Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Dent. press endod ; 8(3): 34-40, set.-dez. 2018. tab, graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-948767

RESUMO

Introdução: diferentes irrigantes têm sido estudados, propostos e utilizados durante a terapia endodôntica. Objetivo: o objetivo deste estudo foi determinar as tendências atuais em irrigação, entre os endodontistas brasileiros. Métodos: um total de 398 endodontistas brasileiros respondeu a um questionário de pesquisa na internet, com 15 questões de múltipla escolha, seleções múltiplas e rankings numéricos, sobre sua seleção de irrigante, concentração, remoção da smear layer e uso de coadjuvantes para irrigação. Resultados: o hipoclorito de sódio foi o irrigante mais utilizado em uma concentração inferior a 5,0%. Clorexidina (CHX) foi o segundo irrigante primário mais utilizado, sendo a CHX 2% em gel a forma de apresentação mais prevalente. Em relação à remoção da smear layer, 88,4% dos entrevistados declararam realizar a remoção, onde o EDTA foi o irrigante mais utilizado (93,7%). Mais de 70% dos endodontistas utilizam um sistema coadjuvante durante a irrigação, dos quais 39,9% utilizam ativação ultrassônica; 24,4%, lima plástica e 1%, ativação sônica. O uso de EndoVac não foi relatado. Conclusões: a maioria dos entrevistados utiliza hipoclorito de sódio e remove rotineiramente a smear layer durante o tratamento endodôntico utilizando EDTA. Os endodontistas brasileiros utilizam técnicas coadjuvantes à irrigação. (AU)


Assuntos
Irrigantes do Canal Radicular , Preparo de Canal Radicular , Cavidade Pulpar , Endodontia/tendências
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...