Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 720
Filtrar
1.
Preprint en Portugués | SciELO Preprints | ID: pps-9193

RESUMEN

Understanding sexual orientation, gender identity, and the importance of sexual education is crucial for both individual and collective health, integrating debates in public health and education policies. The aim of this study was to gather information from young adults about their early sexual experiences to contribute to the guidance of public health and education policies regarding sexual orientation, gender identity, and sexual education. This qualitative study, conducted at the Methodist University of São Paulo, collected data from young adults regarding their sexual experiences and gender identity through an online questionnaire, encompassing 87 participants aged between 19 and 38 years old. The results demonstrated sociodemographic diversity, highlighted the internet and social media as significant sources of information on sexuality, and underscored the need for adequate support from healthcare professionals and educators before their first sexual experience. Participants expressed support for sexual education in schools. We conclude that opinions on sexual orientation and gender identity emphasize the importance of public policies that promote inclusivity and respect for diversity


A compreensão da orientação sexual, identidade de gênero e a importância da educação sexual é fundamental para a saúde individual e coletiva, integrando debates em políticas públicas de saúde e educação. O objetivo deste trabalho foi coletar informações de jovens adultos sobre experiências de início da vida sexual, a fim de contribuir com o direcionamento de políticas públicas de saúde e educação sobre orientação sexual, identidade de gênero e educação sexual. Este estudo qualitativo, desenvolvido na Universidade Metodista de São Paulo, coletou informações de jovens adultos sobre suas experiências sexuais e identidade de gênero através de questionário online, abrangendo 87 participantes entre 19 e 38 anos de idade. Os resultados revelaram a diversidade sociodemográfica, a importância da internet e das redes sociais como fontes de informação sobre sexualidade, proporcionando a necessidade de suporte adequado para profissionais da saúde e educadores antes de sua primeira experiência sexual. Os participantes são desenvolvidos para a educação nas escolas. Concluímos que as opiniões sobre orientação sexual e identidade de gênero reforçam a importância de políticas públicas que promovam a inclusão e o respeito à diversidade.

2.
Cult. cuid ; 28(68): 281-296, Abr 10, 2024.
Artículo en Español | IBECS | ID: ibc-232329

RESUMEN

Introducción: Los jóvenes universitarios están expuestos acambios y transiciones que marcarán su salud en la adultez.Sus decisiones se traducen en comportamientos que puedenser saludables o no, y dependen del significado de saludque se construye de conocimientos adquiridos, tradicioneso costumbres culturales.Objetivo: Comprender la influencia que tiene la culturauniversitaria en la construcción del significado y prácticasde salud en estudiantes de pregrado de una sede, en unauniversidad privada en Colombia.Metodología: Estudio cualitativo, tipo etnografía. Participaron15 estudiantes, 11 profesores y profesionales de BienestarUniversitario. Se aplicó una entrevista semiestructuradavirtual, se procesaron los datos, y se sometieron a auditoría.Resultados: El significado de salud responde a una perspectivaindividual y biopsicosocial; existe una fuerte influencia delentorno cercano y universitario en la significación y lasprácticas de salud. Los hallazgos tienen similitud con otrosestudios del ámbito internacional.Conclusiones: Se logró comprender la alta importanciaque se da a la salud, entendiéndola principalmente comoausencia de enfermedad, reflejada en creencias, valores yprácticas. Se proponen unos retos, necesarios enfrentar, parahacer a las universidades promotoras del concepto amplioy renovado de la salud.(AU)


Introduction: Young university students are exposedto changes and transitions that will influence theirhealth in adulthood. Their decisions translate intobehaviors that may or may not be healthy and aredependent on their meaning of health that is built uponacquired knowledge, traditions, or cultural customs.The objective of this study is to understand howuniversity cul-ture influences undergraduate studentsin establishing health practices and the meaning ofhealth at a private university in Colombia.Methodology: In this ethnographic, qualitative study, 15students, 11 professors, and UW (University Wellfare)professionals were included. A virtual semi-structuredinterview was used and data were coded and audited.Results: The results show the meaning of health dependson individual and biopsychosocial perspectives; thereis a strong influence of the immediate environment,such as family and university on the meaning andpractices of health. The findings are similar to otherinternational studies.Conclusions: It was possible to understand the highimportance given to health, which is mainly under-stood as the absence of disease, reflected in beliefs,values and practices. Some necessary challenges areproposed to be faced to make universities promotersof the broad and renewed concept of health.(AU)


Introdução: Jovens universitários estão expostos amudanças e transições que influenciarão sua saúdena vida adulta. Suas decisões se traduzem emcomportamentos que podem ou não ser saudáveise dependem de seu significado de saúde construídoa partir de conhecimentos adquiridos, tradições oucostumes culturais.Objetivo: O objetivo deste estudo é compreender comoa cultura universitária influencia os estudantes degraduação no estabelecimento de práticas de saúde eo significado de saúde em uma universidade privadana Colômbia.Metodologia: Neste estudo etnográfico, qualitativo,foram incluídos 15 alunos, 11 professores e profissionaisda UW (University Wellfare). Foi utilizada umaentrevista virtual semiestruturada e os dados foramcodificados e auditados.Resultados: Os resultados mostram que o significadode saúde depende de perspectivas individuais ebiopsicossociais; há forte influência do ambienteimediato e universitário no significado e nas práticasde saúde. Os resultados são semelhantes a outrosestudos internacionais.Conclusões: Foi possível compreender a elevadaimportância dada à saúde, entendendo-a principalmentecomo ausência de doença, refletida em crenças, valorese práticas. Propõem-se alguns desafios necessáriosa serem enfrentados para tornar as universidadespromotoras do conceito amplo e renovado de saúde.(AU)


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adulto Joven , Adulto , Salud del Estudiante , Estilo de Vida Saludable , Cultura , Estudiantes , Enfermería , Colombia , Investigación Cualitativa , Antropología Cultural
3.
Licere (Online) ; 27(01): 01-20, março.2024. graf
Artículo en Portugués | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1553823

RESUMEN

O vírus da Covid-19 afetou de diversas formas a população mundial e, com isso, surgiu a necessidade da implementação de medidas sanitárias para evitar sua propagação. Em Belo Horizonte, essas medidas vieram por meio de decretos municipais, que proibiram o funcionamento de serviços considerados não essenciais. A partir desse momento, os jovens acostumados a frequentar bares, festas, shoppings ­ lugares que geram intensa aglomeração ­ se depararam com uma situação inusitada, sendo obrigados a adaptarem suas práticas à rotina do lar. Com o intuito de compreender melhor essas mudanças, realizamos um estudo que analisa os impactos da pandemia nas práticas de lazer desses jovens. Por meio de um questionário aplicado em diversos pontos de lazer da cidade, conseguimos observar como as práticas de lazer dos jovens foram afetadas pela pandemia. Esses resultados enfatizam a importância da adaptabilidade e resiliência dos jovens diante novos desafios.


The Covid-19 virus has affected the global population in various ways, leading to the need for the implementation of sanitary measures to prevent its spread. In Belo Horizonte, these measures came through municipal decrees, which banned the operation of non-essential services. From that moment on, young people accustomed to frequenting bars, parties, and malls ­ places that generate intense crowding ­ found themselves in an unusual situation, being forced to adapt their practices to home life. In order to better understand these changes, we conducted a study analyzing the impacts of the pandemic on the leisure practices of these young people. Through a questionnaire applied at various leisure points in the city, we were able to observe how the leisure practices of young people were affected by the pandemic. These results emphasize the importance of adaptability and resilience of young people in face of new challenges.

4.
Rev. inf. cient ; 103: e4511, 2024.
Artículo en Español | LILACS-Express | LILACS, CUMED | ID: biblio-1560101

RESUMEN

Introducción: El infarto cerebral isquémico (ICI) en adultos jóvenes ha emergido como un relevante problema de salud debido al incremento de su incidencia, alta mortalidad, larga duración del tiempo de la discapacidad y consecuencias sociales. Objetivo: Describir una aproximación al diagnóstico del infarto cerebral isquémico en adultos jóvenes sobre la base de la clasificación etiopatogénica, historia e investigaciones complementarias. Método: Se realizó una extensa revisión bibliográfica con el buscador Google Académico, en las bases de datos bibliográficas PubMed, SciELO y Medline, y con la búsqueda de palabras claves; siendo escogidos 32 artículos cuyo título y resumen se relacionaron con el tema de la presente revisión. Desarrollo: Los subtipos etiopatogénicos del infarto cerebral isquémico en adultos jóvenes difieren al compararlo con adultos mayores, y sus causas etiológicas son más variadas y heterogéneas. Los factores de riesgo, antecedentes patológicos personales y familiares, manifestaciones clínicas no neurológicas y neurológicas, permiten un acercamiento al diagnóstico, mientras que las investigaciones complementarias facilitan la confirmación del diagnóstico, la localización y tamaño del infarto isquémico, el establecimiento de la causa etiológica y el sustento de las decisiones terapéuticas. Consideraciones finales: La historia y manifestaciones clínicas obtenidas mediante el interrogatorio y examen físico, unido a las investigaciones complementarias, posibilita la aproximación al diagnóstico del subtipo etiopatogénico y a la causa del infarto cerebral isquémico en adultos jóvenes, lo que mejora las posibilidades de tratamiento del mismo.(AU)


Introduction: Ischemic stroke in young adults has emerged as a relevant health problem today due to its increased incidence, high mortality, the duration of the disability and social consequences. Objective: To describe an approach in diagnosis of ischemic stroke in young adults based on etiopathogenic classification, history and complementary investigations. Method: A wide-ranging bibliographic review was carried out using Google Scholar, searching in bibliographic databases like PubMed, SciELO and Medline, and searching different keywords; 32 articles were chosen in the process with title and abstract were linked with the subject of this review. Development: The etiopathogenic subtypes of ischemic stroke in young adults differ with regard to older adults, and its etiologic causes are more diverse and heterogeneous. Risk factors, personal and family pathological history, non-neurological and neurological clinical manifestations, allow an approach to diagnosis, while complementary investigations facilitate the confirmation of diagnosis, the location and size of the ischemic infarction, definition of the etiological cause and the support of therapeutic decisions. Final considerations: The history and clinical manifestations obtained through interrogation and physical examination, in association with complementary investigations, made it possible an approach to diagnosis of etiopathogenic subtype and the cause of ischemic brain infarction in young adults improving treatment possibilities.(AU)


Introdução: O acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico em adultos jovens emergiu como um problema de saúde relevante devido à sua crescente incidência, elevada mortalidade, longa duração da incapacidade e consequências sociais. Objetivo: Descrever uma abordagem ao diagnóstico do AVC isquêmico em adultos jovens baseada na classificação etiopatogénica, na história e em exames complementares. Método: Foi realizado uma extensa revisão bibliográfica utilizando o motor de busca Google Scholar, as bases de dados bibliográficas PubMed, SciELO e Medline, e uma pesquisa por palavras-chave; foram selecionados 32 artigos cujo título e resumo estavam relacionados com o tema desta revisão. Desenvolvimento: Os subtipos etiopatogênicos do AVC isquêmico em adultos jovens diferem quando comparados aos adultos mais velhos, e suas causas etiológicas são mais variadas e heterogêneas. Os fatores de risco, os antecedentes patológicos pessoais e familiares, as manifestações clínicas não neurológicas e neurológicas permitem uma aproximação ao diagnóstico, enquanto as investigações complementares facilitam a confirmação do diagnóstico, a localização e o tamanho do infarto isquêmico, o estabelecimento da causa etiológica e o apoio às decisões terapêuticas. Considerações finais: A história e as manifestações clínicas obtidas por meio de questionamento e exame físico, juntamente com investigações complementares, permitem abordar o diagnóstico do subtipo etiopatogênico e a causa do AVC isquêmico em adultos jovens, melhorando as possibilidades de seu tratamento.(AU)

5.
Rev. bras. cineantropom. desempenho hum ; 26: e98244, 2024. tab, graf
Artículo en Inglés | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1559375

RESUMEN

Abstract This study aimed to examine the relative age effect on muscle power in a large sample of Brazilian children and adolescents. The sample consisted of 87,766 girls and boys aged 7-16 years, data collected in repeated cross-sectional surveillance carried out since 1999. The participants were grouped into four age subgroups within each chronological age based on birthdates. Upper and lower limbs muscle power were assessed using the 2-Kg medicine ball throw and horizontal jump tests, respectively. The normative distribution of physical fitness components was used for classification. The results showed a significant association between relative age and normative classification of muscle power. Among boys, there was a sequential increase in the frequency of individuals classified as "very good/excellent" as the relative age increased. A similar trend was observed among girls. The findings provided evidence of a relative age effect on muscle power in Brazilian children and adolescents. These findings have implications for the organization of structured physical activities and sports, as early-born individuals may have an advantage in performance. Further research is needed to explore the underlying mechanisms and potential interventions to mitigate the relative age effect and promote equal opportunities for all youth in physical activities and sports.


Resumo Este estudo teve como objetivo examinar o efeito da idade relativa na potência muscular em crianças e adolescentes brasileiros. A amostra foi composta por 87.766 meninas e meninos com idades entre 7 e 16 anos. Os participantes foram agrupados em quatro subgrupos etários dentro de cada idade cronológica tendo como base as datas de nascimento e da coleta dos dados. A potência muscular dos membros superiores e inferiores foi avaliada por meio dos testes de arremesso de medicine ball de 2 kg, e salto horizontal, respectivamente. A distribuição normativa (fraco; razoável; bom; muito bom; excelente) dos dois testes de potência foi utilizada para a classificação. Os resultados mostraram associação significativa entre os subgrupos etários e a classificação normativa da potência muscular. Entre os meninos, houve aumento na frequência de indivíduos classificados como "muito bom/excelente" à medida que a idade relativa aumentava. Uma tendência semelhante foi observada entre as meninas. Os achados forneceram evidências do efeito de idade relativa na potência muscular de crianças e adolescentes brasileiros. Esses resultados têm implicações práticas na organização de atividades físicas estruturadas e esportes em diferentes contextos, pois indivíduos nascidos mais cedo podem ter vantagem no desempenho em tarefas que exijam potência muscular. Mais pesquisas são necessárias para explorar os mecanismos subjacentes e intervenções que possam mitigar o efeito de idade relativa e promover oportunidades iguais para todas as crianças e adolescentes nas atividades físicas e esportes.

6.
Rev. bras. educ. espec ; 30: e0177, 2024. tab, graf
Artículo en Portugués | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1559411

RESUMEN

RESUMO: Este estudo teve como objetivo analisar apoios catalães oferecidos para jovens adultos com Deficiência Intelectual (DI) e/ou Transtorno do Espectro Autista (TEA) no contexto brasileiro, com o propósito de discutir sobre a oferta de programas públicos centrados nas pessoas com deficiência, sobretudo ao término do processo de escolarização. Para isso, foram aplicadas avaliações com estudantes jovens adultos brasileiros com DI e/ou TEA para caracterização dos seus níveis de intensidades de apoio e escolarização, bem como foram realizadas entrevistas com profissionais catalãs que identificaram apoios que poderiam ser úteis para a realidade educacional dos participantes envolvidos no estudo. Assim, foi evidenciada a disparidade entre as duas realidades, demostrando a necessidade do desenvolvimento de normativas e institucionalização de apoios para esse público, principalmente na transição do Ensino Médio à vida adulta e independente, além da formação continuada para docentes e envolvimento de profissionais interdisciplinares no contexto escolar para dar apoio efetivo aos estudantes.


ABSTRACT: The study aimed to analyze supports offered to Catalan young adults with Intellectual Disability (ID) and/or Autism Spectrum Disorder (ASD) in the Brazilian context, with the purpose of discussing the offer of public programs focused on people with disabilities, especially at the end of the schooling process. For this, evaluations were applied with Brazilian young adult students with ID and/or ASD to characterize their levels of support and schooling intensities, as well as interviews with Catalan professionals who identified support that could be useful for the educational reality of the participants involved in the study. Thus, the disparity between the two realities was evidenced, demonstrating the need for the development of normative and institutionalization of support for this public, especially in the transition from High School to adult and independent life, in addition to continuing education for teachers and the involvement of interdisciplinary professionals in the school context to provide effective support to students.

7.
Psicol. rev ; 32(2): 418-434, 31/12/2023.
Artículo en Portugués | LILACS, Index Psicología - Revistas | ID: biblio-1552376

RESUMEN

Este estudo de corte transversal investigou a percepção de desenvolvimento das habilidades para vida de 90 jovens com deficiência praticantes de modalidades individuais e coletivas, com 17.31 ± 1.35 anos e tempo de prática de 8.50± 5.38 meses de ambos os sexos (10 meninos e 78 meninas). Os instrumentos utilizados foram um questionário sociodemográfico a fim de caracterizar a amostra e a Escala de Habilidades para a Vida para o Esporte (P-LSSS) para avaliar as habilidades para a vida. A análise de dados foi conduzida por meio dos testes de Kolmogorov-Smirnov, teste t independente, e correlação de Pearson (p<0,05). Os resultados demonstraram que houve correlação positiva entre a idade e as habilidades de trabalho em equipe (r= 0,25), estabelecimento de metas (r = 0,24) e habilidades sociais (r = 0,22). Os praticantes do sexo masculino apresentaram escore superior nas dimensões trabalho em equipe (p=0,001), estabelecimento de metas (p=0,003), habilidades sociais (p=<0,001), solução de problemas (p<0,001) e habilidades emocionais (p=0,005). Os praticantes mais velhos apresentaram escores superiores na subescala de trabalho em equipe (p=0,039). Não houve diferença (p<0,05) em relação ao tempo de prática. Conclui-se que a idade e o sexo estão associados ao desenvolvimento das habilidades para vida em praticantes de esportes adaptados. (AU)


This cross-sectional study investigated the perception of life skills development among 90 young athletes with disabilities participating in individual and team sports, with an average age of 17.31 ± 1.35 years and an average practice time of 8.50 ± 5.38 months, including both genders (10 boys and 78 girls). The instruments used included a sociodemographic questionnaire in order to characterize the sample and the Life Skills in Sports Scale (P-LSSS) to assess life skills. Data analysis was conducted using Kolmogorov-Smirnov tests, independent t-tests, and Pearson correlation (p <0.05). The results demonstrated a positive correlation between age and teamwork skills (r = 0.25), goal setting (r = 0.24) and social skills (r = 0.22). Male athletes scored higher in teamwork dimensions (p = 0.001), goal setting (p = 0.003), social skills (p =<0.001), problem-solving (p <0.001) and emotional skills (p = 0.005). Older athletes had higher scores in the teamwork subscale (p = 0.039). There was no significant difference (p <0.05) in relation to practice time. In conclusion, age and gender are associated with the development of life skills in participants in adapted sports.


Este estudio transversal investigó la percepción del desarrollo de habilidades para la vida de 90 jóvenes con discapacidad que practican modalidades individuales y colectivas, con edad de 17.31 ± 1.35 años y tiempo de práctica de 8.50 ± 5.38 meses para ambos sexos (10 niños y 78 niñas). Los instrumentos utilizados fueron un cuestionario sociodemográfico con el fin de caracterizar la muestra y evaluar las habilidades para la vida, se utilizó la Escala de Habilidades de Vida para el Deporte (P-LSSS). El análisis de los datos se realizó mediante las pruebas de Kolmogorov-Smirnov, t independiente y correlación de Pearson (p <0,05). Los resultados mostraron que existe una correlación positiva entre la edad y las habilidades de trabajo en equipo (r = 0,25), el establecimiento de metas (r = 0,24) y las habilidades sociales (r = 0,22). Los practicantes masculinos obtuvieron una puntuación más alta en las dimensiones de trabajo en equipo (p = 0,001), establecimiento de metas (p = 0,003), habilidades sociales (p = <0,001), resolución de problemas (p <0,001) y habilidades emocionales (p = 0,005). Los practicantes mayores obtuvieron puntuaciones más altas en la dimensión de trabajo en equipo (p = 0,039). No hubo diferencia (p <0,05) con relación al tiempo de práctica. Se concluye que la edad y el sexo están asociados al desarrollo de habilidades para la vida en los practicantes de deportes adaptados.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adolescente , Adulto Joven , Rendimiento Atlético , Deportes para Personas con Discapacidad , Factores de Tiempo , Factores Sexuales , Estudios Transversales , Encuestas y Cuestionarios , Factores de Edad , Investigación Cualitativa
8.
Artículo en Español | LILACS | ID: biblio-1536558

RESUMEN

(analítico) El sentido de comunidad de jóvenes es la sensación de pertenencia de este grupo en relación con la escuela o el barrio. Es un tema estudiado en las ciencias sociales, aunque sus transformaciones no han sido suficientemente visibilizadas. El propósito del estudio es describir las percepciones del sentido de comunidad en la escuela y el barrio durante el covid-19 en estudiantes de 14 a 18 años de escuelas públicas, subvencionadas y privadas en la Región Metropolitana de Chile. Con metodología cualitativa, descriptiva y transversal, desde la fotoprovocación virtual, se analizan temáticamente las perspectivas juveniles. Los resultados muestran que el sentido de comunidad escolar está tensionando el relacionamiento interpersonal, emergiendo afectos negativos y destacando la pertenencia al espacio físico. El sentido de comunidad en el barrio es incipiente durante la pandemia.


(analytical) Sense of community for young people is a feeling of belonging in relation to school or the neighborhood. It is a topic that has been extensively studied in the social sciences, even though transformations of this knowledge have not been sufficiently visible. The purpose of this research was to describe perceptions of the sense of community at school and in the neighborhood during COVID-19 among students aged 14 to 18 from public, semi-public and private schools in the Metropolitan Region of Santiago. Using a qualitative, descriptive, and cross-sectional methodology that involved digital photo-stimuli, youth perspectives were analyzed thematically. The results show that young people's sense of community in schools during the pandemic involved strained interpersonal relationships with negative affects emerging. The participating young people highlighted the importance of physical space in relation to their sense of belonging. The young people's sense of community in the neighborhood was incipient during the pandemic.


(analítico) O senso de comunidade dos jovens é o sentimento de pertencimento desse grupo em relação à escola ou ao bairro. É um tema estudado nas Ciências Sociais, embora suas transformações não tenham sido suficientemente visíveis. O objetivo do estudo é descrever as percepções do senso de comunidade na escola e no bairro durante o Covid-19 em alunos de 14 a 18 anos de escolas públicas, subsidiadas e privadas da Região Metropolitana do Chile. Com metodologia qualitativa, descritiva e transversal, a partir da fotoprovocação virtual, as perspectivas juvenis são analisadas tematicamente. Os resultados mostram que o sentido de comunidade escolar é acentuar o relacionamento interpessoal, emergindo afetos negativos e destacando o pertencimento ao espaço físico. O senso de comunidade no bairro é incipiente durante a pandemia.


Asunto(s)
Virus , Adolescente
9.
Entramado ; 19(2)dic. 2023.
Artículo en Español | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1534428

RESUMEN

La búsqueda de empleo usando los contactos sociales a pesar de ser una práctica común, en ocasiones no genera los resultados esperados. Con el objetivo de comprobar lo anterior; en este documento se configuran las redes de contactos sociales de un grupo de jóvenes que viven en contextos de marginalidad y violencia de las comunas 1, 14, 16, 18 y 20 de Cali que participaron en el programa denominado Tratamiento Integral a Pandillas - Jóvenes Sin Fronteras (TIP-JSF), un proceso de intervención psicosocial desde una perspectiva integral que promovía la inclusión social. Las redes de contactos sociales halladas a través de una encuesta se caracterizan por ser pequeñas y cerradas, aumentando la probabilidad de que quienes las conforman, presenten el mismo estado laboral: desempleo o informalidad laboral. Es clave, entonces, que las/os jóvenes amplíen sus contactos para que los vinculen con otros que les puedan brindar información de mejores vacantes laborales.


The search for employment using social contacts, despite being a common practice, sometimes does not generate the expected results. In order to verify the above, this paper describes the social contact networks of a group of young people living in contexts of marginality and violence in Cali's communes 1, 14, 16, 18 and 20 who participated in the program called Integral Treatment for Gangs - Youth Without Borders (TIP-JSF), a process of psychosocial intervention from an integral perspective that promoted social inclusion. The social networks found through a survey are characterized by being small and closed, increasing the likelihood that those who make up these networks have the same employment status: unemployment or informal employment. It is essential for young people to expand their contacts and link them with other contacts that can provide them with information on better job vacancies.


A busca de emprego usando contatos sociais, apesar de ser uma prática comum, às vezes não gera os resultados esperados. Para verificar isso, este artigo descreve as redes de contatos sociais de um grupo de jovens que vivem em contextos de marginalidade e violência nas comunas 1, 14, 16, 18 e 20 de Cali e que participaram do programa chamado Tratamento Integral para Gangues - Jovens Sem Fronteiras (TIP-JSF), um processo de intervenção psicossocial de uma perspectiva holística que promoveu a inclusão social. As redes sociais encontradas por meio de uma pesquisa são caracterizadas por serem pequenas e fechadas, aumentando a probabilidade de que aqueles que as formam tenham a mesma situação de emprego: desemprego ou emprego informal. É fundamental, portanto, que os jovens ampliem seus contatos para conectá-los a outras pessoas que possam lhes fornecer informações sobre melhores vagas de emprego.

10.
Artículo en Español | LILACS | ID: biblio-1536559

RESUMEN

(analítico) Se analizan las intersecciones entre territorio, movilidades y experiencias educativas de jóvenes de un barrio periférico de la ciudad de Córdoba, Argentina. A partir de un abordaje etnográfico, basado en observaciones, talleres de mapeo territorial y entrevistas grupales con estudiantes de nivel secundario, damos cuenta de una monopolización de tiempos y espacios por parte de la escuela, que inhibe su participación en otras esferas sociales significativas. Desde la perspectiva juvenil, la escuela asume una connotación paradojal: es un «buen lugar» para estar, aunque también un ámbito que no satisface demandas específicas relativas a la salud, el respeto a la diversidad y el reconocimiento. El papel de las/os educadoras/es no es impugnado, tanto como el modo en que muchas/os están pudiendo hacer frente a dichas demandas.


(analytical) This paper analyzes the intersections between territory, mobilities, and educational experiences of youngsters from a peripheral neighborhood in the city of Córdoba, Argentina. Through an ethno-graphic approach based on observations, territorial mapping workshops, and group interviews with secondary level students, we account for a monopolization of time and space by the school, which inhibits their participation in other significant social spheres. From the youth perspective, the school assumes a paradoxical connotation: it is a «good place» to be, although it is also an environment that does not meet specific demands related to health, respect for diversity, and recognition. The role of educators is not contested, as much as the way in which many of them are able to meet these demands.


(analítico) O trabalho analisa as interseções entre território, mobilidade e experiências educacionais de jovens de um bairro periférico da cidade de Córdoba, Argentina. Através de uma abordagem etnográfica baseada em observações, oficinas de mapeamento territorial e entrevistas em grupo com estudantes do ensino medio, reconhecemos uma monopolização do tempo e do espaço pela escola, o que inibe sua participação em outras esferas sociais significativas. Do ponto de vista dos jovens, a escola assume uma conotação paradoxal: é um «bom lugar» para estar, embora também seja um ambiente que não atende às demandas específicas relacionadas à saúde, respeito à diversidade e reconhecimento. O papel dos educadores não é contestado, assim como a maneira como muitos deles estão lidando com essas demandas.


Asunto(s)
Adolescente
11.
Cuad. psicol. deporte ; 23(3)sep.-dic. 2023. ilus, tab, graf
Artículo en Español | IBECS | ID: ibc-225476

RESUMEN

La práctica deportiva y la Inteligencia Emocional en jóvenes se están convirtiendo en constructos muy estudiados en los últimos años. La evidencia disponible revela que, tanto la práctica deportiva como la Inteligencia Emocional, producen beneficios físicos y psicológicos. No obstante, los estudios que analizan la relación entre Inteligencia Emocional y práctica deportiva aún siguen siendo escasos. El objetivo de este estudio se centró en verificar si existe algún tipo de relación entre ambas variables mediante la revisión del estado de la cuestión en este ámbito, permitiendo de esta manera abrir nuevas líneas de investigación sobre esta temática. Se seleccionaron tres bases de datos (WOS, Scopus y PubMed) para la extracción de documentos científicos, analizando los documentos obtenidos con la metodología PRISMA y un análisis de la calidad de la muestra final obtenida. Finalmente fueron revisados 38 artículos. Además, se llevó a cabo una evaluación del contenido de los artículos, realizando un análisis descriptivo de la información mediante el uso de tablas de contingencia y sus índices estadísticos. Los resultados, en concordancia con la literatura examinada, reflejaron la existencia de una asociación positiva entre la Inteligencia Emocional y la práctica deportiva. (AU)


The practice of sports and emotional intelligence in young people have become very much studied constructs in recent years. The aim of this study focused on verifying whether there is any kind of relationship between the two variables by reviewing the state of the art in this field, thus allowing new lines of research to be opened up on this subject. Three databases (WOS, Scopus, and PubMed) were selected for the extraction of scientific documents, analyzing the documents obtained with the PRISMA methodology and an analysis of the quality of the final sample obtained, finally 38 articles were selected. An analysis of the content of the articles was carried out and a descriptive analysis of the information was performed using comparative tables and their statistical indices. The results showed the existence of a positive association between emotional intelligence and sports practice. (AU)


A prática do desporto e a inteligência emocional nos jovens tornaram-se trmas muito estudadas nos últimos anos. O objectivo deste estudo centrou-se em verificar se existe algum tipo de relação entre as duas variáveis através da revisão do estado da arte neste campo, permitindo assim a abertura de novas linhas de investigação sobre este assunto. Foram seleccionadas três bases de dados (WOS, Scopus e PubMed) para a extracção de documentos científicos, analisando os documentos obtidos com a metodologia PRISMA e uma análise da qualidade da amostra final obtida, onde foram incluidos 38 artigos. Foi realizada uma análise do conteúdo dos artigos e uma análise descritiva da informação, utilizando tabelas de comparação e os seus índices estatísticos. Os resultados mostraram a existência de uma associação positiva entre a inteligência emocional e a prática desportiva. (AU)


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adulto Joven , Inteligencia Emocional , Deportes/fisiología , Deportes/psicología , Atletas , Emociones
12.
Interaçao psicol ; 27(2): 150-159, mai.-jul. 2023.
Artículo en Portugués | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1531196

RESUMEN

A taxa de condutas delituosas oficiais praticadas por meninas jovens tem aumentado nos últimos anos. Embora a literatura sugira um viés de gênero nesse fenômeno, ainda predominam estudos voltados ao sexo masculino. O presente estudo teve como objetivo verificar associações entre os aspectos de personalidade do fator Socialização, compatível com traços do Modelo dos Cinco Grandes Fatores, e condutas antissociais (delituosas e divergentes) em jovens escolares do sexo feminino. Uma amostra de 549 jovens respondeu ao Questionário de Comportamentos Juvenis (QCJ) e à Escala Fatorial de Socialização (EFS). A partir das pontuações obtidas na EFS, os dados da amostra foram agrupados, havendo formação de três clusters, com diferentes níveis de engajamento em condutas antissociais. Maior frequência e diversidade de condutas antissociais estiveram associadas a menores níveis de Amabilidade, Pró-Sociabilidade e Confiança nas Pessoas, sugerindo relação entre os aspectos de personalidade e as condutas antissociais avaliadas. São discutidas também possíveis implicações de outros fatores nessa relação.


The rate of official misconduct cases involving young girls have increased in recent years. Although the literature suggests a gender gap in this phenomenon, studies focusing on males still predominate. The present study had as objective verifying the relation between personality aspects of the Socialization factor, compatible with the characteristics of the Big Five Factors Model, and the commitment of antisocial behaviors (criminal and divergent) by young female students. To this end, a sample of 549 adolescents answered the Questionário de Comportamentos Juvenis (QCJ) and the Escala Fatorial de Socialização (EFS). Based on the results obtained in the EFS, the sample was divided into three clusters. Greater frequency and diversity of antisocial behaviors were associated with lower levels of Agreeableness, Pro-Sociability and Trust in People, suggesting a relationship between personality aspects and the antisocial behaviors evaluated. Possible implications of other factors in this relationship are also discussed.

13.
Av. psicol. latinoam ; 41(3): 1-10, 20230905.
Artículo en Español | LILACS | ID: biblio-1530712

RESUMEN

El malestar psicológico está asociado a una mayor probabilidad de desarrollar cuadros psicopatológicos de alta incidencia en Uruguay, como los trastornos por uso de sustancias o el suicidio. Es importante, por lo tanto, analizar determinantes de dicho malestar. Este trabajo analiza, mediante una encuesta aplicada a 1527 uruguayos de entre 18 a 30 años, variables asociadas al malestar psicológico. Fue aplicada la escala de malestar psicológico de Kessler (2002), determinándose el sexo y la edad como predictores significativos, bivariados y multivariados, de los niveles de malestar. El tamaño de estos efectos fue, sin embargo, pequeño. Las mujeres y las personas jóvenes expresan mayores niveles de malestar que los hombres y las personas mayores, respectivamente. El malestar psicológico no estuvo significativamente asociado a la cantidad de horas dedicadas a trabajo o estudio, al nivel educativo ni a la región del país en que se reside. Este trabajo provee conocimiento sobre los niveles normales ­de referencia­ de malestar psicológico en jóvenes uruguayos, y factores asociados a estos niveles


In Uruguay, psychological distress is associated with a higher probability of developing highly prevalent psychopathological conditions such as addictions or suicide. It is important, therefore, to analyze factors associated with such distress. This work analyzes, via a survey applied to 1527 Uruguayans between 18 and 30 years old, variables associated with psychological distress. We applied the Kessler psychological distress scale and determined that sex and age were significant predictors, at the bivariate and multivariate level, of psychological distress. The size of these effects was, however, small. Women and youngsters express higher levels of distress than men and older people, respectively. Psychological distress was not significantly associated with the number of hours dedicated to work or study; educational level; or the region of the country in which one resides. This work provides knowledge about the normal -reference- levels of psychological distress in young Uruguayans and factors associated with these levels, which can result in a powerful and useful tool for planning mental health policies for this population.


O sofrimento psicológico está associado a uma maior probabilidade de desenvolver condições psicopatológicas de alta incidência no Uruguai, como transtornos por uso de substâncias ou suicídio. É importante, por tanto, analisar os determinantes desse sofrimento. Este trabalho analisa, por meio de uma pesquisa aplicada a 1527 uruguaios entre 18 e 30 anos, variáveis associadas ao sofrimento psicológico. Aplicou-se a escala de so-frimento psicológico de Kessler (2002), determinando sexo e idade como preditores bivariados e multivariados significativos dos níveis de sofrimento. A dimensão destes efeitos foi, no entanto, pequena. As mulheres e os jovens expressam níveis mais elevados de sofrimento do que os homens e os idosos, respectivamente. O sofrimento psicológico não foi significativamente associado ao número de horas dedicadas ao trabalho ou estudo, ao nível de escolaridade ou à região do país em que se reside. Este trabalho proporciona conhecimento sobre os níveis normais - de referência - de sofrimento psicológico em jovens uruguaios e os fatores associados a esses níveis


Asunto(s)
Humanos , Adaptación Psicológica , Adolescente
14.
Artículo en Español | LILACS | ID: biblio-1536543

RESUMEN

(analítico) Explicar y comprender la forma en que jóvenes escolarizados que han pasado por situaciones de ciberacoso sexual construyen su experiencia social requiere de investigaciones diseñadas desde perspectivas comprensivas. Este artículo presenta los resultados de una investigación cualitativa que incluyó la revisión de fuentes documentales oficiales y de prensa y la aplicación de técnicas mixtas como cuestionarios, entrevistas y el uso de un modelo de investigación acción participativa con estudiantes de educación básica y media de tres colegios públicos de Bogotá ubicados en localidades reportadas con altos índices de acoso escolar. Como hallazgos se resalta la construcción heterogénea de experiencias con estrategias diversas para hacer frente al acoso y tensiones en el ejercicio de derechos. Finalmente, se proponen acciones de prevención desde diferentes subsistemas para hacer frente a estas realidades.


(analytical) Explaining and understanding how school-educated youth who have gone through sexual cyberbullying situations construct their social experience requires research designed from comprehensive perspectives. This article presents the results of a qualitative research that included the review of official and press documentary sources and the application of mixed techniques such as questionnaires, interviews, and the use of a participatory action research model with students of basic and secondary education of three public schools in Bogotá located in localities reported with high rates of bullying. As findings, the heterogeneous construction of experiences with diverse strategies to deal with harassment and tensions in the exercise of rights is highlighted. Finally, prevention actions are proposed from different subsystems to face these realities.


(analítico) Explicar e entender como jovens educados na escola que passaram por situações de cyberbullying sexual constroem sua experiência social requer pesquisas projetadas a partir de perspectivas abrangentes. Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa qualitativa que incluiu a revisão de fontes documentais oficiais e de imprensa e a aplicação de técnicas mistas como questionários, entrevistas e o uso de um modelo de pesquisa de ação participativa com alunos do ensino fundamental e médio de três escolas públicas de Bogotá localizadas em localidades relatadas com altos índices de bullying. Como constatação, destaca-se a construção heterogênea de experiências com diversas estratégias para lidar com o assédio e as tensões no exercício dos direitos. Por fim, são propostas ações de prevenção a partir de diferentes subsistemas para enfrentar essas realidades.

15.
Artículo en Español | LILACS | ID: biblio-1536544

RESUMEN

(analítico) Este artículo describe y analiza, desde una perspectiva etnográfica, las tramas de relaciones sociales que resultan significativas para jóvenes que habitan en barrios populares del Gran Buenos Aires (Argentina) y que participan de programas sociales. Estas tramas configuran el lugar -como posición social-, desde el cual construyen autonomía y dan cuenta de las condiciones de posibilidad de sus experiencias cotidianas. A partir de testimonios de jóvenes obtenidos mediante técnicas cualitativas entre 2016 y 2018, enfoco en la dimensión ética de las prácticas juveniles y en el modo en el que el género las marca. La autoridad parental, el peso de las miradas condenatorias y las formas de cuidado son analizados en relación a los usos de tiempos y espacios. Finalmente, señalo implicancias de los hallazgos para las políticas sociales.


(analytical) Using an ethnographic perspective, this article describes and analyses significant social relationships among young people who live in poor neighbourhoods in Greater Buenos Aires (Argentina) and participate in social programs. These relationships configure the place -as a social position- from which they build autonomy. These relationships also represent possibilities in their daily experiences. Through qualitative techniques applied between 2016 and 2018 and based on the testimonies of young people, the author focuses on the ethical dimension of youth practices and how gender marks them. Parental authority, the relevance of stigmatizing visions and forms of care among young people are analysed. The author links the analysis with specific uses of time and space. Finally, implications of the analysis for public policies are discussed.


(analítico) Este artigo descreve e analisa, a partir de uma perspectiva etnográfica, as tramas de relações sociais que são significativas para jovens que moram em bairros populares da Grande Buenos Aires (Argentina) e que participam de programas sociais. Essas tramas configuram o lugar -como posição social -, a partir do qual constroem autonomia e dão conta das condições de possibilidade de suas vivências cotidianas. A partir dos depoimentos de jovens, obtidos por meio de técnicas qualitativas entre 2016 e 2018, ponho em foco a dimensão ética das práticas juvenis e a forma como o gênero as marca. A autoridade parental, o peso dos olhares condenatórios e as formas de cuidado são analisados em relação aos usos do tempo e do espaço. Por fim, aponto implicações dos achados para as políticas sociais.


Asunto(s)
Adolescente
16.
Univ. salud ; 25(2)mayo-ago. 2023.
Artículo en Español | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1536965

RESUMEN

Introducción: El consumo de sustancias psicoactivas (SPA) en el entorno universitario ha sido una problemática de salud pública que es necesario abordar para fortalecer el desarrollo integral de los estudiantes. Objetivo: Indagar sobre elementos teóricos y metodológicos que permitan prevenir, controlar y mitigar la problemática al interior de la Universidad. Materiales y métodos: El proceso de investigación se desarrolló bajo la lógica del paradigma cualitativo, con un diseño de tipo etnográfico; para la construcción de la estrategia metodológica se utilizaron técnicas de investigación-acción. Resultados: La estrategia se fundamentó en factores relacionados con los determinantes estructurales e intermedios de la salud que guiaron la construcción de actividades asociadas con la psicología comunitaria, promoción, comunicación y educación para la salud, así como acciones propuestas por las autoridades de salud en Colombia. Conclusión: El estudio permitió evidenciar que existen puntos de confluencia entre las diferentes perspectivas en donde se reconoció que aspectos como las normas y leyes, el entorno familiar, el vínculo social, la raza, grupo étnico y costumbres de la sociedad, son factores de los determinantes sociales de la salud que pueden influir para que un joven consuma sustancias psicoactivas dentro de la Universidad.


Introduction: The use of psychoactive substances in the university environment has been a public health problem that must be addressed to strengthen the integral development of students. Objective: The purpose of the study carried out was to inquire about theoretical and methodological elements that allow to prevent, control and mitigate the problem within the University. Materials and methods: The research process was developed under the logic of the qualitative paradigm, with an ethnographic design, in the construction of the methodological strategy, Action research techniques were used. Results: The strategy was based on factors related to the structural and intermediate determinants of health that were the guides in the construction of activities related to community psychology, promotion, communication and health education, as well as actions proposed by the Health authorities in Colombia. Conclusions: The study made it possible to show that there are points of confluence between the different perspectives where it was recognized that aspects such as norms and laws, family environment, social bond, race, ethnic group and customs of society, are factors of social determinants that can influence a young person to consume psychoactive substances within the University.


Introdução: O consumo de substâncias psicoativas (SPA) no ambiente universitário tem sido um problema de saúde pública que deve ser enfrentado para fortalecer o desenvolvimento integral dos estudantes. Objetivo: Indagar sobre elementos teóricos e metodológicos que permitam prevenir, controlar e mitigar o problema dentro da Universidade. Materiais e métodos: O processo de investigação desenvolveu-se sob a lógica do paradigma qualitativo, com desígnio etnográfico e na construção da estratégia metodológica foram utilizadas técnicas de investigação-ação. Resultados: A estratégia foi baseada em fatores relacionados com os determinantes estruturais e intermediários da saúde que orientaram a construção de atividades associadas à psicologia comunitária, promoção, comunicação e educação para a saúde, bem como ações propostas pelas autoridades de saúde na Colômbia. Conclusão: O estudo permitiu mostrar que existem pontos de confluência entre as diferentes perspectivas onde se reconheceu que aspetos como as normas e leis, o ambiente familiar, o vínculo social, a raça, a etnia e os costumes da sociedade, são fatores dos determinantes sociais de saúde que podem influenciar um jovem a consumir substâncias psicoativas dentro da Universidade.

17.
Licere (Online) ; 26(02): 84-113, jul.2023. tab, ilus
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-1510115

RESUMEN

Este estudo tem como objetivo investigar o fenômeno do "esquenta", suas práticas, motivações e impactos, por meio da revisão da literatura. A disseminação da cultura do "esquenta" como forma de consumo recreativo de álcool durante o lazer noturno e a escassez de estudos específicos sobre a temática no Brasil motivaram o desenvolvimento desta pesquisa. Foi realizada revisão na base de dados Periódicos Capes, por meio de 10 buscas diferentes, o que resultou em um total de 995 artigos. Com base nos critérios aplicados no estudo, foram selecionados 35 artigos para compor esta pesquisa. As discussões sugerem que jovens de vários países que praticam esquenta procuram economizar recursos financeiros frente os altos preços praticados em bares e outros estabelecimentos noturnos, e compartilhar expectativas sociais e emocionais entre seus pares. No entanto, o esquenta pode acomodar o uso excessivo de álcool por uma parcela dos jovens, constituindo fatores de risco para consequências negativas durante eventos de lazer noturno, como mal-estar, vômito e desmaios, embora a literatura também aponte aspectos positivos do fenômeno em relação a prevenção para uma parte dos jovens, como beber menos quando têm alguma vivência de lazer principal na noite.


This study aims to investigate the phenomenon of pre-drinking, its practices, motivations, and impacts, through a review of existing literature. The dissemination of the pre-drinking among young adults as a form of recreational alcohol consumption during night leisure and the scarcity of specific studies on the subject in Brazil motivated the development of this research. A review was conducted in Periódicos Capes database through 10 different searches, resulting in a total of 995 articles. Based on the criteria applied in the study, 35 articles were selected to compose this research. Discussions suggest that young people from various countries who practice pre-drinking seek to save financial resources, given the high prices of alcoholic beverages in bars and other night establishments, and share social and emotional expectations among their peers. Although pre-drinking may help young people save money on expensive drinks in bars and nightclubs, it can also lead to excessive alcohol consumption and increase the risk of negative consequences during night leisure events, including feeling sick, vomiting, and blackout. However, the literature also highlights positive aspects of the phenomenon in terms of prevention for some groups of young people, such as drinking less when they have a main leisure experience at night.


Asunto(s)
Adolescente , Consumo de Bebidas Alcohólicas , Adolescente , Actividades Recreativas
18.
Actual. psicol. (Impr.) ; 37(134): 68-84, Jan.-Jun. 2023. tab
Artículo en Portugués | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1556769

RESUMEN

Resumo. Objetivo. Analisar em que medida a qualidade da vinculação amorosa, a presença de sintomatologia psicopatológica e os conflitos interparentais predizem os conflitos no namoro em jovens adultos. Método. A amostra foi constituída por 505 indivíduos, 366 (72.5%) do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 18 e os 25 anos (M = 20.59; DP = 1.78). Resultados. Os resultados apontam que conflitos interparentais, a sintomatologia psicopatológica e a ambivalência na vinculação amorosa predizem negativamente estratégias de resolução não abusivas no namoro. As estratégias de resolução abusivas e os comportamentos violentos no namoro são preditos positivamente pela sintomatologia psicopatológica, conflitos interparentais e a ambivalência na vinculação amorosa. O sexo feminino associou-se às resoluções não abusivas, enquanto o sexo masculino se associou à resolução de conflitos abusivos e comportamentos violentos.


Abstract. Objective. This study aims to analyze to what extent the quality of the romantic attachment, the presence of psychopathological symptoms, and the inter-parental conflicts predict dating conflicts in young adults. Method. The sample comprised 505 individuals, 366 (72.5%) females, aged between 18 and 25 (M = 20.59; SD = 1.78). Results. The results indicate that interparental conflict, psychopathological symptomatology, and ambivalence in romantic attachment negatively predict non-abusive resolution strategies in dating. Abusive coping strategies and dating violence were positively predicted by psychopathological symptoms, inter-parental conflicts, and dating attachment ambivalence. These were also negatively predicted by interpersonal sensitivity and trust in the romantic attachment. Females were associated with non-abusive conflict resolution strategies, whereas males were associated with abusive conflict resolution strategies and violent behaviors.

19.
Rev. port. enferm. saúde mental ; (29): 37-47, jun. 2023.
Artículo en Portugués | LILACS-Express | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1450338

RESUMEN

Resumo Introdução: Estudo centra-se no conhecimento da literacia e da saúde mental positiva, em jovens do ensino secundário. Objetivos: Identificar os fatores de vulnerabilidade e proteção de jovens do ensino secundário na ilha da Madeira. Metodologia: Investigação quantitativa, descritiva. Estudo piloto realizado na ilha da Madeira, com estudantes do ensino secundário (n=1948), idades entre 15-18 anos, mediante consentimento informado dos participantes e encarregados de educação. Colheita dados: "Questionário de Literacia e Saúde Mental Positiva", versão Estudantes do Ensino Secundário (QSM+VEESec) (Ribeiro, Sequeira, Ferreira, Carvalho e Pires, 2018). Aplicação online entre março/junho 2021. Resultados: Os resultados mostram relevância entre fatores de vulnerabilidade e proteção na saúde mental. Verificou-se que 9,9% dos estudantes referiu ter alguns problemas de saúde mental; 9,3% recorreu a algum serviço de saúde devido a problema saúde mental; 29,7% referiu ter tido ou ter algum acompanhamento psiquiátrico. Dos fatores vulnerabilidade salienta-se: 42,4% não está satisfeito com seu sono; 46,1% considera não dormir horas suficientes para suas necessidades; 4,5% e 4,8%, respetivamente toma medicação regular para dormir e para algum problema saúde mental; 48,6% não pratica exercício físico regular. Dos possíveis fatores protetores, verifica-se que apresentam fracos indicadores, nomeadamente: 78,2% não participa em atividades recreativas; 43,7% não está satisfeito com sua relação afetiva e consomem substâncias (bebidas alcoólicas: 26,4% e drogas mais de três vezes por semana 3,4%). Conclusão: Os jovens apresentam problemas de saúde mental: ansiedade, depressão, consumos álcool, substâncias ilícitas. Destaca-se a falta de interação social, a ausência de participação em atividades recreativas e insatisfação nos relacionamentos afetivos.


Abstract Introduction: Study focuses on the knowledge of literacy and positive mental health, in secondary school youth. Objectives: Identify the vulnerabitity and protective and vulnerability of secondary school students on the Island of Madeira. Methodology: Quantitative, descriptive research. A pilot study conducted on the island of Madeira, with secondary school students (n=1948), aged between 15-18 years, with the informed consent of the participants and parents. Data collection: "Literacy and Positive Mental Health Questionnaire", version Secondary School Students (QSM+VEESec) (Ribeiro, Sequeira, Ferreira, Carvalho and Pires, 2018). Online application between March/June 2021. Results: The results show relevance between vulnerability and protective factors in mental health. It was found that 9.9% of the students reported having some mental health problems 9.3% resorted to some health service due to mental health problem; 9.3% resorted to some health service due to mental health problem; 29.7% reported having had or had some psychiatric follow-up. Of the vulnerability factors, the following stand out: 42.4% are not satisfied with their sleep; 46.1% consider not getting enough sleep for their needs; 4.5% and 4.8%, respectively, take regular medication for sleep and for some mental health problem; 48.6% do not practice regular physical exercise. Of the possible protective factors, it is verified that they present weak indicators, namely: 78.2% do not participate in recreational activities; 43.7% are not satisfied with their affective relationship and consume substances (alcoholic beverages: 26.4% and drugs more than three times a week 3.4%). Conclusion: Young people have mental health problems: anxiety and depression, alcohol consumption and illicit substances. The lack of social interaction, the absence of participation in recreational activities and dissatisfaction in affective relationships stand out.


Resumen Introducción: El estudio se centra en el conocimiento de la alfabetización y la salud mental positiva en jóvenes de secundaria. Objetivos: Identificar los factores de vulnerabilidad y protección de los estudiantes de secundaria en la Isla de Madeira. Metodología: Investigación cuantitativa y descriptiva. Estudio piloto realizado en la isla de Madeira, con estudiantes de secundaria (n=1948), con edades comprendidas entre 15-18 años, con el consentimiento informado de los participantes y padres. Recolección de datos: "Cuestionario de alfabetización y salud mental positiva", versión Estudiantes de secundaria (QSM + VEESec) (Ribeiro, Sequeira, Ferreira, Carvalho y Pires, 2018). Solicitud en línea entre marzo/junio de 2021. Resultados: Los resultados muestran relevancia entre la vulnerabilidad y los factores protectores en salud mental. Se encontró que 9,9% de los estudiantes refirieron tener algún problema de salud mental; 9,3% recurrieron a algún servicio de salud debido a problemas de salud mental; 29,7% refirieron haber tenido o tenido algún seguimiento psiquiátrico. De los factores de vulnerabilidad, se destacan: 42,4% no están satisfechos con su sueño; El 46,1% considera que no duerme lo suficiente para sus necesidades; 4,5% y 4,8%, respectivamente, toman medicamentos regulares para dormir y para algún problema de salud mental; El 48,6% no practica ejercicio físico regular. De los posibles factores protectores, se verifica que presentan indicadores débiles, a saber: 78,2% no participan en actividades recreativas; 43,7% no están satisfechos con su relación afectiva y consumen sustancias (bebidas alcohólicas: 26,4% y drogas más de tres veces a la semana 3,4%). Conclusión: Los jóvenes tienen problemas de salud mental: ansiedad y depresión, consumo de alcohol y sustancias ilícitas. Se destacan la falta de interacción social, la ausencia de participación en actividades recreativas y la insatisfacción en las relaciones afectivas.

20.
Coimbra; s.n; maio 2023. 67 p. tab, ilus.
Tesis en Portugués | BDENF - Enfermería | ID: biblio-1524407

RESUMEN

A entrada no ensino superior corresponde a uma fase complexa do desenvolvimento dos jovens, caracterizado por um processo de adaptação que envolve diversos desafios, com a criação de novas relações, a vivência da vida académica e novos processos de aprendizagem, levando a um aumento da autonomia e a uma necessidade de se adaptarem de forma eficaz às exigências desta nova etapa. De acordo com a literatura, uma em cada seis pessoas com doença mental encontra-se na faixa etária dos 10 aos 19 anos, sendo a depressão uma das maiores causas de doença e incapacidade entre os adolescentes, que na maioria dos casos não é detectada atempadamente. O Programa de Primeira Ajuda em Saúde Mental (PASM), é um dos instrumentos psicoeducacionais passível de ser usado na promoção da literacia em saúde mental com a intenção de dotar os jovens de ferramentas adequadas para lidar com problemas de saúde mental e com capacidade para ajudar os seus pares. O objectivo deste estudo é a avaliação da efectividade do programa de PASM em estudantes do 1º ano da licenciatura em enfermagem, com um desenho pré experimental (com pré e pós teste), com recurso ao instrumento QuALiSMental. A intervenção teve duração de 1 dia (9 horas), com uma amostra de 100 alunos, com média de idades 18,54 anos (DP=2,00 anos). Os resultados obtidos permitem observar um incremento da literacia em depressão ao nível do reconhecimento da mesma, na intenção de procura de ajuda, confiança para prestar ajuda, assim como adequação de estratégias comunicacionais e redução do estigma pessoal associado à doença mental.


Asunto(s)
Estudiantes de Enfermería , Depresión , Atención a la Salud Mental , Alfabetización en Salud
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA
...