Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 25
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Rev Lat Am Enfermagem ; 26: e2996, 2018.
Artigo em Português, Espanhol, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29742273

RESUMO

OBJECTIVE: to evaluate the effectiveness of an educational manual in the instrumentalization of companions to provide support to the parturients and check its influence on the satisfaction of companions and women during vaginal delivery. METHOD: pilot study of a randomized controlled clinical trial with 65 companions and puerperal women (intervention = 21 and control = 44). The previous knowledge of the companions was evaluated at baseline. The Evaluation Form for Companions in the Delivery Room was used to measure the actions provided and the satisfaction with the experience, and the Questionnaire for Evaluation of the Experience and Satisfaction of Puerperal Women with Labor and Delivery was used to evaluate the satisfaction of women with childbirth. The Student's t-test or Wilcoxon, chi-square or Fisher's exact test, risk ratios and 95% confidence intervals were used. RESULTS: the companions in the intervention group performed a greater number of support actions (7.2 vs 4.6, p: 0.001) and had higher satisfaction scores (72.4 vs 64.2; p = 0.00). Puerperal women in the intervention group had higher satisfaction with childbirth (119.6 vs 107.9; p: 0.000). CONCLUSION: the manual was effective for the instrumentalization of companions, contributed to support actions to the parturients and had repercussions on the satisfaction of companions and women with the birthing process. RBR-776d9s.


Assuntos
Amigos , Parto , Satisfação do Paciente , Adulto , Família , Feminino , Educação em Saúde , Humanos , Masculino , Manuais como Assunto , Projetos Piloto , Apoio Social
2.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 26: e2996, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-901941

RESUMO

ABSTRACT Objective: to evaluate the effectiveness of an educational manual in the instrumentalization of companions to provide support to the parturients and check its influence on the satisfaction of companions and women during vaginal delivery. Method: pilot study of a randomized controlled clinical trial with 65 companions and puerperal women (intervention = 21 and control = 44). The previous knowledge of the companions was evaluated at baseline. The Evaluation Form for Companions in the Delivery Room was used to measure the actions provided and the satisfaction with the experience, and the Questionnaire for Evaluation of the Experience and Satisfaction of Puerperal Women with Labor and Delivery was used to evaluate the satisfaction of women with childbirth. The Student's t-test or Wilcoxon, chi-square or Fisher's exact test, risk ratios and 95% confidence intervals were used. Results: the companions in the intervention group performed a greater number of support actions (7.2 vs 4.6, p: 0.001) and had higher satisfaction scores (72.4 vs 64.2; p = 0.00). Puerperal women in the intervention group had higher satisfaction with childbirth (119.6 vs 107.9; p: 0.000). Conclusion: the manual was effective for the instrumentalization of companions, contributed to support actions to the parturients and had repercussions on the satisfaction of companions and women with the birthing process. RBR-776d9s


RESUMO Objetivo: avaliar a eficácia de um manual educativo na instrumentalização do acompanhante para prestar apoio à parturiente e verificar a sua influência na satisfação do acompanhante e da mulher com o processo de parto vaginal. Método: piloto de ensaio clínico controlado randomizado com 65 acompanhantes e puérperas (intervenção=21 e controle=44). O conhecimento prévio dos acompanhantes foi avaliado em linha de base. Utilizou-se o Formulário de Avaliação do Acompanhante em Sala de Parto para mensurar as ações prestadas e a satisfação com a experiência e o Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto para avaliar a satisfação da puérpera com este. Foram utilizados os testes t de Student ou Wilcoxon, Qui-quadrado ou exato de Fisher, razões de risco e intervalos de confiança a 95%. Resultados: acompanhantes do grupo intervenção realizaram maior número de ações de apoio (7,2 vs 4,6; p:0,001) e tiveram escores mais altos de satisfação com o parto (72,4 vs 64,2; p:0,00). Puérperas do grupo intervenção tiveram maior satisfação com o parto (119,6 vs 107,9; p:0,000). Conclusão: o manual foi eficaz na instrumentalização do acompanhante, contribuiu para ações de apoio à parturiente e repercutiu na satisfação do acompanhante e da mulher com o processo de parto. RBR-776d9s


RESUMEN Objetivo: evaluar la eficacia de un manual educativo en la instrumentación del acompañante para dar apoyo a la parturienta y verificar su influencia en la satisfacción del acompañante y de la mujer con el proceso de parto vaginal. Método: piloto de ensayo clínico controlado aleatorizado con 65 acompañantes y puérperas (intervención=21 y control=44). El conocimiento previo de los acompañantes fue evaluado en línea de base. Se utilizó el Formulario de Evaluación del Acompañante en Sala de Parto para mensurar las acciones prestadas y la satisfacción con la experiencia y el Cuestionario de Experiencia y Satisfacción con el Parto para evaluar la satisfacción de la puérpera con el parto. Fueron utilizados los testes t de Student o Wilcoxon, Chi-cuadrado o exacto de Fisher, razones de riesgo e intervalos de confianza a 95%. Resultados: acompañantes del grupo intervención realizaron mayor número de acciones de apoyo (7,2 vs 4,6; p: 0,001) y tuvieron escores más altos de satisfacción con el parto (72,4 vs 64,2; p: 0,00). Puérperas del grupo intervención tuvieron mayor satisfacción con el parto (119,6 vs 107,9; p: 0,000). Conclusión: El manual fue eficaz en la instrumentación del acompañante, contribuyó para acciones de apoyo a la parturienta y repercutió en la satisfacción del acompañante y de la mujer con el proceso de parto. RBR-776d9s


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Projetos Piloto , Satisfação do Paciente , Parto , Amigos , Apoio Social , Família , Educação em Saúde , Manuais como Assunto
3.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 26: e2996, 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-901962

RESUMO

ABSTRACT Objective: to evaluate the effectiveness of an educational manual in the instrumentalization of companions to provide support to the parturients and check its influence on the satisfaction of companions and women during vaginal delivery. Method: pilot study of a randomized controlled clinical trial with 65 companions and puerperal women (intervention = 21 and control = 44). The previous knowledge of the companions was evaluated at baseline. The Evaluation Form for Companions in the Delivery Room was used to measure the actions provided and the satisfaction with the experience, and the Questionnaire for Evaluation of the Experience and Satisfaction of Puerperal Women with Labor and Delivery was used to evaluate the satisfaction of women with childbirth. The Student's t-test or Wilcoxon, chi-square or Fisher's exact test, risk ratios and 95% confidence intervals were used. Results: the companions in the intervention group performed a greater number of support actions (7.2 vs 4.6, p: 0.001) and had higher satisfaction scores (72.4 vs 64.2; p = 0.00). Puerperal women in the intervention group had higher satisfaction with childbirth (119.6 vs 107.9; p: 0.000). Conclusion: the manual was effective for the instrumentalization of companions, contributed to support actions to the parturients and had repercussions on the satisfaction of companions and women with the birthing process. RBR-776d9s


RESUMO Objetivo: avaliar a eficácia de um manual educativo na instrumentalização do acompanhante para prestar apoio à parturiente e verificar a sua influência na satisfação do acompanhante e da mulher com o processo de parto vaginal. Método: piloto de ensaio clínico controlado randomizado com 65 acompanhantes e puérperas (intervenção=21 e controle=44). O conhecimento prévio dos acompanhantes foi avaliado em linha de base. Utilizou-se o Formulário de Avaliação do Acompanhante em Sala de Parto para mensurar as ações prestadas e a satisfação com a experiência e o Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto para avaliar a satisfação da puérpera com este. Foram utilizados os testes t de Student ou Wilcoxon, Qui-quadrado ou exato de Fisher, razões de risco e intervalos de confiança a 95%. Resultados: acompanhantes do grupo intervenção realizaram maior número de ações de apoio (7,2 vs 4,6; p:0,001) e tiveram escores mais altos de satisfação com o parto (72,4 vs 64,2; p:0,00). Puérperas do grupo intervenção tiveram maior satisfação com o parto (119,6 vs 107,9; p:0,000). Conclusão: o manual foi eficaz na instrumentalização do acompanhante, contribuiu para ações de apoio à parturiente e repercutiu na satisfação do acompanhante e da mulher com o processo de parto. RBR-776d9s


RESUMEN Objetivo: evaluar la eficacia de un manual educativo en la instrumentación del acompañante para dar apoyo a la parturienta y verificar su influencia en la satisfacción del acompañante y de la mujer con el proceso de parto vaginal. Método: piloto de ensayo clínico controlado aleatorizado con 65 acompañantes y puérperas (intervención=21 y control=44). El conocimiento previo de los acompañantes fue evaluado en línea de base. Se utilizó el Formulario de Evaluación del Acompañante en Sala de Parto para mensurar las acciones prestadas y la satisfacción con la experiencia y el Cuestionario de Experiencia y Satisfacción con el Parto para evaluar la satisfacción de la puérpera con el parto. Fueron utilizados los testes t de Student o Wilcoxon, Chi-cuadrado o exacto de Fisher, razones de riesgo e intervalos de confianza a 95%. Resultados: acompañantes del grupo intervención realizaron mayor número de acciones de apoyo (7,2 vs 4,6; p: 0,001) y tuvieron escores más altos de satisfacción con el parto (72,4 vs 64,2; p: 0,00). Puérperas del grupo intervención tuvieron mayor satisfacción con el parto (119,6 vs 107,9; p: 0,000). Conclusión: El manual fue eficaz en la instrumentación del acompañante, contribuyó para acciones de apoyo a la parturienta y repercutió en la satisfacción del acompañante y de la mujer con el proceso de parto. RBR-776d9s


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Satisfação do Paciente , Parto , Amigos , Apoio Social , Família , Projetos Piloto , Educação em Saúde , Manuais como Assunto
4.
Hansen. int ; 41(1/2): 25-36, 2016. tab
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-IIERPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-37308

RESUMO

Objetivou-se descrever sobre a consulta de enfermagem no contexto de cuidado do paciente com hanseníase. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo, qualitativo, desenvolvido em uma instituição pública de saúde de Fortaleza-CE. Os dados foram coletados no período de fevereiro a abril de 2013, com sete enfermeiros, por meio de entrevista em profundidade. A análise dos dados seguiu as etapas da análise de conteúdo, elencando-se a categoria: Assistência de enfermagem à pessoa com hanseníase, e três subcategorias: Aspectos básicos da consulta de enfermagem dos casos novos; Condução da consulta de enfermagem subsequente; e Sistematização da Assistência de Enfermagem. Os enfermeiros se mostraram dispostos a perceber o outro em sua singularidade e na particularidade do adoecimento pela hanseníase. Os relatos dos profissionais revelaram a prestação de um cuidado humanizado e pautado no saber-fazer, caracterizado pelo relacionamento terapêutico, orientações ao paciente, reforço ao autocuidado, identificação das queixas, exame dos troncos nervosos, administração da dose supervisionada, convocação dos contatos domiciliares e utilização da Sistematização da Assistência de Enfermagem como ferramenta norteadora do cuidado. A consulta de enfermagem como instrumento de cuidado à pessoa com hanseníase demonstrou seu potencial no manejo terapêutico da doença, constituindo-se como estratégia de aproximação, avaliação, orientação e valorização do outro em seu contexto de enfrentamento e superação do estigma dessa condição de adoecimento(AU)


This study aimed to describe about nursing consultation in the care context of patient with leprosy. It is a descriptive and exploratory study with a qualitative approach, developed in a public health institution in Fortaleza-CE. Data were collected from February to April 2013, with seven nurses, using a deep interview. Data analysis was made by content analysis method, identifying as main category: Nursing care to the person with leprosy, and three subcategories: Basic aspects in the nursing consultation of new cases; Conducting of subsequent nursing consultation; and Nursing Care Systematization. Nurses were willing to see the patient as an unique person, respecting the particularity of illness by leprosy. Professionals revealed an humanized, technical and scientific care, characterized by therapeutic relationship, informational support, reinforce to self-care, identification of complaints, examination of the nerves, administration of supervised dose, convocation of leprosy contacts and use of nursing care systematization as a guide to the care. We conclude that nursing consultation as an instrument in the care context to the person with leprosy showed its potential in the therapeutic management of disease, constituting an strategy of approach, evaluation, guidance and appreciation of the patient’s coping context and overcome the stigma implied in this sick condition(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Hanseníase/enfermagem , Cuidados de Enfermagem/métodos , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem no Consultório , Planejamento de Assistência ao Paciente
5.
Hansen. int ; 41(1/2): 25-36, 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, SESSP-IIERPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-972893

RESUMO

Objetivou-se descrever sobre a consulta de enfermagem no contexto de cuidado do paciente com hanseníase. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo, qualitativo, desenvolvido em uma instituição pública de saúde de Fortaleza-CE. Os dados foram coletados no período de fevereiro a abril de 2013, com sete enfermeiros, por meio de entrevista em profundidade. A análise dos dados seguiu as etapas da análise de conteúdo, elencando-se a categoria: Assistência de enfermagem à pessoa com hanseníase, e três subcategorias: Aspectos básicos da consulta de enfermagem dos casos novos; Condução da consulta de enfermagem subsequente; e Sistematização da Assistência de Enfermagem. Os enfermeiros se mostraram dispostos a perceber o outro em sua singularidade e na particularidade do adoecimento pela hanseníase. Os relatos dos profissionais revelaram a prestação de um cuidado humanizado e pautado no saber-fazer, caracterizado pelo relacionamento terapêutico, orientações ao paciente, reforço ao autocuidado, identificação das queixas, exame dos troncos nervosos, administração da dose supervisionada, convocação dos contatos domiciliares e utilização da Sistematização da Assistência de Enfermagem como ferramenta norteadora do cuidado. A consulta de enfermagem como instrumento de cuidado à pessoa com hanseníase demonstrou seu potencial no manejo terapêutico da doença, constituindo-se como estratégia de aproximação, avaliação, orientação e valorização do outro em seu contexto de enfrentamento e superação do estigma dessa condição de adoecimento.


This study aimed to describe about nursing consultation in the care context of patient with leprosy. It is a descriptive and exploratory study with a qualitative approach, developed in a public health institution in Fortaleza-CE. Data were collected from February to April 2013, with seven nurses, using a deep interview. Data analysis was made by content analysis method, identifying as main category: Nursing care to the person with leprosy, and three subcategories: Basic aspects in the nursing consultation of new cases; Conducting of subsequent nursing consultation; and Nursing Care Systematization. Nurses were willing to see the patient as an unique person, respecting the particularity of illness by leprosy. Professionals revealed an humanized, technical and scientific care, characterized by therapeutic relationship, informational support, reinforce to self-care, identification of complaints, examination of the nerves, administration of supervised dose, convocation of leprosy contacts and use of nursing care systematization as a guide to the care. We conclude that nursing consultation as an instrument in the care context to the person with leprosy showed its potential in the therapeutic management of disease, constituting an strategy of approach, evaluation, guidance and appreciation of the patient’s coping context and overcome the stigma implied in this sick condition.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Hanseníase/enfermagem , Cuidados de Enfermagem/métodos , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem no Consultório , Planejamento de Assistência ao Paciente
6.
Rev Soc Bras Med Trop ; 48(1): 96-8, 2015.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-25860473

RESUMO

INTRODUCTION: The clinical characteristics of women who conceive during leprosy and the association between leprosy and pregnancy are not well known. METHODS: This cross-sectional study included 49 pregnant or lactating women diagnosed with leprosy in 2011. RESULTS: The patients had a clinical dimorphous form of leprosy (44.9%), no physical incapacity at diagnosis (87.5%), and no complications in either the patient or infant (33.4%). In 36.3% of cases, leprosy symptoms were presented in the last trimester of pregnancy, and in 31.9% of patients were in the first trimester of lactation. CONCLUSIONS: The association between leprosy and pregnancy should be routinely investigated, particularly in endemic areas.


Assuntos
Aleitamento Materno , Hanseníase/epidemiologia , Complicações Infecciosas na Gravidez/epidemiologia , Adolescente , Adulto , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Lactente , Recém-Nascido , Lactação , Hanseníase/complicações , Hanseníase/diagnóstico , Pessoa de Meia-Idade , Gravidez , Complicações Infecciosas na Gravidez/diagnóstico , Fatores Socioeconômicos , Adulto Jovem
7.
Rev. enferm. UERJ ; 22(1): 103-110, jan.-fev. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-748632

RESUMO

O leite materno, além de ser o alimento mais completo para o bebê, atua como agente imunizador devido à presença de anticorpos maternos e de substâncias que conferem melhor digestibilidade e ausência de fatores alergênicos. Objetivou-se identificar a prevalência do diagnóstico de enfermagem: amamentação ineficaz em nutrizes. Estudo transversal, descritivo, realizado com 95 nutrizes atendidas em unidades básicas de saúde da regional VI do município de Fortaleza-Ceará. Os dados foram coletados mediante entrevista com formulário estruturado, durante o comparecimento das nutrizes ao serviço de saúde para acompanhamento do lactente, no período de outubro a novembro de 2011. O diagnóstico de enfermagem em estudo foi determinado em 80 (84,2%) nutrizes. Esse resultado negativo é bastante elevado, haja vista o aumento das campanhas de incentivo ao aleitamento materno. Sugere-se que a equipe de enfermagem desenvolva novas condutas na assistência às nutrizes, além de estratégias para reduzir esse diagnóstico de enfermagem tão prevalente.


In addition to a leading position on infant’s nutrition, breast milk acts as an immunizing agent due to the absence of allergenic factors and the presence of maternal antibodies and of substances that ensure better digestibility. This research aimed at identifying the prevalence of the nursing diagnosis: ineffective breastfeeding in nursing mothers. Cross-sectional and descriptive study conducted with 95 nursing mothers assisted in basic health units of the 6th Regional Office of Fortaleza, Ceará, Brazil. Data was collected through interviews with a structured questionnaire, during mothers’ attendance to the health service to monitor the infant, from October to November, 2011. Nursing diagnosis was determined in 80 (84.2%) of the breastfeeding women. This percentage is quite high, given the increase in campaigns to encourage breastfeeding. We suggest that the nursing staff develop new guidelines for the care of nursing mothers, in addition to strategies to reduce this prevailing Nursing Diagnosis.


La leche materna, además de ser alimento más completo para el niño, actúa como agente inmunizante debido a la presencia de anticuerpos maternos y de substancias que proporcionan mejor digestibilidad y ausencia de factores alergénicos. El objetivo fue identificar la prevalencia del diagnóstico de enfermería: lactancia materna ineficazen nutrices. Estudio transversal, descriptivo con 95 nutrices atendidas en unidades básicas de salud, región VI, de Fortaleza-CE, Brasil. Los datos fueron recolectados a través de cuestionarios estructurados durante la comparición de nutrices a los servicios de salud para acompañamiento del niño, de octubre a noviembre de 2011. El diagnóstico de enfermería se determinó en 80 (84,2%) de las nutrices. Este porcentaje es bastante elevado, dado el aumento de campañas para fomentar la lactancia materna. Se sugiere que el personal de enfermería desarrolle nuevas directrices para la atención a nutrices, además de estrategias para reducir este diagnóstico de enfermería tan prevalente.


Assuntos
Humanos , Feminino , Lactente , Adolescente , Adulto Jovem , Aleitamento Materno , Saúde da Família , Lactente , Mães , Cuidados de Enfermagem , Diagnóstico de Enfermagem , Brasil , Estudos Transversais , Epidemiologia Descritiva
8.
Rev. enferm. UERJ ; 22(1): 103-110, jan.-fev. 2014. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-27963

RESUMO

O leite materno, além de ser o alimento mais completo para o bebê, atua como agente imunizador devido à presença de anticorpos maternos e de substâncias que conferem melhor digestibilidade e ausência de fatores alergênicos. Objetivou-se identificar a prevalência do diagnóstico de enfermagem: amamentação ineficaz em nutrizes. Estudo transversal, descritivo, realizado com 95 nutrizes atendidas em unidades básicas de saúde da regional VI do município de Fortaleza-Ceará. Os dados foram coletados mediante entrevista com formulário estruturado, durante o comparecimento das nutrizes ao serviço de saúde para acompanhamento do lactente, no período de outubro a novembro de 2011. O diagnóstico de enfermagem em estudo foi determinado em 80 (84,2%) nutrizes. Esse resultado negativo é bastante elevado, haja vista o aumento das campanhas de incentivo ao aleitamento materno. Sugere-se que a equipe de enfermagem desenvolva novas condutas na assistência às nutrizes, além de estratégias para reduzir esse diagnóstico de enfermagem tão prevalente. (AU)


In addition to a leading position on infant’s nutrition, breast milk acts as an immunizing agent due to the absence of allergenic factors and the presence of maternal antibodies and of substances that ensure better digestibility. This research aimed at identifying the prevalence of the nursing diagnosis: ineffective breastfeeding in nursing mothers. Cross-sectional and descriptive study conducted with 95 nursing mothers assisted in basic health units of the 6th Regional Office of Fortaleza, Ceará, Brazil. Data was collected through interviews with a structured questionnaire, during mothers’ attendance to the health service to monitor the infant, from October to November, 2011. Nursing diagnosis was determined in 80 (84.2%) of the breastfeeding women. This percentage is quite high, given the increase in campaigns to encourage breastfeeding. We suggest that the nursing staff develop new guidelines for the care of nursing mothers, in addition to strategies to reduce this prevailing Nursing Diagnosis. (AU)


La leche materna, además de ser alimento más completo para el niño, actúa como agente inmunizante debido a la presencia de anticuerpos maternos y de substancias que proporcionan mejor digestibilidad y ausencia de factores alergénicos. El objetivo fue identificar la prevalencia del diagnóstico de enfermería: lactancia materna ineficazen nutrices. Estudio transversal, descriptivo con 95 nutrices atendidas en unidades básicas de salud, región VI, de Fortaleza-CE, Brasil. Los datos fueron recolectados a través de cuestionarios estructurados durante la comparición de nutrices a los servicios de salud para acompañamiento del niño, de octubre a noviembre de 2011. El diagnóstico de enfermería se determinó en 80 (84,2%) de las nutrices. Este porcentaje es bastante elevado, dado el aumento de campañas para fomentar la lactancia materna. Se sugiere que el personal de enfermería desarrolle nuevas directrices para la atención a nutrices, además de estrategias para reducir este diagnóstico de enfermería tan prevalente. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Lactente , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Aleitamento Materno , Diagnóstico de Enfermagem , Lactente , Mães , Cuidados de Enfermagem , Saúde da Família , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais , Brasil
9.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 12(4)dez 21,2013. tab, graf
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS | ID: lil-702938

RESUMO

Aim: To know the profile of women assisted in the family planning program and to verify the presence of reproductive risks. Method: This is an analytic, transversal study performed with 264 users of the family planning program of the public health system of the city of Fortaleza, Brazil, from March to June 2010. The data was collected through interviews and then submitted to a descriptive statistical analysis. Results: The predominant age group was between 20 and 28 years old (52.7%), with a single partner (84.1%), completed high school (59.5%) and income above three times the minimum wage (42.4%). The prevailing reproductive risk factor was teenage pregnancy (36%), followed by a pregnancy interval below two years (15.9%), multiparity, that is more than four deliveries, (6.4%) and pregnancy above the age of 35 years old (3%). Discussion: The findings demonstrate an elevated prevalence of reproductive risks in women assisted by the family planning program. Conclusion: Avoidable risk factors must be the focus of education in health programs, so couples can plan pregnancies without risks.


Objetivo: Conocer el perfil de mujeres asistidas en el planeamiento familiar y verificar la presencia de riesgos reproductivos. Método: Estudio analítico, transversal, realizado con 264 usuarias de servicios del planeamiento familiar del sistema público de salud de Fortaleza-CE, de marzo a junio de 2010. Los datos fueron recolectados por entrevista y sometidos al análisis estadística descriptiva. Resultados: Predominó el grupo de edad de 20 a 28 años (52,7%), compañero fijo (84,1%), enseñanza media (59,5%) y renta superior de un hasta tres salarios mínimos (42,4%). Prevaleció el factor de riesgo reproductivo de embarazo en la adolescencia (36,0%), seguido por el intervalo gestacional menor que dos años (15,9%), multiparidad (más de cuatro partos) (6,4%) y gestación superior de los 35 años (3,0%). Discusión: Los hallazgos connotan la prevalencia elevada de riesgos reproductivos en mujeres asistidas en el planeamiento familiar. Conclusión: Factores de riesgo evitables deben constituir foco de la educación en la salud, para que parejas posean planear gestaciones sin riesgos.


Objetivo: Conhecer o perfil de mulheres assistidas em planejamento familiar e verificar a presença de riscos reprodutivos. Método: Estudo analítico, transversal, realizado com 264 usuárias de serviços do planejamento familiar do sistema público de saúde de Fortaleza-CE, de março a junho de 2010. Os dados foram coletados por entrevista e submetidos à análise estatística descritiva. Resultados: Predominou a faixa etária de 20 a 28 anos (52,7%), parceria fixa (84,1%), ensino médio (59,5%) e renda acima de um até três salários mínimos (42,4%). Prevaleceu o fator de risco reprodutivo gravidez na adolescência (36,0%), seguido pelo intervalo gestacional menor que dois anos (15,9%), multiparidade (mais de quatro partos) (6,4%) e gestação acima dos 35 anos (3,0%). Discussão: Os achados conotam a prevalência elevada de riscos reprodutivos em mulheres assistidas no planejamento familiar. Conclusão: Fatores de risco evitáveis devem constituir foco da educação em saúde, para que casais possam planejar gestações sem riscos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Saúde da Família , Planejamento Familiar , Fatores de Risco , Saúde Sexual e Reprodutiva , Estratégias
10.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 12(4)dez 21,2013. tab, graf
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-25713

RESUMO

Aim: To know the profile of women assisted in the family planning program and to verify the presence of reproductive risks. Method: This is an analytic, transversal study performed with 264 users of the family planning program of the public health system of the city of Fortaleza, Brazil, from March to June 2010. The data was collected through interviews and then submitted to a descriptive statistical analysis. Results: The predominant age group was between 20 and 28 years old (52.7%), with a single partner (84.1%), completed high school (59.5%) and income above three times the minimum wage (42.4%). The prevailing reproductive risk factor was teenage pregnancy (36%), followed by a pregnancy interval below two years (15.9%), multiparity, that is more than four deliveries, (6.4%) and pregnancy above the age of 35 years old (3%). Discussion: The findings demonstrate an elevated prevalence of reproductive risks in women assisted by the family planning program. Conclusion: Avoidable risk factors must be the focus of education in health programs, so couples can plan pregnancies without risks.(AU)


Objetivo: Conocer el perfil de mujeres asistidas en el planeamiento familiar y verificar la presencia de riesgos reproductivos. Método: Estudio analítico, transversal, realizado con 264 usuarias de servicios del planeamiento familiar del sistema público de salud de Fortaleza-CE, de marzo a junio de 2010. Los datos fueron recolectados por entrevista y sometidos al análisis estadística descriptiva. Resultados: Predominó el grupo de edad de 20 a 28 años (52,7%), compañero fijo (84,1%), enseñanza media (59,5%) y renta superior de un hasta tres salarios mínimos (42,4%). Prevaleció el factor de riesgo reproductivo de embarazo en la adolescencia (36,0%), seguido por el intervalo gestacional menor que dos años (15,9%), multiparidad (más de cuatro partos) (6,4%) y gestación superior de los 35 años (3,0%). Discusión: Los hallazgos connotan la prevalencia elevada de riesgos reproductivos en mujeres asistidas en el planeamiento familiar. Conclusión: Factores de riesgo evitables deben constituir foco de la educación en la salud, para que parejas posean planear gestaciones sin riesgos.(AU)


Objetivo: Conhecer o perfil de mulheres assistidas em planejamento familiar e verificar a presença de riscos reprodutivos. Método: Estudo analítico, transversal, realizado com 264 usuárias de serviços do planejamento familiar do sistema público de saúde de Fortaleza-CE, de março a junho de 2010. Os dados foram coletados por entrevista e submetidos à análise estatística descritiva. Resultados: Predominou a faixa etária de 20 a 28 anos (52,7%), parceria fixa (84,1%), ensino médio (59,5%) e renda acima de um até três salários mínimos (42,4%). Prevaleceu o fator de risco reprodutivo gravidez na adolescência (36,0%), seguido pelo intervalo gestacional menor que dois anos (15,9%), multiparidade (mais de quatro partos) (6,4%) e gestação acima dos 35 anos (3,0%). Discussão: Os achados conotam a prevalência elevada de riscos reprodutivos em mulheres assistidas no planejamento familiar. Conclusão: Fatores de risco evitáveis devem constituir foco da educação em saúde, para que casais possam planejar gestações sem riscos.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Planejamento Familiar , Saúde Sexual e Reprodutiva , Fatores de Risco , Estratégias , Saúde da Família
11.
Rev Lat Am Enfermagem ; 21(4): 928-34, 2013.
Artigo em Inglês, Português, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-23970230

RESUMO

OBJECTIVES: to identify the knowledge of users of combined oral contraceptive about correct use, side effects and complications; to verify the correlation between knowledge about the method with age, education, family income and time of use. METHOD: cross-sectional study performed in Fortaleza, Ceará, Brazil, from March to July 2010, with 294 women. Data were collected through interviews. RESULTS: 75% had substantial knowledge about the proper use and side effects and no knowledge about complications. The higher the educational level and family income, the higher the women's knowledge about the correct use of the method. Positive correlation suggests that women who used the method for longer knew more about its side effects. CONCLUSION: there are knowledge gaps about the method, which are influenced by socioeconomic variables and use time.


Assuntos
Anticoncepcionais Orais Combinados , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Adolescente , Adulto , Criança , Anticoncepcionais Orais Combinados/administração & dosagem , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem
12.
Rev. latinoam. enferm ; 21(4): 928-934, Jul-Aug/2013. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-682001

RESUMO

OBJECTIVES: to identify the knowledge of users of combined oral contraceptive about correct use, side effects and complications; to verify the correlation between knowledge about the method with age, education, family income and time of use. METHOD: cross-sectional study performed in Fortaleza, Ceará, Brazil, from March to July 2010, with 294 women. Data were collected through interviews. RESULTS: 75% had substantial knowledge about the proper use and side effects and no knowledge about complications. The higher the educational level and family income, the higher the women's knowledge about the correct use of the method. Positive correlation suggests that women who used the method for longer knew more about its side effects. CONCLUSION: there are knowledge gaps about the method, which are influenced by socioeconomic variables and use time. .


OBJETIVOS: identificar o conhecimento de usuárias de anticoncepcional oral combinado sobre uso correto, efeitos colaterais e complicações relacionados a esse uso; verificar correlação entre o conhecimento sobre o método com idade, escolaridade, renda familiar mensal e tempo de uso. MÉTODO: estudo transversal, desenvolvido em Fortaleza, Ceará, Brasil, de março a julho de 2010, com 294 mulheres. Os dados foram coletados por meio de entrevista. RESULTADOS: setenta e cinco por cento apresentaram conhecimento substancial para o uso correto e efeitos colaterais e nenhum conhecimento para complicações. Quanto maior a escolaridade e a renda familiar maior o conhecimento das mulheres sobre o uso correto do método. Correlação positiva sugere que mulheres que usaram o método por mais tempo conheciam mais sobre seus efeitos colaterais. CONCLUSÃO: há lacunas no conhecimento sobre o método, sendo essas influenciadas por variáveis socioeconômicas e tempo de uso. .


OBJETIVOS: Identificar el conocimiento de las usuarias de anticonceptivos orales combinados sobre el uso correcto, los efectos secundarios y complicaciones, para verificar la correlación entre el conocimiento sobre el método con la edad, la educación, el ingreso familiar y el tiempo de uso. MÉTODO: Estudio transversal realizado en Fortaleza, Ceará, Brasil, de marzo a julio de 2010, con 294 mujeres. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas. RESULTADOS: el 75% tenía un conocimiento considerable sobre el uso adecuado y efectos secundarios y ningún conocimiento acerca de las complicaciones. Cuanto mayor es el nivel educativo y el ingreso familiar, mayor conocimiento de las mujeres sobre el uso correcto del método. La correlación positiva sugiere que las mujeres que utilizaron el método para ya sabían más acerca de sus efectos secundarios. CONCLUSIÓN: Hay lagunas en los conocimientos sobre el método, que son influenciados por variables socioeconómicas y el tiempo de uso. .


Assuntos
Adolescente , Adulto , Criança , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Anticoncepcionais Orais Combinados , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Estudos Transversais , Anticoncepcionais Orais Combinados/administração & dosagem
13.
Rev. enferm. UERJ ; 21(2): 234-240, abr.-jun. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-747448

RESUMO

Avaliar conhecimento e prática de enfermeiros com relação à infertilidade na atenção básica. Estudo quantitativo, transversal, realizado com 171 enfermeiros do Sistema Municipal de Saúde de Fortaleza-CE, Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista, de novembro/2009 a abril/2010. Para avaliar o conhecimento e a prática dos enfermeiros, foram utilizadas escalas tipo Likert. O sexo predominante foi o feminino, a idade e o tempo de atuação em planejamento familiar variaram de 25 a 53 anos e de menos de um a 23 anos, respectivamente. O nível de conhecimento de 100(58,5%) enfermeiros sobre o conceito de infertilidade foi limitado; de 169(99%) sobre tipos de infertilidade foi ausente; e 106(62%) e 65(57%) apresentaram, respectivamente, conhecimento limitado e prática ligeiramente adequada acerca das ações a serem oferecidas na atenção básica voltadas à infertilidade. Os enfermeiros necessitam de capacitações voltadas para a área de infertilidade.


To assess the knowledge and practice of nurses concerning infertility in primary care. Quantitative, cross-sectional study, carried out with 171 nurses in the Municipal Health System of Fortaleza-CE, Brazil. Data were collected through interviews, from November 2009 to April 2010. Likert scales were used to assess the knowledge and practice of nurses. The predominant sex was female, age and time of work in family planning varied from 25 to 53 years old and less than one to 23 years, respectively. The knowledge level of 100(58.5%) nurses on the concept of infertility was limited; of 169(99%) on types of infertility was absent; and 106(62%) and 65(57%) had limited knowledge and slightly appropriate practice on the actions that can be offered in primary care focused on infertility, respectively. Nurses need training targeted for the infertility.


El objetivo fue evaluar conocimiento y práctica de enfermeros cuanto a la infertilidad en la atención primaria. Estudio cuantitativo, transversal, con 171 enfermeros del Sistema Municipal de Salud de Fortaleza-CE, Brasil. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas, de noviembre/2009 a abril/2010. Para evaluar conocimiento y práctica de enfermeros, fueron utilizadas escalas de Likert. El sexo predominante fue el femenino, la edad y el tiempo de trabajo en la planificación familiar variaron desde 25 a 53 años de edad y menos de uno a 23 años, respectivamente. El nivel de conocimiento de 100(58,5%) enfermeros sobre el concepto de la infertilidad fue limitado; de 169(99%) sobre tipos de infertilidad fue ausente, y 106(62%) y 65(57%) presentaron conocimiento limitado y práctica ligeramente adecuada sobre acciones que se podrían ofrecer en la atención primaria centrada en la infertilidad, respectivamente. Los enfermeros necesitan de formación específica acerca de la infertilidad.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Estratégia Saúde da Família , Infertilidade , Infertilidade Feminina , Infertilidade Masculina , Enfermeiros , Atenção Primária à Saúde , Competência Profissional , Brasil , Epidemiologia Descritiva
14.
Rev. enferm. UERJ ; 21(2): 234-240, abr.-jun. 2013. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-27843

RESUMO

Avaliar conhecimento e prática de enfermeiros com relação à infertilidade na atenção básica. Estudo quantitativo, transversal, realizado com 171 enfermeiros do Sistema Municipal de Saúde de Fortaleza-CE, Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista, de novembro/2009 a abril/2010. Para avaliar o conhecimento e a prática dos enfermeiros, foram utilizadas escalas tipo Likert. O sexo predominante foi o feminino, a idade e o tempo de atuação em planejamento familiar variaram de 25 a 53 anos e de menos de um a 23 anos, respectivamente. O nível de conhecimento de 100(58,5%) enfermeiros sobre o conceito de infertilidade foi limitado; de 169(99%) sobre tipos de infertilidade foi ausente; e 106(62%) e 65(57%) apresentaram, respectivamente, conhecimento limitado e prática ligeiramente adequada acerca das ações a serem oferecidas na atenção básica voltadas à infertilidade. Os enfermeiros necessitam de capacitações voltadas para a área de infertilidade. (AU)


To assess the knowledge and practice of nurses concerning infertility in primary care. Quantitative, cross-sectional study, carried out with 171 nurses in the Municipal Health System of Fortaleza-CE, Brazil. Data were collected through interviews, from November 2009 to April 2010. Likert scales were used to assess the knowledge and practice of nurses. The predominant sex was female, age and time of work in family planning varied from 25 to 53 years old and less than one to 23 years, respectively. The knowledge level of 100(58.5%) nurses on the concept of infertility was limited; of 169(99%) on types of infertility was absent; and 106(62%) and 65(57%) had limited knowledge and slightly appropriate practice on the actions that can be offered in primary care focused on infertility, respectively. Nurses need training targeted for the infertility. (AU)


El objetivo fue evaluar conocimiento y práctica de enfermeros cuanto a la infertilidad en la atención primaria. Estudio cuantitativo, transversal, con 171 enfermeros del Sistema Municipal de Salud de Fortaleza-CE, Brasil. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas, de noviembre/2009 a abril/2010. Para evaluar conocimiento y práctica de enfermeros, fueron utilizadas escalas de Likert. El sexo predominante fue el femenino, la edad y el tiempo de trabajo en la planificación familiar variaron desde 25 a 53 años de edad y menos de uno a 23 años, respectivamente. El nivel de conocimiento de 100(58,5%) enfermeros sobre el concepto de la infertilidad fue limitado; de 169(99%) sobre tipos de infertilidad fue ausente, y 106(62%) y 65(57%) presentaron conocimiento limitado y práctica ligeramente adecuada sobre acciones que se podrían ofrecer en la atención primaria centrada en la infertilidad, respectivamente. Los enfermeros necesitan de formación específica acerca de la infertilidad. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Infertilidade , Infertilidade Feminina , Infertilidade Masculina , Estratégia Saúde da Família , Competência Profissional , Atenção Primária à Saúde , Enfermeiros , Epidemiologia Descritiva , Brasil
15.
Rev. enferm. UFPE on line ; 5(7): 1677-1683, set. 2011. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32090

RESUMO

Objetivo: estimar a prevalência de agentes microbiológicos em laudos de citologia. Método: trata-se de um estudo documental e retrospectivo, desenvolvido em um Centro de Parto Natural da cidade de Fortaleza-CE. Foram colhidas informações em 300 prontuários de mulheres atendidas no período de agosto de 2008 a março de 2009, que compareceram ao serviço de saúde para a realização da coleta citológica do exame preventivo do câncer de colo uterino. Os dados foram coletados no primeiro semestre de 2009, analisados estatisticamente e apresentados em tabelas. O projeto foi encaminhado ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará e aprovado sob o Protocolo n. 315/05.Resultados: a prevalência de Gardnerella sp., Candida sp. e Trichomonas vaginallis foi de 18,6%, 5,7% e 3,0%,respectivamente. Os agentes microbiológicos estiveram presentes em maiores proporções nas mulheres casadas, com idade entre 18 e 29 anos e com ensino fundamental completo. A Tricomoníase esteve presente em maior proporção nas mulheres que não usavam nenhum método contraceptivo. Conclusão: medidas de educação em saúde devem ser traçadas a essa clientela com a finalidade de promover maiores conhecimentos sobre os agentes microbiológicos, modos de transmissão e prevenção. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Adulto , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Gardnerella , Trichomonas vaginalis , Prevalência , Candidíase , Estudos Transversais , Saúde da Mulher , Teste de Papanicolaou
16.
REME rev. min. enferm ; 15(2): 225-232, abr.-jun. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-600172

RESUMO

É perceptível em jovens o postergar dos planos no campo reprodutivo, todavia gravidez e doenças sexualmente transmissíveis (DST) ocorrem regularmente. Objetivou-se, com esta pesquisa, verificar a prática anticonceptiva de acadêmicos de enfermagem, a vulnerabilidade às DST/HIV/aids e a gravidez não planejada, bem como investigar perspectivas com relação à maternidade e à paternidade. Este é um estudo transversal, do tipo levantamento, efetuado com 164 acadêmicos da Universidades Federal e Estadual do Ceará, do 5° ao 9° semestre, de outubro de 2008 a março de 2009. Com relação aos aspectos sexuais, 126 (76,8%) sujeitos tinham vida sexual ativa; 50 (69,4%) afirmaram que se preparavam para a coitarca; 98 (77,8%) negaram arrependimento à iniciação sexual; e 94 (74,6%) afirmaram que utilizavam método anticoncepcional (MAC) na primeira relação sexual, prevalecendo o uso do condom. Para aqueles que utilizavam MAC, 35 (39,3) referiram o uso hormonal e 33 (37,1%) o do condom. Com relação à maternidade/paternidade, 107 (67,3%) querem ter dois filhos, em idade que variou para 85 (54,5%) dos acadêmicos entre 26 e 29 anos. A estabilidade financeira –101 (62,6%) – e o sucesso profissional – 61 (37,8%) – influenciaram nessa decisão. É relevante manter e/ou ampliar a discussão sobre o planejamento familiar na academia e para além desta, a fim depromover maior acesso dos acadêmicos a informações, levando-os a refletir sobre comportamento sexual saudável.


Even though it is a common practice amongst young people to postpone starting a family, unplanned pregnancies and sexually transmitted diseases occur regularly. This study aims to identify the nursing students’contraceptive practices, their vulnerability to STD/HIV/AIDS, to investigate the incidence of unwanted pregnancies as well as the students’view on parenthood. This research is a cross-sectional survey conducted from October 2008 to March 2009 with 164 5th and 3rd year students of two public universities in the State of Ceará. The survey revealed that 126 (76.8%) led an active sexual life; 50 (69.4%) were preparing themselves for their first sexual intercourse; 98 (77.8%) had no regrets concerning their first sexual experience; and 94 (74.6%) used condoms in the first sexual intercourse. The hormonal contraception was used by 35 (39. 3%) whilst 33 (37.1%) preferred the use of condoms. Regarding parenthood 107 (67.3%), when in their late 20’s, planned to have 2 children. Economic stability - to 101 students (62%) - and professional success - to61 (37.8%) - influenced such choices. It is relevant to continue and/or to extend the debate on family planning in the university milieu to better inform the academic community about healthy sexual behaviour.


Aunque se perciba que los jóvenes postergan los planes en el campo reproductivo, el embarazo y las enfermedades sexualmente transmisibles ocurren regularmente. El objetivo de este estudio fue conocer la práctica anticonceptiva de alumnos de enfermería, la vulnerabilidad a las ETS / VIH / Sida y los embarazos no deseados y sus perspectivas conrelación a la maternidad y paternidad. Se trata de un estudio de encuesta transversal efectuada con 164 estudiantes entre el 3 ° y el 5 ° año de las Universidades Federal y Estatal del Estado de Ceará, de octubre de 2008 a marzo de 2009. En los aspectos sexuales se oservó que 126 (76,8%) tenían vida sexual activa, 50 (69,4%) afirmaron haberse preparado para la primera relación sexual y 98 (77,8%) no se arrepintieron de la iniciación sexual; 94 (74,6%) sostuvieron que utilizaban el método MAC; 35 (39,3) se refirieron al uso hormonal y 33 (37,1%) de preservativos; 107 (67,3%) desea bantener dos hijos de los cuales 85 (54,5%) de ellos entre los 26 y los 29 años. La estabilidad financiera 101 (62,6%) y el éxito profesional 61 (37,8%) influyeron en esta decisión. Es importante mantener y ampliar la discusión sobre planificación familiar dentro y fuera del mundo académico para que, accediendo a mayor información, los alumnos reflexionen bastante sobre el comportamiento sexual saludable.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Anticoncepção , Planejamento Familiar , Educação Sexual , Saúde Sexual e Reprodutiva , Estudantes de Enfermagem , Fatores Socioeconômicos
17.
Rev. RENE ; 12(2): 351-357, abr.-maio 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-682100

RESUMO

O estudo objetivou verificar a ocorrência de estresse e descrever sintomatologia associada em mulheres mastectomizadas por meio da aplicação do Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp. Pesquisa transversal, realizada em junho de 2009, com 14 mulheres pertencentes a um Grupo de Mulheres Mastectomizadas, em Fortaleza-CE, Brasil. Os sintomas experimentados na semana antecedente à reunião e que denominavam o estresse em fase de resistência foram os mais presentes, sendo o quadro de estresse observado em seis mulheres. Concluiu-se que as mudanças estruturais nas mamas consistiram em fonte de estresse, devendo assim, serem reconhecidas e abordadas por profissionais da saúde, em especial pela equipe de enfermagem, cotidianamente em contato com esta clientela, visando à construção de estratégias de autoconhecimento e de aceitação do corpo modificado.


Assuntos
Humanos , Feminino , Mastectomia , Estresse Psicológico
18.
Rev. enferm. UFPE on line ; 5(2 Edição Epecial): 410-416, mar.-abr. 2011. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-31786

RESUMO

Objetivo: avaliar as práticas de enfermagem em planejamento familiar no contexto do Programa Saúde da Família (PSF).Metodologia: estudo descritivo com abordagem quantitativa, realizado com 71 enfermeiros do PSF de Fortaleza, entre julho e novembro de 2007, por meio da aplicação de um questionário, contendo 34 questões, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará (Protocolo nº 180/07). Os dados foram digitados em tabelas e analisados por meio de um software. Participaram do estudo. Resultados: verificou-se que 59 (83,1%) são do sexo feminino e que 22 (31%) trabalham no PSF há cerca de 4 a 6 anos. Apenas 72% dos enfermeiros realizam atividades educativas em planejamento familiar e 38,7% utilizam como critério de escolha do método a disponibilidade deste na unidade. A atuação dos enfermeiros foi baseada na educação em saúde por meio de palestras e grupos. Conclusão: evidencia-se a lacuna do sistema de saúde em não disponibilizar todos os métodos aceitos legalmente. Para a prática profissional efetiva, é preciso apoio e subsídio pelas políticas propostas, objetivando e garantindo qualidade da assistência e autonomia dos clientes em relação à prática contraceptiva. (AU)


Assuntos
Humanos , Estratégia Saúde da Família , Educação em Saúde , Planejamento Familiar , Enfermeiras e Enfermeiros , Anticoncepção/enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais
19.
REME rev. min. enferm ; 15(2): 225-232, abr.-jun. 1992. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-20326

RESUMO

É perceptível em jovens o postergar dos planos no campo reprodutivo, todavia gravidez e doenças sexualmentetransmissíveis (DST) ocorrem regularmente. Objetivou-se, com esta pesquisa, verificar a prática anticonceptiva deacadêmicos de enfermagem, a vulnerabilidade às DST/HIV/aids e a gravidez não planejada, bem como investigarperspectivas comrelação àmaternidade e à paternidade. Este éumestudo transversal, do tipo levantamento, efetuadocom164 acadêmicos da Universidades Federal e Estadual do Ceará, do 5° ao 9° semestre, de outubro de 2008 a marçode 2009. Com relação aos aspectos sexuais, 126 (76,8%) sujeitos tinham vida sexual ativa; 50 (69,4%) afirmaram quese preparavam para a coitarca; 98 (77,8%) negaram arrependimento à iniciação sexual; e 94 (74,6%) afirmaram queutilizavammétodo anticoncepcional (MAC) na primeira relação sexual, prevalecendo o uso do condom. Para aquelesque utilizavam MAC, 35 (39,3) referiram o uso hormonal e 33 (37,1%) o do condom. Com relação à maternidade/paternidade, 107 (67,3%) querem ter dois filhos, em idade que variou para 85 (54,5%) dos acadêmicos entre 26 e 29anos. A estabilidade financeira –101 (62,6%) – e o sucesso profissional – 61 (37,8%) – influenciaram nessa decisão. Érelevante manter e/ou ampliar a discussão sobre o planejamento familiar na academia e para além desta, a fim depromover maior acesso dos acadêmicos a informações, levando-os a refletir sobre comportamento sexual saudável.(AU)


Even though it is a commonpractice amongst young people to postpone starting a family, unplanned pregnancies andsexually transmitted diseases occur regularly. This study aims to identify the nursing students’contraceptive practices,their vulnerability to STD/HIV/AIDS, to investigate the incidence of unwanted pregnancies as well as the students’viewon parenthood.This research is a cross-sectional survey conducted fromOctober 2008 to March 2009 with 164 5th and3rd year students of two public universities in the State of Ceará. The survey revealed that 126 (76.8%) led an activesexual life; 50 (69.4%) were preparing themselves for their first sexual intercourse; 98 (77.8%) had no regrets concerningtheir first sexual experience; and 94 (74.6%) used condoms in the first sexual intercourse. The hormonal contraceptionwas used by 35 (39. 3%) whilst 33 (37.1%) preferred the use of condoms. Regarding parenthood 107 (67.3%), whenin their late 20’s, planned to have 2 children. Economic stability - to 101 students (62%) - and professional success - to61 (37.8%) - influenced such choices. It is relevant to continue and/or to extend the debate on family planning in theuniversity milieu to better inform the academic community about healthy sexual behaviour.(AU)


Aunque se perciba que los jóvenes postergan los planes en el campo reproductivo, el embarazo y las enfermedadessexualmente transmisibles ocurren regularmente. El objetivo de este estudio fue conocer la práctica anticonceptivade alumnos de enfermería, la vulnerabilidad a las ETS / VIH / Sida y los embarazos no deseados y sus perspectivas conrelación a la maternidad y paternidad. Se trata de un estudio de encuesta transversal efectuada con 164 estudiantesentre el 3 ° y el 5 ° año de las Universidades Federal y Estatal del Estado de Ceará, de octubre de 2008 a marzo de 2009.En los aspectos sexuales se oservó que 126 (76,8%) tenían vida sexual activa, 50 (69,4%) afirmaron haberse preparadopara la primera relación sexual y 98 (77,8%) no se arrepintieron de la iniciación sexual; 94 (74,6%) sostuvieron queutilizaban el método MAC; 35 (39,3) se refirieron al uso hormonal y 33 (37,1%) de preservativos; 107 (67,3%) deseabantener dos hijos de los cuales 85 (54,5%) de ellos entre los 26 y los 29 años. La estabilidad financiera 101 (62,6%) y el éxitoprofesional 61 (37,8%) influyeron en esta decisión. Es importante mantener y ampliar la discusión sobre planificaciónfamiliar dentro y fuera del mundo académico para que, accediendo a mayor información, los alumnos reflexionenbastante sobre el comportamiento sexual saludable.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto Jovem , Adulto , Anticoncepção , Estudantes de Enfermagem , Saúde Sexual e Reprodutiva , Planejamento Familiar , Educação Sexual , Fatores Socioeconômicos
20.
Rev. enferm. UFPE on line ; 4(2): 498-503, 20100600. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-20248

RESUMO

Objetivo: averiguar a importância do acompanhante durante o processo de trabalho de parto na perspectiva de puérperas. Método: estudo descritivo, transversal, quantitativo, realizado em Maternidade de Referência de Fortaleza-CE, com 105 puérperas internadas no alojamento conjunto. Os dados foram coletados a partir de um formulário e analisados com auxílio do programa SPSS. Houve submissão e aprovação do projeto pelo Comitê de Ética em Pesquisa da referida maternidade, conforme Protocolo Nº11/2008. Resultados: a inserção de um acompanhante no processo de parto foi uma prática aprovada pela grande maioria das mulheres, tendo 104 (99%) destas considerado importante ou muito importante. As justificativas para tais assertivas se referiram, principalmente, ao apoio emocional prestado por este personagem. Dos acompanhantes que se fizeram presentes durante o processo de parto, a maioria, 84 (80,0%) pertencia ao sexo feminino, sendo a categoria social de acompanhante mais frequente a mãe, com prevalência de 35 (33,4%), seguida do esposo 20 (19,0%). Conclusão: a experiência de ser acompanhada durante o parto foi considerada positiva pela quase totalidade das puérperas, reforçando a importância do acompanhante nesse período.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Parto Humanizado , Enfermagem Obstétrica , Acompanhantes Formais em Exames Físicos , Parto , Trabalho de Parto , Parto Normal , Demografia , Epidemiologia Descritiva , Período Pós-Parto
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA