Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 16 de 16
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
In. Brasil. Ministério da Saúde. Escolas promotoras de saúde: experiências no Brasil. Brasília, Ministério da Saúde, 2006. p.183-192. (Série promoção da saúde, n. 6).
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-54475
2.
In. Brasil. Ministério da Saúde. Escolas promotoras de saúde: experiências no Brasil. Brasília, Brasil. Ministério da Saúde, 2006. p.183-192. (Série promoção da saúde, 6).
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-444501
3.
In. Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva - ABRASCO. Livro de resumos II: VII Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva; Saúde, Justiça, Cidadania. Rio de Janeiro, ABRASCO, 2003. p.500. (Ciência & Saúde Coletiva, 8 supl. 2 2003).
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-47686
4.
In. Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva - ABRASCO. Livro de resumos II: VII Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva; Saúde, Justiça, Cidadania. Rio de Janeiro, ABRASCO, 2003. p.598. (Ciência & Saúde Coletiva, 8 supl. 2 2003).
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-47687
5.
São Paulo; s.n; 2002. [197] p. tab, graf, ilus, mapas.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-42465

RESUMO

Analisa a participação da sociedade civil na formulação e implementação do Projeto Bertioga Município Saudável, de acordo com os pressupostos de sustentabilidade, participação social, eqüidade e intersetorialidade. Utilizou-se da metodologia da pesquisa-ação para identificar, caracterizar o tecido social de Bertioga, seus interesses, necessidades e sonhos em relação ao município. Iniciou-se por um levantamento mais superficial de lideranças do município, e continuou a partir de outras técnicas aprofundando o conhecimento dos principais problemas, aspectos positivos e sonhos para Bertioga. Através desta abordagem participativa, oficinas de sensibilização e oficinas do futuro foram realizadas para sensibilizar e esclarecer a população sobre o projeto e iniciar um processo de planejamento a partir de suas percepções acerca do município, dos problemas e da sua causalidade. Os resultados obtidos foram: um mapeamento das lideranças municipais, os diversos grupos, entidades, organizações e instituições do município nos quais elas militam, suas lutas e atividades. Várias iniciativas foram identificadas, constatou-se a multiplicidade de suas ações, e sua distribuição em território municipal. As percepções dos participantes, quase consensuais, foram de que os problemas municipais prioritários são deficiências no saneamento básico, na oferta e qualidade de serviços de saúde e segurança, variando a intensidade da preocupação por áreas do município. Os sonhos porém modificaram o ranking de prioridades colocando as praias e os recursos naturais como as fontes de maior orgulho porém o desejo de ser uma administração municipal que se empenhe por resolver os problemas mencionados e preservar os recursos naturais e a identidade cultural, como de maior prioridade pelos grupos participantes. A metodologia combinou componentes racionais, cognitivos e subjetivos que estimularam a inserção da população nas atividades do projeto, permitindo, ao final de um ano, dizer que estava iniciado o projeto e a sua organização, via formação da Comissão Intersetorial, com base em forte compromisso da população. Neste primeiro ano, deu-se início à formação de uma rede de apoio ao projeto, que o sustentou no momento da mudança de governo (AU)


Assuntos
Cidade Saudável , Participação da Comunidade , Desenvolvimento Sustentável , Equidade , Colaboração Intersetorial , Promoção da Saúde , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
6.
In. Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Centro de Estudos, Pesquisa e Documentação-Cidades/Municípios Saudáveis - CEPEDOC; União Internacional de Promoção e Educação em Saúde. Oficina Regional Latino Americana - UIPES/ORLA. III Conferência Regional Latino-Americana de Promoção da Saúde e Educação para a Saúde; [anais em CD-ROM]. São Paulo, USP/FSP; UIPES/ORLA, 2002. .
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-43421

Assuntos
Cidade Saudável
7.
In. Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Centro de Estudos, Pesquisa e Documentação-Cidades/Municípios Saudáveis - CEPEDOC; União Internacional de Promoção e Educação em Saúde. Oficina Regional Latino Americana - UIPES/ORLA. III Conferência Regional Latino-Americana de Promoção da Saúde e Educação para a Saúde; [anais em CD-ROM]. São Paulo, USP/FSP; UIPES/ORLA, 2002. .
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-43422
8.
In. Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Centro de Estudos, Pesquisa e Documentação-Cidades/Municípios Saudáveis - CEPEDOC; União Internacional de Promoção e Educação em Saúde. Oficina Regional Latino Americana - UIPES/ORLA. III Conferência Regional Latino-Americana de Promoção da Saúde e Educação para a Saúde; [anais em CD-ROM]. São Paulo, USP/FSP; UIPES/ORLA, 2002. .
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-43424

Assuntos
Cidade Saudável
9.
In. Chile. Ministerio de Salud; Consejo Nacional para la Promoción de la Salud VIDA CHILE; Organización Panamericana de la Salud. II Congreso Chileno de Promoción de la Salud: resúmenes de trabajos. Santiago, Consejo Nacional para la Promoción de la Salud VIDA CHILE, 2002. p.79-79.
Monografia em Espanhol | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-55591
10.
Säo Paulo; s.n; 2002. [197] p. tab, graf, ilus, mapas.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-312953

RESUMO

Analisa a participaçäo da sociedade civil na formulaçäo e implementaçäo do Projeto Bertioga Município Saudável, de acordo com os pressupostos de sustentabilidade, participaçäo social, eqüidade e intersetorialidade. Utilizou-se da metodologia da pesquisa-açäo para identificar, caracterizar o tecido social de Bertioga, seus interesses, necessidades e sonhos em relaçäo ao município. Iniciou-se por um levantamento mais superficial de lideranças do município, e continuou a partir de outras técnicas aprofundando o conhecimento dos principais problemas, aspectos positivos e sonhos para Bertioga. Através desta abordagem participativa, oficinas de sensibilizaçäo e oficinas do futuro foram realizadas para sensibilizar e esclarecer a populaçäo sobre o projeto e iniciar um processo de planejamento a partir de suas percepçöes acerca do município, dos problemas e da sua causalidade. Os resultados obtidos foram: um mapeamento das lideranças municipais, os diversos grupos, entidades, organizaçöes e instituiçöes do município nos quais elas militam, suas lutas e atividades. Várias iniciativas foram identificadas, constatou-se a multiplicidade de suas açöes, e sua distribuiçäo em território municipal. As percepçöes dos participantes, quase consensuais, foram de que os problemas municipais prioritários säo deficiências no saneamento básico, na oferta e qualidade de serviços de saúde e segurança, variando a intensidade da preocupaçäo por áreas do município. Os sonhos porém modificaram o ranking de prioridades colocando as praias e os recursos naturais como as fontes de maior orgulho porém o desejo de ser uma administraçäo municipal que se empenhe por resolver os problemas mencionados e preservar os recursos naturais e a identidade cultural, como de maior prioridade pelos grupos participantes. A metodologia combinou componentes racionais, cognitivos e subjetivos que estimularam a inserçäo da populaçäo nas atividades do projeto, permitindo, ao final de um ano, dizer que estava iniciado o projeto e a sua organizaçäo, via formaçäo da Comissäo Intersetorial, com base em forte compromisso da populaçäo. Neste primeiro ano, deu-se início à formaçäo de uma rede de apoio ao projeto, que o sustentou no momento da mudança de governo


Assuntos
Cidade Saudável , Participação da Comunidade , Colaboração Intersetorial , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Equidade , Promoção da Saúde , Desenvolvimento Sustentável
12.
In. International Union for Health Promotion and Education; Comité Français d'Education pour la Santé. Health: an investment for a just society; the 50th anniversary Conference of the IUHPE. Paris, International Union for Health Promotion and Education/CFES, 2001. p.178.
Monografia em Inglês | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-15886
13.
Bertioga; s.n; abr. 2000. [62] p. ilus, tab, graf.
Não convencional em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-44233
14.
São Paulo; USP/FSP; 2000. 231 p. ilus, mapas, tab, graf.
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-5067

RESUMO

Projeto integrado de pesquisa, desenvolvido pela faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, que tem por objetivo analisar e avaliar os limites e avanços advindos da definição de processos de co-gestão, entre o poder público e as organizações da sociedade civil, que ocorrem no delineamento e no gerenciamento de políticas pública saudáveis. Seus resultados estão sendo úteis para o estabelecimento de estratégias de fortalecimento da promoção de saúde, como a expressão de um novo paradigma de saúde (AU)


Assuntos
Promoção da Saúde , Cidade Saudável , Qualidade de Vida , Estratégias de Saúde Locais , Política Pública , Participação da Comunidade , Colaboração Intersetorial , Projetos de Pesquisa
16.
In. Associação Paulista de Saúde Pública. VI Congresso Paulista de Saúde Pública: Saúde na Cidade; livro de resumos. São Paulo, APSP, 1999. p.81.
Monografia em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-4852

Assuntos
Cidade Saudável
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...