Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 45
Filtrar
1.
Bragança; s.n; 20240000. tab..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1527051

RESUMEN

O Serviço de Urgência (SU) é direcionado para o doente crítico, com necessidade de estabilização emergente, estando subjacente o cuidado emergente. Mas não são só estes doentes que procuram este serviço, também os doentes em fim de vida com necessidades de cuidados paliativos (CP) entram na porta do SU, sendo necessário que os enfermeiros(as) que lá exercem possam dar uma resposta efetiva neste âmbito. Daí ser fulcral colocar ênfase à investigação de forma a refletir nas estratégias de intervenção mais adequadas a estas pessoas. Objetivo: Analisar as vivências dos enfermeiros no cuidado à pessoa em fim de vida (PFV), no SU. Metodologia: Estudo qualitativo. A recolha de dados foi realizada com recurso a uma entrevista semiestruturada a um grupo focal de sete enfermeiros participantes no estudo, de uma Unidade Local de Saúde (ULS) do Norte de Portugal, durante a primeira semana do mês de abril de 2023. Resultados: Os enfermeiros (as) atribuem o conceito de PFV a uma doença incurável com pouco tempo de vida. Ao conceito de CP associam a promoção de conforto e bem-estar ao doente, a promoção do bem-estar da família, os cuidados promotores de dignidade. Os sentimentos negativos vivenciados pelos enfermeiros expressam sentimentos negativos (frustração) e emoções negativas, como a tristeza, raiva e revolta. As principais intervenções destes enfermeiros dirigidas à PFV enquadram-se no paradigma paliativo como alívio dos sintomas, apoio ao doente e à sua família e proporcionar medidas de conforto. Consideram intervenções fundamentais dirigidas à PFV, o conforto físico e psicológico, dando-se ainda enfâse ao toque. Apontam para a adoção de medidas terapêuticas centradas na abordagem curativa com a formatação e formação recebida e a pressão da família. Foi possível distinguir nas dificuldades a "Sobrecarga de trabalho", "Dificuldades de apoio ao nível da instituição", "Dificuldades ao nível dos recursos". Por sua vez, de entre as necessidades sentidas emergiram a "Necessidade de uma estrutura física adequada", "Necessidade de melhoria ao nível organizacional". Todos foram unânimes em salientar a falta da dignidade para a PFV no SU, por razões físicas/estruturais e por défice de formação. Como estratégias de melhoria, os enfermeiros propõem: o investimento nas equipas multidisciplinares, a melhoria da estrutura física e a uniformização de procedimentos na abordagem da PFV. Conclusão: Os resultados apontam para um leque de dificuldades associadas às vivências dos enfermeiros no cuidado à PFV, contudo também emergem estratégias de melhoria. Devem ser promovidas estratégias organizacionais e individuais. Um exemplo seria a formação/ promoção de atividades de melhoria das estratégias de coping, visando facilitar a gestão dos sentimentos e emoções por parte dos enfermeiros. Das várias medidas propostas destaca-se a criação de uma rede de urgência de CP.


The Emergency Service (ES) is geared towards critically ill patients in need of emergent stabilization, with emergent care as its underlying principle. But it's not only these patients who come to this service. End-of-life patients in need of palliative care (PC) also enter the ES, and nurses working in these services need to provide an effective response in this area. That's why it's crucial to put the emphasis on research in order to reflect on the most appropriate intervention strategies for these people. Objective: To analyze the experiences of nurses in caring for people at the end of life (PEL) in the ES. Methodology: A qualitative study. Data was collected using a semi-structured interview with a focus group of seven nurses participating in the study, from a Local Health Unit in Northern Portugal, during the first week of April 2023. Results: Nurses attribute the concept of PEL to an incurable disease with a short time to live. To the concept of PC they associate the promotion of comfort and well-being for the patient, the promotion of the family's well-being and care that promotes dignity. The negative feelings experienced by the nurses express negative feelings (frustration) and negative emotions, such as sadness, anger, and revolt. These nurses' main interventions aimed at the PEL fall within the palliative paradigm, such as relieving symptoms, supporting the patient and their family and providing comfort measures. They consider physical and psychological comfort to be fundamental interventions aimed at the PEL, with an emphasis on touch. They point to the adoption of therapeutic measures centered on the curative approach with the formatting and training received and pressure from the family. Difficulties included "Work overload", "Difficulties with support from the institution" and "Difficulties with resources". Among the needs felt, the following emerged: "Need for an adequate physical structure", "Need for organizational improvement". All were unanimous in highlighting the lack of dignity for PEL in the ES, due to physical/structural reasons and a lack of training. As strategies for improvement, the nurses propose: investing in multidisciplinary teams, improving the physical structure, and standardizing procedures for dealing with PEL. Conclusion: The results point to a range of difficulties associated with nurses' experiences in caring for people at the end of life, but strategies for improvement also emerge. Organizational and individual strategies should be promoted. One example would be training / promoting activities to improve coping strategies, with the aim of making it easier for nurses to manage their feelings and emotions. Of the various measures proposed, the creation of an emergency PC network stands out.


Asunto(s)
Humanos , Muerte , Servicio de Urgencia en Hospital
2.
Viana do Castelo; s.n; 20231004.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1516592

RESUMEN

A Medicina Intensiva apresenta um desenvolvimento marcante nas últimas décadas. Atualmente, vive-se mais tempo, sendo esta longevidade acompanhada de morbilidades que aumentam o número de internamentos hospitalares, particularmente em Serviço de Medicina Intensiva. Estes dois aspetos, além da natureza crítica da própria doença, levam a que os Serviços de Medicina Intensiva a nível mundial apresentem taxas de mortalidade elevadas. Os enfermeiros especialistas em Enfermagem Médico-cirúrgica, na área de Enfermagem à Pessoa em Situação Crítica procuram cuidar da pessoa/família a vivenciar processos complexos de doença crítica, nomeadamente nas perturbações emocionais daí resultantes, tais como a dignificação da morte e os processos de luto. No âmbito do VIII Curso de Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica, da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, realizou-se o Estágio de Natureza Profissional no Serviço de Medicina Intensiva Polivalente do Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga, no período compreendido entre 3 de outubro de 2022 e 31 de março de 2023. Este estágio revelou-se uma oportunidade para desenvolver diversas atividades, principalmente: no âmbito da prestação de cuidados à pessoa em situação crítica e família; da gestão e supervisão dos cuidados, adequação dos recursos humanos e materiais através do acompanhamento e colaboração do enfermeiro tutor; no diagnóstico de necessidades de formação e intervenção enquanto formador, através da elaboração de um póster sobre a (não) utilização de heparina na manutenção do cateter venoso central, contribuindo para a inovação da prática clínica; e no desenvolvimento de um estudo de investigação com base nas necessidades do serviço. O trabalho de investigação realizado procurou conhecer a opinião dos enfermeiros do serviço acerca dos cuidados prestados à pessoa em fim de vida no Serviço de Medicina Intensiva Polivalente. Para tal, realizou-se um estudo qualitativo descritivo e exploratório, com recurso à entrevista semiestruturada a 10 enfermeiros deste serviço, cuja análise de conteúdo foi realizada segundo o referencial de Bardin. O desenvolvimento deste trabalho permitiu efetuar um diagnóstico de situação e identificar as intervenções realizadas pelos enfermeiros neste contexto, aspetos facilitadores e dificultadores na prestação de cuidados à pessoa em fim de vida e família e identificar os contributos para a melhoria no atendimento. A prestação de cuidados de conforto, assente numa comunicação eficaz, controlo adequado de sintomas e trabalho em equipa, foram considerados fundamentais na prestação de cuidados à pessoa em fim de vida e família. Os enfermeiros consideraram ainda que a prestação de cuidados pode ser otimizada, com a implementação de várias medidas, nomeadamente a tomada de decisão em equipa, a abordagem da temática dos cuidados em fim de vida nas discussões de equipa, envolvimento do psicólogo na equipa multidisciplinar e formação na área. Assim, considera-se que este estudo pode servir como um ponto de partida para a melhoria progressiva da qualidade dos cuidados prestados à pessoa em fim de vida e família no Serviço de Medicina Intensiva. A realização do estágio permitiu o desenvolvimento de dois níveis de competências: Competências comuns, nomeadamente no domínio da responsabilidade profissional, ética e legal, no domínio da melhoria contínua da qualidade, no domínio da gestão dos cuidados e no domínio do desenvolvimento das aprendizagens profissionais; e Competências especificas no âmbito do cuidar da pessoa em situação crítica e família e na maximização da prevenção, intervenção e controlo de infeção. Todo este desenvolvimento foi sustentado na observação, na prática baseada na evidência mais recente, na partilha de experiências e no aperfeiçoar do pensamento crítico-reflexivo.


Intensive Care Medicine has undergone remarkable development in recent decades. Currently, people are living longer and this lifespan is accompanied by morbidities that increase the number of hospital admissions, particularly in Intensive Care Units. In addition to the critical nature of the disease, these two aspects lead to high mortality rates in Intensive Care Units worldwide. The specialist nurses in Medical-Surgical Nursing, in the area of Nursing the Person in Critical Condition, seek to care for the person/family experiencing complex processes of critical illness, namely in the resulting emotional disturbances, such as the dignification of death and mourning processes. Within the scope of the VIII Master's Degree Course in Medical-Surgical Nursing of the School of Health of the Polytechnic Institute of Viana do Castelo, a Professional Training Course was carried out at the Polyvalent Intensive Care Unit of the Entre o Douro e Vouga Hospital Centre between October 3, 2022 and March 31, 2023. This internship proved to be an opportunity to develop several activities, mainly: the provision of care to critically-ill patients and their families; the management and supervision of care, and the suitability of human and material resources through the monitoring and collaboration of the nurse tutor; the diagnosis of training needs and intervention in the role of trainer through the development of a poster on the (non-)use of heparin in the maintenance of the central venous catheter, thus contributing to the innovation of clinical practice; and the development of a research study based on the service needs. The research study aimed to identify the nurses' opinion about the care provided to the person at the end-of-life in the Polyvalent Intensive Care Unit. To this end, a qualitative descriptive and exploratory study was conducted using semi-structured interviews with 10 nurses of this service, whose content analysis was performed according to Bardin's framework. The development of this study allowed diagnosing the situation and identifying the interventions performed by nurses in this context, facilitating and hindering aspects in the provision of care to the person at the end-of-life and the family, as well as identifying the contributions to improved care. The provision of comfort care, supported on effective communication, adequate symptom control and teamwork were considered essential in the provision of care to the end-of-life person and family. Nurses also considered that the provision of care can be optimised with the implementation of various measures, namely team decision-making, addressing the topic of end-of-life care in team discussions, involving the psychologist in the multidisciplinary team, and training in this area. Therefore, it is considered that this study may serve as a starting point for the progressive improvement of the quality of care provided to the end-of-life patient and family in the Intensive Care Unit. Carrying out the internship allowed the development of two levels of skills: Common skills, namely in the field of professional, ethical and legal responsibility, in the field of continuous quality improvement, in the field of care management and in the field of developing professional learning; and Specific skills based on caring for people in critical situations and their families and maximizing prevention, intervention and infection control. All this development was based on observation, practice based on the latest evidence, sharing of experiences and improvement of critical-reflective thinking.


Asunto(s)
Cuidados Paliativos , Cuidado Terminal , Unidades de Cuidados Intensivos
3.
Coimbra; s.n; out 2023. 120 p. tab., ilus., graf..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1531693

RESUMEN

Cuidar do RN doente e sua família, quando este apresenta uma doença grave ou incurável é uma parte relevante do trabalho na UCIN. Segundo Longden (2011), a morte de um filho é descrita pelos pais como um evento único, complicado, stressante, dramático, profundo e disruptivo. No entanto, o luto parental pode ser influenciado por muitos fatores, uma vez que cada pai traz atributos únicos e inerentes às suas experiências, sendo que existem fatores extrínsecos que podem ser otimizados, pelo que é importante que todos os envolvidos tenham uma compreensão das necessidades e perspetivas parentais, de forma a oferecerem os cuidados mais adequados (Kane et al., 2011, Aschenbrenner et al., 2012, Widger et al., 2015 citado por Zimmermann et al., 2015). Assim, para oferecer cuidados adequados às crianças que estão em fim de vida, os profissionais de saúde precisam compreender a experiência da doença na perspetiva da família. Um questionário específico para as experiências de fim de vida e necessidades dos pais que perdem um filho é necessário para avaliar a qualidade percebida dos cuidados de fim de vida. Dado todos estes factos, decidimos utilizar o Parental PELICAN Questionnaire (PaPEQu), um questionário desenvolvido na Suíça para avaliar as experiências e necessidades dos pais, que visa fornecer uma ferramenta de avaliação da qualidade percebida pelos pais sobre cuidados em fim de vida neonatais centrados na família. Deste modo, definiu-se como objetivo fazer a tradução e adaptação cultural para uso do questionário em Portugal. Optou-se por um estudo de cariz metodológico que nos permitiu adaptar para a população portuguesa a PaPeQu (Parental Paediatric End-of-LIfe CAre Needs Questionnaire). Após o tradução e adaptação cultural do PaPEQu para a população portuguesa e analisando os resultados do estudo piloto com 15 pais, concluímos que será necessário privilegiar uma prestação de cuidados de fim de vida integrativos, para conseguirmos cuidar do RN e família perante a iminência da morte e apoiar a família a viver esta dolorosa transição, de forma tão tranquila e dignificante quanto possível. Há, também, uma necessidade inadiável de se investir na formação dos enfermeiros em Cuidados Paliativos Neonatais, sugerindo-se um maior investimento em investigação nesta vasta área, desbravando caminhos e desenvolvendo novo conhecimento.


Asunto(s)
Recién Nacido , Aflicción , Familia , Unidades de Cuidado Intensivo Neonatal , Enfermería Neonatal , Muerte
4.
Viana do Castelo; s.n; 20230925.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1512060

RESUMEN

Ao longo dos últimos anos, temos assistido a um aumento da esperança média de vida e o consequente envelhecimento populacional, aliados ao aumento da prevalência de doenças crónicas. Isto leva-nos a refletir sobre o fim de vida, e sobre a necessidade de conforto e qualidade de vida até ao último momento. Portanto, emerge a necessidade de Cuidados Paliativos (CP), que têm o objetivo o alívio do sofrimento físico, psicológico, social e espiritual, com base na identificação precoce e no tratamento rigoroso da dor e outros sintomas físicos, mas também psicossociais e espirituais, das pessoas que são portadoras de uma doença incurável e/ou grave, progressiva e avançada assim como as suas famílias ou pessoas significativas. Neste sentido, dando continuidade ao processo de aprendizagem, optou-se por realizar o estágio num serviço de cuidados paliativos de um hospital central com o objetivo de desenvolver competências comuns e específicas de enfermeiro especialista na área da enfermagem à pessoa em situação paliativa. O presente relatório do Estágio de Natureza Profissional contempla a descrição e análise critico-reflexiva das atividades realizadas e as competências adquiridas ao longo do mesmo. Para dar resposta aos objetivos propostos, das atividades desenvolvidas destacam-se o estudo de investigação, que se debruçou sobre a dimensão espiritual, ­concretamente sobre a Terapia da Dignidade (TD) no doente em cuidados paliativos. Neste sentido realizou-se uma scoping review, com o objetivo de mapear os efeitos da terapia da dignidade em doentes em cuidados paliativos. Os principais resultados mostram que esta terapia produz efeitos benéficos a nível espiritual, psi-emocional, físico, social e da própria qualidade de vida. Com este estudo percebeu-se que a TD tem efeitos bastante positivos no alívio do sofrimento do doente em situação de fim de vida pelo que pode ser considerada uma estratégia útil no âmbito dos cuidados paliativos tornando-os em cuidados cada vez mais dignos, humanizados e com um olhar holístico sobre o doente e a família. A nível do desenvolvimento de competências comuns, nomeadamente nas competências de gestão e formação, destacam-se nas atividades realizadas a elaboração de uma "Proposta de Protocolo de Apoio no Luto", e ainda à realização de duas formações "Dignidade em Fim de Vida" e "Apoio no Luto" dando resposta as necessidades da equipa e do serviço onde foi realizado o estágio. A nível do desenvolvimento de competências específicas, as atividades assentaram nas dimensões essenciais dos CP, nomeadamente: gestão de sintomas; comunicação; trabalho em equipa, apoio à família e apoio no luto, respeitando os princípios éticos, deontológicos e legais. Concluindo, verifica-se a necessidade de continuar a concetualizar e desenvolver cuidados paliativos especializados, nomeadamente pelo enfermeiro especialista em enfermagem à pessoa em situação paliativa, através da inclusão de estratégias sustentadas na melhor evidência, tais como a terapia da dignidade, e assim, proporcionar cuidados mais dignos ao doente e família, com o propósito de os ajudar a um melhor entendimento das formas de alívio de sofrimento na sua fase final de vida.


Over the last few years, we have witnessed an increase in life expectancy and the subsequent aging of the population, along with the rise in the prevalence of chronic diseases. This leads us to reflect on the end of life and the need for comfort and quality of life until the last moment. Thus, the need for palliative care arises. Palliative care's goal is the relief of physical pain, psychological, social and spiritual suffering for people diagnosed with an incurable and/or severe, progressive and advanced disease and their families or close friends. To achieve this, it uses early identification and rigorous treatment of pain and other physical, psychosocial and spiritual symptoms. In this sense, continuing the learning process, it was chosen to carry out the internship in a palliative care service at a central hospital aiming to develop common and specific specialist nurse skills in the field of nursing for individuals in palliative situations. This Professional Nature Internship report includes the description and critical-reflexive analysis of the activities carried out and the competencies acquired throughout the internship. To address the proposed objectives, among the activities carried out, the research study is highlighted, which focused on the spiritual dimension - specifically on Dignity Therapy (DT) in palliative care patients. In this regard, a scoping review was conducted aiming to map the effects of Dignity Therapy (DT) on patients in palliative care. The main findings show that this therapy has beneficial effects on the spiritual, psychosocial, physical, social, and overall quality of life aspects. Through this study, it was understood that DT has highly positive effects in relieving the suffering of patients in end-of-life situations, making it a valuable strategy within palliative care, which contributes to providing increasingly dignified, humanized care, with a holistic approach to the patient and their family. Regarding the development of common competencies, namely in management and training skills, the activities undertaken included the creation of a "Proposal for a Bereavement Support Protocol." Additionally, two training sessions were conducted on "Dignity at the End of Life" and "Bereavement Support," addressing the needs of the team and the service where the internship took place. Regarding the development of specific competencies, the activities focused on the essential dimensions of palliative care, including symptom management, communication, teamwork, family support, and bereavement support, adhering to ethical, deontological, and legal principles. In conclusion, there is a need to continue conceptualizing and developing specialized palliative care, particularly by the nurses specialized in nursing for individuals in palliative situations, through the incorporation of evidence-based strategies, such as dignity therapy, to provide more dignified care for patients and their families, aiming to help them better understand ways to alleviate suffering in their end-of-life phase.


Asunto(s)
Cuidados Paliativos , Cuidados Paliativos al Final de la Vida , Muerte , Respeto
5.
Viana do Castelo; s.n; 20230726.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1509888

RESUMEN

O aumento da esperança média de vida leva a que haja uma maior prevalência das doenças crónicas e degenerativas, tornando-se premente a mudança do paradigma do cuidar. Assumindo a inevitabilidade do fim de vida, é essencial que passemos a olhar para a multidimensionalidade da pessoa que é portadora de uma doença incurável e/ou grave, progressiva e avançada, focando-nos naquilo que é a promoção do conforto, do bem-estar e da qualidade de vida. É neste contexto que emergem os Cuidados Paliativos (CP) que têm o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas em situação paliativa e suas famílias, considerando-a como um ser biopsicossocial e espiritual. Quando a pessoa se depara com um diagnóstico sem perspetiva de cura, pode emergir o sofrimento espiritual, pela perda de sentido da vida, pelo que a abordagem da espiritualidade em CP é de grande relevo. Porém, a intervenção na dimensão da espiritualidade por parte dos profissionais de saúde, nomeadamente pelos enfermeiros em CP está, ainda, muito aquém daquilo que seria desejado. Neste sentido, optou-se por realizar o estágio num serviço de cuidados paliativos de um hospital central com o objetivo de desenvolver competências comuns e específicas de enfermeiro especialista na área da enfermagem à pessoa em situação paliativa. O presente relatório contempla a descrição e análise critico-reflexiva das atividades realizadas e as competências adquiridas ao longo do Estágio de Natureza Profissional relativas à avaliação e intervenção dos enfermeiros à pessoa em situação paliativa, dando ênfase especial à dimensão da espiritualidade. Das atividades e competências desenvolvidas destacam-se a realização de formação em contexto de trabalho subordinada ao tema "Espiritualidade em Cuidados Paliativos"; na área da gestão de cuidados destaca-se a realização de um projeto de intervenção designado por "Proposta de Parametrização em SClinico: A dimensão espiritual". Face à não satisfação das necessidades espirituais das pessoas em situação paliativa e famílias, realizou-se uma scoping review relativa às dificuldades dos enfermeiros no cuidar espiritual da pessoa em situação paliativa. No domínio do cuidar da pessoa em situação paliativa e família, sustentadas nas múltiplas atividades realizadas e experiências vividas, desenvolveram-se competências especializadas técnico-científicas, éticas e humanas atendendo às dimensões: comunicação, trabalho em equipa, gestão de sintomas e apoio familiar. Este relatório transparece a necessidade premente de se investir na formação base dos enfermeiros em cuidado espiritual, assim como as instituições de saúde necessitam de estar mais sensibilizadas para a importância da abordagem da dimensão espiritual das pessoas em situação paliativa e família.


The increase in average life expectancy leads to a higher prevalence of chronic and degenerative diseases, making it urgent to change the paradigm of care. Assuming the inevitability of the end of life, it is essential that we start looking at the multidimensionality of the person who has an incurable and/or serious, progressive and advanced disease, focusing on the promotion of comfort, well-being and the quality of life. It is in this context that Palliative Care (PC) emerges, which aims to improve the quality of life of people in a palliative situation and their families, considering them as a biopsychosocial and spiritual being. When the person faces a diagnosis with no prospect of cure, spiritual suffering can emerge, due to the loss of meaning in life, which is why the approach to spirituality in PC is of great importance. However, intervention in the dimension of spirituality by health professionals, more precisely by Palliative Care nurses, is still far below what would be desired. In this sense, it was decided to carry out the internship in a palliative care service of a central hospital with the objective of developing common and specific competences of a specialist nurse in the area of nursing for the person in a palliative situation. This report includes the description and critical-reflective analysis of the activities carried out and the skills acquired during the Professional Internship related to the assessment and intervention of nurses in palliative care, with special emphasis on the dimension of spirituality. Of the activities and competences developed, emphasis should be given to the work-related training on the theme "Spirituality in Palliative Care"; in the area of care management an intervention project called "Proposal for Parameterization in SClinico: The spiritual dimension" stands out. In view of the non-satisfaction of the spiritual needs of people in a palliative situation and their families, a scoping review was carried out regarding the nurses' difficulties in providing spiritual care for people in a palliative situation. In the field of caring for people in critical situations and their families, supported by the multiple activities carried out and lived experiences, specialized technical-scientific, ethical and human skills were developed, taking into account the dimensions: communication, teamwork, symptom management and family support. This report shows the urgent need to invest in the basic training of nurses in spiritual care, as well as health institutions need to be more aware of the importance of approaching the spiritual dimension, especially in sick people and families in Palliative Care.


Asunto(s)
Cuidados Paliativos , Cuidado Terminal , Espiritualidad
6.
Viana do Castelo; s.n; 20230726.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1510016

RESUMEN

O presente relatório surge da realização de um Estágio de Natureza Profissional (ENP) inserido no Mestrado em Enfermagem à Pessoa em Situação Paliativa. Pretende-se descrever, de modo crítico e reflexivo, o processo de aquisição e de desenvolvimento de competências especializadas em enfermagem médico-cirúrgica, na área de enfermagem à pessoa em situação paliativa nos domínios da prestação de cuidados, investigação, formação e gestão. O ENP desenvolveu-se numa unidade de cuidados paliativos, o que alertou para a importância da avaliação da perceção do sofrimento pela pessoa doente em cuidados paliativos. O sofrimento foi reconhecido como um conceito complexo, individual e abrangente, de compreensão premente, de forma a garantir uma intervenção mais eficaz da equipa interdisciplinar. Daí emergiu a problemática de investigação, optando-se pela realização de uma scoping review. No que respeita ao domínio da prestação de cuidados, considerou-se que este é de suma importância para a consolidação das competências especializadas nos cuidados à pessoa em situação paliativa. Foram integrados os quatro pilares dos cuidados paliativos o que facilitou a adequação do processo de cuidados às reais necessidades da pessoa doente e da sua família. Relativamente às atividades realizadas no domínio da formação, admite-se que estas contribuíram para o desenvolvimento de pensamento crítico e de juízo clínico, fundamentais para uma postura responsável e ativa, relevante para a dinamização de formação em serviço e para a adopção de uma praxis baseada em evidência. No que se refere ao domínio da gestão, assume-se a sua particular importância no seio das competências do enfermeiro especialista, já que cabe ao enfermeiro em posição de gestão, assumir a liderança, como elemento de referência da sua equipa, garantindo a melhoria contínua da qualidade dos cuidados à pessoa doente em cuidados paliativos, bem como do trabalho em equipa interdisciplinar. Da realização deste ENP, reconhece-se a relevância do papel do enfermeiro especialista nos cuidados à pessoa em situação paliativa numa unidade de cuidados paliativos, desde o processo de identificação das necessidades da família/ cuidadores, passando pelo planeamento e realização de intervenções ajustadas ao alívio do sofrimento, à promoção do conforto, de bem-estar e qualidade de vida. Salienta-se a importância da formação profissional especializada na área de enfermagem à pessoa em situação paliativa para o desenvolvimento e consolidação de competências, que representam a base para um caminho de aperfeiçoamento e adaptação permanente a um contexto em constante mudança.


This report was the result of a Professional Internship (PI) part of a Master's Degree in Nursing for the Person in Palliative Care Situation. It is intended to describe, in a critical and reflective way, the process of acquisition and development of specialized skills in medical-surgical nursing, in the area of the person in a palliative care situation, research, training and management fields. The PI was developed in a palliative care unit, which highlighted the importance of assessing the perception of suffering by the sick person in palliative care. Suffering was recognized as a complex, individual and comprehensive concept that needs to be understood, to guarantee a more effective intervention by the interdisciplinary team. The research problem emerged from there, opting to carry out a scoping review. The field of care was considered extremely important for the consolidation of specialized skills in palliative care. The four pillars of palliative care were integrated, providing a care plan adapted to the real needs of the sick person and his family. The training field contributed to the development of critical thinking and clinical judgment, central for a responsible and active attitude, relevant for the in-service training dynamization and for the adoption of an evidence-based practice. The management domain is indeed important to the specialist nurse competences, since the leadership role is up to the nurse in a management position, as a reference element of his team. This guarantees continuous improvement in the quality of care for the sick person in palliative care, as well as interdisciplinary teamwork. The relevance of the role of the specialist nurse in the palliative care unit is recognized in the process of identifying the needs of the family/caregivers, and in the planning and implementation of interventions adjusted to the suffering relief, promoting comfort, well-being and quality of life. The specialized professional training in palliative care nursing is essential for the development and consolidation of skills. This represents the basis for a path of improvement and permanent adaptation to a constantly changing context.


Asunto(s)
Dolor , Cuidados Paliativos , Cuidado Terminal , Distrés Psicológico
7.
Nursing (Ed. bras., Impr.) ; 26(300): 9661-9678, ju.2023. tab
Artículo en Inglés, Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1444535

RESUMEN

Objetivo: Mapear a evidência científica relativa às dificuldades dos enfermeiros no cuidar espiritual da pessoa em situação paliativa. Método: Estudo do tipo Scoping Review, com base nas recomendações PRISMA-ScR e do protocolo definido pelo Joanna Briggs Institute. Pesquisa em 4 bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), National Library of Medicine (PUBMED), Cummulative Index to Nursing and Allied Heath Literature (CINAHL) e Web of Science e considerados estudos dos últimos 5 anos. Resultado: Amostra final de 10 estudos. Foram identificadas várias dificuldades dos enfermeiros no cuidar espiritual da pessoa em situação paliativa, dos quais destacamos: falta de formação; falta de tempo; falta de reconhecimento; falta de confiança; evitamento; referenciação tardia; espiritualidade dos enfermeiros pouco desenvolvida; crenças diferentes. Conclusão: Foram identificadas múltiplas dificuldades sentidas pelos enfermeiros no cuidar espiritual, as quais passam quer por défices na formação, quer por défices organizacionais, quer por défices pessoais. (AU)


Objective: To map the scientific evidence concerning the difficulties faced by nurses in the spiritual care of palliative care patients. Method: Scoping Review, based on PRISMA-ScR recommendations and the protocol defined by the Joanna Briggs Institute. Search in 4 databases: Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS), National Library of Medicine (PUBMED), Cumulative Index to Nursing and Allied Heath Literature (CINAHL) and Web of Science and considered studies from the last 5 years. Result: Final sample of 10 studies. Several difficulties were identified among the nurses in the spiritual care of palliative patients, namely: lack of training; lack of time; lack of recognition; lack of trust; avoidance; late referral; nurses' spirituality underdeveloped; different beliefs. Conclusion: We identified multiple difficulties experienced by nurses in spiritual care, either due to deficits in training, organizational deficits, or personal deficits.(AU)


Mapear la evidencia científica sobre las dificultades experimentadas por las enfermeras en la atención espiritual de pacientes en cuidados paliativos. Método: Scoping Review, basado en las recomendaciones PRISMA-ScR y en el protocolo definido por el Instituto Joanna Briggs. Búsqueda en 4 bases de datos: Latin American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS), National Library of Medicine (PUBMED), Cumulative Index to Nursing and Allied Heath Literature (CINAHL) y Web of Science. Resultado: Muestra final de 10 estudios. Se identificaron varias dificultades entre las enfermeras en la atención espiritual de los pacientes paliativos, a saber: falta de formación; falta de tiempo; falta de reconocimiento; falta de confianza; evitación; derivación tardía; espiritualidad de las enfermeras poco desarrollada; creencias diferentes. Conclusión: Se identificaron múltiples dificultades experimentadas por las enfermeras en la atención espiritual, que pueden explicarse por déficits formativos, organizativos y personales.(AU)


Asunto(s)
Cuidados Paliativos , Cuidado Terminal , Enfermería , Espiritualidad , Empatía
8.
Viana do Castelo; s.n; 20230331. 140 p il., tab..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1435364

RESUMEN

Cuidar de uma pessoa em fim de vida é um desafio para os profissionais de saúde. Exige dos mesmos um esforço acrescido diariamente, para que consigam prestar os melhores cuidados, tendo em conta também, as suas necessidades e sentimentos. Para tal necessitam de um conjunto de competências técnicas científicas, humanas e também relacionais. O cuidar em fim de vida tem como principal objetivo o alívio de sofrimento, a manutenção da qualidade de vida que a pessoa considerar e a satisfação das suas necessidades. Assim surge a necessidade de realizar este estudo - Vivências dos Enfermeiros no Processo de Cuidar da Pessoa em Fim de Vida e sua Família. Tendo em conta a natureza da temática optou-se pela realização de um estudo de natureza qualitativo, do tipo exploratório-descritivo, com características fenomenológicas. Os participantes deste estudo são enfermeiros que trabalham numa unidade de cuidados continuados de longa duração, do concelho de Barcelos. Para a recolha de dados optamos pela entrevista semi-estruturada que foi realizada durante os meses de junho e julho de 2022. As referidas entrevistas foram analisadas segundo a técnica de análise de conteúdo de Laurence Bardin (2011). A maior parte dos entrevistados reconhece uma pessoa em fim de vida e as suas necessidades, destacando o conforto, o bem-estar e o controlo sintomático. No cuidar evidenciam essencialmente sentimentos de tristeza e impotência. Reconhecem que fatores como a aceitação do diagnóstico por parte da pessoa e família, assim como mantê-los a par de toda a situação clínica e o trabalho equipa, facilitam a sua intervenção. As estratégias de coping mais utilizadas por estes profissionais são a partilha de experiências e o distanciamento. Mais de metade dos profissionais refere que o cuidar de uma pessoa em fim de vida não tem impacto quer a nível pessoal, quer profissional. Uma parte refere existir implicações pessoais, familiares, mas também profissionais tais como a insegurança, o levar o trabalho para casa e ainda o desgaste sentimental e psicológico. Como sugestões para contribuir para uma melhor prestação de cuidados, quase todos os profissionais referem a necessidade de se investir na formação nesta área.


Caring for an end-of-life person is a challenge for health professionals. It requires an increased effort of them on a daily basis, so that they can provide the best care, also taking into account their needs and feelings. To do so, they need a set of scientific, human and also relational technical skills. End-of-life care has as main objective the relief of suffering, the maintenance of the quality of life that the person considers and the satisfaction of their needs. Thus, the need arises to carry out this study - Experiences of Nurses in the Process of Caring for the Person in The End of Life and their Family. Taking into account the nature of the theme, we chose to conduct a qualitative study, exploratorydescriptive, with phenomenological characteristics. The participants of this study are nurses working in a long-term continuing care unit in the municipality of Barcelos. For data collection, we opted for the semi-structured interview that was conducted during June and July 2022. These interviews were analyzed according to Laurence Bardin's content analysis technique (2011). Most respondents recognize an end-of-life person and their needs, highlighting comfort, well-being and symptomatic control. In caring they essentially show feelings of sadness and impotence. They recognize that factors such as the acceptance of the diagnosis by the person and family, as well as keeping them abreast of the entire clinical situation and teamwork, facilitate their intervention. The coping strategies most used by these professionals are the sharing of experiences and distancing. More than half of the professionals report that caring for an end-of-life person has no impact both on a personal and professional level. One part mentions that there are personal, family, but also professional implications such as insecurity, taking work home and even sentimental and psychological exhaustion. As suggestions to contribute to a better provision of care, almost all professionals mention the need to invest in training in this area.


Asunto(s)
Cuidado Terminal , Familia , Atención de Enfermería
9.
Porto; s.n; 20230216. tab..
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1443475

RESUMEN

Introdução: A pandemia causada pela Covid-19, impôs implicações, para os profissionais de saúde, pessoa e família em cuidados paliativos e fim de vida. Além do risco de contrair a doença houve necessidade de adotar políticas de isolamento que acabaram por alterar muitas das práticas dos cuidados paliativos e de fim de vida. O contacto e o toque afetuoso, entre a equipa multidisciplinar, a pessoa e a família em situação paliativa e fim de vida, o medo de contágio e o isolamento imposto, conduziram a pessoa em situação paliativa e de fim de vida a experienciar longos períodos de solidão. Objetivos: Este estudo teve como objetivo mapear e examinar as experiências e perceções vivenciadas pelos profissionais de saúde, as pessoas e as famílias em situação paliativa e fim de vida, durante a pandemia de Covid-19. Metodologia: A estratégia de busca visou encontrar estudos publicados desde 2020 até ao presente, que respondessem ao objetivo. As bases de dados pesquisadas incluíram a CINAHL Complete, PubMed, Scopus, SciELO, Cochrane Central Register of Controlled Trials, Psychology and Behavioral Sciences, MEDIClatina. O RCAAP foi usado para procurar literatura cinzenta (dissertações de mestrado e teses de doutoramento). Incluíram-se estudos publicados em inglês e português. A seleção dos estudos e a extração de dados realizou-se de forma cega por dois revisores e incluiu detalhes sobre objetivos do estudo, a caracterização dos estudos, métodos do estudo e resultados relevantes sobre as experiências/perceções vivenciadas durante a pandemia pela Covid-19. Os resultados não consensuais tiveram a análise de um terceiro revisor. As ferramentas e recursos da Joanna Briggs Institute (JBI) foram usados para meta-agregação, incluindo a criação de categorias para resultados sintetizados, alinhados com o objetivo da revisão. A scoping review foi registada na OSFHOME-z6agy-v1. Resultados/Conclusão: Vários aspetos foram percecionados pelos participantes, tais como, a gestão de sintomas, isolamento social, a ausência dos familiares no leito de morte e o luto, no entanto foi comum a todos os participantes a importância atribuída à comunicação entre a pessoa/família e profissionais de saúde. Salientaram ainda as novas tecnologias na prestação dos cuidados. Assim, é notória a importância dos Cuidados Paliativos em contexto pandémico, levando a reforçar a necessidade de especializar profissionais nesta área para dar resposta às necessidade dos doentes e família, mas também para dotar os próprios profissionais de saúde com as ferramentas de trabalho necessárias.


Background: The Covid-19 pandemic caused issues and difficulties to the palliative care professionals, patients and their families. In addition to the risk of contracting the disease, many palliative and end-of-life care practices changed due to the need of creating isolation policies that helped mitigate the spread of the virus. The loss of care proximity and touch deprivation triggered, either from the fear of being infected or from the isolations rules, made the patients experience long periods of loneliness and fearfulness. Aim: Identify and summarize the experiences lived by the palliative healthcare professionals, end-of-life and palliative patients and their families. Method: The search strategy aimed to find studies published from 2020 to the present that met the objective. Databases to be searched include CINAHL Complete, PubMed, Scopus, SciELO, Cochrane Central Register of Controlled Trials, Psychology and Behavioral Sciences, MEDIClatina. The RCAAP was used to search for gray literature (master's dissertations and doctoral theses). Studies published in English and Portuguese were included. The selection of studies and data extraction was performed blindly by two reviewers and included details on study objectives, study characterization, study methods, and relevant results about the experiences/perceptions experienced during the Covid-19 pandemic. Non-consensual results were analyzed by a third reviewer. Joanna Briggs Institute (JBI) tools and resources were used for meta-aggregation, including creating categories for synthesized results, aligned with the purpose of the review. The scoping review was registered in OSFHOME-z6agy-v1. Results/Conclusions: Several aspects were perceived by the participants, such as symptom management, social isolation and absence of family members to say goodbye to their loveones. However, the importance attributed to communication between the person/famlily or palliative care professionals is common to all participants. They also emphasized the use of new technologies in the provision of care. It is evidente the importance of the Palliative Care in the Covid-19 pandemic, reforcing the idea that is necessary specialize the professionals in this context to answer to the needs of the patients and their families, but also to equip the professionals with the needed tools.

10.
Investig. enferm ; 25: 1-11, 20230000. a.1Tab b: 1 ilus
Artículo en Español | LILACS, BDENF - Enfermería, COLNAL | ID: biblio-1517448

RESUMEN

Introducción: los cuidados al final de la vida en la Unidad de Cuidado Intensivo (UCI) están orientados a ofrecer atención a la persona que está cerca del final su vida, su objetivo es aliviar el sufrimiento y atender sus necesidades mentales, emocionales y espirituales. Objetivo: identificar los cuidados al final de la vida del paciente adulto en las UCI. Metodología: se realizó una revisión de literatura tipo scoping review, siguiendo el PRISMA-ScR. Se hizo la búsqueda de artículos en español, inglés y portugués en 16 bases de datos durante el periodo 2001-2022. La extracción y selección de datos se realizó con la herramienta web Rayyan. Finalmente, se seleccionaron 35 artículos. Resultados: el idioma predominante de los artículos seleccionados fue inglés (82 %), y el país de mayor procedencia fue Estados Unidos (31 %). Los resultados se presentaron en tres temáticas: a) cuidados al paciente, b) cuidados a la familia, y c) percepciones del personal de salud. Conclusiones: se encontró que los cuidados al final de la vida que más se reportan son el uso de fármacos como morfina, midazolam y lorazepam, así como la comunicación temprana entre el personal de salud, el paciente y su familia. Dentro de los cuidados, enfermería tiene un rol muy importante, pues esta brinda la atención de manera holística, al ser orientadora y educadora y al dar acompañamiento integral a la familia durante y después del proceso del final de vida.


Introduction: End-of-life care in the Intensive Care Unit (ICU) is aimed at offering care to the person who is near the end of their life, and its objective is to alleviate suffering and attend to mental, emotional and spiritual needs. Objective: Identify end-of-life care for adult patients in ICUs. Method: Scoping review of the literature was carried out following the PRISMA-ScR. A search was made for articles in Spanish, English and Portuguese in 16 databases during the period 2001-2022. The extraction and selection of data were carried out using the Rayyan web tool. Finally, 35 articles were selected. Results: The predominant language of the selected articles was English (82 %), and the country of origin was United States (31 %). The results were presented in three categories: a) patient care, b) family care, and c) perceptions of health personnel. Conclusions: The most reported end-of-life care is the use of drugs such as morphine, midazolam and lorazepam, as well as early communication between health personnel, patients and their families. Within care, nursing has a very important role, since it provides care in a holistic way, being a guide and educator, and providing comprehensive support to the family during and after the end-of-life process.


Introdução: os cuidados de fim de vida na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) visam oferecer cuidados à pessoa que se aproxima do fim da vida, e cujo objetivo é aliviar o sofrimento e atender às suas necessidades mentais, emocionais e espirituais. Objetivo: identificar os cuidados de fim de vida para pacientes adultos em UTI. Método: foi realizada uma scoping review da literatura seguindo o PRISMA-ScR. Foi feita uma busca de artigos em espanhol, inglês e português em 16 bases de dados durante o período 2001-2022. A extração e seleção de dados foi realizada usando a ferramenta web Rayyan. Ao final, foram selecionados 35 artigos. Resultados: o idioma predominante dos artigos selecionados foi o inglês (82 %) e o país de maior procedência foram os Estados Unidos (31 %). Os resultados foram apresentados em três temas: a) assistência ao paciente, b) assistência à família ec) percepções do pessoal de saúde. Conclusões: constatou-se que os cuidados de fim de vida mais relatados são o uso de medicamentos como morfina, midazolam e lorazepam, bem como a comunicação precoce entre profissionais de saúde, pacientes e seus familiares. No cuidado, a enfermagem tem um papel muito importante, pois presta cuidados de forma holística, sendo orientadora e educadora, e dando suporte integral à família durante e após o processo de terminalidade da vida.


Asunto(s)
Humanos
11.
Lisboa; s.n; 2023.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1519201

RESUMEN

O aumento da espectativa de vida, a evolução social e científica, tem colocado a morte como algo a "combater". No entanto, cada vez mais, os profissionais de saúde se deparam com a necessidade de cuidar de pessoas em situação crítica em processo de fim de vida, com a com o qual se sentem pouco preparados, pela dificuldade na limitação de intervenções do foro curativo e a sua substituição por cuidados em fim de vida que preservem a dignidade e promovam o conforto. Surge assim um apelo à enfermagem, na medida em que, como ciência, se tem vindo a assumir com um cariz diferenciado e complexo, exigindo aos enfermeiros que estejam dotados de competências mais específicas e complexas de forma a dar resposta à multidimensionalidade da pessoa crítica e em fim de vida. O papel competente e especializado do enfermeiro, na abordagem à pessoa em situação crítica (PSC) em fim de vida, é um ponto fulcral para o reconhecimento de que intervenções paliativas podem e devem existir em cenários de cuidados intensivos, necessitando de um exercício de julgamento clínico, em situações que são ambíguas e frequentemente repletas de conflitos de valor. O presente relatório teve como objetivo geral desenvolver competências especializadas de enfermagem na prestação de cuidados à PSC em fim de vida, tendo por base as atividades elaboradas em contexto hospitalar, desenvolvidas numa Unidade de Cuidados Paliativos (UCP), Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e Serviço de Urgência (SU). Toda a prática produzida em contexto de estágio foi sustentada e analisada com base na evidência científica assim como através dos referenciais teóricos Technological Competency as Caring in Nursing, de Rozzano Locsin e da Teoria do Conforto de Kolcaba, e do modelo de Dreyfus aplicado à enfermagem por Benner para o desenvolvimento de competências profissionais. A experiência resultante deste processo possibilitou mobilizar e adquirir novos conhecimentos teóricos, consolidar competências comunicacionais e relacionais e reforçar o raciocínio crítico-reflexivo dos 10 cuidados prestados, desenvolvendo competências de mestre especializadas no cuidar à PSC. O percurso formativo permitiu a mobilização do conhecimento adquirido com base na constante problematização, observando a PSC como um todo, proporcionando o meu crescimento profissional e traduzindo-se na melhoria da qualidade dos cuidados prestados.


The increase in life expectancy, social and scientific evolution, has placed death as something to "fight". However, more and more, health professionals are faced with the need to care for people in a critical condition at the end of life, with which they feel unprepared, due to the difficulty in limiting curative interventions and its replacement by end-of-life care that preserves dignity and promotes comfort. Thus, there is an appeal to nursing, insofar as, as a science, it has been assuming a differentiated and complex nature, requiring nurses to be equipped with more specific and complex skills in order to respond to the multidimensionality of the critical person and at end of life. The competent and specialized role of the nurse, in approaching the person in a critical condition at the end of life, is a key point for the recognition that palliative interventions can and should exist in intensive care settings, requiring an exercise of judgment clinical, in situations that are ambiguous and often fraught with value conflicts. The general objective of this report was to develop specialized nursing skills in the provision of end-of-life critical condition person care, based on activities carried out in a hospital context, developed in a Palliative Care Unit (PCU), Intensive Care Unit (ICU) and Emergency Service (SU). All practice produced in the internship context was supported and analyzed based on scientific evidence as well as through the theoretical references Technological Competency as Caring in Nursing, by Rozzano Locsin and Kolcaba's Theory of Comfort, and the Dreyfus model applied to nursing by Benner for the development of professional skills. The experience resulting from this process made it possible to mobilize and acquire new theoretical knowledge, consolidate communication and relational skills and reinforce critical-reflective reasoning in the care provided, developing specialized master's skills in caring for the critical condition person. The training path allowed for the mobilization of knowledge acquired based on constant problematization, observing the critical condition person as a whole, providing my professional growth and translating into the improvement of the quality of care provided.


Asunto(s)
Cuidados Paliativos al Final de la Vida , Enfermería de Cuidados Críticos , Unidades de Cuidados Intensivos
12.
Lisboa; s.n; 2023.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1519185

RESUMEN

O presente relatório foi desenvolvido no âmbito da unidade curricular de estágio com relatório do 3º semestre do 12º Curso de Mestrado/Especialidade em Enfermagem Médico-Cirúrgica na vertente de Enfermagem Oncológica. Exercendo funções num Serviço de Otorrinolaringologia e, contatando diariamente com pessoas com CCP, verifico, após reflexão pessoal, que esta população sofre um enorme impacto no seu conforto, em particular, no fim de vida, sendo uma perceção igualmente partilhada pelos colegas do serviço. Além disso, a equipa de enfermagem refere sentir dificuldades na prestação de cuidados promotores do conforto, nomeadamente, no controlo de sintomas do foro físico, psicológico, social e espiritual a esta população e sua família. Deste modo, com a elaboração deste relatório, pretendo demonstrar o processo de desenvolvimento de competências de enfermeiro especialista na intervenção de enfermagem à pessoa com CCP em fim de vida e sua família, contribuir para a melhoria da qualidade dos cuidados prestados e promover o seuconforto. Sustentada na metodologia de projeto, realizei três estágios onde, nos dois primeiros, potenciou-se um processo de desenvolvimento de competências técnicas, relacionais e pessoais para o cuidar da pessoa em fim de vida. No último estágio, apliquei o que foi desenvolvido em termos de competências de enfermeiro especialista bem como capacitei a equipa de enfermagem através da realização de duas formações onde foram apresentadas as intervenções de enfermagem promotoras do conforto à pessoa com CCP em fim de vida e família, conteúdos acedidos através da revisão da literatura e observação da prática de cuidados. Foram ainda elaborados e apresentados um guia orientador de cuidados dirigido aos enfermeiros do Serviço de ORL que será uma ferramenta chave para a prática bem como um protocolo de articulação com a EIHSCP que permitirá estruturar a resposta às necessidades de cuidados paliativos da pessoa com CCP através da parceria entre as equipas de enfermagem dos Serviços ORL ­ internamento e da EIHSCP, sendo que ambos irãopotenciar uma resposta mais precoce e de qualidade pela equipa de enfermagem e contribuir para a promoção do conforto da pessoa em fim de vida e família.


This report was developed within the internship curricular unit with report of the 3rd semester of the 12th Course of Master/Specialty in Medical-Surgical Nursing in the Oncological Nursing field. Performing functions in an Otorhinolaryngologist Service and contacting daily with CCP patients, I verified after a personal reflection, that this population suffers an enormous impact in its comfort, particularly, in the end of life. This perception is equally shared by the co-workers. Furthermore, the nursing team refers to have difficulties in the provision of care that maximize comfort, namely the control of symptoms of the physical, psychological, social and spiritual forum to this population and its family. This way, with the elaboration of this report, I intend to demonstrate the development process of skills of a specialist nurse in the nursing intervention to the person with CCP in end of life and its family, contributing to the improvement of the quality of the provided care and promotion of their comfort. Supported by the project methodology, three internships were made where, in the first two, it was strengthened a development process of technical, relationship and personal skills to the care of a person in end of life. In the last internship, I applied what was developed in terms of skills of specialist nurse as well as I enabled the nursing team through two trainings where it was disclosed the nursing interventions promoters of comfort to the person with CCP in end of life and family, contents assessed through the literature review and observation of practical cares. It was also made and presented a guiding guide of cares addressed to the nurses of the ORL Service which will be a key tool for the practicing as well as an articulation protocol with the EIHSCP, which will allow to organize the answer to the needs of palliative care of the person with CCP through the partnership between the nursing teams of the ORL Services ­ internment and the EIHSCP, both of which will potentiate an earlier and with more quality action by the nursing team as well as promote the comfort of the person in end of life and its family.


Asunto(s)
Enfermería de Cuidados Paliativos al Final de la Vida , Neoplasias de Cabeza y Cuello/enfermería , Comodidad del Paciente
13.
Rev. bioét. (Impr.) ; 30(3): 525-533, jul.-set. 2022. tab
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-1407270

RESUMEN

Resumo O planejamento antecipado de cuidados é um processo de discussões entre profissionais de saúde e pacientes que permite a tomada de decisão compartilhada quanto a objetivos de cuidados de saúde, atuais e/ou futuros, com base nos desejos e valores do paciente e em questões técnicas do cuidado. É considerado fundamental na prestação de cuidados de excelência em fim de vida, permitindo que profissionais de saúde alinhem os cuidados prestados com o que é mais importante para o paciente. Apesar de seus benefícios, ainda é muito pouco realizado na prática clínica, especialmente no Brasil. Considerando a necessidade de guias práticos de planejamento antecipado de cuidados adaptados à realidade brasileira, pautados em estratégias de comunicação empática, este estudo é uma proposta de guia baseada em revisão integrativa da literatura (PubMed e SciELO), com recomendações de evidências atuais, incluindo instrumentos validados para o português (Brasil), para facilitar sua implementação na prática clínica.


Abstract Advance care planning is a process of discussion between healthcare professionals and patients that enables shared decision-making on current and/or future healthcare goals, based on patients' desires and values and technical care issues. Advance care is considered essential in the provision of quality terminal care, allowing healthcare professionals to align the care provided with what is most important to the patient. Despite its benefits, it is still underused in clinical practice, especially in Brazil. Considering the need for practical guides for advance care planning adapted to the Brazilian reality, drawing on empathetic communication strategies, this study is a guide proposal based on an integrative literature review (PubMed and SciELO), with recommendations of current evidence, including instruments validated for Portuguese (Brazil), to facilitate its implementation in clinical practice.


Resumen La planificación anticipada de atención es un proceso de discusión entre los profesionales de la salud y los pacientes que permite la toma de decisiones relacionadas a los objetivos de atención médica actuales y/o futuros, basadas en los deseos y valores del paciente y en cuestiones técnicas de la atención. Resulta ser una apropiada atención terminal, ya que estos profesionales pueden adecuar la atención con los deseos del paciente. Pese a sus beneficios, es poco realizada en la práctica clínica, especialmente en Brasil. Dada la necesidad de guías prácticas para la planificación anticipada de atención, adaptadas a la realidad brasileña y basadas en estrategias comunicativas empáticas, este estudio propone una guía a partir de una revisión integradora de la literatura (PubMed y SciELO), con recomendaciones de evidencia actual, incluidos instrumentos validados para el portugués brasileño para facilitar su aplicación en la práctica clínica.


Asunto(s)
Cuidados Paliativos , Cuidado Terminal , Brasil , Personal de Salud , Comunicación , Atención Médica , Planificación Anticipada de Atención , Toma de Decisiones Conjunta
14.
Rev. cienc. salud (Bogotá) ; 20(1): 1-15, ene.-abr. 2022. tab
Artículo en Inglés | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1367560

RESUMEN

Introduction: Qualified end-of-life care remains an international challenge. The frequent use of terms such as "Palliative Care" and "end of life" has certain implications on the prognosis of the patient and in determining effective decision-making related to appropriate care. However, is such terminology commonly used in the literature? However, whether such terminology is commonly used in literature remains unknown. The objetive was verify the terms used in the Brazilian and international scientific literature on palliative practice in the final stage of life and to describe the terminological understanding based on its usage characteristics. Materials and methods: Studies from the lilacs and Pubmed databases published from 2012 to 2017 using the descriptors "end of life," "terminal stage," "Palliative Care," and "Hospice care" were included in this exploratory systematic review. Results: Ten articles were selected out of a total of 1909. A prevalence of American medical studies with heterogeneous methodological con-tent that presented diverse conceptual proposals was identified. Conclusion: The analysis of these articles reinforced the need to work on the conceptual dissemination of palliative care with an emphasis on the implications of the use of this approach only at the end of life, which hinders the process of improving the quality of care at the time of death


Introducción: la asistencia cualificada en el fin de la vida todavía es un desafío internacional. El uso frecuente de términos como cuidados paliativos y fin de la vida tienen implicaciones en el pronóstico del paciente y en la toma de decisiones efectiva para la oferta de cuidado adecuado. Pero, ¿su comprensión terminológica es de uso común en la literatura? El objetivo fue emplear los términos utilizados en la literatura científica nacional brasileña e internacional sobre la práctica paliativa en la fase final de la vida y describir la comprensión terminológica relacionada por sus características de uso. Materiales y métodos: revisión sistemática exploratoria en las bases de datos lilacs y Pubmed, en el periodo de 2012 a 2017, empleando los descriptores "final de vida", "fase terminal", "cuidados paliativos" y "cuidados en hospice". Resultados: fueron encontrados 1909 artículos y seleccionados 10. Se identificó una prevalencia de estudios médicos norteamericanos, con un contenido metodológico heterogéneo, que presentaron propuestas conceptuales diversificadas. Conclusión: los artículos analizados reforzaron la necesidad de trabajar en la diseminación conceptual de los cuidados paliativos, detallando las implicaciones de la asociación a abordaje apenas, al final de la vida, factor que dificulta el proceso de mejoría en la calidad de la asistencia en la muerte


Introdução: a assistência qualificada ao fim da vida ainda é um desafio internacional. O uso frequente de termos como "cuidados paliativos", "fim de vida" tem implicações no prognóstico do paciente e na efetiva tomada de decisão para a prestação de cuidados adequados. Mas o seu entendimento terminoló-gico é de uso comum na literatura? O objetivo era verificar o emprego dos termos utilizados na literatura científica nacional brasileira e internacional sobre prática paliativa na fase final da vida e descrever a compreensão terminológica relacionada às suas características de uso. Materiais e métodos: revisão sis-temática exploratória nas bases de dados lilacs e Pubmed, no período de 2012 a 2017, utilizando os des-critores "fim de vida", "fase terminal", "cuidados paliativos" e "cuidados em hospice". Resultados: foram encontrados 1909 artigos e 10 foram selecionados, identificou-se um predomínio de estudos médicos norte-americanos, com conteúdo metodológico heterogêneo e que apresentavam propostas conceituais diversificadas. Conclusão: os artigos analisados reforçam a necessidade de se trabalhar a disseminação conceitual dos cuidados paliativos, detalhando as implicações da associação para abordagem apenas no final da vida, fator que dificulta o processo de melhoria da qualidade do cuidado no fim da vida


Asunto(s)
Humanos , Cuidados Paliativos , Calidad de la Atención de Salud , Cuidado Terminal , Muerte
15.
Rev. latinoam. bioét ; 21(2): 127-142, jul.-dic. 2021.
Artículo en Portugués | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1361040

RESUMEN

Resumo: O presente artigo, por meio de pesquisa teórica de natureza exploratória, aborda como o direito de morrer é tratado no ordenamento jurídico brasileiro; assim, destaca suas principais nomenclaturas, a saber: distanásia, ortotanásia, cuidados paliativos, diretivas antecipadas de vontade e morte medicamente assistida. Destarte, o objetivo principal é tratar da interrupção voluntária de comer e beber, como possibilidade de antecipar a morte e, por conseguinte, discutir se é um meio viável ou não para se alcançar uma morte digna. Ressalta-se que o procedimento não está previsto de forma explícita nas normas brasileiras e inexistem pesquisas sobre a sua legitimidade no ordenamento pátrio como meio de se alcançar a morte digna, razão pela qual o presente artigo se justifica.


Abstract: Through theoretical research of an exploratory nature, this article addresses how the right to die is treated in the Brazilian legal system; thus, it highlights its main nomenclatures: dysthanasia, orthothanasia, palliative care, advance directives of will, and medically assisted death. The primary purpose is to deal with the voluntary interruption of eating and drinking as a possibility to hasten death and, therefore, discuss whether it is a viable means to have a dignified death. We emphasize that the procedure is not explicitly provided for in the Brazilian regulations and that there are no studies into its legitimacy as a means to achieve a dignified death in the national system, which justifies this article.


Resumen: El presente artículo, mediante investigación teórica de naturaleza exploratoria, aborda cómo el derecho de morir es tratado en el ordenamiento jurídico brasileño; así, destaca sus principales nomenclaturas: distanasia, ortotanasia, cuidados paliativos, directivas anticipadas de voluntad y muerte médicamente asistida. De este modo, el propósito principal es ocuparse de la interrupción voluntaria de comer y beber, como posibilidad de adelantar la muerte y, por ende, discutir si es un medio viable o no para lograr una muerte digna. Se resalta que el procedimiento no está previsto de forma explícita en las normas brasileñas y no existen investigaciones sobre su legitimidad en el ordenamiento patrio como medio de alcanzar la muerte digna, por lo cual el artículo se justifica.

16.
Artículo en Español | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1506200

RESUMEN

Introducción: La ley número 18473 de voluntades anticipadas fue promulgada en Uruguay en el año 2009, reglamentándose cuatro años después. Esto evidencia una propensión hacia la autonomía y la planificación del futuro de los enfermos. Objetivo: Determinar el conocimiento por parte de los profesionales de la salud en cuanto a la ley, su empleo en la clínica y acceso al formulario de voluntades anticipadas. Método: Investigación descriptiva, mediante una encuesta anónima a médicos uruguayos generales y especialistas en actividad, enviada por redes sociales. Resultados: Se obtuvieron 363 respuestas, con un 97 % de profesionales que atendían enfermos, un 79,5 % no habían extendido el documento y más del 50 % no tenía conocimiento de la ley. Conclusión: El conocimiento sobre las voluntades anticipadas en el cuerpo médico uruguayo es escaso y es aún más su aplicación a los pacientes.


Introdução: A lei número 18473 sobre diretrizes antecipadas foi promulgada no Uruguai em 2009, sendo regulamentada quatro anos mais tarde. Isto é uma evidência da propensão para a autonomia e o planejamento do futuro dos pacientes. Objetivo: Determinar o conhecimento da lei por parte dos profissionais de saúde, seu uso na clínica e o acesso ao formulário de diretrizes antecipadas. Método: Pesquisa descritiva, utilizando uma pesquisa anônima de clínicos gerais uruguaios e especialistas em atividade, enviada através de redes sociais. Resultados: Foram obtidas 363 respostas: sendo 97 % dos respondentes eram profissionais que estavam atendendo pacientes, 79,5 % não tinham emitido o documento e mais de 50 % desconheciam a lei. Conclusão: O conhecimento das diretrizes antecipadas na profissão médica uruguaia é escasso, e sua aplicação aos pacientes é ainda mais escassa.


Introduction: Law number 18473 on advance directives was enacted in Uruguay in 2009, being regulated four years later. This shows a propensity towards autonomy and planning for the future of patients. Objective: To determine health professionals' knowledge of the law, its use in the clinic and access to the advance directives form. Method: Descriptive research, by means of an anonymous survey of Uruguayan general practitioners and specialists in activity, sent through social networks. Results: 363 responses were obtained, with 97 % of the professionals who were attending patients, 79.5 % had not issued the document and more than 50 % were unaware of the law. Conclusion: Knowledge of advance directives in the Uruguayan medical profession is scarce and its application to patients is even scarcer.

17.
Bragança; s.n; 20190000. ilus, tab.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1222931

RESUMEN

A dimensão espiritual uma vertente da existência humana tornando-se o núcleo central da sua identidade, abrangendo a relação consigo mesmo, com os outros, com um Ser Supremo (Deus), ou a Vida ou a Natureza e com o ambiente na sua globalidade. A espiritualidade abrange sentimentos, significados e propósitos para a existência do homem ao longo do seu percurso de vida. A dimensão da importância no apoio aos doentes, sobretudo em fase terminal, para efetivarem a sua derradeira caminhada. Objetivo: estudar a importância da dimensão da espiritualidade do doente em fim de vida. Metodologia: estudo qualitativo, por meio de uma Revisão Integrativa da Literatura (RIL) em que foram abordados 25 estudos. Resultados: Os profissionais de saúde reconhecem o cuidado espiritual como primordial no doente em fim de vida e de abordagem necessária. No entanto referem dificuldades, chegando mesmo a evita-lo por meio da comunicação. São apontados como entraves ao mesmo cuidado a influência das suas próprias crenças, a falta de preparação, a falta de tempo ou privacidade. Chegando mesmo a atribuir este cuidado à jurisdição de outros profissionais. Conclusão: A espiritualidade ajuda o doente a reconhecer a possibilidade de morte assumindo-a como parte integrante da sua existência. Os doentes e família esperam dos profissionais da área da saúde que esta dimensão do ser humano seja abordada com profissionalismo, levando à constatação de que as relações entre espiritualidade e cuidados de saúde estão na ordem do dia das pesquisas nesta área do conhecimento.


La dimensión espiritual es una vertiente de la existencia humana que se convierte en el núcleo central de su identidad, abarcando la relación consigo mismo, con los demás, con un Ser Supremo (Dios), con la Vida o la Naturaleza y con el ambiente en su totalidad. La espiritualidad abarca sentimientos, significados y propósitos para la existencia del hombre a lo largo de su recorrido de vida. La dimensión de la espiritualidad es de gran importancia en el apoyo a los enfermos, sobre todo en fases terminales a efectuar su última caminata. Objetivo: estudiar la importancia de la dimensión de la espiritualidad del enfermo al final de la vida. Metodología: estudio cualitativo, por medio de una Revisión Integrativa de la Literatura en la que se abordaron 25 artículos. Resultados: Los profesionales de la salud reconocen el cuidado espiritual como primordial y necesario en el paciente al final de su vida útil. Sin embargo, refieren dificultades, llegando incluso a evitarlo por medio de la comunicación. Se señalan como obstáculos al mismo cuidado la influencia de sus propias creencias, la falta de preparación, la falta de tiempo o la privacidad. Llegando mismo a atribuir este cuidado a la jurisdicción de otros profesionales. Conclusión: La espiritualidad ayuda al enfermo a reconocer la posibilidad de muerte asumiendo como parte integrante de su existencia. Los pacientes y la familia esperan de los profesionales del área de la salud que esta dimensión del ser humano sea abordada con profesionalismo, llevando a que se constata que las relaciones entre espiritualidad y atención de salud están en el orden del día de las investigaciones en esta área del conocimiento.


Asunto(s)
Humanos , Espiritualidad
18.
Viana do castelo; s.n; 20190000.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1224059

RESUMEN

A inversão da pirâmide etária é uma realidade efetiva, presente nas últimas décadas em toda a Europa. Este fenómeno traz como repercussões, o aumento da população idosa e o consequente aumento das doenças crónicas, evolutivas e terminais, com impacto na organização dos sistemas de saúde e na constituição de recursos destinados a este tipo de doentes. Sob este prisma, os CP têm vindo assumir-se como uma abordagem que visa a prevenção do sofrimento multidimensional e que integram o processo de morrer na vida, tendo sempre como objetivo principal o bem-estar e qualidade de vida da pessoa doente e família, de forma a proteger a sua dignidade. O Conselho da Europa reconhece que existem deficiências no apoio/assistência a quem enfrenta a terminalidade da vida, recomendando uma maior atenção para as condições de vida de quem enfrenta esta última etapa da vida, e para a necessidade de se oferecer a estes doentes cuidados humanos em ambientes acolhedores que promovam a proteção da dignidade na fase final de vida. Como tal, é fundamental a existência de recursos específicos que deem resposta às necessidades globais do doente e família de forma efetiva através de uma abordagem multimodal. Assim, é fundamental que todo o cidadão tenha acesso aos cuidados paliativos e para isso torna-se necessário que haja mais estruturas em cuidados paliativos, quer seja em sistemas públicos ou privados. Neste sentido, o principal objetivo deste Trabalho de Projeto é a implementação de uma unidade de cuidados paliativos numa estrutura de saúde privada em Paris, de modo a dar resposta aos doentes com doença crónica, evolutiva e terminal da região. Para isto, utilizou-se a Metodologia de Projeto, uma vez que esta é uma metodologia centrada no estudo de problemas, com o intuito de contribuir para o desenvolvimento da prestação de cuidados paliativos com competência, assegurando a eficácia, eficiência a adequação a segurança, equidade e a satisfação. Para a concretização deste Trabalho de Projeto passamos por várias fases, tais como: diagnóstico de situação, definição dos objetivos, e planeamento da implementação da Unidade de Cuidados Paliativos.


The inversion of the age pyramid is an effective reality, present in the last decades throughout Europe. This phenomenon results in an increase in the elderly population and the consequent increase in chronic, evolutionary and terminal diseases, with an impact on the organization of health systems and the constitution of resources for this type of patient. In this light, the palliative care have become an approach that aims to prevent multidimensional suffering and that integrate the process of dying in life, always having as main objective the well-being and quality of life of the sick person and family, in order to protect their dignity. The Council of Europe recognizes that there are shortcomings in the support/care of those facing life termination by recommending greater attention to the living conditions of those facing the latter stage of life and to the need to provide these patients with human care in peaceful environments that promote the protection of dignity in the final stage of life. As such, it is crucial to have specific resources that effectively address the overall needs of the patient and family through a multimodal approach. Therefore, it's fundamental that all citizens have access to palliative care and for this it's necessary that there be more structures in palliative care, whether in public or private systems. In this sense, the main objective of this Project Work is the implementation of a palliative care unit in a private health structure in Paris, in order to respond to the needs of the patients with chronic, evolutionary and terminal disease in the region. To accomplish this, the Project Methodology was used, because this is a methodology focused on the study of problems, with the purpose of contributing to the development of the palliative care and favouring the effectiveness of the care provided. For the accomplishment of this Project Work we went through several phases, such as: diagnosis of situation, definition of objectives, and planning of the implementation of the Palliative Care Unit.


Asunto(s)
Cuidados Paliativos , Enfermedad Crónica , Enfermo Terminal
19.
Viana do Castelo; s.n; 20190000.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1224058

RESUMEN

Preservar a dignidade da pessoa no fim de vida, implica que se assegure uma boa gestão de sintomas, evitando as crises que podem agravar a qualidade de vida do doente, e consequentemente, ter repercussões negativas no seio familiar. Neste sentido, o acesso da pessoa em fim de vida aos cuidados paliativos é um direito e uma obrigação legal, como é reconhecida pelas convenções das Nações Unidas. É também, hoje reconhecido, que é condição imprescindível que os profissionais de saúde saibam realizar uma boa gestão de sintomas, focando o seu processo de cuidados numa abordagem multidimensional. Efetivamente a terapêutica farmacológica, bem como, a escolha da via para a administração de terapêutica deve ter em conta o princípio do menor dano. O recurso da utilização da via subcutânea apresenta notórios ganhos em saúde, oferece ao doente maior comodidade e promove o seu conforto e qualidade de vida quer em ambiente hospitalar quer no domicílio. Partindo destes pressupostos e considerando a gestão de sintomas como fundamental para a preservação da dignidade humana, colocamos a questão de investigação: Qual a perspetiva dos profissionais de saúde acerca da utilização da via subcutânea na gestão de sintomas da pessoa em fim de vida em contexto hospitalar?, com o objetivo de conhecer a perspetiva dos profissionais de saúde acerca da utilização da via subcutânea na gestão de sintomas da pessoa em fim de vida, em contexto hospitalar e com a finalidade de contribuir para a mudança/inovação da prática clínica de forma a melhorar o conforto da pessoa em fim de vida. Metodologia: Estudo de natureza qualitativo do tipo estudo caso; recolha de dados: entrevista semiestruturada; participantes: profissionais de saúde (médicos e enfermeiros) da área de neurociências (neurocirurgia e neurologia) de um Hospital Central da zona de Lisboa; análise de conteúdo segundo o referencial de Bardin (2011). O estudo respeitou o princípio ético-moral. Resultados: Os profissionais de saúde do estudo consideram que gerir os sintomas na pessoa em fim de vida significa ter uma visão holística, que envolve um processo avaliativo das necessidades/problemas da pessoa em fim de vida, uma intervenção ajustada às necessidades, o respeito pela vontade do doente e família, a aplicação de um conjunto de instrumentos e melhoria do trabalho em equipa. Salientam que, a dor é dos sintomas mais presentes na pessoa em fim de vida, sendo, seguido dos sintomas psico/emocionais, dos gastrointestinais e dos sintomas respiratórios. São várias as estratégias adotadas, nomeadamente a aplicação de medidas farmacológicas e não farmacológicas, nomeadamente a massagem e o estabelecimento de uma comunicação terapêutica. Recorrem à via subcutânea mediante determinadas situações, nomeadamente: sedação, analgesia e como alternativa a outras vias. Destacam, que a via subcutânea é relevante, por ser menos dolorosa, ser mais confortável, ser eficaz, segura, previne a desidratação, permite um efeito terapêutico sustentado e não requer internamento hospitalar. Apresentam como constrangimentos na sua utilização as alterações da integridade cutânea, as alterações comportamentais e a falta de formação dos profissionais de saúde. Conclusão: Dos relatos obtidos verificamos que cuidar do doente em fim de vida é um processo complexo, rigoroso e especializado para os profissionais de saúde, devido à complexidade e pluralidade de sintomas que a pessoa doente apresenta, bem como, pelo intenso sofrimento que o doente e seus familiares constantemente se deparam. Uma adequada preparação dos profissionais de saúde, em particular médicos e enfermeiros é estratégia fundamental para avaliar, monitorizar e tratar sintomas apropriadamente. É primordial uma maior divulgação das vantagens da utilização da via subcutânea.


To preserve the dignity of a person at the end of life, a good symptom management should be assured, avoiding the crisis that can aggravate the quality of life of the patient, and consequently, have negative repercussions amongst the family. Thus, the access of the patient at the end of life to the palliative care is a right and a legal requirement, as it is recognized by the United Nations. It is also, today, recognized that it is indispensable that the healthcare professional performs a good symptom management, focusing on a multidimensional approach care. Effectively the pharmacological therapy, also as, the choice of the administration route for the therapeutic should take in account the principle of minor damage. The use of subcutaneous route presents notorious health benefits, offering the patient greater commodity and promoting his comfort and quality of life either at the hospital or at home. Having in account these assumptions and considering the symptom management as fundamental to preserve the human dignity, we ask the question "What is the perspective of healthcare professionals about the use of the subcutaneous route in the symptoms management of the patient at the end of life, in hospital context?", with view to understand the perspective of healthcare professionals about the use of subcutaneous route in the symptoms management of the patient at the end of life, in the hospital context, and with the purpose of contributing for a change/innovation of the clinical practice that improves the comfort of the patient at the end of life. Methodology: Qualitative nature study of type study case. Data collection: semi structured interview; participants: neuroscience (neurosurgery and neurology) healthcare professionals (doctors and nurses) of an Hospital in the centre of Lisbon; Content analysis according to Bardin's perspective (2011). The study respected the moral-ethical principle. Results: The healthcare professionals of the study consider that symptoms management of the patient at the end of life means to have a holistic vision, which involves an assessment of the needs/problems of the patient at the end of life, an intervention adjusted to their needs, the respect for the family and patient wishes, the application of a set of tools and improvement of team work. They stress that, pain is one of the symptoms most present in patients at the end of life, being followed by the psico/emotional symptoms, gastrointestinal and respiratory symptoms. Several strategies are adopted, namely the application of pharmacological and non-pharmacological methods, the massage and the establishment of therapeutic communication. Subcutaneous route is used on certain occasions, namely: sedation, analgesia and as alternative to other routes. They highlight that subcutaneous route is relevant, for being less painful, for being more comfortable, more effective, safe, avoid dehydration, allow a sustained therapeutic effect and doesn't require hospital admission. The problems of its use are the alteration of the cutaneous integrity, behaviour changes and the lack of training of existing healthcare professionals. Conclusion: From what was gathered, we verify that taking care of a patient at the end of life is a complex process, rigorous and specialized for the healthcare professionals, due to the complexity and plurality of symptoms that the patient shows and due to the intense suffering that the patient and the family go through constantly. Good preparation of health care professionals, in particular doctors and nurses, is fundamental to assess, monitor and treat adequately the symptoms. It is essential a bigger disclosure of the benefits of the use of subcutaneous route.


Asunto(s)
Cuidados Paliativos , Enfermo Terminal , Hipodermoclisis
20.
Leiria; s.n; 21 dez 2018.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1438483

RESUMEN

O avanço científico e tecnológico interfere cada vez mais nos processos da morte. Nas situações clínicas em que não existem expectativas de recuperação, a pessoa maior de idade pode manifestar a sua vontade de recusar cuidados de saúde inúteis ou desproporcionados, com recurso às Diretivas Antecipadas de Vontade (DAV), legisladas em Portugal desde julho de 2012. Este trabalho teve como objetivo conhecer as atitudes da população portuguesa sobre as DAV e relacionar as atitudes com variáveis sociodemográficas, vivências de situações de morte e conhecimento sobre as DAV. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, correlacional, com recurso a um questionário divulgado por via eletrónica. Este continha uma escala de atitudes sobre as DAV, que foi testada nas suas propriedades psicométricas. Fizeram parte da amostra 1024 indivíduos, na maioria mulheres, católicas e licenciadas, com uma média de idade de 40 anos e com formação na área da saúde. Grande parte já tinha passado por situações de morte de familiares ou amigos, mas apenas 1/3 vivenciou situações de cuidados paliativos. A maioria já tinha ouvido falar sobre as DAV, mas apenas 2,34% referem ter feito uma. No global as atitudes são favoráveis às DAV e o nível de conhecimentos é positivo. Há diferenças significativas nas atitudes face às DAV e o género, religião e formação relacionada com a saúde. A vivência de situações de familiares ou amigos em cuidados paliativos não foi determinante nas atitudes perante as DAV. Quanto maior o conhecimento, mais favoráveis as atitudes face às DAV. Os resultados relevam a necessidade de investir no aumento do conhecimento da população sobre as DAV.


Scientific and technological advances increasingly interfere with the processes of dying. In clinical situations in which there is no expectation of recovery, the person of legal age can express their will to refuse useless or disproportionate health care, using Advance Directives of Will (ADW), legislated in Portugal since July 2012. The aim of this study was to understand the attitudes of the Portuguese population towards Advance Directives and to relate these attitudes to sociodemographic variables, experiences of death and knowledge of Advance Directives. This was a quantitative, descriptive, correlational study using a questionnaire published electronically. The questionnaire contained a scale of attitudes towards AD, which was tested for its psychometric properties. The sample comprised 1024 individuals, mostly women, Catholic and university graduates, with an average age of 40 years and with a health background. Most of them had experienced the death of family members or friends, but only 1/3 had experienced palliative care. The majority had heard about ADV, but only 2.34% reported having done one. Overall, attitudes are favourable to ADC and the level of knowledge is positive. There are significant differences in attitudes towards AWD and gender, religion and health-related education. The experience of family members or friends in palliative care was not a determining factor in attitudes towards ADVs. The greater the knowledge, the more favourable the attitudes towards ADVs. The results highlight the need to invest in increasing the population's knowledge of AD.


Asunto(s)
Humanos , Directivas Anticipadas , Voluntad en Vida , Toma de Decisiones , Atención de Enfermería
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA
...