Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 18 de 18
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 24(3): 63-68, jul.-set.2014.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-763799

RESUMO

O transplante cardíaco está indicado para pacientes cominsuficiência cardíaca grave com sintomas incapacitantes, a despeitode estarem recebendo tratamento farmacológico otimizado e deterem se esgotado as possibilidades cirúrgicas de tratamento. Entreoutros fatores, as limitações referentes à disponibilidade de doadoresde coração efetivos, principalmente no Brasil, tornam a escolhacriteriosa do receptor cardíaco, além de um desafio, uma granderesponsabilidade para a prática diária do cardiologista clínico.Hiponatremia, insuficiência renal, caquexia cardíaca, anemia, baixosníveis de colesterol, queda dos níveis de hemoglobina e dependênciade inotrópicos são fatores clínico-laboratoriais associados a mauprognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) avançada.Os escores de risco [HFSS (Heart Failure Survival Score) eSHFM (Seattle Heart Failure Model)] devem ser utilizados comoferramentas acessórias para avaliar a gravidade dos pacientes comIC avançada. VO2 pico < 10 ml/kg/min e VE/VCO2 > 34 no teste doexercício cardiopulmonar estão relacionados com mortalidade empacientes ambulatorialmente avaliados para transplante cardíaco. Ahemodinâmica pulmonar, assim como o perfil imunológico, deveser rotineiramente acessada em pacientes candidatos a transplantecardíaco. Os pacientes com hipertensão pulmonar fixa estão sobrisco de desenvolverem insuficiência cardíaca direita fatal apóso transplante cardíaco. Por sua vez, a presença de anticorposcirculantes contra os antígenos HLA (Human Leukocyte Antigen)é um fator de risco para rejeição do enxerto após o transplantede coração. Finalmente, a indicação do transplante cardíaco emsituações clínicas extremas vem aumentando e se tornando umdesafio na prática clínica cardiológica.


The heart transplantation is indicated for patients with severeheart failure and disabling symptoms despite being receivingoptimal pharmacological treatment and having exhausted thepossibilities of surgical treatment. Among other factors, thelimitations related to the availability of effective heart donor,mainly in Brazil, make a judicious choice of the heart receptorin addition to a challenge, a huge responsibility for the dailypractice of clinical cardiologists. Hyponatremia, renal failure,cardiac cachexia, anemia, low cholesterol levels, decrease inhemoglobin levels and dependence on inotropes are clinical andlaboratory factors associated with poor prognosis in patientswith advanced heart failure. The risk scores [HFSS (HeartFailure Survival Score) and SHFM (Seattle Heart FailureModel)] should be used as ancillary tools to assess the severityof patients with advanced HF. Peak of VO2 < 10 ml/kg/minand VE/VCO2 > 34 during the cardio-pulmonary exercise testare related to mortality in ambulatory patients evaluated forcardiac transplantation. Pulmonary hemodynamics as wellas the immunological profile should be routinely accessed inpatients who are candidates for cardiac transplantation. Patientswith fixed pulmonary hypertension are at risk for fatal rightheart failure after heart transplantation. In turn, the presenceof circulating antibodies to Human Leukocyte Antigen HLA)is a risk factor for graft rejection after heart transplantation.Finally, the indication of cardiac transplantation in extremeclinical situations are increasing and becoming a challenge incardiology clinical practice.


Assuntos
Humanos , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Transplante de Coração , Transplante de Coração/história , Transplante de Coração/reabilitação , Comorbidade , Hipertensão Pulmonar/complicações , Isquemia/etiologia , Fatores de Risco , Seleção do Doador/ética
2.
Arq Bras Cardiol ; 98(5): 375-83, 2012 May.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-22858653

RESUMO

In the past two years we observed several changes in the diagnostic and therapeutic approach of patients with acute heart failure (acute HF), which led us to the need of performing a summary update of the II Brazilian Guidelines on Acute Heart Failure 2009. In the diagnostic evaluation, the diagnostic flowchart was simplified and the role of clinical assessment and echocardiography was enhanced. In the clinical-hemodynamic evaluation on admission, the hemodynamic echocardiography gained prominence as an aid to define this condition in patients with acute HF in the emergency room. In the prognostic evaluation, the role of biomarkers was better established and the criteria and prognostic value of the cardiorenal syndrome was better defined. The therapeutic approach flowcharts were revised, and are now simpler and more objective. Among the advances in drug therapy, the safety and importance of the maintenance or introduction of beta-blockers in the admission treatment are highlighted. Anticoagulation, according to new evidence, gained a wider range of indications. The presentation hemodynamic models of acute pulmonary edema were well established, with their different therapeutic approaches, as well as new levels of indication and evidence. In the surgical treatment of acute HF, CABG, the approach to mechanical lesions and heart transplantation were reviewed and updated. This update strengthens the II Brazilian Guidelines on Acute Heart Failure to keep it updated and refreshed. All clinical cardiologists who deal with patients with acute HF will find, in the guidelines and its summary, important tools to help them with the clinical practice for better diagnosis and treatment of their patients.


Assuntos
Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Insuficiência Cardíaca/terapia , Doença Aguda , Brasil , Insuficiência Cardíaca/mortalidade , Humanos
3.
Arq. bras. cardiol ; 98(5): 375-383, maio 2012. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-643631

RESUMO

Nos últimos dois anos, observamos diversas modificações na abordagem diagnóstica e terapêutica dos pacientes com Insuficiência Cardíaca aguda (IC aguda), o que nos motivou quanto à necessidade da realização de um sumário de atualização da II Diretriz Brasileira de Insuficiência Cardíaca Aguda de 2009. Na avaliação diagnóstica, o fluxograma diagnóstico foi simplificado e foi fortalecido o papel da avaliação clínica e ecocardiograma. Na avaliação clínico-hemodinâmica admissional, o ecocardiograma hemodinâmico ganhou destaque no auxilio da definição dessa condição no paciente com IC aguda na sala de emergência. Na avaliação prognóstica, os biomarcadores tiveram seu papel mais bem estabelecido, e a síndrome cardiorrenal teve seus critérios e valor prognóstico mais bem definidos. Os fluxogramas de abordagem terapêutica foram revistos, tornando-se mais simples e objetivos. Dentre os avanços na terapêutica medicamentosa destacam-se a segurança e a importância da manutenção ou introdução dos betabloqueadores na terapêutica admissional. A anticoagulação, de acordo com as novas evidências, ganha um espectro maior de indicações. O edema agudo de pulmão tem bem estabelecido os seus modelos hemodinâmicos de apresentação com suas distintas formas de abordagens terapêuticas, com novos níveis de indicação e evidência. No tratamento cirúrgico da IC aguda, a revascularização miocárdica, a abordagem das lesões mecânicas e o transplante cardíaco foram revistos e atualizados. Este sumário de atualização fortalece a II Diretriz Brasileira de Insuficiência Cardíaca Aguda por mantê-la atualizada e rejuvenescida. Todos os clínicos cardiologistas que lidam com pacientes com IC aguda encontrarão na diretriz e em seu sumário de atualização importantes instrumentos no auxílio da prática clínica para o melhor diagnóstico e tratamento de seus pacientes.


In the past two years we observed several changes in the diagnostic and therapeutic approach of patients with acute heart failure (acute HF), which led us to the need of performing a summary update of the II Brazilian Guidelines on Acute Heart Failure 2009. In the diagnostic evaluation, the diagnostic flowchart was simplified and the role of clinical assessment and echocardiography was enhanced. In the clinical-hemodynamic evaluation on admission, the hemodynamic echocardiography gained prominence as an aid to define this condition in patients with acute HF in the emergency room. In the prognostic evaluation, the role of biomarkers was better established and the criteria and prognostic value of the cardiorenal syndrome was better defined. The therapeutic approach flowcharts were revised, and are now simpler and more objective. Among the advances in drug therapy, the safety and importance of the maintenance or introduction of beta-blockers in the admission treatment are highlighted. Anticoagulation, according to new evidence, gained a wider range of indications. The presentation hemodynamic models of acute pulmonary edema were well established, with their different therapeutic approaches, as well as new levels of indication and evidence. In the surgical treatment of acute HF, CABG, the approach to mechanical lesions and heart transplantation were reviewed and updated. This update strengthens the II Brazilian Guidelines on Acute Heart Failure to keep it updated and refreshed. All clinical cardiologists who deal with patients with acute HF will find, in the guidelines and its summary, important tools to help them with the clinical practice for better diagnosis and treatment of their patients.


Assuntos
Humanos , Insuficiência Cardíaca/diagnóstico , Insuficiência Cardíaca/terapia , Doença Aguda , Brasil , Insuficiência Cardíaca/mortalidade
4.
Rev. bras. ecocardiogr. imagem cardiovasc ; 25(1): 36-39, jan.-mar. 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-613932

RESUMO

O caso ilustra o papel do ecocardiograma no diagnóstico e acompanhamento terapêutico de linfoma primário intracardíaco, em pacientesubmetido a transplante cardíaco há 11 anos. No ecocardiograma transtorácico foi visibilizada massa que ocupava a cavidade ventricular esquerda, confirmada por ecocardiograma transesofágico e tomografia computadorizada. Não havia disseminação do tumor em outrosórgãos. A massa foi ressecada cirurgicamente e enviada para análise histopatológica e imuno-histoquímica que revelou linfoma não Hodgkin. O ecocardiograma, após a cirurgia, comprovou ausência do tumor, com função ventricular esquerda preservada. O paciente veio a falecer, quatro meses após, por complicações infecciosas. Destacamos a raridade desta apresentação clínica do paciente transplantado, sobretudo a localização no ventrículo esquerdo e o diagnóstico em vida possibilitado pelo ecocardiograma.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Ecocardiografia/métodos , Ecocardiografia , Transplante de Coração , Linfoma de Células B/complicações , Linfoma de Células B/mortalidade , Linfoma não Hodgkin/complicações , Linfoma não Hodgkin/diagnóstico , Disfunção Ventricular Esquerda , Radiografia Torácica
8.
J. vasc. bras ; 6(2): 171-174, jun. 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-462278

RESUMO

Paciente do sexo feminino, 55 anos de idade, vítima de atropelamento, foi admitida em unidade de emergência, onde se realizou o diagnóstico clínico, radiológico e tomográfico de ruptura traumática da aorta torácica descendente. Diante do achado, a paciente foi encaminhada para tratamento endovascular com colocação de endoprótese auto-expansível (stent) pela artéria femoral. O tratamento obteve sucesso, evidenciado pela exclusão da lesão localizada previamente no istmo aórtico. O tratamento endovascular tem sido indicado nas afecções de aorta torácica descendente com bons resultados iniciais. Na ruptura traumática de aorta, a terapêutica endovascular representa uma alternativa aceitável, especialmente devido aos riscos do tratamento operatório convencional.


A 55-year-old, female patient who was run over by a motor vehicle was admitted at an emergency room. Clinical, radiological and tomographic diagnosis of traumatic descending aortic thoracic rupture was performed. The patient was referred for endovascular treatment with placement of a self-expandable stent through the femoral artery. Treatment was successful, with exclusion of the lesion previously located in the aortic isthmus. Endovascular treatment has been indicated in the treatment of descending thoracic aortic diseases, with good initial results. In case of traumatic aortic rupture, endovascular treatment is a feasible alternative, especially due to risks offered by the conventional surgical treatment.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Aorta/cirurgia , Aorta/lesões , Radiologia Intervencionista/métodos , Stents
9.
Arq. bras. cardiol ; 87(5): 628-633, nov. 2006. tab
Artigo em Português, Inglês | LILACS | ID: lil-439714

RESUMO

OBJETIVO: Em pacientes submetidos a transplante cardíaco (TxC) descreve-se redução da elevação da pressão arterial durante o teste ergométrico (TE). Este fenômeno, cuja origem é desconhecida, ocorre em freqüência e intensidade variáveis. O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre o incremento da pressão arterial sistólica (deltaPAS) e aspectos clínicos, bem como as variáveis aferidas no TE e ecocardiograma sob estresse pela dobutamina (EED), em pacientes na fase tardia após TxC. MÉTODOS: Quarenta e cinco homens, 49,04±10,19 anos, 40,91±27,46 meses pós-TxC submeteram-se a avaliação clínica, TE e EED . Avaliou-se o índice de contratilidade segmentar e a fração de ejeção de ventrículo esquerdo. Consideraram-se anormais deltaPAS<35mmHg no TE (SBC,1995). RESULTADOS: Não houve correlação significativa entre deltaPAS e o tempo de evolução do transplante, tempo de isquemia do enxerto, antecedentes de rejeição, dose de diltiazem, consumo de oxigênio estimado, fração de ejeção e índice de contratilidade segmentar. O deltaPAS foi normal em 17 casos (Grupo I) e anormal em 28 pacientes (Grupo II). Não houve diferenças significativas entre os pacientes de ambos os grupos em relação aos aspectos clínicos e aos resultados do TE e EED. CONCLUSÃO: Ao contrário de outras populações, os autores não detectaram correlações entre deltaPAS e o quadro clínico e a função ventricular esquerda em pacientes com TxC. Os fatores associados à redução do deltaPAS no TE pós-TxC permanecem desconhecidos.


OBJECTIVE: Patients who underwent heart transplantation (HTX) experience a reduction in the elevation that is usual in systolic blood pressure during exercise testing. Of unknown origin, this phenomenon varies in frequency and intensity. The aim of this study was to analyze the relationship between systolic blood pressure increase (delta SBP) and clinical aspects, as well as variables measured during exercise testing (ET) and dobutamine stress echocardiography (DSE) in patients in the late post-transplantation course. METHODS: Forty-five men, mean age 49.04 ± 10.19, underwent clinical assessment, ET and DSE 40.91 ± 27.46 months after heart transplantation. Left ventricular wall motion score index and ejection fraction were assessed. Delta SBP < 35mmHg during ET was considered abnormal (SBC,1995). RESULTS: No significant correlation was found between delta SBP and post-transplantation time, graft ischemic time, history of rejection, diltiazem dosage, oxygen uptake, ejection fraction, and wall motion score index (WMSI). Delta SBP was normal in 17 patients (Group I) and abnormal in 28 (Group II). Patients of both groups did not differ significantly in regard to clinical features and ET and DSE results. CONCLUSION: Unlike other populations, no correlation was found between delta SBP during exercise testing and clinical condition or left ventricular function in heart transplant patients. Pathophysiological factors associated with delta SBP reduction during exercise testing remain unknown.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Pressão Sanguínea/fisiologia , Teste de Esforço , Transplante de Coração/fisiologia , Função Ventricular Esquerda/fisiologia , Cardiotônicos , Dobutamina , Ecocardiografia sob Estresse , Modelos Lineares , Análise Multivariada , Sístole/fisiologia , Fatores de Tempo
10.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 14(1): 116-126, jan.-fev. 2004. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-391548

RESUMO

O crescente aumento da incidência da insuficiência cardíaca tem feito dessa síndrome um importante problema de saúde pública em medicina cardiovascular. Nos últimos anos, tem-se presenciado um avanço significativo nos conhecimentos fisiopatológicos envolvidos na gênese, na progressão e nos sintomas relacionados à doença. Dentre estes, destaca-se o mecanismo denominado ativação neuro-hormonal. A caracterização desses neuro-hormônios, de suas vias de produção e de seus respectivos receptores tem propiciado o desenvolvimento de drogas que interferem de forma benéfica na evolução dos pacientes com disfunção ventricular. Neste artigo serão abordados alguns aspectos da ativação neuro-hormonal que ocorrem na insuficiência cardíaca e seus respectivos bloqueios.


Assuntos
Humanos , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina , Antagonistas Adrenérgicos beta/administração & dosagem , Antagonistas Adrenérgicos beta , Antagonistas Adrenérgicos beta/uso terapêutico , Disfunção Ventricular/prevenção & controle , Insuficiência Cardíaca/fisiopatologia , Antagonistas de Receptores de Mineralocorticoides , Sistema Renina-Angiotensina , Aldosterona , Arginina Vasopressina , Fator Natriurético Atrial , Citocinas , Endopeptidases , Epinefrina , Neurotransmissores
11.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 12(3): 423-426, May-Jun. 2002.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-350421

RESUMO

A síndrome da insuficiência cardíaca crônica é usualmente atribuída à disfunção sistólica do ventrículo esquerdo e acompanhada de sintomas de baixo débito cardíaco e fenômenos congestivos. É sabido que, na evolução da doença, muitos pacientes apresentam disfunção ventricular significativa e ausência de sintomas. A disfunção ventricular assintomática não é infreqüente na população geral. Está associada à ativação neuro-hormonal silenciosa, com potencial evolutivo para maior dilataçãoventricular, desenvolvimento de sintomas e aumento de mortalidade. A intervenção precoce com os inibidores da enzima de conversão da angiotensina e com os betabloqueadores adrenérgicos pode retardar a velocidade de dilatação ventricular, retardar o aparecimento de sintomas e reduzir a mortalidade...


Assuntos
Disfunção Ventricular
13.
Arq. bras. cardiol ; 75(3): 243-8, set. 2000. ilus
Artigo em Português, Inglês | LILACS | ID: lil-274145

RESUMO

Total generalized lipodystrophy (Berardinelli--Seip Syndrome) is a rare hereditary disease characterized by insulin-resistant diabetes mellitus and a small quantity of adipose tissue and is of unknown origin. Common cardiovascular alterations related to this syndrome are cardiac hypertrophy and arterial hypertension. This article reports a case of Berardinelli--Seip syndrome and reviews the literature with special emphasis on the cardiovascular manifestations of this syndrome.


Assuntos
Humanos , Feminino , Baixo Débito Cardíaco/fisiopatologia , Cardiomegalia/fisiopatologia , Hipertensão/fisiopatologia , Lipodistrofia/fisiopatologia , Baixo Débito Cardíaco/diagnóstico , Cardiomegalia/induzido quimicamente , Cardiomegalia/diagnóstico , Diabetes Mellitus Tipo 1/tratamento farmacológico , Diabetes Mellitus Tipo 1/fisiopatologia , Hipertensão/diagnóstico , Insulina/efeitos adversos , Insulina/uso terapêutico , Lipodistrofia/diagnóstico , Síndrome
14.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 10(1): 76-87, jan.-fev. 2000. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-266119

RESUMO

Com a melhor compreensäo da etiopatogênese e dos efeitos deletérios da ativaçäo neuro-hormonal na insuficiência cardíaca, começaram a ser exploradas drogas capazes de bloquear essa ativaçäo, particularmente a ativaçäo simpática e do sistema renina-angiotensina-aldosterona. Com o bloqueio do sistema renina-angiotensina-aldosterona pelos inibidores da enzima de conversäo da angiotensina, obteve-se reduçäo significativa da morbidade e da mortalidade da insuficiência cardíaca. Mais recentemente, objetivando bloquear a ativaçäo adrenérgica passou-se a explorar os efeitos dos betabloqueadores nos pacientes com insuficiência cardíaca, observando-se resultados altamente satisfatórios na reduçäo da morbidade e da mortalidade dos pacientes com disfunçäo ventricular sintomática.


Assuntos
Humanos , Antagonistas Adrenérgicos beta/administração & dosagem , Antagonistas Adrenérgicos beta/efeitos adversos , Antagonistas Adrenérgicos beta/farmacologia , Catecolaminas/efeitos adversos , Insuficiência Cardíaca , Bradicardia , Hipotensão , Morbidade , Mortalidade
15.
Rev. Soc. Cardiol. Estado de Säo Paulo ; 8(6): 1212-6, nov.-dez.1998. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-281924

RESUMO

A utilizaçäo dos inibidores da enzima de conversäo daangiontensina vem sendo amplamente difundida nas últimas décadas e representa um passo fundamental no controle das doenças cardiovasculares e na diminuiçäo da progressäo severa, hiperpotassemia e piora da funçäo renal muitas vezes limitadas ao uso dessas medicaçõesem doses ideais, principalmente em portadores de insuficiência cardíaca severa.Entretanto, esses efeitos colaterais säo pouco expressivos e o dano renal secundário aos inibidores da enzima de conversäo da angiotensina é de baixa incidência, principalmente se comparando ao benefício inequívoco da utilizaçäo dos mesmos.Cuidados no que diz respeito à posologia, sobretudo nos casos de disfunçäo renal grave, contribuem para que esses medicamentos sejam seguros e bem tolerados, podendo ser utilizados em pacientes com disfunçäo ventricular e insuficiência renal associada.


Assuntos
Humanos , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina/uso terapêutico , Insuficiência Cardíaca/reabilitação , Insuficiência Renal/reabilitação , Diabetes Mellitus , Hiponatremia , Prostaglandinas
17.
Arq. bras. cardiol ; 64(4): 335-339, Abr. 1995.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-319682

RESUMO

PURPOSE--To evaluate the acute hemodynamic effects of ibopamine (IBO), captopril (CAP) and placebo (PLA) in patients with severe congestive heart failure at rest. METHODS--Twelve male patients in sinus rhythm with dilated cardiomyopathy and NYHA class IV were studied with Swan-Ganz hemodynamics. Drugs were given in a blinded fashion. Rest, 30 min and every hour for 5 h measurements were made after oral ingestion of 100 mg IBO, 25 mg CAP or PLA. Prior to the study, patients were on diuretics as the only medication for at least 48 h. Comparisons were made with analysis of variance of repeated measurements and Duncan's multiple comparisons procedure. RESULTS--Significant increase in cardiac index and stroke volume index and reduction in systemic vascular resistance were observed with IBO and CAP for 2 h after ingestion. IBO however increased right and left filling pressures in the first hour after its administration. Ventricular tachycardia occurred in 2 patients 1 h after IBO administration. CONCLUSION--Both IBO and CAP improved hemodynamic parameters in the first two hours after oral ingestion in patients with dilated cardiomyopathy in class IV.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Inibidores da Enzima Conversora de Angiotensina , Captopril , Desoxiepinefrina , Diuréticos/uso terapêutico , Hemodinâmica/efeitos dos fármacos , Insuficiência Cardíaca/tratamento farmacológico , Análise de Variância , Captopril , Cardiomiopatias , Desoxiepinefrina , Método Duplo-Cego , Descanso , Índice de Gravidade de Doença
18.
Rev. bras. cir. cardiovasc ; 4(3): 190-4, dez. 1989. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-164278

RESUMO

Os aneurismas da aorta descendente ainda causam grande mortalidade e morbidade, apesar dos avanços da cirurgia cardiovascular moderna. Neste trabalho utilizamos, originalmente em nosso meio, uma técnica recente que consiste na inserçao de uma prótese de Dacron intraluminar, suturada apenas em sua porçao proximal, logo após a subclávia esquerda e que transpoe a zona do aneurisma, ficando solta no interior da aorta em sua porçao distal (tromba de elefante). A operaçao é realizada com circulaçao extracorpórea, hipotermia profunda de l9 graus Celsius, com parada circulatória no tempo suficiente para a inserçao da prótese e sutura da sua borda proximal. Desde maio de 1988, oito pacientes fizeram parte deste estudo, sendo que seis eram dissecçoes da aorta tipo B e dois casos, aneurismas verdadeiros. A simplicidade e rapidez do procedimento, assim como os resultados pós-operatórios obtidos nos animam a prosseguir e recomendar este tipo de alternativa tática, especialmente nas dissecçoes de aorta tipo B.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Aneurisma da Aorta Torácica/cirurgia , Aneurisma da Aorta Torácica/mortalidade , Próteses e Implantes , Estudos Retrospectivos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA