Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Más filtros










Intervalo de año de publicación
1.
Conscientiae saúde (Impr.) ; 16(3): 367-374, set. 2017.
Artículo en Portugués | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-881628

RESUMEN

Introdução: A irradiação pelo método de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (FNP) ativa grupos musculares fracos estimulando grupos que estão preservados. Objetivo: Avaliar o efeito da irradiação do método FNP sobre a ativação muscular no membro superior parético, quadro clinico e funcionalidade de indivíduos pós-AVE. Metodologia: Estudo piloto, com 6 voluntários, média de 53,33(±19,22) anos, submetidos ao procedimento de irradiação do método FNP no membro superior parético em 3 tarefas distintas. A intervenção durou 8 sessões, 2 vezes semanais e avaliação foi realizada pela escala de Fugl- Meyer, CIF (Classificação Internacional de Funcionalidade) e eletromiografia. Resultados: A CIF e a Fugl- Meyer apresentaram melhora em alguns dados (p<0,05). A análise eletromiográfica não apresentou alterações significativas (p>0,05). Conclusão: A intervenção com uso de irradiação pelo método FNP propiciou ganhos em força e tônus muscular, controle de punho e funções vestibulares e cognitivas, melhorando o convívio com a comunidade e facilitando suas atividades. A eletromiografia não evidenciou mudanças pós intervenção.


Backgrounds: The overflow by the Neuromuscular Proprioceptive Facilitation (PNF) method activates weak muscle groups by stimulating preserved muscle groups. Objective: To evaluate the effect of overflow by the PNF method on muscle activation in paretic upper limb, in the clinical features and also in the functionality in post-stroke individuals. Methods: A pilot study, with 6 volunteers, mean of 53.33 (± 19.22) years old, submitted to the procedure of overflow by the PNF method in the paretic upper limb in 3 distinct tasks. The intervention lasted 8 sessions, 2 times weekly and the evaluation were based on Fugl-Meyer scale assessment, CIF (International Classification of Functionality) and electromyography. Results: The CIF and Fugl-Meyer presented improvement in some data (p <0.05). An electromyographic analysis showed no significant improvement (p> 0.05). Conclusion: The intervention using overflow by the PNF method provided gains in strength and muscle tone, wrist control, and vestibular and cognitive functions, improving community living and facilitating its activities. The electromyography did not show post-intervention changes.

2.
J Bodyw Mov Ther ; 21(1): 74-80, 2017 Jan.
Artículo en Inglés | MEDLINE | ID: mdl-28167194

RESUMEN

OBJECTIVE: The aim of this work was to analyze muscle strength in Pilates novices who used the Reformer equipment during twelve training sessions. METHODS: Twenty-four healthy young female volunteers, who were non-smokers and did not exercise regularly, were split into a control group (mean age 28 ± 4 years and BMI 24.55 ± 3.21 kg/m2) and a training group (mean age 29 ± 4 years and BMI 22.69 ± 2.87 kgm2). The data were checked for normality using the Kolmogorov-Smirnov test, and were then analyzed using the t-test (p < 0.05). RESULTS: After the training sessions, there were statistically significant differences between the groups for the scapular stabilizer muscles (p = 0.0263) and the lumbar muscles (p = 0.0001). For the scapular stabilizers, the initial/final values were 14.69 ± 2.80/14.79 ± 2.89 (control group) and 15.99 ± 3.54/17.44 ± 2.88 (Pilates group). The corresponding values for the lumbar muscles were 53.83 ± 11.66/53.28 ± 11.14 (control group) and 54.75 ± 10.27/64.80 ± 10.20 (Pilates group). CONCLUSION: After twelve sessions of Pilates with the Reformer equipment, there were improvements in lumbar extensor and scapular stabilizer strength. Several benefits are reported by practitioners of Pilates, but until now, there has been limited scientific evidence of the improvement of strength in the trunk and limbs after application of the technique.


Asunto(s)
Técnicas de Ejercicio con Movimientos/métodos , Región Lumbosacra/fisiología , Fuerza Muscular/fisiología , Escápula/fisiología , Músculos Superficiales de la Espalda/fisiopatología , Adulto , Femenino , Humanos , Proyectos Piloto , Torso/fisiología , Adulto Joven
3.
Acta fisiátrica ; 20(1)mar. 2013.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-689479

RESUMEN

A incidência de lesões traumáticas dos membros superiores em um hospital terciário além de ser elevada, possui uma grande variedade. Neste sentido torna-se importante a criação de um banco de dados único, para conhecer o perfil dos pacientes atendidos. Objetivo: traçar o perfil dos pacientes com lesões traumáticas dos membros superiores, atendidos pela Fisioterapia no Centro de Reabilitação do Hospital das Clínicas de Ribeirão. Método: foram avaliadas 223 fichas de pacientes (58 mulheres e 116 homens), com idade média de 34,54 (± 19,05) anos, encaminhados pelo ambulatório de ortopedia do referido hospital. Resultados: do total de casos analisados, as lesões de punho e mão obtiveram maior incidência (60,99%), seguidos por lesões de ombro (20,63%), cotovelo (12,55%), braço (3,59%) e antebraço (2,24%). Nas lesões de punho e mão o mecanismo de trauma com maior porcentagem foi o acidente de moto, relacionado com as fraturas múltiplas de ossos da mão. Queda da própria altura, acidente motociclístico e queda de escada foram os mecanismos de trauma, correlacionando com as fraturas de úmero proximal, luxação de ombro e fraturas de escápula respectivamente. Conclusão: Foi verificada a incidência de lesão, mecanismo de trauma e as características da população para futuramente aprimorar os protocolos específicos para as disfunções e investir em campanhas de prevenção.


The incidence of traumatic injuries of the upper limbs in a tertiary hospital has a wide variety. This is why the creation of a unified database becomes important-to know the patients’ profile. Objective: this study sought to determine the profile of patients with traumatic injuries of the upper limbs, treated by Physical Therapy in Rehabilitation Center of the Clinics Hospital of Ribeirão Preto. Method: Two hundred and twenty-three patient records were evaluated (58 women and 116 men). They had an average age of 34.54 (± 19.05) years and were referred by the orthopedic clinic of this hospital. Results: of the cases studied, wrist and hand injuries had the highest incidence (60.99%), followed by injuries of the shoulder (20.63%), elbow (12.55%), arm (3.59%) and forearm (2.24%). In injuries of wrist and hand, the trauma mechanism with the highest percentage was the motorcycle accident, associated with multiple handbone fractures. Falling down, motorcycle accidents, and falling off a ladder were the mechanisms of injury correlated with proximal humerus fractures, shoulder dislocations, and broken scapulas, respectively. Conclusion: the incidence of injury, trauma mechanism, and characteristics of the population was verified and further improvements in protocols for specific disorders and prevention can be made.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Perfil de Salud , Hombro/lesiones , Centros de Rehabilitación , Traumatismos de la Mano/epidemiología , Traumatismos del Antebrazo/epidemiología , Traumatismos del Brazo/epidemiología , Traumatismos de la Muñeca/epidemiología , Extremidad Superior , Estudios Transversales , Epidemiología Descriptiva , Registros Médicos
4.
Fisioter. mov ; 24(1): 87-97, jan.-mar. 2011. ilus, graf, tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-579685

RESUMEN

Introdução: O movimento de alcance é muito estudado na literatura, no entanto, poucos estudos realizam análise cinemática e eletromiográfica desse movimento em sujeitos hemiparéticos. Objetivo: Avaliar o alcance de indivíduos hemiparéticos pós-acidente vascular encefálico (AVE) em seus aspectos cinemáticos e eletromiográficos. Materiais e métodos: Foram selecionados quatro indivíduos, idade média de54,5 ± 10,7 anos, com diagnóstico de AVE associado à hemiparesia. Realizou-se a avaliação cinemática e eletromiográfica concomitantemente do movimento de alcance na postura sentada, tanto do lado parético quanto do não parético. Resultados: Houve diferença significativa entre os sujeitos com relação ao deslocamento (F₍₃,₆₃₎ = 3.081, p = 0.03), porém, não ocorreu diferença significativa entre os lados (F₍₁,₆₃₎ =1.441, p = 0.23). Com relação às articulações (ombro, cotovelo e punho), houve diferença significativa entre os deslocamentos de cada uma (F(₂,₆₃₎ = 27.496, p = 0.00), assim como entre as coordenadas x, y e z(F₍₂,₆₃₎ = 36.702, p = 0.00). Na análise dos dados eletromiográficos, não houve diferença significativa entre os sujeitos (F₍₃,₃₁₎ = 2.437,p = 0.08), entre os lados (F₍₁,₃₁₎ = 3.384, p = 0.07) e entre os músculos (F₍₄,₃₁₎ =0.942, p = 0.45). Existiu diferença no tempo de execução dos movimentos quando comparado o lado não acometido com o acometido. Conclusão: As análises cinemática e eletromiográfica, de um modo geral, mostraram resultados semelhantes aos encontrados na literatura. No entanto, este estudo acrescenta uma visão mais sistematizada do movimento de alcance, considerando seus aspectos funcionais, diferindo de outros estudos por apresentar, concomitantemente, análises cinemática e eletromiográfica e por investigar ambos os membros superiores.


OBJECTIVE: The reaching movement has been extensively studied in the literature. However, few studies have performed kinematic and electromyography analysis of this movement in hemiparetic subjects.OBJECTIVE: To evaluate the reaching in hemiparetic subjects post-stroke in their kinematic and electromyographic aspects. MATERIALS AND METHODS: Four individuals were selected, with mean age of 54.5 ± 10.7 years old, diagnosed with stroke associated with hemiparesis. We conducted an assessment of kinematic and electromyography concurrently during the reaching movement in a sitting posture. Both paretic and non-paretic sides were tested. RESULTS: Statistical differences were found between subjects with respect to displacement (F(3,63) = 3.081, p = 0.03) but no significant difference between the sides investigated (F(1,63) = 1.441, p = 0.23). With respect to joints (shoulder, elbow and wrist), there was a significant difference in the displacement of each one (F(2,63) = 27.496, p = 0.00) as well as between coordinates x, y and z (F(2,63) = 36.702, p = 0.00). In the electromyographic analysis, no significant difference were found between subjects (F(3,31) = 2.437, p = 0.08), between sides (F(1,31) = 3.384, p = 0.07) and between muscles (F(4,31) = 0.942, p = 0.45). There was a difference in the time of movement execution when comparing the paretic with non-paretic side. CONCLUSION: The kinematic and electromyographic analysis, in general, showed results similar to those found in the literature. However, this study adds a systematic vision of the reaching movement, considering functional aspects, differing from other studies to present, simultaneously, kinematic and electromyographic analysis and investigate both upper limbs.


Asunto(s)
Fenómenos Biomecánicos , Electromiografía , Paresia , Accidente Cerebrovascular
5.
Ribeirão Preto; s.n; 2011. 33 p. ilus.
Tesis en Portugués | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-PAPSESSP, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1082236

RESUMEN

Devido à riqueza de componentes e funções dos membros superiores, várias patologias podem interferir no seu correto desempenho. Neste sentido torna-se importante a criação de um banco de dados único, para conhecer o perfil dos pacientes, as lesões mais comuns, os mecanismos de trauma, as estruturas e articulações mais acometidas do membro superior. O objetivo deste estudo foi traçar o perfil dos pacientes com lesões traumáticas e ortopédicas dos membros superiores, atendidos pela Fisioterapia no Centro de Reabilitação do Hospital das Clínicas de Ribeirão. Foram avaliadas 312 fichas de pacientes (117 mulheres e 195 homens), com idade média de 38,33 (± 18,79) anos, encaminhados pelo ambulatório de ortopedia do membro superior do referido hospital. Do total de casos incluídos para análise, 71,47% foram decorrentes de lesões traumáticas e 28,53% decorrentes de lesões ortopédicas. Nas lesões de punho e mão os mecanismos de trauma como o acidente de moto, o acidente com máquina e acidente com vidro se relacionam com as fraturas múltiplas de ossos da mão e lesões tendíneas. As fraturas distais do rádio seguem um padrão relacionando o mecanismo de trauma com a faixa etária. Nas lesões ortopédicas de punho e mão, a síndrome do túnel do carpo foi predominante. Nas lesões traumáticas de ombro, queda da própria altura, acidente motociclístico e queda de escada foram os mecanismos de trauma, correlacionando com as fraturas de úmero proximal, luxação de ombro e fraturas de escápula respectivamente. Nas lesões ortopédicas houve o predomínio de lesões ligadas a estrutura do manguito rotador. Nas lesões traumáticas de cotovelo a queda de alturas relaciona com fraturas luxações tipo Monteggia. Os outros mecanismos seguem um padrão de faixa etária abaixo da média da população e fratura supracondiliana de úmero. A epicondilite lateral foi a lesão ortopédica de maior prevalência. As fraturas diafisárias de úmero e antebraço...


Asunto(s)
Humanos , Extremidad Superior , Heridas y Lesiones , Especialidad de Fisioterapia , Rehabilitación
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA
...