Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 1 de 1
Filter
Add more filters










Database
Publication year range
1.
Rev. bras. cir. plást ; 39(1): 1-9, jan.mar.2024. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1527466

ABSTRACT

Introdução: Reduzindo os índices de recidiva de forma impactante, o emprego de biomateriais como "telas de reforço" na reparação de diferentes defeitos da parede abdominal tornou-se rotina quase obrigatória para o sucesso dessas reparações. A partir da década de 1990 houve a introdução de matrizes biológicas acelulares, iniciando-se assim uma nova era na reparação dos defeitos da parede abdominal. O objetivo é avaliar a funcionalidade do pericárdio bovino acelularizado em reparações da parede abdominal. Método: Trinta pacientes foram submetidos a reparação de defeitos da parede abdominal, com biopróteses acelulares de pericárdio bovino, perfazendo um total de 40 implantes anatomicamente individualizados. O seguimento médio foi de 31 meses, sendo os pacientes avaliados clinicamente e radiologicamente. Em três casos foram feitas biópsias das áreas implantadas permitindo análise histológica do material. Resultados: Não se observou recidiva das herniações em nenhum dos casos, tanto clinica como radiologicamente. Também não houve registro de hematomas, infecções ou qualquer fenômeno de natureza reacional local ou sistêmica. Radiologicamente, não foi possível visualizar as matrizes no local de implantação em qualquer dos períodos de pós-operatório analisados. Conclusão: As matrizes mostraram similaridade às demais membranas biológicas descritas na literatura internacional. Representando uma importante atualização e evolução conceitual, as membranas acelulares de pericárdio bovino podem ser incorporadas ao arsenal terapêutico nas reparações de parede abdominal.


Introduction: Reducing recurrence rates significantly, the use of biomaterials as "reinforcement meshes" in the repair of different abdominal wall defects has become an almost mandatory routine for the success of these repairs. From the 1990s onwards, acellular biological matrices were introduced, thus beginning a new era in the repair of abdominal wall defects. The objective is to evaluate the functionality of the acellularized bovine pericardium in abdominal wall repairs. Method: Thirty patients underwent repair of abdominal wall defects using acellular bovine pericardium bioprostheses, making a total of 40 anatomically individualized implants. The average follow-up was 31 months, with patients being evaluated clinically and radiologically. In three cases, biopsies were taken from the implanted areas, allowing histological analysis of the material. Results: No recurrence of herniations was observed in any of the cases, both clinically and radiologically. There were also no records of bruises, infections or any phenomenon of a local or systemic reaction nature. Radiologically, it was not possible to visualize the matrices at the implantation site in any of the postoperative periods analyzed. Conclusion: The matrices showed similarity to other biological membranes described in the international literature. Representing an important update and conceptual evolution, acellular bovine pericardial membranes can be incorporated into the therapeutic arsenal in abdominal wall repairs.

SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL
...