores e serviços de saúde do Rio Grande do Norte, considerando os agravos epidemiológicos, bem como os outros fatores sociodemográficos inerentes ao processo saúde-doença dessa população, com vistas a promover uma redução significativa da mortalidade neonatal (AU).


Introduction: Considered an indicator of the condition of life and health of the population, neonatal mortality, responsible for 60% to 70% of infant deaths in the last decades mainly occurring up to the 6th day of life.Objective:To analyze the epidemiological profile of neonatal mortality in the state of Rio Grande do Norte in a historical series from 2005 to 2014.Methods: A descriptive and temporal series study with a quantitative approach based on secondary data extracted from the archives of the Health Department of Rio Grande do Norte in the 5th Regional Public Health Unit, some complementary data obtained through the Mortality Information System (SIM) and Information System on Live Births (SINASC) of the Department of Informatics of the Unified Health System (DATASUS). Results: The results showed a decrease of 168 neonatal deathswhen the first and last year evaluated. The mean coefficient of early and late neonatal mortality decreased from 8.85 to 8.22; however, it is still observed that male and low birth weight infants had a considered increase reaching 74.30% in the last year.Maternal and obstetric variables were analyzed in which it was found that the number of neonatal deaths of those born via cesarean section increased mainly among younger and less educated women.Conclusion:It is necessary to better follow-up and care of health managers and services in Rio Grande do Norte, considering the epidemiological problems, as well as the other sociodemographic factors inherent in the health-disease process of this population, with a view to promoting a significant reduction of mortality neonatal (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Perfil de Saúde , Brasil , Mortalidade Infantil , Saúde da Criança , Inquéritos Epidemiológicos , Sistemas de Informação em Saúde , Registros de Mortalidade , Interpretação Estatística de Dados , Bases de Dados Estatísticos , Estudos Ecológicos
20.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 21(3): [147]-[153], set-dez. 2017. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-879595

RESUMO

Objetivou-se identificar o perfil dos óbitos por tuberculose pulmonar em um município do nordeste brasileiro durante o período de 2005-2014. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, documental, com abordagem quantitativa, realizado por meio do Sistema de Informação sobre Mortalidade na qual a amostra foi composta por 37 óbitos cuja causa básica foi por tuberculose pulmonar. O tratamento dos dados se deu por meio de estatística descritiva simples. Houve prevalência de óbitos com idade média de 60 anos, predomínio da forma pulmonar, sem menção de confirmação bacteriológica ou histológica (81,0%), sexo masculino (65,0%), raça/cor parda (67,0%), estado civil solteiro (51,0%), parcela predominante apresentou ensino médio completo (32,0%) e aposentados (32,0%). Observou-se ainda que a maioria dos óbitos ocorreu no hospital (73,0%), com assistência médica antes do óbito (76,0%), sendo a maior parcela atestada por médico assistente (38,0%) e a maioria absoluta dos óbitos (94,0%) não foi submetida à necropsia. A presente investigação revelou o perfil de uma população fatalmente atingida pela tuberculose pulmonar, evidenciando aspectos epidemiológicos importantes a serem considerados em termos de gestão e organização dos serviços de saúde para a equidade no acesso, desenvolvimento social e intensificação das ações de controle da doença.


The purpose of this study was to identify the profile of pulmonary tuberculosis deaths in a city in the Brazilian Northeast during the period from 2005 to 2014. This is a descriptive, exploratory, documental study with a quantitative approach carried out through the Mortality Information System considering a sample of 37 deaths caused by pulmonary tuberculosis. Data were processed using simple descriptive statistics. Z prevalence of deaths with a mean age of 60 years old was observed, with predominance of the pulmonary form, with no mention of bacteriological or histological confirmation (81.0%), males (65.0%), mixed race/color (67.0%), single (51.0%), and a predominant part had a high school education (32.0%) and were retired (32. 0%). It was also observed that most deaths occurred in hospital (73.0%), with medical assistance before death (76.0%), and the largest portion was assisted by an attending physician (38.0%) and the absolute majority of deaths (94.0%) were not submitted to necropsy. This investigation revealed the profile of a population fatally affected by pulmonary tuberculosis, evidencing important epidemiological aspects to be considered in terms of health service management and organization in order to provide equity in access, social development and intensification of disease control actions.


Assuntos
Sistemas de Informação em Saúde , Registros de Mortalidade , Tuberculose Pulmonar , Causa Básica de Morte
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA