Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 189-195, jan.-dez. 2020. ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047755

RESUMO

Objetivo: discutir sobre a reação familiar frente ao processo de comunicação de morte encefálica e a possível doação de órgãos. Método: revisão integrativa da literatura, com busca dos artigos nas bases de dados: SciELO, BEDENF, LILACS, MEDLINE publicados entre os anos de 2008 a 2017. Selecionou-se para essa pesquisa, 14 publicações conforme os critérios de inclusão e exclusão. Resultados: o elemento principal para que o processo de doação seja satisfatório é a família. E que estes apresentam reações diversas ao receber a informação de morte encefálica e a possível doação de órgão. Dentre esses vários fatores estão a local onde a comunicação é realizada e o desconhecimento dos familiares sobre a opinião do doador. Conclusão: ao receberem o diagnóstico de morte encefálica, os familiares apresentam manifestações como tristeza, choro e revolta. O desconhecimento esse assunto, leva os familiares a uma série de questionamentos e uma possível recusa na doação


Objective: discuss about the family reaction in front of the communication process of brain death and possible organ donation. Method: integrative review of literature, with search of articles in databases: SciELO, BEDENF, LILACS, MEDLINE published between the years of 2008 to 2017. We selected for this research, 14 publications according to the criteria of inclusion and exclusion. Results: the main element for which the donation process is satisfactory is the family. And they have different reactions to receive the information of brain death and organ donation possible. Among these various factors are the place where the communication is performed and the lack of family about the opinion of the donor. Conclusion: to receive the diagnosis of brain death, the rooms feature manifestations such as sadness, crying and revolt. The lack of this subject, brings the family to a series of questions and a possible refusal in the donation


Objetivo: discutir acerca de la reacción de la familia frente al proceso de comunicación de muerte cerebral y posible la donación de órganos. Método: revisión de la literatura integradora, con búsqueda de artículos en bases de datos: BEDENF, SciELO, LILACS, MEDLINE, publicados entre los años de 2008 a 2017. Hemos seleccionado para esta investigación, 14 publicaçoes según los criterios de inclusión y exclusión. Resultados: el principal elemento para que el proceso de donación es satisfactoria es la familia. Y tienen diferentes reacciones para recibir la información de la muerte cerebral y la donación de órganos es posible. Entre estos diversos factores son el lugar donde se realiza la comunicación y de la falta de familia acerca de la opinión de los donantes. Conclusión: para recibir el diagnóstico de muerte cerebral, las habitaciones cuentan con manifestaciones como la tristeza, el llanto y la revuelta. La falta de este tema, trae a la familia a una serie de preguntas y un posible rechazo de la donación


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Relações Profissional-Família/ética , Obtenção de Tecidos e Órgãos , Morte Encefálica , Família/psicologia
2.
J. Health Biol. Sci. (Online) ; 7(1): 64-74, jan.-mar. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1005498

RESUMO

Introdução: a anomalia congênita é uma malformação na estrutura ou função que estão presentes no nascimento e durante o pré-natal. Estima-se que, todos os anos, 303.000 recém-nascidos morrem nas primeiras 4 semanas de nascimento devido a anomalias congênitas. Objetivo: discutir sobre a enfermagem no contexto familiar na prevenção de anomalias congênitas. Método: trata-se de uma revisão integrativa da literatura com busca de artigos nas bases de dados Medline, Lilacs, Scielo. Foram incluídos artigos disponíveis na íntegra, online, e gratuitos, publicados entre 2006 a 2017. Artigos de revisão foram desconsiderados, e artigos duplicados foram considerados apenas uma vez. Resultados: a busca inicial resultou em 405 estudos, dos quais 18 foram incluídos nesta revisão. Os artigos selecionados abordam o tema anomalias congênitas com foco no rastreamento e na prevenção. Os achados referiram intervenções de enfermagem a gestante e a família como: consulta de enfermagem, planejamento familiar, educação em saúde a família e a comunidade, acompanhamento por equipe multidisciplinar bem como orientações quanto à suplementação com ácido fólico, exposições a fatores internos e externos, a vacinação preventiva e ao rastreamento genético entre outros. Conclusão: o pré-natal e o planejamento familiar são de suma importância à prevenção e ao rastreamento de anomalias congênitas. A enfermagem pode contribuir com o aconselhamento genético, consultas de enfermagem e apoio emocional e visitas domiciliares no momento do diagnóstico de anomalia congênita e durante a adaptação da família nesse novo contexto. Para isso, a capacitação profissional é indispensável.


Introduction: congenital anomaly is a malformation in the structure or function that are present at birth and during the pre-natal care. It is estimated that every year, 303,000 newborns die within the first four weeks of birth due to congenital anomalies. Objective: Discuss about nursing in the family context in the prevention of congenital anomalies. Method: It is an integrative literature review to search for articles in the databases Medline, Lilacs, Scielo. Articles are available in full online, and toiletries published from 2006 to 2017 were included. Review articles were disregarded, and duplicated articles were considered only once. Results: The initial search resulted in 405 studies, of which 18 were included in this review. The selected articles addressing the topic congenital anomalies with focus on screening and prevention. The findings reported nursing interventions for maternal and family as: nursing consultation, family planning, health education in the family and the community, monitoring by the multidisciplinary team as well as guidelines regarding supplementation with folic acid, exposures to internal and external factors, the preventive vaccination and the genetic screening among others. Conclusion: The prenatal care and family planning are of paramount importance in the prevention and screening for congenital anomalies. Nurses can contribute to the genetic counseling, nursing consultations and emotional support and visits at


Assuntos
Anormalidades Congênitas , Cuidados de Enfermagem , Gravidez de Alto Risco , Serviços de Planejamento Familiar
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA