Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(supl.3): 1517-1522, abr. 2016. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30238

RESUMO

Objetivo: avaliar as evidências disponíveis na literatura científica sobre a força muscular respiratória emidosos e as repercussões na sua saúde. Método: estudo descritivo, revisão integrativa, com vistas a respondera questão << O que tem sido produzido sobre o impacto da força muscular respiratória na saúde doidoso? >>. Foram consultadas as bases de dados MEDLINE e LILACS, biblioteca virtual Scielo e o portal deperiódicos da Capes. Os Descritores em Ciências da Saúde utilizados foram: idoso, força muscular, músculosrespiratórios e atividade motora. Resultados: os estudos mostraram aumento da força muscular respiratóriaem idosos que praticam atividade física, bem como demonstram a correlação positiva entre força de músculosrespiratórios com a mobilidade e a autonomia funcional e a correlação negativa com a mortalidade destapopulação. Conclusão: há relação entre a diminuição da força muscular respiratória e impactos negativos nasaúde do idoso, bem como a atividade física tem impacto positivo no aumento da força muscular respiratória.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Saúde do Idoso , Força Muscular , Músculos Respiratórios , Atividade Motora , Epidemiologia Descritiva , MEDLINE , Dinâmica Populacional , Envelhecimento , Idoso/estatística & dados numéricos
2.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 7(1): 2042-2050, jan.-mar. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-742438

RESUMO

Objective: To evaluate the functional capacity of older people engaged in physical activity through the test of six-minute walk test (6MWT). Method: An exploratory study with a quantitative approach, with 40 elderly participants of the Center for Health Care of the Elderly (CASI) of Piripiri (PI). We calculated the distance specified by demographics and the 6MWT was applied to identify the actual distance traveled. Results: The findings showed that the majority of participants were female, with 66 to 70 years old, married, a minimum wage income, low education. Individuals were considered hypertensive and diabetic patients traveled less value than individuals without the disease. There was no statistically significant difference between the average distance and the expected average distance. Conclusion: Older people who practice physical activity showed a level of functional capacity as demonstrated by satisfactory values of the distances traveled in the walk test six minutes...


Objetivo: Avaliar a capacidade funcional de idosos praticantes de atividade física por meio do teste de caminhada de seis minutos (TC6). Método: Estudo exploratório de abordagem quantitativa, com 40 idosos atendidos no Centro de Atenção à Saúde do Idoso (CASI), de Piripiri (PI). Foi calculada a distância prevista por meio de dados antropométricos e foi aplicado o TC6 para identificar a distância real percorrida. Resultados: Os achados apontaram que a maioria dos participantes era do sexo feminino, com 66 a 70anos, casados, renda de um salário mínimo, baixa escolaridade. Os indivíduos considerados hipertensos e diabéticos apresentaram valor percorrido menor do que os indivíduos sem a patologia. Não houve diferença estatisticamente significativa entre a distância média prevista e a distância média percorrida. Conclusão: Os idosos que praticam atividade física apresentaram um nível de capacidade funcional satisfatória conforme mostraram os valores das distâncias percorridas no teste de caminhada de seis minutos...


Objetivo: Evaluar la capacidad funcional de los ancianos practicantes de la actividad física a través de la prueba de caminata de seis minutos (PC6). Método: Un estudio exploratorio con abordaje cuantitativo, con 40 personas que participan en el Centro de Atención al Adulto Mayor (CASI) Salud de los chiles (IP). Distancia predicho por los datos antropométricos se calculó y la PM6M se aplicó para identificar la distancia real recorrida. Resultados: Los resultados indicaron que la mayoría de los participantes eran mujeres, con un 66 a 70 años de edad, casado, un ingreso de salario mínimo, bajo nivel de educación. Los individuos considerados hipertensos y diabéticos viajaron menos valor que las personas sin el trastorno. No hubo diferencia estadísticamente significativa entre la media prevista distancia y la distancia media recorrida. Conclusión: Las personas mayores que practican actividad física mostraron un grado de autonomía funcional satisfactoria como valores mostrados de las distancias recorridas en el test de caminata de seis minutos...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Aptidão Física , Teste de Esforço/enfermagem , Teste de Esforço/métodos , Brasil
3.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 7(1): 2042-2050, jan.-mar. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-26714

RESUMO

Objective: To evaluate the functional capacity of older people engaged in physical activity through the test of six-minute walk test (6MWT). Method: An exploratory study with a quantitative approach, with 40 elderly participants of the Center for Health Care of the Elderly (CASI) of Piripiri (PI). We calculated the distance specified by demographics and the 6MWT was applied to identify the actual distance traveled. Results: The findings showed that the majority of participants were female, with 66 to 70 years old, married, a minimum wage income, low education. Individuals were considered hypertensive and diabetic patients traveled less value than individuals without the disease. There was no statistically significant difference between the average distance and the expected average distance. Conclusion: Older people who practice physical activity showed a level of functional capacity as demonstrated by satisfactory values of the distances traveled in the walk test six minutes.(AU)


Objetivo: Avaliar a capacidade funcional de idosos praticantes de atividade física por meio do teste de caminhada de seis minutos (TC6). Método: Estudo exploratório de abordagem quantitativa, com 40 idosos atendidos no Centro de Atenção à Saúde do Idoso (CASI), de Piripiri (PI). Foi calculada a distância prevista por meio de dados antropométricos e foi aplicado o TC6 para identificar a distância real percorrida. Resultados: Os achados apontaram que a maioria dos participantes era do sexo feminino, com 66 a 70anos, casados, renda de um salário mínimo, baixa escolaridade. Os indivíduos considerados hipertensos e diabéticos apresentaram valor percorrido menor do que os indivíduos sem a patologia. Não houve diferença estatisticamente significativa entre a distância média prevista e a distância média percorrida. Conclusão: Os idosos que praticam atividade física apresentaram um nível de capacidade funcional satisfatória conforme mostraram os valores das distâncias percorridas no teste de caminhada de seis minutos.(AU)


Objetivo: Evaluar la capacidad funcional de los ancianos practicantes de la actividad física a través de la prueba de caminata de seis minutos (PC6). Método: Un estudio exploratorio con abordaje cuantitativo, con 40 personas que participan en el Centro de Atención al Adulto Mayor (CASI) Salud de los chiles (IP). Distancia predicho por los datos antropométricos se calculó y la PM6M se aplicó para identificar la distancia real recorrida. Resultados: Los resultados indicaron que la mayoría de los participantes eran mujeres, con un 66 a 70 años de edad, casado, un ingreso de salario mínimo, bajo nivel de educación. Los individuos considerados hipertensos y diabéticos viajaron menos valor que las personas sin el trastorno. No hubo diferencia estadísticamente significativa entre la media prevista distancia y la distancia media recorrida. Conclusión: Las personas mayores que practican actividad física mostraron un grado de autonomía funcional satisfactoria como valores mostrados de las distancias recorridas en el test de caminata de seis minutos.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Aptidão Física , Teste de Esforço/métodos , Teste de Esforço/enfermagem , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA