Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 33
Filtrar
1.
An Bras Dermatol ; 91(3): 396, 2016.
Artículo en Inglés | MEDLINE | ID: mdl-27438218
2.
An. bras. dermatol ; 88(6): 918-923, Nov-Dec/2013. tab
Artículo en Inglés | LILACS | ID: lil-699015

RESUMEN

BACKGROUND: In highly endemic countries, transmission and sub-clinical infection of leprosy are likely and the disease manifests itself in individuals without any known close contact with a leprosy patient. Health workers are social contacts belonging to the same network (the Health System) and some of them share the same social environment (nursing assistants) as patients with known patients and / or carriers. OBJECTIVE: To identify ML Flow seropositivity among health professionals. METHODS: We conducted a cross-sectional study using a serological survey with the ML Flow test in 450 health professionals (doctors, nurses and nursing assistants), in order to detect seropositivity in areas of high and low endemicity in municipalities from three Brazilian states (RJ, MS and RS). RESULTS: The results showed general 16% seropositivity, higher in low endemic areas, regardless of whether there was direct care for leprosy patients. Paradoxically, a statistical association was observed between the area studied and seropositivity, as the place with the lowest endemicity (CA) had the highest seropositivity rate (p = 0.033). CONCLUSION: The authors suggest these results are associated with a presence of an unspecified link to bovine serum albumin (BSA), carrier of PGL-1 in the ML Flow test, and recommend expanded seroepidemiological research utilizing tests with human and bovine albumin. .


FUNDAMENTOS: Em países altamente endêmicos a transmissão e infecção sub-clínica da hanseníase provavelmente ocorrem e a doença se manifesta em indivíduos sem qualquer contato próximo conhecido com paciente com hanseníase. Os trabalhadores de saúde são contatos sociais que pertencem à mesma rede (Sistema de Saúde) e alguns deles compartilham o mesmo ambiente social (auxiliares de enfermagem) com pacientes conhecidos e/ou portadores. OBJETIVO: Conhecer a soropositividade ao ML Flow entre os profissionais de saúde. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal através de inquérito sorológico com o teste ML Flow em 450 profissionais de saúde (médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem) visando conhecer a soropositividade em áreas de alta e baixa endemicidade em municípios de três estados brasileiros (RS, MS e RJ). RESULTADOS: Os resultados mostraram 16% de soropositividade em geral, mais elevada na área de baixa endemicidade, independente da assistência direta a pacientes com hanseníase. Paradoxalmente foi observada associação estatística entre a área estudada e soropositividade, apontando o lugar de mais baixa endemicidade (CA) com o maior valor (p=0,033). CONCLUSÃO: os autores sugerem a presença de ligação inespecífica a soroalbumina bovina (BSA), carreadora do antígeno PGL-1 no teste ML Flow para explicar os resultados inesperados e recomendam testagem ampliada utilizando testes com albumina humana e bovina. .


Asunto(s)
Adulto , Animales , Femenino , Humanos , Masculino , Persona de Mediana Edad , Adulto Joven , Personal de Salud , Lepra/diagnóstico , Mycobacterium leprae/inmunología , Pruebas Serológicas/métodos , Distribución por Edad , Antígenos Bacterianos/inmunología , Brasil , Estudios Transversales , Glucolípidos/inmunología , Lepra/inmunología , Distribución por Sexo , Albúmina Sérica Bovina/inmunología
3.
An Bras Dermatol ; 88(6): 918-23, 2013.
Artículo en Inglés | MEDLINE | ID: mdl-24474100

RESUMEN

BACKGROUND: In highly endemic countries, transmission and sub-clinical infection of leprosy are likely and the disease manifests itself in individuals without any known close contact with a leprosy patient. Health workers are social contacts belonging to the same network (the Health System) and some of them share the same social environment (nursing assistants) as patients with known patients and / or carriers. OBJECTIVE: To identify ML Flow seropositivity among health professionals. METHODS: We conducted a cross-sectional study using a serological survey with the ML Flow test in 450 health professionals (doctors, nurses and nursing assistants), in order to detect seropositivity in areas of high and low endemicity in municipalities from three Brazilian states (RJ, MS and RS). RESULTS: The results showed general 16% seropositivity, higher in low endemic areas, regardless of whether there was direct care for leprosy patients. Paradoxically, a statistical association was observed between the area studied and seropositivity, as the place with the lowest endemicity (CA) had the highest seropositivity rate (p = 0.033). CONCLUSION: The authors suggest these results are associated with a presence of an unspecified link to bovine serum albumin (BSA), carrier of PGL-1 in the ML Flow test, and recommend expanded seroepidemiological research utilizing tests with human and bovine albumin.


Asunto(s)
Personal de Salud , Lepra/diagnóstico , Mycobacterium leprae/inmunología , Pruebas Serológicas/métodos , Adulto , Distribución por Edad , Animales , Antígenos Bacterianos/inmunología , Brasil , Estudios Transversales , Femenino , Glucolípidos/inmunología , Humanos , Lepra/inmunología , Masculino , Persona de Mediana Edad , Albúmina Sérica Bovina/inmunología , Distribución por Sexo , Adulto Joven
4.
Hansen. int ; 36(2): 25-36, 2011.
Artículo en Portugués | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-31819

RESUMEN

Introdução: A ocorrência de hanseníase em crianças e adolescentes é preocupante porque seu aumento é considerado indicador de maior gravidade da endemia hansênica. O Ministério da Saúde instituiu, em 2008, o Protocolo Complementar de Investigação Diagnóstica em Menores de 15 Anos (PCID < 15), a ser preenchido pelos profissionais das unidades de saúde quando diagnosticado um caso de hanseníase nesta faixa etária. O presente estudo pretendeu analisar criticamente as informações contidas nas fichas do PCID < 15, nos municípios prioritários do estado do Rio de janeiro. Métodos: dos campos; 15,4% destes tiveram percentual de pre. Foi realizado estudo seccional retrospectivo, utilizando análise estatística descritiva das informações contidas nos registros dos PCID < 15 nos anos de 2009 e 2010, dos municípios considerados prioritários para a Gerência de Dermatologia Sanitária da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. Foi analisada a completitude dos campos, incluindo a consistência das informações daqueles referentes à classificação operacional e número de lesões de pele, além da análise epidemiológica das 172 fichas incluídas no estudo. Resultados: O percentual de preenchimento foi excelente, na maioria dos campos; 15,4% destes tiveram percentual de pre enchimento considerado regular (itens “prontuário”, de refletir a situação epidemiológica dos pacientes me“tempo de residência”, “número de pessoas da família com problemas de pele”, e “cicatriz de BCG”). Não foi analisada a porcentagem de preenchimento do campo “grau de incapacidade física”. Ocorreu forte concordância (coeficiente Kappa k = 0,76, p < 0,0001) entre os campos “número de lesões de pele” e “classificação operacional”, com apenas 7% de casos inconsistentes... (AU)


Introduction: The occurrence of leprosy in children and adolescents is of concern because its increase is consid-ered an indicator of severity of leprosy. The Ministry of Health established in 2008 an Additional Protocol of Di-agnostic Research in Children under 15 Years (PCID <15), to be fulfilled by professionals in the health units when-ever a case of leprosy in patients in this age group is diag-nosed.The present study aimed to critically analyze the information contained in the files of the PCID < 15, in priority municipalities of Rio de Janeiro State. Methods: We conducted a retrospective cross-sectional study us-ing descriptive statistics, based on the evaluation of the information contained in the records of leprosy cases registered in PCID <15 years in 2009 and 2010 from the priority municipalities according to the cri-teria of the Sanitary Dermatology Department of the Rio de Janeiro State Health Secretariat. We analyzed the completeness of fields including the consistency of the information fields according to the operational clas-sification and number of skin lesions, contained in the 172 records included in the study. Results: Excellent per-centage of completion, according to the parameters of SINAN, occurred in most fields, with only 15.4% of fields with regular percentage of completion (“records”, “residence time”, “number of people in the family with skin diseases”, and “BCG vaccination scar”). The study revealed a strong concordance (Kappa coefficient k = 0.76, p <0.0001) between the fields number skin le-sions and operational classification, with inconsistency in only 7% of cases. There was a slight predominance of females, 92.3% of cases between 5 and 14 years, 71.6% diagnosed with six months or more after the onset of signs and symptoms, 58.6% of patients had history of leprosy in the family, 85% of cases had up to 5 skin le-sions and 83.6% had a BCG scar... (AU)


Introducción: La lepra en los niños, niñas y adolescentes es preocupante, ya que su incremento es un indicador de lepra endémica más grave. El Ministerio de Salud estableció en 2008, el Protocolo de Investigación adi-cional de diagnóstico en los niños menores de 15 años (Pontificio Consejo <15), que se completará por los pro-fesionales en las unidades de salud cuando un caso de lepra diagnosticados en este grupo de edad. El presente estudio tuvo como objetivo analizar críticamente la in-formación contenida en los archivos de los municipios prioritarios PCID menores de 15 en el estado de Río de Janeiro. Métodos: Se realizó un estudio retrospectivo de corte transversal mediante el análisis estadístico des-criptivo de la información contenida en los registros de PCID <15 años en 2009 y 2010, las ciudades consideradas prioritarias para la gestión de Dermatología Sanitaria de la Secretaría de Salud del Estado de Río de Janeiro. Se analizó la totalidad de los campos, incluyendo la consis-tencia de la información de los que operan en la clasi-ficación y el número de lesiones en la piel, además de un análisis epidemiológico de 172 fichas incluidas en el estudio. Resultados: El porcentaje de cumplimiento fue excelente en la mayoría de los campos, el 15,4% porcen-taje de pases completos de ellas fueron consideradas regular (artículos de “grabación”, “tiempo de residencia”, “número de miembros de la familia con problemas de la piel”, y “cicatriz de la BCG”). No se analizó el porcentaje de finalización de la “discapacidad física”. Hubo un fuerte acuerdo (coeficiente kappa k = 0,76, p <0,0001) entre los campos “número de lesiones en la piel” y de operación “clasificación” con sólo el 7% de los casos inconsisten-tes... (AU)


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Lactante , Preescolar , Niño , Adolescente , Lepra/diagnóstico , Lepra/epidemiología , Protocolos , Sistemas de Información en Salud , Lepra/prevención & control , Brasil/epidemiología
5.
Hansen. int ; 36(2): 25-36, 2011.
Artículo en Portugués | LILACS, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-789367

RESUMEN

Introdução: A ocorrência de hanseníase em crianças e adolescentes é preocupante porque seu aumento é considerado indicador de maior gravidade da endemia hansênica. O Ministério da Saúde instituiu, em 2008, o Protocolo Complementar de Investigação Diagnóstica em Menores de 15 Anos (PCID < 15), a ser preenchido pelos profissionais das unidades de saúde quando diagnosticado um caso de hanseníase nesta faixa etária. O presente estudo pretendeu analisar criticamente as informações contidas nas fichas do PCID < 15, nos municípios prioritários do estado do Rio de janeiro. Métodos: dos campos; 15,4% destes tiveram percentual de pre. Foi realizado estudo seccional retrospectivo, utilizando análise estatística descritiva das informações contidas nos registros dos PCID < 15 nos anos de 2009 e 2010, dos municípios considerados prioritários para a Gerência de Dermatologia Sanitária da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. Foi analisada a completitude dos campos, incluindo a consistência das informações daqueles referentes à classificação operacional e número de lesões de pele, além da análise epidemiológica das 172 fichas incluídas no estudo. Resultados: O percentual de preenchimento foi excelente, na maioria dos campos; 15,4% destes tiveram percentual de pre enchimento considerado regular (itens “prontuário”, de refletir a situação epidemiológica dos pacientes me“tempo de residência”, “número de pessoas da família com problemas de pele”, e “cicatriz de BCG”). Não foi analisada a porcentagem de preenchimento do campo “grau de incapacidade física”. Ocorreu forte concordância (coeficiente Kappa k = 0,76, p < 0,0001) entre os campos “número de lesões de pele” e “classificação operacional”, com apenas 7% de casos inconsistentes...


Introduction: The occurrence of leprosy in children and adolescents is of concern because its increase is consid-ered an indicator of severity of leprosy. The Ministry of Health established in 2008 an Additional Protocol of Di-agnostic Research in Children under 15 Years (PCID <15), to be fulfilled by professionals in the health units when-ever a case of leprosy in patients in this age group is diag-nosed.The present study aimed to critically analyze the information contained in the files of the PCID < 15, in priority municipalities of Rio de Janeiro State. Methods: We conducted a retrospective cross-sectional study us-ing descriptive statistics, based on the evaluation of the information contained in the records of leprosy cases registered in PCID <15 years in 2009 and 2010 from the priority municipalities according to the cri-teria of the Sanitary Dermatology Department of the Rio de Janeiro State Health Secretariat. We analyzed the completeness of fields including the consistency of the information fields according to the operational clas-sification and number of skin lesions, contained in the 172 records included in the study. Results: Excellent per-centage of completion, according to the parameters of SINAN, occurred in most fields, with only 15.4% of fields with regular percentage of completion (“records”, “residence time”, “number of people in the family with skin diseases”, and “BCG vaccination scar”). The study revealed a strong concordance (Kappa coefficient k = 0.76, p <0.0001) between the fields number skin le-sions and operational classification, with inconsistency in only 7% of cases. There was a slight predominance of females, 92.3% of cases between 5 and 14 years, 71.6% diagnosed with six months or more after the onset of signs and symptoms, 58.6% of patients had history of leprosy in the family, 85% of cases had up to 5 skin le-sions and 83.6% had a BCG scar...


Introducción: La lepra en los niños, niñas y adolescentes es preocupante, ya que su incremento es un indicador de lepra endémica más grave. El Ministerio de Salud estableció en 2008, el Protocolo de Investigación adi-cional de diagnóstico en los niños menores de 15 años (Pontificio Consejo <15), que se completará por los pro-fesionales en las unidades de salud cuando un caso de lepra diagnosticados en este grupo de edad. El presente estudio tuvo como objetivo analizar críticamente la in-formación contenida en los archivos de los municipios prioritarios PCID menores de 15 en el estado de Río de Janeiro. Métodos: Se realizó un estudio retrospectivo de corte transversal mediante el análisis estadístico des-criptivo de la información contenida en los registros de PCID <15 años en 2009 y 2010, las ciudades consideradas prioritarias para la gestión de Dermatología Sanitaria de la Secretaría de Salud del Estado de Río de Janeiro. Se analizó la totalidad de los campos, incluyendo la consis-tencia de la información de los que operan en la clasi-ficación y el número de lesiones en la piel, además de un análisis epidemiológico de 172 fichas incluidas en el estudio. Resultados: El porcentaje de cumplimiento fue excelente en la mayoría de los campos, el 15,4% porcen-taje de pases completos de ellas fueron consideradas regular (artículos de “grabación”, “tiempo de residencia”, “número de miembros de la familia con problemas de la piel”, y “cicatriz de la BCG”). No se analizó el porcentaje de finalización de la “discapacidad física”. Hubo un fuerte acuerdo (coeficiente kappa k = 0,76, p <0,0001) entre los campos “número de lesiones en la piel” y de operación “clasificación” con sólo el 7% de los casos inconsisten-tes...


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Lactante , Preescolar , Niño , Adolescente , Lepra/diagnóstico , Lepra/epidemiología , Protocolos , Brasil/epidemiología , Sistemas de Información en Salud , Lepra/prevención & control
6.
Rio de Janeiro; Fundação Oswaldo Cruz. COC; 2010. 135 p. ilus.(Instrumentos de pesquisa, 9).
Monografía en Portugués | LILACS | ID: lil-579144

RESUMEN

A partir de meados da década de 1980 a história das ciências conheceu uma profunda transformação - ou melhor, uma inflexão - resultante das abordagens desenvolvidas a partir do início dos anos 1970 e que visavam redefinir a natureza das práticas científicas. Historiadores, filósofos e cientistas sociais em várias partes do mundo passaram a estabelecer os contornos de uma área que procurou rever paradigmas e modelos, o que se traduziu em variados enfoques, novas abordagens e métodos, recortes temáticos e uso de fontes documentais. Nesse processo de institucionalização da história das ciências emergiram inúmeros estudos nas linhas da história social das doenças e da medicina. No Brasil, nos últimos 20 anos, a Casa de Oswaldo Cruz ao lado de outras instituições tem contribuído de forma efetiva para a atualização constante da agenda de pesquisa, muitas vezes de forma integrada às atividades de identificação, reunião e organização de acervos. O Catálogo Memória e história da hanseníase no Brasil através de seus depoentes (1960-2000) é um dos produtos de um amplo projeto interinstitucional e teve como objetivo a constituição de um acervo de depoimentos de personagens que fizeram parte da história da hanseníase no Brasil, como profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e gestores públicos), pacientes e ex-pacientes. São histórias de vida, com lembranças, memórias e relatos de quem padeceu da doença ou atuou contra ela.


Asunto(s)
Catálogos como Asunto , Lepra/historia , Salud Pública/historia , Brasil
7.
Rio de Janeiro; Fundação Oswaldo Cruz. COC; 2010. 135 p. ilus.(Instrumentos de pesquisa, 9).
Monografía en Portugués | HISA - História de la Salud | ID: his-20107

RESUMEN

A partir de meados da década de 1980 a história das ciências conheceu uma profunda transformação - ou melhor, uma inflexão - resultante das abordagens desenvolvidas a partir do início dos anos 1970 e que visavam redefinir a natureza das práticas científicas. Historiadores, filósofos e cientistas sociais em várias partes do mundo passaram a estabelecer os contornos de uma área que procurou rever paradigmas e modelos, o que se traduziu em variados enfoques, novas abordagens e métodos, recortes temáticos e uso de fontes documentais. Nesse processo de institucionalização da história das ciências emergiram inúmeros estudos nas linhas da história social das doenças e da medicina. No Brasil, nos últimos 20 anos, a Casa de Oswaldo Cruz ao lado de outras instituições tem contribuído de forma efetiva para a atualização constante da agenda de pesquisa, muitas vezes de forma integrada às atividades de identificação, reunião e organização de acervos. O Catálogo Memória e história da hanseníase no Brasil através de seus depoentes (1960-2000) é um dos produtos de um amplo projeto interinstitucional e teve como objetivo a constituição de um acervo de depoimentos de personagens que fizeram parte da história da hanseníase no Brasil, como profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e gestores públicos), pacientes e ex-pacientes. São histórias de vida, com lembranças, memórias e relatos de quem padeceu da doença ou atuou contra ela (AU).


Asunto(s)
Salud Pública/historia , Lepra/historia , Catálogos como Asunto , Brasil
8.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 16(2): 385-388, abr.-jun. 2008.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-529799

RESUMEN

Este trabalho é resultado preliminar de pesquisa sobre memória e história da hanseníase, desenvolvido pela Fiocruz e Universidade Federal do Rio de Janeiro. O objetivo é o resgate desta história por meio de depoimentos de quem padeceu da doença ou atuou contra ela. Foi realizada durante aproximadamente cinco anos, período no qual gravamos, transcrevemos e conferimos as entrevistas realizadas, objetivando a constituição de um acervo em história oral, para compor o material já existente na Casa de Oswaldo Cruz. A pesquisa se encontra em fase avançada, partindo para a etapa de finalização com a divulgação das entrevistas por meio de publicação e site (www.memoriadahanseniase.fiocruz.br), o que deverá acontecer ao longo de 2008.


Asunto(s)
Humanos , Conocimientos, Actitudes y Práctica en Salud , Lepra/historia , Aislamiento de Pacientes , Brasil
9.
In. Universidade Federal do Rio de Janeiro.Instituto de Estudos em Saúde Coletiva. Investigações em sistema de saúde e controle da hanseníase. Rio de Janeiro, s.n, abr.-jun., 2008. p.385-388.
No convencional en Portugués | Hanseníase | ID: han-26942

RESUMEN

Este trabalho é resultado preliminar de pesquisa sobre memória e história da hanseníase, desenvolvido pela Fiocruz e Universidade Federal do Rio de Janeiro. O objetivo é o resgate desta história por meio de depoimentos de quem padeceu da doença ou atuou contra ela. Foi realizada durante aproximadamente cinco anos, período no qual gravamos, transcrevemos e conferimos as entrevistas realizadas, objetivando a constituição de um acervo em história oral, para compo o material já existente na Casa de Oswaldo Cruz. A pesquisa se encontra em fase avançada, partindo para a etapa de finalização com a divulgação das entrevistas por meio de publicação e site (www.memoriadahanseniase,fiocruz.br), o que deverá acontecer ao longo de 2008. (AU)


Asunto(s)
Lepra/clasificación , Lepra/etnología , Lepra/historia , Lepra/psicología , Colonias de Leprosos/historia
10.
Rev Soc Bras Med Trop ; 41 Suppl 2: 67-72, 2008.
Artículo en Inglés | MEDLINE | ID: mdl-19618079

RESUMEN

Leprosy (Hansen's disease, HD) reactions are immune-inflammatory phenomena that occur during the evolution of the disease. Given the current criteria for treatment of the disease, this event is often observed after the patient has been released from treatment (RFT) from multi-drug therapy (MDT). A case-control study was conducted comparing laboratory results of cases of leprosy reactions after RFT from multibacillary MDT (MDT/MB) with a control group to analyze the possible association between posttreatment reactions and bacterial load using the ML Flow serological test for detection of antibodies to Mycobacterium leprae and the results of bacilloscopic skin smears. The study was conducted in two reference centers in Recife, Pernambuco State, Brazil, involving 208 patients. The results obtained indicate that posttreatment reaction is statistically associated with bacterial load through positive serology post-RFT. In conclusion, common risk factors exist between relapses and post-RFT reactions.


Asunto(s)
Anticuerpos Antibacterianos/sangre , Antígenos Bacterianos/inmunología , Glucolípidos/inmunología , Lepra/microbiología , Mycobacterium leprae/inmunología , Adolescente , Adulto , Biomarcadores , Estudios de Casos y Controles , Niño , Preescolar , Quimioterapia Combinada , Femenino , Humanos , Inmunoglobulina M/sangre , Lactante , Recién Nacido , Leprostáticos/uso terapéutico , Lepra/tratamiento farmacológico , Lepra/inmunología , Masculino , Persona de Mediana Edad , Recurrencia , Factores de Riesgo , Piel/microbiología , Piel/patología , Adulto Joven
11.
Rev. Soc. Bras. Med. Trop ; 41(supl.2): 67-72, 2008. tab
Artículo en Inglés, Portugués | LILACS | ID: lil-519339

RESUMEN

As reações hansênicas são fenômenos imuno inflamatórios que ocorrem durante a evolução da hanseníase. Atualmente com os critérios de finalização de tratamento esta intercorrência pode ser observada após a alta da poliquimioterapia. Trata-se de um estudo caso-controle onde foram comparados, laboratorialmente, os casos de reação hansênica após alta da poliquimioterapia multibacilar (PQT/MB) com o grupo controle para analisar a possível associação entre a reação hansênica após alta e a carga bacilar, utilizando o ML Flow, teste sorológico para detecção de anticorpos contra o Mycobacterium leprae, e os resultados das baciloscopias cutâneas. O estudo foi realizado em dois serviços de referência na cidade de Recife - Pernambuco - Brasil, onde participaram 208 pacientes. Os resultados encontrados indicam que a reação após alta está estatisticamente associada à carga bacilar através da positividade do teste sorológico após alta. Conclui-se que existem fatores de riscos comuns entre a recidiva e a reação após alta.


Leprosy (Hansen's disease, HD) reactions are immune-inflammatory phenomena that occur during the evolution of the disease. Given the current criteria for treatment of the disease, this event is often observed after the patient has been released from treatment (RFT) from multi-drug therapy (MDT). A case-control study was conducted comparing laboratory results of cases of leprosy reactions after RFT from multibacillary MDT (MDT/MB) with a control group to analyze the possible association between posttreatment reactions and bacterial load using the ML Flow serological test for detection of antibodies to Mycobacterium leprae and the results of bacilloscopic skin smears. The study was conducted in two reference centers in Recife, Pernambuco State, Brazil, involving 208 patients. The results obtained indicate that posttreatment reaction is statistically associated with bacterial load through positive serology post-RFT. In conclusion, common risk factors exist between relapses and post-RFT reactions.


Asunto(s)
Adolescente , Adulto , Niño , Preescolar , Femenino , Humanos , Lactante , Recién Nacido , Masculino , Persona de Mediana Edad , Adulto Joven , Anticuerpos Antibacterianos/sangre , Antígenos Bacterianos/inmunología , Glucolípidos/inmunología , Lepra/microbiología , Mycobacterium leprae/inmunología , Antígenos Bacterianos , Biomarcadores , Estudios de Casos y Controles , Quimioterapia Combinada , Glucolípidos , Inmunoglobulina M/sangre , Leprostáticos/uso terapéutico , Lepra/tratamiento farmacológico , Lepra/inmunología , Recurrencia , Factores de Riesgo , Piel/microbiología , Piel/patología , Adulto Joven
13.
An. bras. dermatol ; 75(3): 291-297, maio-jun. 2000. tab
Artículo en Portugués, Inglés | LILACS | ID: lil-346271

RESUMEN

A técnica de inoculação no coxim plantar de camundongos (técnica de Shepard) possibilita a verificação da resistência aos quimioterápicos e a viabilidade do M. Leprae. O objetivo era avaliar por meio da técnica de Shepard a viabilidade do M. leprae em material de biópsia cutânea proveniente de pacientes hansenianos multibacilares. Biópsias cutâneas e esfregaços de linfas cutâneas em 21 pacientes hansenianos multibacilares após 24 doses do esquema poliquimioterápico (PQT/OMS). A comparação dos resultados dos índices baciloscópico e morfológico entre as duas amostras demonstrou valores significativamente maiores nos índices baciloscópicos das biópsias cutâneas. A concentração do M.Leprae 12 meses após a inoculação mostrou valores inferiores ao referido como padrão de multiplicação, sugerindo que a população bacilar nas biópsias cutâneas de pacientes hansenianos multibacilares após 24 doses da PQT/OMS pode ser considerada não viável


Asunto(s)
Humanos , Quimioterapia , Lepra , Mycobacterium leprae
14.
Arq. bras. oftalmol ; 62(6): 701-3, nov.-dez. 1999. tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-279953

RESUMEN

Determinar a freqüência e o tipo de comprotimento ocular em pacientes portadores de hanseníase no momento do diagnóstico. Metodologia: O estudo foi realizado na Fundaçäo Oswaldo Cruz (Rio de Janeiro) e avalia 77 casos classificados como multibacilares. O exame oftalmológico foi realizado de acordo com o sistema de classificaçäo de discapacidades recomendado pela Organizaçäo Mundial de Saúde. Resultados: Referiam queixas especificas 36,3 (por cento): dor e ardência ocular, lacrimejamento e dificuldade para enxergar. Em 55,8 (por cento) dos pacientes foram detectadas alteraçöes oculares no exame oftalmológico. A diminuiçäo da sensibilidade da córnea, que predispöe a ulceraçäo e opacificaçäo, foi a alteraçäo mais frequênte 29,3 (por cento). Conclusäo: os achados desta pesquisa demonstram a gravidade e a alta freqüência das lesöes oculares nos casos avaliados e alertam para a importância do exame oftalmológico como rotina em portadores de hanseníase multibacilar


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Niño , Adolescente , Adulto , Persona de Mediana Edad , Lepra/diagnóstico , Infecciones Bacterianas del Ojo/diagnóstico , Infecciones Bacterianas del Ojo/historia
17.
Rio de Janeiro; s.n; 1998. 71 p. ilus.
Tesis en Portugués | LILACS | ID: lil-320813

RESUMEN

A perspectiva de controle e a eliminação da Hanseníase como problema de saúde pública nos países endêmicos estão, atualmente, diretamente relacionados com a utilização dos esquemas poliquimioterápicos recomendados pela OMS. A eficácia dos regimes terapêuticos preconizados possibilita a diminuição dos tempos dos tratamentos pela fixação do número de doses. Objetivando um melhor entendimento do comportamento clínico e laboratorial dos pacientes submetidos a associação de quimioterápicos com duração fixa apresentamos os resultados observados em dois grupos de pacientes classificados como multibacilares. Um grupo recebeu Rifampicina - 600 mg e Dapsona - 100 mg diários por 3 meses seguidos de Dapsona 100 mg diários por 21 meses autoadministrados, esquema adaptado do preconizado pela Divisão Nacional de Dermatologia Sanitária do Ministério da saúde (DNDS/MS). O outro grupo, Rifampicina 600 mg e Clofazimina 300 mg uma vêz ao mês, supervisionados, associados a Dapsona 100 mg e Clofazimina 50 mg diários, autoadministrados com duração de 24 doses supervisionadas, esquema preconizado pela Organização Mundial de Saúde (PQT/OMS). O estudo analisa comparativamente aspectos clínicos e laboratoriais dos pacientes em diferentes momentos: no diagnóstico, na vigência dos tratamentos, na alta terapêutica e após a alta. Os critérios utilizados para alocação dos pacientes nos grupos foram o índice baciloscópico (escala de Ridley) e a classificação clínica e histológica (Ridley & Jopling). Foi obsrvado diferença significativa na frequência de episódios reacionais tipo Eritema Nodoso Hansênico, tendo o grupo submetido a PQT/OMS menor número de casos com este tipo de reação tanto na vigência dos tratamentos quanto no seguimento pós alta. Este resultado, no entanto, não influenciou a evolução das lesões dermatológicas, histopatológicas, carga bacilar e comprometimento neurológico, não tendo sido encontrado(FALTA ALGO) nenhum momento do estudo. A viabilidade do M. leprae foi avaliada pela inoculação no coxim plantar de camundongos imunocompetentes (técnica de Shepard) em material proveniente de biópsia cutânea. O procedimento foi realizado em 36 casos na alta terapêutica, 12 submetidos ao esquema DNDS/MS e 24 ao esquema PQT/OMS e os resultados demonstraram contagem bacilar inferior a considerada como padrão de multiplicação, em todos os casos.


Asunto(s)
Quimioterapia Combinada , Lepra/prevención & control , Lepra/terapia , Posología
19.
Rio de Janeiro; s.n; 1998. 71 p. ilus.
Tesis en Portugués | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8137

RESUMEN

A perspectiva de controle e a eliminação da Hanseníase como problema de saúde pública nos países endêmicos estão, atualmente, diretamente relacionados com a utilização dos esquemas poliquimioterápicos recomendados pela OMS. A eficácia dos regimes terapêuticos preconizados possibilita a diminuição dos tempos dos tratamentos pela fixação do número de doses. Objetivando um melhor entendimento do comportamento clínico e laboratorial dos pacientes submetidos a associação de quimioterápicos com duração fixa apresentamos os resultados observados em dois grupos de pacientes classificados como multibacilares. Um grupo recebeu Rifampicina - 600 mg e Dapsona - 100 mg diários por 3 meses seguidos de Dapsona 100 mg diários por 21 meses autoadministrados, esquema adaptado do preconizado pela Divisão Nacional de Dermatologia Sanitária do Ministério da saúde (DNDS/MS). O outro grupo, Rifampicina 600 mg e Clofazimina 300 mg uma vêz ao mês, supervisionados, associados a Dapsona 100 mg e Clofazimina 50 mg diários, autoadministrados com duração de 24 doses supervisionadas, esquema preconizado pela Organização Mundial de Saúde (PQT/OMS). O estudo analisa comparativamente aspectos clínicos e laboratoriais dos pacientes em diferentes momentos: no diagnóstico, na vigência dos tratamentos, na alta terapêutica e após a alta. Os critérios utilizados para alocação dos pacientes nos grupos foram o índice baciloscópico (escala de Ridley) e a classificação clínica e histológica (Ridley & Jopling). Foi obsrvado diferença significativa na frequência de episódios reacionais tipo Eritema Nodoso Hansênico, tendo o grupo submetido a PQT/OMS menor número de casos com este tipo de reação tanto na vigência dos tratamentos quanto no seguimento pós alta. Este resultado, no entanto, não influenciou a evolução das lesões dermatológicas, histopatológicas, carga bacilar e comprometimento neurológico, não tendo sido encontrado(FALTA ALGO) nenhum momento do estudo... (AU)


Asunto(s)
Lepra/prevención & control , Quimioterapia Combinada , Posología , Lepra/terapia
20.
Rio de Janeiro; s.n; 1998. 71 p. ilus, tab.
Tesis en Portugués | Hanseníase | ID: han-11117

RESUMEN

A perspectiva de controle e a eliminaçao da hanseníase como problema de saúde pública nos países endêmicos estao, atualmente, diretamente relacionados com a utilizaçao dos esquemas poliquimioterápicos recomendados pela OMS. A eficácia dos regimes terapêuticos preconizados possibilita a diminuiçao dos tempos dos tratamentos pela fixaçao do número de doses. Objetivando um melhor entendimento do comportamento clínico e laboratorial dos pacientes submetidos a associaçao de quimioterápicos com duraçao fixa apresentados os resultados observados em dois grupos de pacientes classificados como multibacilares. Um grupo recebeu Rifampicina - 600 mg e Dapsone - 100 mg diários por 3 meses seguidos de Dapsona 100 mg diários por 21 meses auto-administrados(AU)


Asunto(s)
Lepra/tratamiento farmacológico , Lepra/terapia , Terapéutica , Quimioterapia
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA