Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Saúde debate ; 43(121): 592-604, Apr.-June 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1014604

RESUMO

RESUMO Este estudo tem por objetivo conhecer a produção científica acerca da Atenção Domiciliar no Brasil, discutindo os desafios e as potencialidades dessa modalidade de assistência no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Trata-se de uma revisão integrativa em bases de dados eletrônicas na área da saúde, no período entre 2006 e 2017, cuja amostra final incluiu 23 artigos. Da análise emergiram três categorias: 'Potencial substitutivo da Atenção Domiciliar e articulação com a rede'; 'O usuário e sua família na Atenção Domiciliar'; 'Satisfação dos usuários e a relação com a equipe'. A análise aponta como potencialidades da Atenção Domiciliar a configuração como rede substitutiva de cuidado, o vínculo e as relações horizontais entre equipe, usuários e familiares. Os principais desafios são a fragmentação do cuidado e a falta de articulação com os outros pontos da rede de atenção. A Atenção Domiciliar é um espaço singular da saúde e pode constituir um espaço potente para reinvenção das relações entre usuários, cuidadores e equipes, questionando os modos hegemônicos de se produzir cuidado.


ABSTRACT This study aims to know the scientific production about Home Care in Brazil, discussing the challenges and potentialities of this type of care in the scope of the Unified Health System (SUS). This is an integrative review in electronic health databases, in the period between 2006 and 2017, whose final sample included 23 articles. Three categories have emerged from the analysis: 'Substitutive potential of Home Care and articulation with the network'; 'The user and his/her family in Home Care'; 'Satisfaction of users and the relationship with the team'. The analysis points out as the main potential of Home Care the configuration as a substitute care network, the bond and the horizontal relations between team, users and family. The main challenges are the fragmentation of care and the lack of articulation with the other points of the care network. Home Care is a unique space of health and can be a powerful space for reinventing relationships between users, caregivers and teams, questioning the hegemonic ways of producing care.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...