Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 6 de 6
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Trab. educ. saúde ; 11(3): 553-571, set.-dez. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-686109

RESUMO

Este estudo discute a forma como os profissionais da equipe de saúde da família pensam e representam a educação em saúde e a prática educativa que realizam. Os sujeitos da pesquisa (n=248) - médico, enfermeiro, auxiliar de enfermagem e agente comunitário de saúde de 20 unidades básicas de saúde de Belo Horizonte - foram entrevistados mediante a utilização da técnica de evocação livre e da teoria das representações sociais. Solicitou-se aos sujeitos que verbalizassem cinco palavras que lhes ocorressem imediatamente em relação à educação em saúde, classificando-as em positiva ou negativa. Utilizou-se o software Evoc e calculou-se a frequência simples de ocorrência, a média ponderada de ocorrência em função da ordem de evocação e a média das ordens ponderadas do conjunto dos termos evocados. Construiu-se o quadro de quatro casas composto do núcleo central, elementos de contraste e periféricos da representação. Médicos e enfermeiros compartilham conteúdos representacionais entre si, expressando representações sociais similares, ao apresentarem nos possíveis núcleos centrais 'capacitação' e 'prevenção'. Auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde se assemelham por meio dos possíveis elementos centrais 'educação' e 'prevenção'. O foco recai na transmissão de orientações com o objetivo de persuadir os indivíduos à adoção de modos de vida saudáveis.


This study discusses how the professionals on the family health team interpret and represent the health education and educational practice they perform. The subjects (n=248) - physicians, nurses, nurse aides, and community health workers from 20 basic health units in Belo Horizonte (southeastern Brazil) - were interviewed using the free recall technique and the theory of social representations. Subjects were asked to verbalize five words that came to their minds immediately when thinking about health education, rating them as positive or negative. The Evoc software was used and the simple frequency of occurrence, the weighted average of occurrence based on the order of recall, and the weighted average of all the terms mentioned were calculated. The four decimal frame comprising the central core and contrast and peripheral elements of representation was constructed. Physicians and nurses shared representational content among themselves, expressing similar social representations when presenting the possible central core of 'empowerment' and 'prevention.' Nursing aides and community health workers resemble each other through the possible central elements of 'education' and 'prevention.' The focus is on the conveyance of guidelines aimed at persuading individuals to adopt healthy lifestyles.


Assuntos
Humanos , Saúde da Família , Educação em Saúde
2.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 47(1): 93-100, fev. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-668197

RESUMO

O presente trabalho trata-se de estudo retrospectivo realizado em 2009 que objetivou identificar diagnósticos e intervenções de enfermagem para o cuidado de pacientes com lesão medular (LM). Os dados foram coletados de 465 prontuários de pacientes com LM em processo de reabilitação. Identificou-se o diagnóstico de enfermagem Risco para disreflexia autônomica em 271 (58,3%) prontuários, dos quais 80 pacientes desenvolveram disreflexia autônomica. Predominaram homens jovens, com idade média de 35,7 anos, sendo o trauma a principal causa da LM e o nível neurológico igual ou acima da sexta vértebra torácica. As intervenções de enfermagem foram organizadas em dois grupos, um voltado para a prevenção da disreflexia autonômica e outro, para seu tratamento. Desenvolveu-se um guia de intervenções para uso na prática clínica de enfermeiros reabilitadores e para inserção em sistemas de informação. Ressalta-se a importância da retirada do estímulo causador da disreflexia autonômica como terapêutica mais eficaz e como melhor intervenção na prática de enfermagem.


This retrospective study, performed in 2009, aimed to identify nursing diagnoses and interventions for the care of patients with spinal cord injury. Data were collected from the nursing records of 465 patients with SCI undergoing rehabilitation. The nursing diagnosis Risk for autonomic dysreflexia was identified in 271 clinical records (58, 3%). Approximately 80 patients developed autonomic dysreflexia, with a predominance in young men around 35.7 years old, who had experienced a trauma as the main cause of the injury. Their neurological injury level was at the sixth thoracic vertebra or above. Nursing interventions were arranged in two groups, one focused on prevention and the other on treatment. An intervention guide was developed and can be used by nurses in their clinical practice of rehabilitation and can be included into information systems. The removal of the stimulus which causes autonomic dysreflexia was identified as the most effective therapy and the best intervention.


Estudio retrospectivas realizado en 2009 objetivando identificar diagnósticos e intervenciones de enfermería para el cuidado del paciente con lesión medular (LM). Datos colectados de 465 historias clínicas de pacientes con LM en rehabilitación. Se identificó el diagnóstico de enfermería Riesgo para disreflexia autonómica en 271 (58,3%) historias clínicas; 80 de tales pacientes desarrollaron Disreflexia autonómica. Predominaron hombres jóvenes, media etaria de 35,7 años, constituyéndose el trauma como causa principal de LM y nivel neurológico igual o por sobre sexta vértebra torácica. Las intervenciones de enfermería se organizaron en dos grupos: uno orientado a prevención de la disreflexia autonómica y otro para su tratamiento. Se desarrolló una guía de intervenciones para uso en práctica clínica de enfermeros rehabilitadores y para incorporación a sistemas de información. Se destaca la importancia de retirar el estímulo que provoca la disreflexia autonómica como terapéutica más eficaz y como mejor intervención en la práctica de enfermería.


Assuntos
Adolescente , Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Adulto Jovem , Disreflexia Autonômica/etiologia , Disreflexia Autonômica/enfermagem , Traumatismos da Medula Espinal/complicações , Estudos Transversais , Processo de Enfermagem , Estudos Retrospectivos
3.
Rev. bras. enferm ; 63(6): 1056-1060, nov.-dez. 2010.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-573912

RESUMO

Este estudo revisa a literatura sobre o desenvolvimento do papel do enfermeiro na reabilitação e sugere formas dos enfermeiros alcançarem as suas potencialidades nessa área. Algumas questões foram levantadas para provocar reflexão e discussão. É evidente, a partir da literatura, que os enfermeiros têm um papel integral na reabilitação, mas estes limites não são claramente definidos. Os enfermeiros precisam aliar a prática em reabilitação com a educação e formação, o que contribuirá para uma maior eficácia e influência no processo e nos serviços de reabilitação.


This study reviews the literature concerning improvement of rehabilitation nurse role, suggesting paths to reach this goal and evoking a still poorly discussed area. Some questions were raised to provoke reflection and discussion. It is evident, based on the literature, that nurses have a total role in rehabilitation, however the boundaries are not clearly defined. Professional nurses must must join rehabilitation practice with permanent education, that will contribute for a more efficient and influence in processes and rehabilitation services.


Este estudio revisa la literatura sobre el desarrollo del rol del enfermero en la rehabilitación y sugiere maneras de alcanzar su potencial en la la área de rehabilitación. Se plantean algunas cuestiones para provocar la reflexión y el debate. Es evidente, con basis en la literatura que los enfermeros tienen un rol integral en la rehabilitación, pero que los límites no están claramente definidos. Los enfermeros deben unirse a la práctica en la rehabilitación con la educación y la formación, lo que contribuirá a una mayor eficiencia en el proceso de rehabilitación y de su influencia en los servicios de rehabilitación.


Assuntos
Humanos , Papel do Profissional de Enfermagem , Enfermagem em Reabilitação
4.
Rev. bras. enferm ; 63(6): 1056-1060, nov.-dez. 2010.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-20787

RESUMO

Este estudo revisa a literatura sobre o desenvolvimento do papel do enfermeiro na reabilitação e sugere formas dos enfermeiros alcançarem as suas potencialidades nessa área. Algumas questões foram levantadas para provocar reflexão e discussão. É evidente, a partir da literatura, que os enfermeiros têm um papel integral na reabilitação, mas estes limites não são claramente definidos. Os enfermeiros precisam aliar a prática em reabilitação com a educação e formação, o que contribuirá para uma maior eficácia e influência no processo e nos serviços de reabilitação.(AU)


This study reviews the literature concerning improvement of rehabilitation nurse role, suggesting paths to reach this goal and evoking a still poorly discussed area. Some questions were raised to provoke reflection and discussion. It is evident, based on the literature, that nurses have a total role in rehabilitation, however the boundaries are not clearly defined. Professional nurses must must join rehabilitation practice with permanent education, that will contribute for a more efficient and influence in processes and rehabilitation services.(AU)


Este estudio revisa la literatura sobre el desarrollo del rol del enfermero en la rehabilitación y sugiere maneras de alcanzar su potencial en la la área de rehabilitación. Se plantean algunas cuestiones para provocar la reflexión y el debate. Es evidente, con basis en la literatura que los enfermeros tienen un rol integral en la rehabilitación, pero que los límites no están claramente definidos. Los enfermeros deben unirse a la práctica en la rehabilitación con la educación y la formación, lo que contribuirá a una mayor eficiencia en el proceso de rehabilitación y de su influencia en los servicios de rehabilitación.(AU)


Assuntos
Humanos , Papel do Profissional de Enfermagem , Enfermagem em Reabilitação
5.
Rev. bras. enferm ; 49(3): 459-74, jul.-set. 1996.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-3182

RESUMO

Uma das formas que o capitalismo encontrou para para perpetuar sua ideologia foi fazer da instituiçäo escolar seu aparelho ideológico. Neste espaço disciplinado, näo raramente se opöem educadores e educandos, e a prática pedagógica é imputada através de esquemas preestabelecidos e alienantes. Na esfera da saúde, este esquema se repete, pois as concepçöes de saúde/doença dos profissionais de saúde apontam a populaçäo como subordinados e transmitem a educaçäo para a saúde calcada em conselhos e normas para os indivíduos, num processo de culpabilidade por suas doenças. Pretendemos neste trabalho relatar nossa experiência com o Psicodrama Pedagógico de ROMANA (1987) no levantamento de demandas referentes a informaçöes sobre Primeiros Socorros entre adolescentes matriculados no Curso de Patrulheirismo da Rocinha (R.J.), onde os dados levantados, no ano de 1995, foram sujeitos a uma análise quantitativa do discurso. No decorrer da experiência, percebemos que a utilizaçäo de uma metodologia que näo exclui o contexto social dos sujeitos da aprendizagem, contribui para que esses compreendam seu papel e compromisso com a transformaçäo individual e coletiva. Esperamos contribuir com a Enfermagem, mostrando possiblidades pedagógicas, humanizantes e criativas para a Educaçäo em saúde. (AU)


Assuntos
Humanos , Adolescente , Educação em Saúde , Psicodrama , Primeiros Socorros
6.
Rev. bras. enferm ; 49(3): 459-74, jul.-set. 1996.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-216310

RESUMO

Uma das formas que o capitalismo encontrou para para perpetuar sua ideologia foi fazer da instituiçäo escolar seu aparelho ideológico. Neste espaço disciplinado, näo raramente se opöem educadores e educandos, e a prática pedagógica é imputada através de esquemas preestabelecidos e alienantes. Na esfera da saúde, este esquema se repete, pois as concepçöes de saúde/doença dos profissionais de saúde apontam a populaçäo como subordinados e transmitem a educaçäo para a saúde calcada em conselhos e normas para os indivíduos, num processo de culpabilidade por suas doenças. Pretendemos neste trabalho relatar nossa experiência com o Psicodrama Pedagógico de ROMANA (1987) no levantamento de demandas referentes a informaçöes sobre Primeiros Socorros entre adolescentes matriculados no Curso de Patrulheirismo da Rocinha (R.J.), onde os dados levantados, no ano de 1995, foram sujeitos a uma análise quantitativa do discurso. No decorrer da experiência, percebemos que a utilizaçäo de uma metodologia que näo exclui o contexto social dos sujeitos da aprendizagem, contribui para que esses compreendam seu papel e compromisso com a transformaçäo individual e coletiva. Esperamos contribuir com a Enfermagem, mostrando possiblidades pedagógicas, humanizantes e criativas para a Educaçäo em saúde.


Assuntos
Humanos , Adolescente , Educação em Saúde/métodos , Psicodrama , Primeiros Socorros
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA