Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
1.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180396, Jan.-Dec. 2020.
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1059154

RESUMEN

ABSTRACT Objective: to unveil the strategies used by women for confronting marital violence. Method: a qualitative research using the Straussian orientation of the Data Grounded Theory as a theoretical-methodological framework and two Justice Courts for Peace at Home as its scenario. Data was collected through individual interviews and analyzed in the coding process in three interdependent stages: open, axial and selective coding. Results: to elucidate the "Strategy" component, the following categories emerged: Finding support in family; Being part of groups of women in situations of violence; and Experiencing legal-police support. Conclusion: given the difficulty women find in breaking with a relationship permeated by violence, it is urgent that the professionals in various areas of care for women be prepared not only to recognize the problem but also to guide them as to the prominence of these resources for exiting from violence situation process and perhaps enable access to these one.


RESUMEN Objetivo: revelar las estrategias que utilizan las mujeres para hacer frente a la violencia conyugal. Método: investigación cualitativa en la que se utilizó la vertiente Straussiana de la Teoría Fundamentada en los Datos como referencial teórico-metodológico y que tuvo escenario dos Tribunales de Justicia para la Paz en el Hogar. Los datos se recolectaron por medio de entrevistas individuales y se los analizó en el proceso de codificación en tres etapas independientes: codificación abierta, axial y selectiva. Resultados: para elucidar el componente "Estrategia", surgieron las siguientes categorías: Encontrar apoyo en la familia; Integrarse a grupos de mujeres en situación de violencia y Recurrir al apoyo jurídico-policial. Conclusión: frente a la dificultad que tienen las mujeres en salir de una relación permeada por la violencia, urge que los profesionales de las diversas áreas de atención a las mujeres estén preparados no solo para reconocer la agresión sino también para orientarlas en cuanto a la prominencia de esos recursos para el proceso de salir de esa situación y, quizás, viabilizarles el acceso a dichos recursos.


RESUMO Objetivo: desvelar as estratégias de enfrentamento da violência conjugal utilizadas por mulheres. Método: pesquisa qualitativa que se utilizou da vertente Straussiana da Teoria Fundamentada nos Dados como referencial teórico-metodológico e que teve como cenário duas Varas de Justiça pela Paz em Casa. Os dados foram coletados por meio de entrevistas individuais e analisados no processo de codificação em três etapas interdependentes: codificação aberta, axial e seletiva. Resultados: para a elucidação do componente "Estratégia", emergiram as seguintes categorias: Encontrando apoio na família; Inserindo-se em grupos de mulheres em situação de violência; e Experienciando o suporte jurídico-policial. Conclusão: diante da dificuldade feminina em romper com a relação permeada pela violência, urge que os profissionais das diversas áreas de atendimento a mulheres estejam preparados não apenas para reconhecer o agravo como também para orientá-las quanto à saliência desses recursos para o processo de saída desta situação e quiçá viabilizar o acesso a estes.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Familia , Enfermería , Estrategias , Violencia contra la Mujer , Teoría Fundamentada
2.
Rev Bras Enferm ; 73(6): e20190470, 2020.
Artículo en Portugués, Inglés | MEDLINE | ID: mdl-32813802

RESUMEN

OBJECTIVE: To analyze the social attributes of masculinity that incite the practice of conjugal violence. METHOD: Oral Life History was used as a methodological reference. Interviews were conducted with 13 men facing criminal proceedings for conjugal violence linked to the 2nd Vara De Justiça pela Paz Em Casa (2nd Court of Justice for Peace at Home), in the municipality of Salvador, Bahia, Brazil, in April and July 2018. The data were organized according to thematic content analysis and interpreted in the light of the theoretical framework on gender. RESULTS: Male orality reveals that the engagement in conjugal violence was related to the following constructs of masculinity: dominance over women, role as head of the family, family provider, and exacerbated sexuality. Final Considerations: Considering that some social attributes of masculinity give rise to engagement in conjugal violence, it is necessary to create spaces for reflection on how they are compromising.

3.
Recurso de Internet en Portugués | LIS - Localizador de Información en Salud | ID: lis-47409

RESUMEN

O fenômeno “Vivenciando a violência conjugal, como um processo progressivo e cíclico, com repercussões para a saúde e implicações para as relações sociais” emergiu das associações e interações entre categorias representativas dos cinco componentes do modelo paradigmático da vertente Straussiana da Teoria Fundamentada nos Dados.


Asunto(s)
Violencia de Género , Salud de la Mujer , Violencia contra la Mujer , Violencia de Pareja , Conflicto Familiar
4.
Rev. bras. enferm ; 73(6): e20190470, 2020.
Artículo en Inglés | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1125903

RESUMEN

ABSTRACT Objective: To analyze the social attributes of masculinity that incite the practice of conjugal violence. Method: Oral Life History was used as a methodological reference. Interviews were conducted with 13 men facing criminal proceedings for conjugal violence linked to the 2nd Vara De Justiça pela Paz Em Casa (2nd Court of Justice for Peace at Home), in the municipality of Salvador, Bahia, Brazil, in April and July 2018. The data were organized according to thematic content analysis and interpreted in the light of the theoretical framework on gender. Results: Male orality reveals that the engagement in conjugal violence was related to the following constructs of masculinity: dominance over women, role as head of the family, family provider, and exacerbated sexuality. Final Considerations: Considering that some social attributes of masculinity give rise to engagement in conjugal violence, it is necessary to create spaces for reflection on how they are compromising.


RESUMEN Objetivo: Evaluar los atributos sociales de la masculinidad que suscita la práctica de la violencia conyugal. Método: Ha sido utilizado como referencial metodológico la Historia Oral de Vida. Han sido realizadas entrevistas, con 13 hombres en proceso criminal por violencia conyugal vinculado a la segunda Jurisdicción de Justicia por la Paz en Casa, del municipio de Salvador, Bahia, Brasil, en los meses de abril y julio de 2018. Los datos han sido organizados según análisis de contenido temático de categoría e interpretados a la luz del referencial teórico sobre género. Resultados: La oralidad masculina revela que la práctica de la violencia conyugal tuvo relación con los siguientes constructores de la masculinidad: dominio sobre la mujer, jefatura familiar, provisión del lar y sexualidad exacerbada. Consideraciones finales: Considerando que algunos atributos sociales de la masculinidad suscita la práctica de la violencia conyugal, se hace necesaria la creación de espacios de reflexión acerca de esos comprometimientos.


RESUMO Objetivo: Analisar os atributos sociais da masculinidade que suscitam a prática da violência conjugal. Método: Utilizou-se como referencial metodológico a História Oral de Vida. Foram realizadas entrevistas com 13 homens em processo criminal por violência conjugal vinculado à segunda Vara de Justiça pela Paz em Casa, do município de Salvador, Bahia, Brasil, nos meses de abril e julho de 2018. Os dados foram organizados segundo análise de conteúdo temática categorial e interpretados à luz do referencial teórico sobre gênero. Resultados: A oralidade masculina revela que a prática da violência conjugal teve relação com os seguintes constructos da masculinidade: domínio sobre a mulher, chefia familiar, provisão do lar e sexualidade exacerbada. Considerações finais: Considerando que alguns atributos sociais da masculinidade suscitam a prática da violência conjugal, faz-se necessária a criação de espaços de reflexão acerca desses comprometimentos.

5.
Rev Lat Am Enfermagem ; 27: e3185, 2019.
Artículo en Inglés, Portugués, Español | MEDLINE | ID: mdl-31596418

RESUMEN

OBJECTIVE: to understand the phenomenon of marital violence based on the experience of women in judicial process and network professionals. METHOD: a qualitative study, with theoretical-methodological support in grounded theory. Data collection took place in two regional Courts for Peace in the Home in a municipality of the Brazilian Northeast. Interviews were conducted with 38 participants, who composed two sample groups: women in situations of violence and network professionals. RESULTS: the understanding of marital violence emerged for the phenomenon "Experiencing marital violence as a progressive and cyclical process, with repercussions for health and implications for social relations". CONCLUSION: in recognizing marital violence as a recurring problem in the life of women, with implications for their own health and that of their children, the study points to the relevance of coping strategies based on institutional and social support.


Asunto(s)
Red Social , Apoyo Social , Maltrato Conyugal/psicología , Adulto , Anciano , Actitud del Personal de Salud , Brasil , Femenino , Teoría Fundamentada , Humanos , Persona de Mediana Edad , Maltrato Conyugal/prevención & control , Maltrato Conyugal/estadística & datos numéricos
6.
Rev Bras Enferm ; 72(4): 1007-1012, 2019 Aug 19.
Artículo en Inglés, Portugués | MEDLINE | ID: mdl-31432959

RESUMEN

OBJECTIVE: To verify the association between sex (male and female) and sociodemographic, reproductive and sexual variables in teenagers and identify the highest rates of social and health issues among them. METHOD: This was a cross-sectional study conducted with 239 adolescents enrolled in a public school of Salvador, Bahia, Brazil, whose data were produced by applying a structured form processed in Stata. RESULTS: The research indicated an association between females and higher education level (p = 0.02), living with both parents (p = 0.02) and a higher rate of mental, social and behavioral issues. Being a man was associated with sexual initiation (p = 0.00), which occurred before they turned 14 years old (p = 0.05). CONCLUSION: The study variables behave, depending on sex, with smaller or greater chances of experiencing harmful situations, this understanding being essential for subsidizing educational activities that promote the quality of life of teenagers.


Asunto(s)
Demografía/estadística & datos numéricos , Estado de Salud , Factores Sexuales , Clase Social , Adolescente , Conducta del Adolescente/psicología , Brasil/epidemiología , Niño , Estudios Transversales , Demografía/métodos , Femenino , Humanos , Masculino , Embarazo , Embarazo en Adolescencia/prevención & control , Embarazo en Adolescencia/psicología , Enfermería en Salud Pública/métodos , Asunción de Riesgos , Educación Sexual/métodos , Conducta Sexual/psicología , Adulto Joven
7.
Rev. bras. enferm ; 72(4): 1007-1012, Jul.-Aug. 2019. tab
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1020530

RESUMEN

ABSTRACT Objective: To verify the association between sex (male and female) and sociodemographic, reproductive and sexual variables in teenagers and identify the highest rates of social and health issues among them. Method: This was a cross-sectional study conducted with 239 adolescents enrolled in a public school of Salvador, Bahia, Brazil, whose data were produced by applying a structured form processed in Stata. Results: The research indicated an association between females and higher education level (p = 0.02), living with both parents (p = 0.02) and a higher rate of mental, social and behavioral issues. Being a man was associated with sexual initiation (p = 0.00), which occurred before they turned 14 years old (p = 0.05). Conclusion: The study variables behave, depending on sex, with smaller or greater chances of experiencing harmful situations, this understanding being essential for subsidizing educational activities that promote the quality of life of teenagers.


RESUMEN Objetivo: Verificar la asociación entre el sexo (hombre y mujer) y las variables sociodemográficas, sexuales y reproductivas de adolescentes e identificar los mayores promedios de problemas sociales y de salud de ellos. Método: Estudio transversal en el cual participaron 239 adolescentes matriculados en una escuela pública de Salvador, Bahía, Brasil; siendo recolectados los datos mediante la aplicación de formulario estructurado y procesados en el programa Stata. Resultados: La investigación presentó una asociación entre el sexo femenino y mayor nivel de escolaridad (p-valor = 0,02), convivir con ambos padres (p-valor = 0,02) y con un mayor promedio de problemas psíquicos, sociales y comportamentales. Se asoció ser hombre con la iniciación sexual (p-valor = 0,00), que ocurre hasta los 14 años de edad (p-valor = 0,05). Conclusión: Las variables en cuestión se comportaron, dependiendo del sexo, con menor o mayor posibilidad para una experiencia de agravios, siendo fundamental entenderlas para subsidiar acciones que promuevan la calidad de vida de los adolescentes.


RESUMO Objetivo: Verificar a associação entre sexo (homem e mulher) e as variáveis sociodemográficas, sexuais e reprodutivas para adolescentes e identificar maiores médias de problemas sociais e de saúde para estes. Método: Estudo transversal realizado com 239 adolescentes matriculados numa escola pública de Salvador, Bahia, Brasil, cujos dados foram produzidos mediante aplicação de formulário estruturado e processado no programa Stata. Resultados: A pesquisa apontou associação entre o sexo feminino e maior escolaridade (p-valor = 0,02), conviver com ambos os pais (p-valor = 0,02) e com maior média de problemas psíquicos, sociais e comportamentais. Ser homem foi associado com iniciação sexual (p-valor = 0,00) e desta ocorrer até os 14 anos (p-valor = 0,05). Conclusão: As variáveis em estudo se comportam, a depender do sexo, com menor ou maior chance para vivência de agravos, sendo essencial tal compreensão no sentido de subsidiar ações que promovam a qualidade de vida dos adolescentes.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Embarazo , Niño , Adolescente , Adulto Joven , Clase Social , Factores Sexuales , Demografía/estadística & datos numéricos , Estado de Salud , Embarazo en Adolescencia/prevención & control , Embarazo en Adolescencia/psicología , Enfermería en Salud Pública/métodos , Asunción de Riesgos , Conducta Sexual/psicología , Educación Sexual/métodos , Brasil/epidemiología , Demografía/métodos , Estudios Transversales , Conducta del Adolescente/psicología
8.
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1043079

RESUMEN

Objective: to understand the phenomenon of marital violence based on the experience of women in judicial process and network professionals. Method: a qualitative study, with theoretical-methodological support in grounded theory. Data collection took place in two regional Courts for Peace in the Home in a municipality of the Brazilian Northeast. Interviews were conducted with 38 participants, who composed two sample groups: women in situations of violence and network professionals. Results: the understanding of marital violence emerged for the phenomenon "Experiencing marital violence as a progressive and cyclical process, with repercussions for health and implications for social relations". Conclusion: in recognizing marital violence as a recurring problem in the life of women, with implications for their own health and that of their children, the study points to the relevance of coping strategies based on institutional and social support.


Objetivo: compreender o fenômeno da violência conjugal a partir da experiência de mulheres em processo judicial e de profissionais da rede de atenção a mulheres em situação de violência. Método: estudo qualitativo, com aporte teórico-metodológico na grounded theory. A coleta de dados ocorreu em duas varas de Justiça pela Paz em Casa de um município do Nordeste brasileiro. Realizou-se entrevista com 38 participantes, que compuseram dois grupos amostrais: mulheres em situação de violência e profissionais da rede. Resultados: a compreensão da violência conjugal despontou para o fenômeno "Vivenciando a violência conjugal como um processo progressivo e cíclico, com repercussões para a saúde e implicações para as relações sociais". Conclusão: ao reconhecer a violência conjugal enquanto um problema recorrente na vida da mulher com implicações para sua saúde e de seus filhos, o estudo aponta para a relevância de estratégias de enfrentamento do fenômeno a partir do suporte institucional e social.


Objetivo: comprender el fenómeno de la violencia conyugal desde la experiencia de mujeres en proceso judicial y de profesionales de la red. Método: estudio cualitativo, con aporte teórico-metodológico en la grounded theory. La recogida de datos ocurrió en dos Jurisdicciones de Justicia por la Paz en Casa de un municipio del noreste brasileño. Se realizó encuesta con 38 participantes, que conformaron dos grupos de muestra: las mujeres en situación de violencia y los profesionales de la Red. Resultados: la comprensión de la violencia conyugal emergió el fenómeno "Vivenciando la violencia conyugal como un proceso progresivo y cíclico, con repercusiones para la salud e implicaciones para las relaciones sociales". Conclusión: al reconocer la violencia conyugal como un problema recurrente en la vida de la mujer con implicaciones para su salud y la de sus hijos, el estudio indica para la relevancia de estrategias de enfrentamiento del fenómeno desde el soporte institucional y social.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Persona de Mediana Edad , Apoyo Social , Maltrato Conyugal , Actitud del Personal de Salud , Red Social
9.
Cogitare enferm ; 24: e59431, 2019.
Artículo en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1019746

RESUMEN

RESUMO Objetivo desvelar o contexto da violência conjugal experienciados por mulheres em processo judicial. Método pesquisa qualitativa baseada na Grounded Theory, realizado com 29 mulheres em processo judicial por violência conjugal e os nove profissionais que atuam junto a duas Varas de Justiça pela Paz em Casa, na Bahia, Brasil. A coleta dos dados foi realizada no período de janeiro a maio de 2015. Resultados em que pese a Lei Maria da Penha, o estudo revela que as relações conjugais das mulheres são permeadas por abusos físicos, sexuais, psicológicos, morais e patrimoniais, inclusive expulsão do lar. Conclusão o contexto de violência experienciado na conjugalidade feminina se manifesta de diferentes formas, passíveis de identificação por profissionais de saúde, o que possibilita ação de cuidado à mulher e enfrentamento da problemática.


RESUMEN Objetivo Revelar el contexto de la violencia familiar experimentada por mujeres en proceso judicial. Método Investigación cualitativa fundamentada en la Grounded Theory, realizado con 29 mujeres en proceso judicial por violencia conyugal y los nueve profesionales que actúan con los dos Tribunales de Justicia por la Paz Hogareña en Bahía, Brasil. Datos recolectados de enero a mayo de 2015. Resultados A pesar de la Ley Maria da Penha, el estudio revela que las relaciones conyugales de las mujeres están teñidas por abusos físicos, sexuales, psicológicos, morales y patrimoniales, incluyendo la expulsión del hogar. Conclusión El contexto de violencia experimentado por las mujeres en su vida conyugal se manifiesta de diferentes formas, identificables por los profesionales de salud, permitiendo esto la acción de cuidado a la mujer y el enfrentamiento de la problemática.


ABSTRACT Objective To analyze the context of marital violence experienced by women in legal proceedings. Methodology This is a qualitative study based on the grounded theory, conducted with 29 women in legal proceedings for marital violence and nine professionals who work at two Courts for Peace at Home in Bahia, Brazil. Data collection was performed from January to May 2015. Results Despite the Maria da Penha Law, the study shows that marital relationships of women are permeated by physical, sexual, psychological, moral and property abuse, with some of them being sent away from home. Conclusion Marital violence contexts appear in different ways, which can be identified by health professionals, allowing women's care actions to address the problem.


Asunto(s)
Femenino , Salud Pública , Políticas Públicas de Salud , Violencia contra la Mujer , Violencia , Enfermería de Atención Primaria
10.
SMAD, Rev. eletrônica saúde mental alcool drog ; 14(4): 219-225, out.-dez. 2018. tab
Artículo en Portugués | LILACS, Index Psicología - Revistas técnico-científicas | ID: biblio-1004521

RESUMEN

OBJETIVO: identificar sinais de risco para o suicídio em mulheres com história de violência doméstica. MÉTODO: estudo exploratório-descritivo, com abordagem qualitativa. Participaram dez mulheres com história de violência doméstica e tentativa de suicídio por envenenamento. A pesquisa foi realizada no Núcleo de Estudo e Prevenção do Suicídio, vinculado a um Centro de Informação Toxicológica, em Salvador, Bahia, Brasil. RESULTADOS: sinaliza para a relação entre a vivência de violência doméstica e o comprometimento para a saúde mental, representado por Comportamento depressivo e Comportamento suicida. CONCLUSÃO: o estudo revelou comportamentos que consistem em sinais de alerta para o risco de suicídio, ao tempo em que oferece subsídios para a promoção de estratégias de cuidado às mulheres com história de violência doméstica.


OBJECTIVE: to analyze the meaning of the use and abuse of alcohol and / or other drugs among university students in accordance with Brazilian public policy on drugs. METHODS: 49 university students from a Public Institution of Higher Education in the Southeast region of Brazil participated. RESULTS: Bardin's Content Analysis elaborated the analytical category: "Dissonance between public policies and the meaning of drug use among university students". Drug use and abuse begin in adolescence; Stimulated by family and friends, and refers to the happiness and flight of problems. CONCLUSION: it is fundamental to know the meaning of drug use and abuse, from the perspective of the university for the elaboration and implementation of public policies.


OBJETIVO: identificar signos de riesgo para el suicidio en mujeres con historia de violencia doméstica. MÉTODO: estudio exploratorio-descriptivo, con abordaje cualitativo Participaron diez mujeres con historia de violencia doméstica e intento de suicidio por envenenamiento. La investigación fue realizada en el Núcleo de Estudio y Prevención del Suicidio, vinculado a un Centro de Información Toxicológica, en Salvador, Bahia, Brasil. RESULTADOS: señala para la relación entre la vivencia de violencia doméstica y el compromiso para la salud mental, representado por: Comportamiento depresivo y Comportamiento suicida. CONCLUSIONES: el estudio reveló comportamientos que consisten en señales de alerta para el riesgo de suicidio, al tiempo que ofrece subsidios para la promoción de estrategias de cuidado a las mujeres con historia de violencia doméstica.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Intento de Suicidio , Violencia Doméstica , Violencia contra la Mujer
11.
REME rev. min. enferm ; 22: e-1142, 2018.
Artículo en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-965476

RESUMEN

OBJETIVO: estimar a prevalência de violência intrafamiliar e sua associação com o bullying em adolescentes de uma escola pública de Salvador, Bahia, Brasil. MATERIAIS E MÉTODO: estudo do tipo corte transversal. A coleta de dados, com 239 discentes, se deu por meio de formulário padronizado. Os dados foram processados no Programa Stata versão 12. RESULTADOS: verificou-se associação entre a vivência de violência intrafamiliar (geral e psicológica) e o alto risco para o bullying direto (RP = 1,89 e IC95%: 1,11 - 3,21; RP = 2,76 e IC95%: 1,57 - 4,85), relacional (RP = 2,59 e IC95%: 1,49 - 4,49; RP = 2,89 e IC95%: 1,64 - 5,09) e vitimização (RP = 2,02 e IC95%: 1,19 - 3,43; RP = 3,10 e IC95%: 1,71 - 5,64). CONCLUSÃO: a associação entre vivenciar violência intrafamiliar e bullying sinaliza para a necessidade de estratégias de prevenção, sobretudo a partir da articulação entre os cenários da saúde e da educação.(AU)


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adolescente , Violencia Doméstica , Educación , Acoso Escolar , Salud Pública , Salud del Adolescente
12.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 21(4): e20160346, 2017. graf
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-891691

RESUMEN

Objectives: To know the meanings attributed by women regarding the repercussions of the experience of domestic violence. Method: Qualitative study, based on the Grounded Theory method. Data were collected in two sticks of domestic and family violence against the Brazilian Northeast woman. An interview was conducted with 37 participants, who composed two sample groups. Results: The study demonstrates that the physical and mental health of women and their children are compromised, expressed through visible marks such as bruises and cuts, in addition to low self-esteem, sadness, fear and depression. There are also repercussions for the social relations of women as a consequence of social isolation and non-qualification for the labor market, and of children, related to the decrease in school performance, introspection and vulnerability to drug use. Conclusion: It is necessary to sensitize health professionals to the recognition of cases and promote educational actions, thus transcending the invisibility barrier of domestic violence.


Objetivo: Conocer los significados asignados por mujeres sobre el impacto de las experiencias de violencia de parejas. Método: Estudio cualitativo, apoyado en el método de la Grounded Theory. Los datos fueron colectados en dos varas de violencia doméstica y familiar contra la mujer del nordeste brasileño. Se realizó una entrevista con 37 participantes, que compuesto por dos grupos de la muestra. Resultado: El estudio muestra comprometimiento para la salud física y mental de las mujeres y sus hijos, expresa por marcas visibles, como hematomas y cortes, además de la baja autoestima, tristeza, miedo y depresión. Se revelan más repercusiones para las relaciones sociales de las mujeres, por consecuencia del aislamiento social y de la no-calificación para el mercado de trabajo, y de los niños(as), relacionados a la disminución en el rendimiento escolar, introspección y vulnerabilidad para el uso de drogas. Conclusión: Es necesario sensibilizar profesionales de la salud para el reconocimiento de los casos y promover acciones de educación, transcendente, así, la barrera de la invisibilidad de la violencia de parejas.


Objetivo: Conhecer os significados atribuídos por mulheres acerca das repercussões da vivência de violência conjugal. Método: Estudo qualitativo, apoiado no método da Grounded Theory. Os dados foram coletados em duas varas de violência doméstica e familiar contra a mulher do nordeste brasileiro. Realizou-se entrevista com 37 participantes, que compuseram dois grupos amostrais. Resultado: O estudo aponta comprometimento para a saúde física e mental das mulheres e seus filhos, expressa por marcas visíveis, como hematomas e cortes, além de baixa autoestima, tristeza, medo e depressão. Revelam-se ainda repercussões para as relações sociais das mulheres, por consequência do isolamento social e da não-qualificação para o mercado de trabalho, e das crianças, relacionadas à diminuição no rendimento escolar, introspecção e vulnerabilidade para o uso de drogas. Conclusão: Faz-se necessário sensibilizar profissionais de saúde para o reconhecimento dos casos e promover ações de educação, transcendendo, assim, a barreira da invisibilidade da violência conjugal.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Adulto , Violencia Doméstica , Conflicto Familiar , Salud Pública , Salud de la Mujer
13.
Salvador; s.n; 2016. 101P p.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1121187

RESUMEN

A violência contra a mulher, em especial aquela que se dá na relação conjugal, representa um grave problema de saúde pública, sendo a compreensão objeto de interesse em debates sociais, políticos e acadêmicos. Este estudo teve como objetivo compreender os significados da vivência de violência conjugal por mulheres em processo jurídico. Trata-se de um estudo descritivo-exploratório, com abordagem qualitativa, vinculado ao Grupo de Estudos "Violência Saúde e Qualidade de Vida" através da pesquisa-ação "Reeducação de homens e mulheres envolvidos em processo criminal: estratégia de enfrentamento da violência conjugal", financiada pela Fundação de Amparo à pesquisa do Estado da Bahia. O referencial teórico-metodológico utilizado foi a Grounded Theory, também conhecido como Teoria Fundamentada nos Dados (TFD). Os cenários escolhidos para a pesquisa foram duas Varas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do estado da Bahia, Brasil. Participaram da pesquisa 37 colaboradoras distribuídas em dois grupos amostrais. Os dados foram coletados entre novembro de 2014 e maio de 2015. A organização dos dados processou-se em três etapas interdependentes: codificação aberta, codificação axial e codificação seletiva. A partir das abstrações, análises, reflexões e sistematizações entre as categorias emergiu o fenômeno. Respeitou os aspectos éticos da autonomia, não maleficência, beneficência, justiça e equidade, do estudo, conforme determina a Resolução 466/12, sendo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem da Universidade Federal da Bahia (n. 877.905). O estudo revelou que as mulheres em processo judicial vivenciaram violência conjugal expressa nas formas: patrimonial, evidenciada pela subtração de bens, documentos pessoais, privação de recursos necessários à subsistência e afastamento da mulher do lar; psicológica, por meio de ameaças, controle, humilhação e constrangimento; moral, marcada por injúrias e difamação; sexual, demonstrada através da imposição ao ato sexual contra a vontade da mulher; e física, com agressões corporais. Esse cotidiano conjugal compromete a saúde física e mental das mulheres e seus filhos, expressa por marcas visíveis, como hematomas e cortes, além de baixa autoestima, tristeza, medo e depressão. Revelam-se ainda repercussões para o desenvolvimento humano das mulheres, por consequência do isolamento social e a não qualificação para o mercado de trabalho, e das crianças, relacionadas à diminuição no rendimento escolar, introspecção e vulnerabilidade para o uso de drogas. Tais achados podem nortear estratégias para sensibilizar os profissionais de saúde para reconhecimento do agravo, condição essencial para o acolhimento e empoderamento da mulher em busca de uma vida livre de violência.


Asunto(s)
Violencia Doméstica
14.
Salvador; s.n; 2016. 101P p.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1120205

RESUMEN

A violência contra a mulher, em especial aquela que se dá na relação conjugal, representa um grave problema de saúde pública, sendo a compreensão objeto de interesse em debates sociais, políticos e acadêmicos. Este estudo teve como objetivo compreender os significados da vivência de violência conjugal por mulheres em processo jurídico. Trata-se de um estudo descritivo-exploratório, com abordagem qualitativa, vinculado ao Grupo de Estudos "Violência Saúde e Qualidade de Vida" através da pesquisa-ação "Reeducação de homens e mulheres envolvidos em processo criminal: estratégia de enfrentamento da violência conjugal", financiada pela Fundação de Amparo à pesquisa do Estado da Bahia. O referencial teórico-metodológico utilizado foi a Grounded Theory, também conhecido como Teoria Fundamentada nos Dados (TFD). Os cenários escolhidos para a pesquisa foram duas Varas de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do estado da Bahia, Brasil. Participaram da pesquisa 37 colaboradoras distribuídas em dois grupos amostrais. Os dados foram coletados entre novembro de 2014 e maio de 2015. A organização dos dados processou-se em três etapas interdependentes: codificação aberta, codificação axial e codificação seletiva. A partir das abstrações, análises, reflexões e sistematizações entre as categorias emergiu o fenômeno. Respeitou os aspectos éticos da autonomia, não maleficência, beneficência, justiça e equidade, do estudo, conforme determina a Resolução 466/12, sendo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem da Universidade Federal da Bahia (n. 877.905). O estudo revelou que as mulheres em processo judicial vivenciaram violência conjugal expressa nas formas: patrimonial, evidenciada pela subtração de bens, documentos pessoais, privação de recursos necessários à subsistência e afastamento da mulher do lar; psicológica, por meio de ameaças, controle, humilhação e constrangimento; moral, marcada por injúrias e difamação; sexual, demonstrada através da imposição ao ato sexual contra a vontade da mulher; e física, com agressões corporais. Esse cotidiano conjugal compromete a saúde física e mental das mulheres e seus filhos, expressa por marcas visíveis, como hematomas e cortes, além de baixa autoestima, tristeza, medo e depressão. Revelam-se ainda repercussões para o desenvolvimento humano das mulheres, por consequência do isolamento social e a não qualificação para o mercado de trabalho, e das crianças, relacionadas à diminuição no rendimento escolar, introspecção e vulnerabilidade para o uso de drogas. Tais achados podem nortear estratégias para sensibilizar os profissionais de saúde para reconhecimento do agravo, condição essencial para o acolhimento e empoderamento da mulher em busca de uma vida livre de violência. (AU)


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Maltrato Conyugal , Salud de la Mujer , Violencia contra la Mujer , Enfermería de Atención Primaria , Identidad de Género
15.
Acta paul. enferm ; 27(5): 434-439, Sep-Oct/2014.
Artículo en Inglés | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: lil-725310

RESUMEN

Objective To reveal forms of domestic violence experienced by older people with impaired functional capacity. Methods This descriptive, exploratory study, using a qualitative approach guided by the oral history method, analyzed forms of violence. The oral histories told by older adults were used to identify the relationship between violence and dependence on someone else. The content analysis proposed by Bardin was used as a technique of systematic and objective analysis to describe the contents of the messages to categorize the data. Results Oral histories reveal that older adults are aware of the fact that their dependence on other people exposes them to situations of violence, expressed as negligence, psychological abuse and misappropriation of assets. Conclusion The expression of domestic violence experienced by older adults with impaired functional capacity was revealed, which indicates a relationship between depending on other people and suffering domestic violence. .


Objetivo Desvelar as formas de expressão da violência intrafamiliar vivenciada por idosos com comprometimento da capacidade funcional. Métodos Estudo descritivo, de caráter exploratório e natureza qualitativa guiada pelo método da história oral, analisou as formas de violência, identificando através da história oral dos idosos sua relação com a dependência de outrem e da análise de conteúdo proposta por Bardin, como técnica de análise sistemática e objetiva de descrição dos conteúdos das mensagens para categorização dos dados. Resultados A história oral desvela que os idosos se dão conta que a dependência ao outro os expõem a situações de violência, expressas pela negligência, violência psicológica e apropriação indevida de bens. Conclusão A expressão da violência intrafamiliar vivenciada por idosos com comprometimento da capacidade funcional foi desvelada sinalizando que há relação entre a dependência de outrem e a vivência de violência intrafamiliar. .

16.
Mundo saúde (Impr.) ; 37(4): 377-384, out. 2013.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-756268

RESUMEN

As ações de enfrentamento à violência não são exclusivas do setor saúde, sendo preciso aporte de uma rede intersetorial.Trata-se de uma pesquisa baseada no método da Teoria Fundamentada nos Dados, aprovada pelo Comitê de Ética. Foramentrevistados 52 profissionais que atuam na Estratégia de Saúde da Família com o objetivo de compreender os significadosatribuídos por profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família sobre os encaminhamentos à mulher em situação deviolência conjugal. As mulheres em situação de violência conjugal são referenciadas para psicóloga e assistente social doNúcleo de Apoio à Saúde da Família. Foram mencionados como encaminhamentos externos: Centro de Referência, Delegaciada Mulher, Instituto Médico Legal e espaço hospitalar ou maternidade. No entanto, o desconhecimento acerca dosserviços e a desarticulação intersetorial comprometem o cuidado à mulher. Sugere-se o conhecimento sobre os serviços,entendimento do fluxo e articulação intersetorial.


Actions against violence are not the responsibility of the health sector alone. They require an intersectoral network support.This is a research based on the Grounded Theory method, approved by the Ethics Committee. Fifty-two professionalsworking in the Family Health Strategy were interviewed in order to understand the meanings attributed by these professionalsconcerning women in situations of domestic violence. Women in domestic violence situations are referred to apsychologist and a social worker from the Family Health Strategy Nucleus. Some centers were mentioned as externalreferrals: Reference Center, Women’s Police Station, Institute of Forensic Medicine and hospital space or maternity. However,the lack of knowledge about the services and intersectoral disarticulation harms women’s care. Knowledge about theservices, understanding about the flow and intersectoral coordination are the improvements suggested.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Atención Integral de Salud , Salud de la Familia , Psicología , Apoyo Social , Violencia contra la Mujer
17.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 17(4): 683-689, Sep-Dec/2013.
Artículo en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: lil-697767

RESUMEN

This study seeks to understand the meanings attributed, by professionals working in the program Family Health Strategy, to on-the-job training in the health care for women in situations of domestic violence. METHODS: A qualitative study based on the Grounded Theory. The project was approved by the Research Ethics Committee in 14/05/201. We interviewed 52 professionals working in the program Family Health Strategy (FHS), including technicians, nurses, physicians and unit coordinators, between May and August 2012. The analysis was based in the codifications: open, axial and selective. RESULTS: The difficulty in recognizing the injury caused to women and the referrals to the reference and counter-reference systems are the main challenges to confront the problem. The professionals proposed empowerment as a strategy to ensure the health care. CONCLUSION: The study provides insights for managing the women's health care, especially in the context of Primary Health Care.


Objetivou-se compreender os significados atribuídos por profissionais que atuam na estratégia de saúde da família sobre a capacitação profissional para o cuidado à mulher em situação de violência conjugal. MÉTODOS: Estudo qualitativo baseado na Teoria Fundamentada nos Dados. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa em 14/05/201. Foram entrevistados 52 profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família, entre eles, técnicos, enfermeiros, médicos e coordenadores da unidade, no período de maio e agosto de 2012. A análise respaldou-se na codificação aberta, axial e seletiva. RESULTADOS: A dificuldade de reconhecer o agravo à mulher e os encaminhamentos ao sistema de referência e contrarreferência constituem os principais desafios para o enfrentamento da problemática. Os profissionais propõem a capacitação enquanto estratégica para garantia do cuidado. CONCLUSÃO: O estudo oferece subsídios para a gestão do cuidado à mulher, sobretudo no âmbito da Atenção Primária à Saúde.


OBJETIVO: Se objetivó comprender los significados atribuidos por los profesionales que actúan en la estrategia de salud de la familia sobre la capacitación profesional para el cuidado de la mujer en situación de violencia conyugal. MÉTODOS: Estudio cualitativo basado en la teoría fundamentada. El proyecto fue aprobado por el Comité de Ética en Investigación, en 14/05/2012. Fueron entrevistados 52 profesionales que actúan en la Estrategia Salud de la Familia - técnicos, enfermeros, médicos y coordinadores de la unidad -, en el período de mayo hasta agosto de 2012. El análisis fue por codificación abierta, axial y selectiva. RESULTADOS: La dificultad de reconocer el daño a las mujeres y los caminos al sistema de referencia y contra referencia constituyen grandes desafíos para enfrentar el problema. Profesionales proponen la capacitación como estrategia para garantizar la atención. CONCLUSIÓN: El estudio proporciona información para la gestión de la atención de las mujeres, especialmente en el contexto de la Atención Primaria a la Salud.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Atención Primaria de Salud , Capacitación Profesional , Salud de la Mujer , Violencia Doméstica , Violencia contra la Mujer
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA