Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Más filtros










Intervalo de año de publicación
1.
Memorandum ; 28: 221-239, abr. 2015.
Artículo en Portugués | Index Psicología - Revistas técnico-científicas | ID: psi-71491

RESUMEN

Esta pesquisa qualitativa de inspiração fenomenológica buscou compreender e interpretar a experiência de universitários em relação ao atendimento psicológico disponibilizado pela instituição. Treze graduandos, entre 18 e 25 anos, de áreas do conhecimento variadas e que vivenciaram psicoterapia de tempo determinado e/ou grupo terapêutico participaram de encontros individuais de natureza dialógica. A análise, a partir da construção de narrativas sobre os encontros, num movimento fenomenológico de construção de sentido, evidenciou que os participantes: a) vivenciaram um encontro consigo mesmos e com outras pessoas, desvelando-lhes novos significados; b) perceberam o desencadeamento de um processo pessoal transformador; c) sentiram-se desafiados face a um atendimento breve, d) atribuíram a importância da atenção psicológica mais à descoberta de um novo modo de ser e relacionar-se do que ao aprofundamento de questões; e) consideraram necessária a atenção psicológica na universidade. Concluiu-se que a atenção psicológica no contexto universitário possibilita um processo de reestruturação pessoal.(AU)


This article refers to a qualitative phenomenological work which aimed to understand and interpret the experience of undergraduate students concerning the psychological care provided by their institution. During the research, thirteen undergraduate students from different courses and between 18 and 25 years old, who had already experienced a time determined psychotherapy and/or group therapy, were interviewed. The data were analyzed based on the construction of narratives, in a phenomenological movement to reveal meaning. In the end, participants experienced the possibility of sharing psychological demands with different persons as something that allowed them to re-signify experiences; and reported that a personal process of psychological change was unleashed although it could not to be consolidated during the short therapeutic period. The importance of psychological care was related more to the discovery of a new way of being and relating than to the deepening of the issues. Psychological care was considered necessary in the university. As a conclusion, the importance of the psychological attention as a space that potentiates a significant personal reintegration process ir highlighted.(AU)


Asunto(s)
Psicología
2.
Memorandum ; 28: 221-239, abr. 2015.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-915313

RESUMEN

Esta pesquisa qualitativa de inspiração fenomenológica buscou compreender e interpretar a experiência de universitários em relação ao atendimento psicológico disponibilizado pela instituição. Treze graduandos, entre 18 e 25 anos, de áreas do conhecimento variadas e que vivenciaram psicoterapia de tempo determinado e/ou grupo terapêutico participaram de encontros individuais de natureza dialógica. A análise, a partir da construção de narrativas sobre os encontros, num movimento fenomenológico de construção de sentido, evidenciou que os participantes: a) vivenciaram um encontro consigo mesmos e com outras pessoas, desvelando-lhes novos significados; b) perceberam o desencadeamento de um processo pessoal transformador; c) sentiram-se desafiados face a um atendimento breve, d) atribuíram a importância da atenção psicológica mais à descoberta de um novo modo de ser e relacionar-se do que ao aprofundamento de questões; e) consideraram necessária a atenção psicológica na universidade. Concluiu-se que a atenção psicológica no contexto universitário possibilita um processo de reestruturação pessoal. (AU)


This article refers to a qualitative phenomenological work which aimed to understand and interpret the experience of undergraduate students concerning the psychological care provided by their institution. During the research, thirteen undergraduate students from different courses and between 18 and 25 years old, who had already experienced a time determined psychotherapy and/or group therapy, were interviewed. The data were analyzed based on the construction of narratives, in a phenomenological movement to reveal meaning. In the end, participants experienced the possibility of sharing psychological demands with different persons as something that allowed them to resignify experiences; and reported that a personal process of psychological change was unleashed although it could not to be consolidated during the short therapeutic period. The importance of psychological care was related more to the discovery of a new way of being and relating than to the deepening of the issues. Psychological care was considered necessary in the university. As a conclusion, the importance of the psychological attention as a space that potentiates a significant personal reintegration process ir highlighted.(AU)


Asunto(s)
Narración , Psicología
3.
Estud. psicol. (Campinas) ; 22(2): 111-121, abr.-jun. 2005. tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: lil-423897

RESUMEN

Foram estudados o comportamento assertivo e sua relação com ansiedade, locus de controle e auto-estima. Participou da pesquisa uma amostra aleatória de 135 universitários, de ambos os sexos, com idade média de 25 anos. Foram aplicadas as escalas de assertividade de Rathus, locus de controle de Levenson, auto-estima de Dela Coleta e a escala de ansiedade IDATE-traço. Os resultados indicaram que os estudantes da área de ciências exatas apresentaram escores mais elevados de assertividade e de auto-estima e escores menos elevados de ansiedade do que os de ciências humanas. Não houve diferença significativa de gênero. Os resultados mostraram uma correlação positiva significativa entre os escores de assertividade e o grau de internalidade (r=0,23) e de auto-estima (r=0,54). Constatou-se ainda uma correlação negativa significativa entre assertividade e grau de ansiedade (r=-0,55). Esses resultados confirmam dados da literatura, indicando que o comportamento assertivo está relacionado à baixa ansiedade e à alta internalidade e à alta auto-estima, com implicações para o treinamento do comportamento assertivo


Asunto(s)
Adulto , Masculino , Femenino , Humanos , Ansiedad , Asertividad , Control Interno-Externo , Autoimagen
4.
Estud. psicol. (Campinas) ; 22(2): 111-121, abr.-jun. 2005. tab
Artículo en Portugués | Index Psicología - Revistas técnico-científicas | ID: psi-28191

RESUMEN

Foram estudados o comportamento assertivo e sua relação com ansiedade, locus de controle e auto-estima. Participou da pesquisa uma amostra aleatória de 135 universitários, de ambos os sexos, com idade média de 25 anos. Foram aplicadas as escalas de assertividade de Rathus, locus de controle de Levenson, auto-estima de Dela Coleta e a escala de ansiedade IDATE-traço. Os resultados indicaram que os estudantes da área de ciências exatas apresentaram escores mais elevados de assertividade e de auto-estima e escores menos elevados de ansiedade do que os de ciências humanas. Não houve diferença significativa de gênero. Os resultados mostraram uma correlação positiva significativa entre os escores de assertividade e o grau de internalidade (r=0,23) e de auto-estima (r=0,54). Constatou-se ainda uma correlação negativa significativa entre assertividade e grau de ansiedade (r=-0,55). Esses resultados confirmam dados da literatura, indicando que o comportamento assertivo está relacionado à baixa ansiedade e à alta internalidade e à alta auto-estima, com implicações para o treinamento do comportamento assertivo (AU)


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adulto , Ansiedad , Autoimagen , Asertividad , Control Interno-Externo
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA