Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 11.363
Filtrar
1.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180471, Jan.-Dec. 2020. tab
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1059140

RESUMEN

ABSTRACT Objective: to analyze the knowledge of the elderly assisted by the Unified Health System (Sistema Único de Saúde, SUS) about HIV/AIDS infection in a health unit, before and after an educational intervention. Method: a quasi-experimental study analyzing the changes related to the knowledge about HIV/AIDS of 60 elderly individuals divided into two groups, who participated in an educational intervention, in an outpatient clinic of a SUS rehabilitation center in the second half of 2016. To evaluate the effectiveness of the teaching/learning process, a semi-structured questionnaire called QHIV3I was applied before and after the intervention. For data analysis, the generalized version of McNemar's chi-square test was used. Results: comparing the knowledge of the elderly before and after the educational intervention showed a higher number of correct answers, with a minimum percentage of 3.34% and a maximum of 75%. Significant statistical differences were found in one of the questions in the concept, transmission and treatment domains; and in the two vulnerability questions. Conclusion: it was found that the educational intervention contributed to the improvement of knowledge about HIV/AIDS in the elderly population. Thus, it is reasserted that the health promotion policy finds its essential foundation in health education strategies.


RESUMEN Objetivo: analizar el conocimiento de los ancianos atendidos por el Sistema Único de Salud (SUS) acerca de la infección por VIH/SIDA en una unidad de salud, tanto antes como después de una intervención educativa. Método: estudio cuasi-experimental en el que se analizaron los cambios relacionados con el conocimiento sobre VIH/SIDA de 60 ancianos subdivididos en dos grupos y que participaron de una intervención educativa en el área de atención ambulatoria de un centro especializado en rehabilitación del SUS, durante el segundo semestre de 2016. Para evaluar la eficacia del proceso de enseñanza/aprendizaje se aplicó un cuestionario semiestructurado denominado QHIV3I, antes y después de la intervención. En el análisis de los datos se utilizó la versión generalizada de la prueba de chi-cuadrado de McNemar. Resultados: en la comparación de los conocimientos de los ancianos antes y después de la intervención educativa se evidenció una mayor cantidad de respuestas correctas, con un porcentaje mínimo de 3,34% y uno máximo de 75%. Se encontraron diferencias significativas en una de las preguntas de los dominios de concepto y de transmisión y tratamiento, además de en las dos preguntas sobre vulnerabilidad. Conclusión: se constató que la intervención educativa contribuyó a mejorar los conocimientos sobre VIH/SIDA en la población de la tercera edad. Esto reafirma que la política de promoción de la salud encuentra sus fundamentos esenciales en las estrategias de educación en salud.


RESUMO Objetivo: analisar o conhecimento dos idosos atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) acerca da infecção do HIV/aids numa unidade de saúde, antes e após intervenção educativa. Método: estudo quase-experimental, em que se analisou as mudanças relativas ao conhecimento sobre HIV/aids de 60 idosos subdivididos em dois grupos, que participaram de intervenção educativa, num ambulatório de um centro especializado em reabilitação do SUS no segundo semestre de 2016. Para avaliar a eficácia do processo de ensino/aprendizagem, aplicou-se questionário semiestruturado denominado QHIV3I, antes e após a intervenção. Na análise dos dados, utilizou-se a versão generalizada do teste qui-quadrado de McNemar. Resultados: a comparação dos conhecimentos dos idosos antes e depois da intervenção educativa evidenciaram maior número de acertos, com percentual mínimo de 3,34% e máximo de 75%. Diferenças estatísticas significativas foram encontradas em uma das questões nos domínios conceito, transmissão e tratamento; e nas duas questões sobre vulnerabilidade. Conclusão: constatou-se que a intervenção educativa contribuiu para o aprimoramento de conhecimentos sobre HIV/aids na população idosa. Com isso, reafirma-se que a política de promoção da saúde encontra nas estratégias de educação em saúde seu alicerce essencial.


Asunto(s)
Humanos , Anciano , Salud del Anciano , Educación en Salud , Síndrome de Inmunodeficiencia Adquirida , VIH , Sistema Único de Salud , Salud , Transmisión de Enfermedad Infecciosa , Promoción de la Salud , Aprendizaje
2.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180517, Jan.-Dec. 2020.
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1094554

RESUMEN

ABSTRACT Objective: to know how mothers affected by the Zika virus during pregnancy became aware on the diagnosis of Congenital Zika Virus Syndrome in their child and to understand the way in which the communication of the diagnosis was transmitted. Method: a qualitative approach study, with interpretative research, based on the Resilience, Stress, Adjustment and Family Adaptation Model. The research was conducted in a Specialized Rehabilitation Center in a city of Paraíba (Brazil), from June to November 2017, with 40 mothers of children with congenital Zika virus syndrome. The empirical material was produced from a semi-structured script developed by the researcher, related to the different phases and components of the adaptation and resilience process. The findings were submitted to content analysis. Results: two thematic categories were unveiled: The discovery of Congenital Zika Virus Syndrome: period of diagnosis and maternal expectations, and How to communicate the diagnosis: implications for the discovery of Congenital Zika Virus Syndrome. Conclusion: Communication of the diagnosis and professional conduct at the time of information play important roles in re-signifying the meaning of congenital malformation. The interaction established by the health professional and their posture are directly related to the satisfaction about the information received.


RESUMEN Objetivos: conocer de qué manera las madres afectadas por el virus del Zika se enteraron del diagnóstico del Síndrome Congénito del Virus del Zika en sus hijos, y determinar cómo se comunicó el diagnóstico. Método: estudio de enfoque cualitativo, con investigación interpretativa, fundamentado en el Modelo de Resiliencia, Estrés, Ajustes y Adaptación Familiar. La investigación se realizó en un Centro Especializado en Rehabilitación de un municipio da Paraíba (Brasil) entre junio y noviembre de 2017 con 40 madres de niños con el Síndrome Congénito del Virus del Zika. El material empírico se produjo a partir de un guión con carácter semiestructurado desarrollado por la investigadora, relacionado con las diferentes fases y componentes del proceso de adaptación y resiliencia. Los hallazgos se sometieron a análisis de contenido. Resultados: surgieron dos categorías temáticas: La detección del Síndrome Congénito del Virus del Zika: período del diagnóstico y expectativas maternas, y Cómo comunicar el diagnóstico: implicancias al momento de detectar el Síndrome Congénito del Virus del Zika. Conclusión: comunicar el diagnóstico y la conducta profesional al momento de dar la noticia tienen un peso importante en la resignificación del sentido de la malformación congénita. La interacción que establece el profesional de la salud y su postura están directamente relacionadas con el nivel de satisfacción con respecto a la información recibida.


RESUMO Objetivo: conhecer como as mães acometidas pelo Zika vírus na gestação souberam do diagnóstico da Síndrome Congênita do Zika vírus em seu(sua) filho(a) e apreender a forma com que a comunicação do diagnóstico foi transmitida. Método: estudo de abordagem qualitativa, com investigação interpretativa, fundamentado no Modelo de Resiliência, Estresse, Ajustamento e Adaptação Familiar. A pesquisa foi realizada em um Centro Especializado em Reabilitação de um município da Paraíba (Brasil), no período de junho a novembro de 2017, com 40 mães de crianças com a Síndrome Congênita do Zika vírus. O material empírico foi produzido a partir de um roteiro com caráter semiestruturado desenvolvido pela pesquisadora, relacionado com as diferentes fases e componentes do processo de adaptação e resiliência. Os achados foram submetidos à analise de conteúdo. Resultados: foram desveladas duas categorias temáticas: A descoberta da Síndrome Congênita do Zika vírus: período do diagnóstico e expectativas maternas, e A forma da comunicação do diagnóstico: implicações diante da descoberta da Síndrome Congênita do Zika vírus. Conclusão: a comunicação do diagnóstico e a conduta profissional no momento da informação possuem papéis importantes na ressignificação do sentido da malformação congênita. A interação estabelecida pelo profissional de saúde e sua postura estão diretamente relacionadas com a satisfação sobre a informação recebida.


Asunto(s)
Humanos , Femenino , Salud de la Mujer , Virus Zika , Microcefalia , Madres , Sistema Único de Salud , Diagnóstico
3.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180100, Jan.-Dec. 2020. tab
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1059131

RESUMEN

ABSTRACT Objective: to evaluate the quality of life of nurses from the Mobile Emergency Care Service of the Federal District (Brazil) and to identify the domains that influenced this assessment. Method: an observational, descriptive, cross-sectional and quantitative study, with data obtained from 123 nurses who answered a questionnaire developed and structured in order to know sociodemographic and clinical variables and with the application of the World Health Organization Quality of Life Instrument Bref, to assess the quality of life. The data were submitted to descriptive statistics and inferential statics. Results: most of the nurses were women, aged between 20 and 40 years old, married, with a specialization degree and without any employment relation with another institution. Most (72.36%) considered their quality of life good or very good and were satisfied or very satisfied with their health (65.03%). The environment domain was the worst evaluated. A significant correlation was observed between the social relations (p=0.049) and environment (p=0.035) domains when correlated with the gender variable. The women rated their social relations and environment better than the men. Conclusion: the knowledge produced by this investigation may support the design of strategies that enable reducing the difficulties related to the life and work of nurses of the Mobile Emergency Care Service. Actions in this direction may contribute to the improvement of health, well-being and quality of life of the professionals and will have positive effects on the quality of health care provided to the population.


RESUMEN Objetivo: evaluar la calidad de vida de los enfermeros del Servicio de Atención Móvil de Emergencias del Distrito Federal (Brasil) e identificar los dominios que influenciaron en esa evaluación. Método: estudio de observación, descriptivo, transversal y cuantitativo, en el que se obtuvieron datos de 123 enfermeros que respondieron a un cuestionario desarrollado y estructurado para descubrir variables sociodemográficas y clínicas y en el que se aplicó el instrumento World Health Organization Quality of Life Instrument Bref para evaluar la calidad de vida. Los datos se sometieron a estadística descriptiva y inferencial. Resultados: en su mayoría, los enfermeros eran mujeres de 20 a 40 años de edad, casadas, con un nivel académico de especialización y sin ningún vínculo de empleo con otras instituciones. La mayor parte (72,36%) consideraron que su calidad de vida era buena o muy buena y se mostraron satisfechas o muy satisfechas con su salud (65,03%). El dominio del medio ambiente fue el peor evaluado. Se observó una correlación significativa entre los dominios de las relaciones sociales (p=0,049) y del medio ambiente (p=0,035) al correlacionarlos con la variable del sexo. Las mujeres evaluaron mejor que los hombres sus relaciones sociales y el medio ambiente. Conclusión: los conocimientos obtenidos gracias a esta investigación podrán ayudar a delinear estrategias que permitan reducir las dificultades relacionadas con la vida y el trabajo de los enfermeros del Servicio de Atención Móvil de Emergencias. Implementar acciones en este sentido podrá contribuir a mejorar la salud, el bienestar y la calidad de vida de los profesionales y tendrá efectos positivos sobre la calidad de la atención a la salud que se presta a la población.


RESUMO Objetivo: avaliar a qualidade de vida de enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Distrito Federal (Brasil) e identificar os domínios que influenciaram nessa avaliação. Método: estudo observacional, descritivo, transversal e quantitativo, com dados obtidos de 123 enfermeiros que responderam a um questionário desenvolvido e estruturado para conhecer variáveis sociodemográficas e clínicas e com aplicação do World Health Organization Quality of Life Instrument Bref, para avaliar a qualidade de vida. Os dados foram submetidos à estatística descritiva e inferencial. Resultados: os enfermeiros eram em sua maioria mulheres, entre 20 a 40 anos, casadas, com nível acadêmico de especialização e sem vínculo empregatício com outra instituição. A maior parte (72,36%) considerou sua qualidade de vida boa ou muito boa e estava satisfeita ou muito satisfeita com a saúde (65,03%). O domínio meio ambiente foi o pior avaliado. Observou-se correlação significativa entre os domínios relações sociais (p=0,049) e meio ambiente (p=0,035) quando correlacionados à variável sexo. As mulheres avaliaram melhor suas relações sociais e o meio ambiente em relação aos homens. Conclusão: o conhecimento produzido por essa investigação poderá subsidiar o delineamento de estratégias que permitam diminuir as dificuldades relacionadas à vida e ao trabalho de enfermeiros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Ações nesse sentido poderão contribuir para a melhoria da saúde, do bem-estar e da qualidade de vida dos profissionais e terão efeitos positivos sobre a qualidade da assistência à saúde prestada à população.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Adulto , Adulto Joven , Enfermería , Servicios Médicos de Urgencia , Calidad de Vida , Organización Mundial de la Salud , Sistema Único de Salud , Observación , Servicios de Contestadora , Servicios Médicos de Urgencia , Enfermeras y Enfermeros
4.
Texto & contexto enferm ; 29: e2018068, Jan.-Dec. 2020.
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1094543

RESUMEN

ABSTRACT Objective: to analyze the narrative of users about the assistance received by the professionals of the Mais Médicos (More Doctors) Program. Method: qualitative, exploratory, descriptive, comprehensive research carried out from August to December 2015. 16 interviews were carried out in four Basic Health Units that hired doctors who spoke the Spanish language. Systematic observation was performed with 30 hours of registration, and the respondents answered a socio-demographic questionnaire and a semi-structured interview. The analysis followed the triangulation of data from participant observation, interviews and the theoretical framework, using thematic analysis in the light of dialectical hermeneutics. Three operational categories have been developed: Quality and welcoming in consultation, Doctor-patient communication and foreign Doctor Results: the interviewees stated that making an appointment for a medical appointment, unlike before, became possible and less time consuming with the arrival of new doctors. The interviewees were satisfied with the medical care received, highlighting the quality of care. Conclusion: the medical reception received at the consultation, and the prescribed medications, seem to have a greater weight for the perception of the quality of the consultation, and to be more important for users than the understanding of the foreign language and the doctor's language. The low structural and operational competence of Primary Care remains the limit for the Mais Médicos Program.


RESUMEN Objetivo: analizar la narrativa de los usuarios sobre la asistencia recibida por los profesionales del Programa Mais Médicos. Método: investigación cualitativa, exploratoria, descriptiva, exhaustiva, realizada entre agosto y diciembre de 2015. Se realizaron 16 entrevistas en cuatro Unidades Básicas de Salud que contrataron médicos que hablaban español. La observación sistemática se realizó con 30 horas de registro, y los encuestados respondieron un cuestionario sociodemográfico y una entrevista semiestructurada. El análisis siguió la triangulación de datos de la observación participante, entrevistas y el marco teórico, utilizando análisis temáticos a la luz de la hermenéutica dialéctica. Se han desarrollado tres categorías operativas: calidad y bienvenida en la consulta, comunicación médico-paciente y médico extranjero. Resultados: los entrevistados declararon que hacer una cita para una cita médica, a diferencia de antes, se hizo posible y llevó menos tiempo con la llegada de nuevos médicos. Los entrevistados quedaron satisfechos con la atención médica recibida, destacando la calidad de la atención. Conclusión: la recepción médica recibida en la consulta, y los medicamentos recetados, parecen tener un mayor peso para la percepción de la calidad de la consulta, y son más importantes para los usuarios que la comprensión del idioma extranjero y el idioma del médico. La baja competencia estructural y operativa de Atención Primaria sigue siendo el límite para el Programa Mais Médicos.


RESUMO Objetivo: analisar a narrativa de usuários sobre a assistência recebida pelos profissionais do Programa Mais Médicos. Método: pesquisa qualitativa, exploratória, descritiva, de natureza compreensiva, realizada no período de agosto a dezembro de 2015. Foram realizadas 16 entrevistas em quatro Unidades Básicas de Saúde que contrataram médicos que se expressavam no idioma espanhol. Foi realizada observação sistemática com 30 horas de registro, e os depoentes responderam a um questionário sócio demográfico e a uma entrevista semiestruturada. A análise obedeceu à triangulação dos dados da observação participante, das entrevistas e do referencial teórico, utilizando-se a análise temática à luz da hermenêutica dialética. Foram elaboradas três categorias operacionais: Qualidade e acolhimento na consulta, Comunicação médico-paciente e Médico estrangeiro. Resultados: os entrevistados afirmaram que marcar uma consulta médica, diferente de antes, tornou-se possível e menos demorado com a chegada dos novos médicos. Os entrevistados mostraram-se satisfeitos com o atendimento médico recebido, realçando a qualidade na assistência. Conclusão: o acolhimento médico recebido na consulta, e as medicações prescritas, parecem ter um peso maior para a percepção da qualidade da consulta, e serem mais importantes para os usuários do que a compreensão do idioma estrangeiro e da linguagem do médico. A baixa competência estrutural e operacional da Atenção Básica permanece como limite para o Programa Mais Médicos.


Asunto(s)
Humanos , Adulto , Salud , Atención Médica , Consorcios de Salud , Médicos , Atención Primaria de Salud , Política Pública , Calidad de la Atención de Salud , Sistema Único de Salud , Investigación Cualitativa
5.
Texto & contexto enferm ; 29: e20190089, Jan.-Dec. 2020. graf
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1101984

RESUMEN

ABSTRACT Objective: to analyze the practices of novice graduated nurses in view of their social representations on intensive care to the critical patient provided in non-critical patient units. Method: a qualitative research, based on social representations, with 26 novice graduated nurses at a private university in Rio de Janeiro (Brazil). Data collection made between 2016 and 2017 by a semi-structured interview and lexical analysis by Alceste software. Results: the context of the Intensive Care Unit influences social representations, which mobilizes identity aspects of this environment that stereotype the ward as a disorganized place and that does not have material resources and trained professionals. Thus, when novice undergraduates act and despite the effort and dedication fail to transfer the patient, fear and lack of confidence are exacerbated, resulting in actions that can bring risks to the patient. Conclusion: there are stereotypes in relation to the clinic that limit the care actions of the novice undergraduates in relation to the critical patient, and should be re-signified in generalist education. It is recommended to develop follow-up programs for novice graduated nurses.


RESUMEN Objetivo: analizar las prácticas de enfermeros recién graduados sobre la base de sus representaciones sociales acerca del cuidado intensivodel paciente crítico prestado en unidades de pacientes no críticos. Método: investigación cualitativa, pautada en representaciones sociales, con 26 enfermeros recién graduados en una universidad privada de Rio de Janeiro (Brasil). La recolección de datos se realizó entre 2016 y 2017 mediante entrevistas semiestructuradas y análisis del tipo lexical por el software Alceste. Resultados: el contexto de la Unidad de Terapia Intensiva influye sobrelas representaciones sociales, y crea aspectos identitarios de este ambiente que marcan un estereotipo y estigmatizan a la enfermería como un lugar desorganizado que no dispone de recursos materiales ni de profesionales capacitados. En ese contexto, cuando actúan los recién graduados, y, a pesar de su esfuerzo y dedicación, no logran trasladar al paciente, se exacerban el miedo y la falta de confianza, que resultan en acciones que pueden implicar riesgos para el paciente. Conclusión: hay estereotipos en relación a la clínica que limitan los cuidados que el recién graduado presta al paciente crítico y que deben ser resignificados en la formación de grado. Se recomienda desarrollar programas de acompañamiento de enfermeros recién graduados.


RESUMO Objetivo: analisar as práticas de enfermeiros recém-formados em face das suas representações sociais sobre o cuidado intensivo ao paciente crítico prestado em unidades de pacientes não-críticos. Método: pesquisa qualitativa, pautada nas representações sociais, com 26 enfermeiros recém-formados em uma universidade privada do Rio de Janeiro (Brasil). Coleta de dados entre 2016 e 2017 por entrevista semiestruturada e análise do tipo lexical pelo software Alceste. Resultados: o contexto da Unidade de Terapia Intensiva influencia as representações sociais, o que mobiliza aspectos identitários deste ambiente que estereotipam a enfermaria como um local desorganizado e que não dispõe de recursos materiais e de profissionais capacitados. Com isso, quando os recém-formados agem e apesar do esforço e dedicação não conseguem transferir o paciente, exacerbam-se o medo e falta de confiança, resultando em ações que podem trazer riscos ao paciente. Conclusão: há estereótipos em relação à clínica que limitam as ações de cuidado do recém-formado frente ao paciente crítico, devendo ser resignificados na formação generalista. Recomenda-se desenvolver programas de acompanhamento dos enfermeiros recém-formados.


Asunto(s)
Humanos , Adulto , Adulto Joven , Práctica Profesional , Psicología Social , Enfermería , Cuidados Críticos , Atención de Enfermería , Sistema Único de Salud , Enfermeras y Enfermeros , Enfermeros
6.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180104, Jan.-Dec. 2020. graf
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1101981

RESUMEN

ABSTRACT Objective: To identify work aspects that generate satisfaction for the professionals who work in the Family Health Strategy. Method: This was a qualitative, descriptive study that involved five geographical regions of Brazil, and 27 Family Health Teams from six municipalities. The data were collected from 76 health professionals using semi-structured interviews, and were analyzed articulating the three phases of content analysis using Atlas.ti software resources. Results: The findings showed 129 statement excerpts, with 14 codes, grouped into three categories related to satisfaction. The category, Job Identification and Family Health Strategy Principles, represented 40.3%, with the codes: team work, job affinity, health model, completeness of care, and longitudinality of care. The category, Relationship with Family Health Strategy patients, represented 32.6%, with the following codes: bonding with patient, resoluteness of care, patient satisfaction, and patient care. Finally, the category, Professional and Working Aspects related to the Family Health Strategy, represented 27.1%, with the following codes: relationship with professionals, work recognition, enjoying the profession, team organization, and employment relationship. Conclusion: Professional satisfaction is associated with the work principles of the Family Health Strategy, and with the relationships that are established between patients, professionals and health management. It also has a subjective dimension, with a strong relationship with characteristics of the work process, how it is organized, and under what conditions and relationships this work occurs.


RESUMEN Objetivo: Identificar los aspectos del trabajo, que generan satisfacción en los profesionales de salud que actúan en la estrategia de salud familiar. Método: Estudio cualitativo que incluye 5 regiones geográficas del Brasil, 27 equipos de salud familiar de 6 municipios. Los datos fueron obtenidos, a través de 76 profesionales de salud por medio de entrevistas semi estructuradas y analizados, articulando las tres frases de Análisis del Contenido y los recursos del software Atlas ti. Resultados: Seleccionaron 129 extractos de conversaciones, 14 códigos agrupados en 3 categorías relacionadas a la satisfacción. La categoría Identificación con el trabajo y principios de la Estrategia salud de la familia, representó 40,3%; tuvo los códigos: trabajo en equipo, afinidad con el trabajo, modelo de salud, integralidad de la asistencia, longitudinalidad del cuidado. La categoría, Relación con los Usuarios en la Estrategia salud de la familia, representó el 32,6% con los siguientes códigos: vinculo con el usuario, resolutividad de la asistencia, satisfacción del usuario y asistencia al usuario. Finalmente, la categoría Aspectos Profesionales y de Trabajo, relacionados con la estrategia salud de la familia, representó 27,1% con los siguientes códigos: Relación con los profesionales, reconocimiento del trabajo, gusto por la profesión, organización del equipo, vinculo del trabajo. Conclusión: La satisfacción del profesional está asociada a los principios del trabajo en la Estrategia Salud de la Familia, a las relaciones que se establecen entre usuarios, profesionales y gestión de la salud. También posee una dimensión subjetiva, fuertemente relacionada con las características del proceso de trabajo, como se encuentra organizado, sus condiciones y relaciones.


RESUMO Objetivo: Identificar os aspectos do trabalho que são geradores de satisfação para os profissionais que atuam na Estratégia Saúde da Família. Método: Estudo qualitativo do tipo descritivo que envolveu 5 regiões geográficas do Brasil, 27 equipes de Saúde da Família de 6 municípios. Os dados foram coletados com 76 profissionais de saúde por meio de entrevistas semiestruturadas e analisados articulando as três fases da Análise de Conteúdo e dos recursos do software Atlas.ti. Resultados: Indicaram 129 trechos de falas e 14 códigos agrupados em 3 categorias relacionadas à satisfação. A categoria Identificação com o trabalho e princípios da Estratégia Saúde da Família representou 40,3% e teve os códigos: trabalho em equipe, afinidade com o trabalho, modelo de saúde, integralidade da assistência, longitudinalidade do cuidado. A categoria relações com os usuários na Estratégia Saúde da Família representou 32,6% com os seguintes códigos: vínculo com o usuário, resolutividade da assistência, satisfação do usuário, assistência ao usuário. Por fim, a categoria aspectos profissionais e trabalhistas relacionados à Estratégia Saúde da Família, representou 27,1% com os seguintes códigos: relação com os profissionais, reconhecimento do trabalho, gostar da profissão, organização da equipe, vínculo de trabalho. Conclusão: A satisfação profissional está associada aos princípios do trabalho na Estratégia Saúde da Família, as conexões que se estabelecem entre usuários, profissionais e gestão em saúde. Possui ainda uma dimensão subjetiva, possuindo forte vínculo com características do processo de trabalho, como esse é organizado e sob que condições e relações o trabalho acontece


Asunto(s)
Humanos , Adulto , Persona de Mediana Edad , Atención Primaria de Salud , Condiciones de Trabajo , Estrategia de Salud Familiar , Investigación Cualitativa , Satisfacción en el Trabajo , Grupo de Atención al Paciente , Trabajo , Sistema Único de Salud , Salud de la Familia , Personal de Salud , Continuidad de la Atención al Paciente , Gestión en Salud , Atención al Paciente , Recursos en Salud
7.
Texto & contexto enferm ; 29: e20180333, Jan.-Dec. 2020. tab, graf
Artículo en Inglés | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1059145

RESUMEN

ABSTRACT Objective: examine the contributions of teaching-service-community integration to health training and the Unified Health System, as well as the potential and challenges of this integration, from the viewpoint of professors. Method: descriptive study with a qualitative and quantitative approach. The study population was composed of 103 professors from the nursing, medical and dentistry courses of the Federal University of Rio Grande do Norte. The data was collected from October 2016 to February 2017, through an interview form. Imaruteq software and Bardin's content analysis were used for the data analysis. Results: according to the professors, teaching-service-community integration helps train students, since it provides multiprofessional and interdisciplinary experiences in real-life situations, in addition to promoting improved quality of care. However, various challenges need to be overcome, such as the hospital-centric model, which is still prevalent; fragmented curricula in disciplines; resistance of some professors to participate in integration; few interdisciplinary activities; emphasis on technical training with a predominance of traditional teaching methodologies; the infrastructure of the Unified Health System, among others. Conclusion: there is a need to institutionalize teaching-service-community integration and emphasize initiatives that dynamize and provide flexibility to multiprofessional and interdisciplinary activities. Institutions involved in the modification of health training and the transformation of health care processes also need to make a commitment.


RESUMEN Objetivo: analizar las contribuciones de la integración enseñanza-servicio-comunidad para la educación en salud y para el Sistema Único de Salud, así como las potencialidades y desafíos existentes en dicha integración, conforme la visión de los docentes. Método: estudio descriptivo, con abordaje cualitativo y cuantitativo. Población del estudio integrada por 103 docentes de las carreras de Enfermería, Medicina y Odontología de la Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Datos recolectados entre octubre de 2016 y febrero de 2017, utilizándose formularios de entrevista. Datos analizados mediante software Iramuteq y análisis de contenido de Bardin. Resultados: según los docentes, la integración enseñanza-servicio-comunidad contribuye a la educación del alumnado, brindándole experiencias multiprofesionales e interdisciplinarias en escenarios reales de práctica; así como también coadyuva a mejorar la calidad de los servicios. Sin embargo, es necesario superar aún varios desafíos, como el modelo "hospitalocéntrico", aún predominante; programas de estudios fragmentados en materias; resistencia de algunos docentes a participar de la integración; escasas acciones interdisciplinarias; énfasis en la formación técnica con predominio de metodologías tradicionales de enseñanza; infraestructura del Sistema Único de Salud, etcétera. Conclusión: resulta evidente la necesidad de institucionalizar la interacción enseñanza-trabajo-comunidad y valorizar las iniciativas que dinamicen y flexibilicen la enseñanza en actividades multiprofesionales e interdisciplinarias, así como el compromiso de las instituciones involucradas para modificar la educación en salud y la transformación de los procesos de atención de salud.


RESUMO Objetivo: analisar as contribuições da integração ensino-serviço-comunidade para a formação em saúde e para o Sistema Único de Saúde, bem como, as potencialidades e os desafios existentes nessa integração, na visão de docentes. Método: estudo descritivo, com abordagem qualitativa e quantitativa. A população do estudo foi composta por 103 docentes dos cursos de Enfermagem, Medicina e Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A coleta de dados foi realizada de outubro de 2016 a fevereiro de 2017, por meio de formulário de entrevista. Para a análise dos dados, foi utilizado o software Iramuteq e Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: na visão dos docentes, a integração ensino-serviço-comunidade contribui para a formação dos discentes, visto que proporciona experiências multiprofissionais e interdisciplinares em cenários reais de prática, bem como contribui para a melhoria da qualidade dos serviços. No entanto, vários desafios precisam ser superados, como o modelo hospitalocêntrico, ainda predominante; currículos fragmentados em disciplinas; resistência de alguns docentes em participar da integração; poucas ações interdisciplinares; ênfase na formação técnica com predomínio de metodologias tradicionais de ensino; infraestrutura do Sistema Único de Saúde, entre outros. Conclusão: fica evidente a necessidade de institucionalização da interação ensino-serviço-comunidade, e da valorização de iniciativas que dinamizem e flexibilizem o ensino em atividades multiprofissionais e interdisciplinares, assim como do compromisso das instituições envolvidas na modificação da formação em saúde e na transformação dos processos de atenção à saúde.


Asunto(s)
Humanos , Adulto , Sistema Único de Salud , Servicios de Integración Docente Asistencial , Educación Superior , Docentes , Integralidad en Salud
8.
Rev. enferm. UERJ ; 28: e45918, jan.-dez. 2020.
Artículo en Inglés, Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1117684

RESUMEN

Objetivo: analisar a compreensão de estudantes de graduação em enfermagem sobre as Redes de Atenção à Saúde. Método: estudo descritivo e exploratório, qualitativo, realizado com 27 estudantes em Enfermagem de uma universidade federal do sul do Brasil, por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas entre agosto e setembro de 2018. Resultados: foi evidenciado o conhecimento dos estudantes em relação ao conceito e objetivo das Redes de Atenção à Saúde, a identificação de fragilidades na comunicação e a falta de conhecimento do usuário como obstáculos na efetivação das mesmas, a dificuldade em ver a atuação do enfermeiro dentro dos variados serviços das redes e a percepção sobre a fragmentação do processo de formação. Conclusão: o estudo contribui para a discussão sobre a inclusão dos estudantes nas Redes de Atenção à Saúde, com intuito de superar as exigências educacionais que buscam favorecer a efetivação do Sistema Único de Saúde e das Redes de Atenção à Saúde.


Objective: to examine undergraduate nursing students' understanding of Health Care Networks (HCNs). Method: in this exploratory, qualitative descriptive study, semi-structured interviews were conducted with 27 Nursing students at a federal University in southern Brazil between August and September 2018. Results: the interviews revealed that the students' knowledge related to the HCNs' concept and purpose, beyond the communication weaknesses and users' lack knowledge as obstacles to effective HCNs, the difficulty in seeing nurses' roles in the various network services, and perceived fragmentation in the training process. Conclusion: the study contributed to discussion of inclusion of students in HCRs, with a view to meeting the educational requirements designed to favor implementation of the national health system (SUS) and the HCNs.


Objetivo: analizar la comprensión de los estudiantes de enfermería de pregrado sobre las redes de atención de la salud (HCN). Método: en este estudio exploratorio, cualitativo descriptivo, se realizaron entrevistas semiestructuradas a 27 estudiantes de Enfermería de una Universidad federal del sur de Brasil entre agosto y septiembre de 2018. Resultados: las entrevistas revelaron que los conocimientos de los estudiantes relacionados con el concepto y propósito, más allá de las debilidades de comunicación y la falta de conocimiento de los usuarios como obstáculos para una HCN eficaz, la dificultad para ver el rol de las enfermeras en los distintos servicios de la red y la fragmentación percibida en el proceso de formación. Conclusión: el estudio contribuyó a la discusión de la inclusión de los estudiantes en las HCR, con miras a cumplir con los requisitos educativos diseñados para favorecer la implementación del Sistema Nacional de Salud (SUS) y las HCN.


Asunto(s)
Humanos , Masculino , Femenino , Atención Primaria de Salud/organización & administración , Estudiantes de Enfermería , Sistema Único de Salud/organización & administración , Prestación de Atención de Salud/organización & administración , Comprensión , Brasil , Rol de la Enfermera , Investigación Cualitativa , Educación de Postgrado en Enfermería
9.
Recurso de Internet en Portugués | LIS - Localizador de Información en Salud | ID: lis-47888

RESUMEN

Doação faz parte do Plano de Expansão da Radioterapia no SUS, que procura reduzir os gargalos na prestação do serviço no País


Asunto(s)
Radioterapia , Sistema Único de Salud
10.
Artículo en Portugués | LILACS, Coleciona SUS, CONASS, SES-GO | ID: biblio-1121615

RESUMEN

Tecnologia: Aripiprazol, medicamento antipsicótico de segunda geração. Indicação: tratamento da esquizofrenia. Objetivos: Apresentar evidências de análise econômicas em saúde, no cenário do SUS e contextos internacionais, do tratamento com Aripiprazol para esquizofrenia, comparado a outros antipsicóticos de uso oral de primeira e segunda geração utilizados no SUS. Realizar uma análise de impacto orçamentário para o contexto do SUS em Goiás e estimar uma projeção de gastos diretos com aquisição de Aripiprazol pela Secretaria de Saúde de Goiás, em cenário de incorporação do Aripiprazol para tratamento de esquizofrenia, no período de 2021 a 2025. Materiais e Métodos: Levantamentos bibliográficos nas bases de dados PUBMED e Biblioteca Virtual em Saúde, no mês de junho de 2020. Realizada avaliação da qualidade metodológica das revisões sistemáticas e dos estudos econômicos com as ferramentas Assessing the Methodological Quality of Systematic Reviews (AMSTAR), e Quality of Health Economic Studies (QHES) checklist, respectivamente. Foi calculado o impacto orçamentário, seguindo diretrizes do Ministério da Saúde, e projeção de gastos para a Secretaria de Saúde de Goiás. Resultados: Foram selecionadas e incluídas 1 revisão sistemática e 1 estudo econômico brasileiro no estudo de revisão rápida de evidências. Conclusão: No contexto brasileiro, o Aripiprazol é custo-efetivo, quando comparado a Clorpromazina, Haloperidol, Quetiapina e Ziprasidona. Porém, é menos custo-efetivo que Risperidona e Olanzapina. Caso seja padronizado pela Secretaria de Saúde de Goiás, promoverá economia anual para o SUS de R$ 250.042,05 a R$ 407.418,41, em sua máxima difusão. A projeção de gastos diretos é estimada em R$1.582.115,24 a R$27.960.108,08


Technology: Aripiprazole, second generation antipsychotic medication. Indication: treatment of schizophrenia. Objectives: To show evidence of health economic analysis in the scenario of Brazilian Public Health System (BPHS) and international contexts, for schizophrenia treatment with Aripiprazole, compared to other oral antipsychotics used in BPHS. To make a budget impact analysis for the Goias Public Health System perspective and estimate direct expenditures for the acquisition of Aripiprazole by State Department of Health of Goias, in a scenario of technology incorporation of Aripiprazole for the treatment of schizophrenia, in the period from 2021 to 2025. Materials and Methods: Bibliographical searches were done in the PUBMED and Virtual Health Library databases, in 2020 June. An evaluation of the methodological quality of systematic reviews and economic studies was done using the tools AMSTAR (Assessing the Methodological Quality of Systematic Reviews), and QHES (Quality of Health Economic Studies) checklist, respectively. Calculation of budget impact, following guidelines of the Brazilian Health Ministry, and projection of expenditures for the State Department of Health of Goias. Results: 1 systematic review and 1 Brazilian economic study were selected and included in the study of rapid evidence review. Conclusion: In the Brazilian context, Aripiprazole is cost-effective when compared to Chlorpromazine, Haloperidol, Quetiapine and Ziprasidone. However, it is less cost-effective than Risperidone and Olanzapine. If it is standardized by State Department of Health of Goias, it will promote anual savings for BPHS from R$ 250,042.05 to R$ 407,418.41, in its maximum dissemination. The direct expenses are estimated at R$ 1,582,115.24 to R $ 27,960,108.08


Asunto(s)
Humanos , Esquizofrenia/tratamiento farmacológico , Antipsicóticos/uso terapéutico , Aripiprazol/uso terapéutico , Análisis de Impacto Presupuestario , Antipsicóticos/economía , Sistema Único de Salud/economía , Aripiprazol/economía
11.
RECIIS (Online) ; 14(3): 580-596, jul.-set. 2020. ilus
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-1121772

RESUMEN

Este artigo apresenta uma proposta de modelagem conceitual da cadeia de custódia para os Registros Eletrônicos em Saúde (RES). O interesse em conhecer os critérios de autenticidade dos RES encaminhados dos serviços até o Portal do DATASUS gerou esta investigação. A pesquisa é exploratória e descritiva por meio de uma revisão sistemática da literatura e documental para prospecção e análise sobre autenticidade e preservação dos RES. A partir dos resultados encontrados foram identificados os custodiadores e a proposta de modelagem da cadeia de custódia para o Sistema Único de Saúde (SUS). Espera-se que os custodiadores modelados assimilem subsídios para a criação de repositórios digitais em saúde confiáveis e recomenda-se a adoção e a incorporação dos processos de gestão arquivística de documentos articulados com os da TI.


This article presents a proposal of conceptual modeling of the chain of custody for Electronic Health Records (EHR). The curiosity to know the authenticity criteria of the EHR sent from the services to the DATASUS Portal generated this investigation. The research is both exploratory and descriptive by means of a systemic literature and documental review for the prospection and analysis on authenticity and preservation of the EHR. According to the results found, the custodians and the proposal of custody chain modeling for Unified Health System (SUS) were identified. The modeled custodians are expected to assimilate subsidies for the creation of reliable digital health repositories. It is recommended that they adopt and incorporate the articulated processes of archival management to those from the IT.


Este artículo presenta una propuesta de modelado conceptual de la cadena de custodia para Registros Electrónicos en Salud (RES). La curiosidad por conocer los criterios de autenticidad de los RES enviados desde los servicios hacia el Portal DATASUS generó esta investigación. La investigación es exploratoria y descriptiva a través de una revisión sistemática de literatura y documental para la prospección y análisis de autenticidad y preservación de los RES. A partir de los resultados encontrados, se identificaron los custodios y la propuesta de modelado de la cadena de custodia para el Sistema Único de Salud (SUS). Se espera que los custodios modelados asimilen los subsidios para la creación de repositorios digitales en salud confiables y se recomienda la adopción e incorporación de los procesos de gestión de archivos de documentos articulados con los de TI.


Asunto(s)
Humanos , Archivos , Sistema Único de Salud , Registros , Registros Electrónicos de Salud , Gestión de la Información en Salud , Tecnología de la Información , Archivo , Revisión Sistemática
12.
RECIIS (Online) ; 14(3): 644-655, jul.-set. 2020.
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-1121790

RESUMEN

O presente artigo aborda a cultura e a medicina dos povos tradicionais afro-brasileiros como determinantes sociais da saúde em diferentes grupos étnicos, suas relações existentes com processos comunicativos e a efetivação de políticas públicas, especialmente a denominada Política Nacional de Práticas Integrativas em Saúde e Complementares no Sistema Único de Saúde, assim como o campo da educação patrimonial em saúde. A partir das análises de narrativas do projeto na área de comunicação e saúde por meio das linguagens das artes, realizado na Fundação Oswaldo Cruz entre 2004 e 2008, em articulação com as questões da tese de doutorado sobre as memórias da diversidade sociocultural dos povos tradicionais em suas artes de cura na Jurema Sagrada, em desenvolvimento na Pós-Graduação em Memória Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, este texto indica pontos importantes acerca dos processos de comunicação na educação em saúde mediante o mapeamento dos territórios do saber como estratégias de memórias e resistências de grupos étnicos.


This article examines both culture and medicine practice by the traditional Afro-Brazilian people as health social determinants in different ethnic groups, their relations with communicative processes and the implementation of public policies, specially the Política Nacional de Práticas Integrativas em Saúde e Complementares no SUS (National policy of integrative and complementary health practice by SUS), and the field of heritage of health education. It is based on the narrative analysis of the project developed by Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) from 2004 to 2008 in the communication and health area by means of art languages, related to issues proposed on PhD thesis about memories of the cultural and social diversity revealed by traditional people in its cure arts in Jurema Sagrada, in phase of development through the Programa de Pós-Graduação em Memória Social (Postgraduate program in social memory at Unirio - Universidade Federal do Rio de Janeiro. This text points out important issues about communication processes in health education through mapping of knowledge territories as strategies for memory and resistance of ethnic groups.


Este artículo analiza la cultura y la medicina de los pueblos tradicionales afro-brasileños como determinantes sociales de la salud en diferentes grupos étnicos, sus relaciones existentes con procesos comunicativos y la implementación de políticas públicas, especialmente la Política Nacional de Práticas Integrativas em Saúde e Complementares no SUS (Política nacional de prácticas integrales y complentarias de salud en el SUS) y el campo de la educación patrimonial de la salud. Él se basa en el análisis de narrativas del proyecto en comunicación y salud a través de los lenguajes de las artes, realizado en la Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) en el periodo de 2004 hasta 2008, relacionado con las cuestiones de tesis doctoral sobre las memorias de la diversidad sociocultural de pueblos tradicionales revelada en sus artes curativas en Jurema Sagrada, en desarrollo en el Programa de Pós-Graduação em Memória Social (Programa de posgrado en memoria social) de la Universidade Federal do Rio de Janeiro (Unirio). El presente texto apunta cuestiones importantes sobre los procesos de comunicación en la educación en salud a través de la esquematización de los territorios del saber como estrategias de memorias e resistencia de los grupos étnicos.


Asunto(s)
Humanos , Educación en Salud , Medicina Tradicional Africana , Comunicación , Terapias Espirituales , Determinantes Sociales de la Salud , Sistema Único de Salud , Narración , Comunicación en Salud
13.
RECIIS (Online) ; 14(3): 692-708, jul.-set. 2020. ilus
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-1121860

RESUMEN

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) promulgada no Brasil em 2018 é reflexo do movimento internacional de busca pela preservação de direitos fundamentais como privacidade, intimidade, honra, direito de imagem e dignidade humana. O objetivo do estudo foi o de apontar em que medida a estrutura do sistema público de saúde brasileiro será impactada pela publicação da Lei e indicar eventuais caminhos a serem trilhados nesse sentido. Trata-se de pesquisa de abordagem qualitativa, descritiva e exploratória, com utilização do método dedutivo a partir de pesquisa bibliográfica/artigos e documental/ordenamento jurídico. Os resultados alcançados apontam para a estreita relação entre o SUS e a necessidade de proteção de dados sensíveis e de boas práticas em segurança da informação, com impacto direto na privacidade de pacientes. A partir dos resultados, concluiu-se que o SUS será eminentemente impactado pela LGPD e, dada a imponência de sua estrutura de tecnologia da informação, deverá adotar medidas diligentes e céleres para seu amoldamento à Lei.


The General Data Protection Law enacted in Brazil in 2018 reflects the international movement for the preservation of fundamental rights such as privacy, intimacy, honor, image rights and human dignity. The objective of the study was to point out to what extent the structure of the Brazilian public health system will be impacted by the publication of the Law and to indicate possible paths to be taken in this direction. This is a qualitative, descriptive and exploratory research using the deductive method from the analysis of articles and legal order. The results achieved point to the relationship between SUS and the need to protect sensitive data and good practices in information security, with direct impact on patient privacy. From the results, it was concluded that the SUS will be eminently impacted by GDPL and, given the importance of its information technology structure, it should take diligent and fast measures to comply with the Law.


La Ley General de Protección de Datos, promulgada en Brasil en 2018, reflexionó sobre el movimiento internacional para la preservación de principios fundamentales como la privacidad, la intimidad, el honor, la dirección de la imagen y la dignidad humana. El propósito de este estudio es determinar en qué medida el sistema público del sistema público brasileño se verá afectado por la publicación de la Ley e indicar eventuales caminos a seguir en esta dirección. Esta es una investigación cualitativa, descriptiva y exploratoria que utiliza el método deductivo con análisis de artículos y orden legal. Los resultados obtenidos apuntan a la estrecha relación entre el SUS y la necesidad de proteger los datos confidenciales y las buenas prácticas en seguridad de la información, con impacto directo en la privacidad del paciente. Con base en los resultados, se concluye que el SUS se verá afectado de manera eminente por la LGPD y, dada la imposición de su estructura de tecnología de la información, será necesario adoptar medidas diligentes y rápidas para su enmienda a la Ley.


Asunto(s)
Humanos , Sistema Único de Salud , Brasil , Seguridad Computacional , Confidencialidad , Tecnología de la Información , Telemedicina , Difusión de la Información , Derecho a la Salud , Jurisprudencia
15.
RECIIS (Online) ; 14(3): 546-562, jul.-set. 2020. ilus, graf
Artículo en Portugués | LILACS | ID: biblio-1121410

RESUMEN

Este artigo possui como objetivo identificar ações governamentais no âmbito dos sistemas e serviços de saúde que visam a adoção de políticas públicas relacionadas à preservação digital em saúde. As políticas públicas de informação e de arquivos são transversais às políticas públicas de saúde e contribuem diretamente para a garantia dos direitos dos cidadãos preconizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Neste sentido, as políticas de preservação digital são essenciais para garantir o acesso às informações a gerações futuras. A pesquisa caracteriza-se como aplicada e exploratória. Utiliza como amostra os textos completos da Consolidação das Normas Infralegais do SUS. Os resultados apontam para a necessidade de ações voltadas para a preservação digital em saúde por meio da adoção de políticas públicas. Por fim, destaca-se que a participação popular no desenvolvimento destas políticas públicas de informação em saúde é essencial para a transparência das ações governamentais.


This article seeks to identify governmental actions within the scope of health systems and services that aim to adopt public policies related to digital preservation in health. Public information and archive policies are transversal to public health policies and directly contribute to guaranteeing the rights of citizens advocated by the Unified Health System (SUS). In this sense, digital preservation policies are essential to guarantee access to information for future generations. The research is characterized as applied and exploratory. It uses as a sample the complete texts of the Consolidation of Infralegal Norms of SUS. The results point to the need for actions aimed at digital preservation in health through the adoption of public policies. Finally, it is emphasized that popular participation in the development of these public health information policies is essential for the transparency of governmental actions.


Este artículo tiene como objetivo identificar acciones gubernamentales dentro del alcance de los sistemas y servicios de salud que apuntan a adoptar políticas públicas relacionadas con la preservación digital en salud. Las políticas de información pública y archivo son transversales a las políticas de salud pública y contribuyen directamente a garantizar los derechos de los ciudadanos que defiende el Sistema Único de Salud (SUS). En este sentido, las políticas de preservación digital son esenciales para garantizar el acceso a la información para las generaciones futuras. La investigación se caracteriza por ser aplicada y exploratoria. Utiliza como muestra los textos completos de la Consolidación de las Normas Infralegales del SUS. Los resultados apuntan a la necesidad de acciones dirigidas a la preservación digital en salud a través de la adopción de políticas públicas. Finalmente, se enfatiza que la participación popular en el desarrollo de estas políticas de información de salud pública es esencial para la transparencia de las acciones gubernamentales.


Asunto(s)
Humanos , Archivos , Política Pública , Sistema Único de Salud , Seguridad Computacional , Comunicación en Salud , Brasil , Gestión de la Información , Acceso a la Información
16.
Caracas; Observatorio Nacional de Ciencia, Tecnología e Innovación; ago. 2020. 112-123 p. (Observador del Conocimiento. Revista Especializada en Gestión Social del Conocimiento, 5, 2).
Monografía en Español | LILACS, LIVECS | ID: biblio-1118173

RESUMEN

Este ensayo tiene por objeto exponer una serie de reflexiones sobre la situación de la Gran Caracas durante el período marzo-junio 2020, enmarcado en la Pandemia declarada por la Organización Mundial de la Salud (OMS) en fecha 11 de marzo de 2020. Estas reflexiones sobre la ciudad, entendida como un sistema complejo y auto-organizado, dan cuenta de una revolución urbana en nuestro territorio, desde comunidades organizadas que se contraponen a los modelos hegemónicos de urbanización planetaria, hasta una divergencia en los modelos de producción y abastecimiento local en el territorio. Aunque podía parecer que el SARS-COVID-19 es una amenaza para las iniciativas urbanas que se verían coartadas o limitadas por las medidas de confinamiento en la lucha contra el Virus, observamos experiencias de base y siempre comunitarias que resisten y se fortalecen en medio de las presentes dificultades. Nos interesamos en estas experiencias ya que aportan a la reflexión necesaria acerca de la transformación de nuestro entorno urbano. El estudio se realiza a partir de un pensamiento complejo, que trata de tejer las interacciones y aportes de un sujeto (la comunidad) que co-construye su realidad (la ciudad como sistema) revelando una vez más la potencia de un pueblo creador. Finalmente se plantean algunas consideraciones sobre estas iniciativas y sus posibilidades, enmarcadas en las profundas luchas por la reivindicación de los derechos al territorio, a la vida, a la cultura y a la ciudad, y que en palabras de Harvey (2013) atraviesan el camino de una revolución urbana(AU)


This essay aims to present several reflections on the situation of the "Gran Caracas" between March and June 2020, during the pandemic period declared by the World Health Organization on March 11, 2020. These considerations on the city, understood as a complex and self-organized system, tell of an urban revolution in our territory, from organized communities that oppose the hegemonic models of world urbanization, to a divergence in the production and local supply models on the territory. Although it may seem that SARS-COVID-19 is a threat to urban actions that would be inhibited by confining measures in order to control the virus, we observe bottom-up and always community- based experiences that resist and become stronger in the midst of the present challenges. We are interested in these experiences since they contribute to the necessary discussion about the transformation of our urban environment. This study is based on a complex thought, which tries to weave the interactions and contributions of a subject (the community) that co-creates its reality (the city as a system) revealing, once again, the potential of creative people. Finally, some considerations are raised about these proposals and their possibilities, framed in the deep struggles for the vindication of the rights to territory, to life, to culture and to the city, and that in David Harvey's words (2013, pág. 16) cross the path of an urban revolution (AU)


Asunto(s)
Humanos , Sistema Único de Salud , Infecciones por Coronavirus , Ciudad Saludable , Pandemias , Ciudades
17.
Enferm. foco (Brasília) ; 11(1,n.esp): 40-47, ago. 2020. ilus
Artículo en Portugués | LILACS, BDENF - Enfermería | ID: biblio-1116321

RESUMEN

Objetivo: compreender a atuação do enfermeiro no Sistema Único de Saúde frente ao Coronavirus Disease 2019 e sua relação com o processo de formação profissional. Método: trata-se de um estudo qualitativo, cuja produção das informações ocorreu por meio de entrevistas com enfermeiros representantes do ensino, da gestão e da atenção à saúde, protagonistas no enfrentamento da pandemia, em uma Macrorregião do estado de Santa Catarina. A técnica de análise utilizada foi o Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: emergiram duas Ideias Centrais: (Des)valorização e/ou reconhecimento da atuação da enfermagem no Sistema Único de Saúde frente à Coronavirus Disease 2019; Formação em enfermagem e a Coronavirus Disease 2019: relevância da integração ensino-serviço. Conclusão: revelou a percepção política dos enfermeiros frente a crise de saúde pública agravada pela pandemia e a disposição para fortalecer a defesa dos princípios do Sistema Único de Saúde. Os enfermeiros reconhecem a necessidade de valorização profissional, evidenciada pela crise. A integração ensino-serviço é reconhecida como essencial na formação em enfermagem no Sistema Único de Saúde. (AU)


Objective: it aims to understand the role of nurses in the Unified Health System against Coronavirus Disease 2019 and their relationships with the professional training. Methodology: This is a qualitative study, in which information production occurred through interviews with representing education nurses, management and health care nursing professionals who are on the frontline of the pandemic in a macro-region of Santa Catarina state. The analysis technique used was the Discourse of the Collective Subject. Results: Two main ideas emerged from the groups: the mis-valuation and/or recognition of health professionals with Unified Health System due to Coronavirus Disease 2019; Nurse training programs and Coronavirus Disease 2019: the importance of teaching-service integration. Conclusions:Some nurses' political perceptions were revealed about the public health crisis resulting from the pandemic, as well as their willingness to strengthen the defense of the Unified Health System principles. The nurses recognize the need for professional enhancement, which emerged with the crisis. The teaching-service integration is understood as essential for nursing training on Unified Health System. (AU)


Objetivo: comprender el papel de las enfermeras en el Sistema Único de Salud ante la enfermedad de Coronavirus 2019 y su relación con el proceso de formación profesional. Método: este es un estudio cualitativo, cuya producción de información ocurrió a través de entrevistas con enfermeras que representan educación, gestión y atención a salud, protagonistas en el frente la pandemia, en una macro-región del estado de Santa Catarina. Fue utilizado para el análisis o Discurso del sujeto colectivo. Resultados: surgieron dos ideas centrales: (des) valorización y/o reconocimiento del desempeño de enfermería en el Sistema Único de Salud ante la enfermedad del coronavirus 2019; Formación en enfermería y enfermedad por Coronavirus 2019: relevancia de la integración del servicio docente. Conclusión: reveló una percepción política de las enfermeras ante una das crisis de salud pública agravada por la pandemia y un permiso para evitar la defensa de los principios del Sistema Único de Salud. Las enfermeras reconocen la necesidad de valorización profesional, evidenciada por la crisis. La integración de la enseñanza y el servicio es esencial para la capacitación de enfermería en el Sistema Único de Salud. (AU)


Asunto(s)
Infecciones por Coronavirus , Sistema Único de Salud , Servicios de Integración Docente Asistencial , Educación en Enfermería , Pandemias
18.
Brasília; CONITEC; ago. 2020.
No convencional en Portugués | BRISA/RedTESA | ID: biblio-1121414

RESUMEN

Introdução: A psoriase e uma doenca inflamatoria sistemica cronica com manifestacoes frequentemente cutaneas, ungueais e articulares, cursando normalmente de forma remitente e recorrente. Com distribuicao similar entre os sexos e ocorrencia mais frequente entre a terceira e quarta decadas de vida, sua prevalencia no Brasil e estimada entre 1,31% a 2,5%. No SUS, os pacientes possuem garantia de acesso aos tratamentos preconizados em diretrizes terapeuticas, onde o tratamento e iniciado com farmacos por via topica, seguidos de outras opcoes como a fototerapia, medicamentos por via oral e injetaveis de acordo com a gravidade. Os fármacos sistemicos indicados em primeira linha incluem o metotrexato, acitretina e ciclosporina. Em caso de falha destes medicamentos, estao disponiveis outros, quatro biologicos, sendo dois da classe dos anti-TNF (adalimumabe e etanercepte) e dois medicamentos anti-interleucinas, um da classe dos anti-IL12/23 (ustequinumabe) e outro da classe dos anti-IL17 (secuquinumabe). PERGUNTA: O uso de ixequizumabe e eficaz, seguro e custo-efetivo para a segunda etapa de tratamento biologico de pacientes adultos com psoriase em placas moderada a grave, quando comparado as terapias sistemicas biologicas aprovadas pela Conitec nessa etapa de tratamento (ustequinumabe e secuquinumabe)? TECNOLOGIA: Ixequizumabe. EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS: Com uso de meta-analise em rede, uma revisao sistematica da Colaboracao Cochrane teve o objetivo de comparar e hierarquizar os agentes sistêmicos convencionais e biologicos para pacientes com psoriase moderada a grave de acordo com sua eficacia e seguranca. Apos buscas amplas, a revisao incluiu 140 estudos avaliando 19 diferentes tratamentos com um total de 51.749 participantes randomizados e idade media de 45 anos. Todos os resultados (exceto dois estudos) foram limitados a fase de inducao (de 8 a 24 semanas apos a randomizacao). Problemas com o cegamento dos pacientes e envolvidos (performance) e dos avaliadores foram os riscos mais frequentemente identificados. Dentre outros riscos, ressalta-se que a maioria dos estudos declarou financiamento por uma empresa farmaceutica e 22 estudos nao relataram a fonte de financiamento. No desfecho de PASI 90, o resultado da meta-analise em rede destaca que ambos os medicamentos anti-IL17 (ixequizumabe e secuquinumabe) foram significativamente mais efetivos que o ustequinumabe e o adalimumabe. No desfecho do PASI 75 a classe de medicamentos anti-IL17 tambem foi associada a uma maior probabilidade de atingi-lo em comparacao as outras classes. Em relação ao desfecho de eventos adversos graves (EAG), os medicamentos infliximabe, ixequizumabe e secuquinumabe apresentaram maior risco de EAG do que o metotrexato. Associacoes estatisticamente significativas foram encontradas demonstrando que os anti-IL17 apresentam maior risco de eventos adversos em geral em comparacao aos anti-IL23 e anti-IL12/23. O nível de certeza das evidencias de efetividade do ixequizumabe foi considerado moderado (com reducoes devido a inconsistencias) e no desfecho de eventos adversos graves foi considerado moderado (com reducoes devido a imprecisao). AVALIAÇÃO ECONÔMICA: Considerando que a "analise de custo por resposta" enviada pelo demandante carece do rigor metodologico das avaliacoes economicas completas, foi elaborado um novo modelo de custo-efetividade contemplando todas as opcoes disponiveis no SUS e em analise pela Conitec para o tratamento da psoriase moderada a grave. Seguindo a proposta do modelo bastante difundido e concebido por pesquisadores da Universidade de York, foi construido um modelo de arvore de decisao (periodo de inducao) acoplado a um modelo de Markov (periodo de manutencao), buscando analisar os custos e consequencias em termos de anos de vida ajustados pela qualidade (QALY) com as seguintes estrategias de tratamento: ixequizumabe; secuquinumabe; ustequinumabe; risanquizumabe; adalimumabe e infliximabe. Com os resultados do modelo, a partir da analise da fronteira de eficiencia, observa-se a dominancia (efetividade menor e maior custo) dos tratamentos com infliximabe (dominância simples) e secuquinumabe (dominancia estendida) pelos tratamentos com adalimumabe, ustequinumabe e ixequizumabe. O tratamento com risanquizumabe apresenta um valor de efetividade limitrofe com o ixequizumabe, contudo, a um custo muito superior. Ao realizar a analise de limiar por meio da abordagem da fronteira de eficiencia, observa-se que seria necessario que o preco dos medicamentos secuquinumabe, ixequizumabe e risanquizumabe tivessem uma reducao de preco de pelo menos 10,74%, 9,08% e 55,09%, respectivamente, para serem considerados custo-efetivos. Na curva de aceitabilidade de acordo com o escalonamento progressivo da disposicao a pagar, os tratamentos com maior probabilidade de serem custoefetivos foram o adalimumabe, seguido do ustequinumabe e, por fim, o ixequizumabe. AVALIAÇÃO DE IMPACTO ORÇAMENTÁRIO: O demandante encaminhou uma analise de impacto orcamentario que, apos analise critica, considerou-se um modelo adequado e coerente com discussoes anteriores na Conitec. Todavia, alguns de seus dados foram revisados e atualizados resultando em novos valores de impacto. Em sua versao original, o demandante apresentava uma economia de R$ 14.322.953,00. Contudo, apos as atualizacoes dos custos e da taxa de falha ao adalimumabe descritas, estima-se um impacto incremental de R$ 4.052.249,89 ao longo de cinco anos. MONITORAMENTO DO HORIZONTE TECNOLÓGICO: Foram detectadas no horizonte sete potenciais tecnologias para pacientes adultos com psoriase moderada a grave, apos falha da primeira etapa da segunda linha de tratamento: apremislate, bimequizumabe, BMS-986165, brodalumabe, guselcumabe, miriquizumabe e piclidenoson. CONSIDERAÇÕES: A partir das estimativas de efetividade comparativa disponiveis por meio de meta-analises em rede, e possivel observar que o ixequizumabe e o secuquinumabe foramsignificativamente mais efetivos que o ustequinumabe e o adalimumabe. Em relacao a seguranca, observam-se associacoes estatisticamente significativas de que os anti-IL17 apresentam maior risco de eventos adversos em geral em comparacao aos anti-IL23 e anti- IL12/23. O nivel de certeza das evidencias de efetividade foi considerado moderado tanto nos desfechos de efetividade e seguranca para o ixequizumabe. Na curva de aceitabilidade de acordo com a disposicao a pagar, os tratamentos com maior probabilidade de serem custoefetivos foram o adalimumabe, seguido do ustequinumabe e, por fim, o ixequizumabe. Por meio de uma reducao plausivel de preco, e possivel que o ixequizumabe apresente um perfil de custoefetividade semelhante aos tratamentos mais eficientes disponiveis no SUS. Apos as atualizacoes do modelo de impacto orcamentario encaminhado, estima-se um impacto incremental de R$ 4.052.249,89 ao longo de cinco anos com a incorporacao do ixequizumabe ao SUS. RECOMENDAÇÃO PRELIMINAR: Pelo exposto, a CONITEC, em sua 85a reuniao ordinaria, no dia 04 de fevereiro de 2020, recomendou a nao incorporacao no SUS do ixequizumabe para o tratamento de pacientes adultos com psoriase moderada a grave, que tenham apresentado falha terapeutica, contraindicacao ou intolerancia ao adalimumabe. Considerou-se que, apesar do ixequizumabe estar associado a beneficios incrementais em termos de efetividade no tratamento da condicao clinica em analise, sua eficiencia (custo-efetividade) e inferior aos tratamentos ja disponiveis no SUS com base no preco proposto pelo fabricante. A materia foi disponibilizada em consulta publica. CONSULTA PÚBLICA: Foram recebidas 142 contribuicoes tecnico-cientificas e 280 contribuicoes de experiencia ou opiniao, sendo a maioria discordante da recomendacao preliminar da CONITEC. Apos analise do texto das contribuicoes, foram identificados pontos como necessidade de mais alternativas terapeuticas ou mecanismos de acao, superioridade dentre os tratamentos disponiveis, assim como foram apresentados novas propostas de preco e limitacoes da analise preliminar. O laboratorio fabricante ofereceu uma nova proposta de preco equivalente a reducao de 2,7% do preco proposto inicialmente. No modelo atualizado, apresenta-se como uma opcao mais custo-efetiva que o secuquinumabe, porem, menos custo-efetiva que o tratamento com a tecnologia também em analise risanquizumabe. Um novo modelo de impacto orcamentario tambem foi apresentado indicando uma reducao de gastos de ate R$ 37.955.681,00 ao longo dos 5 anos na ocasiao de incorporacao na mesma linha e indicacao do secuquinumabe. Apos apreciacao das contribuicoes encaminhadas pela Consulta Publica, incluindo o destaque para a superioridade em relacao ao adalimumabe e ustequinumabe, limitacoes dos modelos apresentados, experiencias profissionais e pessoais com o tratamento e as novas propostas de preco, o plenario da Conitec entendeu que nao houve argumentacao suficiente para alterar a recomendacao inicial desfavoravel a incorporacao, em relacao ao nivel de eficiencia do tratamento em analise (custo-efetividade), no contexto proposto no SUS. RECOMENDAÇÃO FINAL: Os membros da Conitec, presentes na 89a reuniao ordinaria, no dia 6 de agosto de 2020, deliberaram, por unanimidade, recomendar a nao incorporacao no SUS do ixequizumabe para o tratamento de pacientes adultos com psoriase moderada a grave, que tenham apresentado falha terapeutica, contraindicacao ou intolerancia ao adalimumabe. DECISÃO: Nao incorporar o ixequizumabe para tratamento de pacientes adultos com psoríase moderada a grave, que tenham apresentado falha terapeutica, contraindicacao ou intolerância ao adalimumabe, no ambito do Sistema Unico de Saude - SUS, conforme Portaria no 27, publicada no Diario Oficial da Uniao no 160, secao 1, pagina 117, em 20 de agosto de 2020.


Asunto(s)
Humanos , Psoriasis/tratamiento farmacológico , Interleucina-17/uso terapéutico , Adalimumab/efectos adversos , Ustekinumab/uso terapéutico , Evaluación de la Tecnología Biomédica , Sistema Único de Salud , Brasil , Análisis Costo-Beneficio/economía
19.
Brasília; CONITEC; ago. 2020.
No convencional en Portugués | BRISA/RedTESA | ID: biblio-1121782

RESUMEN

INTRODUÇÃO: A tuberculose (TB), conhecida anteriormente como tísica, é uma doença que pode ser causada por sete espécies do gênero do complexo Mycobacterium sendo a mais importante, do ponto de vista de saúde pública, a M. tuberculosis. Globalmente cerca de 10 milhões de pessoas tiveram TB no ano de 2018. No Brasil, em 2018, foram diagnosticados 72.788 casos novos de TB o que representa uma incidência de 34,8 casos por 100 mil habitantes. A TB pode ser classificada como pulmonar e extrapulmonar, sendo a primeira forma mais prevalente. Além disso, a TB pode ser classificada conforme a resistência à medicamentos, tais como: RR-TB, MDR-TB e XDR-TB. PERGUNTA DE PESQUISA: A bedaquilina (BDQ) associada ao tratamento padrão para pacientes adultos com RR-TB, MDR-TB ou XDR-TB, é mais eficaz, efetiva e segura comparado ao tratamento padrão utilizado pelo SUS (levofloxacino, moxifloxacino, amicacina, capreomicina, etionamida, terizidona, linezolida, clofazimina, pirazinamida, etambutol, isoniazida, rifampicina e paraminossalicílico) ou placebo? TECNOLOGIA: Bedaquilina (Sirturo®). EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS: A revisão sistematizada recuperou nove estudos (uma revisão sistemática [RS] com meta-análise em rede [network meta-analysis - NMA], um ensaio clínico randomizado [ECR] com dois relatos e sete estudos de coorte [seis retrospectivas e uma prospectiva]). A RS, com NMA, avaliou a BDQ em comparação aos medicamentos delamanida, metronidazol, moxifloxacino e levofloxacino. A RS avaliou os desfechos conversão de cultura do escarro e aceitabilidade, e não foram verificados resultados estatisticamente significantes. Os estudos de coorte avaliaram a BDQ em comparação aos mais diversos tratamentos disponíveis para RR-TB, MDR-TB e XDR-TB. As coortes avaliaram os seguintes desfechos: sobrevida sucesso no tratamento, tratamento completo, cura, conversão da cultura do escarro e mortalidade. Os resultados não foram estatisticamente significantes na meta-análise de modelo de efeitos randomizados para todos os desfechos avaliados, porém os resultados dos efeitos fixos demostraram resultados estatisticamente significantes favorecendo o tratamento com BDQ em comparação ao tratamento sem BDQ. Vale salientar que foram realizadas análises de subgrupos com o ECR, TMC207, que avaliou eficácia e segurança da BDQ associado ao tratamento padrão em comparação ao grupo placebo associado ao tratamento padrão em até 120 semanas para os desfechos de conversão da cultura do escarro, cura e segurança (mortalidade), porém não mudaram a direção dos resultados nas duas modelagem da meta-análise. AVALIAÇÃO ECONÔMICA (AE): Os tratamentos com BDQ comparado aos tratamentos do SUS mostraram-se dominados na avaliação de custo-efetividade, para o desfecho paciente curado. Assim, os tratamentos do SUS para RR-TB, MDR-TB e XDR-TB dominaram todos os tratamentos com BDQ, ou seja, todos os tratamentos com BDQ foram menos efetivos e mais caros que os tratamentos do SUS para obter a cura dos indivíduos com RR-TB, MDR-TB e XDR-TB. AVALIAÇÃO DE IMPACTO ORÇAMENTÁRIO (AIO): A AIO, para os pacientes com RR-TB, variou entre um custo incremental R$ 936 mil no caso base a uma economia de -R$ 1 milhão ao final do quinto ano no cenário alternativo; para MDR-TB variou entre uma economia de -R$44 mil no caso base a um gasto de R$ 110 mil ao final do quinto ano no cenário alternativo; e para XDR-TB variou entre um custo incremental de R$ 188 mil no caso base a R$ 4 mil no cenário alternativo ao final do quinto ano. MONITORAMENTO DO HORIZONTE TECNOLÓGICO (MHT): Cinco medicamentos foram detectados no MHT para pacientes com MDR-TB e XDR-TB (canamicina, cicloserina, sutezolida, pretomanide e protionamida). CONSIDERAÇÕES FINAIS: Há resultados conflitantes nas evidências encontradas no relatório. O ECR, analisado como de alto risco de viés (Risk of Bias 2.0) mostrou que a BDQ associada ao tratamento padrão é eficaz em comparação ao grupo de tratamento placebo associado ao tratamento padrão, porém com maior número de mortes e episódios de náusea em comparação ao grupo de tratamento sem a BDQ. Os resultados da RS, com NMA, de qualidade moderada, não demonstraram diferenças estatisticamente significantes entre as tecnologias avaliadas. Os resultados das meta-análises dos estudos de coorte de baixa qualidade metodológica (Newcastle-Ottawa Scale), em combinação com o ECR da BDQ, foram demonstrados em efeitos fixos e randomizados. Os desfechos sucesso no tratamento, tratamento completo, cura, conversão da cultura do escarro e mortalidade não foram estatisticamente significantes no modelo de efeito randomizados na meta-análise. No entanto, foram estatisticamente significantes no modelo de efeito fixos da metaanálise, e favoreceram o tratamento com BDQ em comparação aos pacientes não tratados sem BDQ. A AE demonstrou que os tratamentos com BDQ foram dominados em relação aos tratamentos disponibilizados no SUS sem BDQ, para o desfecho paciente tratado, sendo, portanto, mais custosos e menos efetivos. A AIO, para pacientes com RR-TB, variou entre R$ 936 mil no caso base a uma economia de -R$ 1 milhão no cenário alternativo ao final do quinto ano, para MDRTB variou entre uma economia de -R$44 mil no caso base a um custo de R$ 110 mil ao final do quinto ano no cenário alternativo e para XDR-TB variou entre um custo adicional de R$ 188 mil no caso base a um custo adicional de R$ 4 mil ao final do quinto ano no cenário alternativo. RECOMENDAÇÃO PRELIMINAR DA CONITEC: A Conitec, em sua 87ª reunião ordinária, realizada nos dias 03 e 04 de junho de 2020, deliberou que a matéria fosse disponibilizada em consulta pública com recomendação preliminar favorável à incorporação no SUS da bedaquilina para pacientes com tuberculose resistente à rifampicina (RR-TB), a tuberculose multirresistente (MDR-TB) e para tuberculose extensivamente resistente a medicamentos (XDR-TB), condicionada ao monitoramento e apresentação dos dados de vida real, efetividade e segurança, da utilização da bedaquilina pela população brasileira e conforme critérios estabelecidos em protocolo do Ministério da Saúde. CONSULTA PÚBLICA: A Consulta Pública nº 24/2020 foi realizada entre os dias 22/06/2020 a 13/07/2020. Foram recebidas 66 contribuições no total, das quais 19 (29%) foram pelo formulário para contribuições técnico-científicas e 47 (71%) pelo formulário para contribuições sobre experiência ou opinião de pacientes, familiares, amigos ou cuidadores de pacientes, profissionais de saúde ou pessoas interessadas no tema. Das 19 contribuições de cunho técnico-científico, 95% submeteram a contribuição com opinião concordando totalmente com a recomendação preliminar da comissão. Apenas uma contribuição discordou da recomendação preliminar da Conitec, mas foi uma contribuição equivocada e se tratava de outro tema de consulta pública, portanto, foi excluída da análise. Das 47 contribuições recebidas sobre experiência ou opinião, apenas 15 foram analisadas, pois 32 estavam em branco, se tratavam de outro tema ou foram preenchidas inadequadamente. As 15 contribuições remanescentes concordaram 100% com a decisão preliminar da comissão. Após a apreciação das contribuições encaminhadas na consulta pública nº 24/2020, o plenário da Conitec considerou que: I) Foi apresentado um novo preço de USD 340 da bedaquilina pela Johnson & Johnson, sendo proposto um desconto de 15% no preço utilizado no relatório de recomendação preliminar (USD 400); II) Foram enviadas novas estimativas de incidência para pacientes com tuberculose multirresistente, bem como evidência de possíveis limitações na análise de impacto orçamentário; III) A nova análise de impacto orçamentário, utilizando os novos parâmetros enviados na consulta pública, aponta para economia de recursos na população com tuberculose multirresistente e um custo incremental com tuberculose resistente à rifampicina e tuberculose extensivamente resistente no cenário sem taxa de difusão gradual da bedaquilina (100% no primeiro ano de incorporação). No entanto, ao adotarmos o cenário com taxa difusão gradual da bedaquilina, 30% no primeiro ano de incorporação a 70% no quinto ano, os resultados mudam e proporcionam economia de recursos para pacientes com tuberculose resistente à rifampicina e um custo incremental para pacientes com tuberculose multirresistente e tuberculose extensivamente resistente. RECOMENDAÇÃO FINAL DA CONITEC: Os membros da Conitec presentes na 89ª reunião ordinária, no dia 05 de agosto de 2020, deliberaram por unanimidade recomendar a incorporação da bedaquilina para pacientes com tuberculose resistentes à rifampicina, multirresistentes e extensivamente resistente a medicamentos, condicionado a apresentação de dados de vida real e conforme preconizado pelo Ministério da Saúde. Foi assinado o Registro de Deliberação nº 538/2020. DECISÃO: Incorporar a bedaquilina para pacientes com tuberculose resistentes à rifampicina, multirresistentes e extensivamente resistente a medicamentos, condicionado a apresentação de dados de vida real e conforme preconizado pelo Ministério da Saúde, no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS, conforme Portaria nº 36, publicada no Diário Oficial da União nº 168, seção 1, página 77, em 01 de setembro de 2020.


Asunto(s)
Humanos , Ácido Aminosalicílico/uso terapéutico , Pirazinamida/uso terapéutico , Rifampin/uso terapéutico , Capreomicina/uso terapéutico , Amicacina/uso terapéutico , Clofazimina/uso terapéutico , Tuberculosis Resistente a Múltiples Medicamentos/tratamiento farmacológico , Etionamida/uso terapéutico , Diarilquinolinas/uso terapéutico , Levofloxacino/uso terapéutico , Linezolid/uso terapéutico , Moxifloxacino/uso terapéutico , Isoniazida/uso terapéutico , Evaluación de la Tecnología Biomédica , Sistema Único de Salud , Brasil , Análisis Costo-Beneficio/economía
20.
Brasília; CONITEC; ago. 2020.
No convencional en Portugués | BRISA/RedTESA | ID: biblio-1122912

RESUMEN

INTRODUÇÃO: Estima-se que a prevalencia de hepatite C entre gestantes no Brasil varie entre 0,2 e 1,4%, entretanto, a partir de 2014 a taxa de deteccao da doenca entre mulheres em idade fertil dobrou no pais, apos a incorporacao pelo Sistema Unico de Saude de antivirais de acao direta com alta efetividade e seguranca. O risco de transmissao vertical e variavel e depende de fatores como o correto planejamento de procedimentos obstetricos, da viremia materna, de coinfeccao por HIV, entre outros. A hepatite C na gravidez esta relacionada a desfechos em saude desfavoraveis para a gestante e os recem-nascidos e, em longo prazo, a aumento de incidencia de carcinoma hepatocelular, cirrose, necessidade de transplante de figado, utilizacao de servicos de saude e mortalidade. Atualmente a conduta para a deteccao de hepatite C em gestantes depende da prospeccao de fatores de risco pre-existentes, a qual postula-se ser ineficaz na identificação do numero real de casos. O rastreamento e proposto como alternativa a testagem baseada em risco com a finalidade de aumentar a taxa de deteccao de casos, diminuir a transmissao vertical e aumentar a cobertura de tratamentos atendendo a politicas publicas de eliminacao da doenca implementadas pelo Sistema de Saude Publica brasileiro. PERGUNTA: A estrategia de rastreamento para hepatite C em gestantes no primeiro trimestre de gravidez durante o prenatal e eficaz, segura e custo-efetiva quando comparada a testagem baseada em fatores de risco de acordo com a conduta em vigencia preconizada no Protocolo Clinico e Diretrizes Terapeuticas (PCDT) de Hepatite C e Coinfeccoes do Ministerio da Saude? TECNOLOGIA: Testagem universal para hepatite C em gestantes no primeiro trimestre de gravidez durante o pre-natal. EVIDÊNCIAS CLÍNICAS: Identificou-se pela avaliacao de estudos observacionais e transversais descritivos que a estrategia de testagem baseada em risco esta associada a baixos rendimentos diagnostico e sensibilidade, ou a uma baixa deteccao de casos efetivamente diagnosticados de hepatite C em gestantes durante o pre-natal. Em estudo realizado no Canada, pais em que a prevalencia estimada de hepatite C em gestantes e de 0,6%, identificou-se que uma resposta positiva (a questionario estruturado) a pelo menos um dos fatores de risco foi relacionada com uma sensibilidade de 67%, uma especificidade de 28%, um valor preditivo positivo de 0,4% e um valor preditivo negativo de 99% para identificacao de gestantes com HCV. Alem disso, identificou-se que o valor preditivo positivo para essa estrategia e dependente dos fatores de risco avaliados. E possivel que essa variabilidade se traduza em diferentes taxas de deteccao da doenca por meio da estrategia de abordagem por risco, com numero de casos verdadeiramente positivos nao identificaveis variando amplamente entre 2,5% e 27%, mas podendo chegar a 50%. De fato, na maioria dos estudos nao se identificou associação estatisticamente significativa entre a presenca de fatores de risco e ter um diagnostico positivo para hepatite C em gestantes. Em relacao aos criterios de Wilson e Jungner, utilizados na avaliacao de estrategias de rastreamento, identificasse que a maioria deles seriam atendidos, entretanto, ainda nao ha estudos em que se avaliem desfechos em saúde relevantes de curto (de importancia obstetrica e transmissao vertical) e longo prazos (evolucao da doenca e transmissibilidade) associados a implementacao de programa de rastreamento para hepatite C em gestantes. Outro criterio nao atendido e a inexistencia atualmente de tratamento antiviral aprovado para o uso em gestantes. AVALIAÇÃO ECONÔMICA: Foi conduzida uma analise de custo-efetividade na perspectiva do Sistema Unico de Saude para comparar as duas estrategias utilizando-se um modelo estatico de arvore de decisao em combinacao com cadeias de Markov. O rastreamento foi associado a custos incrementais de R$ 288,78 e aumento incremental em anos de vida ajustados pela qualidade (AVAQ-QALY) de 0,18 por gestante rastreada em comparacao com a triagem baseada em risco, com uma razao de custo-efetividade incremental de R$1.617,95 por QALY para rastreamento versus estrategia baseada em risco. Análise de impacto orçamentário: O impacto orcamentario anual associado a implementacao de um programa de rastreamento para hepatite C em gestantes na perspectiva do Sistema Unico de Saude foi de R$ 49 milhoes, com estimativa de gastos de 250 milhoes em cinco anos. Foram considerados os gastos diretos com diagnosticos, exames e procedimentos medicos complementares e tratamento. A variacao de parametros como a taxa de cobertura de gestantes testadas no sistema publico de saude em relacao as testadas no sistema suplementar, a taxa de gestantes testadas no primeiro trimestre de gravidez, o numero de gestantes coinfectadas com HIV e a taxa de oferta de tratamento causam reducoes no impacto orcamentario que variam entre 41 e 55%. RECOMENDAÇÕES INTERNACIONAIS: As Agencias inglesa National Institute for Health and Care Excellence (NICE), a canadense Canadian Agency for Drugs and Technologies in Health (CADTH) e a European Association for the Study of the Liver recomendam a testagem baseada na deteccao de fatores de risco. Nos Estados Unidos o Centers for Disease Control and Prevention (CDC), o U.S. Preventive Services Task Force (USPSTF) e a American Association for the Study of Liver Diseases e a Infectious Diseases Society of America recomendam o rastreamento para hepatite C em gestantes. O American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG) esta atualmente revisando as recomendacoes publicadas em 2017. Na Australia e Nova Zelandia, em documento de 2020, o The Royal Australian and New Zealand College of Obstetricians and Gynaecologists (RANZCOG) recomenda o rastreamento para hepatite C em gestantes. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Ha evidencia de moderada qualidade que a estrategia de selecao para testagem de gestantes baseada na identificacao de risco e ineficaz, com baixo valor preditivo positivo e baixa sensibilidade. Apesar de não existem estudos controlados randomizados ou estudos observacionais com braco comparador em que se avaliem as consequencias em saude e os riscos associados a ambas as estrategias, e possivel que o numero de mulheres não detectadas pela estrategia baseada em risco seja significativo com consequencias deleterias para a saude das gestantes e recem-nascidos. Na perspectiva do Sistema Unico de Saude a estrategia de rastreamento se demonstrou mais efetiva que a deteccao baseada em risco com um acrescimo de R$ 288 por gestante testada. Algumas autoridades de saude mundiais vem reformulando as recomendacoes a respeito do diagnostico da hepatite C em gestantes para indicar o rastreamento, principalmente frente ao aumento da taxa de deteccao dos casos mundiais em mulheres, como ocorre no Brasil. A implementacao do programa de rastreamento atende a maioria dos criterios de Wilson e Jungner, exceto a possibilidade de tratamento, que ainda nao e possivel em gestantes. A adocao do rastreamento estaria associada a um incremento de 49 milhoes por ano no orcamento do Ministerio da Saude, principalmente em funcao do alto custo dos tratamentos. RECOMENDAÇÃO INICIAL DA CONITEC: Os membros presentes na 87a reuniao ordinaria da Conitec, que ocorreu no dia 03/06/2020, decidiram, por unanimidade, recomendar a incorporacao da testagem universal para hepatite C em gestantes no pre-natal. CONSULTA PÚBLICA: A consulta publica n° 19/2020, publicada no Diario Oficial da Uniao de 15/06/2020, foi realizada entre os dias 16/06/2020 e 06/07/2020. Foram recebidas 50 contribuicoes, sendo 8 pelo formulario para contribuicoes tecnicocientificas e 42 pelo formulario para contribuicoes sobre experiencia ou opiniao. Entre as 8 contribuicoes recebidas e avaliadas de cunho tecnico-cientifico, 4 foram consideradas para inclusao nesse parecer, todas concordantes com a recomendacao inicial da Conitec. Houve duas contribuicoes de pessoa juridica, da Iniciativa Medicamentos Doenças Negligenciadas (DNDi America Latina) e da Sociedade Brasileira de Infectologia. Os estudos submetidos reforcam a importancia da deteccao acurada de gestantes infectadas pela hepatite C em funcao dos piores desfechos relacionados a gestação nesse contexto e clinico e da possibilidade de encaminhamento das mulheres para acompanhamento para gestação de alto risco, do melhor planejamento de procedimentos obstetricos, de tratamento das mulheres e crianças em momento oportuno apos o parto e do alinhamento com as metas para a eliminacao da doenca no pais, diminuindo a transmissao vertical. Considerou-se a abordagem de testagem por risco como ineficaz. Todas as 42 contribuições recebidas sobre experiencia com a tecnologia ou opiniao sobre a incorporacao traziam contribuicoes em algum dos campos do formulario disponivel para submissao e foram concordantes com a recomendacao inicial da Conitec, incluindo as submetidas pelo Grupo Otimismo de Apoio ao Portador de Hepatite e da Sociedade Brasileira de Hepatologia observando-se grande convergencia entre o conteudo dessas contribuicoes e as de cunho tecnico-cientifico. Apos avaliacao das contribuicoes a Conitec manteve a recomendacao inicial favoravel a incorporacao da testagem universal para hepatite C em gestantes no pre-natal. DECISÃO: Incorporar a testagem universal para hepatite viral C em gestantes no prenatal, conforme protocolo do Ministerio da Saude, no ambito do Sistema Unico de Saude - SUS, conforme Portaria no 32, publicada no Diario Oficial da Uniao no 160, secao 1, pagina 118, em 20 de agosto de 2020.


Asunto(s)
Humanos , Atención Prenatal/métodos , Pruebas Serológicas/instrumentación , Hepatitis C/diagnóstico , Patología Molecular/instrumentación , Evaluación de la Tecnología Biomédica , Sistema Único de Salud , Brasil , Análisis Costo-Beneficio/economía
SELECCIÓN DE REFERENCIAS
DETALLE DE LA BÚSQUEDA