Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 677
Filtrar
1.
Espaç. saúde (Online) ; 25: 1-12, 02 abr. 2024.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-1554584

RESUMEN

O ensino superior em Enfermagem está em constante transformação, ensejando o uso de metodologias ativas que colaborem para o desenvolvimento de competências. Objetivou-se apresentar o panorama dos marcos de competência para formação de enfermeiros no Brasil. Trata-se de uma Revisão de Escopo, realizada nas bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), PubMed, Portal da Capes e Biblioteca Eletrônica Científica Online (SciELO), no período de 2012 a 2022. Foram utilizados os descritores "Educação Baseada em Competências", "Perfil de Competências de Enfermeiros"; "Educação do Enfermeiro" e "Competência" nos idiomas inglês e espanhol, com o booleano "AND". Os 11 estudos selecionados evidenciaram a mudança de paradigma de formação baseada em competências, a partir das Diretrizes Curriculares Nacionais, clareamento do conceito de competência e marco de competências. Na realidade brasileira o tema é incipiente, com iniciativas baseadas em perfis de competências de gestão, liderança, promoção e educação em saúde.


Higher education in Nursing is constantly changing, stimulating the use of active methodologies that contribute to the development of competencies. The objective was to present an overview of the competency milestones for nurse training in Brazil. This is a Scoping Review, carried out in the Virtual Health Library (VHL), PubMed, Capes, Portal and Scientific Electronic Library Online (SciELO) databases, from 2012 to 2022. The descriptors "Based Education Skills", "Profile of Nurses' Skills"; "Nurse Education" and "Competency" were used in English and Spanish, with the Boolean "AND". The 11 selected studies showed a change in the paradigm of competency-based training, using the National Curriculum Guidelines, clarifying the concept of competency and the competency milestones. In the Brazilian reality, the theme is incipient, with initiatives inscribed in records of management skills, leadership, promotion and health education.


La educación superior en Enfermería está en constante cambio, promovendo el uso de metodologías activas que contribuyan al desarrollo de competencias. El objetivo fue presentar un panorama de los hitos competenciales para la formación de enfermeros en Brasil. Se trata de una Revisión de Alcance, realizada en las bases de datos Biblioteca Virtual en Salud (BVS), PubMed, Portal Capes y Biblioteca Electrónica Científica en Línea (SciELO), de 2012 a 2022. Se utilizaron los descriptores "Educación Basada en Habilidades", "Perfil de Competencias del Enfermero"; "Educación de enfermería" y "Competencia" en inglés y español, con el booleano "AND". Los 11 estudios seleccionados evidenciaron un cambio en el paradigma de la formación por competencias, tomando como base los Lineamientos Curriculares Nacionales, aclarando el concepto de competencia y el marco de competencias. En la realidad brasileña, el tema es incipiente, con iniciativas inscritas en registros de habilidades de gestión, liderazgo, promoción y educación en salud.


Asunto(s)
Educación Basada en Competencias , Rol de la Enfermera
2.
Invest. educ. enferm ; 42(1): 177-192, 20240408. ilus, tab
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería, COLNAL | ID: biblio-1554633

RESUMEN

Objective. This study aimed to the effects of the Health Action Process Approach (HAPA) in promoting the quality of nurses' communication skills among nurses. Methods.The present quasi-experimental research was conducted on 148 nurses (76 in the intervention and 72 in the control group) in Yazd province (Iran). In this study, the total number of nurses in one hospital was selected as the intervention group, while the nurses from another hospital were chosen as the control group. The participants were recruited from public hospitals in Ardakan and Meibod cities. The data collection instrument was a questionnaire based on the Health Action Process Approach (HAPA) Constructs and a communicative skill questionnaire. The data were collected from the two groups before, one month after, and four months after the intervention. The control group did not receive any educational training during the course of the study. Results. In the pretest, no statistically significant difference was found between the intervention and control groups regarding the behavioral stages of effective communication with patients. In the posttest, the mean task self-efficacy score was significantly increased in the intervention group compared to the control (p<0.001). The mean coping self-efficacy score was also significantly higher in the intervention group than the control in the posttest (p<0.001). Moreover, the mean coping planning score was significantly increased in the post-test intervention group(p<0.001). The mean communicative skill score was also significantly increased in the intervention group compared to the post-test control (p=0.03). Conclusion. The intervention used in the present study based on the target model (HAPA) significantly affected nurses' self-efficacy and communicative skills in the experimental group.


Objetivo. Evaluar el efecto del enfoque del proceso de acción sanitaria (Health Action Process Approach (HAPA), en inglés) en la promoción de la calidad de las habilidades de comunicación de las enfermeras. Métodos. La presente investigación cuasiexperimental se llevó a cabo con 148 enfermeras (76 en el grupo de intervención y 72 en el de control) de la provincia de Yazd (Irán). Los participantes fueron reclutados en los hospitales públicos de las ciudades de Ardakan y Meibod. El instrumento de recogida de datos fue un cuestionario basado en los constructos HAPA y un cuestionario de habilidades comunicativas. Se recogieron datos de los dos grupos antes, un mes después y cuatro meses después de la intervención. El grupo de control no recibió ninguna formación educativa durante el estudio. Resultados. En la preprueba, no se encontraron diferencias estadísticamente significativas entre los grupos de intervención y de control en cuanto a las etapas conductuales de la comunicación eficaz con los pacientes. En la prueba posterior, la puntuación media de autoeficacia en la tarea aumentó significativamente en el grupo de intervención en comparación con el grupo de control (p<0.001). La puntuación media de autoeficacia en el afrontamiento también fue significativamente mayor en el grupo de intervención que en el grupo de control en el postest (p<0.001). Además, la puntuación media en planificación del afrontamiento aumentó significativamente en el grupo de intervención después de la prueba (p<0.001). La puntuación media en habilidades comunicativas también aumentó significativamente en el grupo de intervención en comparación con el grupo de control después de la prueba (p=0.03). Conclusión.La intervención utilizada en el presente estudio basada en el modelo HAPA mejoró significativamente la autoeficacia y las habilidades comunicativas de las enfermeras del grupo experimental.


Objetivo. Avaliar o efeito da Abordagem do Processo de Ação em Saúde (HAPA) na promoção da qualidade das habilidades de comunicação dos enfermeiros. Métodos. A presente pesquisa quase-experimental foi realizada com 148 enfermeiros (76 no grupo de intervenção e 72 no grupo de controle) da província de Yazd (Irã). Os participantes foram recrutados em hospitais públicos nas cidades de Ardakan e Meibod. O instrumento de coleta de dados foi um questionário baseado nos construtos do HAPA e um questionário de habilidades de comunicação. Os dados foram coletados dos dois grupos antes, um mês depois e quatro meses após a intervenção. O grupo de controle não recebeu nenhum treinamento educacional durante o estudo. Resultados. No pré-teste, não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre os grupos de intervenção e controle em termos de estágios comportamentais da comunicação eficaz com os pacientes. No pós-teste, a pontuação média de autoeficácia na tarefa aumentou significativamente no grupo de intervenção em comparação com o grupo de controle (p<0.001). A pontuação média de autoeficácia de enfrentamento também foi significativamente maior no grupo de intervenção do que no grupo de controle no pós-teste (p<0.001). Além disso, a pontuação média do planejamento de enfrentamento aumentou significativamente no grupo de intervenção após o pós-teste (p<0.001). A pontuação média em habilidades de comunicação também aumentou significativamente no grupo de intervenção em comparação com o grupo de controle no pós-teste (p=0.03). Conclusão. A intervenção usada no presente estudo com base no modelo HAPA melhorou significativamente a autoeficácia e as habilidades de comunicação dos enfermeiros do grupo experimental.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Comunicación , Autoeficacia , Educación , Enfermeros
3.
Enferm. nefrol ; 27(1): 12-19, ene.-mar. 2024. tab
Artículo en Inglés | IBECS | ID: ibc-232070

RESUMEN

Introdução:Os enfermeiros que prestam cuidados à pessoa com doença renal crónica em hemodiálise devem ter formação específica em técnicas dialíticas. Assim, os Enfermeiros de Diálise deverão desenvolver competências específicas e diferenciadas ao longo do seu percurso profissional. O b-learning desempenha um papel fundamental na modernização do ensino, tornando-o mais acessível, flexível e adaptado às necessidades dos enfermeiros. Oferece oportunidades para melhorar a quali-dade da aprendizagem e promover a colaboração e a inovação no processo educativo.Objetivos:Os objetivos do estudo foram: avaliar a influência das variáveis sociodemográficas (idade e habilitações literárias) e da formação adquirida (frequência e duração) no perfil de competências e avaliar a eficácia de um programa de formação em técnicas de HD, na perceção de competência do Enfermeiro de Diálise. Material e Métodos:Estudo quase-experimental, pré e pós-teste, sem grupo controle. Resultados:A idade, a frequência e a duração da formação influenciam a perceção de competência do enfermeiro de diálise. Os participantes apresentaram uma melhoria significativa em alguns domínios da perceção de competência do Enfermeiro de Diálise após a implementação de um programa de formação em técnicas de HD. Conclusões:A existência de um programa de formação para Enfermeiros de Diálise, devidamente estruturado e padronizado, é uma mais-valia na aquisição, consolidação e atualização de conhecimentos. (AU)


Introduction: Nurses providing care to individuals with chronic kidney disease undergoing hemodialysis must have specific training in dialysis techniques. Therefore, Dialysis Nurses should develop specific and differentiated competencies throughout their professional career. Blended learning plays a fundamental role in modernizing education, making it more accessible, flexible, and tailored to the needs of nurses. It offers opportunities to improve the quality of learning and promote collaboration and innovation in the educational process. Objectives: The study’s objectives were to assess the influence of sociodemographic variables (age and education) and acquired training (frequency and duration) on the competence profile and to evaluate the effectiveness of a training program in HD techniques on the perception of competence of Dialysis Nurses. Material and Methods: Quasi-experimental, pre and post-test study without a control group. Results: Age, frequency, and duration of training influence dialysis nurses’ perceptions of competence. Participants showed a significant improvement in some domains of dialysis nurses’ perceptions of competence after the implementation of a training program in HD techniques. Conclusions: A properly structured and standardized training program for dialysis nurses is an asset in acquiring, consolidating, and updating knowledge. (AU)


Asunto(s)
Humanos , Educación/métodos , Capacitación Profesional , Enfermeras y Enfermeros , Diálisis , Rol de la Enfermera , Estudios de Evaluación como Asunto , Ensayos Clínicos Controlados no Aleatorios como Asunto
4.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1527055

RESUMEN

A experiência de Assédio Moral no Trabalho (AMT) em Enfermagem, apresenta consequências importantes, que acentuam a pertinência de pesquisa na área. Com os objetivos de caracterizar os estudos que aqui assumem o estatuto de elementos de amostra; identificar categorias que expressem os contornos do AMT; analisar a fundamentação da literatura para as categorias de AMT encontradas. Como metodologia, foi desenvolvida uma Revisão Sistemática da Literatura, a partir da amostra, selecionada em bases de dados Web of Science e PubMed, através do método PRISMA, e critérios PICO. A seleção emerge a partir da expressão de busca e termos MeSH, dos operadores booleanos (Moral harassment) OR (mobbing) OR (bullying) AND (nursing) AND (nursing professionals) AND (workplace) AND (stress). Resultam 116 estudos, e foram selecionados 11, por responderem à Questão de Investigação, emergentes de 4 países da Europa, 4 da Ásia, 1 da América do Sul e 1 da Austrália. Resultou na identificação de 18 categorias que expressam os contornos do AMT: as categorias fortes são "Burnout ­ exaustão emocional e despersonalização", fundamentada por 8 Componentes Discursivas (CD), de 6 estudos, seguida de "Insatisfação laboral, sentimentos de fracasso e frustração" por 5 CD de 5 estudos; e ainda "Stress Laboral, menor Capacidade de gestão de stress", "Relação entre exposição ao assédio moral vertical e satisfação no trabalho" por 4 CD de 4 estudos, respetivamente. Concluiu-se que as co-morbilidades consequentes ao AMT - burnout e sintomatologia psicossomática ­ são indicadores para maior investigação e formação de enfermeiros, assim como para a implementação de estratégias preventivas.


The experience of Moral Harassment at Work (AMT) in Nursing has important consequences, which accentuate the relevance of research in the area. In order to characterize the studies that here assume the status of sample elements; Identify categories that express the contours of the AMT; to analyze the rationale of the literature for the categories of AMT found. As a methodology, a Systematic Literature Review was developed, based on the sample, selected in Web of Science and PubMed databases, using the PRISMA method, and PICO criteria. The selection emerges from the search expression and terms MeSH, the Boolean operators (Moral harassment) OR (mobbing) OR (bullying) AND (nursing) AND (nursing professionals) AND (workplace) AND (stress). A total of 116 studies were conducted, and 11 were selected for answering the Research Question, emerging from 4 countries in Europe, 4 from Asia, 1 from South America and 1 from Australia. It was concluded that the comorbidities resulting from AMT - burnout and psychosomatic symptomatology - are indicators for further investigation and training of nurses, as well as for the implementation of preventive strategies.


Asunto(s)
Acoso no Sexual
5.
Bragança; s.n; 20240000. il., tab..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1527118

RESUMEN

[{"text": "A dor torácica (DTC) aguda é o sintoma comum de Síndrome Coronário Agudo (SCA), que mais frequentemente leva as pessoas a procurarem cuidados de emergência no mundo. Dois terços das mortes por eventos coronários agudos ocorrem por arritmias fatais, em ambiente pré-hospitalar. O reconhecimento rápido de sintomas é mandatório para redução da mortalidade. O Enfermeiro SIV tem um papel fundamental na a determinação do diagnóstico célere e, no tratamento adequado da pessoa com SCA. Objetivos: Visando conhecer a atuação do enfermeiro Suporte Imediato de Vida (SIV) nas ocorrências de DTC, na pessoa com suspeita de SCA, relativamente às ambulâncias SIV de dois distritos do interior norte de Portugal, delinearam-se como objetivos específicos: (i) Analisar as ativações das ambulâncias SIV para ocorrências de DTC, na pessoa com suspeita de SCA, relativamente às características sociodemográficas e geográficas; (ii) Identificar o perfil de risco cardiovascular (verificável) nas ocorrências de DTC, da pessoa com suspeita de SCA, por ambulâncias SIV; (iii) Identificar os fatores de risco cardiovasculares (FRCV) modificáveis (verificáveis) nas ocorrências de DTC, da pessoa com suspeita de SCA, por ambulância SIV; (iv) Conhecer os tempos de resposta do pré-hospitalar nos diferentes momentos do socorro, nas ocorrências de DTC, na pessoa com suspeita de SCA; (v) Analisar a atuação do Enfermeiro tendo por base, a utilização do protocolo da DTC e, complementares, por ambulância SIV; (vi) Verificar a melhoria de sintomatologia decorrente da atuação do enfermeiro SIV em ocorrência de DTC, da pessoa com suspeita de SCA; (vii) Identificar episódios de complicações ocorridas durante a atuação do enfermeiro SIV, em situações de DTC, na pessoa com suspeita de SCA. Metodologia: Foi realizado um estudo retrospetivo, analítico transversal, de cariz quantitativo, envolvendo uma amostra por conveniência de 75 ativações para DTC, com suspeita de SCA, nas ambulâncias SIV do interior norte de Portugal, no período compreendido entre 01 junho de 2017 e o 31 de dezembro de 2018. A recolha de dados foi efetuada através de um IRD concebido para o efeito. Resultados: É predominante o sexo masculino, nas ativações de DTC, com suspeita de SCA, sendo a idade média de 65,90 anos na SIV 1 e, na SIV 2 de 72,33 anos. Na SIV 2 verificou-se que, entre o sexo masculino e a idade, existe relação estatística significativa (p=0,013), apresentando este uma idade inferior (


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Anciano , Anciano de 80 o más Años , Dolor en el Pecho , Enfermedades Cardiovasculares , Síndrome Coronario Agudo , Enfermeros
6.
Bragança; s.n; 20240000.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1527124

RESUMEN

O presente trabalho, insere-se no plano de estudos do III Curso de Mestrado em Enfermagem Médico-cirúrgica, da Unidade Curricular Semestral, Estágio com relatório da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Bragança. A unidade curricular contempla três campos de estágio, com um total de 540 horas de contacto dedicados a prática clinica, que decorreram no período de setembro de 2019 a fevereiro de 2020. Os ensinos clínicos foram realizados em três serviços: Centro de Hemodiálise, Serviço de Medicina Intensiva (SMI), Serviço de Urgência Polivalente (SUP). Todos estes campos envolvem o atendimento e tratamento da pessoa em situação crítica. O objetivo da elaboração deste trabalho, passa por analisar a evolução ao longo dos ensinos clínicos, fazendo uma reflexão crítica sobre as aprendizagem alcançadas e seus contributos para o desenvolvimento de saberes e competências profissionais. A metodologia utilizada foi essencialmente descritiva e reflexiva, de forma a descrever o pensamento e processo de tomada de decisão desenvolvidos durante este percurso de aquisição e desenvolvimento das competências nos contextos de prática clínica. Os contextos de estágio foram ricos em oportunidades de aprendizagem e permitiram-me desenvolver e adquirir novas competências. Relativamente à aquisição de competências de investigação, foi desenvolvida uma pesquisa científica sobre "Estratégias e dificuldades de comunicação do enfermeiro com o doente crítico e família: scoping review ", a qual se encontra em apêndice a este relatório.


The present work is part of the study plan of the III Master in Nursing-Specialization in Medical- Surgical, of the Semester Curricular Unit, Internship with report of the School of Health of the Polytechnic Institute of Bragança. The curricular unit includes three internship camps, with a total of 540 contact hours dedicated to clinical practice, which took place from September 2019 to February 2020. Clinical teaching was carried out in three services: Hemodialysis Center, Intensive Care Medicine Service (SMI), and Multipurpose Emergency Service (SUP). All these fields involve the care and treatment of the person in a critical situation. The objective of this work is to analyze the evolution throughout clinical teaching, making a critical reflection on the learning achieved and its contributions to the development of knowledge and professional skills. The methodology used was essentially descriptive and reflective, in order to describe the thinking and decision-making process developed during this path of acquisition and development of skills in the contexts of clinical practice. The internship contexts were rich in learning opportunities and allowed me to develop and acquire new skills. Regarding the acquisition of research skills, a scientific research was developed on "Strategies and difficulties of communication between nurses and critically ill patients and families: scoping review", which is attached to this report.


Asunto(s)
Cuidados Críticos , Enfermería Médico-Quirúrgica
7.
Bragança; s.n; 20240000. il., tab..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1527170

RESUMEN

Os enfermeiros são um grupo profissional particularmente suscetível de experienciar com o stresse, pela natureza das suas funções. A exposição permanente ao contacto humano com doentes e familiares, a gestão de situações de emergência, em que um pequeno erro pode comprometer a sobrevivência ou o prognóstico do doente, a interação com outros profissionais de saúde, o trabalho por turnos e a disrupção de ritmos circadianos, a morte de doentes, de entre outros fatores, criam uma conjuntura em que o enfermeiro experiencie níveis elevados de stresse no seu dia-a-dia. Objetivos: Caracterizar o perfil sociodemográfico e profissional dos enfermeiros do Serviço de Urgência de um Centro Hospitalar da região norte de Portugal; Identificar os principais fatores indutores de stresse nos enfermeiros do Serviço de Urgência de um Centro Hospitalar da região norte de Portugal; Avaliar a relação entre os fatores indutores de stresse e as variáveis sociodemográficas e profissionais. Métodos: Foi realizado um estudo descritivo, transversal correlacional, avaliando os níveis de stresse numa amostra de 54 enfermeiros de um serviço de urgência de um hospital da região do norte de Portugal através da aplicação da Escala de Stresse Profissional dos Enfermeiros e de um questionário para fazer o levantamento de aspetos sociodemográficos e profissionais. Resultados: Os participantes no estudo (n=54) eram maioritariamente do sexo feminino (68,5%). A classe etária dominante (63%) foi a dos 31-40 anos. O estado civil dos enfermeiros dividiu-se quase equitativamente entre os que estão sozinhos e aqueles casados ou união de facto. Quarenta enfermeiros (74,1%) eram licenciados, e os restantes 25,9% mestres. Trinta e três eram enfermeiros (61.1%), os restantes eram especialistas (38,9%). O tempo de serviço mais frequente (46,3%) foi 11 a 20 anos, e 2 a 10 anos no Serviço de Urgência. O contrato sem termo foi a modalidade de vínculo mais frequente (74,1%). Só 35,2% dos enfermeiros indicou acumular funções noutra instituição. O valor médio observado para o conjunto de profissionais que constituíram a amostra foi de 80,94±11,95. Considerando que o ponto médio da escala é de 85 pontos, pode considerar-se que os enfermeiros do SU apresentam, em média, níveis medianos de stresse. Das várias componentes da escala, a "carga de trabalho" integrada na componente "ambiente físico" foi um domínio onde foram registados níveis de stresse elevados. Na componente de "ambiente psicológico" a morte do doente e a incerteza quanto aos tratamentos representaram maior stresse para os enfermeiros. No "ambiente social" a relação com os médicos mostrou-se como um fator importante na perceção de stresse pelos enfermeiros. Atendendo aos resultados da relação das variáveis sociodemográficas na perceção do stresse percecionado pelos enfermeiros, avaliado com a ESPE, os enfermeiros do sexo masculino e aqueles que têm a habilitação de mestre apontam para níveis mais elevados de perceção de stresse. Também ao nível do estado civil verifica-se que os enfermeiros casados percecionarem níveis mais elevados de stresse. Pelo contrário, a idade dos enfermeiros, avaliada em classes de 10 anos, não evidenciou ter influência na perceção de stresse. Não se observou uma relação entre as variáveis profissionais e a perceção do stresse pelos enfermeiros, avaliado pela pontuação total da ESPE. Há, porém, diferenças pontuais em fatores da escala que apontam para os enfermeiros que trabalham há pouco tempo no SU e aqueles que aí trabalham entre 11 e 20 anos percecionarem mais stresse associado ao conflito com outros profissionais, assim como uma tendência para os profissionais com contrato a termo certo sentirem percecionarem mais stresse Conclusão: O enfermeiro que trabalha num serviço de urgência está sujeito a inúmeros stressores. Há aspetos técnicos, relacionais e emocionais que potencial o agravamento do stresse nos enfermeiros. Tratando-se de um serviço que lida permanentemente com a vida ou morte do doente, particularmente na área do doente crítico, o stresse do enfermeiro deve ser olhado com atenção, pois as implicações cognitivas do stresse crónico podem fazer o profissional ter uma prestação de menor qualidade. Particularmente na área dedicada a doentes críticos, todas as capacidades cognitivas do enfermeiro são valiosas, pelo que é determinante que se consiga criar um ambiente de reduzido stresse para que os cuidados prestados sejam de elevada qualidade, como se espera e exige que aconteça.


Nurses are a professional group particularly susceptible to experiencing stress due to the nature of their work. The constant exposure to human contact with patients and their families, the management of emergency situations where a small error can compromise the patient's survival or prognosis, interaction with other healthcare professionals, shift work and disruption of circadian rhythms, and the death of patients, among other factors, create a situation in which nurses experience high levels of stress in their daily lives. Objectives: Characterize the sociodemographic and professional profile of nurses in the Emergency Service of a Hospital Center in the north of Portugal; Identify the main factors that induce stress in nurses in the Emergency Department of a Hospital Center in the north of Portugal; Assess the relationship between stress-inducing factors and sociodemographic and professional variables. Methods: A descriptive, cross-sectional correlational study was conducted, evaluating stress levels in a sample of 54 nurses from an emergency department in a hospital in the northern region of Portugal. This was done through the application of the Nurses' Professional Stress Scale and a questionnaire to collect sociodemographic and professional information. Results: The study participants (n=54) were predominantly female (68.5%). The dominant age group (63%) was between 31 and 40 years old. The marital status of the nurses was almost equally divided between those who are single and those who are married or in a domestic partnership. Forty nurses (74.1%) had a bachelor's degree, and the remaining 25.9% had a master's degree. Thirty-three were general nurses (61.1%), while the remaining were specialists (38.9%). The most frequent length of service was 11 to 20 years (46.3%), both overall and in the Emergency Department. Permanent contracts were the most common employment type (74.1%). Only 35.2% of nurses indicated that they held additional positions in another institution. The average observed value for the professionals in the sample was 80.94±11.95. Considering that the midpoint of the scale is 85 points, it can be considered that nurses in the Emergency Department have, on average, moderate to high levels of stress. Among the various components of the scale, "workload" within the "physical environment" domain was an area where high levels of stress were reported. In the "psychological environment" component, the death of patients and uncertainty about treatments were identified as major sources of stress for nurses. In the "social environment," the relationship with doctors was found to be an important factor in nurses' perception of stress. Regarding the relationship between sociodemographic variables and the perceived stress reported by nurses, as evaluated by the Nurses' Professional Stress Scale, male nurses and those with a master's degree reported higher levels of perceived stress. Additionally, married nurses indicated higher levels of stress. On the other hand, the age of nurses, assessed in 10-year intervals, did not show any influence on the perception of stress. There was no significant relationship between professional variables and nurses' perception of stress, as measured by the total score of the Nurses' Professional Stress Scale. However, there were some isolated differences in scale factors indicating that nurses who had recently started working in the Emergency Department and those who had been working there for 11 to 20 years perceived more stress related to conflicts with other professionals. There was also a tendency for professionals with fixed-term contracts to report higher levels of perceived stress. Conclusion: Nurses working in an emergency department are exposed to numerous stressors. Technical, relational, and emotional aspects contribute to the exacerbation of stress in nurses. Considering that this department deals constantly with life or death situations, particularly in critical care, nurses' stress should be closely monitored, as the cognitive implications of chronic stress can impair their performance. In the field dedicated to critical patients, all cognitive abilities of the nurse are valuable, so it is crucial to create a low-stress environment to ensure the provision of high-quality care, as expected and demanded.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Adulto , Distrés Psicológico , Enfermeros
8.
Rev. bras. enferm ; 77(supl.4): e20230200, 2024.
Artículo en Inglés | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1550760

RESUMEN

ABSTRACT Objectives: to understand nurses' experiences of moral distress related to work overload during the COVID-19 pandemic in Brazil. Methods: qualitative research, whose data collection occurred through individual interviews with 19 nurses who worked on the front line of COVID-19 in health services in southeastern Brazil. Data were analyzed using thematic content analysis. Results: work overload proved to be a powerful source of experiences of moral distress due to excessive working hours during vaccination, double working hours, a troubled relationship due to pressure from managers and the population and physical and mental exhaustion, which prevented nurses from act according to their judgment. Final Considerations: nurses' work overload reflects on quality patient care and prevents nurses from acting in accordance with their moral principles, generating moral distress in nurses.


RESUMEN Objetivos: comprender las experiencias de angustia moral de los enfermeros relacionadas con la sobrecarga de trabajo durante la pandemia de COVID-19 en Brasil. Métodos: investigación cualitativa, cuya recolección de datos ocurrió a través de entrevistas individuales con 19 enfermeros que actuaron en la primera línea de COVID-19 en servicios de salud de la región Sudeste de Brasil. Los datos fueron analizados mediante análisis de contenido temático. Resultados: la sobrecarga de trabajo resultó ser una poderosa fuente de experiencias de sufrimiento moral por exceso de jornada durante la vacunación, doble jornada laboral, relaciones conflictivas por presiones de los directivos y la población y agotamiento físico y mental, lo que impidió al enfermero actuar según su criterio. Consideraciones Finales: la sobrecarga de trabajo de las enfermeras se refleja en la calidad de la atención al paciente e impide que las enfermeras actúen de acuerdo con sus principios morales, generando sufrimiento moral en las enfermeras.


RESUMO Objetivos: compreender vivências de sofrimento moral de enfermeiros relacionadas à sobrecarga de trabalho durante a pandemia de COVID-19 no Brasil. Métodos: pesquisa qualitativa, cuja coleta de dados ocorreu através de entrevistas individuais com 19 enfermeiros que atuaram na linha de frente da COVID-19 em serviços de saúde da região Sudeste do Brasil. Os dados foram analisados mediante análise temática de conteúdo. Resultados: a sobrecarga de trabalho mostrou-se potente fonte para vivências de sofrimento moral devido à jornada de trabalho excessiva na vacinação, à dupla jornada de trabalho, à relação conturbada por pressão de gestores e população e ao esgotamento físico e mental, os quais impediam o enfermeiro de agir conforme o seu julgamento. Considerações Finais: a sobrecarga de trabalho dos enfermeiros reflete na assistência de qualidade ao paciente, e impede que os enfermeiros atuem conforme os seus princípios morais, gerando sofrimento moral nos enfermeiros.

9.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 31: e3857, ene.-dic. 2023. tab, graf
Artículo en Español | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1431824

RESUMEN

Objetivo: elaborar, validar y evaluar un video educativo sobre estrategias de comunicación enfermero-paciente para estudiantes de la carrera de enfermería. Método: se trata de un estudio metodológico, con diseño longitudinal y análisis cuantitativo. El público objetivo cumplió las etapas de preproducción, producción, postproducción y evaluación del video. Resultados: cinco enfermeras evaluaron el storyboard del video y consideraron que la comprensión del tema, los tópicos abordados y el lenguaje utilizado eran apropiados y relevantes para el tema. Otras cinco enfermeras consideraron que la calidad de la técnica audiovisual utilizada, el ambiente simulado, la caracterización de los personajes y el desarrollo de las estrategias de comunicación enfermero-paciente estaban presentes y eran adecuados. La versión final del video fue evaluada por nueve estudiantes de enfermería que tuvieron un nivel de comprensión de los ítems igual o superior al 96%. El video presenta las siguientes estrategias: Estrategias Generales de Comunicación, Comunicación Intercultural, NURSE, Tell me more, Ask-Tell-Ask, Comunicación Terapéutica y Comunicación de Malas Noticias. Conclusión: este estudio describe la creación de un video, la validación que realizaron del mismo los expertos y la evaluación del público objetivo, quienes consideraron que es un recurso educativo importante para el proceso de enseñanza-aprendizaje de las estrategias de comunicación. Los jueces y el público objetivo consideraron que el video era un instrumento válido para enseñar las estrategias de comunicación enfermero-paciente.


Objective: to create, validate and evaluate an educational video on nurse-patient communication strategies for undergraduate Nursing students. Method: this is a methodological study with a longitudinal design and quantitative analysis. The following stages were conducted: pre-production, production, post-production and evaluation of the video by the target population. Results: five female nurses evaluated the video storyboard and indicated understanding of the subject matter, the topics addressed and the language used as adequate and pertinent to the theme. Another five female nurses considered the following as present and desirable elements: quality of the audiovisual technique employed, simulated environment, characterization of the characters, and development of the nurse-patient communication strategies The final version of the video was evaluated by nine Nursing students that presented a level of item understanding of at least 96%. The video presents the following strategies: General communication strategies, Intercultural Communication, NURSE, Tell me more, Ask-Tell-Ask, Therapeutic Communication and Communicating Bad News. Conclusion: this study portrays the creation of a video, its validation by experts and its evaluation by the target population, which indicated it as a relevant educational resource for the teaching-learning process regarding communication strategies. Both the evaluators and the target population considered that the video is a valid instrument to teach content about the nurse-patient communication strategies.


Objetivo: construir, validar e avaliar um vídeo educativo sobre estratégias de comunicação enfermeiro-paciente para estudantes da graduação em enfermagem. Método: trata-se de um estudo metodológico, com delineamento longitudinal e análise quantitativa. Foram percorridas as etapas de pré-produção, produção, pós-produção e avaliação do vídeo pelo público-alvo. Resultados: cinco enfermeiras avaliaram o storyboard do vídeo e apontaram a compreensão do tema, os tópicos abordados e a linguagem utilizada como adequadas e pertinentes à temática. Outras cinco enfermeiras consideraram presentes e desejáveis: qualidade da técnica audiovisual empregada, ambiente simulado, caracterização das personagens e desenvolvimento das estratégias de comunicação enfermeiro-paciente. A versão final do vídeo foi avaliada por nove estudantes de enfermagem que apresentaram nível de compreensão dos itens igual ou acima de 96%. O vídeo apresenta as seguintes estratégias: Estratégias gerais de comunicação, Comunicação Intercultural, NURSE, Tell me more, Ask-Tell-Ask, Comunicação Terapêutica e Comunicação de Más Notícias. Conclusão: este estudo retrata a criação de um vídeo, sua validação por peritos e sua avaliação pelo público-alvo, que manifestaram tratar-se de um recurso educativo relevante para o processo de ensino-aprendizagem de estratégias de comunicação. Os juízes e o público alvo consideraram o vídeo como um instrumento válido para ensinar sobre as estratégias de comunicação enfermeiro-paciente.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Estudiantes de Enfermería , Comunicación , Película y Video Educativos , Bachillerato en Enfermería/métodos , Lenguaje , Aprendizaje , Relaciones Enfermero-Paciente
10.
Viana do Castelo; s.n; 20231204.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1525093

RESUMEN

As Unidades de Cuidados Intensivos assumem-se como um local qualificado para a prestação de cuidados integrais à pessoa com falência múltipla de órgãos. Estas unidades disponibilizam meios diferenciados de monitorização e protocolos terapêuticos ao doente crítico. Um dos seus desafios é o desenvolvimento de cuidados seguros, dado que são os serviços hospitalares com maior prevalência de Infeções Associadas aos Cuidados de Saúde. Fortalecer as práticas de prevenção e controle de infeção e implementar a gestão antimicrobiana são medidas essenciais para a sua diminuição, bem como evitar a disseminação de resistência antimicrobiana. Preocupações com estas questões, aliadas ao facto de exercer funções em cuidados intensivos há longa data, nortearam as decisões quanto à continuidade do processo de ensino/aprendizagem. Assim, optou-se por realizar um estágio de natureza profissional numa unidade de cuidados intensivos de um hospital do norte de Portugal, com o objetivo de desenvolver competências especializadas em enfermagem médico-cirúrgica na área de enfermagem à pessoa em situação crítica. A execução do relatório assenta na apresentação de uma reflexão crítica e analítica do processo de aquisição das competências. Para tal, foram mobilizadas metodologias ativas, participativas, sustentadas nos referenciais teóricos e na melhor evidência disponível. No âmbito das inúmeras atividades desenvolvidas, realizou-se um estudo relativo à adesão dos enfermeiros ao uso de equipamento de proteção individual face à tipologia de isolamento, estabelecido na referida unidade. Tratou-se de um estudo descritivo correlacional com uma amostra de 41 enfermeiros. Os principais resultados mostram que a adesão dos enfermeiros aos equipamentos de proteção individual variou conforme a tipologia de isolamento. Relativamente ao isolamento de proteção a adesão foi de 100%, ao isolamento aéreo foi de 95,3% e ao isolamento de contacto foi de 68.8%. Assim, conclui-se que é imperativo que as instituições continuem a investir em estratégias de adesão ao uso destes equipamentos. No que concerne ao desenvolvimento de competências, destacam-se as da área de enfermagem à pessoa em situação crítica. Não descurando nenhuma, deu-se especial relevo à prevenção e controlo da infeção e resistência a antimicrobianos, perante a complexidade da situação e imperatividade de respostas adequadas e atempadas. Em suma, o enfermeiro especialista em médico-cirúrgica é detentor de competências que lhe permite uma intervenção técnico-científica, ética e humana.


Intensive Care Units are considered a qualified place to provide integral healthcare to people suffering from multiple organ failure. These specialised units supply different types of monitoring and protocols to critical patients. One of the main challenges is the development of safe care, given that they're the hospital services with the highest prevalence of healthcare associated infections. Strengthening prevention and infection control practices as well as implementing antimicrobial protocols are essential measures for decreasing and also to avoid the spread of antimicrobial resistance. Concerning with these questions and associated to the years of experience with critical care patients, it was decided to follow this theme regarding the continuity of my learning process. This being said, it was opted to do a clinical pratice, as a subject of my master degree, in an intensive care unit in a hospital in the north of Portugal, with the goal of developing specialized skills in medical-surgical nursing for people in critical situations. The execution of this report lays on presenting a critical and analytical reflection of the competences skills acquire. To do this, active and participative methods were deployed, sustained in theoretical references and in the best evidence possible. Within the scope of the multiple activities developed, a study about the adherence of nurses to the use of individual protective equipment given the type of isolation established in that unit was accomplished. It consisted on a descriptive and correctional study with a sample size of 41 nurses. The main results showed that the adherence of the nurses to the individual protective equipment varied considering the type of isolation. Relatively to protective isolation, the adherence was 100%, in the respiratory isolation was 95.3% and contact isolation was 68.8%. With this information, it was conclude that it's imperative that institutions continue to invest in strategies to endorse the adhesion to the use of this equipment. Regarding the development of competences, it was highlighted the areas focused in the care to people in critical condition. While not neglecting any of them, the prevention and infection control as also as the antimicrobial resistance before the complexity of the situation and the imperativeness to adequate and timely response, were enphasised in this essay. In conclusion, a nurse specialized in medical-surgical nursing is the holder of many skills that allows to have a technical-scientifical, ethical and humane approach.


Asunto(s)
Enfermería Médico-Quirúrgica , Enfermeros
11.
Referência ; serVI(2): e22060, dez. 2023. graf
Artículo en Portugués | LILACS-Express | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1529335

RESUMEN

Resumo Enquadramento: O século XIX caracteriza-se por profunda alteração no campo assistencial. O higienismo, a bacteriologia, impulsionam a reorganização dos serviços de saúde. Os sangradores, ofício que subsistiu regulado ao longo de quase quatro séculos é oficialmente extinto em 1870. Objetivos: Compreender de que forma os sangradores estiveram presentes na sociedade e instituições assistenciais e como o seu lento desaparecimento foi acompanhado pelo desenvolvimento do processo de profissionalização dos enfermeiros em Portugal. Metodologia: Inferência histórica com base no levantamento e análise crítica de fontes primárias, como seja um manual coevo e atas dos debates parlamentares; e de fontes secundárias, nomeadamente material editado (artigos, livros, teses), que no seu conjunto levem à produção de uma síntese final interpretativa. Resultados: Enquanto perdurou a teoria dos humores, sangrar era remédio para tudo. Com o despertar da nova medicina assiste-se ao ocaso progressivo dos sangradores a partir do final do séc. XVIII. Conclusão: O desaparecimento oficial dos sangradores coincide com o acentuar da profissionalização dos enfermeiros, nomeadamente com o surgimento de formação estruturada.


Abstract Background: The 19th century was characterized by profound changes in health care. The development of hygiene standards and bacteriology reorganized health services. In Portugal, the job of bloodletters, regulated for almost four centuries, officially became extinct in 1870. Objectives: To understand bloodletters' presence in society and healthcare institutions and how their gradual disappearance accompanied the professionalization process of nursing in Portugal. Methodology: Historical inference based on the survey and critical analysis of primary sources, such as a contemporary manual and the minutes of parliamentary sessions, and secondary sources, such as articles, books, and theses. Analyzing the data collected from these sources produced a final interpretative synthesis. Results: While the humoral theory persisted, bloodletting was considered a remedy for everything. However, from the end of the 18th century, the development of modern medicine led to the progressive decline of this health-related practice. Conclusion: The official disappearance of bloodletters coincided with the intensification of nurses' professionalization process, particularly with the emergence of formal nursing training.


Resumen Marco contextual: El siglo XIX se caracteriza por un profundo cambio en el campo de la salud, con el higienismo, la bacteriología y la reorganización de los servicios de salud. Los sangradores fueron uno de los oficios que permaneció reglamentado oficialmente durante casi cuatro siglos hasta su extinción oficial en 1870. Objetivos: Comprender cómo las hemorragias estuvieron presentes en la sociedad y en las instituciones asistenciales y cómo su lenta desaparición fue concomitante con el desarrollo del proceso de profesionalización de los enfermeros en Portugal. Metodología: Inferencia histórica basada en el levantamiento y análisis crítico de fuentes primarias, tales como uno manual antiguo y debates parlamentarios, y fuentes secundarias, a saber, material editado, artículos, libros, tesis que en conjunto conducen a la producción de una síntesis interpretativa final. Resultados: mientras duró la teoría de los humores, sangrar fue una cura para todo. Con el despertar de la nueva medicina asistimos al progresivo declive de los sangradores a partir de finales del siglo XVIII. Conclusión: La desaparición oficial de los sangradores coincide con el acentuar de la profesionalización de los enfermeros, es decir, con el surgimiento de la formación estructurada.

12.
Coimbra; s.n; dez. 2023. 84 p. tab., ilus., graf..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1531680

RESUMEN

A educação desempenha um papel crucial no desenvolvimento individual e no progresso das sociedades. No âmbito da área da saúde, especialmente na formação de enfermeiros, a busca incessante pela excelência educacional visa aprimorar a qualidade dos cuidados de saúde prestados à população. Nesse contexto, a avaliação dos programas de formação é essencial, não só para garantir a eficácia das estratégias educativas, mas também para atingir os objetivos organizacionais. O objetivo deste estudo é analisar a perceção dos enfermeiros em relação a um Programa de Formação Certificado (PFC) em Hemodiálise (HD), caracterizar os enfermeiros que o concluíram, identificar fatores positivos e menos positivos referidos por eles, assim como pontos de melhoria considerados e avaliar a satisfação global em relação ao PFC. Realizou-se um estudo descritivo transversal, incorporando componentes quantitativas e qualitativas. A colheita de dados foi efetuada por meio de questionários eletrónicos na plataforma Google Forms®. Os resultados obtidos demonstram a perceção dos enfermeiros em relação ao PFC. A amostra inclui 52 enfermeiros que concluíram com sucesso o PFC. A análise dos dados revela diferenças estatisticamente significativas (p=0,035) e correlações (r=-0,293) entre a idade e a satisfação com o PFC, assim como entre a experiência profissional e a satisfação (p=0,034, r=-0,298). Observou-se que a tutoria desempenha um papel fundamental no desenvolvimento profissional dos enfermeiros. Os formandos também valorizam positivamente o envolvimento de toda a equipa na sua formação. Foi possível verificar que os formandos avaliam de forma positiva a organização do PFC, demonstrando elevados níveis de satisfação. Contudo, constatou-se que o acesso tardio à plataforma de E-learning pode prejudicar o desempenho dos formandos no contexto do PFC. A avaliação do PFC permite a sua melhoria e adequação às necessidades reais dos formandos, preenchendo as lacunas identificadas. Essa abordagem possibilita a obtenção de perspetivas dos formandos, enriquecendo a compreensão dos fatores que mais influenciam a sua satisfação em relação ao PFC.


Asunto(s)
Planes y Programas de Salud , Evaluación de Programas y Proyectos de Salud , Diálisis Renal , Educación a Distancia , Capacitación de Recursos Humanos en Salud , Atención al Paciente , Enfermeras y Enfermeros
13.
Santarem; s.n; dez. 2023.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1554197

RESUMEN

O Mindfulness pode ser utilizado como uma medida não farmacológica de alívio da dor no trabalho de parto, ao possibilitar uma maior consciência, envolvimento pleno e discernimento no que esta a acontecer e no que foi idealizado, permitindo uma experiência de parto positiva. O Enfermeiro-Especialista-em-Enfermagem-de-Saúde-Materna-e-Obstétrica é o profissional de saúde mais habilitado para prestar cuidados de enfermagem especializados na área do parto normal, podendo utilizar medidas não farmacológicas de alívio da dor de forma autónoma. O Mindfulness é um método que pode ser utilizado pelo Enfermeiro-Especialista-em-Enfermagem-de-Saúde-Materna-e-Obstétrica para o alívio da dor na mulher em trabalho de parto. Com o objetivo de mapear a evidência científica sobre esta temática, procedeu-se ao desenvolvimento de uma Scoping Review, partindo da questão de investigação: "Qual o efeito do Mindfulness no alívio da dor durante no trabalho de parto?". Verificou-se um número reduzido de estudos com enfoque nesta temática. Recomenda-se a aplicação do Mindfulness pela evidência dos seus benefícios no alívio da dor, na promoção do conforto e relaxamento na mulher durante o trabalho de parto. Reforçando a necessidade da publicação de mais estudos sobre esta temática para determinar de que forma os enfermeiros obstetras executam esta medida em Portugal.


Mindfulness can be used as a non-pharmacological pain relief measure in labour, by enabling greater awareness, full involvement and discernment in what is happening and what has been idealised, allowing for a positive birth experience. The midwife is the health professional best qualified to provide midwife care in the area of normal childbirth, and can use non-pharmacological pain relief measures autonomously. Mindfulness is a method that can be used by obstetric nurses to relieve pain in women in labour. In order to map the scientific evidence on this subject, we carried out a Scoping Review, starting with the research question: "What is the effect of Mindfulness on pain relief during labour?". There is a reduced number of studies focusing on this topic. The application of Mindfulness is recommended due to the evidence of its benefits in relieving pain and promoting comfort and relaxation in women during labor. Reinforcing the need to publish more studies on this topic to determine how obstetric nurses carry out this measure in Portugal.

14.
Santarem; s.n; nov. 2023.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1554199

RESUMEN

O uso da música no trabalho de parto, constitui uma poderosa ferramenta na promoção do bem-estar da mulher. Consiste num método não farmacológico e uma intervenção autónoma da enfermagem, que vai enriquecer a prestação de cuidados do EESMO, contribuindo para uma experiência de parto positiva. Com o objetivo de mapear a evidência científica sobre o uso da música, como cuidado, na promoção do bem-estar da mulher no trabalho de parto, foi realizada uma Scoping Review partindo da questão "Quais as vantagens do uso da música, como cuidado, no trabalho de parto, na perspetiva do EESMO/ Parturiente?". Na pesquisa realizada na EBSCOhost obtiveram-se 9 artigos, dos quais emergiram temáticas pertinentes relativamente ao uso da música no trabalho de parto. Os resultados apontam como vantagens: alívio da dor/ desconforto; promoção do relaxamento; redução da ansiedade/ stress; e bem-estar físico e psicológico. Face à existência de pouca evidência científica de origem portuguesa, sugere-se um aprofundamento do tema ao nível da investigação bem como da formação.


The use of music, during labor, constitutes a powerful tool in promoting women's well-being. It consists of a non-pharmacological method and an autonomous nursing intervention, which will enrich the provision of care of EESMO, contributing to a positive birth experience. With the aim of mapping the scientific evidence on the use of music, as care, in promoting the well-being of women in labor, a Scoping Review was carried out based on the question "What are the advantages of using music, as care, in labor, from the perspective of EESMO/ Parturient?". In the research carried out at EBSCOhost, 9 articles were obtained, from which pertinent themes emerged regarding the use of music in labor. The results point to the following advantages: pain/discomfort relief, promoting relaxation; reduction of anxiety/ stress; and physical and psychological well-being. Given the existence of little scientific evidence of portuguese origin, it is suggested that the topic be further explored at the level of research as well as training.

15.
Bragança; s.n; 20230000. tab..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1523717

RESUMEN

O Síndrome Coronário Agudo (SCA) é uma das principais causas de morte no mundo, no qual se inclui Portugal, sendo por isso uma área de intervenção prioritária. Objetivo: Descrever os fatores de risco das pessoas com SCA, atendidas num serviço de urgência (SU) de uma Unidade Local de Saúde (ULS) do Norte de Portugal. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, inserido numa abordagem quantitativa. A amostra foi constituída por 40 doentes admitidos num serviço de urgência de uma ULS do Norte de Portugal, com SCA no período compreendido entre 1 de janeiro de 2021 e 31 de dezembro de 2021. Para recolher os dados foi utilizada uma grelha na qual foram reunidas todas as informações referentes às características sociodemográficas dos doentes, os fatores de risco cardiovascular, os antecedentes pessoais específicos, os tipos de SCA, o fluxograma do PTM selecionado e cor atribuída na triagem. O referido instrumento foi elaborado atendendo à pesquisa bibliográfica efetuada e foi analisado e validado por um enfermeiro especialista em médico-cirúrgica e por um médico de cirurgia geral. O estudo obteve o consentimento por parte de uma Comissão de Ética e do Conselho de Administração da ULS. Resultados: A média de idade para a ocorrência de SCA foi de 74,40 anos, sendo que foi mais prevalente no sexo masculino. Ao nível dos fatores de risco o mais prevalente foi a hipertensão e o menos prevalente, o tabagismo. Quanto aos antecedentes pessoais específicos verificou-se que o mais prevalente foi a insuficiência cardíaca e o menos prevalente foi o acidente vascular cerebral. No que concerne aos biomarcadores cardíacos a maioria apresentava T positivo. Quanto aos tipos de SCA verificou-se que no enfarte do miocárdio o mais prevalente foi sem elevação ST. Relativamente ao fluxograma, 72,5% apresentavam enfarte do miocárdio sem elevação ST. Quanto à cor atribuída na triagem, a maioria obteve cor laranja. Relativamente ao enfarte do miocárdio, o mesmo é mais frequente em pessoas com idades compreendidas entre os 84-94 anos. No que concerne aos tipos de SCA em função do sexo, constatou-se que, relativamente ao enfarte do miocárdio, este é mais frequente no sexo masculino. Já relativamente à angina instável, esta ocorreu somente no sexo masculino. Ao nível da distribuição dos fatores de risco em função da idade, constatou-se que no caso da hipertensão é mais prevalente nas pessoas mais idosas (≥74 anos). Quanto ao sedentarismo, também foi mais frequente nas pessoas mais idosas. Relativamente às dislipidemias foi mais prevalente entre os 84-94 anos e 74-84 anos. Quanto à diabetes, esta foi mais evidente entre os 74-84 anos e os 84-94 anos. Por último e relativamente à obesidade, está mais presente entre os 54-64 anos e os 84-94 anos. Da distribuição dos fatores de risco em função do sexo, verificou-se que a hipertensão, o sedentarismo, a dislipidemias e a obesidade são mais frequentes no sexo masculino. Da análise da distribuição dos antecedentes pessoais em função da idade, verificou-se, relativamente à insuficiência venosa e/ou arterial, estava prevalente nos intervalos de idade entre os 74- 84 anos e os 84-94 anos. Quanto à insuficiência cardíaca foi mais prevalente nas idades entre os 84-94 anos e os 74-84 anos. No caso da doença renal crónica esteve presente entre os 74-84 anos e os 84-94 anos. Por último, e relativamente à doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) foi mais prevalente em pessoas com idade igual ou superior a 64 anos. Quanto aos antecedentes pessoais, os mais frequentes no sexo masculino foram a insuficiência cardíaca e a doença renal crónica. Quanto ao sexo feminino verificou-se maior prevalência dos antecedentes pessoais como insuficiência venosa e/ou arterial, AVC e DPOC. Conclusão: A avaliação de utentes, que se apresentam nos SU com suspeitas de SCA, utilizando o STM, pode ser realizada a partir de diferentes fluxogramas, uma vez que os utentes nem sempre apresentam sintomas típicos e queixas frequentes como queixa principal, permitindo distinguir condições urgentes de outras não-urgentes, possibilitando ao avaliador o estabelecimento dos níveis de prioridade mais elevados no tratamento de utentes em situações de urgência. O enfermeiro especialista na prevenção de complicações, deve prever e detetar de forma precoce após a admissão hospitalar as complicações do doente com SCA, devendo as intervenções preventivas, caso existam, ser continuadas. É fundamental, após a estabilização da situação aguda, o ensino do doente e da família acerca da influência dos fatores de risco cardiovascular e a importância da adoção de um estilo de vida saudável.


Acute Coronary Syndrome (ACS) is one of the main causes of death in the world, which includes Portugal, and is therefore a priority area of intervention. Aim: Describe the factors of people with ACS admitted to the emergency department of a Local Health Unit (ULS) in the north of Portugal. Methods: This is a descriptive study, inserted in a quantitative approach. The sample consisted of 40 patients admitted to an emergency department of a ULS in the north of Portugal, with Acute Coronary Syndrome in the period between January 1, 2021 and December 31, 2021. A grid was used to collect the data, in which all the information regarding the sociodemographic characteristics of the patients, cardiovascular risk factors, specific personal history, types of ACS, the flowchart of the selected PTM and the color assigned in the screening were gathered. This instrument was elaborated according to the bibliographical research carried out and was analyzed and validated by a specialist nurse in medical-surgical surgery and by a general surgery doctor. The study obtained consent from an Ethics Committee and the ULS Board of Directors. Results: The average age for the occurrence of ACS was 74.40 years, and it was more prevalent in males. In terms of risk factors, the most prevalent was hypertension and the least prevalent was smoking. As for specific personal antecedents, it was found that the most prevalent was heart failure and the least prevalent was stroke. With regard to cardiac biomarkers, the majority had positive T. As for the types of ACS, it was found that in myocardial infarction the most prevalent was without ST elevation. Regarding the flowchart, 72.5% had non-ST elevation myocardial infarction. As for the color assigned in the screening, the majority obtained an orange color. With regard to myocardial infarction, it is more frequent in people aged between 84-94 years. With regard to the types of ACS according to sex, it was found that, with regard to myocardial infarction, this is more frequent in males. Regarding unstable angina, this occurred only in males. In terms of the distribution of risk factors according to age, it was found that, in the case of hypertension, it is more prevalent in older people (≥74 years). As for sedentary lifestyle, it was also more frequent in older people. With regard to dyslipidemia, it was more prevalent among 84-94 year olds and 74-84 year olds. As for diabetes, this was more evident among the 74-84 and 84-94 years old. Finally, and with regard to obesity, it is more prevalent between 54-64 years old and 84-94 years old. From the distribution of risk factors according to sex, it was found that hypertension, sedentary lifestyle, dyslipidemia and obesity are more frequent in males. From the analysis of the distribution of personal antecedents according to age, it was verified, in relation to venous and/or arterial insufficiency, it was prevalent in the age ranges between 74-84 years and 84-94 years. As for heart failure, it was more prevalent in the ages between 84-94 years and 74-84 years. In the case of chronic kidney disease, it was present between 74-84 years and 84-94 years. Finally, and regarding chronic obstructive pulmonary disease, it was more prevalent in people aged 64 years and over. As for personal history, the most frequent in males were heart failure and chronic kidney disease. As for females, there was a higher prevalence of personal history such as venous and/or arterial insufficiency, stroke and COPD. Conclusion: The assessment of users, who present to the ER with suspected ACS, using the MTS, can be carried out from different flowcharts, since users do not always present typical symptoms and frequent complaints as the main complaint, allowing to distinguish urgent conditions from other non-urgent ones, allowing the evaluator to establish the highest priority levels in the treatment of users in urgent situations. Nurses specializing in the prevention of complications must anticipate and detect complications in patients with ACS early after hospital admission, and preventive interventions, if any, must be continued. It is fundamental, after the stabilization of the acute situation, to teach the patient and family about the influence of cardiovascular risk factors and the importance of adopting a healthy lifestyle.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Anciano , Factores de Riesgo , Síndrome Coronario Agudo , Enfermeros
16.
Coimbra; s.n; out. 2023. 82 p. tab., graf..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1531426

RESUMEN

O relatório que se segue emerge do curso Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica, da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, cujo objetivo visa a obtenção do grau de Mestre em Enfermagem à Pessoa em Situação Critica. Este relatório de estágio encontra-se dividido em 2 partes, a primeira parte tem como objetivo, evidenciar, descrever e fazer uma análise reflexiva do trabalho desenvolvido no decorrer do ensino clínico, tendo em vista a aquisição e desenvolvimento das Competências Comuns e Especificas do Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico Cirúrgica, bem como a atribuição do grau de mestre. O ensino clínico foi realizado no Serviço de Hemodinâmica, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. Na especialização de Enfermagem é indispensável ao profissional de enfermagem uma atualização constante da melhor evidencia clínica com a finalidade de prestar os melhores cuidados aos doentes. Nesta linha orientadora, surge a segunda parte deste relatório de estágio, tal como está previsto nesta unidade curricular, tendo sido realizada uma Scoping Review, que visa responder à seguinte questão de investigação: Qual a intervenção do enfermeiro na prevenção da nefropatia induzida por contraste na pessoa submetida a intervenção coronária percutânea em contexto hospitalar? Esta questão tem como objetivo mapear a evidência disponível sobre as intervenções de enfermagem na prevenção da nefropatia induzida por contraste na pessoa submetida a intervenção coronária percutânea em contexto hospitalar. Os resultados demonstram que a enfermagem tem um papel importante e privilegiado na prevenção da nefropatia induzida por contraste, sendo que as suas intervenções devem passar por uma boa avaliação inicial, identificar pessoas de risco para desenvolver nefropatia induzida por contraste. Deve através de uma equipa multidisciplinar elaborar protocolos de hidratação, e um plano de enfermagem com intervenções individualizadas, de forma a prevenir esta complicação. Este trajeto formativo foi fundamental para compreender o contributo do enfermeiro especialista para a prestação de cuidados de saúde com qualidade e segurança, baseados em evidência científica atual.


Asunto(s)
Intervención Coronaria Percutánea , Enfermería Médico-Quirúrgica , Enfermedades Renales , Enfermeros
17.
Coimbra; s.n; out 2023. 80 p. tab., ilus..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1531689

RESUMEN

RESUMO ENQUADRAMENTO: O contexto e as condições em que se prestam cuidados de saúde são condicionantes de ambientes seguros. Os doentes, as famílias e os profissionais de saúde devem sentir confiança e abertura para discutir e antecipar fragilidades do sistema. Para isso é necessário priorizar, desenvolver e criar condições que permitam garantir uma cultura centrada na segurança (Despacho nº 9390/2021, 2021), cabendo ao enfermeiro gestor um papel decisivo em desenvolver e impulsionar estratégias que visem promover uma cultura de segurança, numa lógica de melhoria contínua (OE, 2018) justificando-se assim, a pertinência deste estudo. OBJETIVOS: Identificar as estratégias utilizadas pelos enfermeiros gestores que promovem a cultura de segurança e os fatores que condicionam a sua promoção na prática. METODOLOGIA: Realizou-se um estudo: exploratório-descritivo, de natureza qualitativa, cujos participantes foram os enfermeiros gestores de um centro hospitalar da zona centro, selecionados intencionalmente. Os dados foram obtidos através de uma discussão de focus group. A análise de conteúdo foi efetuada segundo a perspetiva de Bardin (2016). Os aspetos éticos foram tidos em consideração, tendo sido garantido o anonimato e a confidencialidade. RESULTADOS: Os enfermeiros gestores identificaram a notificação de incidentes, a formação, a atribuição de áreas de responsabilidade, e as reuniões como algumas estratégias que implementam para promover a cultura de segurança. Consideraram ainda, a motivação, as competências, o envolvimento e colaboração, a documentação das práticas, a acreditação e a liderança alguns facilitadores da sua promoção. Porém, também identificaram alguns constrangimentos que a dificultam, nomeadamente as dotações insuficientes, a notificação punitiva, a interoperabilidade ineficiente, a resistência à mudança e a escassez e inoperacionalidade dos recursos materiais. CONCLUSÕES: Os enfermeiros gestores encontram-se numa posição privilegiada para proporcionar a implementação de estratégias promotoras da cultura de segurança, de acordo com a mais recente evidência e favorecer a segurança dos cuidados, porém deparam-se com alguns constrangimentos a ultrapassar.


Asunto(s)
Calidad de la Atención de Salud , Seguridad , Atención a la Salud , Enfermeras Administradoras
18.
Nursing (Ed. bras., Impr.) ; 26(303): 9845-9853, set.2023.
Artículo en Inglés, Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1511818

RESUMEN

Objetivo: compreender a percepção do enfermeiro que atua no serviço deatendimento móvel de urgência sobre a transferência de cuidados de pacientes no seu cotidiano de trabalho. Método: pesquisa de campo de natureza qualitativa. Resultados: após as análises das entrevistas emergiram as categorias: Concepção de transferência de cuidados pelos enfermeiros do atendimento pré-hospitalar; O processo de comunicação envolvido na transferência de cuidados no atendimento pré-hospitalar; A visão dos enfermeiros sobre trabalho em equipe na transferência de cuidados no atendimento pré-hospitalar; Avanços e desafios na transferência de cuidados no atendimento pré-hospitalar. Conclusão: A transferência de cuidados, compreendida pelos participantes é percebida nas condutas: trabalho em equipe, comunicação efetiva e cuidado centrado na pessoa. Os entrevistados apresentaram que a troca de informações entre os profissionais do serviço é um momento essencial para a transferência de cuidados para garantir a qualidade e a continuidade da assistência.(AU)


The aim of this study was to understand the perception of nurses working in the mobile emergency care service about the transfer of patient care in their day-to-day work. Method: qualitative field research. Results: After analyzing the interviews, the following categories emerged: Pre-hospital care nurses' concept of transfer of care; The communication process involved in the transfer of care in pre-hospital care; Nurses' view of teamwork in the transfer of care in pre-hospital care; Advances and challenges in the transfer of care in pre-hospital care. Conclusion: The transfer of care, as understood by the participants, is seen in the following behaviors: teamwork, effective communication and person-centered care. The interviewees felt that the exchange of information between service professionals is essential for the transfer of care in order to guarantee the quality and continuity of care. (AU)


El objetivo de este estudio fue conocer la percepción de las enfermeras que trabajan en el servicio móvil de atención de urgências de urgencias móviles sobre la transferencia de cuidados a los pacientes en su trabajo diario. Método: investigación cualitativa de campo. Resultados: Tras el análisis de las entrevistas, surgieron las siguientes categorías: Concepto de los enfermeros de atención prehospitalaria sobre la transferencia de cuidados; Proceso de comunicación implicado en la transferencia de cuidados en la atención prehospitalaria; Visión de los enfermeros sobre el trabajo en equipo en la transferencia de cuidados en la atención prehospitalaria; Avances y retos en la transferencia de cuidados en la atención prehospitalaria. Conclusión: La transferencia de cuidados, tal como la entienden los participantes, se manifiesta en los siguientes comportamientos: trabajo en equipo, comunicación eficaz y cuidados centrados en la persona. Los entrevistados afirmaron que el intercambio de información entre los profesionales del servicio es un momento esencial para que la transferencia de cuidados garantice la calidad y la continuidad de la atención.(AU)


Asunto(s)
Masculino , Femenino , Adulto , Servicios Médicos de Urgencia , Pase de Guardia , Enfermeros
19.
Viana do Castelo; s.n; 20230928.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1517267

RESUMEN

Introdução: O presente trabalho integra-se no âmbito do Estágio de Natureza profissional do Curso de Mestrado em Enfermagem de Reabilitação da ESS-IPVC e à implementação, de um projeto de investigação no Serviço de Cardiologia/Unidade de Cuidados Intensivos de Cardiologia num hospital da zona Norte. Objetivos: Descrever as atividades desenvolvidas em contexto de estágio, adquirindo e aprimorando as competências comuns e específicas do EEER, com uma componente de investigação, contribuindo para uma prática baseada na evidência. O objetivo geral deste projeto é avaliar o impacto das intervenções do EEER no empowerment do doente com IC, no local de estudo. Metodologia: Foi utilizada uma abordagem metodológica de índole quantitativa, um estudo do tipo observacional descritivo longitudinal. A população do estudo era constituída por 33 doentes que foram submetidos a um plano de cuidados de reabilitação durante o internamento, com educação para a saúde, sobre a doença, o regime terapêutico, os fatores de risco cardiovasculares, os sinais e sintomas, os cuidados a ter e com mudanças no estilo de vida e de hábitos. O instrumento de colheita de dados utilizado foi através da aplicação do questionário a "Escala de Empowerment Individual" (Luz, Bastos, & Vieira, 2020), antes da intervenção do EEER e 20 a 40 dias após a alta hospitalar. Resultados: Foi possível verificar que a capacidade de empowerment dos doentes internados com diagnóstico de IC era baixo. As dimensões em estudo (Autoperceção; Participação nas decisões em saúde; Mestria; Determinação; Identidade; Autonomia e Poder; Relação com os profissionais de saúde) apresentam valores positivos após a intervenção do EEER. Na análise das hipóteses e no impacto das variáveis sociodemográficas e clínicas apenas foram encontradas diferenças estatisticamente significativas na variável da escolaridade. Conclusões: Verificamos que existe evidência estatisticamente significativa para afirmar que a intervenção do EEER melhora o empowerment global dos doentes internados com diagnóstico de IC.


Introduction: The present work is part of the Professional Nature Internship of the Master's Degree in Rehabilitation Nursing of the ESS-IPVC and the implementation of a research project in the Cardiology Service/Cardiology Intensive Care Unit in a hospital in the North zone. Objectives: To describe the activities developed in the context of an internship, acquiring and improving the common and specific competencies of the EEER, with a research component, contributing to an evidence-based practice. The overall objective of this project is to evaluate the impact of EEER interventions on HF patient empowerment at the study site. Methodology: A quantitative methodological approach was used, a longitudinal descriptive observational study. The study population consisted of 33 patients who underwent a rehabilitation care plan during hospitalization, with health education, about the disease, the therapeutic regimen, cardiovascular risk factors, signs and symptoms, care to be taken and changes in lifestyle and habits. The data collection instrument used was through the application of the questionnaire "Individual Empowerment Scale", before the intervention of the EEER and 20 to 40 days after hospital discharge. (Luz, Bastos, & Vieira, 2020) Results: It was possible to verify that the empowerment capacity of hospitalized patients diagnosed with HF was low. The dimensions under study (Self-perception; Participation in health decisions; Mastery; Determination; Identity; Autonomy and Power; Relationship with health professionals) present positive values after the intervention of the EEER. In the analysis of the hypotheses and in the impact of the sociodemographic and clinical variables, only statistically significant differences were found in the schooling variable. Conclusions: We found that there is statistically significant evidence to affirm that the EEER intervention improves the overall empowerment of hospitalized patients diagnosed with HF.


Asunto(s)
Rehabilitación , Empoderamiento , Insuficiencia Cardíaca
20.
Bragança; s.n; 20230000. tab..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1451433

RESUMEN

A Resiliência Moral, enquanto conceito, tem ganho destaque como forma de transformar o profundo desespero e impotência associada a situações moralmente angustiantes. A emergência e a rápida disseminação provocada pelo SARS- Cov-2 colocou desafios inesperados às entidades de saúde nos mais diversos níveis de atuação nos serviços de medicina intensiva. Objetivos: O presente estudo teve como objetivo geral identificar estratégias facilitadoras na construção da resiliência moral pelos enfermeiros que cuidaram de doentes infetados pelo SARS-CoV-2 e com necessidade de cuidados intensivos. Definiram se como objetivos específicos: Distinguir o conceito de angústia moral e resiliência moral; Identificar sintomas moralmente prejudiciais e fatores que cooperam na construção da resiliência moral, nos enfermeiros que prestaram cuidados a doentes com COVID-19, nos cuidados intensivos; Reconhecer estratégias de resiliência moral utilizadas pelos enfermeiros nos cuidados aos doentes com COVID-19. Métodos: Foi desenvolvida uma Scoping Review, nas bases de dados EBSCO e Web of Science, segundo metodologia da Joanna Briggs Institute - Participants; Concept and Context - e utilizadas diretrizes estabelecidas pelo modelo PRISMA-Extension for Scoping Reviews, para analisar a extensão e a natureza da produção científica disponível, bem como clarificar os conceitos da pesquisa. Foram incluídos os artigos publicados a partir de 2018, em inglês, espanhol e português, sobre resiliência moral em enfermeiros que prestaram cuidados intensivos a doentes COVID-19, em época de pandemia. Resultados: Foram identificados 24 estudos potencialmente relevantes, após exclusão de duplicados. Todos os registos foram exportados e agrupados num software para investigação e gestão de referências (EndNodeX8.2). Após leitura integral do texto, 20 artigos foram excluídos por não cumprirem os critérios de inclusão. Assim sendo, apenas foram incluídos quatro estudos nesta revisão. Conclusão: Os estudos mostraram que os enfermeiros moralmente resilientes estão profundamente familiarizados com os seus pontos fortes, limitações e núcleo moral e, habitualmente, são discretos. Entre os enfermeiros, a resiliência moral pode ser cultivada através de estratégias que enfoquem a esperança, compromisso e a autoeficácia. Os enfermeiros que cuidaram de doentes positivos para SARS-CoV-2, relatam ter experienciado mais angústia moral do que aqueles que não foram expostos a esta tipologia de doentes. Devem ser tomadas medidas e estratégias para promover a resiliência moral nos enfermeiros com vista a melhorar o seu bem-estar e a qualidade dos cuidados de enfermagem.


Moral Resilience, as a concept, has gained prominence as a way to transform the deep despair and impotence associated with morally distressing situations. The emergence and rapid spread caused by SARS-Cov-2 posed unexpected challenges to health entities at the most diverse levels of performance in intensive care services. Aim: This study aimed to: identify facilitating strategies in building moral resilience by nurses who cared for patients infected with SARS-CoV-2 and in need of intensive care. Specific objectives were defined: Distinguish the concept of moral distress and moral resilience; Identify morally harmful symptoms and factors that cooperate in building moral resilience, in nurses who provide care to patients with Covid-19, in intensive care; Recognize moral resilience strategies used by nurses in the care of patients with Covid-19. Methods: A Scoping Review was developed, in the EBSCO and Web of Science database, according to the methodology of the Joanna Briggs Institute - Participants; Concept and Context - and used the guidelines established by the PRISMA-ScR model (PRISMA Extension for Scoping Reviews) to analyze the extent and nature of the available scientific production, as well as to clarify the concepts that underlie moral resilience in nurses. Articles published from 2018 onwards, in English, Spanish and Portuguese, on moral resilience in nurses who provided intensive care to Covid-19 patients during a pandemic were included in the research. Results: We identified 24 potentially relevant studies after exclusion of duplicates. All records were exported and grouped in software for investigation and management of references (EndNodeX8.2). After reading the entire text, 20 articles were excluded for not meeting the inclusion criteria. Therefore, only four studies were included in this review. Conclusion: Studies have shown that morally resilient nurses are deeply familiar with their strengths, limitations, and moral core, and are usually discreet. Among nurses, moral resilience can be cultivated through strategies that focus on hope, commitment and self-efficacy. Nurses who cared for patients positive for SARS-CoV-2 report experiencing more moral distress than those who were not exposed to this type of patient. Measures and strategies must be taken to promote moral resilience in nurses in order to improve your well-being and the quality of nursing care.


Asunto(s)
Resiliencia Psicológica , COVID-19 , Enfermeros
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA
...