Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 31
Filtrar
Mais filtros










Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES | ID: biblio-1045968

RESUMO

A vigilância de pessoas expostas a riscos ambientais integra as ações de Vigilância em Saúde, e são coordenadas com as demais ações e serviços desenvolvidos e ofertados no Sistema Único de Saúde (SUS), para garantir a integralidade da atenção à saúde da população. Devido a especificidades próprias e para maior efetividade de ações relacionadas, foi normatizado em 2005 o Subsistema Nacional de Vigilância em Saúde Ambiental. Posteriormente, foi desenvolvido o programa de Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos (VSPEA), responsável pela execução de ações de saúde integradas, compreendendo promoção à saúde, vigilância, prevenção e controle de agravos e doenças decorrentes da intoxicação exógena por agrotóxicos...(AU)


Assuntos
Rodenticidas , Agroquímicos , Médicos Veterinários
2.
Cien Saude Colet ; 20(7): 2121-4, 2015 Jul.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-26132250

RESUMO

The Paulista Epidemiologic Bulletin (Bepa), created in 2004 is a monthly publication from the Coordinating Office of Diseases Control (CCD), from the State Office of Health of Sao Paulo (SES-SP) responsible for planning and executing actions of health promotion and preventing any risks and diseases throughout the covered areas of the system (SUS-SP). Originally as a proposal of a fast publication of objective informations it suffered transformations along the years and turned out to be an important tool for service actions and health managers. Funded exclusively by public resources it tries hard to maintain the monthly periodicity and disclosure of epidemiologic data, description of programmatic actions, health situation analysis and striking reports concerning the history of public health in Sao Paulo.


Assuntos
Epidemiologia , Publicações Periódicas como Assunto , Saúde Pública , Brasil
8.
Bepa - Boletim Epidemiológico Paulista ; 9(esp): 12-24, maio 2012. graf
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CVEPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-36966
9.
BEPA - Boletim Epidemiológico Paulista ; 7(84): 12-17, dez. 2010. ilus
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES, SESSP-CVEPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: ses-27970
10.
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ACVSES | ID: ses-27397

RESUMO

Esta revisão de literatura visa proporcionar bases para reavaliação do procedimento para o preparo da pele antes da administração de imunobiológicos, pelos profissionais da saúde que atuam em imunização, utilizando bases de dados como Medline, MMWR, teses de mestrado e fontes oficiais como OMS, Opas, Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, entre outras. Os documentos e artigos apresentaram em seus conteúdos os termos: antissepsia, preparo da pele, infecções, controle de infecções. Deparamo-nos com um cenário de pouca atenção ao ensino do preparo da pele para a administração de injeções; apesar da utilização do álcool a 70%, atualmente, pelos profissionais, professores e acadêmicos da área de saúde, não encontramos evidências de benefícios, considerando a utilização indevida desse produto. Algumas publicações sobre preparo da pele com álcool a 70% indicam que ele será esterilizante quando utilizado por 30 segundos e após esperar sua secagem por mais 30 segundos. Portanto, da maneira como vem sendo utilizado na prática diária de imunização das unidades de saúde, parece-nos dispensável a antissepsia com preparados alcoólicos, se o paciente está limpo e os profissionais mantiverem a correta e imprescindível lavagem das mãos. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Imunização , Desinfecção das Mãos , Esterilização , Antissepsia
16.
Rev Saude Publica ; 41(6): 1032-41, 2007 Dec.
Artigo em Português | MEDLINE | ID: mdl-18066473

RESUMO

OBJECTIVE: To analyze adverse events following vaccinations against diphtheria, pertussis and tetanus (AEFV-DPT) and to investigate factors associated with event severity. METHODS: A cross-sectional study was carried out with a descriptive and analytical component covering AEFV-DPT that were notified in the State of São Paulo, Brazil, between 1984 and 2001, among children less than seven years old. Cases were defined as used in AEFV-DPT surveillance; the data source was AEFV-DPT passive surveillance. In calculating the rates, the numerator was the number of AEFV-DPT and as denominator was the number of doses applied. The association between severity of AEFV-DPT and the exposures of interest was investigated by means of non-adjusted and adjusted estimates of odds ratios, with their respective 95% confidence intervals, using non-conditional logistic regression. RESULTS: A total of 10,059 AEFV-DPT were identified, corresponding to 6,266 children who presented one or more AEFV-DPT, 29.5% were hospitalized and 68.2% presented contraindications for subsequent DPT doses. Around 75% of the events occurred during the first six hours after vaccination. The most frequent AEFV-DPT were: fever < 39.5 degrees C, local reactions, hypotonic-hyporesponsive episodes and convulsion. Time interval of less than one hour between vaccination and the event (OR = 2.1), first dose applied (OR=5.8) and previous personal (OR=2.2) and family (OR=5.3) neurological histories were independently associated with severe events. CONCLUSIONS: Passive surveillance of AEFV-DPT was shown to be useful for monitoring the safety of the DPT vaccine, through describing the characteristics and magnitude of these events, and also enabling identification of possible factors associated with severe forms.


Assuntos
Vacina contra Difteria, Tétano e Coqueluche/efeitos adversos , Difteria/prevenção & controle , Vigilância da População , Tétano/prevenção & controle , Coqueluche/prevenção & controle , Sistemas de Notificação de Reações Adversas a Medicamentos/estatística & dados numéricos , Brasil , Criança , Pré-Escolar , Contraindicações , Estudos Transversais , Feminino , Humanos , Lactente , Modelos Logísticos , Masculino , Razão de Chances , Vacinação/normas
17.
Rev. saúde pública ; 41(6): 1032-1041, dez. 2007. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-470549

RESUMO

OBJETIVO: Avaliar os eventos adversos pós-vacina contra a difteria, coqueluche e tétano (EAPV-DPT) e os fatores associados à sua gravidade. MÉTODOS: Estudo transversal com componente descritivo e analítico, abrangendo os eventos adversos pós-vacina DPT notificados no Estado de São Paulo, de 1984 a 2001, entre crianças menores de sete anos de idade. A definição de caso foi a adotada pela vigilância de EAPV-DPT; os dados obtidos foram originados da vigilância passiva desses eventos. No cálculo das taxas, o numerador foram os EAPV e o denominador o número de doses aplicadas. A associação entre a gravidade dos EAPV-DPT e as exposições de interesse foi investigada pelas estimativas não ajustadas e ajustadas da odds ratio, com os respectivos intervalos de 95 por cento de confiança, usando regressão logística não condicional. RESULTADOS: Identificaram-se 10.059 EAPV-DPT relativos a 6.266 crianças, apresentando um ou mais EAPV, 29,5 por cento foram internadas e em 68,2 por cento houve contra-indicação das doses subseqüentes de DPT. Cerca de 75 por cento dos eventos ocorreram nas primeiras seis horas após a aplicação da vacina. Os eventos mais freqüentes foram: febre<39,5°C, reação local, evento hipotônico hiporresponsivo e convulsão. Mostraram-se independentemente associadas à gravidade: intervalo inferior a uma hora entre a aplicação da vacina e o evento (OR=2,1), primeira dose aplicada (OR=5,8), antecedentes neurológicos pessoais (OR=2,2) e familiares (OR=5,3). CONCLUSÕES: A vigilância passiva de EAPV mostrou-se útil no monitoramento da segurança da vacina DPT, descrevendo as características e a magnitude desses eventos, assim como permitiu identificar possíveis fatores associados às formas graves.


OBJECTIVE: To analyze adverse events following vaccinations against diphtheria, pertussis and tetanus (AEFV-DPT) and to investigate factors associated with event severity. METHODS: A cross-sectional study was carried out with a descriptive and analytical component covering AEFV-DPT that were notified in the State of São Paulo, Brazil, between 1984 and 2001, among children less than seven years old. Cases were defined as used in AEFV-DPT surveillance; the data source was AEFV-DPT passive surveillance. In calculating the rates, the numerator was the number of AEFV-DPT and as denominator was the number of doses applied. The association between severity of AEFV-DPT and the exposures of interest was investigated by means of non-adjusted and adjusted estimates of odds ratios, with their respective 95 percent confidence intervals, using non-conditional logistic regression. RESULTS: A total of 10,059 AEFV-DPT were identified, corresponding to 6,266 children who presented one or more AEFV-DPT, 29.5 percent were hospitalized and 68.2 percent presented contraindications for subsequent DPT doses. Around 75 percent of the events occurred during the first six hours after vaccination. The most frequent AEFV-DPT were: fever < 39.5°C, local reactions, hypotonic-hyporesponsive episodes and convulsion. Time interval of less than one hour between vaccination and the event (OR = 2.1), first dose applied (OR=5.8) and previous personal (OR=2.2) and family (OR=5.3) neurological histories were independently associated with severe events. CONCLUSIONS: Passive surveillance of AEFV-DPT was shown to be useful for monitoring the safety of the DPT vaccine, through describing the characteristics and magnitude of these events, and also enabling identification of possible factors associated with severe forms.


Assuntos
Vacinas , Vacina contra Difteria, Tétano e Coqueluche/efeitos adversos , Estudos Transversais
18.
Rev. bras. epidemiol ; 9(2): 172-185, jun. 2006.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-436829

RESUMO

Para assegurar a eficácia das vacinas utilizadas no Programa de Imunização é fundamental a manutenção da rede de frio. Este estudo tem o objetivo de avaliar o conhecimento e a prática adotados na conservação das vacinas nas unidades públicas do município de São Paulo. Foram enviados formulários a 390 salas com atividades de rotina e 80 foram selecionadas para uma entrevista com um profissional e observação do refrigerador. Um indicador foi construído para sintetizar os resultados, mediante a atribuição de pontos a itens comuns dos instrumentos utilizados, estabelecendo-se a classificação arbitrária de conhecimento/cumprimento SUFICIENTE, REGULAR e INSUFICIENTE. Sessenta por cento das unidades responderam o formulário, 80 salas foram visitadas e 90 refrigeradores foram observados. Resultados SUFICIENTES foram obtidos por 66 por cento das observações, 55 por cento das entrevistas e 53 por cento dos formulários. O treinamento em sala de vacina influenciou positivamente a maior pontuação das observações. A concordância entre os instrumentos foi baixa, proporcionando a reflexão sobre a maneira como as informações da conservação de vacinas são transmitidas e a necessidade da supervisão sistemática para correção das falhas detectadas.


The cold chain is essential to assure the efficacy of the vaccines used in immunization programs. This study aimed to assess the knowledge and the practice adopted in vaccine storage in public units of the city of São Paulo. Forms were sent to 390 health units with custom activities, and 80 were selected for a visit and an interview with a health worker and for observation of the refrigerator. An indicator was built to summarize results, and scores were given to common items of the tools utilized, establishing an arbitrary classification of SUFFICIENT, REGULAR and INSUFFICIENT knowledge/accomplishment. Sixty percent of the units answered the form, all the selected units were visited, and 90 refrigerators were observed. SUFFICIENT results were achieved by 66 percent observations, 55 percent interviews, and 53 percent formularies. Training in vaccine units influenced positively higher scores in observations. Agreement among tools was low, leading to considerations on the way in which vaccines storage guidelines are conveyed, along with the need for systematic supervision to correct the faults detected.


Assuntos
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Programas de Imunização , Refrigeração , Vacinas
19.
São Paulo; CVE; 2005. 42 p. tab.(BEPA).
Monografia em Português | LILACS, SESSP-CTDPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: lil-494693

RESUMO

A Organização Mundial de Saúde (OMS) orienta os países membros a intensificar com urgência seus esforços para a prevenção e controle da Influenza. A ameaça premente de uma possível pandemia, com suas repercussões sociais e econômicas, coloca os países em alerta no intuito de minimizar riscos potenciais, desenvolvendo planos de prepração que orientem sobre como atuar em situação de emergência, frente a uma possível epidemia global da doença. A influenza humana (Gripe) é uma doença viral aguda do trato respiratório, contagiosa, transmitida através das secreções nasofaríngeas. O agente etiológico é o Myxovírus influenzae, que pertence à família Orthomyxovíridade e possui...


Assuntos
Guias como Assunto , Imunização , Influenza Humana , Influenza Humana/prevenção & controle , Precaução , Planos Governamentais de Saúde
20.
São Paulo; s.n; 2005. 118 p. ilus, mapas, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-408216

RESUMO

Para a assegurar a eficácia das vacinas utilizada no Programa de Imunização é fundamental a manutenção da rede de frio. Este estudo tem o objetivo de avaliar o conhecimento e a prática adotados na conservação dasvacinas nas unidades públicas do município de São Paulo. Foram enviados formulários a 390 salas, com atividades de rotina, e 80 foram selecionadas para uma entrevista com um profissional e observação do refrigerador. Umindicador foi construído para sintetizar os resultados, mediante a atribuição de pontos a itens comuns dos instrumentos utilizados, estabelecendo-se aclassificação arbitrária de conhecimento/cumprimento SUFICIENTE, REGULAR e INSUCIENTE. Sessenta por cento das unidades responderam o formulário, as 80 salas foram visitadas e 90 refrigeradores foram observados. Resultados SUFICIENTES foram obtidos por 66% observações,55% entrevistas e 53% formulários. O treinamento em sala de vacina influenciou positivamente a maior pontuação das observações. A concordância entre os instrumentos foi baixa induzindo a reflexão sobre a maneira como as informações sobre a conservação de vacinas sãotransmitidas e a necessidade da supervisão sistemática para correção das falhas detectadas


Assuntos
Serviços de Saúde Comunitária , Programas de Imunização , Refrigeração , Vacinas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA