Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 163
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
3.
Psicol. ciênc. prof ; 39(2,n.esp): 19-32, ago.-nov. 2019. ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1050744

RESUMO

Neste artigo, tomamos os estudos de Hannah Arendt, Walter Benjamin e Giorgio Agamben para problematizar a Psicologia e as demandas que lhe são dirigidas em termos de empreender a produção de estratégias contra práticas violentas que tem crescido no contexto brasileiro contemporâneo. Para a presente discussão, designamos três analisadores principais: o primeiro é uma cena vivenciada em um parque da cidade de Porto Alegre - RS, cuja função como cenário é discutir como a Psicologia aborda questões relacionadas ao cotidiano no que tange a produção de conhecimento; o segundo considera os movimentos realizados por diversos grupos em todo o Brasil sob a hashtag "#elenão"; finalmente, o terceiro focaliza o período após o primeiro turno das eleições presidenciais de 2018, quando o espaço público foi usado para dialogar sobre as propostas presidenciais dos candidatos para o segundo turno. A aposta ético-epistemológica e política de nossa pesquisa está ligada às lutas que constituem um espaço de resistência em relação às práticas violentas incitadas cotidianamente. Argumentamos que as lutas não dizem respeito apenas à afirmação da possibilidade de existência/vida, mas, principalmente, sobre a impossibilidade de não lutar...(AU)


In this article, we take Hannah Arendt, Walter Benjamin and Giorgio Agamben's studies to problematize psychology and the direct demands to produce strategies against violent practices that have been escalating in the contemporary Brazilian context. We designate three main analyzers to the present discussion: the first is a scene experienced in a park in the city of Porto Alegre - Rio Grande do Sul, which serves as an example to discuss how psychology approaches these daily-life issues of vulnerability related to knowledge production; the second regards to movements performed by several groups throughout Brazil, during the election period, under the hashtag "#elenão"; finally, the third analyzer focuses on the campaign period for the second term of the 2018's presidential election when the public space was used to discuss candidates' presidential proposals. The ethical-epistemological and political bet of our research is linked to daily struggles that constitute a space of resistance to violent practices incited on a daily basis. We argue that struggles are not only related to the affirmation of the possibility to exist in society, but also to the impossibility of not struggling...(AU)


En este artículo, tomamos los estudios de Hannah Arendt, Walter Benjamin y Giorgio Agamben para problematizar la psicología y las demandas que se le dirigen en términos de emprender la producción de estrategias contra prácticas violentas que han crecido en el contexto brasileño contemporáneo. Para la presente discusión, designamos tres analizadores principales: el primero es una escena vivida en un parque de la ciudad de Porto Alegre ­ Rio Grande do Sul, cuya función como escenario es discutir cómo la psicología aborda temas relacionados con la vida cotidiana en términos de producción de conocimiento; el segundo analizador considera los movimientos realizados por diversos grupos en todo Brasil bajo el hashtag "#elenão"; Por último, el tercer analizador se centra en el período posterior a la primera votación de las elecciones presidenciales de 2018, cuando se utilizó el espacio público para dialogar sobre las propuestas presidenciales de los candidatos para la segunda votación. La apuesta ético-epistemológica y política de nuestra investigación está vinculada a las luchas que constituyen un espacio de resistencia en relación a las prácticas violentas incitadas cotidianamente. Argumentamos que las luchas no se refieren sólo a la afirmación de la posibilidad de existencia/vida, sino principalmente a la imposibilidad de no luchar...(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia , Psicologia Social , Comportamento Social , Violência , Poder Psicológico , Estado , Populações Vulneráveis , Marginalização Social , Relações Interpessoais , Política , Relações Raciais , Violência Étnica
4.
Pesqui. prát. psicossociais ; 14(2): 1-20, abr.-jun. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1012735

RESUMO

Este artigo discute os arranjos institucionais entre Igreja e Estado em relação ao cuidado da população juvenil empobrecida. Para tanto, a discussão teórica realizada teve como metodologia a análise dos dispositivos legais das Constituições de 1891, 1934 e 1988, que tratam das relações entre as instituições religiosas e o Estado brasileiro, bem como de pesquisa bibliográfica sobre o tema. Dessa forma, apresentamos as diferentes configurações da relação entre Igreja e Estado, de modo a problematizar as ações da Igreja Católica na condução da vida desses jovens. Para essa problematização, nos fundamentamos na noção foucaultiana de governamentalidade e seus conceitos adjacentes, tais como disciplina, biopolítica e periculosidade. Com isso, este ensaio teórico aponta como os efeitos dessas articulações no exercício de cuidado e controle da vida dessa população, em contextos históricos diferentes, contribuíram para a emergência de uma lógica de assistência à infância, adolescência e juventude pautada pela caridade, filantropia e moralismo cristão, presentes ainda hoje na execução de programas e políticas públicas destinadas à juventude.


This article discusses the institutional arrangements between the Church and the State regarding the care of the impoverished youth population. For that, the theoretical discussion was based on an analysis of the legal provisions of the Constitutions of 1891, 1934 and 1988 dealing with relations between religious institutions and the Brazilian State, as well as bibliographical research on the subject. In this way, we present the different configurations of the relationship between Church and State, in order to problematize the actions of the Catholic Church in the conduct of the life of these young people. For this problematization, we are based on the Foucauldian notion of governmentality and its adjacent concepts, such as discipline, biopolitics and dangerousness. Thus, this theoretical essay points out how the effects of these articulations in the exercise of care and control of the life of this population, in different historical contexts, contributed to the emergence of a logic of care for children, adolescents and youth based on charity, philanthropy and moralism Christians, who are still present today in the implementation of public policies and programs for youth.


Este artículo discute los arreglos institucionales entre Iglesia y Estado en lo que concierne al cuidado de la población juvenil empobrecida. Para ello, la discusión teórica realizada tuvo como metodología el análisis de los dispositivos legales de las Constituciones de 1891, 1934 y 1988 que tratan de las relaciones entre las instituciones religiosas y el Estado brasileño, así como de investigación bibliográfica sobre el tema. De esta forma, presentamos las diferentes configuraciones de la relación entre Iglesia y Estado, de modo a problematizar las acciones de la Iglesia Católica en la conducción de la vida de esos jóvenes. Para esta problematización, nos basamos en la noción foucaultiana de gubernamentalidad y sus conceptos adyacentes, tales como disciplina, biopolítica y peligrosidad. Con ello, este ensayo teórico apunta como los efectos de esas articulaciones en el ejercicio de cuidado y control de la vida de esta población, en contextos históricos diferentes, contribuyeron a la emergencia de una lógica de asistencia a la infancia, adolescencia y juventud pautada por la caridad, filantropía y moralismo cristianos, presentes aún hoy en la ejecución de programas y políticas públicas destinadas a la juventud.


Assuntos
Religião , Estado , Pobreza , Política Pública , Apoio Social , Políticas de Controle Social , Adolescente , Governo
5.
San Salvador; Contracorriente Editores; 1a; mayo de 2019. 22 p.
Não convencional em Espanhol | LILACS, BISSAL | ID: biblio-1116434

RESUMO

En El Salvador, el gasto social se explicita desde el marco normativo del Estado, ya que la Constitución de la República en su artículo uno expresa que la persona humana es el origen y el fin de la actividad del Estado. Es importante tener presente que el gasto social no solo es una ejecución de recursos y prestación de servicios públicos. El gasto social es también una inversión de largo plazo que fomenta la acumulación de capital humano y físico, requisito clave para el crecimiento y el desarrollo económico. La calidad y cantidad del gasto público incide en el servicio público, destinar recursos sin establecer el impacto, con un enfoque de desarrollo futuro, es olvidarse que a un mayor gasto social, mayor capital humano que sustenta el desarrollo económico y social del país, siempre y cuando se vincule de manera adecuada el gasto y su impacto en la sociedad.


In El Salvador, social spending is made explicit from the regulatory framework of the State, since the Constitution of the Republic in its article one expresses that the human person is the origin and end of the State's activity. It is important to keep in mind that social spending is not only an execution of resources and provision of public services. Social spending is also a long-term investment that fosters the accumulation of human and physical capital, a key requirement for growth and economic development. The quality and quantity of public spending affects the public service, allocating resources without establishing the impact, with a focus on future development, is forgetting that at higher social spending, greater human capital that supports the economic and social development of the country, always and when spending and its impact on society are properly linked.


Assuntos
Desenvolvimento Econômico , Estado , Economia , Despesas Públicas , Investimentos em Saúde , Pessoas
6.
São Paulo; s.n; 2019. 227 p.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1049718

RESUMO

No Brasil, a história da infância, adolescência e juventude, enquanto instâncias sociais, configura um panorama marcado pelas trajetórias institucionais, inscreve-se certa fronteira que estabelece os sujeitos enquanto -moleques?, -pivetes?, -menores?; sendo que, o que determina tais categorias são, de fato, marcadores de pobreza e, muitas vezes, determinantes raciais. Ao longo dos anos, o Estado tratou institucionalizar e reprimir o direito ao convívio familiar e comunitário, como suposta -prevenção? aos jovens pobres. A partir do estabelecimento do Estatuto da Criança e do Adolescente (1990) e do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (2012), mudanças são estabelecidas na compreensão, abordagem e condutas sobre a implicação de adolescentes e jovens em práticas de ato infracional. Estas políticas têm como prerrogativa trabalhar ações sociais e educativas em conjunto na condução da responsabilização legal do jovem infrator, pela premissa da proteção integral e promoção de direitos, entendendo haver um compromisso entre família, comunidade e Poder Público para defesa e garantia de direitos humanos fundamentais. A pesquisa buscou compreender, a partir dos relatos de profissionais do sistema socioeducativo, o acesso aos programas e políticas do Estado pela juventude em conflito com a lei e moradora de periferias, na Zona Sul do Município de São Paulo. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas junto a 16 profissionais que atuam no atendimento socioeducativo nas regiões do Capão Redondo e Fundão do Jardim Ângela (São Paulo - SP). A partir dos relatos, essas relações são descritas em sentidos complexos e conflitantes: muitas vezes, somente a partir da infração, o jovem e sua família são -incluídos? em políticas públicas socioassistenciais. Há uma compreensão, da parte dos profissionais, que o Estado aparece para o jovem periférico, a princípio, de maneira punitiva, através de ações policiais, pela violência ou pela internação na Fundação Casa. Em alguns casos, contudo, mobiliza também conteúdos afetivos, pelos vínculos que estes jovens desenvolvem com profissionais do sistema socioeducativo.


In Brazil, the history of childhood, adolescence and youth, as social instances, configures a panorama marked by institutional trajectories, a certain border is established that discriminates the subjects as -moleques?, -pivetes?, -minors?; and what determines such categories are, in fact, markers of poverty and, often, racial determinants. Over the years, the State has tried to institutionalize and repress family and community living right, as an alleged -prevention? for the poor youth. Since the establishment of the Child and Adolescent Statute (1990) and the National Socio-Educational Service System (2012), changes in understanding, approach and conduct are required on the involvement of adolescents and young people alleged implicated in practices of infraction. These policies have the prerogative to work social and educational actions together in the conduct of the legal responsibility of alleged offender adolescent, from the premises of integral protection and promotion of rights, and concern a compromise between family, community and Public Power to defend and guarantee fundamental human rights. The research aims to understand, from the reports of socio-educational system professionals, the access to State politics and programs performed by youth in conflict with the law and living in periphery regions, at the South Zone of São Paulo. For this, semi-structured interviews were carried out with 16 professionals who work in the socio-educational systemby the regions of Capão Redondo and Fundão do (-Bottoms of?) Jardim Ângela. From the reports, these relationships are described in complex and conflicting senses: often, only from the law infraction, the youth and family are -included? in social public policies. There is an understanding that the State firstly appears to the suburban resident young people in a punitive way, through police actions, violence or through incarceration at Fundação Casa. However, in some cases it also mobilizes affective contents, by the bonds that these young people develop with professionals of the socio-educational system.


Assuntos
Adolescente , Estado , Direitos Humanos
7.
Psicol. rev ; 27(2): 311-335, dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-998614

RESUMO

Esta pesquisa buscou compreender a responsabilidade do Estado na gestão de risco de desastres sob a perspectiva de lideranças comunitárias do M'Boi Mirim. Tendo em vista que a região conta com 50 das 407 áreas de risco do município de São Paulo, estando entre os piores índices de exclusão e vulnerabilidade da cidade, e que compete às prefeituras gerenciar áreas de risco, verifica-se a importância de compreender a responsabilidade do Estado neste contexto. Foram analisadas entrevistas de três lideranças comunitárias da região. Desta análise emergiram diversos elementos que contribuem para a situação da região: a inércia do poder público, as dificuldades de diálogo entre população e autoridades governamentais e a diversidade de atores que interferem na solução das questões encontradas, como secretarias municipais que não conversam entre si, políticos que atuam de acordo com seus próprios interesses e a onipresença do tráfico. Verificou-se, ainda, que as lideranças tinham uma perspectiva crítica tanto com relação às ações ou inércia do governo como também com relação à responsabilidade da população.


The aim of this research was to understand the State's responsibility in the disaster risk management in the M'Boi Mirim regions from the perspective of the community leaders. The relevance of the focus on governmental responsibility stems from three issues: that 50 of the 407 areas of risk in the São Paulo municipality are located in this region; that it has one of the worst indicators of vulnerability in the city and that it is a duty of the municipal government to manage areas of risk. Interviews were carried out with three community leaders. Results indicate that various factors contribute to the disaster risk in the region: governmental inertia; the difficult dialogue between population and government authorities and the diversity of actors that interfere in the solution of the problem, such as lack of communication between municipal departments, politicians that act on behalf of their own interests and the omnipresence of drug trafficking. Results also indicate that community leaders have a critical view regarding governmental actions as well as the responsibility of the population.


Esta investigación buscó comprender la responsabilidad del Estado en la gestión del riesgo de desastres desde la perspectiva de líderes comunitarios del barrio M'Boi Mirim. La región cuenta con 50 de las 407 zonas de riesgo del municipio de San Pablo, tiene uno de los peores índices de exclusión y vulnerabilidad de la ciudad, y dado que compete a las alcaldías gestionar estas áreas de riesgo, se ve la importancia de comprender la responsabilidad del estado en este contexto. Se analizaron las entrevistas de tres líderes comunitarios de la región. De este análisis surgieron diversos elementos que contribuyeron para la situación de la región: la inercia del poder público, las dificultades de diálogo entre la población y las autoridades gubernamentales, y la diversidad de agentes que interfieren en la solución de las cuestiones encontradas, por ejemplo, secretarias municipales que no se comunican entre sí, políticos que actúan de acuerdo a sus propios intereses y la omnipresencia del tráfico. De la misma manera, se observó que los lideres tienen una perspectiva critica con relación a las acciones o inercia, así como también con relación a la responsabilidad de la población.


Assuntos
Humanos , Defesa Civil , Delimitação das Áreas de Risco , Estado , Desastres
8.
Rev. polis psique ; 8(3): 70-87, set.-dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-1058811

RESUMO

O artigo tem por objetivo mostrar como a vida humana, em tempos de neoliberalismo, se tornou recurso importante que afeta os interesses e interfere na eficiência das instituições sociais. Para isso, realiza-se uma análise das classificações em diferentes níveis de complexidade do Sistema Único de Assistência Social (proteção social básica, proteção social média e alta complexidade) descritas na Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais (2014). Tendo isto em vista, fundamentamo-nos no conceito de classes interativas de Ian Hacking e na noção de governamento dos estudos foucaultianos para apontarmos como o processo de produção de sujeitos e o governo da vida humana têm sido atravessados pelas políticas socioassistenciais do presente. Para tal, organizamos esta discussão em três pontos: introduzindo a discussão; políticas de assistência social e a produção das classes interativas; e o governo da vida. (AU)


This paper aims to show how human life, in neoliberal times, has become an important resource that both affects the interests of and interferes with the effectiveness of social institutions. In order to do that, we have performed an analysis of the classifications of different levels of complexity of the Unified Social Assistance System (basic social protection, medium social protection, and high complexity) as described in the National Categorization of Social Assistance Services (2014). The analysis has been supported by the concept of interactive kinds by Ian Hacking, and the notion of government from the Foucauldian studies to point out how the process of production of subjects and the government of human life have been crossed by the present social assistance policies. With this purpose, we have structured this discussion on three points: introduction of the discussion; social assistance policies and the production of the interactive kinds; and the government of life. (AU)


El artículo tiene por objetivo mostrar como la vida humana, en tiempos de neoliberalismo, se ha tornado recurso importante que afecta los intereses e interfiere en la eficiencia de las instituciones sociales. Para eso, se realiza un análisis de las clasificaciones en diferentes niveles de complejidad del Sistema Único de Asistencia Social (protección social básica, protección social media y alta complejidad) descritas en la Tipificación Nacional de Servicios Socio-asistenciales (2014). Teniendo eso en vista, nos hemos fundamentado en el concepto de clases interactivas de Ian Hacking y en la noción de gubernamentalidad de los estudios foucaultianos para poder apuntar como el proceso de producción de sujetos y el gobierno de la vida humana han sido atravesados por las políticas socio-asistenciales del presente. Así, organizamos esta discusión en tres puntos: introducción a la discusión; políticas de asistencia social y la producción de las clases interactivas; y el gobierno de la vida. (AU)


Assuntos
Controle Social Formal , Serviço Social/legislação & jurisprudência , Poder Psicológico , Populações Vulneráveis , Economia , Classe Social , Brasil , Estado
10.
Saúde Soc ; 27(3): 682-692, jul.-set. 2018.
Artigo em Francês | LILACS | ID: biblio-979205

RESUMO

Résumé La France n'a jamais autant compté de médecins qu'aujourd'hui. Pourtant, le système de santé français se caractérise par une répartition très inégale de l'offre de soins, si bien que l'accès aux soins médicaux devient plus difficile pour des fractions croissantes de la population. Cette situation apparaît d'autant plus surprenante qu'à partir des années 1970, quand l'État français s'est doté d'instruments supposés réguler le nombre de médecins exerçant en France, tant au niveau de leur effectif global que de leur répartition entre disciplines. En outre, à partir des années 2000, les pouvoirs publics ont multiplié les mesures visant à favoriser une meilleure répartition géographique des médecins. Pour comprendre l'échec de ces mesures, cet article étudie les logiques sociales et politiques qui ont été prédominantes dans leur adoption et leur mise en œuvre. S'appuyant principalement sur des archives administratives, il décrit comment l'État français, en relation étroite avec le corps médical, a défini le problème de la démographie médicale à partir du début des années 1960, et quelles réponses successives il lui a apportées sans parvenir à le résoudre.


Abstract France has never had as many doctors as today. However, the French healthcare system is characterized by a very unequal distribution of healthcare provision, so that access to medical care becomes more difficult for growing sections of the population. This situation is all the more surprising given that, since the 1970s, the French state has equipped itself with instruments supposed to regulate the number of doctors practicing in France, both in terms of their overall workforce and their distribution between disciplines. In addition, since the 2000s, the public authorities have stepped up measures to encourage a better geographical distribution of doctors. To understand the failure of these measures, this article examines the social and political logics that have been predominant in their adoption and implementation. Based mainly on administrative records, it describes how the French state, in close relationship with the medical profession, defined the problem of medical demography from the early 1960s onwards, and what successive responses it has given it without succeeding in solving it.


Resumo A França nunca teve mais médicos do que atualmente. Contudo, o sistema de saúde francês é caracterizado por uma distribuição muito desigual da oferta de cuidados, tanto que o acesso a cuidados médicos se torna mais difícil para segmentos cada vez maiores da população. Esta situação é ainda mais surpreendente desde os anos 1970, quando o Estado francês adquiriu instrumentos que deveriam regular o número de médicos em exercício no país, tanto em termos de sua força de trabalho geral quanto de sua distribuição entre especialidades. Por outro lado, desde o início dos anos 2000, os governos aumentaram as medidas para promover uma melhor distribuição geográfica dos médicos. Para entender o fracasso dessas medidas, este artigo estuda as lógicas sociais e políticas que foram predominantes em sua adoção e implementação. Baseando-se principalmente em arquivos administrativos, descreve-se como o Estado francês, em estreita relação com a comunidade médica, definiu o problema da demografia médica desde o início da década de 1960, e quais sucessivas respostas ele trouxe, sem conseguir resolver o problema.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Médicos/provisão & distribução , Política Pública , Estado , Disparidades nos Níveis de Saúde , Acesso aos Serviços de Saúde , França
11.
Movimento (Porto Alegre) ; 24(2): 593-606, abr.-jun. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-967381

RESUMO

O estudo aborda a relação entre Estado e políticas esportivaspor meio de uma análise orçamentária das emendas parlamentares vinculadas ao Ministério do Esporte. O objetivo foi verificar a efetivação das emendas deste órgão, seu direcionamento (contemplados) e valoresrelativos ao período de 2008 a 2015. A abordagem foi de caráter quantitativo-qualitativo, sendo realizada uma pesquisa bibliográfica e um levantamento documental. Para a análise dos dados foi adotado o método proposto por Boschetti (2009), em seu aspecto: "configuração do financiamento e gasto". Concluiu-se que as emendas representaram naquele período cerca de 52% da composição orçamentária do órgão, sendo utilizadas majoritariamente para atender interesses dos parlamentares em suas bases eleitorais em obras de infraestrutura esportiva


The study approaches the relationship between the State and sports policies through a budget-based analysis of parliamentary amendments linked to the Ministry of Sports. The objective was to verify the effectiveness of the amendments to the agency's budget, their (accepted) aims, and the values for 2008-2015. The study was quantitativequalitative, including a bibliographical review and a documentary survey. The analysis of the data adopted the method proposed by Boschetti (2009) in its aspect related to "configuration of funding and expense". It found out that the amendments represented about 52% of the Ministry's budget for that period and were used mainly to serve the interests of Congress members regarding sports infrastructure works in their constituencies


El estudio aborda la relación entre Estado y políticas deportivas por medio de un análisis presupuestario de las enmiendas parlamentarias vinculadas al Ministerio del Deporte. El objetivo fue verificar la efectivación de las enmiendas de ese organismo, su direccionamiento (contemplados) y valores relativos al período de 2008 a 2015. El abordaje tuvo carácter cuantitativo-cualitativo, realizando una búsqueda bibliográfica y un levantamiento documental. Para el análisis de los datos se adoptó el método propuesto por Boschetti (2009), en su aspecto: "configuración de la financiación y gasto". Se concluyó que las enmiendas representaron en aquel período cerca del 52% de la composición presupuestaria de ese organismo, y que en su mayoría se utilizaron para atender a intereses de los parlamentarios en sus bases electorales en obras de infraestructura deportiva


Assuntos
Humanos , Política Pública , Esportes , Estado , Legislação como Assunto
12.
Licere (Online) ; 21(1): 71-88, mar.2018. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-884025

RESUMO

Passados mais de dez anos do início da implementação do Programa Esporte e Lazer da Cidade do Ministério do Esporte, há uma lacuna na literatura de políticas públicas de esporte e lazer no que diz respeito às quais prefeituras conseguem descentralizar o programa. Esse trabalho, de natureza descritiva, surge com objetivo de traçar perfil dos municípios implementadores do PELC. Destaca-se o baixo número de convênio com os municípios, prevalecendo os das regiões Norte, Sudeste, Sul e Centro Oeste; municípios de maior porte populacional; com IDH Baixo ou Muito Baixo. Dentre os municípios que estabeleceram mais de quatro convênios destacam-se: municípios da capital, das regiões metropolitanas e do estado do Rio Grande do Sul.


Over ten years after the beginning of the Program City's Sport and Leisure (PCSL) implementation, there is a gap in literature about public policies in sport and leisure regarding city halls able to decentralize the program. This descriptive study emerges with the goal of outlining the profile of municipalities that have implemented the PCSL. It points out the low number of alliances with the municipalities, prevailing the ones from regions North, Southeast, South and Midwest, with higher populational scores and Low or Very Low HDI. Among the municipalities that have established more than four alliances, capital cities, municipalities from the metropolitan area and from the state of Rio Grande do Sul stand out.


Assuntos
Humanos , Política Pública , Esportes , Administração Municipal , Indicadores de Desenvolvimento , Estado , Iniquidade Social
13.
Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003) ; 70(nesp): 59-74, 2018.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-987163

RESUMO

Este artigo tem a intenção de discutir a relação entre algumas práticas de militância e o Estado, questionando os efeitos desta aliança na efetiva transformação social e problematizando se tal aposta não vem funcionando como lubrificante da máquina estatal, apaziguando, assim, insurgências por parte da população e dos próprios movimentos sociais. Como forma de pensar essa questão, o texto começa pensando a constituição da razão de Estado no século XVI e da governamentalidade como nova prática política de controle sobre a população que, ao longo dos séculos vem aperfeiçoando seus mecanismos e táticas. Posteriormente, analisa as singularidades da emergência do Estado no Brasil, transitando pelas noções de democracia, colonialismo e matabilidade. E por fim, discute a ideia de captura da Forma-Estado sobre a produção de subjetividades e o desejo, trazendo a ideia de máquina de guerra como possibilidade de resistência


This article intends to discuss the relationship between some practices of militancy and the State, questioning the effects of this alliance on the effective social transformation and problematizing if such a bet does not work as a lubricant of the state machine, thus appeasing insurgencies by the population and the social movements themselves. As a way of thinking about this question, the text begins by considering the constitution of the state reason in the sixteenth century and of governmentality as a new political practice of control over the population that, over the centuries, has perfected its mechanisms and tactics. Subsequently, it analyzes the singularities of the emergence of the State in Brazil, passing through the notions of democracy, colonialism and matabilidade. Finally, it discusses the idea of the capture of the Form-State on the production of subjectivities and desire, bringing the idea of a war machine as a possibility of resistance


Este artículo tiene la intención de discutir la relación entre algunas prácticas de militancia y el Estado, cuestionando los efectos de esta alianza en la efectiva transformación social y problematizando si tal apuesta no viene funcionando como lubricante de la máquina estatal, apaciguando así, insurgencias por parte de la población y de los propios movimientos sociales. Como forma de pensar esta cuestión, el texto comienza pensando la constitución de la razón de Estado en el siglo XVI y de la gubernamentalidad como nueva práctica política de control sobre la población que, a lo largo de los siglos viene perfeccionando sus mecanismos y tácticas. Posteriormente, analiza las singularidades de la emergencia del Estado en Brasil, transitando por las nociones de democracia, colonialismo y mutabilidad. Y por fin, discute la idea de captura de la Forma-Estado sobre la producción de subjetividades y el deseo, trayendo la idea de máquina de guerra como posibilidad de resistencia


Assuntos
Humanos , Estado , Democracia , Ativismo Político , Brasil
14.
Textos contextos (Porto Alegre) ; 17(1): 228-239, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-912269

RESUMO

Este trabalho, de natureza teórica, tem por objetivo discutir o que perpassa entre a expectativa do cidadão em ter seu direito à saúde garantido, e a prioridade em que o Estado posiciona seu dever de cumprir com o que lhe é devido; tendo como objeto de estudo o direito à saúde como dever do Estado. Realizou-se uma revisão bibliográfica em documentos e literaturas que abordam as temáticas de política pública de saúde, Estado e sociedade e direitos sociais. Verificou-se que o direito à saúde é garantido mediante políticas sociais e econômicas, conforme preconizado na Constituição Federal, entretanto, uma política social e econômica adequada não são suficientes para sanar a expectativa e real necessidade do cidadão em acessar a política de saúde no Estado brasileiro.


This theoretical work aims to discuss what lies between the expectation of citizens to have their right to health guaranteed, and the priority in which the State places its duty to comply with what is due to it; having as object of study the right to health as a State duty. A literature review was carried out in documents and literatures that deal with public health, state and society, and social rights issues. It was verified that the right to health is guaranteed through social and economic policies, as recommended in the Federal Constitution, however, an adequate social and economic policy are not enough to heal the citizen's expectation and real need to access health policy in the State Brazilian.


Assuntos
Direito à Saúde , Política Pública , Estado
15.
Physis (Rio J.) ; 27(4): 861-866, Out.-Dez. 2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-895626
16.
Licere (Online) ; 20(4): 372-400, dez.2017. graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-881216

RESUMO

O estudo apresenta as transformações no desenvolvimento do futebol no Brasil, a distribuição temporal e os temas privilegiados na legislação sobre essa modalidade. Para tanto foi realizada uma pesquisa documental no Portal da Legislação do Governo Federal por meio do descritor "futebol" e uma revisão de literatura. A periodização sobre as mudanças processadas na organização do futebol no país foram realizadas em quatro fases, conforme os modelos econômicos existentes no país. No que se refere ao ordenamento legal, observou-se a existência de um grande volume de normas após o início da vigência da Lei Pelé, com um domínio dos temas relacionados às finanças e a Copa do Mundo de 2014.


The study presents the transformations in the development of soccer in Brazil, the temporal distribution and the privileged themes in the legislation on this modality. For that, a documentary research was carried out in the Federal Government Portal of Legislation through the descriptor "football" and a literature review. The periodization on the changes processed in the organization of soccer in the country were carried out in four phases, according to the economic models in the country. With regard to legal regulations, a large volume of standards was observed after the beginning of the Pelé Law, with a domain of finance issues and the 2014 World Cup.


Assuntos
Futebol , Legislação , Estado
17.
Physis (Rio J.) ; 27(3): 453-474, Jul.-Set. 2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-895602

RESUMO

Resumo Este estudo de abordagem qualitativa teve como objetivo compreender as relações e conflitos entre operadoras odontológicas, beneficiários e prestadores, além da interface com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e com o Sistema Único de Saúde (SUS). A coleta de dados foi realizada mediante a aplicação de questionários aos representantes das operadoras, seguida de análise documental e de entrevistas semiestruturadas. A análise por meio da triangulação dos dados permitiu observar como principais resultados: que a lógica de redução de custos orienta as ações das operadoras e se reflete nas relações com beneficiários, prestadores e ANS; que é frágil a interface com o SUS; que há resistência à ampliação de coberturas; e que o crescimento do mercado é acompanhado de grande concentração. Não se pode ignorar a pujança da saúde suplementar na odontologia, mas é preciso discutir criticamente o papel do Estado, tanto como regulador deste mercado, quanto como indutor de um modelo de atenção à saúde bucal com maior qualidade e resolutividade.


Abstract This study of a qualitative approach aimed to understand the relationships and conflicts between dental insurance companies, beneficiaries, and providers, as well as the interface with the National Supplementary Health Agency (ANS) and the Unified Health System (SUS). Data was collected through questionnaires applied to representatives of selected companies, documentary analysis and semi-structured interviews. The analysis through data triangulation enabled to observe as main results: cost control mechanisms guides the companies' activities and also perpetrate the relations with beneficiaries, providers and the ANS; there is a poor relation with the SUS; the companies tend to avoid the extending of dental insurance coverage; and the dental insurance market comes with huge concentration. We cannot ignore the strength of the dental health insurance sector in Brazil, but it is necessary to critically discuss the role of the State, both as regulating the private insurance sector as encouraging a dental care approach with improved quality and resolutivity.


Assuntos
Humanos , Sistema Único de Saúde , Sistemas de Saúde , Saúde Bucal , Assistência Odontológica , Planos de Pré-Pagamento em Saúde , Setor Privado , Convênios , Estado , Serviços de Saúde Bucal , Pesquisa Qualitativa , Saúde Suplementar , Benefícios do Seguro , Seguro Odontológico , Brasil
18.
Rev. adm. pública (Online) ; 51(4): 462-481, jul.-agosto 2017. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-897226

RESUMO

Resumo Este artigo tem como objetivo avaliar se os ciclos políticos em conjunto com viés ideológico impactam significativamente as decisões de alocação de recursos públicos em investimentos de infraestrutura nos estados brasileiros. Para atingir tal objetivo, utilizamos informações em nível estadual de 2003 a 2014 para capturar três ciclos eleitorais. Como abordagem metodológica utilizamos regressão em painel com efeitos fixos, com o objetivo de detectar características estaduais não observáveis e invariantes no tempo. Os resultados encontrados mostram a existência de influência do ciclo eleitoral se considerarmos as diferenças ideológicas interagindo com os ciclos eleitorais. Os resultados apontam que partidos de esquerda e de centro tendem a investir mais em infraestrutura em períodos pré-eleitorais se comparados com partidos de direita. Esse resultado contribui para a literatura evidenciando que ciclos podem ser mais influenciados dependendo do partido que está governando. Foi identificado adicionalmente um resultado contraintuitivo relativo ao impacto negativo nos gastos em infraestrutura quando o governador é do mesmo partido do presidente. Para essa variável, esperava-se um impacto positivo.


Resumen Este estudio tiene como objetivo evaluar si los ciclos políticos, teniendo en cuenta el sesgo ideológico de los gobiernos, tienen un impacto significativo en la toma de decisiones sobre la asignación de inversiones públicas en infraestructura en los estados de Brasil. El estudio utilizó información de los estados brasileños del período comprendido entre 2003 y 2014 para cubrir tres ciclos políticos. El método utilizado fue la regresión de efectos fijos de panel que permite identificar las características de los estados que no son claras y constantes en el tiempo. Los resultados muestran que hay influencia del ciclo electoral, si se considera que las diferencias ideológicas están vinculadas a los ciclos electorales. Los partidos de izquierda y de centro tienden a invertir más en infraestructura en los períodos preelectorales en comparación con los partidos de derecha. Este resultado también contribuye a la literatura porque muestra que los ciclos pueden ser más influenciados dependiendo del partido que gobierna. Un resultado contraintuitivo digno de mención es el impacto negativo de los gastos en infraestructura cuando el gobernador pertenece al mismo partido político que el presidente. Para esta variable, se esperaba un impacto positivo.


Abstract This study aims to evaluate whether political cycles together with the government's ideological bias have a significant impact on decision making regarding the allocation of public investments in infrastructure in the states of Brazil. This study uses information for Brazilian states for the period from 2003 and 2014 in order to cover three political cycles. It utilizes a fixed effects panel data regression which makes it possible to identify state characteristics that are unobserved and constant over time. The results show that the electoral cycle does exert an influence, if we consider that ideological differences are linked to electoral cycles. Left-wing and centrist parties tend to invest more in infrastructure in pre-election periods in comparison with right-wing parties. This result also contributes to the literature because it shows that cycles can be more influential depending on the party that is governing. A counter-intuitive result worth mentioning is the negative impact on infrastructure investment that occurs when the governor belongs to the same political party as the president. A positive impact had been expected.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Política Pública , Estado , Economia , Governança , Brasil
19.
Psicol. ciênc. prof ; 37(1): 159-175, jan.-mar. 2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-842126

RESUMO

Resumo Apesar de vivermos em um estado laico, têm crescido no Brasil iniciativas pela inclusão de conteúdos religiosos em medidas estatais e até mesmo na organização do Estado. Estes movimentos permeiam inclusive os debates com relação à atuação de conselhos de fiscalização profissional, como é o caso do Conselho Federal de Psicologia (CFP). Delicado e desafiador, tal contexto exige clareza intelectual e postura política democrática. Assim, este artigo busca examinar os fundamentos e o modelo da laicidade constitucional no Brasil e refletir sobre as consequências desse modelo para a vida institucional e a fiscalização profissional do CFP, contribuindo, portanto, para ampliar o debate acadêmico sobre o tema. Ademais, a presente pesquisa, de caráter teórico, se mostra socialmente relevante na medida em que a adoção de posturas democráticas nos debates públicos atuais como a “cura gay”, a “ideologia de gênero”, as políticas públicas de saúde e o credenciamento de cursos de graduação em Psicologia perpassa pela compreensão do conceito de laicidade e da sua aplicação ao CFP....(AU)


Abstract Although we live in a secular state, initiatives for the inclusion of religious content in state measures and even in the state organization have been growing in Brazil. These movements permeate even the debates regarding the activity of professional supervisory boards, such as the Federal Council of Psychology (CFP). Delicate and challenging, this context requires intellectual clarity and democratic political stance. Therefore, this article aims to examine the fundamentals and the constitutional laicity model in Brazil and to reflect on the consequences of this model for the institutional life and the professional supervision of the CFP, contributing thus to expand the academic debate on the theme. Moreover, this theoretical research is socially relevant because of the fact that the adoption of democratic attitudes in the current public debate as the “gay cure”, “gender ideology”, public health policies and accreditation of degree courses in psychology pervades the understanding of the concept of laicity and its application to the CFP....(AU)


Resumen A pesar de que vivimos en un estado laico, han crecido iniciativas en Brasil en el sentido de incluir contenido religioso en las medidas estatales e incluso en la organización estatal. Estos movimientos permean inclusive los debates con respecto a la actuación de los consejos de supervisión de profesionales, como el Consejo Federal de Psicología (CFP). Delicado y difícil, este contexto requiere claridad intelectual y postura política democrática. Por lo tanto, este artículo tiene por objeto examinar los fundamentos y el modelo de laicidad constitucional en Brasil y reflexionar sobre las consecuencias de este modelo para la vida institucional y la supervisión profesional del CFP, lo que contribuye a ampliar el debate académico sobre el tema. Además, la presente investigación, de carácter teórico, se muestra socialmente relevante en la medida en que la adopción de actitudes democráticas en los debates públicos actuales como la “cura gay”, “ideología de género”, políticas de salud pública y acreditación de cursos de pregrado de psicología, pasa por la comprensión del concepto de laicidad y su aplicación al CFP....(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Liberdade , Regulação e Fiscalização em Saúde , Conselhos de Saúde , Religião , Estado , Psicologia
20.
Rev. latinoam. cienc. soc. niñez juv ; 15(1): 131-145, ene. 2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-836167

RESUMO

This is a theoretical paper, which presents a systematic and critical review of different authors about the neighborhood effect and the State’s role in the life paths of young people and introduces reflections, contributions and nuances that have emerged from an empirical work, with the intention of advancing the conceptual reflection of phenomena such as neighborhood effect and processes of youth social exclusion on the outskirts of the city. The methodology chosen is the comparative case study among four working class neighborhoods in the periphery of Barcelona and Milan. Finally, main conclusions are: previous researches about neighbourhood effect have ascribed other elements to the neighbourhood leading to social exclusion, even when they are not created by neighbourhood itself, but they are the result of extra-territorial and extra-local processes.


Este es un artículo teórico que por un lado, presenta una revisión sistemática y crítica sobre la literatura del efecto barrio y el papel del Estado en las trayectorias devida de los jóvenes, y por otro lado, introduce reflexiones, aportaciones y matices que han surgido deun trabajo empírico, con la intención de promoverla reflexión conceptual sobre el efecto barrio y losprocesos de exclusión social juvenil en las periferias urbanas. La metodología elegida es el estudiode caso comparativo entre cuatro barrios de la clase obrera en la periferia de Barcelona y Milán. Los principales resultados son que investigaciones precedentes sobre el efecto barrio han atribuidoal barrio elementos vinculados a la exclusión social, incluso cuando estos procesos no son creados por el propio barrio, sino que son el resultado de procesos extra-territoriales y extra-locales.


Este é um artigo teórico que por um lado apresenta uma revisão sistemática e crítica da literatura do “efeito vizinhança” e o papel do Estado nas trajetórias de vida dos jovens e, por outro lado, introduz reflexões, aportes e matizes que têm surgido de um trabalho empírico, com a intenção de promover a reflexão conceitual sobre o efeito de vizinhança e processos de exclusão social de jovens nas periferias urbanas. A metodologia escolhida é o estudo de caso comparativo entre quatro bairros de classe operária na periferia de Barcelona e Milão. Os principais resultados são que as pesquisas anteriores sobre o “efeito vizinhança” atribuíram à vizinhança elementos vinculados à exclusão social, incluso quando estes processos não são criados pela própria vizinhança, mas são o resultado de processos extraterritoriais e extra locais.


Assuntos
Humanos , Adolescente , Estado
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA