Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 22(1): 98-109, Jan.-Feb. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-840211

RESUMO

ABSTRACT Extraction spaces may be needed to achieve specific orthodontic goals of positioning the dentition in harmony with the craniofacial complex. However, the fundamental reality that determines the occlusion final position is the control exerted by the orthodontist while closing the extraction spaces. A specific treatment objective may require the posterior teeth to remain in a constant position anteroposteriorly as well as vertically, while the anterior teeth occupy the entire extraction site. Another treatment objective may require the opposite, or any number of intentional alternatives of extraction site closure. The present case report describes a simple controlled segmented mechanic system that permitted definable and predictable force systems to be applied and allowed to predict the treatment outcome with confidence. This case was presented to the Brazilian Board of Orthodontics and Dentofacial Orthopedics (BBO) in partial fulfillment of the requirements for Diplomate certification.


RESUMO Os espaços gerados pelas extrações de pré-molares podem ser necessários para que objetivos ortodônticos específicos sejam alcançados dentro do complexo craniofacial. No entanto, a realidade fundamental que determina a posição final da oclusão é o controle biomecânico exercido pelo ortodontista no fechamento dos espaços das extrações. Um objetivo específico do tratamento pode exigir que os dentes posteriores permaneçam estáveis em uma posição sagital e vertical, enquanto os dentes anteriores são retraídos e ocupam todo o espaço da extração. Outro objetivo de tratamento pode exigir o inverso, ou quaisquer alternativas intencionais de fechamento de espaços de extração. O presente relato de caso descreve um sistema simples de mecânica segmentada que permite, de maneira controlada, que sistemas com forças definidas e previsíveis sejam aplicados, permitindo também predizer o resultado do tratamento com segurança. Esse caso foi apresentado ao Board Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia Facial (BBO), em cumprimento parcial dos requisitos para certificação.

2.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 21(6): 82-90, Sept.-Oct. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-840191

RESUMO

ABSTRACT Objective: The aim of this study was to evaluate the skeletal and dental effects of rapid maxillary expansion (RME) in cleft patients using two types of expanders. Methods: Twenty unilateral cleft lip and palate patients were randomly divided into two groups, according to the type of expander used: (I) modified Hyrax and (II) inverted Mini-Hyrax. A pretreatment cone-beam computed tomographic image (T0) was taken as part of the initial orthodontic records and three months after RME, for bone graft planning (T1). Results: In general, there was no significant difference among groups (p > 0.05). Both showed a significant transverse maxillary expansion (p < 0.05) and no significant forward and/or downward movement of the maxilla (p > 0.05). There was greater dental crown than apical expansion. Maxillary posterior expansion tended to be larger than anterior opening (p < 0.05). Cleft and non-cleft sides were symmetrically expanded and there was no difference in dental tipping between both sides (p > 0.05). Conclusions: The appliances tested are effective in the transverse expansion of the maxilla. However, these appliances should be better indicated to cleft cases also presenting posterior transverse discrepancy, since there was greater expansion in the posterior maxillary region than in the anterior one.


RESUMO Objetivo: o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos esqueléticos e dentários da expansão rápida da maxila (ERM) em pacientes fissurados, utilizando dois tipos de disjuntores. Métodos: vinte pacientes com fissura labiopalatal unilateral foram aleatoriamente divididos em dois grupos, de acordo com o tipo de aparelho utilizado: (1) Hyrax modificado e (2) Mini-Hyrax invertido. Tomografias computadorizadas de feixe cônico foram obtidas antes do tratamento (T0), como parte da documentação ortodôntica inicial, e três meses após a ERM, para o planejamento de enxertia óssea (T1). Resultados: não houve diferença significativa entre os grupos (p>0,05). Ambos apresentaram significativa expansão transversal da maxila (p<0,05), sem significativa movimentação anterior e/ou inferior da maxila (p>0,05). Houve uma maior expansão transversal das coroas em relação à expansão nos ápices. A tendência observada foi uma maior expansão na região posterior da maxila, em comparação à anterior (p<0,05). Avaliando o deslocamento dos lados fissurado e não fissurado, a expansão ocorreu de maneira simétrica e não houve diferença na inclinação dentária entre os lados (p>0,05). Conclusões: os aparelhos testados são eficazes na expansão transversal da maxila em pacientes fissurados. Porém, esses aparelhos seriam melhor indicados para casos de fissura labiopalatal com atresia transversal posterior, uma vez que a expansão foi maior na região posterior da maxila do que na região anterior.

3.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 19(6): 123-133, Nov-Dec/2014. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-732439

RESUMO

Modulation of orthodontic tooth movement (OTM) is desirable not only to patients because it shortens treatment time, but also to orthodontists, since treatment duration is associated with increased risk of gingival inflammation, decalcification, dental caries, and root resorption. The increased focus on the biological basis of tooth movement has rendered Orthodontics a more comprehensive specialty that incorporates facets of all fields of medicine. Current knowledge raises the possibility of using new therapeutic modalities for modulation of OTM, such as corticotomy, laser therapy, vibration (low-intensity pulsed ultrasound), local injections of biomodulators and gene therapy; with the latter being applicable in the near future. They are intended to enhance or inhibit recruitment, differentiation and/or activation of bone cells, accelerate or reduce OTM, increase stability of orthodontic results, as well as assist with the prevention of root resorption. This article summarizes recent studies on each one of these therapeutic modalities, provides readers with information about how they affect OTM and points out future clinical perspectives.


A modulação do movimento dentário ortodôntico (MDO) é desejável para os pacientes, pois reduz o tempo de tratamento, e também para ortodontistas, uma vez que a duração do tratamento tem sido associada a um aumento do risco de inflamação gengival, descalcificação, cárie dentária e reabsorção radicular. O crescente foco sobre os mecanismos biológicos da movimentação dentária levou a Ortodontia a ser uma especialidade mais abrangente, que hoje incorpora aspectos de todas as áreas da Medicina. Com o conhecimento atual, o uso de novas modalidades terapêuticas que visam a modulação da MDO, como a corticotomia, terapia a laser de baixa intensidade e vibração (ultrassom pulsátil de baixa intensidade) já são uma realidade clínica. Outras, como injeções locais de biomoduladores e a terapia genética, serão utilizadas em breve. Elas destinam-se a aumentar ou inibir o recrutamento, à diferenciação e/ou ativação das células ósseas, a acelerar ou reduzir a MDO, a aumentar a estabilidade dos resultados ortodônticos, bem como auxiliar na prevenção da reabsorção radicular. Esse artigo resume os estudos mais recentes sobre cada uma dessas novas modalidades terapêuticas, fornecendo informações aos leitores a respeito de como afetam a MDO e aponta futuras perspectivas clínicas.


Assuntos
Humanos , Técnicas de Movimentação Dentária/métodos , Terapia Genética/métodos , Fatores Imunológicos/uso terapêutico , Terapia a Laser/métodos , Osteotomia/métodos , Ultrassom , Vibração/uso terapêutico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA