Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Más filtros










Base de datos
Intervalo de año de publicación
1.
Hig. aliment ; 30(254/255): 42-45, 30/04/2016.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-834166

RESUMEN

Neste trabalho objetivou-se avaliar o nível de conhecimento dos manipuladores de mercados públicos de Teresina - PI sobre as Boas Práticas de Manipulação de Alimentos. O trabalho foi realizado em 05 mercados públicos localizados no município de Teresina, Piauí no período de setembro a outubro de 2014. Foram entrevistados 60 manipuladores por meio de questionário adaptado e as respostas classificadas em corretas, parcialmente corretas e incorretas. Os dados foram analisados no software Assistat versão 7.7 Beta. No tocante ao nível de escolaridade, observou-se a predominância do ensino fundamental completo (33,33%) entre os avaliados; quanto à gratificação, observou-se que 66,66% dos manipuladores entrevistados recebiam até dois salários mínimos sendo homens melhor remunerados que mulheres. Quanto à avaliação do nível de conhecimento dos manipuladores, as respostas parcialmente corretas foram as que obtiveram a maior porcentagem (68,34% ± 4,40) seguidas das respostas incorretas (25,48% ± 9,68). Com isso é evidente que os manipuladores possuem noções básicas sobre contaminação e BPF (Boas Prática de Fabricação), no entanto a ausência de treinamento e fiscalização ainda é bastante freqüente.


The study was conducted in 05 public markets located in the city of Teresina, Piauí in the period September-October 2014. 60 handlers were interviewed by questionnaire adapted and responses classified as correct, partially correct and incorrect. Data were analyzed in Assistat software version 7.7 Beta (2014). Regarding the level of education, there was a predominance of first grade (33.33%) among the evaluated; regarding the bonus, it was observed that 66.66% of respondents received up to two handlers minimum wages men being better paid than women. Regarding the evaluation of the knowledge level of the handlers partially correct answers were those that had the highest percentage (68.34% ± 4.40) followed by incorrect answers (25.48% ± 9.68). With this it is evident that the manipulators have the basics of GMP and contamination, however, a lack of training and supervision is still quite frequent.


Asunto(s)
Contaminación de Alimentos , Calidad de los Alimentos , Comercio , Buenas Prácticas de Fabricación , Buenas Prácticas de Manipulación , Grupos Profesionales , Brasil , Manipulación de Alimentos , Enfermedades Transmitidas por los Alimentos
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA
...