Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Inglês | PAHO-IRIS | ID: phr-51937

RESUMO

[ABSTRACT]. Objectives. Mexico’s 2018 Report Card evaluates the opportunities available for Mexican children and youth to reach healthy levels of physical activity, sleep, and sedentary behavior. Methods. The Report Card is a surveillance system that gathers data from national surveys, censuses, government documents, websites, grey literature, and published studies to evaluate 16 indicators in four categories: Daily Behaviors; Physical Fitness; Settings and Sources of Influence; and Strategies and Investments. Data were compared to established benchmarks. Each indicator was assigned a grade from 1 – 10 (< 6 is a failing grade) or “incomplete” if data was insufficient/unavailable. Results. Daily Behavior grades were: Overall Physical Activity, 4; Organized Sport Participation, 5; Active Play, 3; Active Transportation, 5; Sleep, 7; and Sedentary Behavior, 3. Physical Fitness, received a 7. Settings and Sources of Influence grades were: Family and Peers, incomplete; School, 3; and Community and Environment, 4. Strategies and Investments were: Government Strategies, 6; and Non-Government Organizations, 2. Conclusion. Low grades in 11 of the 16 indicators indicate that schools, families, communities, and government need to work together to improve physical activity opportunities for children and youth in Mexico.


[RESUMEN]. Objetivos. El boletín de notas de México correspondiente al 2018 evalúa las oportunidades a disposición de la población infantil y joven mexicana para que puedan desarrollar niveles adecuados de actividad física y sueño, y disminuyan el sedentarismo. Métodos. El boletín es un sistema de vigilancia que recopila los datos obtenidos en las encuestas nacionales, censos, documentos gubernamentales, sitios web, literatura gris y estudios publicados con respecto al análisis de 16 indicadores en 4 categorías: comportamientos diarios, estado físico, entornos y fuentes influyentes, y estrategias e inversión. Los datos fueron cotejados con los puntos de referencia establecidos. A cada indicador se le asignó una calificación entre 1 y 10 (< 6 significa reprobado) o fue marcado como “incompleto” si los datos eran nulos o insuficientes. Resultados. Las calificaciones obtenidas para los comportamientos diarios fueron: actividad física en general: 4; participación en actividades deportivas organizadas: 5; juego activo: 3; modalidades de transporte activas: 5; sueño: 7; y sedentarismo: 3. El estado físico obtuvo un 7. Las calificaciones para los entornos y fuentes influyentes fueron: familiares y pares: “incompleto”; escuela: 3; comunidad y entorno: 4. Para las estrategias e inversión: estrategias gubernamentales: 6; entidades no gubernamentales: 2. Conclusiones. Las bajas calificaciones obtenidas en 11 de los 16 indicadores demuestran que las escuelas, las familias, las comunidades y el gobierno tienen que aunar esfuerzos para mejorar las oportunidades que tiene la población infantil y joven en México para desarrollar niveles de actividad física satisfactorios.


[RESUMO]. Objetivos. O Report Card de 2018 para o México avalia as oportunidades disponíveis para que crianças e jovens mexicanos atinjam níveis adequados de atividade física, sono e comportamento sedentário. Métodos. O Report Card é um sistema de vigilância que reúne dados de pesquisas nacionais, censos, documentos governamentais, websites, literatura cinzenta e estudos publicados para avaliar 16 indicadores em quatro categorias: Comportamentos Diários, Forma Física, Ambientes e Influências, e Estratégias e Investimentos. Os dados foram comparados com indicadores de referência estabelecidos. A cada indicador foi atribuída uma pontuação de 1 a 10 (pontuações abaixo de 6 indicam reprovação) ou "incompleta" se os dados fossem insuficientes/indisponíveis. Resultados. As pontuações para o Comportamento Diário foram as seguintes: atividade física geral: 4; participação em esportes organizados: 5; brincadeiras ativas: 3; transporte ativo: 5; sono: 7; comportamento sedentário: 3. A pontuação para a Forma Física foi de 7. As pontuações para Ambientes e Influências foram: família e amigos, incompleta; escola: 3; comunidade e ambiente: 4. As pontuações para Estratégias e Investimentos foram: estratégias governamentais: 6; organizações não-governamentais: 2. Conclusão. As pontuações baixas em 11 dos 16 indicadores indicam que as escolas, famílias, comunidades e o governo precisam trabalhar juntos para oferecer mais oportunidades de atividade física às crianças e jovens no México.


Assuntos
Aptidão Física , Saúde da Criança , Esportes Juvenis , Comportamentos Relacionados com a Saúde , Vigilância em Saúde Pública , Promoção da Saúde , México , Aptidão Física , Saúde da Criança , Esportes Juvenis , Comportamentos Relacionados com a Saúde , Vigilância em Saúde Pública , Promoção da Saúde , México , Aptidão Física , Saúde da Criança , Esportes Juvenis , Comportamentos Relacionados com a Saúde , Vigilância em Saúde Pública , Promoção da Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA