Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Más filtros










Intervalo de año de publicación
1.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 15(3): 506-510, jul.-set. 2011.
Artículo en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: lil-598460

RESUMEN

Trata-se de pesquisa quantitativa exploratória que objetivou: identificar as formas de reconhecimento da violência intrafamiliar contra idosos referidos pela equipe de Estratégia Saúde da Família, em Curitiba. Foi realizada de abril a junho de 2008, com 96 integrantes, mediante entrevista estruturada. Verificou-se que 91% dos participantes reconhecem a violência, e a forma mais comum foi o abandono/negligência, com 78% das respostas. Para 86% dos sujeitos a visita domiciliar foi o mecanismo mais usado para sua identificação. Os motivos que dificultam o reconhecimento da violência para 22% são o fato de o idoso não falar a respeito do assunto, problemas de comunicação e doenças. O Fundo de Ação Social é citado como local para encaminhamento dos idosos. Os resultados direcionam para novos estudos com aprofundamento de questões relativas à prevenção e ao reconhecimento da violência pela Estratégia de Saúde da Família.


It is about a quantitative exploratory research that aimed: to identify the ways of recognition of the intrafamiliar violence against seniors referred by the team of Family Health Strategy (ESF), in Curitiba. It was accomplished from April to June of 2008, with 96 integrants, by a structured interview. It was verified that 91% of the participants recognize the violence, and the most common way was the abandon/negligence with 78% of the answers, and for 86% of the subjects the domicile visit was the mechanism more used for its identification. The reasons that difficult the recognition of the violence for 22% are due to the senior does not speak about the issue, communication problems and diseases. The Social action fund is mentioned as place for the seniors' guiding. The results address for new studies with deepening of subjects relative to the violence prevention and recognition of the violence.


Se trata de una investigación cuantitativa exploratoria que objetivó: identificar las formas de reconocimiento de la violencia intrafamiliar contra ancianos referidos por el equipo de Estrategia Salud de la Familia (ESF), en Curitiba. Fue realizada de abril a junio de 2008, con 96 integrantes, mediante entrevista estructurada. Se verificó que 91% de los par ticipantes reconocen la violencia, y la forma más común fue el abandono/ negligencia con 78% de las respuestas, y para 86% de los sujetos la visita domiciliaria fue el mecanismo más usado para su identificación. Los motivos que dificultan el reconocimiento de la violencia para 22% son debido al anciano no hablar al respecto del asunto, problemas de comunicación y enfermedades. El fondo de acción Social es citado como local para encaminamiento de los ancianos. Los resultados direccionan para nuevos estudios con profundización de cuestiones relativas a la prevención de la violencia y reconocimiento de la violencia.


Asunto(s)
Humanos , Anciano , Estrategia de Salud Familiar , Salud del Anciano , Violencia Doméstica/estadística & datos numéricos , Violencia Doméstica/prevención & control
2.
Curitiba; s.n; 20081209. 79 p. ilus, tab.
Tesis en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1037998

RESUMEN

A violência intrafamiliar é umas das situações a que os idosos estão expostos com o avançar da idade. Conhecer este fenômeno, suas causas, seus fatores de riscos, as formas de rastreamento e os tipos de violência tornam-se um desafio para os profissionais da Atenção Básica de Saúde. Esta dissertação é uma pesquisa exploratória, que teve como objetivo identificar as formas de reconhecimentos da violência intrafamiliar contra idosos, referidos pelos integrantes da equipe de Estratégia Saúde da Família (ESF) da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba/PR. A pesquisa foi realizada de abril a junho de 2008 por meio da amostragem por etapa ou estágio duplo. Os dados foram coletados mediante entrevista com um roteiro estruturado com 96 sujeitos, sendo: 9 enfermeiros, 9 odontólogos, 9 técnicos em higiene dental, 27 auxiliares e 33 agentes comunitários de saúde. Constatou-se nesta pesquisa que 91% (87) dos integrantes da ESF percebem a violência intrafamiliar contra os idosos na cidade de Curitiba, principalmente casos de abandono/negligência, de acordo com 25% (75) das respostas dos entrevistados. Apesar de identificarem esses tipos de maus tratos causados pela família, 74% (71) deles não referem utilizar instrumento de identificação de violência específico para esta faixa etária, sendo a visita domiciliar o meio mais comum para tal reconhecimento em 52% (83). Os fatores de risco mais comuns relacionados aos maus-tratos referem-se à família totalizando 33% (229) das respostas. Entre as principais dificuldades de identificação deste fenômeno destaca-se o fato de que o idoso não fala a respeito da violência 16% (81), em segundo lugar a doença mental 15% (79), e em terceiro a dificuldade de comunicação 14% (75). Outra questão importante constada é o uso de apenas uma rede social de apoio para resolver o problema da violência, e a Fundação de Ação Social foi a mais citada pelos participantes com 62% (88). Portanto, os dados encontrados nesta pesquisa, nos levam a uma reflexão, que nos faz repensar no atendimento oferecido à população idosa, na capacitação dos profissionais, e em um mecanismo de rastreamento que permita prevenir esse fenômeno na sociedade.


Domestic abuse is one of the situations that elders are exposed to as they are aging. Learning about this phenomenon, its causes, its risk factors, detection ways and the kinds of abuse have become a challenge for professionals in primary health care. This dissertation is an exploratory research study which objectifies to identify ways of recognizing domestic elder abuse referred to by the team of Family Health Strategy (FHS) from the Municipal Health Secretary of Curitiba/Paraná State - Brazil. The research study was held from April to June/2008 by means of a two-stage sampling or double sampling. Data were collected through interviews using an oriented structured instrument with 96 subjects: 9 nurses, 9 dentists, 9 dental hygienists, 27 assistants and 33 community health agents. It was verified in this study that 91% (87) members of the FHS team can detect domestic elder abuse in the city of Curitiba, mainly cases of abandonment/ neglect, according to 25% (75) of the interviewed. In spite of detecting this kind of family mistreatment, 74% (71) of them did not refer to use any specific abuse detection instruments for this age group; the commonest way of identification is home visit - 52% (83). The commonest risk factors of elder mistreatment are family-related accounting for 33% (229) of the answers. Among the main difficulties in identifying this phenomenon, it is pointed out the fact that elders do not mention the abuse ­ 16% (81), secondly, mental illness ­ 15% (79) and thirdly, the difficulty in communication ­ 14% (75). Another important issue to be mentioned is that a single social support network has been used to solve the problem, and Social Action Foundation (Fundação de Ação Social) was the most mentioned by the participants ­ 62% (88). Therefore, the data found in this study are thought-provoking; they make us think over elderly population's care delivery, professional qualification and a detection mechanism which enables the prevention from this social phenomenon.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Anciano , Anciano de 80 o más Años , Estrategia de Salud Familiar , Abuso de Ancianos , Salud de la Familia , Violencia Doméstica , Atención Primaria de Salud , Visita Domiciliaria
3.
Cogitare enferm ; 11(2): 117-123, maio-ago. 2006.
Artículo en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: lil-454037

RESUMEN

Trata-se de estudo etnográfico focado no cuidado de si e dos idosos com doenças crônicas, moradores em instituição de longa permanência (ILP), situada em Curitiba-PR, que acolhe idosos do sexo masculino. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a cultura de cuidados dos profissionais de saúde aos idosos da Instituição. As informações foram coletadas por meio de observação participante e de entrevista etnográfica. Das análises surgiram quatro domínios que irão subsidiar ações futuras, programadas para o cuidado de si e do idoso relacionado a doença crônica. 1. O banho como controle dos odores; 2. Música e medicamentos: cuidados que significam remédios; 3. Quedas e traumas: cuidados que asseguram a independência; 4. Dietas padronizadas para controle das doenças crônicas. Evidencia-se como cultura de cuidados prestados pelos profissionais da instituição a direção da ordem e do controle de todas as situações que, pela carência de recursos humanos e financeiros, torna-se imperiosa a governabilidade dirigida e a generalização dos cuidados


Asunto(s)
Masculino , Anciano , Antropología Cultural , Atención a la Salud , Cultura , Enfermedad Crónica , Enfermería Geriátrica , Anciano , Instituciones de Salud , Salud del Anciano
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA
...