Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 21
Filter
1.
Saúde Redes ; 9(1): 15, mar. 2023.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1438296

ABSTRACT

A residência multiprofissional em saúde é considerada uma modalidade de formação estratégica para a qualificação de profissionais no campo da saúde coletiva e um espaço privilegiado de formação para o trabalho no Sistema Único de Saúde. No campo da saúde mental, é tida como uma aposta para o fortalecimento das práticas na perspectiva da atenção psicossocial, sobretudo quando não utiliza o hospital psiquiátrico como cenário de formação. Neste artigo, é discutida a formação para o trabalho em saúde mental a partir da percepção de ex-residentes de dois programas de residência em saúde mental realizados integralmente em serviços abertos e de base comunitária das redes de atenção psicossocial de dois municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG. Foram realizadas entrevistas em profundidade com oito ex-residentes de diferentes categorias profissionais, que concluíram a formação entre os anos de 2012 e 2016. À luz das produções do campo da atenção psicossocial, as informações que emergiram foram analisadas em três grandes temas: formação em e na rede; suporte teórico-metodológico para o percurso formativo; e efeitos nas subjetividades e trajetórias dos entrevistados. Constata-se que os espaços mais potentes da atenção psicossocial são também os espaços mais potentes para a formação em saúde mental.

3.
Rev. latinoam. psicopatol. fundam ; 24(2): 421-445, jun. 2021. tab
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS, Index Psychology - journals | ID: biblio-1289799

ABSTRACT

A inclusão dos cuidados em Saúde Mental na Atenção Primária tem ocorrido em diversos países, incluindo o Brasil, para suprir a existência de uma lacuna assistencial. A integração dos serviços é apontada como necessária, mas ao mesmo tempo um grande desafio. O objetivo deste estudo foi realizar a análise exploratória das práticas discursivas sobre o uso dos medicamentos psicotrópicos e das abordagens não farmacológicas para superação de eventos negativos da vida. As entrevistas realizadas com médicos que trabalham na saúde da família, sobre a prática clínica nos cuidados primários em saúde mental, compuseram o corpus da pesquisa. Os dados foram tratados a partir dos pressupostos da análise do discurso. As descrições analíticas foram construídas a partir dos enunciados identificados na formação discursiva da medicalização da vida. Os resultados da análise evidenciaram o pluralismo terapêutico dos psicotrópicos e seus efeitos, com o uso menos frequente das abordagens não farmacológicas; a prescrição exclui tramas sociais mais amplas, captura a potência da vida modulando os comportamentos individuais e coletivos, para que a convivência seja assegurada e legitimada, para garantir o pretenso bem comum.


Inclusion of mental health care into primary care has occurred in several countries, including Brazil, to tackle the lack of assistance. The integration of services is seen as necessary, but at the same time a major challenge. The aim of this study was to conduct an exploratory analysis of discursive practices on the use of psychotropic drugs and non-pharmacological approaches to overcome negative life events. Interviews conducted with physicians working in family health on the clinical practice of primary mental health care made up our research corpus. Data were analyzed based on the assumptions of discourse analysis. The analytical descriptions were built based on the statements identified in the discursive formation of the medicalization of life. The results of the analysis showed the therapeutic pluralism of psychotropics and their effects, less frequently using non-pharmacological approaches. Prescription excludes broader social plots, captures the power of life by modulating individual and collective behavior, so that social life is assured and legitimized, thus ensuring the alleged common good.


L'inclusion des soins de santé mentale dans l'attention primaire se développe dans divers pays, y compris au Brésil, pour combler l'existence d'une lacune assistancielle. L'intégration des services est considérée comme nécessaire, mais également comme un défi. L'objectif de cette étude a été de réaliser l'analyse exploratoire des pratiques discursives sur l'usage des médicaments psychotropes et des approches non pharmacologiques pour surmonter les événements négatifs de la vie. Les entretiens réalisés avec les médecins travaillant en santé familiale à propos de la pratique clinique dans les soins primaires de santé mentale ont composé le corpus de la recherche. Les résultats de l'analyse ont mis en évidence le pluralisme thérapeutique des psychotropes et leurs effets, avec l'usage moins fréquent des approches non pharmacologiques. La prescription exclut des trames sociales plus amples, capture la puissance de la vie en modulant les comportements individuels et collectifs pour que la vie sociale soit assurée et légitimée, pour garantir le prétendu bien commun.


La inclusión de la atención en salud mental en el ámbito de la atención primaria se ha dado en varios países, entre ellos Brasil, para suplir la existencia de un vacío asistencial. La integración de los servicios se considera como necesaria y, al mismo tiempo, como un gran desafío. El objetivo de este estudio fue realizar un análisis exploratorio de las prácticas discursivas sobre el uso de medicamentos psicotrópicos y sobre los abordajes no farmacológicos para superar los eventos negativos de la vida. Las entrevistas a médicos, que trabajan en salud familiar, sobre la práctica clínica en salud mental dentro de la atención primaria, constituyeron el corpus de la investigación. Los datos fueron tratados a partir de los postulados del análisis del discurso. Las descripciones analíticas se construyeron a partir de las declaraciones identificadas en la formación discursiva de la medicalización de la vida. Los resultados del análisis mostraron el pluralismo terapéutico de los psicotrópicos y sus efectos, con un uso menos frecuente de abordajes no farmacológicos, la prescripción excluye tramas sociales más amplias, capta la potencia de la vida modulando os comportamientos individuales y colectivos, para garantizar y legitimar la coexistencia y garantizar el supuesto bien común.

4.
Trab. educ. saúde ; 17(2): e0020940, 2019.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1004825

ABSTRACT

Resumo Este estudo objetivou analisar, à luz das discussões sobre educação interprofissional e práticas colaborativas no contexto da reforma psiquiátrica, o projeto político-pedagógico de um programa de residências integradas em saúde mental em curso em Belo Horizonte, Minas Gerais. Mediante abordagem qualitativa, foi realizada análise de conteúdo temática do projeto político-pedagógico do programa, que resultou em três temas amplos: perspectiva teórico-pedagógica; diversificação das estratégias de cuidado; trabalho multiprofissional na lógica interdisciplinar. As informações que emergiram foram complementadas e aprofundadas com a realização de entrevistas semiestruturadas com atores envolvidos na preceptoria e na coordenação do programa. Entre os achados, destacamos a potencialidade do programa para o fortalecimento do processo de desinstitucionalização e de qualificação da política pública de saúde mental, ao possibilitar uma aprendizagem conjunta entre residentes de diferentes áreas e trabalhadores dos serviços envolvidos. Por meio do desenvolvimento de competências necessárias para a realização de um trabalho coletivo e comprometido com a integralidade da assistência em saúde, o programa reforça a necessidade da interprofissionalidade e das práticas colaborativas, indo além do tecnicismo. A aposta na rede de atenção psicossocial como local privilegiado para processos de ensino-aprendizagem, sem a utilização do hospital psiquiátrico, questiona práticas de formação estagnadas e possibilita a ampliação das formas de cuidado.


Abstract The present study had the goal of analyzing, based on the discussions about interprofessional education and collaborative practices in the context of the psychiatric reform, the political-pedagogical project of an integrated residency in mental health program taking place in the city of Belo Horizonte, in the state of Minas Gerais, Brazil. Through a qualitative approach, we performed the analysis of the thematic content of the political-pedagogical project of the program, which resulted in three broad themes: theoretical-pedagogical perspective; diversification of the care strategies; multiprofessional work in the interdisciplinary logic. The information found was complemented and delved into with the performance of semistructured interviews with the actors involved in the tutorship and coordination of the program. Among the findings, we highlight the potential of the program to strengthen the process of deinstitutionalization and of qualification of the mental health public policy, by enabling a joint learning among residents of different areas and workers at the services involved. Through the creation of the necessary competences for the development of a work that is collective and committed to the comprehensiveness of the care in health, the program emphasizes the need for interprofessionality and collaborative practices, going beyond technicism. The choice of the psychosocial care network as a privilege space for teaching-learning processes, without using the psychiatric hospital, questions the stagnant training practices and enables the expansion of forms of care.


Resumen A través de este estudio el objetivo fue analizar, a la luz de las discusiones sobre educación interprofesional y prácticas colaborativas en el contexto de la reforma psiquiátrica, el proyecto político-pedagógico de un programa de residencias integradas en salud mental en curso en la ciudad de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil. Mediante el abordaje cualitativo se efectuó el análisis de contenido temático del proyecto político-pedagógico del programa, dando lugar a tres temas principales: perspectiva teórico-pedagógica; diversificación de las estrategias de cuidado; trabajo multiprofesional desde la lógica interdisciplinaria. Se ahondó en la información obtenida y se complementó a través de la realización de entrevistas semiestructuradas con actores involucrados en la tutoría y coordinación del programa. Entre los resultados encontrados se destaca el potencial del programa para el fortalecimiento del proceso de desinstitucionalización y cualificación de la política pública de salud mental, al posibilitar un aprendizaje conjunto entre residentes de diferentes áreas y trabajadores de los servicios involucrados. Por medio del desarrollo de competencias necesarias para la realización de un trabajo colectivo y comprometido con la integralidad de la asistencia en salud, el programa refuerza la necesidad de la interprofesionalidad y de las prácticas colaborativas, yendo más allá del tecnicismo. La apuesta en la red de atención psicosocial como espacio privilegiado para procesos de enseñanza-aprendizaje, sin el uso del hospital psiquiátrico, cuestiona prácticas de formación estancadas y posibilita la ampliación de las formas de cuidado.


Subject(s)
Humans , Mental Health , Internship and Residency , Mental Health Services
5.
Article in Portuguese | LILACS-Express | LILACS, Index Psychology - journals | ID: biblio-1098481

ABSTRACT

RESUMO O artigo discute alguns conceitos fundamentais da arqueologia proposta por Michel Foucault como estratégia de análise da dimensão discursiva da realidade para, na sequência, apresentar a forma como esse modo de análise do discurso foi utilizado em uma pesquisa etnográfica concreta. Demarca-se a especificidade da análise foucaultiana do discurso em relação a outros tipos possíveis, a partir da discussão sumária dos principais resultados alcançados pela pesquisa. O objetivo é elucidar a pertinência do uso da AD em pesquisas qualitativas, especialmente a etnográfica. Deixa-se sugerida a necessidade de se abarcar na análise a dimensão genealógica das relações de poder envolvidas em toda prática discursiva.


Abstract This study aimed to discuss basic concepts of archeology proposed by Michel Foucault as an analytical strategy of discursive dimension of reality and to show how this type of discourse analysis (DA) was used in ethnographic research. We outlined the specificity of Foucault's discourse analysis in relation to other types of discourse analysis, using for that a brief discussion of the main results achieved with the research. The goal was to understand the relevance of DA in qualitative research, particularly ethnographic research. We suggested the need to consider the genealogical dimension of power relations in every discursive practice.

6.
Trab. educ. saúde ; 16(1): 201-220, jan.-abr. 2018. graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-904479

ABSTRACT

Resumo Trata-se de pesquisa empírica com o objetivo de analisar a prática do apoio matricial em saúde mental com base no estudo de caso da experiência da cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, ocorrida entre os anos de 2013-2014. Mediante uma abordagem qualitativa, realizaram-se entrevistas do tipo semiestruturado e individual com cinco psicólogos e dois representantes da gestão envolvidos com o apoio matricial em saúde mental do município, além de observação-participante em reuniões de matriciamento. Os dados foram analisados segundo a metodologia da análise de conteúdo. Nas reflexões finais, percebeu-se que o apoio matricial tem transformado a relação de trabalho nas unidades básicas de saúde no sentido da corresponsabilização e do trabalho integrado entre as equipes. No entanto, ainda é preciso avançar no tocante à construção do projeto terapêutico, ampliando o escopo de intervenções além do atendimento clínico-individual, incluindo a perspectiva do trabalho com grupos e no território.


Abstract This research aims to examine the practice of matrix support in mental health from the case study of the experience of the city of Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, between the years 2013-2014. From a qualitative approach, there were semi-structured and individual type of interviews with five psychologists and two representatives of management involved with this in mental health in the city, as well as participant observation in matricial meetings. Data were analyzed using the methodology of content analysis. In the final reflections, it is clear that the support matrix has transformed the employment relationship in basic health units in the sense of co-responsibility and integrated work between the teams. Nevertheless, we still need to move forward with regard to the construction of the treatment plan, expanding the scope of interventions beyond the clinical and individual care, including the prospect of working with groups and in the territory.


Resumen Este artículo presenta una investigación empírica con el objetivo de analizar la práctica del apoyo matricial en salud mental teniendo por base el estudio de caso dela experiencia de la ciudad de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, entre los años 2013-2014. Desde un enfoque cualitativo, fueron realizadas entrevistas individuales semiestructuradas con cinco psicólogos y dos representantes de la gestión, así como observación participante en las reuniones matriciales. Los datos fueron analizados utilizándose la metodología de análisis de contenido. En las reflexiones finales, está claro que el apoyo matricial viene transformando la relación de trabajo en las unidades básicas de salud en el sentido de la corresponsabilidad y el trabajo integrado entre los equipos. Sin embargo, todavía tenemos que avanzar hacia la construcción del plan terapéutico, ampliando las intervenciones más allá de la atención clínica individual, incluyendo la posibilidad de trabajar con grupos y en el territorio.


Subject(s)
Humans , Primary Health Care , Mental Health
7.
Interface (Botucatu, Online) ; 22(65): 461-472, abr.-jun. 2018.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-893488

ABSTRACT

O objetivo deste estudo foi analisar a constituição da responsabilidade no trabalho de profissionais de saúde em uma unidade de terapia intensiva pediátrica. A pesquisa é de abordagem qualitativa, com coleta de dados mediante entrevistas com roteiro semiestruturado a um grupo heterogêneo de 14 profissionais. Foram realizadas observações sistemáticas em diversos horários de trabalho, em um total de oitenta horas, registradas em diário de bordo. A análise do discurso fundamentou-se na perspectiva foucaultiana. A partir deste estudo, aponta-se que o sentimento de responsabilidade é convertido em sentimento de culpa pelos profissionais, a partir de um entrelaçamento de regimes de verdades provenientes dos campos do poder judiciário, do Cristianismo e do saber médico, que incidem sobre as práticas. As dificuldades em lidar com limites na atuação profissional desencadeiam conflitos interprofissionais geradores de sofrimento no lidar com a morte de crianças.(AU)


The objective of this study was to analyze the nature of responsibility at work among health professionals in a pediatric intensive care unit. This qualitative research involved data gathering from semi-structured interviews with a heterogenous group of 14 professionals. Systematic observations were carried out at different working hours, across a total of eighty hours, and were registered in a logbook. Discourse analysis was based on Foucault. The study showed that the feeling of responsibility is converted into a feeling of guilt by health professionals, based on the intermeshing of truth systems that draw on the fields of legal power, Christianity and medical knowledge, all of which impact on the individual's practices. The difficulties in dealing with limits in the professional sphere lead to conflicts between professionals which cause suffering when it comes to dealing with the death of children.(AU)


El objetivo de este estudio fue analizar la constitución de la responsabilidad en el trabajo de profesionales de salud en una unidad de cuidados intensivos pediátrica. La encuesta es de abordaje cualitativo con colecta de datos por medio de entrevistas con guion semi-estructurado a un grupo heterogéneo de 14 profesionales. Se realizaron observaciones sistemáticas en diversos horarios de trabajo, en un total de ochenta horas, registradas en un diario de a bordo. El análisis del discurso se fundamentó en la perspectiva foucaultiana. A partir de este estudio, se señala que el sentimiento de responsabilidad es convertido en sentimiento de culpa por parte de los profesionales, a partir de un entrelazamiento de regímenes de verdades provenientes de los campos del poder judicial, del Cristianismo y el saber médico que inciden sobre las prácticas. Las dificultades para enfrentar límites en la actuación profesional desencadenan conflictos interprofesionales generadores de sufrimiento al enfrentar la muerte de niños.(AU)


Subject(s)
Humans , Male , Female , Ethics, Professional , Intensive Care Units, Neonatal , Interprofessional Relations , Liability, Legal
8.
Sante Ment Que ; 42(1): 319-335, 2017.
Article in French | MEDLINE | ID: mdl-28792575

ABSTRACT

This paper presents and discusses the results of an intervention research conducted in Ouro Preto, Brazil from August 2014 to March 2016. The main objective was to contribute to the development of an intersectoral and interdisciplinary network to face psychosocial vulnerabilities of children and teenagers, especially related to sexual violence and drug use. To achieve this, we identified the difficulties faced by the Sistema de Garantia de Direitos Humanos da Criança e do Adolescente (SGDHCA) implemented by the municipality which take care of this population. We also identified protective and promotion factors accomplished to empower them. The methodology used combines Deleuze and Guattari Cartography, Institutional Analysis and the Cross Training. This latter methodology was developed by a group of researchers of Douglas Institute, in Montreal, which we met through scientific co-operation with our laboratory. On account of the practical-theoric and co-participative activities with the professional network of Ouro Preto, we produced a detailed diagnosis of the SGDHCA and a document proposing short, medium and long-term strategies. As final result, we intend to help the local collective-the Forum Intersetorial da Infância e Juventude-to develop a work plan from the proposed actions. In this paper we will concentrate the potential of the methodology used by presenting outcome from two important moments of the research: the discussions of successful and unsuccessful cases that elucidate the network operation and the potential and difficulties arising from the Rotation Positional, important technical of the Cross Training.


Subject(s)
Health Promotion , Mental Health Services , Violence , Adolescent , Brazil , Child , Health Services Research , Humans , Vulnerable Populations
9.
Psicol. soc. (Online) ; 29: e161193, 2017.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-955850

ABSTRACT

Resumo Objetivou-se analisar a micropolítica das relações interprofissionais em uma unidade de terapia intensiva pediátrica. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, de cunho cartográfico, com observações da dinâmica das relações entre os sujeitos, entrevistas com 14 profissionais, no período de junho a agosto de 2014. As relações interprofissionais são constituídas em um território híbrido formado pela interseção dos saberes biomédicos, práticas de trabalho intervencionistas com aparelhos tecnológicos, reguladas por normas, protocolos e pelo lidar com crianças e seus pais. O afeto despertado nos profissionais frente à espontaneidade e sofrimento de crianças desestabiliza o plano normativo e científico do trabalho em prol da estabilização orgânica das crianças, desencadeando novos agenciamentos dos profissionais, ora flexibilizando as normas, ora intensificando comportamentos controladores e perfeccionistas. Aponta-se a importância da potencialização dos agenciamentos inventivos dos profissionais e criação de dispositivos para ações coletivas e saberes que promovam a associação da clínica da vida junto à da sobrevida.


Resumen Este estudio tuve como objetivo analizar las relaciones interprofesionales y micropoliticas en una unidad de cuidados intensivos pediátricos. Se trata de un estudio con un enfoque cualitativo, de carácter cartográfico, con observación de la dinámica de las relaciones entre los profesionales y entrevistas con 14 profesionales llevadas a cabo de junio a agosto de 2014. Las relaciones interprofesionales se constituyen en un territorio híbrido formado por la intersección del conocimiento biomédico, prácticas intervencionistas con dispositivos tecnológicos, regulados por normas, protocolos y por el tratamiento a los niños y sus padres. El afecto despertado en los profesionales frente a la espontaneidad y el sufrimiento de los niños desestabiliza el plan normativo y científico de lo trabajo em favor de la estabilización orgánica de los niños, desencadenando nuevos agenciamientos de los profesionales, ora flexibilizando las normas, ora intensificando comportamientos controladores y perfeccionistas. Se señala la importancia de la potenciación de los agenciamientos inventivos de los profesionales y creación de dispositivos para acciones colectivas y saberes que promuevan la asociación de la clínica de la vida a de la supervivencia.


Abstract This study aimed to analyze the micropolitics of interbranch relations in a pediatric intensive care unit. It is a study with a qualitative approach, of cartographic character. Observations of the dynamics of relationships between the professionals and interviews with fourteen professionals from June to August 2014 were carried out. Interbranch relations are constituted in a hybrid territory formed by the intersection of biomedical knowledge, interventionist work practices with technological gadgets, which are regulated by standards, protocols, and by dealing with children and their parents. The affection aroused in professional front of spontaneity and children's suffering destabilizes the regulatory and scientific plan of work towards the organic stabilization of children, unleashing new agencies of the professionals, sometimes loosening the rules, sometimes intensifying behaviors controllers and perfectionists. This paper also points out the importance of empowering the professionals' inventive agencies, and creating mechanisms for collective action and knowledge towards promoting the clinical association of life with the survival.


Subject(s)
Intensive Care Units, Pediatric , Interprofessional Relations , Attitude to Death , Health Personnel , Humanization of Assistance
10.
Pesqui. prát. psicossociais ; 11(3): 583-601, dez. 2016.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-955323

ABSTRACT

O objetivo do estudo foi contribuir para o desenvolvimento do trabalho em rede intersetorial e interdisciplinar por meio da realização de um diagnóstico situacional de uma rede de cuidados e da aplicação da Formação Cruzada como estratégia para ampliar o conhecimento dos atores dessa rede em relação ao seu fazer quotidiano e possível fortalecimento da rede. O método empregado foi a pesquisa-ação. Constatou-se falta de articulação da rede e pouca expertise na abordagem da problemática, tendo na intersetorialidade um de seus principais desafios. A Formação Cruzada apresenta-se como uma ferramenta estratégica no compartilhamento de informações sobre o cuidado da criança e do adolescente na rede de atenção. Aponta-se que a construção de estratégias para o manejo de impasses em relação à demanda do município estudado se faz necessária, considerando a participação dos atores envolvidos.


The aim of the study was to contribute to the development of the work in intersectorial and interdisciplinary network by conducting a situational diagnosis of a care network and applying the Cross Training as a strategy to increase knowledge of the actors of this network regarding their daily job and possible strengthening of the network. The method used was the action research. A lack of network articulation and little expertise in the approach of the problem were verified, being the intersectoriality one of its main challenges. The Cross Training appears as a strategic tool in sharing information about the attention of children and adolescents in the care network. It is necessary to construct strategies for handling the impasses regarding the demand of the studied city considering the participation of the actors involved.


El objetivo del estudio fue contribuir al desarrollo del trabajo en red intersectorial e interdisciplinario mediante la realización de un diagnóstico situacional de una red de atención, bien como la aplicación de la Formación Cruzada como una estrategia para aumentar el conocimiento de los actores de la red, en relación a su actuación cotidiana y posible fortalecimiento de la red. El método utilizado fue la investigación-acción. Se encontró una falta de coordinación de la red y poca experticia en el tratamiento del tema, siendo la intersectorialidad uno de sus principales retos. La Formación Cruzada se presenta como una herramienta estratégica en el intercambio de información sobre el cuidado de los niños y adolescentes en la red de atención. Se señala que la construcción de estrategias para el manejo de las dificultades en relación con la demanda de la ciudad estudiada es necesaria teniendo en cuenta la participación de los actores involucrados.


Subject(s)
Intersectoral Collaboration , Crack Cocaine , Substance-Related Disorders , Social Support , Illicit Drugs , Adolescent , Education, Continuing
11.
Gerais ; 8(n.esp): [258-268], dez. 2015.
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-879550

ABSTRACT

Relato de experiência que discute a primeira tentativa de aproximação entre equipes de saúde mental e saúde da família em cidade da região metropolitana de Belo Horizonte (Minas Gerais). Capacitações em saúde mental são usadas como recursos, paralelamente aos processos de mapeamento e confecção de catálogo de recursos socioculturais feitos por agentes comunitários de saúde, acompanhados por estagiários de Psicologia. A experiência lança as bases para a implantação do apoio matricial em saúde mental no município e é criticamente analisada nos dias de hoje quanto a atravessamentos do poder institucional e o limite das capacitações para a transformação das práticas.


Report of an experience discussing the first attempt to bring the mental health and the family health teams close to gether, in a town in the metropolitan region of Belo Horizonte (Minas Gerais). Qualifications in mental health are used as resources, parallel to the mapping process and the manufacture of a catalogue of sociocultural resources by community health agents and Psychology trainees. The experience sets the basis for the implementation of Mental Health Matrix Support in the town, and it is critically analyzed nowadays as to the interference of the institutional power and the limit of the qualifications for the transformation of practices.

12.
Interface comun. saúde educ ; 15(37): 529-537, abr.-jun. 2011.
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-592644

ABSTRACT

O objetivo deste estudo de caso é analisar significações sobre o ideário da promoção da saúde presentes no contexto da Estratégia Saúde da Família. O estudo de caso foi realizado em Belo Horizonte e, por isso, inicialmente, são discutidas as diretrizes relacionadas à promoção da saúde na atenção básica deste município. Em seguida, são analisadas as práticas discursivas e as estratégias de intervenção de uma equipe de Saúde da Família. Evidenciamos a fragmentação e a polarização frequentes entre a clínica e as ações coletivas programáticas, ambas pautadas em lógicas que raramente dialogam entre si, sobrepondo-se em uma só estratégia por força de normas institucionais. Entretanto, a construção de um projeto de promoção da saúde mental pela equipe de Saúde da Família remete a sentidos sobre promoção da saúde que estão mais próximos de uma concepção crítica do ideário.


The purpose of this study is to discuss meanings about the set of ideas concerning health promotion in the context of the Family Health Strategy. A case study was carried out in Belo Horizonte and the guidelines related to health promotion in the primary care services of this municipality are brought to discussion. Then the discursive practices and intervention strategies of a Family Health team are analyzed. We approach the frequent fragmentation and polarization between the clinic and the programmatic collective actions, both based on logics that are rarely in touch with each other, forming a single strategy by the force of institutional norms. However, the formulation of a mental health promotion project by the Family Health team expresses other meanings, much closer to a critical conception of the health promotion ideas.


El objetivo de este estudio es investigar las concepciones del ideario de promoción de la salud en el ámbito de la Estrategia Salud de la Familia. El estudio de caso se llevó a cabo en Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil, por lo que inicialmente se discuten algunas directrices de la atención primaria en este municipio. A continuación son analizadas las prácticas discursivas y las estrategias de intervención de un equipo de Salud de la Familia. Lo que más se evidencia es la fragmentación y la polarización frecuentes entre la clínica y las acciones colectivas proyectadas. Las dos son basadas en lógicas que raramente dialogan entre sí. Sin embargo, la construcción de un proyecto de promoción de la salud mental por parte del equipo revela otros sentidos a respecto de la promoción de la salud que se asemejan más a una concepción crítica del ideario.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Family Health , Health Promotion , Primary Health Care , Public Health
13.
Article in Portuguese, English | Index Psychology - journals | ID: psi-43909

ABSTRACT

O artigo aborda a idéia de autonomia proposta pelo filósofo e psicanalista Cornelius Castoriadis (1922-1997), segundo a qual a suposição do inconsciente, com o conseqüente descentramento do sujeito e desmistificação do sujeito consciente de si, é plenamente compatível com, e mesmo condição para, a construção de uma subjetividade autônoma. A existência do inconsciente e a busca de autonomia não seriam pressupostos excludentes, opostos ou incompatíveis e sim complementares


The paper approaches the conception of “autonomy”, such as it was proposed by the philosopher and psychoanalyst Cornelius Castoriadis (1922-1997). According to this author, the concept of unconscious (that leads to the decentralization and demythification of the all-conscious subject) is plainly compatible with the constructionof an autonomous subjectivity, being even its condition. Contrariously to those who criticizes the concept of autonomy, Castoriadis maintains that the existence of the unconscious and the search for autonomy are not excluding nor opposite nor incompatible. Instead, they are complementary to each other

14.
Pesqui. prát. psicossociais ; 1(1): 1-11, jun. 2006.
Article in Portuguese | Index Psychology - journals | ID: psi-48748

ABSTRACT

O artigo aborda a idéia de autonomia proposta pelo filósofo e psicanalista Cornelius Castoriadis (1922-1997), segundo a qual a suposição do inconsciente, com oconseqüente descentramento do sujeito e desmistificação do sujeito consciente de si,é plenamente compatível com, e mesmo condição para, a construção de umasubjetividade autônoma. A existência do inconsciente e a busca de autonomia não seriam pressupostos excludentes, opostos ou incompatíveis e sim complementares(AU)


The paper approaches the conception of “autonomy”, such as it was proposed by thephilosopher and psychoanalyst Cornelius Castoriadis (1922-1997). According to thisauthor, the concept of unconscious (that leads to the decentralization anddemythification of the all-conscious subject) is plainly compatible with the constructionof an autonomous subjectivity, being even its condition. Contrariously to those whocriticizes the concept of autonomy, Castoriadis maintains that the existence of theunconscious and the search for autonomy are not excluding nor opposite norincompatible. Instead, they are complementary to each other


Subject(s)
Humans , Male , Female , Personal Autonomy , Psychology, Social , Researcher-Subject Relations
15.
Rev. psicol. plur ; (19/20): 173-214, 2004.
Article in Portuguese | Index Psychology - journals | ID: psi-28794

ABSTRACT

Com uma breve introdução sobre as condições da construção do instrumento, o artigo disponibiliza para a comunidade o Formulário para Cadastro de Conjuntos Sociais, desenvolvido por pesquisadores na Universidade Federal de São João del-Rei, como subsídio para a construção do Banco de Dados no qual o perfil da clientela, as demandas e práticas de intervenção psicossocial em grupos, organizações, instituições e comunidades, da região de São João del-Rei e arredores, são registrados com os objetivos de preservar a memória dos atendimentos feitos pela universidade, especialmente os ofertados pelo Departamento de Psicologia, abrir possibilidade de consultas relativas a esses atendimentos, gerar material passível de devolução à clientela e reunir informações e dados para pesquisas futuras(AU)

16.
Psyche (São Paulo) ; 7(12): 137-158, dez. 2003.
Article in Portuguese | Index Psychology - journals | ID: psi-20107

ABSTRACT

Este artigo propõe a discussão da relevância de investigações sobre concepções e práticas em relação à loucura na sociedade atual. Especialmente, discute o embasamento teórico necessário para realização de pesquisa etnográfica sobre estratégias sociais de inclusão e exclusão do louco, expondo a opção teórica das autoras pela perspectiva de análise foucaultiana no desenvolvimento de estudos de casos concretos (AU)


Subject(s)
Mental Health , Social Adjustment , Psychiatry
17.
Psicol. teor. pesqui ; 19(3): 231-239, set.-dez. 2003. tab
Article in Portuguese | Index Psychology - journals | ID: psi-35269

ABSTRACT

O objetivo do presente estudo é mapear a ocorrência, importância e evolução da investigação científica pertinente ao processo de reforma psiquiátrica em curso no Brasil nas duas últimas décadas. A partir de levantamento por amostragem, feito no banco de dados LILACS - Literatura Latino-Americana en Ciencias de la Salud, traçam-se tendências e características das publicações desse período em que ocorreram acentuadas mudanças nas práticas e nos discursos que povoam o campo da saúde mental no país. (AU)


Subject(s)
Mental Health/history , Psychiatry/trends , Scientific Publication Indicators
18.
Psicol. teor. pesqui ; 19(3): 231-239, set.-dez. 2003. tab
Article in Portuguese | LILACS | ID: lil-393203

ABSTRACT

O objetivo do presente estudo é mapear a ocorrência, importância e evolução da investigação científica pertinente ao processo de reforma psiquiátrica em curso no Brasil nas duas últimas décadas. A partir de levantamento por amostragem, feito no banco de dados LILACS - Literatura Latino-Americana en Ciencias de la Salud, traçam-se tendências e características das publicações desse período em que ocorreram acentuadas mudanças nas práticas e nos discursos que povoam o campo da saúde mental no país.


Subject(s)
Psychiatry/trends , Mental Health/history , Brazil , Scientific Publication Indicators
19.
Cad. subj ; 5(2): 465-481, jul.-dez. 1997.
Article in Portuguese | Index Psychology - journals | ID: psi-32828
20.
Cad. subjetividade ; 5(2): 465-481, jul./dez. 1997.
Article | Index Psychology - journals | ID: psi-7837
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL
...