Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 16 de 16
Filtrar
1.
Arch Endocrinol Metab ; 60(5): 436-442, 2016 Oct.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27812606

RESUMO

OBJECTIVE: The goal of this study was evaluate the conicity index (C index) in women and its association with hypertension (SAH) and diabetes mellitus (DM). SUBJECTS AND METHODS: This was a cross-sectional study, with 573 women between 20 and 59 years of age. After analysis of clinical and demographic characteristics, anthropometric variables were measured and used to calculate the C index. Plasma glucose and lipid profile were evaluated by standard methods. The analysis of the results was based on logistic regression and the odds ratio (OR) was calculated, which was used to assess the association of the variable outcome with the variable exposure using two logistic regression models that tested the possible influence of the C index in the chance of developing SAH or DM. A confidence interval of 95% was used. RESULTS: In the crude and adjusted models, the OR confirmed the association of the C index with DM and SAH. Compared with women that showed C index p < 75, the risk of women with C index (p ≥ 75) developing DM and SAH was 1.72 and 1.75, respectively. Results demonstrated that the negative impact of age on these associations significantly raised the odds of women having DM and SAH. The high C index was also linked to low HDL-C. CONCLUSION: The C index is an important tool in estimating the risk of diabetes and hypertension in women. Besides, high C indexes are negatively associated with HDL-C, an important lipid marker related to cardiovascular risk.


Assuntos
Distribuição da Gordura Corporal , Diabetes Mellitus/etiologia , Hipertensão/etiologia , Obesidade Abdominal/complicações , Adulto , Glicemia/análise , Brasil , Doenças Cardiovasculares/etiologia , Doenças Cardiovasculares/fisiopatologia , Colesterol/sangue , Estudos Transversais , Diabetes Mellitus/sangue , Diabetes Mellitus/fisiopatologia , Feminino , Humanos , Hipertensão/sangue , Modelos Logísticos , Pessoa de Meia-Idade , Valores de Referência , Medição de Risco/métodos , Fatores de Risco , Estatísticas não Paramétricas , Triglicerídeos/sangue , Adulto Jovem
2.
Arch. endocrinol. metab. (Online) ; 60(5): 436-442, Oct. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-798178

RESUMO

ABSTRACT Objective The goal of this study was evaluate the conicity index (C index) in women and its association with hypertension (SAH) and diabetes mellitus (DM). Subjects and methods This was a cross-sectional study, with 573 women between 20 and 59 years of age. After analysis of clinical and demographic characteristics, anthropometric variables were measured and used to calculate the C index. Plasma glucose and lipid profile were evaluated by standard methods. The analysis of the results was based on logistic regression and the odds ratio (OR) was calculated, which was used to assess the association of the variable outcome with the variable exposure using two logistic regression models that tested the possible influence of the C index in the chance of developing SAH or DM. A confidence interval of 95% was used. Results In the crude and adjusted models, the OR confirmed the association of the C index with DM and SAH. Compared with women that showed C index p < 75, the risk of women with C index (p ≥ 75) developing DM and SAH was 1.72 and 1.75, respectively. Results demonstrated that the negative impact of age on these associations significantly raised the odds of women having DM and SAH. The high C index was also linked to low HDL-C. Conclusion The C index is an important tool in estimating the risk of diabetes and hypertension in women. Besides, high C indexes are negatively associated with HDL-C, an important lipid marker related to cardiovascular risk.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Diabetes Mellitus/etiologia , Distribuição da Gordura Corporal , Obesidade Abdominal/complicações , Hipertensão/etiologia , Valores de Referência , Glicemia/análise , Brasil , Doenças Cardiovasculares/etiologia , Doenças Cardiovasculares/fisiopatologia , Modelos Logísticos , Colesterol/sangue , Estudos Transversais , Estatísticas não Paramétricas , Diabetes Mellitus/fisiopatologia , Diabetes Mellitus/sangue , Hipertensão/sangue
3.
Prev Med Rep ; 4: 391-6, 2016 Dec.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-27547722

RESUMO

This study aimed to monitor diet quality and associated factors in adolescents, adults and older adults from the city of São Paulo, Brazil. We conducted a cross-sectional population-based study involving 2376 individuals surveyed in 2003, and 1662 individuals in 2008 (Health Survey of São Paulo, ISA-Capital). Participants were of both sexes and aged 12 to 19 years old (adolescents), 20 to 59 years old (adults) and 60 years old or over (older adults). Food intake was assessed using the 24-h dietary recall method while diet quality was determined by the Brazilian Healthy Eating Index (BHEI-R). The prevalence of descriptive variables for 2003 and 2008 was compared adopting a confidence interval of 95%. The means of total BHEI-R score and its components for 2003 and 2008 were compared for each age group. Associations between the BHEI-R and independent variables were evaluated for each survey year using multiple linear regression analysis. Results showed that the mean BHEI-R increased (54.9 vs. 56.4 points) over the five-year period. However, the age group evaluation showed a deterioration in diet quality of adolescents, influenced by a decrease in scores for dark-green and orange vegetables and legumes, total grains, oils and SoFAAS (solid fat, alcohol and added sugar) components. In the 2008 survey, adults had a higher BHEI-R score, by 6.1 points on average, compared to adolescents. Compared to older adults, this difference was 10.7 points. The diet quality remains a concern, especially among adolescents, that had the worst results compared to the other age groups.

4.
Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr ; 40(3): 262-269, set. 2015. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-881780

RESUMO

Objective:This study aimed to evaluate the association between Lipid Accumulation Product and biochemical markers and verify how it is affected by sex, age and medication use. Methods:This is a cross-sectional study including biochemical, clinical, demographic and anthropometric data from 617 individuals, both sexes, between 20 and 59 years old, without previous cardiovascular event.Data was collected between 2000 and 2014. The influence of Lipid Accumulation Product on the biochemical variables levels was assessed by multiple linear regression analysis for men and women. Statistical analyzes were performed using SPSS version 20.0 software at significance level of p<0.05. Results:Both sexes presented overweight and increased waist circumference.The median Lipid Accumulation Product was 57.8 and men showed higher values than women. In both sexes, the Lipid Accumulation Product significantly influenced the total cholesterol and high-density lipoprotein levels and these results were adjustment variables (age and hypolipidemic agents) independent. Conclusions:Results showed that Lipid Accumulation Product was associated with low HDL levels and increased concentrations of TC regardless of sexes, age and lipid-lowering drugs


Objetivo: Avaliar a associação do Produto da Acumulação Lipídica com marcadores bioquímicos e verificar a influência do sexo, idade e uso de medicamentos sobre as associações. Métodos: O estudo é de corte transversal com 617 indivíduos de ambos os sexos e idade entre 20 e 59 anos, sem registro de evento cardiovascular prévio. Dados bioquímicos, clínicos, demográficos e antropométricos foram coletados entre os anos de 2000 e 2014. Para avaliar a influência do Produto da Acumulação Lipídica na concentração das variáveis bioquímicas, foram realizadas análises de regressão linear múltipla para homens e mulheres. As análises estatísticas foram feitas no programa SPSS versão 20.0 considerando um valor de significância p<0,05. Resultados: Ambos os sexos apresentaram excesso de peso e circunferência da cintura elevada. A mediana do Produto da Acumulação Lipídica foi 57,8 sendo que os homens apresentaram valores superiores às mulheres. Em ambos os sexos, o Produto da Acumulação Lipídica influenciou de maneira significativa as concentrações de colesterol total e colesterol associado à lipoproteína de alta densidade e estes resultados foram independentes das variáveis de ajuste (idade e medicamentos hipolipemiantes). Conclusão: Os resultados obtidos mostram que o Produto da Acumulação Lipídica se associou com baixos valores de HDL e elevada concentração de CT, independentemente do sexo, idade e medicamentos hipolipemiantes


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Biomarcadores/sangue , Dislipidemias/sangue , Obesidade/prevenção & controle
5.
Rev Saude Publica ; 47(4): 675-83, 2013 Aug.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-24346677

RESUMO

OBJECTIVE: Evaluate validity and reliability of the Brazilian Healthy Eating Index Revised according to the psychometric properties. METHODS: Cross-sectional study of a random sample of 2,375 individuals of both sexes, aged 12 or older from the city of São Paulo, Southeastern Brazil, drawn from the Health Survey carried out in 2003. Information on the population characteristics was acquired using a questionnaire. Food intake was obtained using 24h Recall, used to calculate the Brazilian Healthy Eating Index Revised (BHEI-R). The following aspects were evaluated: (1) content validity, by comparing the components with the Dietary Guidelines for the Brazilian Population; (2) construct validity, factor analysis using principal components method and verifying whether the index can measure diet quality regardless of energy intake; (3) discriminating validity; and (4) the reliability of the BHEI-R by analyzing the internal consistency of the items using Cronbach's alpha coefficient. RESULTS: The correlations between the component scores and energy intake were weak (r < 0.30). Principal component analysis indicated the presence of four factors with eigenvalues > 1 that represented 67% of the index variance. The discriminating validity of the BHEI-R was observed by comparing the individuals by sex and smoking habit, and identifying statistically significant differences between the means of the components of the BHEI-R and the final score. The Cronbach's alpha value (α = 0.7) indicated the presence of internal consistency between the components of the BHEI-R. The SoFAAS component followed by the total fruit component and whole fruit component presented greater correlation with the final index scores. CONCLUSIONS: The Brazilian Healthy Eating Index Revised showed itself to be reliable and structurally valid when used to evaluate and monitor the diet quality of Brazilians.


Assuntos
Inquéritos sobre Dietas , Dieta , Alimentos/normas , Inquéritos e Questionários/normas , Adulto , Criança , Estudos Transversais , Feminino , Alimentos Orgânicos , Humanos , Masculino , Avaliação Nutricional , Política Nutricional , Análise de Componente Principal , Psicometria , Reprodutibilidade dos Testes , Adulto Jovem
6.
Rev. saúde pública ; 47(4): 675-683, ago. 2013. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-695407

RESUMO

OBJETIVO Avaliar a confiabilidade e a validade do Índice de Qualidade da Dieta Revisado de acordo com as propriedades psicométricas. MÉTODOS Estudo transversal em amostra probabilística do município de São Paulo, SP, com 2.375 indivíduos com idade maior ou igual a 12 anos, de ambos os sexos, incluídos no Inquérito de Saúde, realizado em 2003. As informações sobre características da população foram obtidas por meio de questionário. Dados do consumo alimentar foram obtidos pela aplicação do Recordatório de 24 horas, utilizado para calcular o Índice de Qualidade da Dieta Revisado (IQD-R). Foram avaliados (1) validade de conteúdo, comparando os componentes com as recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira; (2) validade de constructo, por meio da análise fatorial pelo método dos componentes principais e verificando se o índice consegue mensurar a qualidade da dieta independente da energia ingerida; (3) validade discriminante; e (4) a confiabilidade do IQD-R pela análise da consistência interna dos itens utilizando o coeficiente alfa de Cronbach. RESULTADOS As correlações entre os escores dos componentes e a energia consumida foram fracas (r #< 0,30). A análise de componentes principais indicou a presença de quatro fatores com autovalores #> 1 que representaram 67% da variância do índice. A validade discriminante do IQD-R foi observada comparando os indivíduos por sexo e hábito de fumar, identificando diferenças estatisticamente significativas entre as médias dos componentes do IQD-R e o escore final. O valor do alfa de Cronbach (α = 0,7) indicou a presença de consistência interna entre os componentes do IQD-R. O componente Gord_AA, seguido dos componentes frutas totais e frutas integrais, apresentaram ...


RESUMEN OBJETIVO Evaluar la confiabilidad y la validez del Índice de la Calidad de la Dieta Revisado. MÉTODOS Estudio transversal en muestra probabilística del municipio de Sao Paulo, SP, con 2.375 individuos con edad mayor o igual a 12 años, de ambos sexos, incluidos en la Pesquisa de Salud, realizado en 2003. Las informaciones sobre características de la población fueron obtenidas por medio de cuestionario. Datos del consumo alimenticio fueron obtenidos por la aplicación del Recordatorio de 24 horas, utilizado para calcular el Índice de Calidad de la dieta Revisado (IQD-R). Se evaluaron validez del contenido, comparando los componentes con las recomendaciones de la Guía Alimenticia para la Población Brasileña; validez del constructo, por medio del análisis de componentes principales y de la capacidad discriminante; verificar si el índice logra medir la calidad de la dieta independientemente de la energía ingerida; y verificar la confiabilidad del IQD-R por el análisis de la consistencia interna de los ítems utilizando el coeficiente alfa de Cronbach. RESULTADOS Las correlaciones entre los escores de los componentes y la energía consumida fueron débiles (r#<0,30). La capacidad discriminante del IQD-R fue observada comparando los individuos por sexo y hábito de fumar, identificando diferencias estadísticamente significativas entre los promedios de los componentes del IQD-R y el escore final. El análisis de componentes principales indicó la presencia de cuatro factores con autovalores #> 1 que representaron 67% de la varianza del índice. El valor del alfa de Cronbach (α = 0,7) indicó la presencia de consistencia interna entre los componentes del IQD-R. El componente Gord_AA, seguido de las frutas totales e integrales, presentaron mayor correlación con la puntuación final del índice. ...


OBJECTIVE : Evaluate validity and reliability of the Brazilian Healthy Eating Index Revised according to the psychometric properties. METHODS : Cross-sectional study of a random sample of 2,375 individuals of both sexes, aged 12 or older from the city of São Paulo, Southeastern Brazil, drawn from the Health Survey carried out in 2003. Information on the population characteristics was acquired using a questionnaire. Food intake was obtained using 24h Recall, used to calculate the Brazilian Healthy Eating Index Revised (BHEI-R). The following aspects were evaluated: (1) content validity, by comparing the components with the Dietary Guidelines for the Brazilian Population; (2) construct validity, factor analysis using principal components method and verifying whether the index can measure diet quality regardless of energy intake; (3) discriminating validity; and (4) the reliability of the BHEI-R by analyzing the internal consistency of the items using Cronbach’s alpha coefficient. RESULTS : The correlations between the component scores and energy intake were weak (r < 0.30). Principal component analysis indicated the presence of four factors with eigenvalues > 1 that represented 67% of the index variance. The discriminating validity of the BHEI-R was observed by comparing the individuals by sex and smoking habit, and identifying statistically significant differences between the means of the components of the BHEI-R and the final score. The Cronbach’s alpha value (α = 0.7) indicated the presence of internal consistency between the components of the BHEI-R. The SoFAAS component followed by the total fruit component and whole fruit component presented greater correlation with the final index scores. CONCLUSIONS : The Brazilian Healthy Eating Index Revised showed itself to be reliable and structurally valid when used to evaluate and monitor the diet quality of Brazilians. .


Assuntos
Adulto , Criança , Feminino , Humanos , Masculino , Adulto Jovem , Dieta , Inquéritos sobre Dietas , Alimentos/normas , Inquéritos e Questionários/normas , Estudos Transversais , Avaliação Nutricional , Política Nutricional , Análise de Componente Principal , Psicometria , Reprodutibilidade dos Testes , Alimentos Integrais
7.
São Paulo; s.n; 2013. 157 p.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-66206

RESUMO

Introdução: O monitoramento da qualidade da dieta tem sido utilizado para nortear e avaliar políticas públicas nos países desenvolvidos, enquanto que, no Brasil, são poucas as pesquisas epidemiológicas com esta característica. Objetivo: Monitorar a qualidade da dieta e seus fatores associados em residentes do município de São Paulo em 2003 e 2008. Métodos: Estudo transversal de base populacional de uma amostra de 2376 indivíduos coletados em 2003 e 1662 indivíduos coletados em 2008, de ambos os sexos, com idade de 12 anos ou mais, incluídos no Inquérito de Saúde de São Paulo, ISA-Capital. A amostragem é probabilística em dois estágios: setor censitário e domicílio. Características da população foram obtidas por meio de questionário e o consumo alimentar pelo Método Recordatório de 24 horas. A qualidade da dieta foi avaliada por meio do Índice de Qualidade da Dieta Revisado (IQD-R) de acordo com a realidade local segundo as diretrizes do Guia Alimentar para a População Brasileira e, posteriormente, avaliado. As médias dos escores do IQD-R foram comparadas segundo grupo etário e ano de estudo por meio do teste de Wald. A relação entre o escore do IQD-R e as variáveis socioeconômicas, demográficas, antropométricas e de estilo de vida foi verificada utilizando a análise de regressão linear múltipla, sendo realizada uma modelagem para cada ano de estudo (ISA 2003 e 2008). Resultados: A média do IQD-R em cinco anos apresentou melhora (IQD-R= 54,9 vs 56,4, p<0,005). Porém, os adolescentes apresentaram piora na qualidade da dieta, influenciada pela diminuição na pontuação dos componentes vegetais verde-escuros e alaranjados e leguminosas, cereais totais, óleos e Gord_AA. Para os adultos e idosos, a qualidade da dieta melhorou, influenciada pelo aumento na pontuação dos componentes frutas totais e frutas integrais, gordura saturada e sódio. No ano de 2008, ser adulto, em média, aumentou o escore do IQD-R em 6,1 pontos em relação aos adolescentes; já para os idosos esta diferença foi de 11,3 pontos. Conclusão: O Índice mostrou-se capaz de detectar alterações na qualidade da dieta da população ao longo do tempo, trazendo evidências da urgente necessidade do direcionamento das ações para melhoria da qualidade da dieta dos brasileiros em todas as classes de renda, priorizando os adolescentes para prevenção de futuras doenças crônicas


Assuntos
Inquéritos sobre Dietas , Comportamento Alimentar , Ingestão de Alimentos , Monitoramento Ambiental , Política Pública , Doença Crônica , Dieta , Estudos Transversais
8.
São Paulo; s.n; 2013. 153 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-713222

RESUMO

Introdução: O monitoramento da qualidade da dieta tem sido utilizado para nortear e avaliar políticas públicas nos países desenvolvidos, enquanto que, no Brasil, são poucas as pesquisas epidemiológicas com esta característica. Objetivo: Monitorar a qualidade da dieta e seus fatores associados em residentes do município de São Paulo em 2003 e 2008. Métodos: Estudo transversal de base populacional de uma amostra de 2376 indivíduos coletados em 2003 e 1662 indivíduos coletados em 2008, de ambos os sexos, com idade de 12 anos ou mais, incluídos no Inquérito de Saúde de São Paulo, ISA-Capital. A amostragem é probabilística em dois estágios: setor censitário e domicílio. Características da população foram obtidas por meio de questionário e o consumo alimentar pelo Método Recordatório de 24 horas. A qualidade da dieta foi avaliada por meio do Índice de Qualidade da Dieta Revisado (IQD-R) de acordo com a realidade local segundo as diretrizes do Guia Alimentar para a População Brasileira e, posteriormente, avaliado. As médias dos escores do IQD-R foram comparadas segundo grupo etário e ano de estudo por meio do teste de Wald. A relação entre o escore do IQD-R e as variáveis socioeconômicas, demográficas, antropométricas e de estilo de vida foi verificada utilizando a análise de regressão linear múltipla, sendo realizada uma modelagem para cada ano de estudo (ISA 2003 e 2008). Resultados: A média do IQD-R em cinco anos apresentou melhora (IQD-R= 54,9 vs 56,4, p<0,005). Porém, os adolescentes apresentaram piora na qualidade da dieta, influenciada pela diminuição na pontuação dos componentes vegetais verde-escuros e alaranjados e leguminosas, cereais totais, óleos e Gord_AA. Para os adultos e idosos, a qualidade da dieta melhorou, influenciada pelo aumento na pontuação dos componentes frutas totais e frutas integrais, gordura saturada e sódio. No ano de 2008, ser adulto, em média, aumentou o escore do IQD-R em 6,1 pontos em relação aos adolescentes; já para os idosos esta diferença foi de 11,3 pontos. Conclusão: O Índice mostrou-se capaz de detectar alterações na qualidade da dieta da população ao longo do tempo, trazendo evidências da urgente necessidade do direcionamento das ações para melhoria da qualidade da dieta dos brasileiros em todas as classes de renda, priorizando os adolescentes para prevenção de futuras doenças crônicas.


Assuntos
Doença Crônica , Dieta , Inquéritos sobre Dietas , Monitoramento Ambiental , Ingestão de Alimentos , Comportamento Alimentar , Política Pública , Estudos Transversais
9.
Rev. saúde pública ; 45(4): 794-798, ago. 2011.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-593388

RESUMO

O Índice de Qualidade da Dieta Revisado é um indicador de qualidade da dieta desenvolvido consoante com as recomendações nutricionais vigentes. Os dados dietéticos foram provenientes do estudo de base-populacional, Inquérito de Saúde e Alimentação (ISA)-Capital-2003. O Índice contém 12 componentes, sendo nove fundamentados nos grupos de alimentos do Guia Alimentar Brasileiro de 2006, cujas porções diárias são expressas em densidade energética; dois nutrientes (sódio e gordura saturada); e Gord_AA (calorias provenientes de gordura sólida, álcool e açúcar de adição). O Índice de Qualidade da Dieta Revisado propicia mensurar variados fatores de riscos dietéticos para doenças crônicas, permitindo, simultaneamente, avaliar e monitorar a dieta em nível individual ou populacional.


The revised version of the Brazilian Healthy Eating Index is an indicator of dietary quality developed according to current nutritional recommendations. Dietary data were obtained from a population-based survey, the 2003 Inquérito de Saúde e Alimentação (ISA - Health and Diet Survey)-Capital. The Revised Index consists of 12 components: nine food groups included in the 2006 Brazilian Dietary Guidelines, in which daily portions are expressed in terms of energy density; two nutrients (sodium and saturated fats), and SoFAAS (calories from solid fat, alcohol and added sugar). The Revised Brazilian Healthy Eating Index allows for the measurement of dietary risk factors for chronic diseases, evaluating and monitoring the diet at both individual and population levels.


El Índice de Calidad de la Dieta Revisado es un indicador de calidad de la dieta desarrollado cónsono con las recomendaciones nutricionales vigentes. Los datos dietéticos fueron provenientes del estudio de base poblacional Inquérito de Saúde e Alimentação (ISA - Pesquisa de Salud y Alimentación)-Capital-2003. El Índice contiene 12 componentes, siendo nueve fundamentados en los grupos de alimentos de la Guía Alimentaria Brasileña de 2006, cuyas porciones diarias son expresadas en densidad energética; dos nutrientes (sodio y grasa saturada); y Gord_AA (calorías provenientes de grasa sólida, alcohol y azúcar de adición). El Índice de Calidad de la Dieta Revisado propicia medir varios factores de riesgos dietéticos para enfermedades crónicas, permitiendo, simultáneamente, evaluar y monitorear la dieta en nivel individual o poblacional.


Assuntos
Humanos , Dieta , Indicadores Básicos de Saúde , Avaliação Nutricional , Política Nutricional , Brasil , Ingestão de Alimentos , Guias como Assunto , Valor Nutritivo , Reprodutibilidade dos Testes
10.
Rev Saude Publica ; 45(4): 794-8, 2011 Aug.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-21655703

RESUMO

The revised version of the Brazilian Healthy Eating Index is an indicator of dietary quality developed according to current nutritional recommendations. Dietary data were obtained from a population-based survey, the 2003 Inquérito de Saúde e Alimentação (ISA - Health and Diet Survey)-Capital. The Revised Index consists of 12 components: nine food groups included in the 2006 Brazilian Dietary Guidelines, in which daily portions are expressed in terms of energy density; two nutrients (sodium and saturated fats), and SoFAAS (calories from solid fat, alcohol and added sugar). The Revised Brazilian Healthy Eating Index allows for the measurement of dietary risk factors for chronic diseases, evaluating and monitoring the diet at both individual and population levels.


Assuntos
Dieta/normas , Indicadores Básicos de Saúde , Avaliação Nutricional , Política Nutricional , Brasil , Ingestão de Alimentos , Guias como Assunto , Humanos , Valor Nutritivo , Reprodutibilidade dos Testes
11.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 21(2): 319-326, mai.-ago. 2011.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-64156

RESUMO

O idoso está exposto a modificações em seu equilíbrio nutricional devido a fatores fisiológicos e socioeconômicos, uso de fármacos, doenças, e/ou dificuldades na obtenção de alimentos, bem como sua forma de preparo. Isso pode tornar a ingestão alimentar inadequada, levando ao consumo insatisfatório de diversos alimentos, inclusive o leite. O objetivo é caracterizar aspectos relacionados à ingestão de leite por idosos. Trata-se de um estudo transversal com idosos voluntários de ambos os sexos, vacinados em uma Unidade Básica de Saúde. Os participantes foram questionados sobre a quantidade consumida diariamente de leite. Realizou-se descrição das variáveis por meio de frequências, desvio padrão e média; utilizou-se o teste qui-quadrado, com significância indicada por p<0,05 para verificação de associação entre elas. Foram entrevistados 300 idosos, sendo 67,0 por cento do grupo d"75 anos e 64,3 por cento do sexo feminino. Os idosos do grupo >75 anos e aqueles do sexo feminino referiram consumo maior de leite. Entretanto, a média de ingestão diária entre os idosos foi de 275,50mL (dp=226,67). Ao comparar os valores de ingestão média com o preconizado pelo Guia alimentar para a população brasileira, observa-se que nenhum grupo estudado atingiu tal recomendação, desconsiderando os derivados do leite. As diferenças de ingestão entre os grupos foram estatisticamente significantes. Considerando as vantagens de incluir este alimento na dieta faz-se necessário desenvolver ações voltadas para esse tema, visto que muitos apresentaram atitudes negativas frente a esse assunto(AU)


Assuntos
Humanos , Idoso , Ingestão de Alimentos , Avaliação Nutricional , Saúde do Idoso , Centros de Saúde , Leite , Nutrição do Idoso
12.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 21(2): 319-326, 2011. tab
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-55166

RESUMO

O idoso está exposto a modificações em seu equilíbrio nutricional devido a fatores fisiológicos e socioeconômicos, uso de fármacos, doenças, e/ou dificuldades na obtenção de alimentos, bem como sua forma de preparo. Isso pode tornar a ingestão alimentar inadequada, levando ao consumo insatisfatório de diversos alimentos, inclusive o leite. O objetivo é caracterizar aspectos relacionados à ingestão de leite por idosos. Trata-se de um estudo transversal com idosos voluntários de ambos os sexos, vacinados em uma Unidade Básica de Saúde. Os participantes foram questionados sobre a quantidade consumida diariamente de leite. Realizou-se descrição das variáveis por meio de frequências, desvio padrão e média; utilizou-se o teste qui-quadrado, com significância indicada por p<0,05 para verificação de associação entre elas. Foram entrevistados 300 idosos, sendo 67,0 por cento do grupo d"75 anos e 64,3 por cento do sexo feminino. Os idosos do grupo >75 anos e aqueles do sexo feminino referiram consumo maior de leite. Entretanto, a média de ingestão diária entre os idosos foi de 275,50mL (dp=226,67). Ao comparar os valores de ingestão média com o preconizado pelo Guia alimentar para a população brasileira, observa-se que nenhum grupo estudado atingiu tal recomendação, desconsiderando os derivados do leite. As diferenças de ingestão entre os grupos foram estatisticamente significantes. Considerando as vantagens de incluir este alimento na dieta faz-se necessário desenvolver ações voltadas para esse tema, visto que muitos apresentaram atitudes negativas frente a esse assunto.(AU)


The elderly are exposed to changes in nutritional balance due to socioeconomic and physiological factors, use of medicines, illness, and/or difficult in obtaining and preparing food. These factors can lead to an inadequate dietary habit and to an inappropriate consumption of several foods, including milk. The aim of this study is to characterize aspects of milk consumption of the elderly vaccinated in the 11th National Campaign of Vaccination of the Elderly. This is a cross-sectional study in elderly volunteers of both sexes vaccinated in a School Health Center. Participants were asked about daily milk intake. Variables description was performed by frequency, standard deviation and mean; the chi-square test was used, with significance indicated by p <0.05 to verify the association between them. Three hundred elderly were interviewed, which whom 33.0 percent were more than 75 years old (>75 years old group) and 64.3 percent were female. The >75 years old group and women reported greater consumption of milk. However, the average daily intake was 275.5 mL (SD=226.67). By comparing the values with the average intake recommended by the Brazilian Food Guide, it's possible to observe that no group reached the recommendation, excluding the dairy products. Differences between the groups intake were statistically significant. Considering the advantages of including this food in the diet it is necessary to develop actions related to this issue, since many of the elderly showed negative attitudes.(AU)

13.
Rev. bras. crescimento desenvolv. hum ; 21(2): 319-326, 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-603698

RESUMO

O idoso está exposto a modificações em seu equilíbrio nutricional devido a fatores fisiológicos e socioeconômicos, uso de fármacos, doenças, e/ou dificuldades na obtenção de alimentos, bem como sua forma de preparo. Isso pode tornar a ingestão alimentar inadequada, levando ao consumo insatisfatório de diversos alimentos, inclusive o leite. O objetivo é caracterizar aspectos relacionados à ingestão de leite por idosos. Trata-se de um estudo transversal com idosos voluntários de ambos os sexos, vacinados em uma Unidade Básica de Saúde. Os participantes foram questionados sobre a quantidade consumida diariamente de leite. Realizou-se descrição das variáveis por meio de frequências, desvio padrão e média; utilizou-se o teste qui-quadrado, com significância indicada por p<0,05 para verificação de associação entre elas. Foram entrevistados 300 idosos, sendo 67,0 por cento do grupo d"75 anos e 64,3 por cento do sexo feminino. Os idosos do grupo >75 anos e aqueles do sexo feminino referiram consumo maior de leite. Entretanto, a média de ingestão diária entre os idosos foi de 275,50mL (dp=226,67). Ao comparar os valores de ingestão média com o preconizado pelo Guia alimentar para a população brasileira, observa-se que nenhum grupo estudado atingiu tal recomendação, desconsiderando os derivados do leite. As diferenças de ingestão entre os grupos foram estatisticamente significantes. Considerando as vantagens de incluir este alimento na dieta faz-se necessário desenvolver ações voltadas para esse tema, visto que muitos apresentaram atitudes negativas frente a esse assunto


Assuntos
Humanos , Idoso , Nutrição do Idoso , Ingestão de Alimentos , Centros de Saúde , Saúde do Idoso , Leite , Avaliação Nutricional
14.
São Paulo; s.n; 2007. 113 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-494118

RESUMO

Introdução: O comportamento adotado na adolescência é de extrema importância por ser esta uma fase da vida de aprendizagem e formação. Os costumes adquiridos neste estágio constituirão a base da prática alimentar no futuro. Objetivo: Avaliar a qualidade da dieta e seus fatores associados em adolescentes residentes em regiões do Estado de São Paulo. Métodos: Estudo transversal de base populacional de uma amostra de 1584 adolescentes, de ambos os sexos, com idade de 12 a 19 anos e 11 meses, incluídos no Inquérito de Saúde de São Paulo - ISA-SP, realizado em 2001-2002. Amostras probabilísticas em dois estágios, setor censitário e domicílio, foram tomadas de cada uma das quatro áreas estudadas (Distrito do Butantã, região sudoeste de grande São Paulo, municípios de Campinas e Botucatu). As informações sobre as características da população de estudo foram obtidas através de questionário e o consumo alimentar pelo Método Recordatório de 24 horas. A qualidade da dieta foi avaliada através do Índice de Qualidade da Dieta (IQD) adaptado para a realidade local. Foi utilizada análise de regressão linear para avaliar a relação entre o IQD e as variáveis independentes. Resultados: A média do IQD foi de 59,7 pontos. Da população estudada, 97,1 por cento apresentou uma dieta inadequada ou que necessita de melhora, sendo que somente 2,9 por cento dos adolescentes possuíam uma dieta considerada saudável de acordo com o IQD. Os valores médios dos componentes do IQD apresentaram-se mais baixos para frutas, leite e derivados e verduras e legumes. Os adolescentes do sexo masculino, praticantes de exercício físico e que residem em casa ou apartamento, apresentaram os maiores escores do IQD. Na análise de regressão linear múltipla, observou-se que quanto maior a idade, menor o IQD e que adolescentes residentes em casa ou apartamento têm um Índice de Qualidade da Dieta maior que os residentes em barraco ou cortiço, independente da idade e ingestão de energia. Conclusão: A qualidade...


Assuntos
Adolescente , Dieta , Inquéritos sobre Dietas , Ingestão de Alimentos , Fatores Etários , Fatores Socioeconômicos
15.
Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr ; 32(3): 15-26, 2007. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-882079

RESUMO

The identification of types and amount of the most consumed food items by adolescents gives us a better knowledge about their feeding behaviors. The objective of this paper was to verify the portion sizes consumed by adolescents living in Sao Paulo ­ SP. It is a cross-sectional study with a representative sample (n=739) of adolescents aged between 12 years and 19 years and11 months. Food consumption was calculated from a 24-hour recall analyzed by the Nutrition Data System Software. A list of food items and the frequency each of them is consumed by at least 10% of the sample (both male and female)was prepared. Median portions of the listed foods were obtained from the50th percentile and compared according to sex using the Kruskal Wallis test with a 5% significance level. The portions were transformed in serving sizes and compared to the recommendations of the Dietary Guidelines for the Brazilian Population. It was verified that the consumption of milk, sausage, fried eggs, baguette and pre-sliced bread agreed with the recommended for both sexes. On the other hand, the consumption of cookies, crackers, spaghetti, margarine/butter and juice were above the recommended levels. Lettuce and tomato were the only vegetables found in the list of the most consumed food items, which showed no fruit. Potion sizes and food choices can influence the energy ingestion and weight gain. Therefore, the population must be informed about the importance of healthy habits and choices


La identificación de los tipos y cantidades de alimentos consumidos por los adolescentes nos permite conocer sobre su comportamento alimentar. Este trabajo tuvo como objetivo verificar el tamaño de las porciones consumidas por adolescentes que viven en el municipio de SãoPaulo - SP. Se trata de uno estudio transversal con una muestra representativa (n=739) de adolescentes entre 12 y 19 años y 11 meses. El consumo alimentar se obtuvo por medio del Recordatorio de 24 horas que fue analizado utilizando el programa Nutrition Data System. Se elaboró una lista de los alimentos más consumidos por lo mínimo 10% de la muestra de ambos sexos. Las porciones medianas de los alimentos listados fueron obtenidas por el percentil 50 y comparadas según el sexo por el teste de Kruskal Wallis, conun nivel de significáncia de 5%. Después fueron transformadas en medidas caseras y comparadas con las recomendaciones del Guía de Alimentación para la Población Brasileña. Severificó que los alimentos: leche, longaniza, huevo frito, pan de molde y pan francés, están de acuerdo con la recomendación para ambos los sexos, pero galletas rellenas y de agua y sal, pastas, margarina/mantequilla y jugo presentaron una porción mediana de consumo mayor que la recomendada. Entre hortalizas, solo le chuga y tomate estuvieron presentes en la relación de los alimentos más consumidos y ninguna fruta fue encontrada. El tamaño de las porciones y la selección de los alimentos influyen en la ingestión de energía y el aumento de peso, así, hay que concientizar la población acerca de la importancia de adoptar hábitos y hacer elecciones que contribuyan para la salud


A identificação dos tipos e quantidades dos alimentos consumidos por adolescentes permite o conhecimento sobre o seu comportamento alimentar. Este trabalho teve como objetivo verificar o tamanho das porções consumidas por adolescentes residentes no município de São Paulo­ SP. Trata-se de um estudo transversal com amostra representativa (n=739) de adolescentes de 12 a 19 anos e 11 meses. O consumo alimentar foi obtido por meio de Recordatório de 24 horas, digitado no programa Nutrition Data System. Foi realizada a listagem de freqüência dos alimentos consumidos por, no mínimo, 10% da amostra em ambos os sexos. As porções medianas dos alimentos listados foram obtidas a partir do percentil 50 e comparadas segundo sexo pelo teste de Kruskal Wallis, adotando nível de significância de 5%. Posteriormente, foram transformadas em medidas caseiras e comparadas com as recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira. Verificou-se que os alimentos: leite, linguiça, ovo frito e pães de forma e francês, estão de acordo com o recomendado para ambos os sexos, já os biscoitos recheados e de água e sal, o macarrão, a margarina/manteiga e o suco apresentaram uma porção mediana de consumo maior que o recomendado. Dentre os legumes e as verduras, somente a alface e o tomate constaram na lista dos alimentos mais consumidos e nenhuma fruta foi encontrada. O tamanho das porções e a escolha dos alimentos podem influenciar a ingestão de energia e o ganho de peso, portanto, deve-se conscientizar a população sobre a importância da adoção de hábitos e escolhas saudáveis


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Comportamento Alimentar , Educação Alimentar e Nutricional , Recomendações Nutricionais/tendências
16.
Rev. nutr ; 19(6): 663-671, nov.-dez. 2006. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-442905

RESUMO

OBJETIVO: Avaliar o índice de qualidade da dieta de adolescentes residentes no Distrito do Butantã do município de São Paulo, SP. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com uma amostra de 437 adolescentes, de ambos os sexos, com idade entre 12 e 19 anos. Foram obtidas amostras probabilísticas em dois estágios, setor censitário e domicílio, da área estudada. O consumo alimentar foi medido pelo método recordatório de 24 horas e a qualidade da dieta avaliada pelo índice de Qualidade da Dieta adaptado para a realidade local. RESULTADOS: Dos adolescentes avaliados, 4 por cento apresentaram dieta saudável, 68 por cento dieta que necessita de melhora e 28 por cento dieta inadequada. O sexo masculino apresentou maior pontuação para os componentes do índice de Qualidade da Dieta cereais, hortaliças, leguminosas e variedade da dieta. O aumento no número de anos de estudo do chefe da família apresentou-se associado ao maior consumo dos grupos de alimentos: cereais, verduras e legumes, leite e produtos derivados e variedade de alimentos; a relação foi inversa para o grupo de leguminosas e sódio. CONCLUSÃO: A maioria dos adolescentes estudada não segue as recomendações dietéticas preconizadas, fato que pode comprometer a saúde futura desses indivíduos.


OBJECTIVE: To evaluate the Healthy Eating Index among adolescents living in the Butantã district of the city of São Paulo, Brazil. METHODS: This was a cross-sectional population-based study using a sample of 437 adolescents of both genders, aged between 12 and 19 years. Probabilistic cluster samples were obtained from the study area in two stages (census tracts and homes). Dietary intake was measured by the 24-hour recall method and dietary quality was assessed by means of the Healthy Eating Index, adapted to local realities. RESULTS: Among the adolescents assessed, 4 percent presented a healthy diet, 68 percent a diet that needed some improvement and 28 percent an inadequate diet. The scoring for the Healthy Eating Index components of grains, vegetables, pulses and food variety were high among men. Greater schooling levels for heads of families presented an association with greater consumption of grains, vegetables, milk and dairy products, and greater food variety. There was an inverse relationship for pulses and sodium. CONCLUSION: The majority of the adolescents studied did not follow the recognized dietary recommendations, which may compromise these individuals' future health.


Assuntos
Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Humanos , Comportamento Alimentar/psicologia , Dieta , Ingestão de Alimentos , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Adolescente
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...