Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Neotrop. ichthyol ; 8(1): 155-162, Jan.-Mar. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-551168

RESUMO

The study considered the influence of the hydrological cycle and gonadal development on the accumulation and use of energy in three fish species from an Amazonian flooded area. Fishes were sampled over a 24 hour period at monthly intervals between July 2004 and June 2005 using gillnets of different mesh sizes. Body cavity fat and gonadosomatic indices were determined, as well as energy content of gonads and muscles. Amongst the studied species, different means of energy allocation for reproduction were found: Acestrorhynchus falcirostris allocate energy from body cavity fat to its gonads; Pygocentrus nattereri uses mainly energy accumulated in the muscles for the process of gonadal maturation; and Hoplosternum littorale uses energy accumulated in their muscles and body cavity fat for reproductive processes. It is quite clear that the flood pulse regulates the gain and use of the energy reserves in fishes from the Amazonian floodplain.


O presente estudo considerou a influência do ciclo hidrológico e maturação gonadal no acúmulo e utilização da energia em três espécies de peixes, numa área de planície de inundação amazônica. As amostras foram obtidas mensalmente durante o período de julho de 2004 a junho de 2005, utilizando redes de emalhar com vários tamanhos de malhas, durante 24 horas. O índice de gordura cavitária, índice gonadossomático, e teor energético dos músculos e gônadas foram analisados. Dentre as espécies analisadas, foram detectados diferentes padrões de alocação de energia: Acestrorhynchus falcirostris aloca energia das reservas de gordura cavitária para as gônadas; Pygocentrus nattereri utiliza energia dos músculos para este fim e Hoplosternum littorale, além da gordura cavitária, utiliza também energia acumulada nos músculos para realização dos processos reprodutivos. Ficou evidente que o pulso de inundação exerce forte influência no acúmulo e utilização das reservas energéticas dos peixes da planície de inundação amazônica.


Assuntos
Animais , Efeitos do Clima , Peixes , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição , Desenvolvimento Sexual , Cheia , Estado Nutricional
2.
Neotrop. ichthyol ; 8(1): 145-154, Jan.-Mar. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-551172

RESUMO

The objective of this study is to verify the existence of a seasonal pattern of variation in the fish assemblages of a tropical river using taxonomic and functional descriptors. Fish were sampled using gillnets at two sites on the Comté River, a large-sized river 254.8 km long, flowing entirely through rainforest areas of French Guiana. Samplings were conducted every other month from August 1998 to July 2000. Four types of fish assemblage descriptors were used: the species descriptor (number of individual fish of each species in the sample); the family descriptor (number of individual fish of each family in the sample); the trophic descriptor (distribution of the fish biomass in each feeding guild) and the specific maximum observed size - MOS (number of individual fish in each of four classes of MOS: < 100 mm; 101-200 mm; 201-300 mm; > 300 mm). Results point out that changes in the fish assemblage are related to water level oscillations. The role of migration seems to be weak and is limited to trophic displacements characteristic of few species. In the low-water season, characterized by weak water level oscillation, fish species and families belonging to piscivorous or aquatic invertivorous guilds were predominant, whereas in the high-water season the environment is submitted to strong variations caused by fast and large water level oscillations, and the fish assemblage was characterized by species or families with an opportunistic omnivorous diet.


O objetivo deste estudo é verificar a existência de um padrão sazonal da variabilidade das assembleias de peixes de um rio tropical utilizando descritores taxonômicos e funcionais. Os peixes foram amostrados em duas estações localizadas ao longo dos 254,8 km do rio Comté, o qual drena regiões de floresta úmida da Guiana Francesa. As amostragens foram realizadas bimensalmente de agosto de 1998 a julho de 2000 utilizando-se redes de espera. Quatro tipos de descritores da assembleia de peixes foram utilizados: espécies (número de indivíduos de cada espécie na amostra); família (número de indivíduos de cada família na amostra); trófico (distribuição da biomassa de peixes de cada grupo trófico presente na amostra) e o tamanho máximo observado - TMO (número de indivíduos em cada uma das quatro classes de TMO: < 100 mm; 101-200 mm; 201-300 mm; > 300 mm). Os resultados indicam que as mudanças na assembleia de peixes estão relacionadas à oscilação sazonal do nível da água. O papel desempenhado pelas migrações parece fraco e é limitado a deslocamentos tróficos característicos de determinadas espécies. No período da seca, caracterizado por uma fraca oscilação do nível da água, as espécies e famílias predominantes são piscívoras ou invertívoras aquáticas, enquanto que no período da chuva, o ambiente é submetido a fortes mudanças, provocadas por rápidas e amplas oscilações do nível da água, onde as espécies ou famílias características são omnívoras.


Assuntos
Animais , Fauna Aquática , Peixes , Características de Residência , Biodiversidade , Alteração Ambiental , Cheia
3.
Neotrop. ichthyol ; 6(4): 599-612, Oct.-Dec. 2008. ilus, graf, mapas
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-507786

RESUMO

The discus fishes of the genus Symphysodon are popular ornamental cichlids that occur in floodplain lakes and flooded forests of the lowland Amazon Basin. These habitats are characterized by extreme seasonal fluctuations in the availability of food, shelter and dissolved oxygen, and also the densities of predators and parasites. Most aspects of discus biology are influenced by these fluctuating conditions. This paper reports an autoecological study of the western Amazonian discus S. haraldi (until recently classified as S. aequifasciatus). This species feeds predominantly on algal periphyton, fine organic detritus, plant matter, and small aquatic invertebrates. At high water it forages alone or in small groups in flooded forests. At low water it forms large aggregations in fallen tree crowns along lake margins. Breeding occurs at the beginning of the flood season, ensuring that the progeny are well grown before the next low water period. Symphysodon haraldi is an iteroparous partial spawner, reaches reproductive maturity within a year, and undertakes parental care of its eggs and larvae. The timing of spawning events, and/or the rate of brood survival, may be influenced by fluctuations in the flood level, resulting in a non-unimodal distribution of size classes for the subsequent 1+ cohort.


Os acarás-disco do gênero Symphysodon são peixes ornamentais comumente encontrados em lagos e florestas alagadas das planícies inundadas da Amazônia. Estes habitats são caracterizados por uma variação sazonal extrema na disponibilidade de alimento, abrigo e oxigênio dissolvido, e também pela densidade de predadores e parasitas. A maioria dos aspectos da biologia do acará-disco são influenciados por esta variabilidade de condições sazonais. Este artigo apresenta um estudo autoecológico de S. haraldi (até recentemente classificado como S. aequifasciatus) da Amazônia Ocidental. Os acarás-disco alimentam-se predominantemente de perifiton, detritos orgânico, material vegetal, e invertebratos aquáticos pequenos. Durante a estação da 'cheia' eles forrageiam sozinhos ou em pequenos grupos dentro das florestas alagadas. Porém, na estação da 'seca' eles formam grandes cardumes nas coroas de árvores caídas ao longo das margens de lagos. A reprodução ocorre no início do período das enchentes, assegurando que a prole esteja bem crescida antes da próxima seca. Os acarás-disco são iteróparos, executam desova parcial, alcançam a maturidade reprodutiva em um ano, e executam cuidado parental dos ovos e alevinos. O início da desova, e a taxa de sobrevivência da prole podem ser influenciados pelas flutuações do nível da água, resultando em distribuições não-unimodais das classes de tamanho do subsequente '1+ cohort'.


Assuntos
Animais , Ecologia , Peixes , Cheia , Reprodução
4.
Neotrop. ichthyol ; 4(4): 427-433, Oct.-Dec. 2006. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-458113

RESUMO

In the Neotropics, a large proportion of fish communities of large rivers use floodplain as habitats for feeding, reproduction, and refuge. An evaluation was made of the effects of extended dry periods on the species richness, abundance and local extinction of fish species in three marginal lagoons in the middle São Francisco River, southeastern Brazil. The studied lagoons fail to receive river floods during the study period (1994-1996). A gradual reduction in richness and abundance was observed in all lagoons. Migratory fish species had the highest probability to become extinct in the two lagoons that remained with large water volume. Species tolerant to low levels of dissolved oxygen had the lowest probability of local extinction in the lagoon showing an abrupt reduction in water volume. Similar changes to those observed in the current study are likely to occur in the floodplains if dams would be constructed in this segment of the river. Adequate water releases from Três Marias reservoir, located upstream, should be considered as a management tool for producing episodic flooding on the marginal lagoons of the region.


Na região neotropical uma grande porção da comunidade de peixes utiliza a planície de inundação como habitat de alimentação, reprodução e refúgio. Neste trabalho, foi avaliado o efeito de um período de seca prolongado sobre a diversidade, abundância e extinção local de peixes de três lagoas marginais do médio curso do rio São Francisco. As lagoas estudadas não receberam água proveniente da cheia do rio durante o período de estudos (1994-1996). Redução gradual na abundância e riqueza de peixes foi abservada em todas as lagoas. Nas lagoas que permaneceram com grande volume de água, espécies migradoras foram as que apresentaram maior probabilidade de extinção. Já na lagoa que apresentou abrupta redução no volume de água, espécies tolerantes a baixos níveis de oxigênio dissolvido apresentaram menor probabilidade de extinção local. Caso barragens venham a ser construídas no médio curso do rio São Francisco, mudanças similares às observadas neste estudo poderão ocorrer com maior freqüência na sua planície de inundação. Vertimentos controlados através do reservatório de Três Marias, localizado a montante, devem ser avaliados como ferramenta de manejo para produzir inundações periódicas nas lagoas marginais da região.


Assuntos
Biodiversidade , Espécies em Perigo de Extinção/análise , Peixes , Cheia , Inundações , Ecossistema/análise , Reprodução/fisiologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA