Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 18 de 18
Filtrar
Más filtros










Tipo de estudio
Intervalo de año de publicación
1.
Rev. psicol. deport ; 25(2): 281-288, 2016. tab
Artículo en Portugués | IBECS | ID: ibc-154864

RESUMEN

O estudo investigou os fatores que podem causar a síndrome de burnout e suas manifestações e efeitos em treinadores de voleibol de alto rendimento. Foram realizadas quinze entrevistas com os treinadores da Superliga Brasileira de Voleibol Masculino 2010/2011. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo, sendo, identificadas três categorias: ‘Fatores que podem causar a síndrome de burnout’, ‘As manifestações do burnout’ e ‘Os efeitos do burnout’. Os resultados indicaram que os treinadores possuem fatores que geram estresse em sua profissão. Foram observadas evidências das três dimensões da síndrome de burnout: exaustão física e emocional, reduzido senso de realização esportiva e desvalorização esportiva. Concluímos que estes treinadores apresentaram vulnerabilidade para a manifestação dos sintomas relacionados à síndrome de burnout (AU)


El estudio investigó los factores que pueden causar el burnout, así como sus manifestaciones y sus efectos en entrenadores de voleibol de alto rendimiento. Se realizaron quince entrevistas con los entrenadores de la Superliga Brasileña de Voleibol Masculino 2010/2011. Los datos fueron evaluados por medio del análisis de contenido. Se identificaron tres categorías: ‘Los factores que podrían causar que el síndrome de burnout’; ‘Las manifestaciones de burnout’ y ‘Los efectos de burnout’. Se observaron las tres dimensiones del burnout: agotamiento físico y emocional, reducida sensación de logro deportivo y devaluación deportiva. Los resultados indican que los entrenadores tienen factores que generan estrés en su profesión. Se concluyó que estos entrenadores mostraron vulnerabilidad a la aparición de los síntomas relacionados con el burnout (AU)


This study investigated the factors that can cause burnout syndrome, as well as its occurrence and effects in high-performance volleyball coaches. Fifteen interviews were conducted with coaches of the Brazilian Volleyball Male Super League 2010/2011. The data were subjected to content analysis. Three categories were identified: ‘Factors that could cause burnout syndrome’; ‘The manifestations of burnout’, and ‘The effects of burnout’. Results indicate that coaches have factors that generate stress in their profession. Evidence was observed of the three dimensions of burnout syndrome: physical and emotional exhaustion, a reduced sense of sport accomplishment, and sport devaluation. We concluded that these coaches showed vulnerability to the onset of symptoms related to burnout (AU)


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Adulto , Voleibol/psicología , Voleibol/normas , Desempeño Psicomotor/fisiología , Competencia Profesional/estadística & datos numéricos , Agotamiento Profesional/epidemiología , Agotamiento Profesional/psicología , Voleibol/educación , Encuestas y Cuestionarios , Análisis de Datos/métodos , Estrés Psicológico/complicaciones , Estrés Psicológico/psicología , Vulnerabilidad Social , Vulnerabilidad en Salud
2.
Rev. bras. med. esporte ; 20(5): 388-392, Sep-Oct/2014. tab, graf
Artículo en Portugués | LILACS-Express | ID: lil-726367

RESUMEN

INTRODUÇÃO: No esporte de rendimento, altas cargas de treinamento são necessárias para que ocorram adaptações biológicas que levem ao aprimoramento da forma física e do desempenho esportivo. OBJETIVO: Investigar o comportamento de variáveis psicológicas e fisiológicas, possíveis indicadores dos estados de estresse e recuperação, em jogadores de futebol ao longo da temporada esportiva, e a possibilidade da utilização desses como marcadores dos estados de treinabilidade dos atletas para prevenir quedas do desempenho e o overtraining. MÉTODOS: Participaram deste estudo 14 jogadores de futebol (18,4 ± 0,6 anos, 9,64 ± 1,61 % com gordura e VO2máx 49,46 ± 2,88 ml/kg/min) da categoria júnior de uma equipe de primeira divisão do Brasil. Foram monitorados a percepção de estresse e a recuperação por meio do questionário RESTQ-Sport, a variabilidade de frequência cardíaca (VFC) de repouso, analisada no domínio do tempo e da frequência, e o tempo de reação simples. Efetuaram-se três coletas de dados, um controle (C), outra após quatro semanas de treinamentos intensos (T1), e finalmente depois de quatro semanas de treinamentos leves (T2) realizados após T1. RESULTADOS: Não foi encontrada diferença significativa em nenhuma das escalas do RESTQ-Sport e na VFC nos três momentos de coletas. O tempo de reação simples apresentou um aumento significativo(p = 0,047) em T1 em relação a C. CONCLUSÃO: Os resultados indicam que o tempo de reação foi a única variável sensível às alterações do treinamento estudado, podendo ser considerado um bom indicador da treinabilidade dos atletas. .


INTRODUCTION: In the performance sports, high training loads are necessary for biological adaptations to occur leading to the improvement of fitness and sports performance. OBJECTIVE: To investigate the behavior of the psychological and physiological variables, indicators of possible states of stress and recovery in soccer players throughout the sports season, and the possibility of using these as markers of the conditions of athletes trainability to prevent decreased performance and overtraining. METHODS: The study included 14 soccer players (18.4±0.6 years, 9.64±1.61% with fat and VO2máx 49.46 ± 2.88 ml/kg/min) of a junior class of a team of the first division of Brazil. The perception of stress and recovery, the heart rate variability (HRV) at rest, analyzed in the time and frequency domain, and simple reaction time were monitored through the questionnaire RESTQ-Sport. We carried out three collections of data, a control (C), another after four weeks of intense training (T1), and finally after four weeks of light training (T2) performed after T1. RESULTS: No significant difference was found in any of the scales of RESTQ-Sport and HRV at the three collections. The simple reaction time showed a significant increase (p=0.047) in T1 compared to C. CONCLUSION: The results indicate that the reaction time was the only variable sensitive to changes in the training study and could be considered a good indicator of trainability of athletes. .


INTRODUCCIÓN: En el deporte de rendimiento, las altas cargas de entrenamiento son necesarias para que ocurran adaptaciones biológicas que lleven a la mejora de la forma física y del desempeño deportivo. OBJETIVO: Investigar el comportamiento de variables psicológicas y fisiológicas, posibles indicadores de los estados de estrés y recuperación, en jugadores de fútbol a lo largo de la temporada deportiva, y la posibilidad del uso de los mismos como marcadores de los estados de entrenabilidad de los atletas para prevenir caídas del desempeño y overtraining. MÉTODOS: Participaron en este estudio 14 jugadores de fútbol (18,4 ± 0,6 años, 9,64 ± 1,61 % con gordura y VO2máx 49,46 ± 2,88 ml/kg/min) de la categoría junior de un equipo de primera división de Brasil. Fueron monitoreadas la percepción de estrés y la recuperación por medio del cuestionario RESTQ-Sport, la variabilidad de frecuencia cardíaca (VFC) de reposo, analizada en el dominio del tiempo y de la frecuencia, y el tiempo de reacción simple. Se efectuaron tres colectas de datos, un control (C), otra después de cuatro semanas de entrenamientos intensos (T1), y finalmente después de cuatro semanas de entrenamientos leves (T2) realizados después de T1. RESULTADOS: No fue encontrada diferencia significativa en ninguna de las escalas de RESTQ-Sport y en VFC en los tres momentos de colecta. El tiempo de reacción simple presentó un aumento significativo (p = 0,047) en T1 en relación a C. CONCLUSIÓN: Los resultados indican que el tiempo de reacción fue la única variable sensible a las alteraciones del entrenamiento estudiado, pudiendo ser considerado un buen indicador de la entrenabilidad de los atletas. .

3.
Motriz rev. educ. fís. (Impr.) ; 18(2): 218-232, abr.-jun. 2012. tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-644542

RESUMEN

O objetivo do estudo foi determinar a validade da aplicação do The recovery,stress questionnaire for coaches (RESTQ-Coach) que, na versão brasileira, adotará o nome de Questionário de Estresse e Recuperação para Treinadores Esportivos (RESTQ-Coach-versão brasileira) como ferramenta de avaliação de treinadores esportivos no Brasil. Ainda, o segundo objetivo foi verificar a sua adequação ao modelo teórico proposto por Kallus e Kellmann (1993) através de análises fatoriais confirmatória (AFC) e exploratória (AFE). A amostra deste estudo foi composta por 424 treinadores com idade média de 37,06 (±9,20) anos, de onze modalidades esportivas, sendo cinco coletivas e seis individuais. Os resultados da AFC demonstraram que o modelo original do questionário proposto por Kallus e Kellmann (1993) é inadequado para esta amostragem. Através da AFE identificou-se que a melhor solução para a validação fatorial do instrumento é composta por seis fatores. Esta solução revelou valores de consistência interna geral de α = .85. Os valores dos indicadores de ajustamento do modelo brasileiro de seis fatores da AFE foram: χ² = 9.660,239 e gl = 2695, p=0,001; CFI= 0,96; TLI= 0,95; RMSEA 0,07, os quais expressam a sua qualidade. Conclui-se que a proposta de modelo Kallus e Kellmann (1993) não pode ser confirmada através da AFC nesta amostragem brasileira. E que a melhor solução fatorial para o RESTQ-Coach versão brasileira é composta por seis constructos.


The purpose of this study was to validate a Brazilian version of the The Recovery, Stress Questionnaire for Coaches (RESTQ-Coach), herein named Questionário de Estresse e Recuperação para Treinadores Esportivos (RESTQ-Coach-versão brasileira). The RESTQ is an assessment tool for Brazilian sport coaches. Also, using Confirmatory Factor Analysis (CFA) and Exploratory Factor Analysis (EFA), the purpose of this study was to verify the adequacy of the theoretical model by Kallus e Kellmann (1993). A sample comprised of 424 coaches, average age of 37.06 (±9.20) years, was divided into eleven different sports modalities, consisting of five team sports and six individual sports. The results of the AFC shows that the original model of the questionnaire proposed by Kallus e Kellmann (1993) is inadequate for this sample, and that the AFE was identified as the best solution to a factorial validation of the instrument, which is composed of six factors. This solution disclosed general internal consistency values of α = .85. Values of the global adjustment indicators of the Brazilian model for six AFE factors were: χ² = 9.660,239 e gl = 2695, p=0,001; CFI= 0,96; TLI= 0,95; RMSEA 0,07, expressing their quality. We concluded that Kallus e Kellmann (1993) model was not corroborated by the AFC for this Brazilian sample. The best factorial solution to the RESTQ-Coach Brazilian version is composed by six constructs.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adulto , Agotamiento Profesional , Comparación Transcultural , Encuestas y Cuestionarios , Reproducibilidad de los Resultados , Deportes
4.
Rev. educ. fis ; 23(1): 131-139, jan.-mar. 2012.
Artículo en Portugués | LILACS-Express | ID: lil-701425

RESUMEN

A síndrome de Burnout é considerada uma reação ao estresse crônico e possui como principais características a exaustão emocional, o reduzido senso de realização e a despersonalização. O objetivo deste estudo consistiu em revisar as pesquisas referentes à síndrome no ambiente esportivo brasileiro. O método empregado para a seleção dos trabalhos consistiu na busca eletrônica nas bases de dados computadorizados do portal de periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e na procura por citações em artigos identificados na busca eletrônica publicados até maio de 2011. Foram encontradas oito pesquisas relacionadas à síndrome de Burnout no cenário esportivo brasileiro, as quais foram classificadas em três temas para discussão: (a) implicações do Burnout no treinamento esportivo; (b) instrumento psicométrico de mensuração; e (c) manifestação do Burnout em atletas e treinadores. Concluiu-se que existe uma carência de investigações científicas sobre o Burnout no ambiente esportivo brasileiro.


Burnout syndrome, considered a reaction to chronic stress, has as its main characteristics emotional exhaustion, a reduced sense of achievement, and depersonalization. The aim of this research consisted in revising the studies concerning this syndrome in the Brazilian sports environment. The method used to select the published work consisted of researching computer data bases of journals from the Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), and searching the citations found in these data bases published until may 2011. No empirical studies were found with respect to Burnout in referees and fitness coaches. Eight researches were found and classified into three topics for discussion: (a) implications of Burnout on sport training; (b) psychometric instrument for measuring (c) manifestation of Burnout in athletes and coaches. It was concluded that there is a lack of researches about Burnout in the Brazilian sport environment.

5.
Rev. bras. med. esporte ; 17(6): 397-400, nov.-dez. 2011. ilus, tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-614803

RESUMEN

O overtraining é um sintoma de instabilidade psicofisiológico prejudicial à saúde física e mental dos atletas que ocorre devido ao desequilíbrio entre o estresse (carga de treinamento) e os períodos de recuperação (descanso das atividades esportivas - folga). O objetivo deste estudo foi monitorar os níveis de estresse e recuperação de uma equipe feminina de voleibol de alto rendimento durante uma competição nacional. Foram avaliadas 16 atletas (23,63 ± 6,40 anos) através do Questionário de Estresse e Recuperação (RESTQ-Sport-76), durante dois períodos distintos da periodização denominados de treinamento e folga. Em relação às duas dimensões de estresse, geral (escalas de 1 a 7) e no esporte (escalas de 13 a 15), foram encontradas diferenças significativas (p < 0,05) nas duas dimensões, quando comparados os períodos de treinamento e folga. Das nove escalas que avaliam a recuperação geral e a recuperação no esporte, em cinco delas (números 9, 10, 11, 12 e 16) foram encontradas diferenças significativas (p < 0,05). E em quatro escalas (números 8, 13, 14 e 15) as atletas continuavam a demonstrar uma baixa recuperação. Conclui-se, dessa forma, que todos os indicadores de estresse se elevaram no período de treinamento, e que alguns marcadores de recuperação, como sucesso, aceitação pessoal, autoeficácia e autorregulação apontaram baixos níveis de recuperação nesta equipe durante a temporada.


Overtraining is a process involving progressively increased training to a high absolute level that is in excess of more routine training undertaken to maintain performance. However, its excessive increase may impair the physical and mental health of the athlete. The aim of this study was to keep up with levels of stress and recovery of volleyball athletes during the Brazilian Super League 2003/2004. 16 athletes (23,63 ± 6,40 years) were evaluated during two periods, training and rest by answering a stress and recovery questionnaire (RESTQ-Sport-76). Stress levels were measured through the scales 1 to 7 (general stress) and 13 to 15 (stress sports). Its results showed significant differences between perceptions of athletes in all scales (p<0,05) during training and rest. Levels of sports and general recoveries are known through nine scales. In five of them (9, 10, 11, 12 and 16) there were significant differences (p<0,05) and in four, (8, 13, 14 and 15) there were low recovery by the athletes. The conclusion is that RESTQ-Sport-76 was able to assess stress and recovery levels in volleyball athletes and this group demonstrated low recovery during training period.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Adulto Joven , Rendimiento Atlético , Agotamiento Profesional/rehabilitación , Voleibol
6.
Rev. bras. educ. fís. esp ; 25(3): 537-546, jul.-set. 2011. ilus, tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-602236

RESUMEN

O objetivo deste estudo foi submeter o questionário Sport Motivation Scale (SMS) ao processo de validação transcultural da Escala de Motivação no Esporte para a língua portuguesa brasileira (EME-BR), verificando sua validade e aplicabilidade na população de jovens atletas brasileiros de futebol de alto nível. Participaram deste estudo 370 atletas. Utilizou-se o Instrumento denominado Escala de Motivação no Esporte - versão brasileira (EME-BR), no qual é composto por 28 itens, dividido em sete dimensões. Para a tradução e adaptação do instrumento, foram adotados os procedimentos sugeridos na literatura. Os resultados da análise fatorial confirmatória, demonstraram que com exceção do teste S-Bx² que foi significante (p < 0,001), todas as outras medidas de ajuste absoluto (GFI e RMSEA) e de ajuste incremental (NFI, NNFI e AGFI), apresentaram valores dentro dos aceitáveis pela literatura. No que diz respeito ao termo de confiabilidade interna, pode-se observar que somente duas dimensões atingiram o valor mínimo (> 0,70), entretanto, as demais dimensões, aproximam-se do índice desejável. Contudo, os resultados obtidos no presente estudo dão algum suporte para a validade da EME-BR com jogadores brasileiros jovens de futebol de alto nível.


The purpose of this study was to submit the Sport Motivation Scale (SMS) questionnaire for the transculture validation of the Sport Motivation Scale for the Brazilian Portuguese language and analysis the validity and applicability in the High level Brazilian younger football players. 370 athletes participated of this study. Was used the Sport Motivation Scale for the Brazilian Portuguese language questionnaire consisting for the 28 questions, in 7 dimensions. For the translation and adaptation of the instrument was used the conduct suggest in literature. The results of confirmatory factor analysis showed that with the exception of S-Bx² that test was significant (p < 0.001), all other measures of absolute fit (GFI and RMSEA) and incremental fit (NFI, NNFI and AGFI), presented within the acceptable values in the literature. Regarding the completion of internal reliability, we can observe that only two dimensions have reached the minimum value (> 0.70), however, the other dimensions, closer to the desirable rate. However, the results showed in this study lend some support to the validity of the EME-BR with young Brazilian players to senior football.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Niño , Adolescente , Motivación , Fútbol , Estudios de Validación como Asunto
7.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-609305

RESUMEN

O principal argumento teórico para a inclusão da atividade física nos programas de promoção da saúde e da qualidade de vida é o paradigma contemporâneo do "estilo de vida ativo". Vários estudos têm mostrado os benefícios do treinamento de força para uma melhor mobilidade e realização das atividades diárias (alimentar-se, vestir-se, banhar-se, locomover-se, etc.) de maneira independente. O objetivo do trabalho foi comparar a percepção de qualidade de vida de professores e alunos de musculação. Participaram do estudo 33 professores e 44 alunos, de ambos os sexos. Foram utilizados um questionário de dados demográficos e o WHOQOL-bref. De modo geral, a maior parte do grupo avaliou sua qualidade de vida como boa ou muito boa (90,9%). Os escores do grupo Professor foram superiores aos valores do grupo Aluno para os domínios Físico e Psicológico. Não houve diferença entre os grupos para o Domínio Social e para a Qualidade de Vida Global. O grupo Aluno teve escore superior para o Domínio Ambiental. Ambos os grupos apresentaram um alto grau de satisfação com os resultados da prática da musculação. A hipótese de que condições de vida e de trabalho, bem como o papel exercido por professores e alunos na academia seriam capazes de influenciar a percepção de qualidade de vida diferenciando estes grupos foi parcialmente confirmada, porém a hipótese de que os alunos teriam maiores escores de qualidade de vida não foi confirmada.


The main theoretical argument for the inclusion of physical activity programs to promote health and quality of life is the contemporary paradigm of the "active lifestyle". Several studies have shown the benefits of strength training for better mobility and daily activities (eating, dressing, bathing, moving around, etc.) independently. The objective was to compare the perceived quality of life for teachers and students of weight training. The study included 33 teachers and 44 students of both sexes. We used a demographic questionnaire and the WHOQOL-bref. In general, the most of the group rated their quality of life as good or very good (90.9%). The scores from the Teacher group were higher than the Student group for the physical and psychological domains. There was no difference between groups for the Social Domain and the Global Quality of Life. The Student group had higher scores for the Environmental Domain. Both groups showed a high degree of satisfaction with the results of practicing weight training. The hypothesis that living and working as well as the role played by teachers and students at the academy would be able to influence the perception of quality of life differentiating these groups was partially confirmed, but the hypothesis that students would have higher scores quality of life has not been confirmed.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adulto , Ejercicios de Estiramiento Muscular , Calidad de Vida
8.
Rev. bras. educ. fís. esp ; 23(3): 185-194, jul.-set. 2009. ilus, tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-605965

RESUMEN

Este estudo tem o objetivo de analisar o perfil de liderança dos treinadores das categorias de base do futebol brasileiro. Para a coleta de dados, utilizou-se um questionário de identificação da amostra e a Escala de Liderança Revisada para o Esporte (ELRE), versão auto-percepção. Participaram deste estudo 109 treinadores com média de idade de 38,64 anos (± 10,33) e uma média de tempo de envolvimento na função de treinador igual a 7,05 anos (± 6,01). Os treinadores entrevistados advinham de quatro categorias: sub-20 (33 treinadores), sub-17 (28 treinadores), sub-15 (25 treinadores) e sub-13 (23 treinadores). A análise estatística foi realizada no SPSS versão 11.0. Os resultados mostraram que os treinadores se auto-percebem como sendo mais autocráticos e voltados para os aspectos de treino-instrução de suas equipes. Constatou-se que não houve diferença entre as percepções dos treinadores que trabalham nas quatro categorias de base coletadas. Em relação à forma de trabalho desses treinadores em suas equipes conclui-se que eles são autocráticos e mostram uma preocupação com a conduta educativa e de instrução, denotando preocupação com a melhoria do desempenho técnico, tático e motivacional das equipes. Conclui-se também, que os profissionais entrevistados mostram perfis de liderança semelhantes independentemente da categoria na qual eles estão trabalhando no momento.


This study aimed to identify the factors derived from the real leadership style of soccer coaches. This study used a questionnaire to characterize the sample and the Revised Leadership Scale for Sport, real profile version, as instruments for data collection. One hundred and nine soccer coaches of youth teams participated of this research. They presented an average age of 38.64 years (± 10.33) and a direct involvement with coaching of 7.05 years (± 6.01). The interviewees were coaches of four age groups: under 20's (33 coaches), under 17's (28 coaches), under 15's (25 coaches) and under 13's (23 coaches). The results showed that the coaches interviewed perceive themselves as autocratic and orientated to training-instruction aspects as the main components of their leadership profile. The study also found that there were no statistical differences between coaches of the four age groups studied. Therefore, it is possible to conclude that, the real profile of leadership for soccer coaches in youth teams combines autocratic decision style and the technical, tactical and motivational performance of the team; and that the interviewed coaches have the same leadership profile independently of the age group they work with.


Asunto(s)
Humanos , Adulto , Liderazgo , Fútbol , Deportes
9.
Motriz rev. educ. fís. (Impr.) ; 15(2): 310-317, abr.-jun. 2009.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-535234

RESUMEN

A prática voluntária e plurianual de uma atividade esportiva, com o objetivo de alcançar altos níveis de desempenho, é um dos determinantes da formação da carreira esportiva. Essa é dividida em períodos que são caracterizados por transições até atingir a aposentadoria. O objetivo do estudo foi analisar as transições das carreiras esportivas de seis atletas de várias modalidades. O apoio da família e os motivos que levaram esses atletas a permanecerem na prática esportiva foram alguns fatores determinantes. No entanto, os conflitos para a realização da prática e a falta de planejamento dessas carreiras foram dificultadores para o ótimo desenvolvimento das mesmas. Conclui-se que o término das carreiras esportivas ocorreu de forma planejada.


The volunteer practice and multi-year of a sporting activity, with the objective of reaching high levels of performance, is one of the determinants of the formation of the sporting career. That is divided in periods that are characterized by transitions up to reaching the retirement. The objective of the study was to analyze the transitions of the sporting careers of six athletes of several kinds of sports. The support of the family and the motives that made these athletes keep in sporting practice, were some determinative factors. However, the conflicts for the realization of the practice and the lack of planning of these careers were barriers to their optimum development. It was possible to conclude that the end of the sporting careers happened in a planned way.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adolescente , Adulto , Deportes/psicología , Jubilación
10.
Rev. psicol. deport ; 17(1): 25-41, ene.-jun. 2008. ilus, tab
Artículo en Inglés | IBECS | ID: ibc-76402

RESUMEN

El sobreentrenamiento es el resultado de un desequilibrio entre el estrés y su recuperación, combinado concortos períodos de recuperación y determinados factores psicosociales. En este estudio de caso se ha empleado uncuestionario de estrés y recuperación en el deporte para analizar los niveles de sobreentrenamiento en una jugadorabrasileña de balonvolea de elite. Los resultados indican que las elevadas cargas físicas provocan cambios en el perfil de ladeportista, mostrando un incremento en las escalas de fatiga. Los períodos de recuperación se han mostrado comofundamentales para el restablecimiento de las capacidades físicas y psicológicas de la deportista. Finalmente, nuestrométodo de análisis ha evidenciado la existencia de modificaciones en el perfil de la deportista después de acontecimientospuntuales, tal como el observado después de una derrota inesperada. Se concluye que los cambios en el perfil de la curva,obtenidas por nuestro cuestionario, reflejan los distintos períodos de recogida de datos, lo que configuraría un indicador delos cambios de la sobrecarga estresante. De esta manera, la posibilidad de detección o de la monitorización de los factoresestresantes para ella deportista puede ser de gran valor para la mejora del rendimiento físico y psicológico de un equipo (AU)


Overtraining is the result of an imbalance between stress and recovery, in addition to short recovery time andpsychosocial events. In this case study, a questionnaire of stress and recovery in sports was used to assess the level ofovertraining of an elite female Brazilian volleyball player. The results showed that the heavy loads caused changes in theathlete’s profile, resulting in an increase in the fatigue scales. The recovery periods were fundamental to restore her physicaland psychological capacities. Finally, the method used detected changes in the athlete’s profile after acute events, such as anunexpected defeat. We concluded that changes in the profile of the curve, showed by the instrument, reflected the differentmoments of the collection, thus reflecting the change in the stress overload. Therefore, the detection or monitoring ofstressing factors might be valuable to improve the physical and psychological performance of a team (AU)


Asunto(s)
Humanos , Estrés Fisiológico/diagnóstico , Voleibol , Monitoreo Ambulatorio/métodos , Fatiga/diagnóstico , Educación y Entrenamiento Físico/tendencias , Acondicionamiento Físico Humano
11.
Rev. bras. ciênc. mov ; 15(4): 47-56, 2007.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-522070

RESUMEN

O objetivo desta pesquisa foi validar na língua portuguesa brasileira o Questionário de Satisfação do Atleta – versão liderança (QSA-L) (“Athlete Satisfaction Questionnaire – ASQ”),desenvolvido por Riemer e Chelladurai (1998). A amostra foi composta de 215 atletas de voleibol de alto nível, sendo 78 do gênero masculino e 137 do gênero feminino. O QSA-L visa avaliar o nível de satisfação do atleta com o comportamento de liderança do treinador e é composto de 14 itens divididos nas seguintes dimensões: treino-instrução, tratamento pessoal, desempenho individual e desempenho coletivo. Como processo de validação do QSA-L utilizou-se os métodos de tradução e tradução reversa (“Back translation”), análise da consistência interna por meio do coeficiente alpha de Cronbach e a análise fatorial confirmatória. Os resultados da análise de confiabilidade geral do QSA-L e de suas dimensões foram considerados adequados segundo a literatura, sendo todos os valores do índice alpha de Cronbach superiores a 0,70. Quanto aos indicativos de validade de construto, obtidos por meio da análise fatorial confirmatória, apresentaram valores aceitáveis para todos os índices de ajuste absoluto, incremental e parcimonioso, com exceção doindicador AGFI que obteve um resultado bem próximo ao desejado. Assim, pode-se concluir que a avaliação do nível de satisfação dos atletas.


The purpose of the present study was to validate the leadership version of the Athlete Satisfaction Questionnaire (ASQ-L) in the Brazilian Portuguese Language, developed by Riemerand Chelladurai (1998). The research used a sample of 215 high-level volleyball athletes, 78 being male and the remaining 137, female. The ASQ-L measures athletes’ satisfaction level towards their coaches’ leadership behaviour. It is made out of 14 items divided into four different dimensions: training-instruction, personal treatment, individual performance and team performance. The three methods used in the ASQ validation process were: back translation, internal consistency reliability via the Cronbach alpha coefficients and confirmatory factor analysis. According to literature, the analysis of the general reliability of the ASQ and its dimensions generated adequate results, since all Cronbach alpha levels exceeded the value of 0.70. The factor validity indicatives,obtained through confirmatory factorial analysis, were acceptable for all absolute, incremental and parsimony indices, except for the AGFI. Nevertheless, the AGFI value was very close to that desired. Therefore, this study point to valid and reliable results in the measuring of athletes’ levelof satisfaction towards their coaches’ leadership behaviour.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Satisfacción en el Trabajo , Satisfacción Personal , Encuestas y Cuestionarios , Estudio de Validación
12.
Rev. bras. med. esporte ; 12(5): 291-296, set.-out. 2006. tab
Artículo en Portugués | LILACS-Express | ID: lil-453764

RESUMEN

O supertreinamento é caracterizado pelo desequilíbrio entre estresse e recuperação. Além disso, os fatores de estresse podem ser encontrados não apenas em situações do treinamento e da competição, mas também naquelas relacionadas a extratreinamento e extracompetição. Por sua vez, os atletas, na tentativa de alcançar altos níveis de desempenho com o treinamento, podem tornar-se excessivamente treinados, exibindo sinais e sintomas do supertreinamento. Esses sintomas podem manifestar-se por queda no desempenho, fadiga crônica, infecções respiratórias e alterações do humor. Embora não exista indicação de que o supertreinamento cause danos irreversíveis ao atleta, o risco de lesão, doenças ou retirada prematura do esporte é aumentado, diminuindo sobremaneira as expectativas e a qualidade de vida dos atletas no esporte. Baseado nesses acometimentos, pretendeu-se estudar parâmetros e instrumentos, através de uma revisão bibliográfica, com possibilidade de monitoramento e prevenção nos âmbitos fisiológico e psicológico. Conclui-se que, para o monitoramento, a melhor estratégia é associar parâmetros psicológicos com avaliações fisiológicas. É preconizada a implantação de programa sistematizado de prevenção aos efeitos nocivos no desempenho, na saúde e, conseqüentemente, no bem-estar do atleta.


Overtraining is characterized by the imbalance between stress and recovery. Besides that, stress factors can be found not only in situations of training and competition, but also in extra-training and extra-competition ones. The athletes, in the attempt of reaching high performance levels with training, can become excessively trained, showing signs and symptoms of overtraining. Overtraining can be identified through symptoms like underperformance, chronic fatigue, respiratory infections and mood swings. Although there is no indication that overtraining causes irreversible damage to the athlete, the risk of injury, diseases or drop-out of sport is increased, reducing athletes' life quality. Based on these considerations, parameters and instruments for monitoring and prevention in physiological and psychological fields are studied in this work. Therefore, the best strategy for monitoring is to associate psychological parameters with physiological evaluations. Concerning prevention and treatment of overtraining, the implantation of systematized program of prevention of harmful effects in the athlete's performance, in his health and consequently in his well-being is advisable.


El exceso de entrenamiento o superentrenamiento está caracterizado por el desequilibrio entre estrés y recuperación. Además de esto, los factores de estrés pueden ser encontrados no apenas en situaciones de entrenamiento y de competición, sino también en aquellas relacionadas al extra entrenamiento y extra competición. A su vez, los atletas, en la tentativa de alcanzar altos niveles de desempeño con el entrenamiento, pueden acabar en excesos, exhibiendo señales y síntomas de superentrenamiento. Estos síntomas pueden manifestarse mediante la disminución del desempeño, fatiga crónica, infecciones respiratorias y alteraciones en el humor. A pesar de que no exista indicación de que el superentrenamiento cause daños irreversibles al atleta, el riesgo de lesión, enfermedades o jubilación prematura del deporte aumenta, disminuyendo en sobremanera las expectativas y la calidad de vida de los atletas en el deporte. Basados en estos pormenores se quiso estudiar parámetros e instrumentos, a través de una revisión bibliográfica, con la posibilidad de monitorización y prevención en los ámbitos fisiológico y psicológico. Se concluye que, para la monitorización, la mejor estrategia es asociar parámetros psicológicos con tests fisiológicos. En relación a la prevención y tratamiento, se propone la implantación de un programa sistematizado de prevención contra los efectos nocivos en el desempeño, en la salud y en consecuencia en el bienestar del atleta.

13.
Rev. bras. educ. fís. esp ; 20(3): 175-181, jul.-set 2006. tab, graf
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-468556

RESUMEN

Este estudo objetivou analisar o perfil de liderança exercido pelos treinadores que trabalham na principal competição de futebol profissional do país e verificar a existência de uma possível preferência dos treinadores, por um determinado estilo de liderança (interação e decisão). Para a coleta de dados, utilizou-se um questionário de identificação da amostra e a Escala de Liderança Revisada para o Esporte (ELRE), versão auto-percepção, composta por 60 situações e seis dimensões que envolvem o comportamento de liderança. Participaram deste estudo 20 treinadores de alto rendimento, participantesdo Campeonato Brasileiro Série A/2005. Esses treinadores apresentam idade média de 50 anos (mais ou menos 6,92) e um envolvimento direto na função de treinador dentro da modalidade de 15,10 anos (mais ou menos 8,42). Para análise da consistência interna da ELRE foi utilizada a técnica de alpha de Cronbach. Os resultados encontrados mostram valor da consistência interna a=0,86 e indicam que os treinadores entrevistados utilizaram mais a liderança autoritária e os aspectos de treino-instrução e reforço para comandarem as suas equipes no Campeonato Brasileiro Série A. Por meio da análise de variância constatou-se que houve diferença (p < 0,05) entre as dimensões que compõem o estilo de decisão e também entre as dimensões que compõem o estilo de interação. Portanto, conclui-se que o perfil de liderança dos treinadores que trabalharam no Campeonato Brasileiro Série A/2005 foi caracterizado pelo estilo de decisão autocrático e pelo estilo de interação mais voltado para os aspectos que compõem a conduta educativa e de instrução dos seus atletas.


Asunto(s)
Humanos , Adulto , Persona de Mediana Edad , Liderazgo , Fútbol , Deportes
14.
Rev. bras. ciênc. mov ; 13(1): 79-86, 2005. tab, graf
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-524917

RESUMEN

O Questionário de Estresse e Recuperação para Atletas (RESTQ-Sport) foi desenvolvido para medir a freqüência do estado de estresse atual em conjunto com a freqüência de atividades de recuperação associadas. Com 19 escalas, o RESTQ-Sport avalia eventos potencialmente estressantes e fases de recuperação e suas conseqüências subjetivas dos últimos três dias/noites. Os objetivos deste estudo foram: Traduzir o RESTQ-Sport e iniciar os trabalhos de validação para a língua portuguesa analisando a consistência interna das escalas pelo índice Alpha Cronbach, a correlação entre as escalas do RESTQ-Sport e a correlação entre as escalas do RESTQ-Sport e outro instrumento relacionado a estresse, o Perfil dos Estados de Humor (POMS) pelo teste de correlação de Pearson. Foram analisados 134 indivíduos que participaram do estudo. Obteve-se confiabilidade substancial em 16 das 19 escalas do RESTQ-Sport (Alpha Cronbach > 0,70), e excelentes resultados nos testes de correlações das escalas do RESTQ-Sport e no teste de correlação entre as escalas do RESTQ-Sport e do POMS. Estes resultados se assemelham com as validações do RESTQ-Sport nas línguas alemã e inglesa. Conclui-se que o RESTQ-Sport poderá ser utilizado como uma ferramenta fundamental em estudos na prevenção e diagnóstico de “overtraining” e “burn-out” em diferentes modalidades esportivas no Brasil.


The Recovery Stress Questionnaire for Athletes (RESTQ-Sport) was developed to measure the simultaneous frequency of the actual stress with the frequency of recovery-associated activities. With 19 scales, the RESTQ-Sport assesses the potential stressful and restful events and their subjective consequences during the past three days/ nights. The objectivities of this study were: made an appropriated translation of the RESTQ-Sport and begin the validation process for Portuguese language analyzing the internal consistency (reliability) with Alpha Cronbach Index, and checking the correlations between the RESTQ-Sport scales and between the RESTQ-Sport scales and another questionnaire related to stress: The Profile of Mood States (POMS) with Pearson Correlation. 134 subjects participated in this study. This study has substantial reliability in 16 of 19 RESTQ-Sport scales (Alpha Cronbach > 0,70), and excellent results in the correlations tests for RESTQ-Sport scales and for RESTQ-Sport and POMS scales. These results are similar with previous validations of the RESTQ-Sport in German and English languages. It could be concluded that the RESTQ-Sport can be use as an important tool for the assessment and prevention of overtraining and burnout in Brazilian athletes.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adulto , Esfuerzo Físico/fisiología , Ejercicio Físico/fisiología , Encuestas y Cuestionarios , Deportes , Estrés Fisiológico
15.
Rev. bras. educ. fís. esp ; 18(4): 363-375, out.-dez. 2004. tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-468522

RESUMEN

Este estudo teve como objetivos, identificar e descrever as estratégias não sistemáticas de coping utilizadas por atletas de tênis de mesa em situações críticas de jogo, bem como analisar a eficiência destas e a intenção objetiva do atleta quando faz opção por determinada estratégia. Participaram do estudo, cinco atletas da seleção brasileira feminina de tênis de mesa, com idades entre 16 e 22 anos. Os dados foram coletados através de filmagens em vídeo, questionários, observações, quantificação das situações críticas e das técnicas de autocontrole, além da utilização do método de autoconfrontação. As principais estratégias utilizadas foram técnicas motoras (67,71%), técnicas cognitivas (9,53%) e técnicas combinadas (24,76%). As técnicas cognitivas apresentaram-se mais eficientes que as demais com relação ao sucesso na disputa dos dois pontos subsequentes à utilização desta estratégia (p = 0,04). Quanto aos objetivos das atletas com a aplicação de cada categoria de técnica, predominaram concentração, seguido de aplicação de meios táticos e reavaliação.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Adolescente , Adulto , Deportes de Raqueta , Estrés Fisiológico
16.
Rev. bras. med. esporte ; 9(4): 214-222, July-Aug. 2003. tab
Artículo en Inglés | LILACS | ID: lil-348924

RESUMEN

Athletes usually deal with injuries and pain. They seem to have similar pain threshold when compared to non-athletes, although they have higher pain tolerance and the exact cause for that is unknown. High levels for pain tolerance and control can improve performance and time for injury recovery. The literature shows that use of coping strategies can increase pain control; possible differences on coping with pain between athletes and non-athletes are poorly described. The purpose of this study was to evaluate frequency of coping strategies used by athletes and non-athletes of both genders and look for possible association between preferred coping style and pain intensity. The sample included 160 subjects with actual pain experience, 80 athletes (52 male, 28 female) and 80 non-athletes (50 male and 30 female). All subjects were evaluated for pain intensity, frequency and duration and for coping strategies using a questionnaire (SBS-V). The results show that athletes and non-athletes, despite of gender, use with the same frequency coping strategies. The less common coping strategies for all groups were those poor-adaptative (p < 0.001); the most commonly strategy used was self-statement and regulation of body tension (p < 0.001). Female athletes use more frequently poor-adaptative strategies when pain intensity increases (p < 0.05)


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Traumatismos en Atletas , Dolor , Técnicas Psicológicas , Deportes , Medicina Deportiva
17.
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 8(1): 52-61, 2003. tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-359949

RESUMEN

Mundialmente têm sido discutidos os reais benefícios que a atividade fisica po de provocar sobre a saude dos homens. Neste estudo objetivou-se avaliar e comparar os conceitos de saúde vigentes entre Professores, funcionários de daus universidades brasileiras e também, analisar e comparar os principais fatores que motivam estes indivíduos a praticarem atividades físicas. A idade dos 1429 voluntarios, sendo 855 da UFV e 574 da UFMG, foi de 26,82 e ±10,127. Os participantes responderam o quesfionário Saude e qualdiade de vdia, destinado para avaliar os conceitos de saúde dos indivíduos. Os conceitos de saúde apresentados pelos entrevistados foram semelhantes nas ões dos gêneros e entre os professores, funcionários e duas instituições. porém, encontrou-se diferenças significantes (p<0,05) entre as opinioes dos generos e entre os professores, funcionarios e alunos. O aspecto psicológico foi detectado como o mais importante fator mofivacional para participação em um programa de atividade física, sendo que, novamente foram observadas diferenças significantes (p

Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Ejercicio Físico , Salud , Motivación , Calidad de Vida
18.
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 5(1): 5-21, 2000. tab, graf
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-316035

RESUMEN

Sendo o ser humano biopsicossocial, näo é possível desprezar a importância da obtençäo de conhecimentos na área da saúde mental e da qualidade de vida, para que se possa conhecer os efeitos da atividade física sobre o homem. Os objetivos deste trabalho foram: analisar o conceito de saúde de alunos, professores e funcionários da comunidade da UFMG e verificar o nível de importância dos motivos para a prática regular de atividade física. Participaram do estudo 574 indivíduos da comunidade da UFMG. O questionário utilizado para a coleta de dados foi desenvolvido e validado no Laboratório de Psicologia do Esporte (LAPES-UFMG). Os procedimentos realizado para o tratamento estatístico foram: uma análise descritiva exploratória composta por procedimentos de comparaçäo de médias entre os grupos gênero, ocupaçäo e unidade/departamento. No geral, o termo mais relacionado com a palavra saúde foi "alimentaçäo". Vários termos apresentaram uma diferença estatísticamente significativa entre alunos, professores e funcionários, entre eles: "status social" e "satisfaçäo profissional". O motivo mais importante para a prática regular de atividade física foi o "prazer pela atividade física". Foram detectadas várias diferenças significativas entre gêneros, departamentos e ocupaçäo, entrte elas "prevenir doenças" e "retardar o envelhecimento. Concui-se que motivos tais como saúde, qualidade de vida e prazer foram muito relevantes para a amostra de uma forma geral, o que vem comprovar a importância que a atividade física regulartem para a saúde e a qualidade de vida e o fato de que as pessoas estäo conscientes desta importância. O conceito de saúde encontra-se muito relacionado à saúde física. Termos como condicionamento físico, atividade física e bem-estar físico apareceram com altos níveis de relevância para esta amostra avaliada. Para estas pessoas a saúde é beneficiada pela prática regular de atividades físicas, entäo podemos dizer que os benefícios que estas pessoas conhecem que esta prática pode proporcionar a elas säo benefícios de caráter físico.(au)


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adolescente , Adulto , Persona de Mediana Edad , Ejercicio Físico , Educación en Salud , Calidad de Vida
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA