Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 13 de 13
Filtrar
Mais filtros










Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Salud Colect ; 15: e2224, 2020 Jan 24.
Artigo em Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-32022130

RESUMO

The aim of this study is to understand interprofessional teams' collaborative practices for prenatal dental follow-up in primary health care. An exploratory, qualitative and descriptive study was carried out, in which workers directly involved in prenatal care in the city of Fortaleza, Brazil were included. A total of 24 individual semi structured in depth interviews were conducted between June and August of 2018. The information was organized based on a thematic analysis, and the hermeneutic dialectic method was used for the theoretical foundation and interpretation. Three discursive categories were identified: professional perceptions about collaborative practice, challenges in interprofessional collaboration, and collaboration practices within the team. The professionals' perception about interprofessional collaboration in maternal and child care was favorable, although in some cases the interdisciplinary work practice was not effective due to the existence of barriers that hindered its fulfillment.

2.
Rev Lat Am Enfermagem ; 27: e3193, 2019.
Artigo em Inglês, Português, Espanhol | MEDLINE | ID: mdl-31596422

RESUMO

OBJECTIVE: to analyze nonverbal communication between nurse and parturient during the active phase of labor in two Portuguese-speaking countries. METHOD: a quantitative and analytical study, whose sample consisted of 709 interactions that used the nonverbal communication of nurses and parturients. The analyzed variables were: distance; posture; axis; contact; emblematic gestures; illustrator gestures and regulatory gestures. For the analysis of the data, the Chi-Square and Likelihood Ratio tests were used. RESULTS: the intimate distance between nurse and parturient in both countries (p = 0.005) prevailed. In both, touch was the most commonly used form of contact (p <0.0001). In both countries, the parturient remained lying down (p <0.0001). In relation to the established contact (p <0.0001), the parturient did not use contact. The face-to-face axis predominated in the interactions in both countries between nurse-parturient (p <0.0001) and parturient-nurse (p <0.0001). CONCLUSION: similarities were observed in non-verbal communication between nurses and parturients in both countries. However, there are differences such as the established contact between Brazilian and Cape Verdean nurses to parturients.


Assuntos
Trabalho de Parto , Comunicação não Verbal , Relações Enfermeiro-Paciente , Saúde da Mulher , Brasil , Cabo Verde , Empatia , Feminino , Humanos , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem Obstétrica , Gravidez
3.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 27: e3193, 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1043088

RESUMO

Objective: to analyze nonverbal communication between nurse and parturient during the active phase of labor in two Portuguese-speaking countries. Method: a quantitative and analytical study, whose sample consisted of 709 interactions that used the nonverbal communication of nurses and parturients. The analyzed variables were: distance; posture; axis; contact; emblematic gestures; illustrator gestures and regulatory gestures. For the analysis of the data, the Chi-Square and Likelihood Ratio tests were used. Results: the intimate distance between nurse and parturient in both countries (p = 0.005) prevailed. In both, touch was the most commonly used form of contact (p <0.0001). In both countries, the parturient remained lying down (p <0.0001). In relation to the established contact (p <0.0001), the parturient did not use contact. The face-to-face axis predominated in the interactions in both countries between nurse-parturient (p <0.0001) and parturient-nurse (p <0.0001). Conclusion: similarities were observed in non-verbal communication between nurses and parturients in both countries. However, there are differences such as the established contact between Brazilian and Cape Verdean nurses to parturients.


Objetivo: analisar a comunicação não verbal entre enfermeiro e parturiente durante a fase ativa do trabalho de parto em dois países lusófonos. Método: estudo quantitativo analítico, cuja amostra foi composta por 709 interações que utilizaram a comunicação não verbal dos enfermeiros e parturientes. As variáveis analisadas foram: distância; postura; eixo; contato; gestos emblemáticos; gestos ilustradores e gestos reguladores. Para a análise dos dados, utilizaram-se os testes de Qui-Quadrado e Razão de Verossimilhança. Resultados: a distância íntima entre enfermeiro e parturiente nos dois países (p=0,005) prevaleceu. Em ambos, o toque foi a forma de contato (p<0,0001) mais usada. Nos dois países, as parturientes permaneceram deitadas (p<0,0001). Em relação ao contato estabelecido (p<0,0001), as parturientes não usaram contato. O eixo face a face predominou nas interações em ambos os países entre enfermeiro-parturiente (p<0,0001) e parturiente-enfermeiro (p<0,0001). Conclusão: perceberam-se semelhanças nos aspectos de comunicação não verbal entre enfermeiros e parturientes nos dois países. No entanto, observam-se diferenças como o contato estabelecido entre os enfermeiros brasileiros e cabo-verdianos à parturiente.


Objetivo: analizar comunicación no verbal entre enfermero y parturienta durante la fase activa del trabajo de parto en dos países lusohablantes. Método: estudio analítico cuantitativo, cuya muestra consistió en 709 interacciones que utilizaron la comunicación no verbal entre enfermeros y parturientas. Las variables analizadas fueron: distancia, postura, eje, contacto, gestos emblemáticos, gestos ilustradores y gestos reguladores. Para el análisis de los datos se utilizaron las pruebas de Chi-cuadrado y Razón de Verosimilitud. Resultados: la distancia íntima entre enfermero y parturienta en los dos países (p=0,005) prevaleció. En ambos, el toque fue la forma de contacto (p<0,0001) más usada. En los dos países las parturientas permanecieron acostadas (p<0,0001). En relación al contacto establecido (p<0,0001) las parturientas no usaron contacto. El eje cara a cara predominó en las interacciones en los dos países, entre enfermero-parturienta (p<0,0001) y parturienta-enfermero (p<0,0001). Conclusión: se percibió semejanzas en los aspectos de comunicación no verbal entre enfermeros y parturientas en los dos países. Sin embargo, se observan diferencias como es el caso del contacto establecido entre los enfermeros brasileños y los de Cabo Verde con la parturienta.

4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(9): 2407-2417, set. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-995847

RESUMO

Objetivo: investigar as formas de violência obstétrica na assistência prestada ao parto e ao nascimento. Método: estudo quantitativo, exploratório, descritivo e transversal realizado com 169 puérperas em maternidades públicas. Os dados foram coletados por meio de questionário e a análise pelo Software Microsoft Office Excel®-2013. Posteriormente, as informações foram organizadas em um banco de dados e apresentadas em tabelas. Resultados: ao avaliar as formas de violência obstétrica, identificaram-se cuidado indigno e abuso verbal, discriminação baseada em certos atributos (por exemplo, raça), abandono, negligência ou recusa da assistência e detenção nos serviços prestados. Conclusão: a região rural brasileira investigada apresentou variados tipos de violência obstétrica, semelhantes aos dados nacionais, requerendo ações com vistas à sua eliminação.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Trabalho de Parto , Saúde da População Rural , Serviços de Saúde Rural , Parto , Período Pós-Parto , Violência contra a Mulher , Exposição à Violência , Enfermagem Obstétrica , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais , Maternidades
5.
Rev. eletrônica enferm ; 19: 1-11, Jan.Dez.2017. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-911498

RESUMO

Objetivou-se avaliar a qualidade da consulta de enfermagem na assistência ao pré-natal de risco habitual. Estudo descritivo, realizado em Redenção, Ceará, com base na observação não participante de cinco enfermeiros, cada um em três consultas de pré-natal, totalizando 15 observações, subsidiado por um formulário tipo check-list com variáveis recomendadas pelo Ministério da Saúde na estratégia do Programa de Qualidade na Assistência (PROQUALI). Os resultados evidenciaram que a assistência foi considerada satisfatória para o quesito acolhimento, parcialmente satisfatória para anamnese, orientações em saúde e exame físico. Assim, a assistência pré-natal foi classificada como parcialmente satisfatória, pois atividades essenciais à promoção de uma gestação sem intercorrências não foram realizadas. Isto traz a necessidade de investimentos em desenvolvimento de recursos humanos e maior acompanhamento da qualidade da assistência pelos gestores


The objective of this study has been to evaluate the quality of nursing appointments in routine prenatal care. This is a descriptive study, conducted in Redenção, Ceará, Brazil, based on the non-participant observation of five nurses, each in three prenatal appointments, amounting to fifteen observations, subsidized by a check-list form with variables recommended by the Ministry of Health in the strategy of the Quality Care Program (PROQUALI). The results show that the care was considered satisfactory for the issue of reception and partially satisfactory for anamnesis, health guidelines, and physical examination. Thus, prenatal care has been classified as partially satisfactory, since activities essential to the promotion of an uneventful gestation were not performed. This brings the need for investments in human resources development and greater monitoring of the quality of the care by managers.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Enfermagem , Cuidado Pré-Natal , Qualidade da Assistência à Saúde , Avaliação em Enfermagem
6.
Rev. bras. enferm ; 66(4): 508-513, jul.-ago. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-684605

RESUMO

Objetivou-se identificar os fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de colo uterino em mulheres reclusas. Estudo descritivo, de corte transversal, realizado em um instituto penal feminino cearense. A seleção da amostra do estudo ocorreu de acordo com a disponibilidade de presidiárias no momento da coleta, totalizando 36 reclusas. Referente aos riscos para o câncer cervical, 16 mulheres (44,5%) eram tabagistas, 24 (70,5%) já fizeram uso do contraceptivo oral por um tempo médio de 46 meses, 24 (66,6%) apresentaram coitarca com idade inferior a 15 anos; 26 (72,2%) faziam uso de preservativo, porém 10 (38,4%) o usavam raramente. Tais achados demonstram que a população encarcerada apresenta maior vulnerabilidade ao câncer de colo uterino, sendo necessária a promoção da saúde no ambiente, visto que tal momento se configura como uma oportunidade singular.


The study aimed to identify risk factors for the development of cervical cancer in women prisoners. Cross sectional study with a quantitative approach carried out in a female penal institute on the state of Ceará, Brazil. The selection of the sample occurred according to the availability of female prisoners at the time of collection, with a total of 36 women prisoners. Regard to the risks for cervical cancer, 16 (44,5%) women were smokers, 24 (70.5%) have made use of the oral contraceptive for a median of 46 months, 24 (66,6%) began their sexual lives with less than 15 years, and 26 (72,2%) reported use of condoms, but 10 (38,4%) of them used it rarely. These findings demonstrate that the prisoner female population is more vulnerable to the cervical cancer, requiring the health promotion in the correctional institution environment, since that time is configured as a unique opportunity.


El estudio objetivó identificar los factores de riesgo para el desarrollo de cáncer de cuello uterino en las mujeres reclusas. Estudio descriptivo transversal realizado en un instituto penal de mujeres, en el estado de Ceará, Brasil. La selección de la muestra se produjo de acuerdo con la disponibilidad de las presas en el momento de la recogida de datos, resultando en un total de 36 reclusas. En cuanto a los riesgos para el cáncer de cuello uterino, 16 (44,4%) mujeres eran fumadores, 24 (70,5%) habían hecho uso del anticonceptivo oral por un tiempo medio de 46 meses, 24 (66,6%) comienzan su vida sexual en la edad de 15 y 26 (72.2%) reportaron el uso de preservativos, pero 10 (38,4%) se utiliza pocas veces. Estos hallazgos demuestran que la población penitenciaria es más vulnerable al cáncer de cuello uterino, siendo necesario la promoción de la salud ambiental en lo cárcel, visto que se configura como una oportunidad única.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Prisioneiros , Neoplasias do Colo do Útero/epidemiologia , Estudos Transversais , Fatores de Risco
7.
Rev. bras. enferm ; 66(4): 508-513, jul.-ago. 2013. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-26072

RESUMO

Objetivou-se identificar os fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de colo uterino em mulheres reclusas. Estudo descritivo, de corte transversal, realizado em um instituto penal feminino cearense. A seleção da amostra do estudo ocorreu de acordo com a disponibilidade de presidiárias no momento da coleta, totalizando 36 reclusas. Referente aos riscos para o câncer cervical, 16 mulheres (44,5%) eram tabagistas, 24 (70,5%) já fizeram uso do contraceptivo oral por um tempo médio de 46 meses, 24 (66,6%) apresentaram coitarca com idade inferior a 15 anos; 26 (72,2%) faziam uso de preservativo, porém 10 (38,4%) o usavam raramente. Tais achados demonstram que a população encarcerada apresenta maior vulnerabilidade ao câncer de colo uterino, sendo necessária a promoção da saúde no ambiente, visto que tal momento se configura como uma oportunidade singular.(AU)


The study aimed to identify risk factors for the development of cervical cancer in women prisoners. Cross sectional study with a quantitative approach carried out in a female penal institute on the state of Ceará, Brazil. The selection of the sample occurred according to the availability of female prisoners at the time of collection, with a total of 36 women prisoners. Regard to the risks for cervical cancer, 16 (44,5%) women were smokers, 24 (70.5%) have made use of the oral contraceptive for a median of 46 months, 24 (66,6%) began their sexual lives with less than 15 years, and 26 (72,2%) reported use of condoms, but 10 (38,4%) of them used it rarely. These findings demonstrate that the prisoner female population is more vulnerable to the cervical cancer, requiring the health promotion in the correctional institution environment, since that time is configured as a unique opportunity.(AU)


El estudio objetivó identificar los factores de riesgo para el desarrollo de cáncer de cuello uterino en las mujeres reclusas. Estudio descriptivo transversal realizado en un instituto penal de mujeres, en el estado de Ceará, Brasil. La selección de la muestra se produjo de acuerdo con la disponibilidad de las presas en el momento de la recogida de datos, resultando en un total de 36 reclusas. En cuanto a los riesgos para el cáncer de cuello uterino, 16 (44,4%) mujeres eran fumadores, 24 (70,5%) habían hecho uso del anticonceptivo oral por un tiempo medio de 46 meses, 24 (66,6%) comienzan su vida sexual en la edad de 15 y 26 (72.2%) reportaron el uso de preservativos, pero 10 (38,4%) se utiliza pocas veces. Estos hallazgos demuestran que la población penitenciaria es más vulnerable al cáncer de cuello uterino, siendo necesario la promoción de la salud ambiental en lo cárcel, visto que se configura como una oportunidad única.(AU)


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Prisioneiros , Neoplasias do Colo do Útero/epidemiologia , Estudos Transversais , Fatores de Risco
8.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 44(4): 912-920, Dec. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-569353

RESUMO

Este estudo objetivou avaliar a associação entre fatores de risco para câncer de colo do útero e lesões cervicais por HPV comparando-se os resultados da inspeção visual com o ácido acético (IVA), a citologia e a cervicografia. Realizou-se pesquisa de prevalência com 157 mulheres de um centro de saúde de Fortaleza, no período de junho a setembro de 2006. Utilizou-se o SPSS para codificar os dados. Realizaram-se inferências por meio de testes estatísticos (χ2= quiquadrado e RV= razão de verossimilhança). IVA, cervicografia e citologia obtiveram 43,3 por cento, 10,19 por cento e 3,2 por cento de resultados alterados, respectivamente. As variáveis com importante associação às lesões cervicais na IVA foram: idade menor de 20 anos (p= 0,0001); um ou mais parceiros nos últimos três meses (p= 0,015); uso de contraceptivos (p= 0,0008); presença de corrimento vaginal (p= 0,0001); e processo inflamatório moderado ou acentuado (p= 0,0001). Na citologia: baixa escolaridade (p= 0,0001) e elevado pH (p= 0,001). Não se encontrou associação significante na cervicografia.


This study aimed to evaluate the association between risk factors for uterine cervical neoplasms and cervical lesions by HPV by comparison of the visual inspection with acetic acid (VIA), cytology and cervicography results. A prevalence research was made with 157 women in a health center of Fortaleza in the period of June to September 2006. The SPSS program was used to codify the data. Inferences were made through statistical tests (χ2= chi square and LR= likelihood ratio). The VIA, cervicography and cytology obtained 43.3 percent, 10.19 percent and 3.2 percent of altered results. The variables with important association to cervical lesions in the VIA were: aged less than 20 years old (p= 0.0001); one or more partners in the last three months (p= 0.015); use of contraceptives (p = 0.0008); presence of vaginal discharge (p= 0.0001) and moderate or accentuated inflammatory process (p= 0.0001). In the cytology: low instructional level (p= 0.0001) and high pH (p= 0.001). It wasn't found any significant association in the cervicography.


Este estudio objetivó evaluar la asociación entre factores de riesgo para cáncer de cuello de útero y lesiones cervicales por HPV, según comparación entre los resultados de la inspección visual con ácido acético (IVA), citología y cervicografía. Se realizó investigación de prevalencia, con 157 mujeres en un centro de salud de Fortaleza-CE-Brasil, en el período de junio a setiembre de 2006. Se utilizó el SPSS para codificar los datos. Se realizaron inferencias a través de tests estadísticos (χ2 = Qui-cuadrado y RV= razón de verosimilitud). La IVA, cervicografía y citología obtuvieron 43,3 por ciento, 10,19 por ciento y 3,2 por ciento de resultados alterados. Las variables con importante asociación a lesiones cervicales en la IVA fueron: edad menor a 20 años (p=0,0001), uno o más parejas en los últimos tres meses (p=0,015), uso de anti-conceptivos (p=0,0008), presencia de vaginitis (p=0,0001) y pH elevado (p=0,001). No se encontró asociación significativa en la cervicografía.


Assuntos
Adolescente , Adulto , Idoso , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Neoplasias do Colo do Útero/epidemiologia , Neoplasias do Colo do Útero/patologia , Ácido Acético , Prevalência , Fatores de Risco , Adulto Jovem
9.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 44(4): 912-920, dez. 2010. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-21259

RESUMO

Este estudo objetivou avaliar a associação entre fatores de risco para câncer de colo do útero e lesões cervicais por HPV comparando-se os resultados da inspeção visual com o ácido acético (IVA), a citologia e a cervicografia. Realizou-se pesquisa de prevalência com 157 mulheres de um centro de saúde de Fortaleza, no período de junho a setembro de 2006. Utilizou-se o SPSS para codificar os dados. Realizaram-se inferências por meio de testes estatísticos (χ2= quiquadrado e RV= razão de verossimilhança). IVA, cervicografia e citologia obtiveram 43,3 por cento, 10,19 por cento e 3,2 por cento de resultados alterados, respectivamente. As variáveis com importante associação às lesões cervicais na IVA foram: idade menor de 20 anos (p= 0,0001); um ou mais parceiros nos últimos três meses (p= 0,015); uso de contraceptivos (p= 0,0008); presença de corrimento vaginal (p= 0,0001); e processo inflamatório moderado ou acentuado (p= 0,0001). Na citologia: baixa escolaridade (p= 0,0001) e elevado pH (p= 0,001). Não se encontrou associação significante na cervicografia.(AU)


This study aimed to evaluate the association between risk factors for uterine cervical neoplasms and cervical lesions by HPV by comparison of the visual inspection with acetic acid (VIA), cytology and cervicography results. A prevalence research was made with 157 women in a health center of Fortaleza in the period of June to September 2006. The SPSS program was used to codify the data. Inferences were made through statistical tests (χ2= chi square and LR= likelihood ratio). The VIA, cervicography and cytology obtained 43.3 percent, 10.19 percent and 3.2 percent of altered results. The variables with important association to cervical lesions in the VIA were: aged less than 20 years old (p= 0.0001); one or more partners in the last three months (p= 0.015); use of contraceptives (p = 0.0008); presence of vaginal discharge (p= 0.0001) and moderate or accentuated inflammatory process (p= 0.0001). In the cytology: low instructional level (p= 0.0001) and high pH (p= 0.001). It wasn't found any significant association in the cervicography.(AU)


Este estudio objetivó evaluar la asociación entre factores de riesgo para cáncer de cuello de útero y lesiones cervicales por HPV, según comparación entre los resultados de la inspección visual con ácido acético (IVA), citología y cervicografía. Se realizó investigación de prevalencia, con 157 mujeres en un centro de salud de Fortaleza-CE-Brasil, en el período de junio a setiembre de 2006. Se utilizó el SPSS para codificar los datos. Se realizaron inferencias a través de tests estadísticos (χ2 = Qui-cuadrado y RV= razón de verosimilitud). La IVA, cervicografía y citología obtuvieron 43,3 por ciento, 10,19 por ciento y 3,2 por ciento de resultados alterados. Las variables con importante asociación a lesiones cervicales en la IVA fueron: edad menor a 20 años (p=0,0001), uno o más parejas en los últimos tres meses (p=0,015), uso de anti-conceptivos (p=0,0008), presencia de vaginitis (p=0,0001) y pH elevado (p=0,001). No se encontró asociación significativa en la cervicografía.(AU)


Assuntos
Adolescente , Adulto , Idoso , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Neoplasias do Colo do Útero/epidemiologia , Neoplasias do Colo do Útero/patologia , Ácido Acético , Prevalência , Fatores de Risco , Adulto Jovem
10.
Rev. enferm. UERJ ; 17(2): 273-277, abr.-jun. 2009. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-528353

RESUMO

Este estudo objetivou analisar a realidade das práticas educativas em saúde implementadas por enfermeiros. Estudo bibliográfico realizado por meio de busca de artigos indexados nas bases Medline, LILACS e BDENF, abarcando o período de 1998 a 2008. Foram identificadas como público alvo pessoas sadias e aquelas em condições crônicas. A área de atuação variou entre os três níveis da atenção à saúde, estando direcionadas para clientes de várias idades. Alguns estudos utilizaram as Teorias de Orem, das Representações Sociais ou as concepções de Paulo Freire. Entre os recursos, utilizaram jogos e material educativo. Quanto aos benefícios, identificaram-se: melhoria do autocuidado; benefícios para a enfermagem, entre outros. Visualizam-se mudanças das práticas educativas, que passam a ser conjuntas e construídas com a população, superando o modo tradicional de educação e possibilitando a efetivação das práticas de promoção da saúde.


This study examines educational practices in health implemented by nurses. Bibliographic study accomplished through search of indexed articles on Medline, LILACS and BDENF databases from 1998 to 2008. The target public identified was both among the healthy and those in chronic conditions. The performance area ranged among the three levels of attention to health and is targeted to customers in different age groups. A few studies resorted to the Theory of Orem, to that of Social Representations or to the ideas of Paulo Freire. Games and educational material were found among the resources used. As to the benefits, improvement in self-care and in nursing, among others, was identified. Practical changes on the educational level emerge as a joint enterprise built up with the population, overcoming the traditional educational mode and ensuring health promotion practices.


Este estudio tiene como objetivo examinar la realidad de las prácticas educativas en salud ejecutadas por enfermeros. Estudio bibliográfico realizado a través de búsqueda de artículos indexados en las bases Medline, LILACS y BDENF. Fueron identificados como público objeto personas sanas y aquellas en condiciones crónicas. El área de actuación varió entre los tres niveles de atención de la salud, dirigida para clientes de diversas edades. Algunos estudios utilizaron la Teoría de Orem, de las Representaciones Sociales o las ideas de Paulo Freire. Entre los recursos, fueron usados juegos y material educativo. Cuanto a los benefícios, fueron identificados: mejoría del auto cuidado; beneficios para la enfermería, entre otros. Se visualizan cambio de las prácticas educativas, que posan a ser conjuntas y construidas con la población, superando el modo tradicional de educación y permitiendo efectividad de las practicas de promoción de la salud.


Assuntos
Educação de Pacientes como Assunto/tendências , Educação em Saúde/métodos , Educação em Saúde/tendências , Educadores em Saúde , Enfermagem em Saúde Comunitária/métodos , Enfermagem em Saúde Pública/métodos , Promoção da Saúde , Papel do Profissional de Enfermagem , Bases de Dados Bibliográficas , Modelos de Enfermagem , Pesquisa em Enfermagem , Teoria de Enfermagem , Autocuidado
11.
Rev. enferm. UERJ ; 17(2): 273-277, abr.-jun. 2009. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-16408

RESUMO

Este estudo objetivou analisar a realidade das práticas educativas em saúde implementadas por enfermeiros. Estudo bibliográfico realizado por meio de busca de artigos indexados nas bases Medline, LILACS e BDENF, abarcando o período de 1998 a 2008. Foram identificadas como público alvo pessoas sadias e aquelas em condições crônicas. A área de atuação variou entre os três níveis da atenção à saúde, estando direcionadas para clientes de várias idades. Alguns estudos utilizaram as Teorias de Orem, das Representações Sociais ou as concepções de Paulo Freire. Entre os recursos, utilizaram jogos e material educativo. Quanto aos benefícios, identificaram-se: melhoria do autocuidado; benefícios para a enfermagem, entre outros. Visualizam-se mudanças das práticas educativas, que passam a ser conjuntas e construídas com a população, superando o modo tradicional de educação e possibilitando a efetivação das práticas de promoção da saúde.(AU)


This study examines educational practices in health implemented by nurses. Bibliographic study accomplished through search of indexed articles on Medline, LILACS and BDENF databases from 1998 to 2008. The target public identified was both among the healthy and those in chronic conditions. The performance area ranged among the three levels of attention to health and is targeted to customers in different age groups. A few studies resorted to the Theory of Orem, to that of Social Representations or to the ideas of Paulo Freire. Games and educational material were found among the resources used. As to the benefits, improvement in self-care and in nursing, among others, was identified. Practical changes on the educational level emerge as a joint enterprise built up with the population, overcoming the traditional educational mode and ensuring health promotion practices.(AU)


Este estudio tiene como objetivo examinar la realidad de las prácticas educativas en salud ejecutadas por enfermeros. Estudio bibliográfico realizado a través de búsqueda de artículos indexados en las bases Medline, LILACS y BDENF. Fueron identificados como público objeto personas sanas y aquellas en condiciones crónicas. El área de actuación varió entre los tres niveles de atención de la salud, dirigida para clientes de diversas edades. Algunos estudios utilizaron la Teoría de Orem, de las Representaciones Sociales o las ideas de Paulo Freire. Entre los recursos, fueron usados juegos y material educativo. Cuanto a los benefícios, fueron identificados: mejoría del auto cuidado; beneficios para la enfermería, entre otros. Se visualizan cambio de las prácticas educativas, que posan a ser conjuntas y construidas con la población, superando el modo tradicional de educación y permitiendo efectividad de las practicas de promoción de la salud.(AU)


Assuntos
Educação em Saúde/métodos , Educação em Saúde/tendências , Enfermagem em Saúde Pública/métodos , Enfermagem em Saúde Comunitária/métodos , Educadores em Saúde , Papel do Profissional de Enfermagem , Educação de Pacientes como Assunto/tendências , Promoção da Saúde , Teoria de Enfermagem , Modelos de Enfermagem , Autocuidado , Pesquisa em Enfermagem , Bases de Dados Bibliográficas
12.
REME rev. min. enferm ; 12(4): 508-515, out.-dez. 2008. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-546848

RESUMO

O exame citopatológico é usado como método de rastreamento para detectar lesões precursoras do câncer de colo uterino.O profissional enfermeiro, por meio da consulta de enfermagem, realiza a coleta do material citológico, o que o tornaresponsável pela qualidade do material coletado e por fatores que influenciam no seu laudo. Objetivou-se, com esta pesquisa,avaliar os laudos citopatológicos das mulheres atendidas no serviço de ginecologia do Centro de Parto Natural. Realizou-sepesquisa descritiva, documental retrospectiva, com abordagem quantitativa. A amostra foi composta de 194 prontuários, àqual se aplicou formulário estruturado contendo questões fechadas. Os dados foram organizados em tabelas e gráficos. Amaioria das mulheres (44,4%) tinha idade superior a 30 anos; 51,6% realizavam o exame preventivo freqüentemente; 44,9%iniciaram a vida sexual entre 16-19 anos; 20,1% não usavam método contraceptivo; e a porcentagem equivalente usava comométodo o contraceptivo oral. A queixa ginecológica mais referida foi o corrimento branco. A maioria dos exames realizadosfoi considerada satisfatória (72,2%), o diagnóstico metaplasia escamosa com inflamação se sobrepôs e Gardnerella vaginalis(28,3%) foi o agente etiológico mais prevalente. As alterações celulares de significado indeterminado representaram 3,0%dos exames. Concluiu-se que o perfil sexual traçado foi considerado preocupante dada a presença dos fatores de risco parao surgimento de lesões precursoras para o câncer. A adequabilidade da amostra do material colhido, considerada satisfatórianeste estudo, é de suma importância para o êxito do diagnóstico e tratamento adequado e tem valor como estratégia dediminuir as estatísticas de morbimortalidade do câncer cervical.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cuidados de Enfermagem , Neoplasias do Colo do Útero/prevenção & controle , Fatores de Risco , Esfregaço Vaginal
13.
REME rev. min. enferm ; 12(4): 508-515, out/dez 2008. tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-17884

RESUMO

O exame citopatológico é usado como método de rastreamento para detectar lesões precursoras do câncer de colo uterino.O profissional enfermeiro, por meio da consulta de enfermagem, realiza a coleta do material citológico, o que o tornaresponsável pela qualidade do material coletado e por fatores que influenciam no seu laudo. Objetivou-se, com esta pesquisa,avaliar os laudos citopatológicos das mulheres atendidas no serviço de ginecologia do Centro de Parto Natural. Realizou-sepesquisa descritiva, documental retrospectiva, com abordagem quantitativa. A amostra foi composta de 194 prontuários, àqual se aplicou formulário estruturado contendo questões fechadas. Os dados foram organizados em tabelas e gráficos. Amaioria das mulheres (44,4%) tinha idade superior a 30 anos; 51,6% realizavam o exame preventivo freqüentemente; 44,9%iniciaram a vida sexual entre 16-19 anos; 20,1% não usavam método contraceptivo; e a porcentagem equivalente usava comométodo o contraceptivo oral. A queixa ginecológica mais referida foi o corrimento branco. A maioria dos exames realizadosfoi considerada satisfatória (72,2%), o diagnóstico metaplasia escamosa com inflamação se sobrepôs e Gardnerella vaginalis(28,3%) foi o agente etiológico mais prevalente. As alterações celulares de significado indeterminado representaram 3,0%dos exames. Concluiu-se que o perfil sexual traçado foi considerado preocupante dada a presença dos fatores de risco parao surgimento de lesões precursoras para o câncer. A adequabilidade da amostra do material colhido, considerada satisfatórianeste estudo, é de suma importância para o êxito do diagnóstico e tratamento adequado e tem valor como estratégia dediminuir as estatísticas de morbimortalidade do câncer cervical.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Esfregaço Vaginal , Cuidados de Enfermagem , Neoplasias do Colo do Útero/prevenção & controle , Fatores de Risco
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA