Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
J. Health Sci. Inst ; 34(3): 144-148, July-Sept. 2016.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-832843

RESUMO

Objetivo ­ As infecções relacionadas à assistência à saúde são um problema mundial. A contaminação de pacientes através de mãos e objetos constitui-se na principal causa de infecção. O objetivo deste foi avaliar a contaminação bacteriana de terminais de computadores utilizados em diferentes setores do Hospital da Cidade de Passo Fundo-RS (HCPF), analisando o possível papel dos mesmos como fômites de infecção hospitalar. Métodos ­ Ao todo foram coletadas amostras de 221 terminais de computadores situados em setores críticos, semicríticos e não críticos. A coleta foi realizada com swab umedecido em solução salina, por fricção, sendo o material semeado em placas de Petri contendo ágar sangue e ágar MacConkey. As placas foram incubadas a 35-37ºC por 24 horas e as colônias presentes nos meios de cultura foram identificadas por técnicas convencionais. Resultados ­ Em 87,5% das amostras houve crescimento de micro-organismos, sendo identificados 11 tipos de bactérias. Cocos Gram-positivos foram os mais frequentes, com predominância de Staphylococcus coagulase-negativos (44,3%). As bactérias Gram-negativas foram responsáveis por apenas 4,2% dos casos. Não houve diferença significativa entre os três setores, embora Staphylococcus aureus tenha ocorrido com maior frequência nos setores críticos. Conclusão ­ Elevados níveis de contaminação foram observados nos terminais de computadores dos três setores, reforçando a importância da higienização desses equipamentos para evitar a transmissão cruzada de micro-organismos para os pacientes.


Objective ­ Infections related to health care is a global problem. Contamination of patients through hands and objects constitutes the main cause of infection. The objective of this study was to evaluate the bacterial contamination on computer terminals of different sectors of the Hospital da Cidade de Passo Fundo-RS (HCPF), to determine their possible role as sources of hospital infections. Methods ­ Samples were collected from 221 computer terminals located in critical, semi-critical, and non-critical sectors. The collection was made by rubbing the terminals with saline solution moistened swabs, then applying to blood and MacConkey agars in Petri dishes. After incubation at 35ºC to 37ºC for 24 hours, any resulting colonies in the medium were identified by conventional methods. Results ­ There was micro-organism growth in 87.5% of the samples, identified as 11 types of bacteria. Gram-positive cocci were the most frequent, predominantly Staphylococcus coagulase-negative. Gram-negative bacteria accounted for only 4.2% of the cases. There was no significant difference among the three sectors, although critical sectors had a higher frequency of Staphylococcus aureus. Conclusion ­ High levels of contamination were observed on computer terminals of all three sectors, re-enforcing the importance of equipment sanitation to prevent micro-organism cross transmission to patients.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...