Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 11 de 11
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Base de dados
Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Pesqui. vet. bras ; 38(7): 1412-1422, July 2018. tab, graf, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-976462

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar a utilização de dreno de sucção fechado em feridas cirúrgicas de mastectomias unilaterais totais em cadelas. Foram utilizadas 18 cadelas com peso médio de 14,87±9,29kg, idade média 9,34±2,68 anos, provenientes da rotina hospitalar, as quais foram selecionadas por meio de avaliação clínica e oncológica. Os animais foram alocados em dois grupos: Convencional (GC, n=9) que foram submetidas à cirurgia de mastectomia unilateral total, sem colocação de dreno e grupo Dreno (GD, n=9) que foram submetidas à mastectomia unilateral total com colocação do dreno de sucção fechado (Biovácuo?), sendo o diâmetro do dreno determinado conforme peso do animal. Foram realizadas cinco avaliações durante o período pós-operatório: avaliação clínica diária dos animais através da frequência cardíaca (FC), frequência respiratória (f), temperatura retal (TR), coloração de mucosas, tempo de preenchimento capilar (TPC), grau de desidratação, hemograma, perfil bioquímico (ureia, creatinina, colesterol, triglicérides e glicose); avaliação qualitativa do dreno; avaliação qualitativa da ferida cirúrgica, sendo esta também realizada em 14 e 30 dias quanto à presença ou não de exsudato, edema, integridade da pele, deiscência, necrose e fibrose cicatricial; avaliação quantitativa do fluido drenado e avaliação qualitativa do fluido drenado, quanto à celularidade, tipo e morfologia celular. Houve aumento dos valores médios de densidade, neutrófilos, linfócitos, e aumento do valor de mediana de fibrinogênio do fluido drenado em 72 horas em relação às 24 horas no grupo GD. Ocorreu aumento do exsudato em 24, 48 e 72 horas no GD quando comparado ao GC. Houve aumento do volume de fluido drenado em 60 e 72 horas em relação às 12 horas no grupo GD. Houve redução do valor médio de eritrócitos em 72 horas em relação ao basal no grupo GD. Observou-se aumento nos valores médios de hemoglobina e hematócrito em 24 horas no grupo GC quando comparado ao GD. Houve aumento no valor médio de neutrófilos segmentados no basal no GD quando comparado ao GC. Conclui-se que a técnica de colocação de dreno de sucção fechado apresenta maior teor de exsudato. Recomenda-se que o vácuo do dreno seja refeito de 12 em 12 horas, sendo inicialmentrealizado 6 horas após o término da cirurgia. O dreno de sucção fechado não gera desconforto adicional ao paciente; recomenda-se que o mesmo seja removido 72 horas após o término da cirurgia, quando a produção de fluido diminui, porém mesmo assim alguns indivíduos podem apresentar formação de seroma no pós-operatório tardio.(AU)


The aim of this study was to evaluate the use of closed suction drain in surgical wounds of total unilateral mastectomy in dogs. Eighteen dogs were used with an average weight of 14.87±9.29kg, average age 9.34±2.68 years, from the hospital routine, which were selected through clinical and oncological evaluation. The animals were divided into two groups: Conventional (CG, n=9) which underwent total unilateral mastectomy surgery without drain and Drain group (DG, n=9) which underwent complete unilateral mastectomy with placement closed suction drain (Biovácuo?). The diameter of the drain was determined according to the animal weight. Five evaluations were performed during the postoperative period: clinical evaluation of the animals daily through the heart rate (HR), respiratory rate (RR), rectal temperature (RT), color of mucous membranes, capillary refill time (CRT), degree of dehydration, blood count, chemistry profile (urea, creatinine, cholesterol, triglycerides and glucose); qualitative assessment of the drain; qualitative assessment of the surgical wound, is also being held on 14 and 30 days for the presence or absence of exudate, edema, skin integrity, dehiscence, necrosis and scarring; quantitative evaluation of the drained fluid; qualitative assessment of fluid drained, as the cellularity type and cell morphology. Surgical time was recorded in both groups. There were an increase in average values of density, neutrophils, lymphocytes, and increased fibrinogen median value of drained fluid in 72 hours compared to 24 hours in DG group. There was an increase of exudate within 24, 48 and 72 hours in DG when compared to GC. There was an increase in the volume of drained fluid in 60 and 72 hours compared to 12 hours in DG. There was a reduction in the average value of red blood cells within 72 hours from baseline in DG group. There was an increase in average hemoglobin and hematocrit in 24 hours in the control group compared to the DG. There was an increase in the average value of neutrophils targeted at baseline in DG when compared to CG. It follows that, the closed suction drain placement technique presents more exudate. It is recommended that the drain vacuum is redone 12 in 12 hours, initially being performed 6 hours after surgery. The closed suction drain does not generate additional discomfort to the patient; it is recommended that it be removed 72 hours after the surgery, when the fluid production decreases, but even so some individuals may present seroma formation in the late postoperative.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Cães , Drenagem/tendências , Canal de Drenagem , Cães/anormalidades , Cães/cirurgia , Mastectomia/estatística & dados numéricos
2.
Neotrop. ichthyol ; 15(3): e170007, 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-895103

RESUMO

A new species of the loricariid genus Pareiorhaphis is described based on specimens from several tributaries of the upper and middle rio Jequitinhonha basin, Minas Gerais State, eastern Brazil. The new species increases the number of known species of Pareiorhaphis to 25 and, at the same time, represents the second member of the subfamily Neoplecostominae reported from the rio Jequitinhonha basin. The new species is diagnosed from all remaining congeners by a putative autapomorphic feature related to the color pattern: a well-defined, dark brown stripe on the median series of lateral plates that extends along the flank from the posterior margin of compound pterotic to the caudal-fin base. The shallow caudal peduncle and the comparatively larger number of dentary teeth also distinguish the new species from most congeners. The new species is also compared to Pareiorhaphis stephanus, a syntopic congener with similar traits.(AU)


Uma nova espécie de loricariídeo do gênero Pareiorhaphis é descrita com base em espécimes coletados em vários tributários da parte superior e média da bacia do rio Jequitinhonha, no estado de Minas Gerais, leste do Brasil. A nova espécie eleva para 25 o número de espécies conhecidas de Pareiorhaphis e ao mesmo tempo representa o segundo registro de um membro de Neoplecostominae na bacia do rio Jequitinhonha. A nova espécie é diagnosticada de todas as demais congêneres por uma característica até então única relacionada ao padrão de colorido, uma faixa marrom escura bem definida na série média de placas laterais, que se estende ao longo do flanco, desde a margem posterior do pterótico composto até a base dos raios médios da nadadeira caudal. O pedúnculo caudal baixo e o número de dentes comparativamente alto no dentário, também distinguem a nova espécie da maioria das demais congêneres. A nova espécie é comparada com Pareiorhaphis stephanus, uma congênere sintópica com caracteres similares.(AU)


Assuntos
Animais , Peixes-Gato/classificação , Canal de Drenagem , Classificação
3.
Rev. bras. ortop ; 48(3): 257-262, May/June/2013. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-680870

RESUMO

OBJECTIVE: to compare the laboratorial results of opening suction drainage 6 hours and 12 hours after total knee arthroplasty surgery. METHODS: prospective and randomized study in 88 patients undergoing with total knee arthroplasty in two groups: in one group the opening suction drainage was performed 6 hours (n = 45) after the surgery and in the other 12 hours (n = 43) after the surgery. RESULTS : the outcome was a significant fall in the three laboratorial variables (hemoglobin, red blood cells and hematocrit) between the pre and post-operative in the total sample and in the six and 12 hour opening suction drainage groups. In the group with opening suction drainage after 12 hours, the drainage volume was significantly lower than in the group with opening suction drainage after 6 hours (p = 0.0003). However, no significant difference was observed in the absolute delta of the laboratorial variables between the two groups. CONCLUSION: the opening suction drainage in six and 12 hours did not show significant difference from the laboratorial values although the volume of the blood drained was higher in the opening suction drainage in six hours. .


OBJETIVO: Comparar os resultados laboratoriais da abertura do dreno seis e 12 horas após a cirurgia de artroplastia total do joelho. MÉTODOS : Estudo prospectivo e randomizado em 88 pacientes tratados com artroplastia total do joelho com implante em dois grupos: um com abertura do dreno seis horas (n = 45) após a cirurgia e outro, 12 horas (n = 43) após a cirurgia. RESULTADOS : Existe uma queda significativa nas três variáveis laboratoriais (hemoglobina, hemácias e hematócrito) entre o pré e o pósoperatório na amostra total e nos grupos de tempo de abertura do dreno às seis e 12 horas. O grupo com tempo de abertura após 12 horas apresentou volume do dreno significativamente menor do que o grupo com tempo de abertura após 6 horas (p = 0,0003). Contudo, não foi verificada diferença significativa no delta absoluto das variáveis laboratoriais entre os dois grupos. CONCLUSÃO : A abertura do dreno em seis e 12 horas não demonstrou diferença significativa dos valores laboratoriais. Porém, o volume de sangue drenado foi maior com abertura do dreno após seis horas. .


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Artroplastia do Joelho , Canal de Drenagem , Próteses e Implantes
4.
Acta sci., Health sci ; 33(2): 173-179, jul.-dez. 2011. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1293

RESUMO

Avaliou- se, prospectivamente, o manejo dos sistemas de drenagem torácica fechada em pacientes adultos no Hospital Universitário de Maringá, Estado do Paraná, no período de dez meses. Foram acompanhadas 90 drenagens em 75 pacientes. Predominou a causa traumática em pacientes jovens como determinante de indicação da drenagem pleural (61/90, 68%). A falta do curativo em meso e contrameso, como fixação complementar do dreno, foi a ocorrência isolada mais comum no manejo, sendo encontrado rotineiramente em 20% (18/90). A presença de obstrução (por dobramento, sifonagem, coágulo ou fibrina) esteve presente em 12% das drenagens (11/90) e complicações (enfisema subcutâneo, infecção, deslocamento acidental, pneumotórax na retirada do dreno) em 21% (20/90). O manejo apropriado da drenagem torácica reduz a morbidade associada ao método. Esta pesquisa ressalta a importância do treinamento continuado e do estabelecimento de manuais que padronizem condutas para os profissionais da saúde que manejam o sistema de drenagem torácica.


The handling of adults' closed thoracic drainage systems at the University Hospital of Maringá, Maringá, Paraná State, Brazil during a 10-month period was prospectively evaluated. Ninety thoracic drainages in 75 patients were analyzed. Traumatic causes in young patients determined pleural drainage (61/90, 68%). The absence of an omental tag of tape as a complementary tube fixation was the most common, albeit isolated case, occurrence in the procedure. In fact, it has been routinely found in 20% (18/90) of cases. Whereas tube obstruction (due to kinking, siphoning, clotting or fibrin) was detected in 12% (11/90) of drainage cases, drainage complications (subcutaneous emphysema, infection, accidental dislodgement, pneumothorax following chest tube removal) occurred in 21% (20/90) of cases. Adequate handling of tube thoracostomy reduces morbidity related to this procedure. Current research enhances the importance of continuous training and of textbooks that would standardize procedures for health teams whose role involves interventions in the thoracic drainage system.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Tubos Torácicos , Canal de Drenagem , Cavidade Pleural , Cirurgia Torácica , Toracostomia
5.
Coluna/Columna ; 9(1): 72-84, ene.-mar. 2010. ilus, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-547873

RESUMO

BACKGROUND: Anterior access to the thoracic spine is done by open thoracotomy (OTC) or video-assisted thoracoscopic surgery (VATS). VATS is known as the method which results in lower morbidity rates, but there is little evidence of its less invasiveness. Objective: The current study yielded for outcome data concerning patients' perception of approach-related morbidity (ArM) following OTC for spinal surgery and that of a control group having a chest tube thoracotomy (CTT). METHODS: We performed a questionnaire assessment of ArM after OTC and CTT. Applying strict inclusion criteria, we compared outcomes in terms of percentage morbidity (Morbidity percent) of 43 patients that underwent OTC for instrumented scoliosis correction to 30 patients that had CTT for minor thoracic pathologies (e.g., pneumothorax). RESULTS: Mean age in CTT and OTC Group was 50.2 and 16.5 years old, follow-up was of 32.2 and 58.4 months, and mean incision length was 2.5 and 25.5 cm, respectively. Mean number of levels fused in the OTC Group was 5.8. Mean morbidity (0 percent delineating no cases, 100 percent delineating highest morbidity) for the CTT Group was 10.8±15.4 percent (0-59.5 percent), 42 percent of patients had no morbidity. Signs of intercostal neuralgia (ICN) were present in 16.7 percent. A total of 35.5 percent had a morbidity >10 percent (mean: 27.5 percent), and 10 percent of morbidity cases were defined as having a chronic post-thoracotomy pain (CPP). In the OTC Group, mean morbidity was 7.0±12.7 percent (0-52.1 percent), 44 percent had no morbidity. Out of the sample, 18.6 percent had morbidity >10 percent (mean: 28.6 percent). Signs of ICN were present in 14 percent. In both groups, the presence of ICN had a significant impact on and showed correlation with morbidity (p<0.0001). In terms of clinical judgement, the severity of the ArM after a CTT or OTC was generally mild except for one patient in each group. Age and follow-up were significantly ...


INTRODUÇÃO: A abordagem anterior da coluna torácica tem sido utilizada por meio da toracotomia aberta (TA) ou vídeo-assistida (TVA). A abordagem vídeo-assistida tem sido mencionada como a de menor morbidade do procedimento, apesar de não existir evidência científica que confirme essa observação. OBJETIVO: Observar os resultados relacionados à morbidade da toracotomia aberta para a correção de deformidade da coluna vertebral e toracotomia para a colocação de tubo de drenagem torácica, utilizando um grupo de pacientes como controle. MÉTODOS: Com base em questionário relacionado com a avaliação da morbidade da abordagem anterior da coluna torácica respondido pelos pacientes, e utilizando critérios estritos de inclusão dos pacientes, foram avaliados, em termos de porcentagem (morbidade por cento), 43 pacientes submetidos à toracotomia aberta para tratamento da escoliose (Grupo OTC) e 30 pacientes portadores de outras doenças de menor gravidade submetidos à toracotomia para a colocação de dreno de tórax após o procedimento (por exemplo, pneumotórax) (Grupo CTT). RESULTADOS: A média de idade dos pacientes de ambos os grupos foi 50,2 e 16,5 anos; seguimento clínico médio foi de 32,2 e 58,4 meses; e a extensão da incisão da pele 2,5 e 25,5 cm, respectivamente. A média do número de vértebras artrodesadas foi 5,8 no grupo submetido à toracotomia aberta para a correção de deformidade. A morbidade média (variando de 0 por cento, nenhuma morbidade, a 100 por cento, alta morbidade) no grupo de pacientes submetidos à toracotomia para colocação de dreno de tórax foi 10,8±15,4 (0-59,5 por cento), e 42 por cento dos pacientes não apresentavam morbidade. No grupo submetido à toracotomia aberta para a colocação do dreno de tórax, foi observada neuralgia intercostal em 16,7 por cento, e 35,5 por cento dos pacientes apresentavam morbidade maior que 10 por cento (média 27,5 por cento). A morbidade foi definida como a presença de dor crônica após toracotomia. ...


INTRODUCCIÓN: el abordaje anterior de la columna torácica ha sido utilizado por medio de la toracotomía abierta o vídeo asistida. El abordaje video asistida ha sido mencionada como la menor morbilidad del procedimiento, a pesar de existir poca evidencia científica confirmando esa observación. OBJETIVO: el objetivo del presente estudio fue observar los resultados relacionados con la morbilidad de la toracotomía abierta para la corrección de la deformidad de la columna vertebral y toracotomía para la colocación de tubo de drenaje torácica, utilizando ese grupo como Control. MÉTODOS: con base en un cuestionario respondido por los pacientes; y relacionado con la evaluación de la morbilidad del abordaje anterior de la columna torácica y utilizando criterios estrictos de inclusión de los pacientes, fueron evaluados 43 pacientes sometidos a toracotomía abierta para tratamiento de la escoliosis; y 30 pacientes portadores de otras enfermedades de menor gravedad, que fueron sometidos a la toracotomía para la colocación de dreno de tórax después del procedimiento. RESULTADOS: el promedio de edad de los pacientes sometidos al procedimiento en el tórax y a la toracotomía para la colocación de dreno o toracotomía abierta para tratamiento de escoliosis fue, respectivamente: 50.2 años y 16.5 años; el seguimiento clínico fue de 32.2 meses y 54.8 meses; y la extensión de la incisión de la piel 2.5 cm y 25 cm. El promedio del número de vértebras artrosadas fue 5.8 en el grupo sometido a la toracotomía abierta para la corrección de deformidad. La morbilidad promedio (variando de 0 por ciento - ninguna morbilidad a 100 por ciento - alta morbilidad) en el grupo de pacientes sometidos a la toracotomía para colocación de dreno de tórax fue de 10.8±15.4 (0-59.5 por ciento), y un 42 por ciento de los pacientes no presentaron morbilidad. En el grupo sometido a la toracotomía abierta para la colocación del dreno de tórax fue observada neuralgia intercostal en 16.7 ...


Assuntos
Adolescente , Adulto , Coluna Vertebral/cirurgia , Canal de Drenagem , Morbidade , Coluna Vertebral , Toracotomia/métodos , Cirurgia Vídeoassistida
6.
Rev. bras. ortop ; 45(6): 549-553, 2010. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-574818

RESUMO

OBJETIVO: O objetivo deste trabalho é avaliar prospectivamente o padrão de evolução e complicações pós-operatórias relacionadas ao uso de drenos de sucção quando comparado à não utilização destes dispositivos na ATJ. MÉTODOS: Foram incluídos 42 pacientes de um serviço de referência em cirurgia do joelho. Quinze pacientes não receberam e 27 receberam dreno de sucção no pós-operatório. Os parâmetros avaliados foram: amplitude de movimento (ADM), índices hematimétricos, circunferência do joelho e taxa de complicações. O período de observação estendeu-se até o sexto mês de pós-operatório. RESULTADOS: Não foi observada diferença estatisticamente significativa entre os grupos quanto à circunferência do joelho, hemoglobina, hematócrito, taxa de transfusão e índice de infecção. Com relação à amplitude de movimentos, não houve diferença estatística entre os grupos com e sem dreno no pré-operatório (p = 0,126), primeiro DPO (p = 0,583), quinto ao sétimo DPO (p = 0,076) e seis meses de pós-operatório (p = 0,848). Foi identificada diferença estatisticamente significante entre os grupos na avaliação entre o 14º e 28º DPO (p = 0,025). CONCLUSÃO: Este estudo conclui que não existe benefício no uso de dreno de sucção fechado na ATJ além de seis meses de pós-operatório. No entanto, a ADM ao final do primeiro mês é melhor no grupo que utilizou o dreno de sucção.


OBJECTIVE: Our aim is to prospectively evaluate the standard evolution and post-operative complications related to the use of suction drainage devices when compared to not using these devices in TKA. METHODS: Forty-two patients from a clinic referred to knee surgery were included. Fifteen patients did not receive suction drainage postoperatively and 27 received suction drainage. The parameters evaluated were the range of movement, hematometric indices, knee circumference, and complications for each group. Patients were observed for six months after the surgical procedure. RESULTS: There were no statistically significant differences in knee circumference, hemoglobin, hematocrit, transfusion rate, and infection index. The analysis of the range of movement did not reveal statistically significant differences between the groups preoperatively (p=0.126), during the first postoperative day (p=0.583), fifth to seventh postoperative day (p=0.076) and at six months follow-up (p=0.848). There was a statistically significant difference between groups in the comparison during the 14th and 28th postoperative days (p=0.025). CONCLUSION: In conclusion, there is no benefit to using closed suction drains beyond six months after TKA. However, the range of movement at the end of the first month is superior in patients that received suction drainage.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Artroplastia do Joelho , Canal de Drenagem , Hemorragia , Complicações Pós-Operatórias , Amplitude de Movimento Articular
7.
Rev. bras. cir. plást ; 24(4): 521-524, out.-dez. 2009. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-545146

RESUMO

Introdução: A formação de seroma pós-abdominoplastia é uma complicação que incomoda paciente e cirurgião. O uso da drenagem aspirativa e a utilização de pontos de adesão (“Pontos de Baroudi”) são estratégias utilizadas para prevenir essa complicação. Este trabalho avalia a necessidade de drenos na prevenção do seroma em abdominoplastias com pontos de adesão. Método: Avaliação de todas as pacientes submetidas à abdominoplastia clássica com pontos de adesão, entre janeiro de 2006 e dezembro de 2007. Grupo 1 composto de 28 indivíduos nos quais não foram utilizados drenos; grupo 2 constou de 32 pacientes nos quais foram empregados drenos. A avaliação clínica dos pacientes foi realizada aos sete dias, duas semanas, um mês, dois, quatro e seis meses de pós-operatório. A análise estatística foi realizada por meio do teste exato de Fisher. Resultados: No grupo 1, houve um (3,5%) caso de seroma, clinicamente detectado entre o primeiro e o segundo mês pós-operatório, enquanto que no grupo 2, houve um (3,12%) caso diagnosticado aos 14 dias de pós-operatório. O teste de Fisher mostrou um valor de p de 1,000, estatisticamente não significativo para um intervalo de confiança de 95% (0,05-14,08), e odds ratio de 0,8387. A avaliação clínica não demonstrou diferença estatística entre a utilização de drenos ou não na incidência de seroma em pacientes submetidos à abdominoplastia com pontos de adesão. Conclusão: A utilização dos pontos de adesão é uma medida eficaz para prevenir a formação de seroma, sem a necessidade de medidas cirúrgicas adicionais.


Introduction: The formation of seroma in post-abdominoplasty is a highly prevalent complicationthat upsets both the patient and the surgeon. Aspiratory drainage and adhesion suture(“Baroudi suture”) are widely employed strategies for prevention of this complication. This study evaluates the need for drains in the prevention of seroma in abdominoplasty with adhesion suture. Method: Evaluation of all patients who underwent classic abdominoplasty with adhesion suture between January 2006 and December 2007. Group 1 comprised 28 individuals with whom no drains were used; group 2 consisted of 32 patients for whom drains were employed. Clinical evaluation of the patients was performed seven days, two weeks, one month, two, four and six months postoperatively. Statistical analysis was accomplished by means of the Fisher exact test. Results: In group 1 there was one (3.5%) case of seroma, clinically detected between the first and second postoperative month, whereas in group 2 there was one (3.12%) case detected 14 days postoperatively. Fisher’s test showed a p valueof 1.000, not statistically significant for a confidence interval of 95% (0.05-14.08), and odds ratio of 0.8387. Clinical evaluation revealed no statistical difference between the use of drains or not in the incidence of seroma in patients submitted to abdominoplasty with adhesion suture. Conclusion: The use of adhesion suture is an effective measure to prevent the formation of seroma, without the need for additional surgical measures.


Assuntos
Humanos , Feminino , Abdome/cirurgia , Canal de Drenagem , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Seroma/prevenção & controle , Avaliação de Resultado de Ações Preventivas , Métodos , Pacientes , Técnicas e Procedimentos Diagnósticos
8.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 19(4): 176-177, out.-dez. 2006. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-451989

RESUMO

A apendicite aguda é comum na população em geral. além da obstrução mecânica, da dieta pobre em fibras e da susceptibilidade familiar, a inserção acidental com aprisionamento do apêndice vermiforme no interior de dreno tubular abdominal também pode originar a doença...


The acute appendicitis is commom in general population. Besides the mechanical obstruction, poor fiber diet and family susceptibility, the accidental insertion, with imprisonment concurrent to the removal in the interior of a tubular abdominal drain


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Apendicectomia , Apendicite/cirurgia , Drenagem , Canal de Drenagem , Neoplasias Gástricas/cirurgia , Neoplasias Gástricas/etiologia
9.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 17(1): 29-33, 2004. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-390556

RESUMO

Racional - A utilização de drenos na cavidade abdominal define-sepor princípios específicos, aspectos da experiência pessoal e por vezes em indicações empíricas. A experimentação define critérios que auxiliam as decisões do cirurgião...


Assuntos
Animais , Masculino , Adulto , Ratos , Cicatrização , Doenças do Ceco/patologia , Canal de Drenagem , Infecção da Ferida Cirúrgica , Ratos Wistar
10.
Rev. Soc. Bras. Cir. Plást., (1986) ; 17(1): 69-71, jan.-apr. 2002. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-317921

RESUMO

Based on the experience with 69 patients submitted to abdominoplasty, the authors compare the use of capillary tubes, suction drains and not using drains in the postoperative period as to the effectiveness in preventing hematomas and seromas under the abdominal flap. They also study the association of these fluid collections with known risk factors. They describe the indications and surgical technique employed in their cases and compare results obtained with data available in literature.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Abdome , Traumatismos Abdominais , Canal de Drenagem , Hematoma , Lipectomia , Retalhos Cirúrgicos/normas , Técnicas de Diagnóstico por Cirurgia/normas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA